2020-05-23 01:10:15 -0300 2020-05-23 01:10:15 -0300
zyotic Fellipe Guimarães Fortes checked-in to:
Post by zyotic: <p><strong style="background-color: initial;">Final
Final Fantasy II

Platform: PSP
514 Players
61 Check-ins

Final Fantasy II - A new journey began... (Parte 4)


O caminho para Mysidia segue ao Sul de Altair. Na jornada até que teve alguns encontros aleatórios mais desafiadores, porém nada absurdo. Ao chegar na cidade descubro que a torre onde está selada a magia Ultima e supostamente onde também está o Minwu fica em uma ilha no meio do oceano cercada por montanhas. Mas primeiro para entrar nela é preciso quebrar um selo de uma caverna na região colocando a White Mask na estátua que fica na cidade. (Que eu já tenho comigo yeeee) Depois precisamos da Black Mask para ser usada em um doppelganger que bloqueia a passagem dentro dessa mesma caverna para a gente encontrar o artefato Crystal Rod que vai abrir finalmente o selo da torre! Ufa!

Essa parte foi a mais cansativa do jogo, por que foram 3 dungeon crawls seguidos sem quase nenhuma história entre elas. Foi maçante de completar com a taxa de encontros aleatórias alta desse jogo e pra piorar nem era um desafio atravessar cada uma delas por que eu estava consideravelmente mais forte que os monstros. Aquela curva de dificuldade de umas horas atrás já deixou de existir aqui.

Primeiro vamos na caverna da Tropical Island, uma ilha no meio do nada. Lá enfrentamos um boss que são quatro rinocerontes (Que pra variar são inimigos comuns na dungeon seguinte) e pegamos a Black Mask. Fazemos backtracking para a Cave of Mysidia e usamos a mascara para acessar o resto da dungeon.

Novamente, outra dungeon sem qualquer dificuldade que só toma um tempo por conta dos seus encontros aleatórios e...

Oh não não não não não!

Ah espera, Malboros nesse jogo são uma bosta! Eles tem Bad Breath, mas a resistência magica dos personagens torna quase impossível dele funcionar e no pior dos casos ele só causa petrify, que pode ser curado com Esuna.

De volta ao que interessa, Firion consegue o Crystal Rod no final da caverna e por fim podemos pegar nosso barco e rumar para a Mysidia Tower. Agora não tem mais nada que possa dar erra-

Ah pelo amor de Deus!

Então, aparentemente nosso navio foi pego em um redemoinho causado pelo Leviathan que nos engoliu com navio e tudo. Acordamos dentro do corpo do monstro marinho sem sinal de Leila nos arredores.
Explorando um pouco nós achamos alguns sobreviventes da criatura, entre eles o Dragoon Ricard Highwind que entra para o grupo no espaço deixado pela pirata. Suas habilidades são com lança, espada e escudo, mas assim como outros personagens ele não tem qualquer talento inicial para magia.

Ele nos conta que existe um outro navio dentro do monstro que podíamos usar para escapar, mas primeiro a gente precisava passar pelo chefe da dungeon que era um tipo de verme de estômago. Obviamente a gente vence e consegue pular fora no novo navio podendo dessa vez de verdade chegar na torre!

E antes de continuar eu preciso falar sobre essa parte aqui:

Primeiro lugar: Leila estava com a gente e não encontramos nem ela nem os destroços do navio então ao que tudo indica pelo jogo ela está morta e ninguém da party liga! Sério, eles até perguntam por ela, mas nem se dão o trabalho de procurar.

Segundo lugar: Dentro do corpo do Leviathan estava cheio pessoas que assim como nós foram comidas. Alguns deles nos contam que estão a mais de 10 anos vivendo ali dentro! Tem até mobilha: Camas, mesas, cadeiras e estantes de livos! O lugar virou um apartamento de NPCs!

Terceiro lugar: Um dos NPCs nos conta que Leviathan só engole que anda com um Crystal Rod no bolso e ele afirma ter um com ele também! Como assim? Eu achei que isso era um artefato único, mas tem uma lojinha de conveniência que vende eles!? Pra que eu tive todo o trabalho de pegar as máscaras?

Quarto lugar: Depois de pegar o navio, que por sinal é grande o bastante para colocar todo mundo dentro, saímos apenas os 4 e deixamos os NPCs lá vivendo o resto da vida auhsauhsuha. Sem contar o fato que provavelmente o Leviathan estava submerso a metros de profundidade, mas aparentemente nos saímos igual um submarino quando ele bocejou (???) e boiamos até a superfície? Como a gente fez pra ele não seguir a gente e comer de novo o navio?

Absolutamente nada nessa parte do jogo faz o menor sentido lógico e eu fiquei muito pistola com o fato do jogo nem se preocupa de dar uma explicação!


Enfim, respirando fundo eu prossegui para a torre achando que finalmente meus problemas tinham acabado, mas um novo obstáculo surgiu: Essa dungeon tem 10 andares e é a mais longa até esse momento.
Eu sei que isso é repetitivo, mas novamente eu perdi um tempo enorme em uma dungeon sem o menor desafio em que me arrastei para terminar. Ela tem três Gigas elementais (Fogo, Gelo e Trovão) que atuam como bosses no caminho, mas nada muito interessante além disso. 

No topo dela encontramos Minwu na frente da sala selada. Ao que parece ele ficou todo esse tempo esperando ali por a gente, atravessou toda essa dungeon sozinho e até mesmo achou um jeito de enganar o Leviathan enquanto carregava o Crystal Rod que ele provavelmente comprou na lojinha lá.

Enfim... Usando toda a sua força, nosso White Wizard quebra a barreira mágica da porta, mas gasta toda sua força no processo. Descanse em paz Minwu, você é um dos poucos personagens que eu gostava aqui. (Mas vamos nos ver de novo)

De posse da magia definitiva, chegou a hora de voltar para Fynn e receber nossas novas ordens. Entretanto somos surpreendidos no caminho: O Emperor começou um ataque invocando um Cyclone gigante que está varrendo todas as cidades do mapa e ruma para a capital!

Nesse momento do jogo varias cidades foram desabilitadas e todos os monstros do overworld foram trocados por outros mais fortes que são parte do exército do imperador. No castelo conseguimos mais informações sobre a situação com Hilda e Gordon e....

A não! Sério? Você veio nadando até aqui!?

Ok jogo, vamos dar uma pausa por enquanto!

Então, essa parte de Mysidia foi de longe a pior parte do jogo. Muito cansativa, pouca história e só dungeon atrás de dungeon. Depois que eu passei ela as coisas ficaram um pouco mais divertidas por que vamos ter alguns plot twists, mas isso fica pro próximo check-in.

21
  • Micro picture
    lordsearj · about 2 months ago · 2 pontos

    Terminei há pouco tempo. Gostei dele. Mas e pauleira.

    3 replies
  • Micro picture
    rax · about 2 months ago · 2 pontos

    Queria ter paciência pra fazer check-in assim longo e menos preguiça mas nope kkkk kkkk.

    Esse dai foi um dos dos que mais me deu dor de cabeça em FF pra zerar mesmo.

    8 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...