driel_

Curto games, física, metafísica, música e língua japonesa. Aprecio os games como uma forma de arte.

You aren't following driel_.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-06-11 00:39:53 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>O game tem muito menos ação do que nos faz acred
    Hellblade: Senua’s Sacrifice

    Platform: Playstation 4
    448 Players
    121 Check-ins

    O game tem muito menos ação do que nos faz acreditar, e muito menos combates do que estamos acostumados. Há vários trechos grandes onde simplesmente caminhamos enquanto ouvimos as vozes e a narração da própria Senua.

    Não que isso seja ruim, pois claramente o foco é nas experiências psicológicas bizarras da personagem, e o game magistralmente consegue evocar todos os nossos sentidos e emoções. E revela aos poucos a história dela, que é bem boa na verdade.

    Mas há trechos extensos focados em puzzles que, na real, não funcionaram muito bem. Talvez o esquema de controles não seja o ideal, ou talvez simplesmente são repetitivos demais. Estou num trecho q o game virou praticamente um walking simulator! Uma sequência gigante de puzzles desinteressantes que quebraram o ritmo do jogo depois de uma batalha épica.

    Até dá pra entender a intenção do design de transmitir emoções através dos sentidos e da história. Mas, na real, o game meio q perdeu a identidade de gameplay pra mim. Pq no inicio era um hack’ n’ slash com puzzles, mas agora virou walking simulator com poucos elementos de ação. Espero de verdade que as escolhas de design do gameplay sejam justificadas pela intensa experiência psicológica que vem sendo desde o início, e espero que o final valha a pena!

    5
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-05-30 13:51:14 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Este jogo é simplesmente espetacular!! Tem uma a
    Hellblade: Senua’s Sacrifice

    Platform: Playstation 4
    448 Players
    121 Check-ins

    Este jogo é simplesmente espetacular!! Tem uma apresentação muito boa, que mostra bem qual é a premissa do game, e deixa o jogo desenrolar de uma forma muito natural e imersiva.

    O jogo não tem nenhum indicador na tela, o que ajuda no sentimento de imersão, e nos incentiva a prestar mais atenção no aspecto mais incrível do game: o áudio. No início eu achei os controles muito simplistas, mas com o tempo eu percebi a maravilha que é a resposta da Senua aos comandos! O combate tem um equilíbrio perfeito que muitos jogos grandes não conseguem alcancar: tem comandos simples e fáceis de aprender, mas permite combinações dinâmicas e exige reações precisas difíceis de dominar.

    O jogo é um misto bem equilibrado de puzzle e ação, com uma atmosfera muito bem construída de terror psicológico. Um aspecto primoroso na ambientação são os momentos bem posicionados de satisfação e calmaria após as grandes batalhas. Dá um alívio necessário pra não deixar o game muito carregado — não dá aquele desespero a ponto de ter vontade de abandonar o jogo como fiz em Outlast 2. Essa atmosfera é apresentada com gráficos incríveis e um design de áudio como nunca vi em nenhum videogame!

    A história vai desenrolando bem devagar. No início me lembrou muito Shadow of the Colossus, no conceito de um personagem que já deve ter tido uma história anterior, mas que cabe ao jogador imaginar. Mas depois vamos descobrindo detalhes da personagem, e entendendo as suas motivações, acrescentando ao que eu já tinha imaginado na minha cabeça.

    Senti falta de coletar itens, equipamentos e fazer upgrades. Mas foi uma decisão de design excelente não incluir isso no jogo, assim podemos nos concentrar no que realmente faz o game ser tão incrível.

    Ainda não terminei. Por enquanto minha avaliação é a nota maxima fácil fácil!

    7
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-05-18 22:01:52 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Primeiras impressões&nbsp;</p><p>Já joguei algum
    Grand Theft Auto III

    Platform: PC
    4021 Players
    57 Check-ins

    Primeiras impressões 

    Já joguei algumas horas do jogo. É um game muito divertido e descontraído. Ele não espera que vc leve a sério nada do que acontece ali! É a pura definição de “jogar pela zueira!”

