weltonrosa

Amante dos games e apaixonado por tecnologia.

You aren't following weltonrosa.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • dantedias Raul
    2016-01-27 12:50:10 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    79
  • 2016-01-27 13:22:09 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    48
    • Micro picture
      aniger · almost 4 years ago · 3 pontos

      Que coisa mais fofa (e f0d@) *Compartilhando*
      Ah, acabei de postar o texto sobre um vídeos dos 20 anos da franquia =P

    • Micro picture
      dantedias · almost 4 years ago · 2 pontos

      Que lindo

    • Micro picture
      dantedias · almost 4 years ago · 2 pontos

      Eu já estava marcando @gamer_art kkkkk mas foi a própria que postou

      3 replies
  • flaviometal Flavio Venturini
    2016-01-21 18:19:53 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    TUTO: ATALHOS PARA EMULADORES NO STEAM

    Medium 3243340 featured image

    Taí uma dica bacana, que nem é novidade pra ninguém, porém muito útil pra quem joga no PC e usa o Steam, principalmente no modo Grid ou Big Picture. Trata-se de criar um atalho para ROMS ou ISOS de seus jogos preferidos, para que eles fiquem como se fossem jogos da própria plataforma Steam, seja no visual da interface ou na execução. O resultado é pra lá de legal, pois dá pra colocar a imagem de grid que você bem entender, além de executar o jogo automaticamente, sem aquele percalço todo de ter que executar o emulador, carregar o jogo pelo menu, colocar em tela cheia, etc. Vamos lá?

    Basicamente, serão três processos:

    - CRIAR O ÍCONE DO JOGO NO STEAM;

    - ALTERAR AS PROPRIEDADES DO ÍCONE;

    - MUDAR A IMAGEM DE GRID DO STEAM;

    Lembrando que, para cada jogo adicionado, os 3 processos deverão ser repetidos, beleza?

    CRIANDO O ÍCONE DO JOGO NO STEAM

    Primeiramente vamos criar o ícone em si. Basta já ter em mente o jogo e seu respectivo emulador que você quer colocar (usaremos como exemplo o jogo Dragon Quest VIII, de PS2), e claro, ter o emulador já pré-configurado antes. Aí é só aplicar os seguintes passos:

    1. Com o Steam aberto, vá lá em cima, no menu JOGOS, e selecione ADICIONAR JOGO NÃO STEAM À BIBLIOTECA:

    2. Na tela que se segue (Adicionar Jogo), procure o executável do emulador em questão. Vamos utilizar à exemplo o PCSX2, emulador de PS2, que está atualmente na versão 1.4.0. Basta ir em "Procurar" e selecionar o executável do emu. Após selecionado, o executável aparece no topo da lista, basta então clicar em ADICIONAR SELECIONADOS.

    3. Pronto! Nosso novo atalho vai aparecer no Steam, seja no modo Grid, Detalhes ou Lista:


    ALTERANDO AS PROPRIEDADES DO ÍCONE

    Agora, precisamos alterar as propriedades do ícone para que o jogo entre diretamente, além de inserir as linhas de comando de cada emulador. As linhas de comando nada mais são do que pequenos "gatilhos" (ou comandos) que fazem o emulador funcionar sem usar um GUI (aquela janela de configurações do emulador). Os comando são diversos, e cada emulador tem os seus próprios comando. Aqui, usaremos os comandos para fazer que o jogo/emulador abra corretamente assim que o ícone for executado no Steam, como se fosse um jogo da própria plataforma mesmo. Bom, nada melhor do que colocar a mão na massa pra entender, não é? Então aí vamos nós:

    1. No ícone que foi criado no passo anterior, clique com o botão direito do mouse e selecione PROPRIEDADES:

    2. Na nova janela que se abriu, serão feitas duas alterações. A primeira é trocar o nome do executável do atalho para o jogo em questão (no caso, mudar de pcsx2 para Dragon Quest VIII). Esse é o nome do jogo que vai aparecer para seus amigos quando você estiver online e jogando, além de fazer com que os jogos fiquem em ordem alfabética:

    3. A segunda alteração será na linha Destino. Aqui, vamos "mostrar" pro Steam onde se encontra o emulador, o jogo e também as linhas de comandos que contem algumas opções do emulador, tudo escrito na mesma linha, com aspas, e separado por espaços. Para o emulador que estamos usando (PCSX2), vamos usar o seguinte padrão:

    "X:\CAMINHO_DO_EMU.exe" "X:\CAMINHO_DO_JOGO.iso" --fullboot --fullscreen

    Basta trocar o X pela letra da unidade do seu HD onde se encontra o emulador ou jogo em questão, CAMINHO_DO_EMU.exe pelo diretório onde se encontra o executável do emulador e CAMINHO_DO_JOGO pelo diretório da rom/iso do jogo. O --fullboot é uma dos comandos do emulador, e colocando ele significa que toda vez que carregarmos o jogo, a BIOS do PS2 será carregada, e você ouvirá aquele som clássico do boot do console (eu acho legal, mas se quiser tirar, fique à vontade). Já o comando --fullscreen é autoexplicativo: o jogo já entra em tela cheia. É importante também NÃO REMOVER AS ASPAS, senão não funciona. Ah, e claro, tudo deve ser inserido nessa única linha de Destino.

    Para entenderem melhor, para o atalho do DQVIII, o meu aqui ficou assim:

    "E:\GAMES\EMULADORES\PS2\pcsx2-1.4.0\pcsx2.exe" "E:\GAMES\PS2_ISO\Dragon Quest VIII.iso" --fullboot --fullscreen

    ONDE:

    Existem outros comandos para o emulador em questão, mas não vou entrar em detalhes pois existem vários e a maioria não é necessário. Um exemplo é o comando "--nogui" que vejo o pessoal usar bastante. Ele faz com que o GUI (janela de configurações do emulador) não apareça ao carregar o jogo, mas no meu caso prefiro deixar sem esse comando, já que ele impede você se usar as funções do emulador (como Save States, e configurações gerais). Pode ficar tranquilo, pois mesmo com o GUI ativado, o jogo é carregado em tela cheia sem que você nem perceba que o GUI está lá.

    Outra dica: perceba que, no fim da linha Destino existe um pequeno quadrado com o símbolo "PT" nele, impedindo você de ver a linha de comando inteira. Basta clicar no símbolo "PT" com o botão direito do mouse, selecionar a opção Idioma e mudar para o inglês, assim o "PT" some e torna mais fácil a edição.

    Para outros emuladores, como já dito, cada um possui suas próprias linhas de comando, ou seja, os comandos mudam entre um emulador e outro. Não dá pra usar o comando --fullboot no emulador de Gamecube, por exemplo, pois não funcionará. Ah, e a ordem dos comandos também é importante. Vamos aos exemplos: 

    GAME CUBE/WII: Vejam como fica com o emulador Dolphin (GC/WII):

    "E:\GAMES\EMULADORES\GC-WII\dolphin-4.0-5416-64\Dolphin.exe" /e "E:\GAMES\GC_ISO\STARFOX ADVENTURES.iso" /b

    Nesse caso, o comando /e serve para carregar a iso em questão, e o /b no final serve para que o GUI do emulador não fique na frente do jogo ao ser carregado, além de fazer com que o emulador feche automaticamente ao sair do jogo. No caso do Dolphin, a configuração de tela cheia deve ser feita no próprio emulador, já que ele não possui tal linha de comando para isso.

    SUPER NINTENDO: agora com o emulador de Super Nintendo (ZSNES):

    "E:\GAMES\EMULADORES\SNES\zsnesw.exe" "E:\GAMES\_EMULADORES_\SNES\Zsnesw151\roms\Donkey Kong Country.zip"

    Para SNES, não é necessário linha de comando alguma, só os caminhos do emu e da rom. A opção de tela cheia também deve ser feita no próprio emulador.

