You aren't following walclecio.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • walclecio Walclecio Paiva
    2016-12-13 13:12:01 -0200 Thumb picture

    Sabe aquela sensação q ta faltando algo na historia do jogo?

    Quando comecei a jogar Final fantasy XV tive essa sensação de q faltava algo na historia pra mim fazer ter empatia por esses personagens. Até q encontrei esse anime fantastico que mostra que a relação entre os 4 personagens nao se trata de patrão e empregado, mas que os caras são brothers mesmo! 

    Quer tornar a sua experiencia do jogo mais rica? assista ao filme antes, e por volta do inicio do capitulo 3 do jogo quando eles lerem a noticia no jornal sobre os acontecimentos do filme la naquele hotel chique Refugio do cais...  esse é o ponto de partida para assistir esse anime.

    Final Fantasy XV

    Platform: Playstation 4
    2206 Players
    585 Check-ins

    4
  • dantedias Raul
    2015-11-25 23:01:26 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Uma mais perfeita que a outra, mas a última ♥

    Medium 208369 3309110367

    Lindo, fiquei admirado, como a arte deixa tudo em sua volta melhor. 

    91
  • solidrenan Renan Do Prado
    2013-08-14 00:19:52 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    A história da Saga Metal Gear Solid em PDF

    Tá aqui um presente pra todos os fãs de MGS!!!! Um rapaz brasileiro, que com certeza o Kojima teria muito orgulho, fez um excelente trabalho em "resumir" de forma bem detalhada as histórias de todos os games principais da série Metal Gear em um único e inacreditável PDF, e melhor ainda, totalmente em português!!

    Obra do talentosíssimo Executioner, que ainda quero enviar um grande e-mail de agradecimento pelo trabalho!!!

    O PDF contém as histórias reunidas de:

    - Metal Gear (página 1 a 3)
    - Metal Gear 2: Solid Snake (página 3 a 7)
    - Metal Gear Solid (página 8 a 73)
    - In the Darkness of Shadow Moses: The Unofficial Truth - Nastasha Romanenko (página 73 a 130)
    - Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty (página 130 a 224)
    - Metal Gear Solid 3: Snake Eater (página 224 a 282)
    - Metal Gear Solid: Postable Ops (página 283 a 327)
    - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots (página 328 a 397)
    - Metal Gear Solid: Peace Walker (página 398 a 449)

    Link para download(Mega) - 68,1 MB: http://goo.gl/A3Fq02

    Metal Gear Solid: The Legacy Collection

    Platform: Playstation 3
    892 Players
    67 Check-ins

    246
  • coopgeeks Co-op Geeks
    2015-10-06 17:01:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Papo Geek - Entenda o final de MGSV: The Phantom Pain (SPOILERS)

    Muitos jogadores estão terminando Metal Gear Solid V: The Phantom Pain e ficando desapontados ao encontrarem um final inesperado e que na opinião de muitos, não cumpre o que Hideo Kojima prometeu para o título. No entanto, isso provavelmente se deve pelo fato da cena ser muito simbólica e cheia de detalhes ocultos e interpretativos.

    Confira minha análise do final do jogo em vídeo e entenda a mensagem que Kojima deixou para os fãs e o que o final representa para a franquia.

    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: Playstation 4
    1337 Players
    523 Check-ins

    36
    • Micro picture
      xualexandre · about 4 years ago · 2 pontos

      ah tá, só é ruim pq ninguém entende..... se entender fica genial

      1 reply
    • Micro picture
      walclecio · about 4 years ago · 1 ponto

      O final era exatamente o q eu esperava, não me surpreendeu nem um pouco. Logo no início quando pede para editar o personagem ja imaginava como terminaria o jogo. E pra quem estava em dúvida, a última missão do homem em chamas entrega o desface do venom, o tal volgin da um piripaque quando persebe q esse não era o homem q ele buscava vingar-se. Gostei da história mas detestei a maneira como foi contada, muito fragmentada, do tipo q faz qualquer um perder o interesse

    • Micro picture
      solidrenan · about 4 years ago · 1 ponto

      Eu prometi a mim mesmo não discutir nada do MGSV aqui no alva, simplesmente nada, mas hoje eu refiz a missão final e entendi melhor coisas que acabei deixando passar batido pelo choque inicial, e hoje mudei por completo minha opinião sobre o final. Vou ver o video aqui e logo depois comento o que achei dele, mas pode esperar que quando se trata de MGS eu tenho "olho clínico" pra tudo o que é falado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • walclecio Walclecio Paiva
    2015-10-06 18:25:49 -0300 Thumb picture

    Como assim essa cena épica não ta no jogo?