    A grande maioria das missões do jogo são de dirigir veículos. Na maior parte do tempo vc está dirigindo de um ponto A a um ponto B. Isso acontece tantas vezes que eu comecei a gravar rotas na minha cabeça e as particularidades de cada bairro. Eu sei que o 8-Balls fica em Harwood, e alí perto dá pra subir escondido pela mata e chegar em Portland View. Sei que a oficina do Joey fica em Trenton e o melhor caminho pra chegar é dando a volta pela via expressa. Sei que meu cafofo fica em Red Light District, e que subindo a rua de trás na segunda esquina fica o Pay’n’Spray. E que é melhor evitar Chinatown, pq os caras da Triad me odeiam. Cara! É incrível como isso ta na minha cabeça sem seu ter lido em lugar nenhum, apenas vivendo um cotidiano descompromissado dentro do jogo!

    As rádios são simplesmente incríveis! Na real, da pra parar e só ficar ouvindo! E agora, que consigo prestar atenção nas propagandas, eu caio na risada qdo vem uma da Pets Overnight! Ouvir a Chatterbox FM então é surreal! Minha rádio favorita é a Flashback, mas eu adoro ouvir o locutor da Double Cleff FM 😂. Massa quando vc ouve as pessoas na rua cantando músicas q tocam na rádio! Louco demais!!

    O gráfico e os cenários em 3D realmente foram uma revolução para a época. Dá pra ler os letreiros das lojas e os cartazes nas paredes! Realmente revolucionário! A exploração tbm é boa, vc não se sente preso a nada.

    O jogo, porém, é muito repetitivo e não tem uma história marcante nem grandes personagens. O sistema de tiro tbm não está muito polido.

    A diversão fica por conta de dirigir pela cidade, ouvir as rádios e observar as insanidades ao seu redor. No caminhão dos bombeiros está escrito: “Don’t burn in silence... Dial 911”. Já vi uma velhinha espancando um membro da Mafia. Daí chega a ambulância e ressuscita ele, e ele atira nela, e ela bate nele denovo mas acerta outra pessoa, e isso virou uma confusão, uma briga generalizada, e nem foi causada por nada que eu fiz, aconteceu do nada!

    Me decepcionei no início pq estava esperando uma história bacana, ou pelo menos um mínimo de seriedade. Mas to me divertindo muito depois que abracei o espírito da zueira que existe neste jogo!!

    12
    • Micro picture
      dantlast · 3 months ago · 2 pontos

      Foi o primeiro GTA que joguei (apesar de estar procurando o San Andreas e o vendedor só ter me falado que só o GTA 3 que era igual...), então acabou que eu não tinha muita referência e "vícios" dos outros jogos da franquia e gostei muito na época. Porém, recentemente voltei a jogar num projeto pessoal de tentar zerar todos os GTA e achei ele extremamente datado e envelheceu relativamente mal. Os gráficos, mecânicas, gameplay... Mas ainda sim é um jogo delicioso

      1 reply
    • Micro picture
      riihpeter · 3 months ago · 2 pontos

      Se você for jogar o Vice City vai rachar o bico com as propagandas na rádio. E a história é mais séria mas nem tanto.

      1 reply
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-05-09 09:09:29 -0300 Thumb picture
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-05-09 09:02:05 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Já joguei umas duas horas e acho que posso falar
    Wolfenstein 3D

    Platform: PC
    900 Players
    40 Check-ins

    Já joguei umas duas horas e acho que posso falar das minhas primeiras impressões. O jogo não tem história, a arte é simplista, as músicas não combinam e o gráfico não é atraente. Mas ele me ganhou na execução da proposta mais essencial de um videogame: É DIVERTIDO PRA CARALHO!!! 

