brunothebigboss

Um gamer comum, com interesses incomuns e opiniões baseadas no senso crítico.

You aren't following brunothebigboss.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2022-07-01 18:08:44 -0300 Thumb picture

    Não um "adeus", mas um "até breve!" (espero)

    Oi gente, faz bastante tempo. Espero que vocês estejam bem no limite do possível, porque eu não estou.

    Sei que já passei por hiatos longos até agora. Enquanto salvava todos os meus posts no Internet Archive, notei que o único realmente ativo aqui na rede foi 2017. Ainda no Ensino Médio, relativamente feliz, com tempo e disposição para os jogos. 5 anos depois, volto aqui, depois de 6 meses sem absolutamente ter jogado nenhum jogo. Meu desleixo foi tamanho que no dia 4 de abril, simplesmente deixei a assinatura da Plus expirar sem renová-la.

    (O que, na verdade, considerando a renovação que veio depois, acho que foi uma boa ideia :)

    Poderia falar aqui que falta tempo, ânimo ou alguma outra coisa. É tudo isso, mas são muitos fatores para se analisar.

    A minha vida cresceu para muito além do joystick. Estudo hoje na universidade algo que gosto muito (apesar que cruzando os dedos para que esse desgoverno saia para que a profissão tenha futuro *-*), e junto disso descobri uma série de novas referências culturais e artísticas que, no momento imediato, tem me satisfeito mais. Livros, quadrinhos, cinema e televisão conseguem ser mais diretos a mim do que os videogames nesse momento, porque muitas vezes, a arte não é sobre o que ela é, mas o que nós tiramos dela - pelo menos foi o que disse um personagem de uma das minhas séries favoritas da vida. 

    Mesmo assim, poderia continuar jogando alguns dos vários jogos que comprei fisicamente ou deixei baixado para passar o tempo, mas aí veio outro problema: a duração dos jogos. Não é surpresa para ninguém que o gamer médio adora jogos longos, especialmente aqui no Brasil, que jogos sempre foram caros e "precisam" ser longos para fazer o preço compensar. Entendo esse ponto de vista, mas isso para mim tem se tornado impraticável tanto material quanto psicologicamente. Não tenho mais tempo para me embrenhar em um RPG de dezenas, às vezes CENTENAS de horas, storyline complexa, dezenas de escolhas, sistemas de batalhas, etc. Infelizmente, o aspecto que eu mais gosto nos videogames é o enredo, e por mais que não tenha nada Crash Bandicoot, noto que me sinto mais à vontade com obras como Disco Elysium ou Return of Obra Dinn, mas se esses (e outros) vão exigir de mim dedicação absurda, vai ser difícil conciliar isso com outros aspectos da vida (que eu gostaria que crescesse), e a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.

    E por fim, há o intankável Bostil, como os jovens costumam chamar. Por sorte não sou afetado diretamente por problemas como falta de dinheiro ou fome (e eu torço MUITO para que vocês não estejam), mas ver de perto pessoas que passam tem me destruído de um jeito que eu não imaginava antes. Desde 2021, a prioridade tem sido consumir (ugh, detesto essa palavra) o que há de melhor e principalmente, o que me atinge mais forte. Saúde mental, sociedade e etc. tem sido meu foco temático nos últimos tempos. Isso não é um problema dos jogos em si, mas o que eu (acho que) preciso nesses tempos.

    Então, é isso. Não tem como eu continuar minha rotina de videogames nem como sombra do que já foi no passado. Pensei em continuar aqui só fazendo reviews de jogos, mas faço coisas mais urgentes e, sendo sincero, pesou também o fato que o Alva AINDA não salva as reviews como rascunho rs. Quero retornar a essa mídia que tanto amo e que me ajuda assim que eu puder, mas por ora, entrarei em um hiato.

    Isso não quer dizer, contudo, que eu estou totalmente sumido da internet. Meses atrás, criei uma conta no Skoob para fazer resenhas dos livros que eu gosto, e tem sido muito bom. Sei que o @thecriticgames tem uma conta lá, então adoraria adicionar quem mais for daqui. Também passei a participar de um grupo do zap com algumas pessoas daqui, e se alguém manifestar interesse, posso mandar um link de convite, e eu posso garantir, é hilário! Mas aviso que é vedada a entrada no grupo para os bolsominions (óbvio) e, bem, qualquer um que falte com o bom senso ou seja muito a fim de dar spoiler de coisas com menos de 6 meses de idade

    De resto, sigo em frente. Fico feliz de ter interagido por aqui (apesar dos baixos), mas não resta outra escolha a não ser continuar. Torço para que o caminho em frente me leve de volta à alguma coisa que se assemelhe aos videogames.

