2022-01-16 11:41:31 -0200 2022-01-16 11:41:31 -0200
driel_ Adriel Luiz Vieira Silva checked-in to:
Post by driel_: <p>Minha opinião sobre Final Fantasy VII Remake</p>
Final Fantasy VII Remake

Platform: Playstation 4
648 Players
285 Check-ins

Minha opinião sobre Final Fantasy VII Remake

Minha nota: 8 / 10

O game tinha tudo para ser perfeito, mas uma das falhas principais está no enredo. Foram acrescentados vários trechos interessantes à historia original, e muitos são até bastante bons e somam mais detalhes, mas algumas partes são muito desnecessárias e não se encaixaram bem. Os misteriosos Murmúrios frequentemente interrompem acontecimentos importantes, impedem a morte de vários personagens, e jogam um balde de agua fria em momentos que poderiam ser épicos. As missões secundárias são totalmente fora do ritmo do jogo, tão banais que chega a ser um sacrifício enorme passar horas e horas resolvendo problemas ridículos. O pior é que a narrativa chega a ficar contraditória por causa dessas missões. Me doeu o coração deixar a Aerith esperando como refém no prédio da Shinra por horas porque a Tifa insistiu que eu tinha que recolher plantas medicinais para um médico, recuperar a carteira roubada do Johnny, treinar na academia, achar os chocobos perdidos... O sacrifício compensa na execução das cenas nostálgicas retrabalhadas do game clássico, que transbordam de emoção, adrenalina e tensão. Mas infelizmente são muitas horas tediantes para alguns momentos bons...

O visual é um ponto fortíssimo na experiência de jogo. O game tem modelos de personagem muito detalhados e bem trabalhados com gráficos lindíssimos, um dos melhores que já vi. Numa TV 4k com HDR ligado, faz talvez o melhor gráfico num videogame da oitava geração. Mais de uma vez eu parei o que estava fazendo pra ficar admirando a imagem por vários minutos. Mas alguns trechos no cenário sofrem com baixa qualidade nas texturas, e alguns objetos são feitos com poucos polígonos, gerando um contraste enorme entre o visual dos personagens e dos cenários (sim, as flores “quadradas” no jardim da Aerith incomodam muito...). Algumas cutscenes são pré-renderizadas, e senti um certo desconforto ao notar a diferença, mas isso é uma questão mais pessoal.

A trilha sonora é espetacular! Não daria pra esperar menos do trabalho do próprio Nobuo Uematsu, mas desta vez ele se superou na trilha clássica retrabalhada! Os arranjos se encaixam bem e somam muito na experiência emocional do game. No início eu achei que todas as músicas seriam apenas orquestradas, mas quando percebi a ousadia de trazer batidas de rock, com solos de guitarra junto das vozes de coral, meus olhos brilharam! Me lembrou bastante a excelente experiência musical de Final Fantasy Type-0.

Os fãs de Kingdom Hearts podem entrar de cabeça nesse jogo sem dó, porque Tetsuya Nomura brilhou no que ele sabe fazer melhor: os combates! Nada melhor do que um bom RPG de ação com batalhas em tempo real, mas FFVII Remake inovou com o novo Active-Time Battle embutido, e o resultado é surreal!! Não bastasse a adrenalina herdada de KH com ataques básicos, bloqueios, esquiva e movimentação em tempo real, agora temos uma barra de ação para administrar, usada pra habilidades, itens e magias. Isso trouxe de volta a necessidade de planejar cuidadosamente suas ações em combate, porque o nível de desafio é alto e não dá pra resolver tudo no esmaga botão (sim, estou falando de você, Final Fantasy XV...). E como se isso já não fosse bom o bastante, podemos controlar os outros personagens e cada um tem habilidades exclusivas e estilos próprios luta! Sem falar na nova mecânica de atordoamento que te recompensa por explorar as fraquezas dos inimigos! Sem dúvida é uma combinacao espetacular para fãs de RPGs de ação, e um exemplo a ser seguido para o futuro.

6
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...