artoriasblack

Pessoas estúpidas acreditam em qualquer coisa, ao invés disso, acredite em si mesmo. Joseph Joestar

You aren't following artoriasblack.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2022-01-17 20:37:21 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Exclusivão 001 - Mais RPGs que Amamos

    E com muito orgulho apresentamos para o público geral o primeiro EXCLUSIVÃO!Download: https://bit.ly/3nzrXAy
    Caso você não saiba, Exclusivão é o podcast mensal disponível somente para os apoiadores do projeto acima de R$30. Estes podcasts tem temas escolhidos pelos próprios apoiadores. Atualmente já existem 6 desses podcasts.
    Esse é o Exclusivão #001, e seu tema é “Mais RPGs que Amamos”, basicamente funcionando como uma expansão do “Grindingcast #014 – RPGs que Amamos”. Aqui Muriel, Chrys, Guido e Lucas (na época ainda membro do projeto) trazem cada um jogo que gostam de coração.
    Gostou do podcast e quer ouvir mais conteúdo exclusivo assim? Simples! Torne-se apoiador no Padrim (padrim.com.br/grindingcast) ou no PicPay (https://app.picpay.com/user/grindingcast)!
    17
    • Micro picture
      manoelnsn · 4 days ago · 0 pontos

      Bizarrice NomuraxFF que não existe e BOFIV? Essa laranja tava podre, né?

      ahuahauhauahauhauahuahauhauhauahuahauhauahuahauahuahauhauaha

      1 reply
  • 2022-01-10 20:50:14 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Grindingcast 047 - Pokémon Crystal

    UM NOVO MUNDO DE AVENTURAS! Chegou a vez da segunda geração de uma das maiores franquias de rpg da história ganharem a sua vez aqui no Grindingcast! Venha conosco na tradicional região de Johto nessa nova jornada, com novas emoções porque o perigo é bem maior e ainda temos que pegar!

    Download: https://bit.ly/3HQWH7B

    Pokemon Crystal Version

    Platform: Gameboy Color
    5056 Players
    127 Check-ins

    16
    • Micro picture
      noyluiz · 11 days ago · 2 pontos

      Ótimo episodio como sempre manolos e sobre o nivelamento acho que me expressei mau, vou usar o exemplo do Muriel como base:
      Mesmo que a 1º e 2º gyms estejam uma do lado da outra, se não tiver nada impedindo o player de ir na 3º (ao não ser a "ordem" que tá no player card) não vejo defeito o player ter que fazer esse "ziguezague" pq o 2º é bem mais dificil que o 1º e 3º (Afinal, o mapa/mundo é aberto pra isso).

    • Micro picture
      artoriasblack · 10 days ago · 1 ponto

      Bom episodio esse do Pokemon crystal. O mesmo me fez sentir nostalgico, quando lá pelos anos 2000 e pouco eu tinha entrado no universo dos monstros de bolso atraves do emulador ( Sim, como a maioria ,viu o anime no programa da Eliana na época, com cada musica que causa vergonha alheia ao ouvir hoje, inclusive ja levei fora duma garota num evento de anime ao som de uma das musicas de pokemon, foi triste.)...do Pokemon Stadium no N64 na versão amarela e tempos depois o mesmo no Pokemon Stadium 2 com o Crystal onde com os amigos Biu, Nino, Lucas, o meu primo mais novo Charles e meu irmão mais novo, Nelson, nós revezavamos todos os dias para terminar o game mais de 30 vezes de cabo a rabo para conseguir evoluir tais das criaturas com os TM e HM certos para eles, além de comprar as vitaminas (ou Whey Protein como apelidamos) para eles tomarem para atingirem tais status para talvez os filhotes tivessem estatisticas melhores.

