You aren't following denis_lisboadosreis.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2022-05-12 12:01:45 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    43
    • Micro picture
      noblenexus · 5 days ago · 3 pontos

      Fui seco pegar eu já tinha 2 dos 3 srrsrsrs ta muito na hora de eu começar a jogar essas coisas que peguei de grátis

    • Micro picture
      santz · 5 days ago · 3 pontos

      Mistério é sempre coisa boa.

    • Micro picture
      kzerosix · 5 days ago · 2 pontos

      Será que é bom esse Redout? os outros já tenho

      1 reply
  • ralfrisi Ralf Risi
    2022-05-15 08:33:02 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by ralfrisi: <p><a href="https://youtu.be/0X0LhfUW7nM">https://y

    OFF-TOPIC

    Videozinho bem interesante...

    6
    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · 2 days ago · 2 pontos

      15min é uma barreira instransponível pra galera que interpreta o Punisher/Justiceiro como um cara legal a ser seguido.

      3 replies
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2022-05-13 19:54:01 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p>100% na DLC <strong>The Lost Archive!</strong></
    Assassin's Creed: Revelations

    Platform: Playstation 3
    4109 Players
    151 Check-ins

    100% na DLC The Lost Archive!

    Assassin's Creed: Revelations possui algumas DLCs, duas com adições online, como mapas e personagens, e The Lost Archive, com conteúdo mais significativo, como novos visuais para Ezio, algumas melhorias nos equipamentos, e uma missão extra, e um modo extra muito semelhante ao Desmond's Journey.

    A missão extra da campanha principal é Vlad the Empaler's Prison, onde o Ezio explora a tumba secreta do "Drácula" e adquire a estilosa espada do famoso empalador, num clima sombrio com esqueletos, morcegos e referências, mas sem vampiros.

    E o modo extra em primeira pessoa, semelhante ao de Desmond, fica fora do jogo principal, com lista própria de troféus, em que controlamos Clay Kaczmarek, o usuário/cobaia 16 que te deixa mensagens secretas nos jogos anteriores. 

    Assim como o de Desmond, aqui temos plataformas com câmera em primeira pessoa, mas com maior dificuldade, e itens coletáveis escondidos que liberam o final verdadeiro desse modo. 

    Nesse modo vemos o lado de Clay, ou pelo menos o que sobrou de sua consciência presa no Animus, com suas memórias com os cientistas sacanas da Abstergo, seus traumas ligados a seu pai problemático, seu contato com Lucy, e a ruptura com seu passado que o liberta parcialmente do Animus. 

    Os troféus são fáceis, com exceção do que exige passar uma das fases sem morrer caindo ou atingido por lasers.

    A fase do drácula é divertida, as vestes novas são legais, a espada do Drácula é forte e tem animação de combate mais variada, e as memórias do Clay preenchem o que ele deixou para Desmond ao final da campanha principal.

    Falta muito pra platina ainda, dependendo de conseguir um certo número de outros jogadores pro multiplayer.

    @platinadores

    16
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2022-05-05 14:43:51 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    29
    • Micro picture
      thiones · 12 days ago · 3 pontos

      Os nerdola bolsoafetivo que tavam falando "ainnn não lacra no meu quadrinho ainnn" tão rasgando o cucaunha agora.

      6 replies
    • Micro picture
      onai_onai · 12 days ago · 3 pontos

      Que foda! Haha... Os adoradores do Mico devem estar odiando Star Wars agora!

      1 reply
    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · 11 days ago · 3 pontos

      Tudo isso aí fica ainda melhor quando pega o resto do contexto. Com a campanha para os jovens tirarem o título expandindo de pequenas páginas de esquerda pra diversas celebridades brasileiras, incluindo a Annita, e disso alcançando celebridades internacionais, como Mark Ruffalo e Leonardo DiCaprio. Foi então que Mark Hamill, a pedidos de seus seguidores e retuitado pelo Ruffalo entrou nessa e postou pedindo pros jovem tirarem o título. Com o bolsonaristas perdendo a pauta e contrários a esse movimento pelo bolsonarismo não ser o preferido entre os mais jovens e numericamente baixa renda, bolsonaristas começaram a responder o Hamill com montagens toscas de bolsonaro como jedi. Aí veio essa postagem do Lula, e essa resposta do Mark Hamill.