    Amo vocês <3

    31
    • Micro picture
      thecriticgames · 3 months ago · 2 pontos

      Opa, mandei o convite pra você lá no Skoob. Há qualquer um que desejar tambem contato comigo por lá e estiver vendo este post fica o meu Skoob aqui. https://www.skoob.com.br/usuario/3598072
      E entendo como as demais opções podem dividir nosso consumo, eu irei dar em breve uma pausa com os jogos para poder trabalhar em um novo livro e melhor com o povo do 3Continues, mas estarei aqui sempre trabalhando com a persona do @l_am_thou

      2 replies
    • Micro picture
      zefie · 3 months ago · 2 pontos

      Games são legais, mas não são a única forma de arte e entretenimento. Se tem coisa te divertindo mais, aproveite o máximo. :)
      Espero que volte assim que possível (e espero que o Bostil seja atropelado por uma máquina agrícola).

      1 reply
    • Micro picture
      fagnerale · 3 months ago · 2 pontos

      Acho que todo mundo já passou por uma fase que não sentia vontade de jogar por falta de tempo ou outros fatores, mas mesmo estando ocupado com outras coisas que possam parecer mais importantes, é bom ocupar a mente nem que seja alguns minutos com algum jogo para relaxar, se focar só em trabalho ou alguma coisa sem dar um tempo pra cabeça vc vai ver que não vai fazer bem.

      1 reply
  • lola Lola
    2022-01-19 18:36:38 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Hora do (breve) Update!

    Medium 3897313 featured image

    Saudações, inestimável tripulação!

    Capitã Lola aqui para passar alguns reportes e apaziguar um pouco de toda estática que nossa breve transmissão através dos outros universos(meta?) por ventura tenha sido causada!

    Primeiramente gostaríamos de agradecer profundamente todo o carinho que vocês tiveram ao longo desses anos com nossa navinha, com a persistência de manter o maquinário funcional ainda que parecesse que aqui não estávamos presentes - a verdade é que foi um certo tempo criogênico para atravessar algumas turbulências, mas sobrevivemos e ainda mais forte fui conduzida da minha câmara pela minha brava imediata Bubble - essa goblin sagaz da tripulação - e devo dizer um pouquinho assustadora, cheia de grunhidos, duendes malucos e toda sorte de criaturas de contos bizarros - que compõem esquadra Rogue Fairy Studios.

    A Missão inicial deles é de fácil explicação:

    Me resgatar e pôr de volta nos eixos a nossa amada Alvanista.

    E isso significa me ajudar a corrigir os bugs que se apropriaram da navinha ao logo desses anos que hibernei e retomar algumas features que um dia existiram que vocês tanto falam por nossos corredores.

    Ao longo dessa semana e da próxima alguns desses bugs já estão e outros estarão prontos e de acesso de todos. É necessário se dizer que algumas dessas correções acontecem dentro da nossa sala de máquinas e podem não serem notadas de imediato, outras ficarão de cara acessíveis por todos, então paciência nessas duas semanas iniciais.

    Ao término da terceira semana após a publicação dessa nota (algo próximo de 04 de Fevereiro) iremos apresentar nossa Roadmap de Features ou seja, tudo aquilo que foi consertado e tudo aquilo que será implementado ou melhorado pelos próximos meses!

    Então pedimos que fiquem atentos às próximas atualizações e chamadas para participar desse processo de votação e discussão da nossa nova fase. Estamos lendo a esmagadora das vossas conversas em que euzinha estou inclusa e onde as críticas construtivas estão sendo carinhosamente anotadas. E por falar em comunicação, segue aqui a lista de pontos de contatos para que vocês possam nos encontrar e falar sobre especificamente o que vocês mais precisam:

    Relacionado a problemas técnicos que possam se apresentar: support

    Relacionados a feedbacks: feedback

    Para outros temas NÃO acima relacionados: contact

    Um grande beijo e nos vemos por aqui em breve!

    160
    • Micro picture
      gan0nd0rf · 8 months ago · 17 pontos

      #voltalistas

      26 replies
    • Micro picture
      santz · 8 months ago · 9 pontos

      Eu estou aqui a muitos anos, mas é a primeira vez que vejo um post da nossa massacote (tinha até parado de seguir). É muito emocionante ver que estamos sendo resgatados e me deixa ainda mais empolgado saber que teremos novas atualizações no site.