    DREAMCAST: E finalmente, para quem quiser colocar atalhos de ISO's de Dreamcast:

    -config ImageReader:DefaultImage="E:\GAMES\_Dreamcast_ISO_\Shenmue\shenD1.cdi"

    No caso do Dreamcast, além da configuração feita no atalho do Steam como acima (lembrando novamente: tudo na mesma linha), algumas alterações devem deve ser feitas no ini do emulador (estou usando o nullDC, que pra mim ainda é o que roda melhor, não curto muito Demul). Basta abrir o arquivo nullDC.cfg com qualquer editor de texto (como o bloco de notas do próprio Windows), localizar os parâmetros a seguir e mudá-los conforme abaixo:

    Emulator.AutoStart=1

    AutoHideMenu=1

    Fullscreen=1

    LoadDefaultImage=1

    DefaultImage=E:\GAMES\_Dreamcast_ISO_\Shenmue\shenD1.cdi 

    (exemplo de caminho onde está a ISO do jogo, deve ser mudado conforme seu diretório/nome da ISO)

    NINTENDO DS: À pedidos do camarada @s4nn1n (e com a ajuda dele), vou deixar aqui também um exemplo de configuração para o emulador Desmume. Infelizmente, o emulador de Nintendo DS em questão não possui nenhuma linha de comando para que o jogo seja executado em tela cheia, portanto temos que apelar para outros métodos, como a criação de um script. O AutoIt seria uma opção, mas depois de pesquisar em alguns fóruns, encontrei no NGEmu um tópico onde o usuário yeshuachrist ( LINK ) criou um script em VBS, que faz com que o emulador seja executado, abrir o jogo que você definir no script, e entrar em tela cheia, tudo de forma automática. Aí, foi só adicionar o caminho do script no Steam e voilá! Basta fazer então 1 script para cada jogo que você quiser adicionar no Steam, mudando apenas o caminho do jogo para cada um deles. Segue o script de exemplo:

    ----------------------------------------------------------------------------------------

    Set objShell = WScript.CreateObject("WScript.Shell")

    objShell.Run "DeSmuME_x64.exe ––cpu-mode=15"

    Wscript.Sleep 60

    objShell.SendKeys "%"

    Wscript.Sleep 60

    objShell.SendKeys "F"

    Wscript.Sleep 60

    objShell.SendKeys "O"

    Wscript.Sleep 60 

    objShell.SendKeys "G:\Roms DS\0056 - Super Mario 64 DS V1 1

    Wscript.Sleep 60

    objShell.SendKeys "{ENTER}"

    Wscript.Sleep 60

    objShell.SendKeys "%{ENTER}"

    ----------------------------------------------------------------------------------------

    Basta copiar o conteúdo que está entre o traçado (não copiar o traçado), colar num arquivo TXT novo, e renomear a extensão .TXT para .VBS. É válido lembrar também que se necessário, você deverá mudar o nome do executável que está no script conforme sua versão do Desmume, bem como o caminho onde se encontra o jogo (ambos em negrito).

    Depois de criado, salve esse arquivo .VBS dentro da pasta onde está o executável do emulador, e teste para ver se funciona. Se rodar o jogo e entrar em tela cheia, é porque deu certo. Aí é só adicionar esse arquivo VBS no Steam (ao invés do executável do emulador) e pronto! Nem é necessário mudar as propriedades do atalho, o atalho já está pronto!

    Para sair do jogo/emulador e voltar ao Steam, infelizmente somente com ALT+F4...

    (valeu pelos testes e pela mãozinha, @s4nn1n!)

    4. Com as duas configurações feitas, basta clicar em FECHAR e pronto: é só executar o jogo pelo Steam pra ver se deu tudo certo!

    Mas e a imagem/banner do jogo?

    MUDANDO A IMAGEM DE GRID DO STEAM

    Finalmente, a cereja do bolo: vamos mudar a imagem de grid do jogo. Existem alguns sites por aí dedicados a criar essas imagens para jogos do Steam, porém vou indicar o melhor deles na minha opinião: o Steam Banners ( LINK: http://steambanners.booru.org/ ).

