2017-11-02 20:25:47 -0200 2017-11-02 20:25:47 -0200
neilson1984 Alexandre Schwarzenegger Featured

O que anda me incomodando no mundo dos videos games atualmente...

Single 3559480 featured image

Caros amigos do alvanista, ando meio deprimido ultimamente com tudo o que rola no nosso mundo "Gamer" . Não é depressão doentia, é tristeza mesmo. Tristeza por diversas coisas que infelizmente está descerebrando os jogadores. Vejamos:

- Essa modinha de consumismo blockbuster. Sério, os jogadores, a grande maioria mesmo, só compram esses jogos! Tem 100 jogos lançados, mas eles só compram Call of Duty, Resident Evil, GTA, Mario Kart e Battlefield. Ou seja, os jogos que todo mundo joga. Depois eles mesmo reclamam de falta de originalidade. Contraditório né?

- A modinha de falar mal e de reclamar de tudo. Tanto a mídia quanto os próprio jogadores só querem saber de enaltecer os defeitos dos jogos. Procuram qualquer desculpazinha pra falar mal.

- A falta de critério dos analistas de games e o tendenciosismo. Estou cansado disso, as vezes e essa praga ainda continua. O analista em sua grande maioria analisa um game pelo seu mundo pessoal do que um gosto global. O problema consiste em analisar um jogo criticar seus pontos negativos e não fazer o mesmo para outro jogo que ele tanto gostou, mas que também tem o mesmo problema.

- Os jogadores só compram o jogo, se as notas e as vendas forem boas! É isso mesmo! Jogador de hoje não joga e nem ao menos tem coragem de experimentar ou ir numa casa de um colega. Prefere ver as medias das notas, videos de jogos e verificar as vendas, antes de comprar.

- A onda do hype dos jogos. Tudo é hype! Jogador e jogos viraram produtos do hype. Quanto mais hype melhor.

- A onda dos youtubers celebridades. É isso mesmo, eles são as estrelas e a verdade dos jogadores. Se eles não gostarem do jogo, você deve segui-lo, caso contrário você estará errado caso goste do jogo.

- A preocupação excessiva pela performance. Tem coisa mais chata que isso? Essa briga de caixistas e sonistas é um saco. O meu faz 1080p, o meu faz 60fps e blá blá blá. Pergunto a essas mentes doentias, a experiencia de jogo vai mudar com isso?

- A falta de conhecimento dos jogos. Tem coisa pior que conversar com um ignorante? Tem jogador, podem acreditar, que não conhece quase nada sobre jogos clássicos que fizeram história e são até hoje referência para os jogos atuais.

- O jogador fanfarrão, o hater e o fanboy. Essas criaturas povoam nossas comunidades. O único objetivo deles é somente enaltecer os gostos deles e desprezar os jogos que eles não gostam.

- Jogador que se incomoda e até se irrita com opinião e gosto particular do outro. Sério! Hoje vivemos um big brother, se você não comprar um jogo que o cara tá jogando, principalmente se ele for um block buster, você é totalmente um jogador politicamente incorreto. É incrível isso rsrs...

http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

- A mania de endeusar produtoras e designers. Os jogadores parecem que tem complexo de inferioridade e precisam automaticamente de se auto-afirmar. Jogo X, designer Y e fabricante Z são os fodões e incomparáveis seres humanos. Os inventores da roda! Somente eles são capazes de produzirem jogos inovadores ou jogos com gráficos superiores. Ninguém mais! Somente eles meu povo!

http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

- A prioridade de jogar online é maior que se encontrar com os amigos pra jogar. Meus amigos, jogador hoje prefere ficar sozinho jogando online Call of Duty ou Destiny do que se encontrar com um amigo ou grupo de amigos pra compartilhar experiencias de jogo. Podem acreditar, muito jogador hoje em dia prefere ficar sozinho. As desculpas são diversas, mas a maior é que eles tem medo de fracassar em outros jogos que eles não sabem jogar ou porque não curtem os jogos que aquele grupo ou amigo vai jogar.

Bom é isso que me incomoda atualmente. Se você tem esse mesmo sentimento, deixe suas opiniões nos comentários. Obrigado pela atenção! E vamos jogar! É acho que estou ficando um velho chato hahaha!

52
  • Micro picture
    xualexandre · almost 2 years ago · 10 pontos

    é feriado, to ouvindo uns podcasts pq to cansado de jogar hoje, então vou responder uns pontos ai com minha opinião.

    "consumismo blockbuster" imagino que sempre existiu, já que nem todo mundo é aficionado por jogos como a gente aqui, não acompanham sites noticias e lançamentos todo dia e tal, dependem da grande mídia ou do boca a boca, pra comprar um jogo, então o que vc chama de modinha é só capitalismo, quem investe e tem visibilidade é quem vende.

    "modinha de falar mal" concordo, falar negativamente chama mais atenção que elogiar, veja por exemplo esse post, que me chamou atenção por ser uma crítica

    "onda dos hypes" concordo, mas ai não fico triste não, por mim quanto mais melhor, eu mesmo vou procurar coisas além de hypes que eu curto, mas de novo, nem todo mundo tem tempo ou empenho pra fugir desses hypes.

    "youtubers" entram na discussão das gerações, quem cresceu na internet sabe que tem alguém que gosta e produz conteúdo de qualquer coisa que vc quiser, hoje as pessoas assistem o que que interessam, não o que alguém decidiu que interessam, tanto que é o público que molda o conteúdo dos Youtube.