      E foi assim que o cu bolsonarista entrou em combustão, pra logo depois explodir com a capa da Time.

  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2022-05-05 15:11:26 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    40
    • Micro picture
      christciamn · 12 days ago · 2 pontos

      OXE!?? Jotun e Prey já foram dados de "graça"!! Eu tenho os dois!

      6 replies
    • Micro picture
      tiagotrigger · 12 days ago · 1 ponto

      Jotun eu peguei grátis no GOG já tem um tempão, instalei e ainda não joguei. xD

    • Micro picture
      onai_onai · 12 days ago · 1 ponto

      Esse Terraforming Mars é originado de um jogo de tabuleiro, pretendo até comprar ele futuramente...

  • msvalle Marcos
    2022-05-05 18:05:52 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    47
    • Micro picture
      raiden · 12 days ago · 1 ponto

      Espetacular!

    • Micro picture
      jcelove · 12 days ago · 1 ponto

      Cara, fantástico! Captou perfeitamente o clima das comics da era de outro e a ideia de cada jogo.

    • Micro picture
      onai_onai · 12 days ago · 1 ponto

      Que massa! Esse God of War me lembrou muito as antigas revistas do Conan!

  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2022-05-04 23:31:30 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p><strong>Assassin's Creed: Revelations</strong> f
    Assassin's Creed: Revelations

    Platform: Playstation 3
    4109 Players
    151 Check-ins

    Assassin's Creed: Revelations finalizado!!

    Sequência de Assassin's Creed: Brotherhood, esse jogo trás a mesma fórmula de antes, com alguns recursos novos, aumento do desafio, visual renovado, e um fim pra parte do coprotagonista Ezio na saga da série.

    Seguindo a história o fim do jogo anterior, Desmond fica preso no Animus, a realidade virtual que acessa memórias dos antepassados, onde encontra o "fantasma" de Clay Kaczmarek, o usuário anterior, e descobre que está em coma no mundo real. E então, o protagonista, que está mais feio a cada jogo, precisa consertar suas memórias fragmentadas  e misturadas pra poder voltar, enquanto acessa novas memórias deixadas por um Ezio de meia idade, que por sua vez está em busca da biblioteca com segredos deixada por Altaïr, o protagonista do primeiro jogo, antes que caia nas mãos dos templários.

    O mapa da vez é a antiga cidade de Istambul/Constantinopla do século 16, na atual Turquia. A cidade é menor que Roma, é dividida ao meio por uma faixa de água, não tem os imensos campos e é mais povoada. Aqui não tem cavalos, mas somos apresentados à tirolesa, que ajuda a cortar alguns caminhos por cima da cidade, além de contar ainda com os paraquedas do episódio anterior. Também existe uma passagem bem curta por uma cidade subterrânea na capadócia próximo ao fim do jogo.

    O visual e a jogabilidade mudaram pouco mais no geral, com adição de um gancho que permite novos movimentos de combate, escalada, e acesso às tirolesas. E também com a adição das bombas, que são divididas em três tipos de uso, entre letais, distração, e as de abertura de defesa. Isso compensa em parte que a dificuldade aumentou, com inimigos mais variados, que defendem melhor, e que também usam armas de fogo e bombas de maneira mais agressiva, com retorno de oponentes que lembram os cavaleiros templários do primeiro jogo, que só eram vencidos com muito contra-ataque e estratégia, e que em grandes números davam certo trabalho.

    E como no anterior, é possível recrutar novos membros pra ordem de assassinos e depois podem ser enviamos para missões ou chamados para  ajudar nas lutas. Foi criado também um novo tipo de missão que envolve a defesa das torres de assassinos que tomamos dos templários, onde comandamos assassinos administrando recursos pra melhor combater ondas de inimigos.

