christciamn

HELL YYYYEEEAAAAHHHHH!!!!! \,,[T],,/

You aren't following christciamn.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2021-07-26 08:48:06 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    #359 - Tony Hawk's Pro Skater [PlayStation] 1999

     A Activision percebeu uma crescente nos jogos de skate e procurou a Neversoft para criar um jogo radical que contaria com o profissional Tony Hawk como consultor. A equipe se inspirou no Top Skater da Sega para misturar diversão e realismo nas manobras e pistas. O jogo apresenta vários modos. O modo carreira é onde o jogador vai desbloquear as pistas e outros extras e cada fase possui 5 tipos de objetivos e um prazo de 2 minutos. É possível também jogar sozinho para treinar em qualquer pista para conseguir pontos. O modo multiplayer oferece 3 tipos de disputas baseado em manobras e pontos. O jogo possui 10 skatistas profissionais e manobras separadas em 3 grandes categorias, flip, grab e grind.

     - Quem diria que um jogo de esportes radicais seria tão divertido. O jogo oferece a combinação perfeita de simulação e arcade, permitindo acessar uma gama gigantesca de manobras. A jogabilidade é excelente e um dos grandes trunfos do jogo, mas ele se destaca também em todos os outros quesitos. Os gráficos são incríveis, especialmente nas animações dos skatistas. A trilha sonora também é espetacular, com músicas licenciadas e artistas de punk rock que combinam demais com o estilo de jogo. Os modos de jogo também trazem diversidade ao título e as missões são um desafio à parte. Completar as letras SKATE, coletar as fitas VHS, alcançar as pontuações e muitos outros objetivos.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5 [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Tony Hawk's Pro Skater

    Platform: Playstation
    2425 Players
    10 Check-ins

    40
    • Micro picture
      christciamn · about 20 hours ago · 2 pontos

      Esse game é nostálgico pra mim... Não por jogar, pois, eu nunca joguei e não sou fã de games de esportes, mas pelo fato de que era uma febre aqui na minha cidade quando ainda tinha as famigeradas "LANHOUSES" de consoles a muito, muito tempo atrás!!

    • Micro picture
      hyuga · about 19 hours ago · 1 ponto

      o primeiro eu não gosto muito, mas o terceiro é o melhor pra mim

    • Micro picture
      thecriticgames · about 18 hours ago · 1 ponto

      Faz parte da primeira leva de jogos 3D que vi e interagi na vida, tem um lugar especial no meu coração.

  • jcelove José Carlos
    2021-07-23 01:30:34 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by jcelove: <p>Caramba, joguinho bem legal com intro em anime e

    Caramba, joguinho bem legal com intro em anime e tudo no doodle do Google!

    So reparei agora no celular, pelo que entendi tem que avançar derrotando os mestres em minigames e juntando pontos pra um dis 4 times.

    Doodle Army

    Platform: iPhone/iPad
    0 Players

    31
    • Micro picture
      raccoon · 4 days ago · 2 pontos

      Realmente muito legal. Animações muito boas tbm.

      1 reply
    • Micro picture
      shucrute · 4 days ago · 2 pontos

      Fui pesquisar outra coisa nada a ver no Google agora pouco e me deparo com esse joguinho na página inicial, cliquei nele, tô curtindo mais do que eu esperava... Agora esqueci o que ia pesquisar inicialmente!

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 4 days ago · 2 pontos

      Esse aí tá bem completo, muito show. Depois eu vou tentar jogar um pouquinho.

      1 reply
  • 2021-07-22 09:28:20 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#358 [Win](1999): Outcast & Tomb Raider: The Last Revelation

