volstag

Adorador dos games 8Bits, jogo de tudo, desde atari até PS4, leitor de quadrinhos, livros.

You aren't following volstag.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-21 16:27:51 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>A algum tempo eu postei minha segunda ou terceir
    Judgment

    Platform: Playstation 4
    20 Players
    7 Check-ins

    A algum tempo eu postei minha segunda ou terceira postagem sobre o Judgment, e já faz um tempão que não posto nada, bom, joguei bastante ultimamente, descobri muito mais coisa legal.

    Nem tudo é bonito... hahahahahaha

    Bom, este NPC é fanático por gatos, quando você encontrar ele andando por aí, converse com ele e ele te dará uma missão bem interessante, encontrar 3 gatos que ele não avista a um tempo, então sim, além de existirem inúmeros gatos "escondidos" nas missões quando você entra no modo de primeira pessoa pra fotografar ou verificar pistas sobre os crimes investigados, existem outros, esses são mais raros de se encontrar, então vale a pena prestar muita atenção aos sons enquanto joga, os gatos irão miar em lugares bem específicos, e acima de tudo, o som ficará mais audível só no angulo correto do seu personagem em determinado lugar, seja dentro de estabelecimentos ou na rua.

    Tá vendo esse cara? ele é muito legal, lider de uma gangue de mascarados que rouba dos ricos, porém, lá pra frente ele irá abandonar o grupo, já que o pessoal dele começa a roubar de qualquer um, e a meta do cara era só de roubar de gente rica corrupta, ele vai te ajudar em alguns momentos do jogo, e é muito legal quando isso acontece, ele e o seu "irmão" Kaito, fora um cara vestido de ninja que você vai conhecer, eles vão te ajudar em muita encrenca pelas ruas.

    Não preciso dizer que a interação com personagens, edifícios e itens é monstruosa né? tem tanta coisa que da pra descobrir e fazer, tantos "jogos escondidos", desde jogos de baralhos diversos, Mah Jong, tem um "Xadrez" com peças escritas em caracteres japoneses, que depois que você pega o jeito é maravilhoso (já falei dele em outro post), fliperamas como Fighting Vippers e outros... e a lista é bem longa, da pra jogar Baseball, corrida de drones... vishhh, muita coisa.

    Mas continuando... esse cara por exemplo, um mendigo, você acha ele num parquinho de crianças abandonado, ele tá passando muito mal porque come lixo, então se você se comprometer a ajuda-lo, descobrir=a o acesso aos bueiros e um médico que vive lá embaixo, onde ficam outros mendigos, essa galera também arruma informações pra você, te vendem coisas exclusivas, e o médico te vente remédios e faz Check-up, te cura quando você levar facadas ou o que for também.

    Existem 4 Konbinis (lojinhas que vendem quitutes, igual essas que tem em posto de gasolina no Brasil por exemplo) no jogo com o nome Poppo, essas 4 lojas tem uma promoção que se você gastar um certo valor numa compra, acumula pontos, juntando 10 pontos você ganha um disco pra tocar no seu escritório, como são 4 lojas, são 4 discos diferentes também pra você colecionar.

    Por falar em coleção, em um os SEGA Clubs existem 4 maquinas dessa, onde você coloca a ficha e pode pegar bonequinhos de pelúcia, são difíceis e malditas como na vida real, mas aqui o seu dinheiro real não é usado hahaha, ou seja, você só perde a grana que adquire resolvendo os casos, outro detalhe interessante é que se você conseguir pegar todos os bonecos de uma dessas cabines, pode falar com o proprietário do estabelecimento e ele irá colocar mais, em algumas maquinas são postos outros bichinhos, ou seja, a sua coleção demorará pra ser completada, e é bacana treinar aqui pro caso de querer fazer igual na vida real.

    Jogar Space Harrier nesse fliperama da Sega perto de casa no jogo é bem legal, o unico problema é que ele não aceita que você continue quando morre tudo, se colocar ficha ele vai do começo, não sei se alguém é maluco ou teimoso o suficiente pra tentar finalizar com uma ficha só, eu cheguei até o terceiro estágio só, mas tá de bom tamanho, conforme eu passo pelos lugares, encontro coisas que já interagi, mas que acabo indo novamente, o fator replay dentro do jogo graças a tudo isso é quase infinito.

    Outra coisa legal é que se você jogar e for bem o bastante em alguns dos arcades, eles ficam disponíveis na tela título do jogo, assim você pode só entrar no jogo que quer e jogar, inclusive ele permite dois jogadores!!
    O Puyo Puyo ali no canto é sensacional, e eu nunca tinha visto um com os gráficos que ele tem, é muito bonito.

