You aren't following augus.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2021-07-14 11:53:38 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>2021 tá voando e mais um patch está para acabar.
    Genshin Impact

    Platform: PC
    47 Players
    117 Check-ins

    2021 tá voando e mais um patch está para acabar. Começamos ele com uma surpresa boa, o arquipélago. Lá na 1.2, eu falei que as duas primeiras regiões não foram um golpe de sorte e que a espinha do dragão consolidou que a Mihoyo sabia trabalhar num bom design de mapa. Novamente, mantenho o que foi dito. As ilhas foram muito bem-feitas e é uma pena elas ficarem como conteúdo temporário, sério Mihoyo de quem foi essa ideia?

    O que mais me chamou atenção foram os puzzles, o arquipélago está recheado de mistérios e muito deles foram muito divertidos de tentar resolver. Sobre a historinha dele, divertidinha porém nada demais. Claro, é sempre muito legal ver mais da Klee e gostei do ato 3 com vários personagens aparecendo.

    Sobre os eventos, nada de realmente grandioso, mas graças ao evento dos livros da 1.5 e de algumas resinas gastas, eu consegui deixar meu Xiao coroado:

    O edgeboy mais temido de Liyue ficou ainda mais forte chegando a absurdos 50k de dano contra os inimigos do abismo 12.

    Outra parte importante da atualização foi o prólogo do Ato 2, com foco no novo personagem, Kazuha. A quest é legal e serve muito bem para apresentar o que está ocorrendo com Inazuma e a caça dos usuários de visão. Por sinal, o fato de a Arconte de Raio ser potencialmente a grande vilã do Ato 2 é muito interessante, já que vai deixar os Fatui um pouquinho de lado dessa vez.

    Foi uma atualização com bastante coisa, mas condensada totalmente no arquipélago. Teve um ou outro evento menor, como o evento dos chefes e de horda, entretanto isso já não é novidade.

    Ok, vamos chegar na parte que interessa, 1.6 e a adição de Inazuma. A live de apresentação foi ótima e deu para ver que a Mihoyo tá trabalhando bastante para trazer o melhor produto possível. As referências nipônicas estão por toda parte e eu mal posso esperar pelas primogens que os baús vão da.

    Por fim, estou guardando minhas geminhas para a Baal que já apareceu quebrando tudo no trailer, espero que ela não demore muito, ou de repente demora para dar tempo de garantir ela e não depender da sorte.

    6
  • 2021-07-11 13:54:18 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>#img#[782991]</p><p><strong>Sétimo</strong><stro
    Death Stranding

    Platform: PC
    50 Players
    9 Check-ins

    Sétimo finalizado de 2021: 

    Meu último mês se resumiu a entregar carga para pessoas, e para o geoff keighley. Depois de 52 horas de muito andar, andar, ver cutscene, andar mais um pouquinho, atirar no Mads Mikkelsen, andar mais ainda, ver mais cutscene, atirar mais no Mads Mikkelsen e no fim assistir um longa-metragem de 2 horas, finalmente terminei Death Stranding e só posso dizer uma coisa sobre ele : Uau.

    Gosto muito dos trabalhos do Kojima, até mesmo de Boktai, e com DS não foi diferente. Primeiramente, acho que Death Stranding não é um jogo para todos, e não por ele ser um jogo filminho ou algo do tipo, mas, sim, porque o estilo de gameplay dele é muito único.

    Apesar de apresentar um combate, ele nem sequer é o foco principal do loop de gameplay. Kojima planejou para que as travessias fossem o verdadeiro inimigo do jogador, e por consequência de Sam. Preparar-se para uma entrega é uma tarefa bem mais complexa do que parece, balancear o peso da carga com o peso do que você precisa levar, levar gadgets e utensílios para ajudar, se vai precisar de uma moto ou de um carro, toda essa parte de gerenciamento é super interessante e super criativa. Kojima inova e cria um jogo muito único, a tarefa de entregar as cargas é super divertida.

    Mas, nada seria de um gameplay sólido se o ambiente não fosse interessante e é ai que Death Stranding acerta de novo. O level design dos Estados Unidos é tão criativo quanto o gameplay e muito variado. Cada local novo é uma oportunidade de usar o photo mode e a troca entre ambientes é feito de uma maneira muito natural, cada bioma tem sua própria dificuldade de travessia.