      Não me lembro se nós botamos um pokemon shiny para ter filhotes com outro para ver se nascia outro...e lembrando que para pegar esse "dourados" como a gente chamava na época, não era tão trabalhoso assim, eu mesmo peguei dois larvitar dourados no Mt. Silver ficando entre 40 minutos a uma horas grindando por lá ao contrário de vídeos na internet, onde basta pegar um Ponyta dourado para surtar completamente e precisar de 3 game boys para esse "feito". A nossa dedicação a estudar cada numero de ataque, defesa, defesa especial e outras estatisticas de cada monstro nos fez vencer um torneio de pokemon lá no nosso bairro, onde o meu Tyranittar(Godzy era o nome dele, em homenagem ao Godzilla) e um Blissey que era do Lucas ruleou a luta final, por causa do Tyranittar monstro que criei onde eu zerei o Crystal pelo menos umas 8 vezes para juntar as vitaminas para dopa-lo o maximo que pude, passei a ser um treinador de Terra/Pedra nos jogos seguintes...boas memorias da juventude. Espero ansioso o grindindcast de Ruby/Sapphire/Emerald no fim do ano.

    • Micro picture
      santz · 9 days ago · 1 ponto

      Imagina como foi pra mim, noob total de Pokémon, ouvir esse cast. Caras, vocês são hardcore demais. Eu senti que esse cast, especialmente, foi voltado quase que totalmente a quem já jogou o game e se afundou em cada detalhe e cada centímetro do jogo. Eu fiquei boaiando total enquanto vocês falavam os nomes de trocentos Pokémons como se estivesse falando de personagens de filmes famosos. É incrível ver que, quem curte Pokémon, é sempre nesse nível apaixonado. Quando começaram então a entrar nas nuances do cenário competitivo, putz, pareciam que estavam falando outro idioma. Conversaram sobre estratégias tão pontuais e diversas que acho que até quem curte o jogo se perdeu nas explicações. Enfim. O que resta é que o time só tem maluco mesmo XD

  • 2021-12-29 11:40:25 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Grindingcast 046 - Shin Megami Tensei:Digital Devil Saga


    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! No episodio de hoje vamos falar do "Jogos Vorazes" de verdade, o jogo que é sobre comer para crescer e ficar fortinho, Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga!

    Download do podcast: https://bit.ly/3qrmdJq

    Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga

    Platform: Playstation 2
    444 Players
    70 Check-ins

    15
    • Micro picture
      artoriasblack · 21 days ago · 2 pontos

      Muito bem vinda esse Cast de Digital Devil Saga nesse fim de ano, dos Shin Megami lançados para o PS2, diria que a jornada de Serph, Sera e seus companheiros mais interessante em relação ao Nocturne ou a duologia do Raidou Kuzunoha. Tenho mais a preferência a trama desse pois se afasta um do deuses japoneses onde são vitais para a trama como em SMT 2 e SMT 4 por exemplo, para adentrar no panteão indiano de divindades e como não é aquela mesma guerra batida e desgastada de YHVH versus Lucifer. Confesso que sempre tive vontade de jogar esse game e já sei de toda a trama dos dois Digital Saga, porque um amigo me falou sobre esse jogo e não tenho nada contra spoiler, que aliás foi por causa desses, que me atiçou a joga-lo, mas tinha outros RPgs na lista. Mas com esse cast saindo no fim do ano, vou ter de coloca-lo na lista de prioridades a terminar no ano que vem.

      Obrigado por esse cast de quase 3 horas e que Lord Gwyn e Soul of Cinders nós proteja em 2022.

    • Micro picture
      volstag · 23 days ago · 1 ponto

      Legal!!

    • Micro picture
      noyluiz · 23 days ago · 1 ponto

      Olha eu apareci kkkkkk to famoso, muito bom o episódio

      1 reply
  • 2021-12-20 23:55:22 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Quest Log 016 - Sinta-se ofendido

    Trazendo até vocês mais um episódio do nosso Spin-off onde respondemos as suas dúvidas e feedbacks com todo nosso TDAH...

    https://bit.ly/3o8ONyb

    11
    • Micro picture
      artoriasblack · about 1 month ago · 1 ponto

      Olá pessoal do Grindindcast, Feliz ano novo, pois acredito que até leiam no próximo Questlog, o ano já irá ter nascido para todos nós.