    No Virtua Fighter 5: Final Showdown eu passei 5 oponentes com uma ficha, o jogo começa muito fácil mas a dificuldade vai aumentando muito conforme avança, ainda quero tentar terminar ele.

    24
    • Micro picture
      jcelove · 3 days ago · 2 pontos

      Putz cara, só arcade maneiro!
      Eu queria muito jogar isso ai, qse pego na "promoção" da Amazon nessa semana...ai lembrei que não terei um PS4 tão cedo.ehhe

    • Micro picture
      jefffvoigt · 3 days ago · 2 pontos

      Não joguei, mas pelas coisas que você mostrou lembra Shenmue.

      2 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 3 days ago · 2 pontos

      😂😂😂😂 "comedor de lixo"
      😬😬😬😬

      Tô rindo mais da imagem, porque é bem comum na realidade 😭

      2 replies
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-21 12:43:04 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>Mano... na moral, é o ser humano que tá bugado o
    Super Monkey Ball Bounce

    Platform: Android
    1 Players
    1 Check-in

    Mano... na moral, é o ser humano que tá bugado ou sou eu?
    Você entra na rede e todo mundo tá postando a mesma notícia, de duas uma, ou a pessoa entra posta e sai correndo, sem nem ver se alguém postou, ou acha que existe algum anjo celestial que faz crescer pelinho no saco quando a gente da control C control V em notícia hahahahaha.

    Vocês tão ligados que ninguém lê a mesma merda seguida várias e várias vezes né? se é que leem direito na primeira vez!

    Sei lá, só acho que isso reflete muito os tio do Whatsapp flodando todo mundo com notícias, cuidado pra não virarem seus próprios tios daqui um tempo.

    (Eu devia ter postado isso num jogo de Digimon talvez?)

    Ahh, sobre a imagem, é só pra quem estiver descendo a timeline ver algo diferente das 50 mil postagens iguais.

    24
    • Micro picture
      tiagotrigger · 2 days ago · 3 pontos

      Ah, isso é briga velha já, desde os primórdios da Alvanista tem esse pessoal que não se dá o trabalho de ver se foi postado antes. No final é só pra ganhar vidas mesmo, que não mudam nada no site, pois republicar não ganha vidas.

      Sempre que tem jogo grátis, um monte posta. Sempre que tem algum canal do Youtube famoso falando de um jogo, um monte posta. Sempre que uma empresa anuncia algo, um monte de gente posta................

      Não se dão o trabalho de gastar 10 segundos pra olhar na página do jogo ou da plataforma pra ver que já postaram e só republicar.

      2 replies
    • Micro picture
      andre_hirosaki · 3 days ago · 2 pontos

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Micro picture
      tassio · 3 days ago · 2 pontos

      Eu tenho evitado de entrar e ver alvanista durante esses dias por causa dessa coisa de lançamento de console pra cá e pra lá...

      1 reply
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-18 10:35:10 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>O que dizer que ninguém já tenha dito?<br>Ahhhhh
    Street Fighter V Champion Edition

    Platform: Playstation 4
    12 Players
    6 Check-ins

    O que dizer que ninguém já tenha dito?
    Ahhhhh eu tenho um monte de coisa!
    (Só não sei se ninguém já não falou :P )

    O "Modo História" cheira a fezes de papagaio no cio... você começa a jogar e descobre que no final tem como se fosse uma página de gibi, UMA página só, contando um final, final escrotinho tipo os de Tekken, coisas bobas que americano gargalha e chama de engraçado, mas aqui na terra do carnaval as piadinhas e momentos engraçados me dão vergonha alheia, finais preguiçosos, um ou outro tem algo que acrescente algo na vida de um marreco com torcicolo na cabeça do pinto.

    Mas... apesar disso, o jogo te oferece vários "modo história" pra cada personagem, divididos em edições do Street Fighter, em outras palavras, tentaram colocar aqui um "resumo" ou talvez seria melhor chamar de "esqueça o que contamos nos outros jogos e veja o que é que agora dizemos que rolou ao final de cada Street do passado", então você pode escolher um dos games da franquia, e jogar um "simuladão" com alguns dos personagens (já que não tem todos de toda a franquia é claro né), e isso é bacana, se tivesse todos personagens e se os finais fossem mais do que esses quadrinhos, eu poderia dizer que seria possível jogar apenas esse jogo pra ter toda o conhecimento "estritifáico" necessário, isso é claro ignorando a experiencia visual e de diferencial de golpes e combos que cada jogo teve, mas por cima da pra considerar, pelo menos roteiristicamente falando.