    Tudo isso se intensifica com um sistema de multiplayer muito bem planejado. Durante as travessias, o jogador utilizará de ferramentas para criar atalhos ou simplesmente para facilitar a viagem, seja escadas, pontes, tirolesas, veículos, e qualquer uma dessas ferramentas permanecerá lá e caso algum jogador esteja conectado a rede o seu objeto aparecerá para ele. O brilhantismo desse sistema se dá devido ao tema do jogo, conexões. Durante a jornada de Sam múltiplas conexões são formadas com pessoas desconhecidas, você pode da like para outros jogadores, deixar mensagens engraçadas ou positivas, ou apenas deixar uma escada para facilitar a travessia de um rio que outro jogador ficará bem agradecido.

    Ok, o gameplay é muito bom e impressionantemente inovador, mas e a história ? Depois de mais de 20 anos de Metal Gear da para ver que Hideo Kojima é um cara excêntrico e nada muda em Death Stranding. Muito do proveito da história depende do quanto o jogador suporta as Kojimices e os seus diálogos repetitivos. A construção do mundo é bastante rica e direta, 70% dos mistérios apresentados nos trailers são respondidos nas primeiras 5 horas de jogatina, visto que muito dos conceitos são integrados como sistemas e mecânicas de jogo, o mistério é instigante e as últimas horas de jornada são emocionantes.

    Como fã de MGS, eu estava ansioso para jogar Death Stranding desde o seu anúncio. Ao final dos créditos, fiquei feliz com a experiência. DS é um dos jogos mais criativos que já tive o prazer de jogar, é difícil prever que o experimento de Hideo Kojima vá se tornar um novo subgênero para os open-worlds, mas o que já foi apresentado nele é o suficiente para eu querer mais. 

    @desafioanual

    13
    • Micro picture
      volstag · 25 days ago · 2 pontos

      Obra prima, um dos meus jogos favoritos da vida

  • 2021-05-28 11:29:50 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>Mais uma live de anúncio, mais um patch que está
    Genshin Impact

    Platform: PC
    47 Players
    117 Check-ins

    Mais uma live de anúncio, mais um patch que está dando tchau em alguns dias. Devo dizer que foi o patch mais focado em QoL de todos e não teve nenhum evento verdadeiramente interessante em termos de história ou exploração, felizmente a espera por Inazuma está acabando e próximo patch já teremos um prólogo do novo capítulo.

    Agora vamos para o patch, missão do Zhongli foi realmente muito boa. O novo capítulo conta mais a relação dele com o novo boss semanal, Azhdaha. Gosto muito do diálogo final com o Azhdaha e o seu medo de erodir. Depois disso tivemos o grande evento com a loja. Foi legal, teve um bom desafio e boas recompensas, peguei a Diona e estou com ela C1, é bem forte.

    Só queria dizer uma coisa sobre o Zhongli :


    Alguns Hangouts novos, que fiz apenas pelas primo, eles são bem legaizinhos e alguns tem boas ideias. E, finalmente, o grande dia, o dia que o banner da Eula começou. Eu estava há muito tempo sem pegar um bonequinho novo, o último foi o Xiao, tinha a Eula garantido e perguntei : Porque não ? Resultado :

    Eu realmente não precisava catar outro DPS, visto que eu tenho dois bem fortes, mas a bonequinha tem um kit bem legal e ela permitiria usar outros personagens que possuo e não jogo tanto, no caso a Fischl e a Diona. Ela é de dano físico, logo ela não vai aproveitar tanto do buff de EM da 1.6, entretanto ela nem precisa, já é muito forte. Ela tem um dano massivo nos AA, mas o burst de damage de sua ultimate é idiota de alto.

    Esse 113k ai foi de uma Eula level 90, com uma tumulo do lobo, um set bonzinho de artefatos e talento level 5 em tudo. Ainda tenho muito espaço para melhorar os status dela, mas já mostra como ela é capaz de da toneladas de dano. 

    Voltando para os eventos, teve uma surpresa boa nesse patch, o evento das misty dungeon. Ele foi interessante, porque eu não poderia escolher a estratégia que estava mais confortável. O evento força uma seleção boa de personagens, caso não tenha o personagem o próprio jogo disponibilizará para você, e assim pude jogar com composições que provavelmente nunca testaria. Espero que ele volte mais vezes e com outros personagens.

    Por fim, está rolando o evento final de caçar o ununsual hilichurl tendo ajuda da Elan Musk, esse nome é perfeito. Nada demais, simples, direto e tem primogens.

    Por esse patch é só isso, um patch mais calmo com boas melhorias de QoL para os sistemas e 3 eventos consideráveis. O próximo patch está prometendo ser incrível com a nova quest de arconte e a região temporária dos arquipélagos.  