    • Micro picture
      rshadowss · 8 months ago · 9 pontos

      A Microsoft também comprou a Alvanista? Hahaha

      4 replies
  • ofelipelee Felipe Lins
    2022-01-18 20:01:36 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Renascimento da Alvanista é FESTA, YAY!

    Não é todo mundo que me conhece por aqui, mas em 2014 eu fiz uma visita ao escritório da Astux, empresa à época responsável pela Alvanista. A visita foi para produzir um podcast entrevistando o Bruno, um dos membros da equipe. Nessa visita eu me tornei um colaborador, auxiliando na avaliação dos cadastros de novos jogos e atuando também como um dos embaixadores da rede.

    (Aqui a entrevista completa)
    Cast Potion #21 - Entrevista com a Alvanista

    O projeto ia bem, crescendo e com muito potencial, mas aconteceu que, por questões de oportunidades de crescimento, a Astux se disformou, os seus membros seguiram em suas carreiras individuais, e a rede parou de atualizar e passou a ser mantida por um dos integrantes, o Rodolfo.

    De lá pra cá, vimos como houve a descontinuidade de algumas funcionalidades, alguns cortes de recursos que consumiam mais dos servidores, tudo pra viabilizar a manutenção da rede.

    Mas ontem a Rogue Fairy Studios, desenvolvedora independente brasileira, anunciou que irá juntamente com o Rodolfo arrumar e voltar a atualizar a rede.

    Ainda não temos muitos detalhes, mas pretendo conversar diretamente com eles e produzir um podcast sobre esse retorno e o que podemos esperar de novidades.

    É isso, nos vemos por aqui, é bom estar de volta.

    97
    • Micro picture
      _gustavo · 9 months ago · 5 pontos

      Ficamos no aguardo por boas novidades, bato ponto sagrado aqui todo dia a 8 anos kkkkkkkk. O Simples fato de saber que cada dia não é o ultimo já ta excelente kkkkkkkkkkk

      9 replies
    • Micro picture
      polarxenon · 9 months ago · 4 pontos

      Eu já fico feliz só de saber q a rede vai ficar viva (sendo atualizada e tudo mais) por mais tempo eu já fico super feliz! Claro que melhorias são bem vindas, como o @fonsaca disse, esse problema do Bloqueio é bem tenso e tals, Mas no geral acho que o Alvanista já é uma rede bem competente!
      To aqui a anos e não sabia dessa história da Rede e do pq ela acabou sendo "abandonada", Sabia só que os antigos donos foram fazer outros projetos mas não sabia todo o resto!
      Enfim, fica meu "Boa sorte" a Rogue Fairy Studios e Vida longa ao Alvanista!

      2 replies
    • Micro picture
      bymyself · 9 months ago · 3 pontos

      Muito bom saber disso... obrigado pelo post!
      Entrei na rede em 2013 e acabei decidindo parar de acessar ela em 2019... sentia que estava tudo muito abandonado e queria fazer algo para ajudar. Minha ajuda foi recusada... mas, enfim... até entendi os motivos. Acabou que outras prioridades entraram no meio do caminho.
      Depois que vi os posts no perfil da rede no facebook decidi entrar aqui novamente para ver como estava.
      O que havia visto não era muito animador, até ler esse post. Saber que o Rodolfo vai ter ajuda de uma desenvolvedora me animou o suficiente para dar outra chance à rede. Espero que as mudanças não demorem muito...

      1 reply
  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-12-28 20:44:16 -0200 Thumb picture

    Retrospectiva 2021

    Todo mundo está exausto, verdade seja dita. Eu espero que todas as pessoas dessa rede estejam bem. De verdade.

    Ainda assim, pelo escapismo ou pela arte, os videogames continuaram fazendo parte das nossas vidas. Por minha parte, se não pude torná-los tão frequentes quanto nos anos iniciais (aliás, já se vão quase 5 anos nessa rede!), ao menos eu quis voltar a tornar isso um hábito constante, com regras.

    Vendo os check-ins do ano, vê-se que as jogatinas do ano foram mais focadas em jogos narrativos, vários dos quais eu acabei não conseguindo terminar. Além disso, no meio do ano, o PS4 FAT foi pro saco (parcialmente), e como eu não queria gastar dinheiro com o PS5, acabei pegando a versão slim, que não tem muitas mudanças exceto por ser menor (óbvio) e mais silenciosa. Mas sinceramente, eu sempre preferi o design do FAT - parece futurista, enquanto que o Slim é essa coisa chapada. Mas tudo bem.