    É muito decepcionante perceber q depois de tanta espera o jogo tenha sido entregue incompleto com esse buraco na história. Q frustrante!

    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: Playstation 4
    1337 Players
    523 Check-ins

    5
    • Micro picture
      tsutomu · about 4 years ago · 1 ponto

      vale deixar o aviso que isso seria a ultima missão do jogo, então tem uns spoiler pequenos das coisas que ocorrem antes

    • Micro picture
      natnitro · about 4 years ago · 1 ponto

      Foi uma pena mesmo que não deixaram o Kojima nem terminar o jogo e incluir aquela parte final do Eli, o exercito de crianças e o sahelanthropus na Africa... So aquela ligação do Eli com o Psycho Mantis ja renderia um novo jogo sozinho... :-)

    • Micro picture
      dantedias · about 4 years ago · 1 ponto

  • walclecio Walclecio Paiva
    2015-10-06 09:40:26 -0300 Thumb picture
    walclecio checked-in to:
    Post by walclecio: <p>Sobre essas músicas &nbsp;do jogo... nunca tinha
    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: Playstation 4
    1337 Players
    523 Check-ins

    Sobre essas músicas  do jogo... nunca tinha  reparado como elas são  tão  boas até  jogar TPP. Engraçado  é  q todo dia ouço  uma delas nas radios e televisão, rsss

    Até  parece q o jogo me convida a joga-lo novamente  huahuahua 

    4
    • Micro picture
      slashgoodboy · about 4 years ago · 1 ponto

      Não consigo mais ouvir Take On Me, Kids in America, The Final Countdown sem lembrar do jogo.

    • Micro picture
      walclecio · about 4 years ago · 1 ponto

      Take on me é direto no helicóptero rss

      2 replies
  • renansd Renan da Silva Dores
    2015-10-02 20:32:30 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Analisando #1 - Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Medium 3163634 featured image

    Olá, caros leitores! Nessa onda de Metal Gear que tem tomado conta de todos, gostaria de experimentar algo novo. O feedback de vocês é extremamente importante  e, caso seja bastante positivo, prosseguirei com essa série de análises, que já começa com um título de peso! Analisar demanda mais esforço do que um artigo comum, por essa razão, peço a vocês que opinem - o que faltou, o que deve melhorar, o que está bom - todo retorno é válido! Começo introduzindo o formato de análises que irei utilizar: basicamente, o texto será dividido em três seções, sendo uma para o criador do game ou saga, uma para a desenvolvedora envolvida com a produção e, por fim, a análise em si. É importante frisar que esta é minha opinião e experiência com o jogo e caso você discorde, que seja gerado um debate saudável dos diferentes pontos de vista. Sem mais delongas, vamos lá!

    HIDEO KOJIMA - DE ESTUDANTE DE ECONOMIA A UM DOS MAIORES ÍCONES DA INDÚSTRIA DE GAMES

    "Snake... What took you so long?"

    Hideo Kojima nasceu em 24 de agosto de 1963, em Tóquio. Desde pequeno, sempre teve ambições de trabalhar como um artista, especialmente envolvido com cinema - uma de suas maiores paixões -, mas nunca obteve apoio. Na época, a sociedade japonesa presava muito as carreiras com grande prestígio e de fácil retorno financeiro. Assim sendo, o jovem Hideo iniciou seus estudos para se tornar um futuro economista. Ao analisar seu tempo livre, percebeu que estava bastante focado em jogar videogame e, no quarto ano de sua faculdade, decidiu ingressar na indústria dos games, acreditando ser uma empreitada muito melhor do que seus planos originais com a indústria cinematográfica. De cara, seus colegas de curso o desencorajaram. Contudo, sua mãe manteve-se o apoiando, o que o levou a seguir adiante com seu sonho. 

    De início, muitas foram as dificuldades de Kojima, que sempre teve suas ideias rejeitadas, o que não o fez desistir. Sua persistência o fez ser chamado para trabalhar na Konami, na equipe de produção de jogos para MSX (um tipo de arquitetura de computadores pessoais da época). Ainda assim, muitas de suas ideias foram rejeitadas, por Hideo não possuir conhecimentos acerca da programação. Foi somente em 1987 que Kojima pôde mostrar seu talento, com o lançamento de Metal Gear para MSX2. O jogo foi um completo sucesso, o que levou ao lançamento de sua sequência, Metal Gear 2: Solid Snake, em 1993. Foi então que, em 1998, com o lançamento de Metal Gear Solid, Kojima ganhou prestígio mundial, com diversas sequências sendo lançadas. Hideo também é responsável por Zone of the Enders, Policenauts, Snatcher, e esteve envolvido na produção de Metal Gear Rising: Revengeance e Castlevania: Lords of Shadow. Abaixo, gameplays dos games aqui citados.