     O jogo desenvolvido pela Apeal traz uma série de avanços tecnológicos para criação de um mundo aberto realista. O jogador controla Cutter Slade que é enviado para o planeta Adelpha e interage com os nativos Talan, que estão vivendo uma guerra. Além de interagir com os NPCs, o jogador tem uma série de habilidades e acesso a armas variadas para ajudar na exploração do mundo. O jogo usa uma tecnologia semelhante ao Voxel para criar objetos 3D bem detalhados e vários efeitos de luz, reflexo, fluído, fogo e muitos outros. - Um jogo revolucionário em todos os sentidos. A narrativa é envolvente, a jogabilidade é boa e os gráficos são espetaculares. O jogador é livre para explorar o mundo e interagir com os vários elementos que o jogo propõe.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Desenvolvido ao lado de Tomb Raider III, a Eidos continuava com a ambição de lançar um jogo novo da franquia todo ano, mesmo com o time cansado e sem ter muito tempo para criar algo inventivo. As aventuras de Lara Croft agora é no Egito, onde ela explora as antigas tumbas para aprisionar o espírito do deus Set. O jogo segue as mesmas mecânicas de seu antecessor, com leves ajustes na jogabilidade e um novo motor gráfico capaz de criar texturas e objetos ainda mais complexos. - O quarto jogo da série não inova muito, mas traz mais uma aventura fantástica e muito bem produzida, tanto nos gráficos como no level design mais simplificado. A narrativa também recebeu uma baita atenção e o jogo no geral é bem positivo.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5 [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Outcast

    Platform: PC
    93 Players
    6 Check-ins

    30
    • Micro picture
      jcelove · 5 days ago · 5 pontos

      Outcast é putro exemplo de jogo que tinha tudo pra revolucionar na época e foi bem elegiado pela critica mas passou batidaço pra maioria da galera. No meu caso não rodava no pc da xuxa da época, mas o visual era top mesmo. Curiosamente ele recebeu um remake anos atrás que passou igualmente batido.hehe

      TR 4 inovou bastante pra mim na época. Eu tinha detestado a dificuldade desbalanceada do 3 e tava cansado daquelas áreas enormes cheias de puzzles confusos no cenário e traps, o 4 além de finalmente trazer uma narrativa bacana e com continuidade boa durante as fases trazia um conceito meio aberto onde se voltava em algumas delas. Tinha o esquema de explorar a Lara jovem e mostrar um pouco de seu passado tbm que era bem legal. Virou meu favorito na época apesar de parte da fanbase não ter gostado das mudanças (tirar a mansão e se passar em um único país)

      6 replies
    • Micro picture
      _gustavo · 4 days ago · 4 pontos

      Last Revelation é o melhor TR da era clássica fácil, dificuldade bem balanceada, principalmente se comparado ao 3 que é muito confuso sem um guia

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 5 days ago · 3 pontos

      Só conheço esse "OUTCAST"

      https://youtu.be/PWgvGjAhvIw

      2 replies
  • 2021-07-20 13:25:35 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Cris Tales está sendo lançado hoje, e falaremos um pouco sobre o jogo

    Cris Tales é um rpg indie de turno desenvolvido pela Dreams Uncorporated e pela Syck e publicado pela Modus Games e está sendo lançado HOJE (20/07/2021) para o PC, Playstation 4, 5, Xbox One, Séries X/S, Stadia e Switch.

    A história se passa no reino de Crystallis, e nós acompanhamos a história de Crisbell, uma menina órfã que mora no orfanato Narim. Enquanto apanhava uma rosa para a Madre Superiora, Matias, um sapo falante, rouba a rosa dela e foge e ao persegui-lo, Crisbell entra na Catedral de Narim (inspirada no Santuário Las Lajas).

    Dentro da Catedral, Crisbell acaba por libertar os seus poderes que estavam adormecidos. Após este acontecimento, Matias pede a Crisbell que o acompanhe para visitar seu amigo Willhelm, um mago do tempo, que explicará mais sobre seus poderes.

    Após aprender mais sobre os seus poderes e sobre a Espada destinada a ela, Crisbel está determinada a se tornar uma guerreira. Ao retornar para a sua cidade, ela encontra a fazenda da cidade em chamas e invadida pelos goblins da Imperatriz dos Séculos, cujo objetivo é destruir o Reino de Crystallis.

    Com a espada em mãos, ela vai até a fazenda para lutar. Durante a batalha, Cristopher, um guerreiro que vive na cidade, se junta a ela. Depois de algumas batalhas, eles são enfrentados pelos asseclas da Imperatriz dos Séculos, as Irmãs do Vulcão.