    Foram boas experiências, e creio que fiz as escolhas certas, ainda que minha biblioteca não tenha aumentado esse ano - a maioria dos jogos que peguei foram da Plus, e alguns que vieram com o bundle do PS4 Slim. O ano foi tão corrido para mim eu me toquei que não relatei nessa rede a minha principal experiência desse ano - jogar God Of War. SIM!!

    Eu joguei o God of War de 2018, e ele é simplesmente sensacional - foi a jogatina que mais me envolveu esse ano. Qual não foi minha surpresa, no entanto, quando eu vim aqui e notei que não tinham um check-in sequer do jogo???? Sei que não sou obrigado a prestar contas a ninguém da rede, mas todo o ponto é compartilhar experiências, e eu teria adorado ficar narrando as evoluções que foram rolando e as minhas peripécias e opiniões...

    De qualquer forma, acho que as experiências gamers do ano valeram a pena. Espero que as suas também. Tenham um bom réveillon porque 2022 promete...

    33
    • Micro picture
      thecriticgames · 9 months ago · 3 pontos

      "pelo escapismo ou pela arte, os videogames continuaram fazendo parte das nossas vidas" acabei de achar uma frase pra definir minha relação sem volta com os games.

      2 replies
    • Micro picture
      herics · 9 months ago · 2 pontos

      Boa festas jovem ^.^

      1 reply
    • Micro picture
      raiden · 9 months ago · 2 pontos

      God of War foi uma surpresa e tanto pra mim quando joguei na época. Boas festas!

      1 reply
  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-12-16 12:38:16 -0200 Thumb picture
    brunothebigboss checked-in to:
    Post by brunothebigboss: <p>Mais uma rápida evolução</p><p>Não pretendia toc
    Ghost of Tsushima

    Platform: Playstation 4
    421 Players
    263 Check-ins

    Mais uma rápida evolução

    Não pretendia tocar no jogo por agora, mas aí a aula que ocorreria nessa quinta feira foi cancelada por um imprevisto com o professor, então eu aproveitei e terminei o Ato III e de quebra zerei o jogo!

    Antes de realizar a missão final, fui apenas concluir algumas missões secundárias para ganhar os pontos de habilidades, dentre elas uma que me deu uma armadura mongol fodona que me camufla entre os inimigos por tempo suficiente para o stealth ser viável, e junto desta, o último conto mítico, que dava ao Caminho da Chama, que assim como as outras "habilidades" (pra não dizer poderes) e a Postura de Fantasma, é totalmente irreal, pois botar sua espada em chamas é pedir para arruinar a eficácia da mesma no longo prazo... mas assim como tudo nesse jogo, soa foda, então a gente aceita.

    Depois disso, fui para a batalha final que, devo dizer, mesmo sendo um filme analfabeto em filmes de samurai, é cinematográfica e de tirar o fôlego! Além de mostrar que o Khan poderia ter sido um vilão incrível, mas foi uma infeliz vítima do roteiro. Nem mesmo o veneno dele é tudo isso, já que a gente leva ele mas se cura com DETERMINAÇÃO (Undertale?) e pronto. Ele dá a entender que "outro irá surgir", o que é um gancho até inteligente, considerando que de fato houve outra invasão mongol.

    Depois disso a gente se encaminha pro final, que para um jogo cuja maioria dos personagens é mediano pra baixo, é um encerramento extremamente poderoso e de partir o coração. É ver pra crer.

    E falando em boa impressão, acho justo tecer um breve comentário sobre os exclusivos da Sony na 8ª geração, sendo o sonysta de merda que sou.

    Acredito que não seja um exagero afirmar que na 8ª geração os jogos da Sony e de seus estúdios se tornaram um puta de um fenômeno cultural. Aclamação da crítica, milhões de unidades vendidas, fandoms ativos... enfim, eles estão em um patamar bem acima de uma Microsoft, cujo Xbox One passou BEM apagado nas premiações por exemplo, mesmo tendo bons jogos. A Nintendo passou ao largo da disputa justamente por se focar na própria identidade que já conhecemos, e é esse o ponto que eu quero chegar. Os exclusivos da PS4 tem uma uniformidade entre si, mas ao mesmo tempo algo de único e sensacional, seja no experimentalismo de Death Stranding, no deslumbramento de Horizon Zero Dawn, ou os dilemas de The Last of Us Partes 1 e 2, ou o Marvel's Spider-Man que eu ainda não joguei, ou a maturidade do God of War... são um mosaico e ao mesmo pinturas próprias, algo que, por exemplo, a máquina de competência asséptica do MCU não permite.