    Zone of the Enders

    Policenauts

    Snatcher

    Metal Gear Rising: Revengeance

    Metal Gear

    Metal Gear 2: Solid Snake

    Castlevania: Lords of Shadow

    KONAMI: DE OFICINA A PRODUTORA DE GAMES

    A Konami foi criada em Osaka, no Japão, no ano de 1969, por Kagemasa Kozuki. Inicialmente uma oficina, a empresa entrou no ramo de entretenimento no ano de 1973. Pode-se dizer que sua era de ouro ocorreu durante o auge do NES, quando os maiores títulos da produtora foram lançados, como Frogger, Castlevania e Contra. Outras franquias importantes a se citar são Silent Hill, Pro Evolution Soccer e o próprio Metal Gear Solid. O estúdio subsidiário da Konami responsável por MGS V foi a Kojima Productions, sob o comando de Hideo Kojima, responsável também pela produção de Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots e da Fox Engine, o motor gráfico que alimenta o mais recente título da franquia de espionagem. Recentemente, o estúdio foi desfeito com a saída de Kojima da empresa.

    O Sr. Kagemasa Kozuki, fundador da Konami

    Frogger

    Contra

    Silent Hill

    ANALISANDO...

    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain é um jogo de ação-aventura furtiva, em que o jogador controla Big Boss . Para quem jogou MGS: Ground Zeroes, sabe os eventos que levam ao início de The Phantom Pain: o protagonista acorda de um coma de nove anos, sendo procurado por tudo e por todos. Nosso papel é auxiliar Big Boss a se reerguer do golpe que sofreu há quase uma década, com uma nova base e novos aliados. A história, como não poderia deixar de ser, é complexa, e cheia de referências aos jogos anteriores da saga, bem como recheada de reviravoltas. A cada nova missão, dúvidas que existiam anteriormente vão sendo esclarecidas, até a chegada do clímax, que surpreende com uma grande revelação. Trata-se de algo de grande impacto, e sugiro que, caso você não queira estragar a surpresa, não procure absolutamente nada a respeito do jogo até que você o zere.Muitas pontas soltas a respeito dos jogos anteriores são esclarecidas aqui. Velhos conhecidos aparecem para sanar furos que existiam anteriormente. E aqui insiro minha primeira observação: não se preocupe caso não tenha jogado os títulos anteriores - a falta de linearidade na saga como um tudo abre uma brecha para que novos jogadores entrem nesse universo. Porém, para se ter total aproveitamento das referências que o jogo traz, é muito importante que o jogador tenha jogado os títulos anteriores. Muitas ações dentro da trama só serão compreendidas se você tiver conhecimento da história da saga como um todo. O gameplay é bastante intuitivo. Caso você não esteja acostumado com jogos Stealth, sofrerá um pouco no início, algo que vai sendo superado com o avançar da história. Também é muio prazeroso ver frases de efeito serem lançadas durante o desenrolar do enredo, como "You are a legend to those who live on the battlefield..." e "I´m already a demon.", bem encaixadas, trazendo um certo peso ao momento em que são proferidas. Outro detalhe importante: esqueça finais felizes - a trama é pesada, com vários momentos tristes e solitários. Inclusive um desses momentos é quando um de nossos parceiros nos abandona, com um final trágico. A trilha sonora é impecável, trazendo o clima de anos 80 à tona, com músicas conhecidíssimas e que se fixam facilmente na cabeça. Faixas como True, Maneater e Kids in America te transportam para o ano em que a trama se passa, 1984.