    Sobre a dificuldade do jogo... achei bem porca, contra a CPU em todos os modos história (sim, fiz o final 100% de todo mundo), vez ou outra você quem sabe pode morrer pra ultimo chefão, mas é raro, o unico que achei tensinho foi o filho da Vanderleia com o Robert Plant pintado de azul e vermelho, não lembro agora se ele é o chefe do Street 4 ou do V agora, joguei tanto modo diferente com tanto personagem que já não lembro, mas o ponto chave é exatamente esse, não tem nada de memorável no jogo na minha opinião, não nesses modo história, o que não quer dizer que você não se diverte, mas acho que a dificuldade pra lá de longe de ser "normal" (moderada) no modo normal, e esses quadrinhos no final, são meio brochantes, recomento aumentar a dificuldade um pouco.

    O modo online é OK, é só ativar na tela principal que você quer lutar aleatoriamente com o povo online do mundo todo que é quase instantâneo o jogo te por contra eles, mas é só isso, pra quem gosta deve ser maravilhoso, pena que eu não curto isso, eu gosto de começo, meio e fim num jogo, questão de gosto é claro, e a galera oferece uma dificuldade real (não generalizando porque tem criança, tem tetraplegico, tem tudo jogando online) que o computador eu não vi oferecer, então quem quer desafio é um prato cheio.

    Um lance zuado que eu não curti foram os "fatalitys" se é que posso chamar assim, de canto de estágio, melhor explicando, se você conseguir prensar um inimigo no canto de uma tela e der um especial (acho que combos valem também pra isso), você vê uma animação onde o inimigo é derrotado e interage com o cenário, no Brasil você joga a pessoa num canto onde não da pra ver o que tá rolando, mas a mulherada (inclusive uma velha horrorosa) saem correndo e gritando, e entram lá pra agarrar a pessoa. No estágio do Guile você joga o inimigo na turbina do avião e a pessoa leva um choque... achei vergonha alheia as animações disso, é bem tosco.

    O estilo cartunizado dos gráficos não é ruim, as animações são super fluídas, mas eu acho que exageraram, o pé dos personagens é tipo três vezes o tamanho da cabeça deles.

    Falei mal de um monte de coisa, isso quer dizer que não gostei do jogo?
    Não é bem assim, eu gostei, mas rola comparação né, seria justo comparar com os outros games da própria franquia, no sentido "evolução", e o jogo evoluiu em trocentos aspectos, mas regrediu um pouco em outros, eu não compraria esse jogo, mas de graça joguei uns 3 dias, fator replay pra quem não curte jogo online em um jogo onde o foco foi justo nisso, fode grandão.

    Repare que o braço dela "atravessou" a cabeça do Zangief... isso que eu chamo de violencia hahahaha

    Ahh, eu falei do pé do povo ser grande? olha a mão dela!!

    Só um conselho, não preste muita atenção nos "figurantes" das fases, eles se comportam como se fossem animadores de palco do programa do Celso Portiolli, como se todo mundo no mundo do Street quisesse te entreter fazendo imbecilidades do tipo "Olha mãe!! tô aqui!!", e isso é muito bosta.

    25
    • Micro picture
      le · 6 days ago · 3 pontos

      O que tem a página no final não é o modo história. É o modo arcade, que só foi implementado porque o público disse que TINHA que ter um modo arcade.

      O modo história individual são painéis individuais, dublados. E o modo história geral é CG.

      6 replies
    • Micro picture
      raiden · 6 days ago · 2 pontos

      "O "Modo História" cheira a fezes de papagaio no cio... "

      Isso nunca tinha lido ainda em lugar nenhuma . Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      fredson · 6 days ago · 2 pontos

      O Gill (filho do Robert Plant) é boss do Street Fighter 3.
      O modo história principal é "A Shadow Falls". Tem que baixar separadamente. É de graça mas não vem no jogo. Ele tem cenas animadas ao invés de artes e quadrinhos como o Arcade.

      Comunidade desse jogo liga mais é pro online mesmo.

      E como o @le falou, offline o desafio maior está é no Survival. Eu terminei o de 100 lutas com a Chun-Li.