    Aqui os códigos da live para quem não pegou :
    WTNTBYSZJNRD
    8A6ABHTH2N9Z
    UTNBBGSZ3NQM

    7
    • Micro picture
      aniger · 2 months ago · 2 pontos

      Esses códigos foram os mais curtos que tiveram, não durou nem 24h. Todo dia olho aquele site de códigos no mesmo horário e mais de uma vez ao dia... qdo vi apenas uma vez, perdi os códigos >.>

      Qual conjunto de artefato tu usa na Diona? Pq o meu C1 dela ainda é bem fraquinho... é uma das personagens que não me dá vontade alguma de jogar. xp

      1 reply
  • 2021-04-17 15:08:31 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>#img#[770811]</p><p><strong>Sexto</strong><stron
    Star Wars Jedi: Fallen Order

    Platform: PC
    74 Players
    27 Check-ins

    Sexto finalizado de 2021: 

    Último jogo patrocinado pelo gamepass. Estava jogando FF12, gastei 28 horas nele e não estava gostando nada. Então, peguei os últimos dias e fui jogar ao que julgava melhor, e ainda bem que fiz.

    Jedi : Fallen Order é um suspiro de tranquilidade para todos os fãs de Star Wars, assim como eu. Em termos gerais, Fallen Order é um bom jogo, ele não faz nada impressionante e, também, não inova em nada, mas focam em uma boa narrativa e ótimos personagens. O jogo é uma mistura de metroidvania, com desafios de plataformas e o combate de souls-like. O combate é divertidinho, tem seus momentos, mas não é um sekiro, um bloodborne. Os desafios de plataformas são bem legais, mas não possui o mesmo charme de jogos focados nisso, como Ori ou Mario. E metroidvania aposta nos poderes mais normais que existem e numa exploração bem padrão. Apesar disso, essa mistura cai como uma luva no universo de Star Wars. 

    Dos pontos muito positivos, primeiramente, os gráficos e direção de arte. Esteticamente, a qualidade gráfica é um esplendor, as localizações são maravilhosas e as expressões faciais, aaaah as expressões faciais. O áudio, também, é muito bom, os sons de blasters, do sabre, as vozes, tudo é muito bem feito. 

    Agora, sobre a parte que mais importa : a história. A narrativa é boa e oferece um novo ponto de vista para a famosa Ordem 66. O protagonista, Cal, é um ótimo personagem e o resto do elenco se mantém na mesma qualidade, fica aqui a menção honrosa à personagem que é introduzida mais para frente na história. 

    Por fim, Jedi : Fallen Order é o melhor pedido de desculpas que a EA podia da, seu final deixa espaço para uma sequência e que esse jogo seja o primeiro passo para esse universo tão fantástico, que está sendo muito maltratado, voltar ao brilho que ele merece.


    @desafioanual

    7
    • Micro picture
      msvalle · 4 months ago · 2 pontos

      Concordo com tudo, só senti falta de uma viagem rápida, pois os mapas são enormes.
      E que venha a sequência! :D

      1 reply
  • 2021-04-16 15:11:27 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>Hoje teve live de anúncio do 1.5 do Genshin Impa
    Genshin Impact

    Platform: PC
    47 Players
    117 Check-ins

    Hoje teve live de anúncio do 1.5 do Genshin Impact e com isso chegou a hora de fazer o check-in da atualização 1.4 que está prestes a acabar. 

    Primeiramente, ainda na 1.3 eu consegui a maravilhosa túmulo do lobo no banner de arma e uma mona no mochileiro, esse segundo foi sorte. 

    Agora sobre o evento em si do 1.4, vamos lá... Outro evento filler, mas pelo menos um filler melhor do que a do 1.3. O evento trouxe algumas das principais figurinhas de Mondstadt de volta de um jeito mais slice of life e os últimos cinco minutinhos dessa quest é muito bonito, vou até deixar aqui a cg final :

    Outro evento foi o da arena de batalha, evento bobinho que sempre tem. Agora, o evento do oceanid foi um acerto dos grandes. Primeiro Endora como pet, já ai seria um sucesso, mas as recompensas foram muito boas, 40 resinas para 10 hero's wit e mais. 

    Eventos comentados, vamos para o que interessa, a quest nova : Capítulo 1 - Ato 4.  Altas revelações foram contadas, Dainsleif é incrível e a cena final foi muito bem feita. A quest foi tão boa que valeu pela atualização inteira.

    É isso, mais um check-in e meu hype está bem baixo para a 1.5. Zhongli eu já tenho, Eula vou tentar pegar ela, tô com o garantido, e talvez a arma e nada de bombástico vai ser mostrado, o que salvou foi aquele teaser de Inazuma.