    É crucial também citar a riqueza de detalhes que Kojima e sua equipe tiveram cuidado de colocar no game: a chuva apaga seus passos e limpa a sujeira em seu traje; derrubar objetos que estejam no cenário pode chamar a atenção dos guardas; as cenas que ocorrem na data em que você registrar seu aniversário; atirar no pneu de um veículo em movimento faz seu condutor perder o controle e parar (algo que utilizei a meu favor em uma das missões), entre tantos outros, que não lembro de ter visto em nenhum outro jogo. Algo que também me impressionou bastante foi a baixa porcentagem de cumprimento das missões em muito tempo de gameplay - com mais de cem horas de gameplay, eu possuía apenas 25%. Ainda assim, algumas "falhas" assombram o game: a quantidade de cutscenes é bem baixa comparada a outros jogos, especialmente a outros títulos da saga - o game é taxado como o que menos possui "kojimices" entre todos os Metal Gear. Também presenciei delays de renderização, e um guarda atravessando um objeto do cenário, algo comum em jogos de mundo aberto e que de forma alguma irão atrapalhar sua experiência com o game. Para encerrar, farei algumas considerações. A primeira já foi feita em um artigo anterior, que tratava dos gráficos dos jogos - Kojima e sua equipe fizeram milagres com as versões de PS3 e X360 do game. Ambos possuem uma arquitetura extremamente simples comparados aos novos consoles. Ainda assim, a experiência é exatamente a mesma, salvo a queda gráfica completamente compreensível. A segunda é uma reflexão a respeito de uma afirmação feita pela Konami: a produtora afirmava ter certeza de que MGS V seria eleito o jogo do ano de 2015. Antes do lançamento, confesso ter achado uma afirmação pretenciosa por parte da Konami. Após ter jogado por mais de cem horas, começo a concordar com isso. Por fim, digo: trata-se de um título incrível, que fará você se apaixonar pela trama da saga. As mínimas falhas que o jogo apresenta são completamente ofuscadas pela imensa riqueza de detalhes e cuidados que o jogo oferece. Título obrigatório para amantes do Stealth, de jogos de mundo aberto e de quem gosta de uma boa história. Falando nisso, permita-se ser envolvido pela história do homem que vendeu o mundo.

    Bônus - "Who´s there!?"

    ->Gostou da análise? Não gostou? Críticas? Sugestões? Comente! Seu feedback é muito importante! Lembrando que respeito e educação são muito importantes para uma convivência "de boas".

    ->Compartilhe! Assim como seu feedback, seu apoio também é muito importante para que eu siga escrevendo =D

    Fontes:

    -https://en.wikipedia.org/wiki/Hideo_Kojima

    -http://www.giantbomb.com/hideo-kojima/3040-63395/

    -https://pt.wikipedia.org/wiki/Konami

    -https://uk.games.konami-europe.com/staticpages/vie...

    -http://es.ign.com/konami/93477/feature/la-historia...

    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: PC
    314 Players
    233 Check-ins

    13
    • Micro picture
      walclecio · about 4 years ago · 3 pontos

      Faltou o clipe do a-há rsss

      1 reply
    • Micro picture
      solidrenan · about 4 years ago · 3 pontos

      Excelente análise!!!! Gostei muito!!! Eu só discordo um pouco quanto aos novos jogadores, realmente o MGSV tá mais acessível pra quem não conhece a série, e infelizmente parte disso é o enredo raso, que não está no "padrão-MGS" que os fãs estão acostumados, mas ainda assim quem iniciar a série pelo MGSV perde muita coisa, bem como não vai conseguir entender tudo, principalmente os significados das ações dos personagens pra série toda, bem como, se forem atrás da série toda após isso, já chegarão com todos os spoilers que o MGSV entrega.

      1 reply
    • Micro picture
      ligiassis · about 4 years ago · 2 pontos

      achei pouca foto do kojima coloca mais

      1 reply
  • walclecio Walclecio Paiva
    2015-09-29 18:02:08 -0300 Thumb picture
  • walclecio Walclecio Paiva
    2015-09-29 15:21:05 -0300 Thumb picture
    walclecio checked-in to:
    Post by walclecio: <p>Essa historia ja ta morna, aí ficou sem pe nem c
    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: Playstation 4
    1337 Players
    523 Check-ins

    Essa historia ja ta morna, aí ficou sem pe nem cabeça ter q ficar repetindo missão novamente pra desbloquiar novas missões da historia, isso foi ridiculo!

    11
    • Micro picture
      walclecio · about 4 years ago · 2 pontos

      obrigatorio sim

    • Micro picture
      jan · about 4 years ago · 2 pontos

      nao é obrigatoria nao, só fiz uma missao repetida, porque queria ver como era, mas que eu saiba nao é necessario, vc precisa fazer alguns missoes e voltar para mother base, podem ser paralelas

    • Micro picture
      slashgoodboy · about 4 years ago · 1 ponto

      Deixei o game encostado um pouco, antes de se tornar massante.

  • walclecio Walclecio Paiva
    2015-09-23 07:50:40 -0300 Thumb picture
    walclecio checked-in to:
    Post by walclecio: <p>Não era pra menos q esse big Boss recebesse tant
    Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

    Platform: Playstation 4
    1337 Players
    523 Check-ins

    Não era pra menos q esse big Boss recebesse tanta instrução... Não finalizei ainda mas ta muito evidente o final dessa historia... O homem em chamas não reconheceu o snake e deu um piripaque,,, edição do personagem no prologo... ta obvio. Vamos ser sacaneados no final desse jogo.

    2
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...