    Crisbell deve aprender a usar o poder dos cristais do tempo para conseguir enfrentar este inimigo e sair vitoriosa para além de derrota-las, conseguir enfretar a Imperatriz dos séculos.

    Quanto à batalha, é um combate por turno com cada personagem tendo habilidades únicas. Ataques, habilidades ou itens, além de precionar botões durante os ataques, permitindo causar mais danos aos inimigos ou receber menos danos.

    A mecânica mais atrativa consiste na manipulação do tempo. A tela é dividida em três seções, mostrando o presente no centro, o passado à esquerda e o futuro à direita. Isso acontece tanto durante a exploração quanto em combate.

    Em combate, Crisbell pode convocar os poderes do cristal para enviar inimigos ao passado ou ao futuro, alterando suas características, nas quais o jogador pode usá-las para tirar vantagem.

    Cris Tales

    Platform: PC
    10 Players
    1 Check-in

    15
  • 2021-07-21 13:42:00 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    E hoje falaremos de : Arx Fatalis

    Arx Fatalis é um RPG de ação desenvolvido pela Arkane Studios e publicado pela JoWooD Entertainment AG para o Mircosoft Windows e pela DreamCatcher Interactive Inc. para o Xbox.

    Arx Fatalis (latim para "fortaleza fatal") é definido em um mundo cujo sol sumiu, forçando as criaturas acima do solo a se refugiarem em cavernas. O enredo em Arx Fatalis se passa em uma dessas grandes cavernas, onde os membros de várias raças, como Trolls, Goblins, Anões, Humanos, etc, fizeram suas casas em vários níveis da caverna.

    O jogador acorda dentro de uma cela de prisão e, após escapar, acaba descobrindo que o Deus da Destruição, Akbaa, que tenta se manifestar em Arx se aproveitando da ausencia do sol e toma para si a missão de subverter e aprisiona-lo.

    O caminho do enredo principal não é linear com o jogador podendo faze-lo na ordem que quiser, coletando os vários itens para forjar uma espada necessária para derrotar Akbaa em um confronto final.

    O jogo também apresenta uma série de quests opcionais no qual o jogador pode resolver os conflitos de maneiras diferentes e experimentar vários finais para eles com consequências afetando de alguma forma a história.

    Não existe um sistema de diálogo em Arx Fatalis. Em vez disso, o jogador faz escolhas por meio de ações que levam a essas consequências diferentes. Além disso, existe o modo furtivo no qual o jogador pode usar para evitar conflitos ou entrar em lugares por maneiras distintas.

    Arx Fatalis apresenta jogabilidade um tanto aberta, permitindo ao jogador alocar pontos de habilidade para seu tipo de personagem em habilidades como lançamento de feitiços, armas e armaduras, furtividade, entre outros.

    Uma das interfaces intuitivas do Arx Fatalis é o sistema de conjuração. Usando o mouse e a tecla de controle, as runas são desenhadas no ar com gestos do mouse, que devem ser desenhados corretamente para lançar um feitiço com sucesso.

    O jogador pode encontrar ou comprar runas diferentes conforme o jogo avança, combinações das quais desbloqueiam novos feitiços. Esta interface gestual foi simplificada na versão Xbox para dar conta das limitações do joypad. Com o jogador usando o analógico para a movimentação do mouse.

    Arx Fatalis

    Platform: PC
    39 Players
    1 Check-in

    14
    • Micro picture
      noyluiz · 6 days ago · 1 ponto

      Nice, não conhecia esse

    • Micro picture
      santz · 5 days ago · 1 ponto

      Esse é o primo de segundo grau do Skyrim.

  • jcelove José Carlos
    2021-07-21 17:24:31 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by jcelove: <p>Acabei de assistir a trilogia lançada semanalmen

    Acabei de assistir a trilogia lançada semanalmente na Netflix, Fear Street. Geralmente não assisto terror e ia ignorar, mas após ver os Piologos falando que era na pegada de Stranger Things só que com bem mais gore despertou a curiosidade e cara, achei muito bom!