    5
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2022-01-16 11:41:31 -0200 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Minha opinião sobre Final Fantasy VII Remake</p>
    Final Fantasy VII Remake

    Platform: Playstation 4
    662 Players
    292 Check-ins

    Minha opinião sobre Final Fantasy VII Remake

    Minha nota: 8 / 10

    O game tinha tudo para ser perfeito, mas uma das falhas principais está no enredo. Foram acrescentados vários trechos interessantes à historia original, e muitos são até bastante bons e somam mais detalhes, mas algumas partes são muito desnecessárias e não se encaixaram bem. Os misteriosos Murmúrios frequentemente interrompem acontecimentos importantes, impedem a morte de vários personagens, e jogam um balde de agua fria em momentos que poderiam ser épicos. As missões secundárias são totalmente fora do ritmo do jogo, tão banais que chega a ser um sacrifício enorme passar horas e horas resolvendo problemas ridículos. O pior é que a narrativa chega a ficar contraditória por causa dessas missões. Me doeu o coração deixar a Aerith esperando como refém no prédio da Shinra por horas porque a Tifa insistiu que eu tinha que recolher plantas medicinais para um médico, recuperar a carteira roubada do Johnny, treinar na academia, achar os chocobos perdidos... O sacrifício compensa na execução das cenas nostálgicas retrabalhadas do game clássico, que transbordam de emoção, adrenalina e tensão. Mas infelizmente são muitas horas tediantes para alguns momentos bons...

    O visual é um ponto fortíssimo na experiência de jogo. O game tem modelos de personagem muito detalhados e bem trabalhados com gráficos lindíssimos, um dos melhores que já vi. Numa TV 4k com HDR ligado, faz talvez o melhor gráfico num videogame da oitava geração. Mais de uma vez eu parei o que estava fazendo pra ficar admirando a imagem por vários minutos. Mas alguns trechos no cenário sofrem com baixa qualidade nas texturas, e alguns objetos são feitos com poucos polígonos, gerando um contraste enorme entre o visual dos personagens e dos cenários (sim, as flores “quadradas” no jardim da Aerith incomodam muito...). Algumas cutscenes são pré-renderizadas, e senti um certo desconforto ao notar a diferença, mas isso é uma questão mais pessoal.

    A trilha sonora é espetacular! Não daria pra esperar menos do trabalho do próprio Nobuo Uematsu, mas desta vez ele se superou na trilha clássica retrabalhada! Os arranjos se encaixam bem e somam muito na experiência emocional do game. No início eu achei que todas as músicas seriam apenas orquestradas, mas quando percebi a ousadia de trazer batidas de rock, com solos de guitarra junto das vozes de coral, meus olhos brilharam! Me lembrou bastante a excelente experiência musical de Final Fantasy Type-0.

    Os fãs de Kingdom Hearts podem entrar de cabeça nesse jogo sem dó, porque Tetsuya Nomura brilhou no que ele sabe fazer melhor: os combates! Nada melhor do que um bom RPG de ação com batalhas em tempo real, mas FFVII Remake inovou com o novo Active-Time Battle embutido, e o resultado é surreal!! Não bastasse a adrenalina herdada de KH com ataques básicos, bloqueios, esquiva e movimentação em tempo real, agora temos uma barra de ação para administrar, usada pra habilidades, itens e magias. Isso trouxe de volta a necessidade de planejar cuidadosamente suas ações em combate, porque o nível de desafio é alto e não dá pra resolver tudo no esmaga botão (sim, estou falando de você, Final Fantasy XV...). E como se isso já não fosse bom o bastante, podemos controlar os outros personagens e cada um tem habilidades exclusivas e estilos próprios luta! Sem falar na nova mecânica de atordoamento que te recompensa por explorar as fraquezas dos inimigos! Sem dúvida é uma combinacao espetacular para fãs de RPGs de ação, e um exemplo a ser seguido para o futuro.

    6
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2021-10-14 14:20:39 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Um action puzzle bastante simples e divertido!</
    Lode Runner

    Platform: NES
    230 Players
    1 Check-in

    Um action puzzle bastante simples e divertido!

    O desafio fica por conta dos inimigos, que te perseguem e te encurralam de todas as formas enquanto você tenta pegar todo o ouro e escapar vivo. Inclusive eu acho bem impressionante esta Inteligência Artificial, bem no estilo Pac-Man, num cenário mais complexo e de movimentação limitada! Os bombermans tem atitudes distintas e muitas vezes conseguem antecipar sua movimentação, te pegando desprevenido.