    "A preocupação excessiva pela performance" hahahah, isso é tão geração passada, claro que performance importa, se não estaríamos jogando em TV de tubo 8 bits até hoje, e não vivendo essa evolução constante. E outra se a pessoa tem a opção de escolher um produto melhor (pelos motivos dela) por que ela ia ficar com o pior?

    "A falta de conhecimento dos jogos." isso foi um pedantismo enorme da sua parte, discordo totalmente disso cara, tipo falar que o cara curte matrix, mas não conhece o trabalho dos irmão lumiere, nada a ver...se um pitfall é cássico pra vc, gta san andreas é clássico pra uma porrada de gente.

    "jogador fanfarrão, o hater e o fanboy" concordo, onde tem ser humano tem gente escrota, é a vida.

    "Jogador que se incomoda e até se irrita com opinião e gosto particular do outro."
    tem gente que é assim mesmo, mas até ai, vc tb tá incomodado com outros jogadores por tudo que já vem citando.

    "culto aos youtubers."
    Sim, o culto ao ídolo existe desde que a humanidade surgiu, mas não acho que elogiar alguém signifique baixa auto estima.

    "jogar online ao invés de se encontrar com amigos na vida real" ???
    tenho tanto amigos na vida real quanto na internet (que eu acredito que tb existem), acho que da pra balancear bem as coisas, mas pra muita gente, nas grandes metropolis, o online é uma boa solução, não o problema.

    respondendo pq é dificil ver gente respondendo uns posts mais bem feitinhos por aqui. Valeu

    3 replies
  • Micro picture
    artigos · almost 2 years ago · 3 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    1 reply
  • Micro picture
    old_gamer · almost 2 years ago · 3 pontos

    Concordo com vc em vários aspectos que vc expôs, inclusive me desliguei muito dos consoles e jogos atuais, meu Ps 4 tem pelo menos uns 8 meses que eu não o ligo, não por falta de bons jogos, mas desinteresse mesmo. Meu foco hoje são nos consoles antigos que coleciono, é a única coisa que jogo atualmente, não me arrependo, estou muito satisfeito.

    7 replies
  • Micro picture
    jack234 · almost 2 years ago · 3 pontos

    Concordo com vc em muitas coisas. Sobre o haterismo, chuto que isso veio com a internet e a possibilidade de falar merda sem a pessoa o conhecer. Normalmente, frente a frente, ninguém fala como é na internet. O cara se esconde atrás de um avatar e isso o camufla para poder falar o que quiser. O problema é que vai tomando gosto e depois começa a exagerar.
    Outra coisa é sobre jogar online: tem mto jogo online hoje em dia e eu mesmo nem curto tanto, pq gosto de RPGs e das últimas vezes que tentei um MMORPG, uma das coisas que me desanimou foi a chatice das pessoas escondidas atrás dos avatares... Como o colega @old_gamer acima, prefiro jogar os jogos antigos, mas que me dão mta diversão. A única coisa que sinto falta, é de debater com os colegas, como fazíamos antigamente, qdo jogávamos RPGs. Era mto bacana a galera se reunir depois da aula pra trocar ideias, perguntar quais status e level cada um estava e quais itens tinha ganhado...
    Acho que vc está certo, estamos velhos heehhe

    4 replies
  • Micro picture
    jacaregames · almost 2 years ago · 3 pontos

    Uma das coisas mais importantes que falaste foi a falta de parâmetros pra que faz análise de gamer, é incrível isso, muitas vezes o cara não gosta do gênero do jogo analisado, isso é um absurdo, colocar quem não gosta de gamer de terror pra analisar um vai resultar em nota baixa,

    1 reply
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · almost 2 years ago · 2 pontos

    Preocupação excessiva com performance é o que me deixa mais triste de todas as tristezas mencionadas, seguidas da incompetência de alguns gamers de enxergarem um mundo além de COD...

    2 replies
  • Micro picture
    kipocalia · almost 2 years ago · 2 pontos

    Por isso os que mais jogo atualmente são indies, ou retro.

  • Micro picture
    jacaregames · almost 2 years ago · 2 pontos

    Tem jogos que apesar de toda crítica negativa gostei muito de jogar, Kane Lynch 2 tem muitos problemas, mas a história do jogo, os personagens e situações te pegam de jeito, singularity é um jogo que pra ser excelente só faltou ambição na história, binary Domain apesar de elogiado pela critica muito pouco jogado, outro jogo que eu considero um dos melhores saiba trilogia resistance, o gameplay e a história , do 2 e 3 principalmente são primorosos, mas são poucos reconhecidos,

  • Micro picture
    onai_onai · almost 2 years ago · 2 pontos

    É triste mesmo...

  • Micro picture
    danilodlaker · almost 2 years ago · 2 pontos

    Eu concordo com quase tudo, mas principalmente com o ultimo. Até ano passado todo fim de semana jogava coop com os meus amigos em casa ou jogando algum jogo de luta. Agora é tudo online, ninguém mais quer saber disso. :/

    1 reply
  • Micro picture
    kess · over 1 year ago · 2 pontos

    Eu estou fazendo o possível para me livrar de todos os preconceitos que criei com games e vários estigmas que tenho com a indústria...

Keep reading → Collapse ←
Loading...