      É verdade que o Gamepass é um meio tentador para fazer a Microsoft ter mais adeptos ao XONE ou no PC, com uma boa lista de Jrpg e Wrpgs. (essa lista poderia ser maior, mas é satisfatória), onde quando assinei esse plano nos primeiros meses do ano, havia muito títulos que fiquei sei saber o que jogar primeiro. Porém graças ao meu irmão mais novo, que inventou de assinar serviços de Streaming, tive de abandonar o Gamepass. Que no fim, ele não assiste quase nada, pois o mesmo passa 32 horas por dia jogando League of Legends e com o sucesso daquele seriado em animação da série, Arcane, o vício dele aumentou em número de horas jogadas. O pior que esse sujeito joga, fica furioso e quebra a casa quando perde e ninguém diz nada e eu jogando meu Soma Bringer quieto no meu canto 1 ou 2 por dia, sofro criticass de amigos e familiares, injusto, vós digo a vocês.

      Gostei desse Quest Log, pois teve desde discussão a se a Microsoft vai ter consoles daqui a 2 a 3 gerações, sobre o modo da Nintendo operar preço e produtos em tal país a criticas a Mass Effect, que acho esse game superestimado. E vocês abordam melhor esses assuntos sem ser pedante e sisudo, muito melhor que esse sites de games que relatam noticias que aconteceu no mundo dos games na semana e não consigo gostar de nenhum desses, apesar de ser informativo para alguns.

      Que Lord Gwyn ilumine os RPgeiros e os membros do Grindingcast a desbravar novos jogos e mundos em 2022. E espero podcast de Pillars od Eternity, onde achei esse game bem interessante

  • 2021-12-08 20:03:15 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Venham nos acompanhar nessa cobertura da TGA

    Quinta-feira, dia 09/12 às 21h estaremos ao vivo na Twitch comentando, debatendo, falando groselha e acompanhando os desenrolares da premiação de Melhor RPG de 2021!

    10
  • 2021-11-24 14:56:02 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    E hoje falemos de Summon Night: Swordcraft Story de GBA

    Summon Night: Swordcraft Story é um RPG de ação desenvolvido pela Flight-Plan e publicado pela Banpresto no JP e Atlus no ocidente no ano de 2003 para o Gameboy Advance.

    Três anos antes de começar a história do jogo, Shintetsu, o Senhor do ferro deu sua vida para proteger sua esposa, seu filho e toda região de Wystern, e foi homenageado como um herói por seu sacrifício.

    Trés anos depois, os restantes Craftlords organizaram um torneio para escolher o novo Senhor do ferro. O jogador assume o papel de filho de Shintetsu e luta para conquistar o título em homenagem ao pai.

    O filho(a) de Shintetsu vence algumas das partidas,e uma figura misteriosa, eventualmente, o presenteia com a Espada do Oeste. Esta espada foi usada para selar um grande mal, e o jogador passa a ser encarregado da arma assim que o selo se torna ineficaz.

    Antes que o torneio possa ser concluído, o jogador fica sabendo de uma inquietação crescente entre os Craftlords e descobre que Lubert, o Senhor de Amber, e Ureksa, Senhora de Jade, estão tentando dominar o poder do espírito destrutivo Parista e fecharam um acordo com a nação estrangeira de Deigleya para dividir o controle da besta.

    Então, o jogador irá precisar do poder das outras 3 espadas, para conseguir selar o espirito de Parasita de uma vez por todas.

    O jogo progride ao longo da história dia a dia, tendo um total de 10 dias, onde o jogador atravessa a cidade de Wystern e o Labirinto. A cada dia, mais níveis do labirinto são desbloqueados e o jogador deve viajar mais fundo para completar as missões.