    Por fim, aqui vai um pouco de como tá ficando minha party. Estou muito feliz como ela está se moldando e tudo isso gastando nenhum real. 

    Até a próxima. o/

    8
    • Micro picture
      jorgegt · 4 months ago · 2 pontos

      Diluc já faz estrago sem a Túmulo do Lobo, com ela então... Não tenho coragem de gastar wish no banner de arma. XD

      Estou ansioso pelo housing system da 1.5, parece que vai ser legalzinho.

      1 reply
  • 2021-03-30 13:57:35 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>#img#[768342]</p><p><strong>Quinto</strong><stro
    NieR: Automata

    Platform: PC
    232 Players
    103 Check-ins

    Quinto finalizado de 2021:

    Faz 4 anos que escuto pessoas falando o quão bom Nier Automata é, o quanto Yoko Taro é um gênio e todas essas coisas. Gamepass tá acabando, mas ainda deu tempo de terminar ele.

    Evitando o máximo de spoilers possível, sim, Nier Automata é um baita jogo e possui uma história muito boa, entretanto ele tem alguns probleminhas chatinhos que podem estragar a experiência.

    Primeiramente, sobre os protagonistas, 2B e 9S são bons personagens, 9S rouba mais a cena pela personalidade dele, e fiquei impressionado por alguns direcionamentos que a trama leva. A campanha mesmo já faz um bom trabalho em desenvolve-los, mas caso o jogador faça as side-quests, esse desenvolvimento cresce ainda mais.

    O combate, apesar de bastante divertido, não oferece opções suficientes para variar as mais de 25 horas de gameplay. O arsenal não é dos mais variados, algumas armas só mudam o visual e o status e os inimigos são praticamente os mesmos em toda a campanha. Outro ponto negativo é que muito da rota B é igual o da rota A, com leve alterações de cenas, e num parâmetro geral pode cansar o jogador, a rota C também achei um pouco longas demais e poderia ter um pouco menos de batalhas com hordas.

    Agora, muito dos elogios do jogo se deve pela visão do Yoko Taro com o projeto. Ele usa e abusa de vários mini-games que mexem com a estrutura do jogo, utiliza de maneiras distintas para contar a história e tudo isso é acompanhado com uma trilha sonora fantástica.

    Por isso, Nier automata é mais um dos títulos que reforça o quão 2017 foi um excelente ano para a indústria dos jogos. Ah sim, a versão de pc do gamepass ainda não é a das melhores, mas é um progresso muuuuuito grande do que se tem na steam. 

    @desafioanual

    11
  • 2021-02-23 13:10:26 -0300 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>1.3 saiu e dessa vez o evento ficou para a metad
    Genshin Impact

    Platform: PC
    47 Players
    117 Check-ins

    1.3 saiu e dessa vez o evento ficou para a metade do patch, ao invés do começo. O banner do Xiao já começou bem :

    Tava no soft pity, mas não tinha o garantido e dei sorte. Agora vou investi um pouco no novo banner de arma, só vem tumulo do lobo !

    Sobre o evento em si. As quests foram ééééééé estranha, elas são cheias de conversinhas e, no geral, são mais chatinhas que legais. Apesar disso, deu bastante primogens.

    Já para o theater mechanicus, ele foi muito legal. O modo tower defense foi um acerto, pois larga do clichê de cada evento ter que ser tudo sobre porrada e farm.

    Entretanto, a maior surpresa do 1.3 foi a quest do Dainsleif, muito por causa do mistério que o envolve. Dainsleif foi anunciado lá no começo, do 1.0 e narra os vídeos de apresentação dos personagens, e finalmente apareceu, com a dublagem maravilhosa do Yuri Lowenthal.

    Ainda falta algumas besterinhas, aquele evento do dobro de recompensa nas linhas ley vai ser muito bom, mas nada demais. Que venha o 1.4 e que seja algo tão bom quanto foi a Espinha do Dragão, porque eu achei o 1.3 um pouco a desejar.

    Por fim, o meu Xiao bugou e após terminar a ulti dele, ele permaneceu com a máscara. Isso rendeu uma foto bem legal :

    10
    • Micro picture
      sakuroikazuki · 5 months ago · 2 pontos

      Eu acabei de logar lá só pra tentar pegar a Wolf's Gravestone mas o banner ainda não começou XD

      2 replies
  • 2021-02-15 00:39:26 -0200 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>#img#[761477]</p><p><strong>Quarto</strong><stro
    River City Girls

    Platform: PC
    40 Players
    13 Check-ins

    Quarto finalizado de 2021:

    Mais um do GamePass. Joguei a campanha toda em coop e foi diversão pura. Conhecia a franquia faz um tempo, devido a um jogo de futebol para ds que eu jogava. 