    Estes jogos também puxaram a narrativa dos videogames para frente - alguns mais do que outros, é verdade. Ghost of Tsushima fica no meio do caminho; acho que se tivesse sido lançado 10 anos atrás, seria considerado revolucionário, e a máscara do clã Sakai seria um ícone do PlayStation tão icônico quanto a caixa de papelão. Mas no geral, achei de uma experiência ímpar.

    E vocês, o que acharam de GoT? Concorda com o meu comentário sobre os exclusivos da Sony? Só me preocupa como vai ser agora na 9ª Geração de Consoles, já que ainda não vi muitas IPs originais, mas tudo bem. Eu acho...

    12
  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-12-14 16:10:05 -0200 Thumb picture
    brunothebigboss checked-in to:
    Post by brunothebigboss: <p>Demorei para relatar o progresso, mas foi substa
    Ghost of Tsushima

    Platform: Playstation 4
    421 Players
    263 Check-ins

    Demorei para relatar o progresso, mas foi substancial.

    Agora, concluí o 2º Ato do jogo. Retomamos o Castelo Shimura, mas as nossas escolhas como Fantasma estão pesando sobre nós cada vez mais...

    Considerando que a Sucker Punch também fez InFamous, e é muito mais madura hoje do que anos atrás, acho que o jogo se beneficiaria de um sistema moral ou algo do tipo, mas a história é linear né.

    Não fiz tantas missões secundárias quanto antes; durante todo esse tempo estive focado mais nas principais. Mas ainda deu para fazer algumas missões míticas, que me deram a armadura do Gosaku, que da muita vida e muita resistência. Infelizmente, é bem complicado querer fazer upgrade de todas as armaduras, ainda mais as que eu uso, que são só 2 (esta e a do Clã Sakai), mas verei o que posso fazer.

    O enredo está se encaminhando de forma relativamente previsível até para mim,  que ainda não sou chegado a filmes de samurai, mas isso não é um problema, já que ela é muito bem contada. O único problema é o Khotun Khan. O cara teve uma puta de uma apresentação de vilão, mas depois do começo foi só tristeza. O cara muda de objetivo inúmeras vezes só para ele não invadir a ilha principal imediatamente, e no geral sendo nada prático. Falando isso parece só ruindade, mas na real eu gosto muito do Khan como vilão, então vê-lo fazer um monte de merda super conveniente ao roteiro é simplesmente vergonhoso.

    Ainda mais agora que eles roubam o veneno que o Jin criou com a ajuda do Yuriko como a arma secreta que irá derrotar o Japão, sendo que eles eram os FUCKING mongóis, mas tudo bem.

    E agora nos encaminhamos ao ato final...

    7
  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-11-23 16:43:43 -0200 Thumb picture
    brunothebigboss checked-in to:
    Post by brunothebigboss: <p>Não pensava que iria avançar tanto em 2 dias, ma
    Ghost of Tsushima

    Platform: Playstation 4
    421 Players
    263 Check-ins

    Não pensava que iria avançar tanto em 2 dias, mas tá aí

    Ato 1 concluído! Salvamos o lorde Shimura e recuperamos a primeira parte da ilha de Tsushima!

    Confesso que para um jogo AAA, ele até que tem muita personalidade. Nem tanto no enredo, que é só competente o bastante para que o jogador se importe com o que acontece (mas adianto que nem por isso ele é ruim), mas sim na ambientação e na narrativa como um todo. Só agora que eu me toquei o quanto o jogo é inspirado no Kurosawa - aparentemente ter uma modalidade especial em preto e branco com o nome dele não foi o bastante, mas tudo bem - e isso o torna até inédito no mundo dos jogos. Claro que ele não está inventando nada quando a gente amplia o escopo de análise, e convenhamos que é muito fácil soar foda quando você imita Kurosawa, mas tudo bem.