    Um dos principais focos do jogo é forjar armas para lutar. Para forjar uma arma, o jogador precisa da técnica da arma e dos materiais para criá-la. As armas também tem duração e podem ser quebradas.

    As batalhas acontecem dentro das dungeons. Elas são iniciadas em encontros aleatórios. Na tela de combate, em side scrolling, o jogador será colocado em uma pequena área com um a quatro oponentes.

    O jogador é capaz de: andar, correr, pular, atacar, defender, invocar sua besta guardiã e usar itens. Podem ser equipadas até três armas e até quatro itens e feitiços diferentes que podem ser colocados na besta guardiã.

    Summon Night: Swordcraft Story

    Platform: Gameboy Advance
    477 Players
    48 Check-ins

    26
    • Micro picture
      artoriasblack · about 2 months ago · 2 pontos

      gostei do visual do game, talvez o pegue

    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      Joguinho muito top. Batalha estilo Tales of Phantasia.

    • Micro picture
      iuritoadstool · about 2 months ago · 2 pontos

      Excelente apresentação, mano. Lembro de jogar Summon Night em meados de 2006, via emulador de GBA, e apesar de não ter progredido muito (sei lá porque parei de jogar na época), a experiência que tive foi satisfatória.

      Espero revisitá-lo eventualmente.

  • 2021-11-22 22:50:37 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Pokémon Tournament - GSC

    Vamos dar início ao Primeiro Torneio Oficial de Pokémon do Grindingcast!

    Todo ano, no mês de Dezembro, fazemos um podcast sobre Pokémon no Grindingcast! Esse ano será da 2ª Geração! Pokémon Gold/Silver/Crystal!
    E como adoramos estudar tudo o que o jogo pode nos oferecer, isso nos leva a tirar um gostinho de como funciona o competitivo de cada geração!
    E queremos compartilhar essa experiência com a comunidade!Por isso ABRIMOS AS INSCRIÇÕES DO NOSSO PRIMEIRO TORNEIO OFICIAL DE POKÉMON!Inscrição: https://forms.gle/nN6FPDCBE1d5UAma9O torneio ocorrerá dia 04/12 às 17h no Discord oficial do Grindingcast (https://discord.gg/sajW5x2) e será através do Pokémon Showdown (https://play.pokemonshowdown.com/)Os podcasters estarão ao vivo organizando o torneio e irão interagir com os competidores! O Primeiro e Segundo lugares deste torneio terão garantida sua participação do campeonato fechado com os podcasters e seus convidados que será transmitido ao vivo na twitch do Grindingcast!Regras do Torneio: https://drive.google.com/file/d/1rrwhZ4QtgMsgOwo1...Esperamos vocês lá!
    Pokemon Crystal Version

    Platform: Gameboy Color
    5056 Players
    127 Check-ins

    18
    • Micro picture
      artoriasblack · about 2 months ago · 1 ponto

      ansioso para assistir essa rinha de galo

  • 2021-11-10 14:56:40 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    E hoje falaremos de: Scarlet Nexus

    Scarlet Nexus é um RPG de ação desenvolvido pela Bandai Namco Studios e pela Tose e publicado pela Bandai Namco Entertainment no ano de 2021 para o PC, Playstation 4 e 5, Xbox One e Series S/X.

    O jogo se passa em um futuro próximo e em uma realidade alternativa onde a humanidade desenvolveu tecnologia e formou uma sociedade baseada nas substâncias encontradas no cérebro humano. Essas substâncias também concedem aos humanos superpoderes extra-sensoriais.

    A Outra Força de Supressão (OSF) recruta membros com habilidades sobrenaturais para proteger a humanidade dos Outros, mutantes sem mente que descendem do Cinturão de Extinção.