    Os gráficos são muito bonitos, a pixel arte é muito bem feita e muito detalhada, a trilha sonora é boa, contém algumas músicas cantadas que sempre surpreende, a história é nada demais, com alguns diálogos engraçados.

    Entretanto, as duas maiores virtudes de River City Girls são a gameplay e as protagonistas. Misako e Kyoko esbanjam carisma, sejam no seus arquétipos bem definidos, ou nos seus diálogos bem humorados. As duas possuem movesets extraidos que referenciam outros jogos ou séries, como Kyoko falando Ora, Ora, Ora!, dentre outros.

    Do outro lado, temos a gameplay. River City não é um beat'n'up tradicional divido em fases. Os jogadores exploram hubs, 5 no total, resolvendo as missões a procura de seus namorados. O combate começa de maneira simples, com alguns botões de ações como soco fraco e forte, mas logo, ao subir de nível e com um dojo (que tem um cameo maravilhoso), libera diversas opções para espancar os inimigos. 

    Por sinal, existe uma grande quantidade de inimigos e alguns poucos chefes divertidos. Um ponto fraco que vale ser notado é que os inimigos são, em sua maioria, uma esponja de porrada e muito do combate se resolve no jogador esperando o inimigo se levantar para encaixar uma sequência de golpes e derruba-lo novamente.

    Finalmente, ao terminar, o jogo já te da um motivo para continuar espancado toda a cidade, já que dois personagens são liberados e um final secreto é habilitado para ser conquistado. Tirando isso, River City Girls é uma baita surpresa, que me faz querer que a Ark System e a WayFoward trabalhe mais com esses personagens tããão legais. Por sinal, Kyoko >>>>> Misako, lidem com isso. 

    @desafioanual

    19
    • Micro picture
      _gustavo · 6 months ago · 3 pontos

      #teamkyoko !! Parabéns pela zerada kkkk

  • 2021-02-06 21:00:51 -0200 Thumb picture
    augus checked-in to:
    Post by augus: <p>#img#[760177]</p><p><strong>Terceiro</strong><st
    Call of the Sea

    Platform: PC
    7 Players
    3 Check-ins

    Terceiro finalizado de 2021:

    Tio phill ainda continua me patrocinando uns joguinhos e dessa vez terminei Call of the Sea. O jogo é o primeiro do estúdio indie, Out of the Blue e está disponível no gamepass desde o seu day one.

    O aspecto que mais impacta a primeira vista do game são os gráficos, Call of the Sea é muito bonito. Apesar disso, o que me investiu mais durante as poucas horas, 6 horas, de campanha foi sua protagonista, Norah.

    O jogo conta a história dela, que vai para uma ilha misteriosa, após receber uma correspondência misteriosa, atrás de seu marido que sumiu tentando procurar a cura para a doença dela. A história tem um tom calmo e bem aconchegante, o que é bem estranho por utilizar a estrutura lovecraftiana. 

    Sim, Call of the Sea utiliza lovecraft para contar a história de seu mundo, entretanto não utiliza o Horror Cósmico. A ilha apesar de desconhecida e com eventos bizarros, em nenhum momento a escrita e a direção quer amedrontar o jogador, mas, sim, criar um ambiente calmo para o jogador explorar seus puzzles.

    Mesmo com uma decisão estranha, o jogo argumenta o porquê dessa calmaria, que irei evitar devido aos spoilers, e cria uma atmosfera convidativa e difícil de enjoar.

    É um bom jogo, curtinho e com uma boa protagonista. Ele é barato nas lojas virtuais e para alguém que gosta de puzzle é uma boa pedida.

    @desafioanual

    14
  • 2021-01-29 11:27:37 -0200 Thumb picture

    Favorite Game Meme

    @gustavoberger fez um desafio bem interessante e decidi fazer um também.

    Tá pessimamente formatado, sou horrível nesse lance de photoshop, mas o que importa é a intenção. Teve algumas categorias que foi bem difícil de escolher e LoL em After Work Relaxation é puro masoquismo, jogo desgraçado. 

    18
    • Micro picture
      gustavohawke · 6 months ago · 2 pontos

      Odin Sphere, e em geral os jogos da Vanilla Ware tem um visual mítico!

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 6 months ago · 2 pontos

      Disco Elisyum é tão foda assim?

      4 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...