2015-04-16 14:51:48 -0300 2015-04-16 14:51:48 -0300
darlanfagundes Darlã Fagundes

Uma garota de 12 anos expôs o machismo nos games...

"O custo maior para se jogar com uma personagem mulher pode ser explicado pela “Women’s Tax”, ou “imposto feminino”, cuja proposta é cobrar um valor mais caro para produtos dedicados à elas, uma taxa cobrada pelo simples fato de elas serem mulheres. Por exemplo: um mesmo perfume com versões para homens e mulheres geralmente custará mais caro na versão feminina(...)

São valores chocantes, especialmente quando se leva em consideração que 60% dos jogadores de Temple Run, um jogo extremamente popular, são mulheres. Maddie se aprofundou na pesquisa e determinou que, em média, é cobrado US$ 7.53 para jogar com uma personagem feminina — 29 vezes mais caro que a média do preço dos apps, determinada em US$ 0,26 por Maddie.

Com os dados em mãos, ela escreveu ao The Washington Post e se surpreendeu quando o veículo publicou a história. Mas mais surpreendente ainda é que os próprios criadores de Temple Run leram a história. Natalia Luckyanova, uma das criadoras do jogo, disse à NPR que sentiu vergonha ao ler o texto de Maddie. Ela explica que demais personagens são cobrados porque o jogo já é de graça

Ela e o marido, também criador de Temple Run, escreveram à Maddie dizendo que a garota estava certa e em breve uma personagem mulher estará disponível de graça no jogo. A Disney também leu o texto e a personagem Elza se tornou grátis. Uma companhia, no entanto, foi além e transformou Maddie em uma personagem do jogo Noodles Now."
http://gizmodo.uol.com.br/uma-garota-de-12-anos-ex...

Temple Run

Platform: Android
1311 Players
1 Check-in

4
  • Micro picture
    le · over 6 years ago · 2 pontos

    Só faltou dizer que tem mais personagens pra liberar no jogo. TODOS mais caros do que ela.

    Cherry-picking feminista, como sempre.

Keep reading → Collapse ←
Loading...