    Scarlet Nexus é um jogo de ação em uma perspectiva em 3ª pessoa. Os jogadores podem assumir o controle de Yuito Sumeragi ou Kasane Randall, membros da Outra Força de Supressão (OSF) que têm a tarefa de defender New Himuka de criaturas hediondas conhecidas como Outros.

    Yuito e Kasane utilizam armas de alcance corpo a corpo, possuem a capacidade de psicocinese, permitindo-lhes lançar objetos e destroços em inimigos hostis. Os poderes dos protagonistas podem ser aprimorados acessando o "mapa do cérebro", que funciona como a árvore de habilidades do jogo.

    Conforme os jogadores progridem, eles encontram diferentes membros do grupo que os ajudam no combate. Cada companheiro tem suas próprias habilidades de combate únicas, que podem ser adquiridas pelos protagonistas por meio de uma habilidade chamada "ligação cerebral".

    Scarlet Nexus

    Platform: PC
    16 Players
    8 Check-ins

    14
    • Micro picture
      ersatzgott · 2 months ago · 3 pontos

      A história é muito bem escrita e os personagens têm ótimo desenvolvimento, me surpreendeu pra caramba

  • 2020-08-28 15:09:18 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by grindingcast: <p>Outro jogo que está na lista de votação e quase

    Outro jogo que está na lista de votação e quase entrou para a lista de podcasts tanto em 2019 quanto em 2020: Xenoblade Chronicles

    Xenoblade Chronicles é um RPG de ação desenvolvido pela Monolith Soft e publicado pela Nintend no ano de 2010 para o Nintendo Wii. Tendo posteriormente um port para o 3DS e um Remaster para o Nintendo Switch em 2020. Xenoblade é dos mesmos criadores de Xenogears e Xenosaga, por isso apresenta certas similaridades com estes em alguns aspectos.

    Xenoblade Chronicles se passa em um mundo que originalmente era apenas um oceano sem fim até que dois deuses titânicos, Bionis e Mechonis, passaram a existir. Os dois travaram uma batalha por eternidades até um último golpe, com apenas seus corpos restando congelados eternamente. 

    Ambos os deuses tornaram-se a casa de diversas formas de vida nas eras que se seguiram. Bionis é a casa de formas de vida orgânicas, mais proeminente os humanoides homs, que são virtualmente idênticos aos humanos; os pequenos e peludos nopons, que podem viver o dobro ou até mesmo o triplo dos homs; e os humanoides aviários alto entias, cuja vida dura séculos. 

    Do outro lado, Mechonis abriga a forma de vida mecânica humanoide machina, cuja expectativa de vida abrange vários milênios. E assim como os deuses que servem de morada para ambas as formas de vida, as duas civilizações também estão em guerra. 

    Uma arma importante usada pelos Homs em sua batalha contra os Machina é a Monado, uma espada mística ligada a Bionis e que proporciona vislumbres do futuro para seu portador quando totalmente controlada.

    Xenoblade Chronicles possui uma navegação em um mundo aberto que o jogador pode percorrer livremente por ambientes interconectados. Existe um ciclo de dia e noite, com o horário do dia frequentemente afetando eventos, missões, força dos inimigos e itens disponíveis. 

    O jogo possui um sistema de combate em tempo real em que o jogador controla 1 personagem, enquanto os outros 2 membros do grupo são controlados por IA. Também existem ataques poderosos, chamados de Arts, mas que possuem cooldown para usa-los novamente. 

    Também existem as "Artes de Talento" específicas de cada personagem, que só ficam disponíveis depois de um número suficiente de ataques terem sido realizados. O jogador deve estabelecer fora de batalha o conjunto de Artes para cada personagem.

    Xenoblade Chronicles

    Platform: Nintendo Wii
    1521 Players
    446 Check-ins

    18
    • Micro picture
      santz · over 1 year ago · 2 pontos

      Para zerar esse jogo, precisa de muito tempo e dedicação, coisas que me faltaram quando conheci ele.

