2021-10-31 17:20:04 -0200 2021-10-31 17:20:04 -0200

Grabbed By The Ghoulies - Análise

Single 3887257 featured image

Grabbed By The Ghoulies foi um dos primeiros títulos da Rare, após sua aquisição pela Microsoft em 2002. O jogo original foi lançado em 2003 para Xbox, e depois incluído no Rare Replay, coletânea lançada em 2015 para Xbox One.

A história começa com Cooper, e sua namorada Amber fazendo trilha, quando uma chuva forte começa a cair e os dois vão procurar um lugar para se abrigarem. É quando eles encontram a mansão de Ghoulraven Hall, onde mora o sinistro Barão Von Ghoul, que sequestra a Amber por Cooper o chamar de "esquisito". Mesmo sendo um completo medroso, Cooper cria coragem para entrar na mansão assombrada, desafiar os monstros que vivem por lá, e resgatar sua namorada.

O primeiro diferencial de Grabbed By The Ghoulies, em comparação com os outros jogos de plataforma da época, são os controles. Nos demais jogos, os ataques eram executados com os botões de ação. Em Grabbed By The Ghoulies, os golpes são executados usando o segundo analógico, e os botões de ação servem para interagir com o cenário ou com os personagens. Cada direção do segundo analógico executa um golpe diferente, que vão desde socos a pontapés, e ao pegar um objeto, Cooper pode usá-lo como uma arma, ou jogá-lo contra um monstro.

Ao longo do jogo, Cooper pode encontrar itens que podem ajudá-lo em combate, como deixar um objeto mais resistente, aumentar sua força, ou até atrapalhar, como deixar o personagem mais lento, ou reduzir sua saúde a '1'. Alguns funcionários da mansão também oferecem uma ajuda para seguir em frente no jogo. Em alguns momentos, acontecem alguns "jumpscares" que dão um baita susto no Cooper. Nisso, aparece uma sequência de botões que você deve apertar para acalmá-lo, e caso você erre a sequência, o personagem desmaia e perde uma vida.

A mansão possui uma variedade grande de monstros, que vão de esqueletos, múmias, e zumbis, até piratas, medusas e vampiros. Cada um com seu modo de atacar e cada um com uma forma diferente de ser derrotado. A dificuldade pode variar, dependendo da experiência do jogador com a jogabilidade. A trilha sonora de Grabbed By The Ghoulies, composta pelo Grant Kirkhope, de Banjo-Kazzoie, cria um clima cômico para um jogo de monstros.

Em conclusão, Grabbed By The Ghoulies ainda consegue ser um jogo de monstros divertido depois de 18 anos de seu lançamento original. E graças ao Rare Replay (2015), o acesso a esse jogo tornou-se ainda mais fácil. Portanto, não falta oportunidade para jogar uma pérola não só do Xbox, mas também da própria Rare.

Visite: PortalGameBoxBR

Grabbed by the Ghoulies

Platform: XBOX
24 Players
1 Check-in

12
Keep reading → Collapse ←
Loading...