    Não sabia que era adaptação de livros  e gostei bastante, tem muito gore e mortes bem filme slasher,  mas tem aquele clima meio Goonies/Stranger Things mesmo, não chega a dar medo, o que é ótimo pra mim, e prendeu a atenção nos 3 filmes pra querer saber o que tava acontecendo com a galera da cidade de Shadyside. 

    Os personagens são carismáticos, a ação tem um ritmo bom e a reviravolta me pegou já que a sacada de contar a origem da história do final pro começo te induz a pensar do jeito errado em relação a personagem vilã.

    Mas como aqui é uma rede de games, o motivo da postagem é sobre esse raro caso de menção precisa a games, coisa que até hj ainda é feita de qq jeito nos filmes. 

    A história principal se passa em 1994 e o personagem Josh tem um SEGA GENESIS e ta jogando Castlevania Bloodlines, que lançado em 1994 pro mega, além de citar o konami code como um mantra. Um detalhe simples, mas achei bem maneiro.

    Castlevania: Bloodlines

    Platform: Genesis
    1176 Players
    66 Check-ins

    22
    • Micro picture
      thiones · 5 days ago · 2 pontos

      O Oswaldo e a Karina do Trasheira Violenta tão fazendo o review da "série". Eu ando meio sem vontade de assistir filmes, mas parece bacana mesmo. Eu gosto dessa pegada Slasher meio oitentista hehe

      1 reply
    • Micro picture
      hyuga · 5 days ago · 2 pontos

      Agora que disse que é na pegada só "coisas estranhas" me despertou curiosidade

      1 reply
    • Micro picture
      lesomora · 5 days ago · 2 pontos

      Gostei pakacete e o clima me lembrou os filmes da baba infernal do Netflix

      4 replies
  • jcelove José Carlos
    2021-07-21 21:53:30 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Mother 3 64

    Esse é um que ainda tenho esperança de ver vazado algum dia. Se dinossaur planet e Castlevania do Dream cast e superman do ps1 sairam a esperança não morrerá tão cedo.

    Recuperaram um trechinho "inédito" da versão alpha de um disco distribuido na nintendo na época. A coisa é tão crua que nem som tem, mas já tava legalzinho e bem diferente da versão final.

    Mother 3

    Platform: Gameboy Advance
    548 Players
    137 Check-ins

    23
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 5 days ago · 2 pontos

      Sou outro que ainda tenho esperança e expectativa de jogar essa demo.Uma pena que esse jogo foi cancelado, ainda que tenha sido lançado depois pro GBA.

      2 replies
    • Micro picture
      xch_choram · 5 days ago · 2 pontos

      Dos projetos cancelados que eu conheço acho que esse é o único que iria testar por conta própria se saísse, a curiosidade é muita kk

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · 5 days ago · 2 pontos

      A melhor coisa que aconteceu foi esse jogo ter ido pro saco, já que o Mother 3 de GBA é bom pra caralho, ahauhaua

      Mas seria interessante ver o jogo de 64 saindo...

  • wild_dark_shadow Nuno Gomes
    2021-07-21 22:57:02 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    wild_dark_shadow checked-in to:
    Post by wild_dark_shadow: <p><strong>Check-in #04 - Guardian Silva</strong></
    Ender Lilies: Quietus of the Knights

    Platform: Playstation 4
    9 Players
    13 Check-ins

    Check-in #04 - Guardian Silva

    Impossível não adorar este jogo. 

    Apesar da sua inspiração no Hollow Knight, não se torna tão punitivo. Os bosses são realmente complicados, principalmente os Major Spirits, no entanto a morte não nos pune fazendo perder Blight (comparação com souls) e se morremos num boss, podemos sempre ir matando os inimigos até ao caminho do mesmo e aproveitar e aumentar o nível.

    Consegui um item que aumenta o blight ganho e com isso estou quase a nível 50. Estou a aproveitar para verificar umas zonas que tenho informação que ainda dispõe de itens e depois vou procurar o caminho a seguir.

    18
  • jcelove José Carlos
    2021-07-22 00:30:06 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by jcelove: <p>Tava olhando a caixa de entrada do meu email de

    Tava olhando a caixa de entrada do meu email de estimação (tenho o email do hotmail desde que entrei na internet pela primeira vez lá por 2001) e sempre aparece comentário nos vídeos do canal que fiz qdo o Youtube começou, na época nem era do google e tinha o esquema de video ter no maximo 10 ou 11 minutos, além de aceitar qq email no cadastro. 