    • Micro picture
      mastershadow · 2 months ago · 2 pontos

      Apesar de odiar a jogabilidade estilo MMORPG do game, adorei a trilha sonora dele. O Enredo achei interessante, mas pra min Xenogears e Xenosaga estão anos luz a frente dele,nem se compara .

    • Micro picture
      game_zone · 2 months ago · 2 pontos

      EU ATRAS DESSE GAME E NAO CONSIGO

  • 2021-11-08 11:50:25 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    10
    • Micro picture
      artoriasblack · 2 months ago · 2 pontos

      Ola pessoal do Grindingcast, parabéns por mais um cast bem sucedido.

      Posso elogiar vocês pela resumida de como fora a produção de Xenogears e Xenosaga, agora o pessoal ao ouvir essa história de como o produtor foi passado para trás em sua epopeia em fazer um Xenogears de 4 CDs longos e extensos (sendo que só o primeiro CD já vale por dois pelo menos) devido a Final Fantasy 8, vai sentir mais simpatia pela série. Engraçado vocês mencionarem o Soma Bringer de DS, pois o estou jogando e já li reviews que esse era um espécie "Xenoblade para NDS" só que inferior, por motivos obvios e esse é um prótotipo do que esse seria no futuro.

      Jogando Xenoblade, apesar da estória ser cativante assim como os personagens, fiquei meio decepcionado por não controlarmos Robôs/Mechas gigantes nos combates, acredito que Xenogears era marcante por isso, pois era incomum ou raro ter um RPG onde podiamos ser um tipo de Amuro Ray, Heero Yuy, Setsuna F. Seiei, (Gundam) Guy Shishioh,(Gaogaiger) Shou Zama (Aura Battler Dunbine), Sousuke Saga (Full Metal Panic) Akito Tenkawa (Nadesico), Dingo Egret(Zone of The Enders) entre outros personagens de anime de Mecha controlando o seu próprio terno móvel em batalhas e que não fosse um RPG tático e em inglês. Mas gostei de como esse game , os de PS2 e de PS1 estão conectados de alguma forma.

      Já o tinha terminado a muitas luas atrás, mas graças a esse cast, me deu vontade de rejoga-lo para fazer as quests que faltam.

      Ansioso pelo cast de dezembro, graças a Lord Gwyn, esse ano está acabando, feliz Natal e Ano Novo antecipado para todos os membros da Grindincast e a quem ler esse post.

    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 2 pontos

      Mas um cast excelente e finalmente falando de um jogo que joguei. Tem uns anos já que tentei zerar esse jogo num Wii de verdade, mas eita jogo longo da porra! Eu tentava fazer algumas sidequests e tals, mas meu grupo demorava demais para upar. Ainda que a história estava maneira, com uso de cutscenes e a parada do protagonista poder ver o futuro, a jogabilidade era muito ruim. Não consegui me adaptar a esse lance de usar as habilidades e tals e a parada de que apenas a espada do protagonista pode causar dano nas máquinas tornava o combate ainda mais chato.
      A parte artística do jogo é realmente muito foda, com um mundo aberto bem amplo para explorar, isso eu curti demais. As músicas também são da hora, mas uma das paradas que mais curti (e que foi alvo de discussão no cast) foi a parada de mudar a armadura do boneco quando trocava de equipamento. Eu sempre curti isso, mas é uma coisa mega rara de se ver em um JRPG.
      A parada que o Manoel falou sobre o jogo não saber se é de ação ou de turno ou acho bobeira. Ele tem um estilo de ação com pause, simples assim. Tem muitos jogos nesse estilo e acho que nenhum jogo precisa entrar em caixinhas tão separadas, como ação ou turno.
      Enfim, adorei o cast. Apesar de ter uma galera que estava muito apaixonado pela experiência, eu não sei se tenho coragem de encarar esse RPG de 100 horas novamente.

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...