    Ao longo do jogo Ezio adquiri as chaves para a biblioteca em Masyaf, a sede dos assassinos do primeiro jogo, em cada chave abrimos uma missão em que voltamos para as memórias de Altaïr e vemos o que sucedeu aos eventos do após Assassin's Creed

    Desmond tem suas próprias missões no Animus, onde o controlamos em seções com câmera em primeira pessoa, acessando suas antigas memórias enquanto passamos por plataformas e quebra-cabeças num estilo que lembra jogos como Portal, ou Q.U.B.E. , e em nada com todo o resto da série de Assassin's Creed, mas que são bem fáceis.

    Apesar do desfecho da história de Ezio e Altaïr, e até mesmo do sem graça do Desmond no Animus serem bem legais, o jogo é meio perdido na construção, tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, e diferente dos anteriores, dessa vez nem tem um grande embate final, apenas um racha de carruagens. Mas ainda achei um jogo divertido.

    Esse aqui também possui modo online, que parece legal, mas não encontro outros jogadores pra participar, e com as recentes notícias da Ubisoft fechando servidores, os troféus e platina vão se perder eventualmente.

    11
    • Micro picture
      igor_park · 13 days ago · 2 pontos

      Esse eu platinei em 2013, confesso que não lembro nada da história.

  • 2022-05-02 08:14:52 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    #427 - Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty [PlayStation 2] 2001

     Depois do imenso sucesso de Metal Gear Solid, a sequência do jogo de espionagem tática se tornou um dos mais esperados. O jogo começa com Solid Snake em uma missão para recuperar documentos para a nova tecnologia da arma nuclear Metal Gear. Após o prólogo, vamos controlar o novo protagonista, Raiden, que vai se envolver em uma trama complexa e conspiratória. A jogabilidade é altamente refinada e expande as possibilidades de táticas furtivas. O principal destaque é a opção de usar a visão em primeira pessoa e atirar em locais diversos, bem como em diferentes partes do corpo do inimigo. O jogo foi altamente aclamado pela crítica, apontado como uma obra de arte nos videogames e é o primeiro grande jogo da era pós-moderna.

     - Mais uma obra prima de Hideo Kojima. O jogo consegue ser ainda mais cinematográfico que seu antecessor e apresenta melhorias em todos os aspectos. Os gráficos estão lindíssimos, com ótimas texturas, expressões faciais e cenas de tirar o fôlego. As músicas e efeitos sonoros também continuam excelentes. A jogabilidade recebeu um refinamento de altíssima qualidade e melhora todos os aspectos, de controle à possibilidades dos jogos anteriores. É realmente um jogo completo para desafiar o jogador a realizar as missões de maneira altamente furtiva. O principal destaque do jogo vai para o enredo. Ela toca em diversos temas e ainda consegue manter uma narrativa coesa, explorando a filosofia, pós-verdade, controle político, natureza das informações e muito mais.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5, @dantlast, @marcelokiss487, @diego_lacuna, @thiago_ [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Metal Gear Solid 2: Substance

    Platform: Playstation 2
    1062 Players
    20 Check-ins

    46
    • Micro picture
      msvalle · 16 days ago · 3 pontos

      Magnum Opus de Koijma.

      7 replies
    • Micro picture
      thecriticgames · 15 days ago · 3 pontos

      Eu acho MGS2 o primeiro jogo a mostrar esquisitices incomodas demais do Kojima. Não o joguei na época do lançamento e nem nada ja que só tardiamente fui me tornar fã da saga, mas o hate que a galera deu na época eu senti jogando nos dias de hoje. Disparado pra mim o titulo com mais personagens excentricos e exagerados do Kojima (deixando o MGS4 em segundo lugar) e disparado as piores boss fights da serie pra mim tirando a batalha final. Outro pormenor que me irrita demais, a dosagem prejudicada da execução. Eu sei que Kojima quer tratar de temas complexos e até atuais, mas ao invés de transformar esses temas em resumos ou metaforas o mesmo parece que pega um livro sobre o determinado tema e coloca todas as paginas ali em texto e dialogos tornando uma abordagem massante pra caralho a famosa cutscene final onde ele expõe toda a verdade eu acho uma das coisas mais insuportáveis de se assistir em um jog até hoje.

      5 replies
    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · 14 days ago · 3 pontos

      Muita gente não gostou desse só por causa do Raiden, foi ali que vi que fãs de joguinhos são uns merdas.