    As músicas são divertidas e mantém o espírito dos games anos 80.

    Um lado negativo é você ter q chegar muito perto do fim da tela pra ela se mover pra frente. É muito chato você enxergar tarde demais que um bomberman já tinha fechado seu caminho além dos limites de sua visão.

    Por fim é um jogo divertido e desafiador! Senti a dificuldade herdada da era dos arcades aqui! O tempo de jogo vai aumentar de acordo com a habilidade do player, se baseando muito em morrer e repetir tudo de novo. Vou continuar jogando pra tentar chegar no final! Acho que fiquei mal acostumado com a dificuldade dos games dessa geração... 😅

    13
  • driel_ Adriel Luiz Vieira Silva
    2021-10-07 12:51:04 -0300 Thumb picture
    driel_ checked-in to:
    Post by driel_: <p>Tentando mostrar pra esposa que GTA V é um jogo
    Grand Theft Auto V

    Platform: Playstation 4
    1687 Players
    441 Check-ins

    Tentando mostrar pra esposa que GTA V é um jogo sério e vai muito além de toda a zueira que se vê no Online.

    Apesar de ser um game focado no triângulo Crime, Violência e Sexo, vou tentando jogar de forma mais amena, meio que interpretando os personagens (curto muito um roleplay! 😬). Sim, dá pra jogar de boa sem matar pedestres aleatórios por diversão feito um psicopata! A maioria das referências a sexo também dá pra ignorar. Mas, jogando com o Trevor não dá pra disfarçar! É uma loucura!! O cara é totalmente imprevisível e louco! De longe é a experiência mais legal que já tive com a franquia GTA!

    Comecei pela história principal. E minha esposa, como boa noveleira, já conseguiu antecipar algumas cenas! 🤣 No começo ela não deu muita bola, mas com o desenrolar do enredo ela passou a se interessar muito pela treta do Michael com o Trevor, principalmente depois que descobrimos que Michael é o maior traíra. Já estou nos preparativos para o golpe final, mas confesso que não lembro como a historia termina, já fazem uns 7 anos que joguei no Xbox 360 (POR FAVOR NÃO DÊEM SPOILERS!! Obrigado)

    Falando nisso, estou bem satisfeito com a versão de PS4. A qualidade dos cenários melhorou muito, e está muito mais fácil se perder nos detalhes por horas e horas... Uma vez fiquei paralisado por um tempo, vendo um redemoinho levantando folhas e poeira na beira da rodovia. Mais de uma vez perdi a noção do tempo mergulhando, olhando para os corais submersos e golfinhos alegres, ouvindo o som abafado do oceano, até perceber um tubarão espreitando nas algas. De fone, consegui ouvir sons diferentes da chuva batendo no asfalto e no capô do carro do Franklin... (só eu que jogo GTA reparando nessas coisas? Me falem aí...).

    Fora todas as criticas ao mundo real dentro do jogo! É muito bacana visitar perfis e stalkear as pessoas no Lifeinvader, e ler as bleetadas dos filhos do Michael! 😂 Melhor é ver a campanha política de Jock Cranley e sacar que é uma referência a certos atores de cinema que se candidatam a governador.

    Ansioso pra (re)ver o final da história! Me digam aí se vcs reparam nessas coisas, ou jogam só pela zueira! ✌️

    13
    • Micro picture
      willguigo · 10 months ago · 3 pontos

      Rapaz que legal que ela já tá tendo paciência de ver pelo menos, porque a minha aqui, é dura na queda, em difícil se interessar por games em geral.

    • Micro picture
      willguigo · 10 months ago · 3 pontos

      Cara, sou meio assim também, sou louco por paisagens, até em quadros reais mesmo e nos jogos fico um bom tempo apreciando as paisagens também, detalhes, muito bacana.
      Pra mim isso faz parte da imersão também, coisas que te tiram do foco principal do game.

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...