    Eu demorei para me acostumar a saber quando se dá o parry e quando é bom desviar, mas agora tá dando. É bem mais fácil defletir aqui do que no God of War, ao menos pra mim. Isso tá se refletindo agora nos duelos - aliás, outro ponto alto do jogo -, que não te permite usar acessórios de luta como kunais, bombas de fumaça e explosivos (os itens que tenho até agora), e os arcos também não podem ser usados. Ao menos dá pra usar alguns golpes especiais que o Jin aprende em algumas missões lendárias do jogo - eu sei um, que é um ataque rápido que usa triãngulo e o círculo que o Jin quebra a defesa do inimigo e causa um bom dano nele (mas consome determinação, que também cura a sua vida - minha irmã chamou isso de cópia de Undertale, o que considerando a frase "You are filled with determination", faz algum sentido). Tudo bem que eu já vi os previews desses golpes na árvore de habilidades e eu sei que quebra totalmente o realismo do jogo, mas a graça de GoT é tornar cada momento o mais foda possível naquele jeitinho de filme de samurai. Usei esse golpe pela primeira vez sem querer, assim que terminei a missão que fiz antes, e foi a primeira vez em muito tempo que eu senti um "CARAIIII!!".

    Ah, e uma pequena subversão que eu achei. Tem uma side quest que você encontra um samurai que pode te ajudar na luta, mas o Jin descobre que ele é uma fraude. Aí a gente persegue ele e o cidadão, puto da vida, desafia a gente para um duelo, e quando isso acontece, sempre há uma cutscene característica que prepara o terreno. Só que assim que a luta começa, o cara empalidece e interrompe a luta, revelando toda a verdade. E a missão termina.

    Ri demais nessa hora. Por mais momentos assim em jogos AAA, que podem ser esquemáticos demais em muitos momentos.

    11
  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-11-14 10:03:46 -0200 Thumb picture
    Post by brunothebigboss: Por conta das obrigações da universidade, acabei um

    Por conta das obrigações da universidade, acabei um pouco afastado dos games, mas quando eu me toquei que Metal Gear Solid 2 estava para completar 20 anos, não hesitei em fazer essa review.
    Ela trata mais das temáticas principais do jogo e acho que não transparece tanto (só perto pro final) o quanto eu o amo. É demais.
    Como sempre, espero que gostem!

    A informação como poder - e a arte como representação

    Review by: @brunothebigboss

    Como um futuro historiador que também gostaria de ser psicólogo, sempre fico pensando na relação que as pessoas tem com o tempo...

    Keep Reading →
    11
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 11 months ago · 2 pontos

      A vida e seus contratempos...

      Parabéns SNAKE...pelo trabalho e pelo aniversário 😘

    • Micro picture
      msvalle · 11 months ago · 2 pontos

      Ótima crítica, parabéns! Vivi essa época e esse jogo realmente estava muito a frente do seu tempo. A trolada do Kojima com o Raiden dominou tanto a mídia na época que a parte visionária ficou para depois.
      Parabéns pelo aniversário, muitas felicidades!

  • brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas
    2021-10-31 14:00:47 -0200 Thumb picture
    brunothebigboss checked-in to:
    Post by brunothebigboss: <p>Depois de 1 mês sem novos check-ins, já ficou be
    Ghost of Tsushima

    Platform: Playstation 4
    421 Players
    263 Check-ins

    Depois de 1 mês sem novos check-ins, já ficou bem claro que o progresso desse jogo será bem lento, porque o mundo não tá perdoando não *-*

    Tudo o que pude fazer foram algumas missões, as quais foram os Ronin Chapéu de Palha e a armadura de um arqueiro fodão de uns séculos antes. Uma coisa em comum com esse jogo e com God of War 2018 é que eu definitivamente não sei fazer parry nos inimigos, mas não tem problema; cada batalha é única, verdadeiramente incrível e com uma dinâmica que sempre traz alguma novidade.

    E todo mundo já falou isso, mas queridos, esse jogo é lindo de morrer! Até voltei a tirar screenshots, algo que faz tempo que eu não fazia.

    Só acho triste em como que o único personagem realmente bom em todo esse jogo até agora seja o protagonista, porque todos os outros são praticamente pedintes, e o Lorde Shimura continua preso e o vilão não costuma dar as caras :(

    Eu soube que as dinâmicas dos outros atos são iguais a do primeiro, o que me faz pensar que esse jogo pode ficar bem cansativo, mas mesmo que seja o caso, ao menos espero que seja bom enquanto dure...

    10
  • danilodlaker Danilo Rodrigues
    2021-10-30 02:06:47 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...