      2 replies
  • 2022-04-29 07:16:10 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#426 [PS1](2001): Fear Effect 2 & Spider-Man 2

     A sequência de Fear Effect é uma prequela e conta a história de 4 mercenários em missões secretas pelo mundo decadente tomado por uma pandemia degenerativa. Assim como no jogo anterior, os personagens são desenhados em cel shading e o cenário utiliza uma mistura de FMV em loop e ambientes 3D pré renderizados. Neste jogo, vamos controlar de forma alternada cada um dos mercenários, com seus próprios arsenais de armas e habilidades. - A sequência do jogo continua espetacular, com uma trama adulta, bons personagens e gráficos belíssimos. No entanto, ele sofre da mesma questão de jogabilidade que seu antecessor. Há muitas situações de combate onde vamos morrer com grande facilidade, então o ideal é focar muito em técnicas de furtividade sempre que possível.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Com o sucesso do primeiro Spider-Man, a Vicarious Vision criou uma sequência do jogo nos mesmos moldes de ação e aventura 3D. O Homem Aranha mais uma vez precisa lutar contra os vilões tradicionais do quadrinhos, tendo como líder, Electro. A principal novidade para este segundo jogo é a inclusão de fases urbanas com um pequeno mundo aberto, permitindo explorar as ruas. O Cabeça de Teia também possui novos movimentos com a teia e de combate. - Mais um jogo do Homem Aranha muito divertido e segue bem a linha do jogo anterior. Porém, o jogo não possui muitas novidades e é praticamente a mesma experiência. Os vilões são menos conhecidos e a cidade aberta é simples e vazia.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5, @dantlast, @marcelokiss487, @diego_lacuna, @thiago_ [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Spider-Man 2: Enter Electro

    Platform: Playstation
    3354 Players
    19 Check-ins

    28
  • 2022-04-28 07:38:54 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    #426 - Tony Hawk's Pro Skater 3 [PlayStation] 2001

     Depois do enorme sucesso de THPS2, a Neversoft desenvolveu uma sequência para todas as principais plataformas disponíveis. Assim como nos jogos anteriores, o modo campanha é separada por fases e o jogador precisa completar objetivos e vencer campeonatos para seguir desbloqueando outras pistas. A principal novidade na jogabilidade é adição da técnica de revert, no qual o skatista gira e consegue emendar o combo mesmo após acessar uma rampa. O jogo também abandona o sistema de dinheiro, pois agora o jogador precisa coletar os modelos de skate e os pontos extras de stats dentro das fases. A versão de PS2 foi notável por ser o primeiro jogo com a opção de partidas online no console, usando um adaptador de rede USB.

     - Mais um jogo impecável da série de esporte radical mais divertido da época. Os gráficos dessa versão de PS1 não tiveram melhorias significativas, mas as animações seguem impecáveis na hora das manobras. A trilha sonora também continua ótima, com uma seleção de músicas punk rock de alta qualidade. A adição do revert foi uma ótima sacada para poder dar continuidade na cadeia de manobras e atiçar ainda mais o jogador a tentar mais pontos. Porém, as pistas neste terceiro jogo são um pouco menos inspiradas e ele removeu a opção de criar seu próprio skatista, pelo menos nessa versão de PS1. Mas agora é possível editar completamente as opções de manobras de qualquer skatista.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5, @dantlast, @marcelokiss487, @diego_lacuna, @thiago_ [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Tony Hawk's Pro Skater 3

    Platform: Playstation
    4424 Players
    5 Check-ins

    39
    • Micro picture
      hyuga · 20 days ago · 3 pontos

      Joguei muito a versão de psone, mas só fui zerar a versão de 64 que achei péssima

      4 replies
    • Micro picture
      thiones · 20 days ago · 2 pontos

      É o que eu menos gosto da quadrilogia original, mas é um baita jogão.

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · 20 days ago · 2 pontos

      Foi louvável manterem o jogo lançando no PS1 mesmo com os novos consoles já consolidados, porém quando vc compara com as versões do ps2/cube/xbox é uma mudança da agua pro vinho kkk. Sempre entendi a galera nostalgica com THPS2, mas o 3 nos 128 bits elevou a série pra outro nível

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...