    Lá tem imagem de tudo: jogo de SNES, PS2, WII, e tudo quanto é emulador no geral. Inclusive versões diferentes dos próprios jogos do Steam. Basta procurar pelo nome do jogo em questão, abrir a imagem desejada, salvar em alguma pasta e depois carregá-la no Steam. As imagens já são do tamanho exato para uso no Steam, então não é necessário edição alguma. qui, eu deixo uma pasta ÍCONES em algum lugar do PC e salvo tudo lá dentro, pra ficar mais fácil a localização. 

    Após baixar as imagens desejadas, vamos inseri-las no atalho do jogo do Steam da seguinte forma:

    1. Clique com o botão direito e escolha a opção DEFINIR IMAGEM PERSONALIZADA

    2. Agora basta clicar em PROCURAR, selecionar a imagem que baixamos anteriormente, clicar em DEFINIR IMAGEM e pronto!

    Taí, atalho criado. Agora o Steam ficou mais atrativo ainda com emuladores e roms espalhadas entre os jogos. É possível até criar categorias (ex. EMULADORES, SNES, PS2, etc) e mover os jogos pra lá.

    E é isso, pessoal. Tentei deixar tudo bem explicado e da maneira mais simples possível pra que não haja dúvidas. Parece ser complicado, mas é só fazer uma vez pra ver que não é difícil. A dica que dou é guardar um arquivo TXT com uma linha de exemplo para cada emulador, assim fica mais fácil na hora de criar novos atalhos, pois é só usar CTRL+C / CTRL+V.

    Se quiser colocar vários jogos de uma só vez, existe ainda uma maneira bem mais simples, que faz tudo de forma automática: um programa chamado Ice. Consiste apenas na edição de um arquivo inf, onde basta você colocar todos os caminhos dos emuladores e ROMS/ISOS que você quer que apareçam no Steam, executar o programa e pronto. Até as imagens de grid já são automaticamente baixadas e inseridas, tudo bem prático. Não vou cobrir o Ice nesse tutorial pois não o uso no momento, mas pelo pouco que mexi, parece ser bem simples. Só não o uso pois tenho preferência de colocar poucos jogos emulados no Steam por vez (só os que estou jogando ou pretendo jogar), mas é uma boa pedida pra quem quer colocar várias roms de SNES, por exemplo, e criar categorias no Steam, sem ter muito trabalho. Segue o link para baixar o programa: http://scottrice.github.io/Ice/

    Uma terceira opção ainda é criar um arquivo bat para cada jogo. É um pouco mais complicado por ter algumas linhas de comando de DOS a mais, mas a vantagem é que dá pra usar esse bat não só no Steam, mas em outro frontend ou programa gerenciador de jogos. Opções é o que não faltam!

    Pra quem se interessar, o pessoal do @emula já fez tutoriais parecidos (inclusive em vídeos), bem como nosso amigo @iremar, que tem alguns tutoriais bem legais e detalhados no Youtube, onde ele usa um método um pouco diferente ( como esse, por exemplo, usando o SNES9x:  ). Quis deixar meu registro aqui também, pra ficar mais fácil até pra eu passar para alguns amigos quando precisar. Qualquer dúvida, responderei aqui no tópico mesmo se precisarem, e conforme meu tempo estiver disponível. Se tiver algo a acrescentar ou alguma sugestão, sinta-se à vontade and let me know! ;)

    Forte abraço à todos!

    276
    • Micro picture
      flaviometal · almost 4 years ago · 10 pontos

      EDITADO 23/01/2016: galera, editei e adicionei também Nintendo DS à lista, pra quem se interessar...

      3 replies
    • Micro picture
      jaquearan · almost 4 years ago · 6 pontos

      Parabéns pelo post, muito bem explicado! Sei todo o trabalho que você teve pra fazer esse post.

    • Micro picture
      leocarvalho · almost 4 years ago · 4 pontos

      Show de bola! Muita nem gente nem sabe que existe essa opção de colocar atalhos para jogos não-steam na biblioteca. E é uma ótima dica com relação aos emuladores. Parabéns pela ideia!

      1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...