    Postei uns 3 videos curtos ripados de jogos que tinha no PC e nunca mais mexi, hj perdi o acesso pq não lembro a senha e como não era conta do google ele não me ajuda (na verdade o google nunca ajuda se vc relamente tiver problema com contas...)

    Ai resolvi baixar o vídeo mais assistido lá e colocar no canal atual que ta abandonado por esses tempos.

    Space Bunnies must die! Foi um dos vários clones que tentaram surfar no sucesso de Tomb Raider. Lançado em 98 só pra PC, ele trazia tbm uma protagonista MOLIER Badass e sensual que usava pistolas, a diferença era que ao invés de uma aventureira ricaça ninja temos uma garçonete de beira de estrada que persegue os COELHOS ESPACIAIS que raptaram sua irmã pq tem tara por MOLIERES sensuais.

    O grande diferencial de SBMD! além do enredo trasheira era a mecanica de dança da protagonista. 

    Apertando a tecla D ela fazia uma dança sensual com musica cantada e tudo que deixava os inimigos hipnotzados e vulneráveis por alguns segundos, mas infelizmente todo o resto do jogo era bugado (é comum algo na fase bugar e tornar injogável) e sem graça, nuca consegui terminar pq crashava pra caramba em qq os que não fosse o Win 98.

    Se nunca ouviu falar, não é o único, o jogo foi um fracasso comercial retumbante, vendendo menos de 3000 cópias em 98. 

    Tenho ele até hj em midia física da Greenleaf/PC expert que provavelmente teve uma tiragem maior que as vendas lá fora e a empresa ainda se deu ao trabalho de DUBLAR essa galhofa, o que dava um charme a mais.hehe

    Space Bunnies Must Die!

    Platform: PC
    5 Players

    29
    • Micro picture
      santz · 5 days ago · 3 pontos

      3 mil cópias. Hoje em dia, deve ser aquela raridade absurda de preços no Mercado Livre.

      3 replies
    • Micro picture
      christciamn · 5 days ago · 2 pontos

      Olha, eu nunca ouvir falar desse game!! Mas essa mina aí parece muito com a Juliet, do game Lollipop Chainsaw!!

      3 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 5 days ago · 2 pontos

      Excentrico kkkkk

      1 reply
  • 2021-07-21 09:04:25 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    #358 - Legacy of Kain: Soul Reaver [Windows] 1999

     A Crystal Dynamics lança a sequência de Blood Omen, só que incorporando elementos de ação e aventura 3D que faziam sucesso na época. O vampiro Raziel é traído por Kain, protagonista do jogo anterior, e é ressuscitado pelos Elder Gods séculos depois. Os deuses pedem ajuda de Raziel para permitir que o ciclo de almas retorne ao seu fluxo natural, pois a terra de Nosgoth estava à beira de um colapso total. Ao longo da aventura, Raziel pode alternar entre o plano espectral e o plano físico para resolver os quebra-cabeças, pois o vampiro reage de forma diferente em cada cenário. O jogo foi um dos poucos da época que teve uma dublagem elogiada e a versão brasileira feita pela Brasoft traz um dos primeiros exemplos de jogos dublados oficialmente para o português.

     - Um dos jogos de ação e aventura mais fantásticos já feitos. A começar pelos gráficos, que traz cenários detalhados e um clima gótico de terror incrível. A trilha sonora ajuda a deixar tudo mais dark e a dublagem oficial em português contribui demais. A jogabilidade é ótima, tanto no momento do combate, quanto na exploração. Raziel possui uma série de movimentos por padrão e ainda adquire novas habilidades no decorrer da aventura. Uma das principais mecânicas do jogo é a mudança de plano e isso foi muito bem projetado para criar situações que fazem o jogador pensar. O combate é muito bom e tem muitos inimigos que só podem ser derrotados de uma maneira bem específica.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5 [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Legacy of Kain: Soul Reaver

    Platform: PC
    1064 Players
    22 Check-ins

    56
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...