      5 replies
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-17 13:27:08 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>Ae povo, não sei se alguém já postou avisando...
    Watch Dogs 2

    Platform: PC
    173 Players
    55 Check-ins

    Ae povo, não sei se alguém já postou avisando...
    Mas o Watch Dogs 2 e o tal do  Stick it to the Man! estão de graã na EPIC.

    Mas corre que é por tempo limitado!

    https://www.epicgames.com/store/en-US/product/watc...

    https://www.epicgames.com/store/en-US/product/stic...

    29
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2020-09-15 21:48:44 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Meu livro esta em pré-venda!

    Meu livro finalmente esta aqui entre nós pessoas, e venho aqui compartilhar com vocês tal novidade. Segue o link da loja e a sinopse.

    https://ed-coerencia.lojaintegrada.com.br/c

    Em épocas e lugares distintos, pessoas mundanas lidam com seres aquém da compreensão humana. Inspirando mitos, contos, lendas e folclores de caráter nefasto, esses seres, embora por vezes hajam de forma meramente instintiva, como animais famintos, em maioria assumem uma natureza malévola e implacável, vendo o homem como nada além de um alvo para descarregar sua fúria.

    Prepare-se para se surpreender com relatos de diferentes perspectivas, nos quais humano e criatura, ser vivo e o sobrenatural colidem. Entre canções e poemas declamados por bruxas e servas da noite, conhecimentos do oculto serão perpetuados.

    São 8 contos envolvendo figuras folclóricas de países europeus, boa parte delas veio através dos meus estudos com o "Know Your Demon" aqui na rede na Persona @l_am_thou e o livro se encontra com desconto de pré-venda até o final do mês.  

    Para mais detalhes podem me seguir no Instagram https://www.instagram.com/maaat_t/ ou seguir a editora https://www.instagram.com/grupoeditorialcoerencia/

    Demon's Souls

    Platform: Playstation 3
    3020 Players
    593 Check-ins

    68
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-14 11:22:48 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>E lá vamos nós pra mais um classicão finalizado,
    Castlevania III: Dracula's Curse

    Platform: NES
    933 Players
    60 Check-ins

    E lá vamos nós pra mais um classicão finalizado, no passado longinquo eu me lembro de ter finalizado ele no nintendinho 3 vezes seguidas sem desligar o console, e aí nunca mais joguei, só emulando muito tempo depois, mas na época eu não sabia que existia o Grant, o "anão" pirata porque em alguma curva não escolhi ir na parte dele.

    Dessa vez joguei com todo mundo, e valeu apena? ahhh... não gostei do Grant não hahahaha

    Mas a postagem nem é sobre isso, revisitanto ela agora, reparei o quanto alguns cenários são perfeitinhos, enquanto outros, como no caso da primeira foto alí em cima, notei como os sprites todos embaralhados do cenário parecem só... embaralhados, entende?

    Tipo, agora, depois de terminar 4 vezes seguidas, me pergunto, qual foi a necessidade disso?

    De resto, o jogo é muito bom, acho que a variedade de armas pra época não exatamente inovava, mas mano, incluir 3 personagens extra e permitir mais coisas foi genial! e como retomada de uma franquia que na minha opinião poderia ter morrido se esse aqui seguisse mais o segundo jogo do que o primeiro.

    De qualquer forma, e apesar de ter gostado muito pouco do segundo castlevania, sei da importância dele como quase um gênero novo, e digo quase porque um ano antes tivemos o Metroid, mas por pouco o gênero Metroidvania não chama... Castlevania-vania :P
    Bléééé, ignorem, só tomei muito café e tô falando demais.

    Maaaaas... e aí, será que já falei o bastante (encher linguiça) pra que fiquei aqui lendo só os que leem mesmo? Não é um experimento social (como dizem os narizes empinados da vida), mas você aí que está lendo, fala pra mim nos comentários, você chuega no Alva e vê uma série de postagens, e é agora que tentarei separar os tipos de postagens, só pra depois você me dizer o que acha...

    Tem os "posteros" que comentam sobre trechos específicos, comenta sobre o todo, enfim comenta sobre a experiência, quase uma resenha, só que feita pensando como se fosse uma conversa na sala de espera do dentista, ou na mesinha de um bar, enche de imagens que ilustrem momentos, que podem ser aleatórios ou não, mas enfim, a ideia da pessoa é atrair possíveis novos jogadores, a intenção é compartilhar um jogo legal. 

    Aí tem o tipo também que chega e joga um texto, geralmente curto, sem foto, dizendo algo do tipo "mais um finalizado" e tchau!
     Acho que posso incluir aqui uma variável, o que faz isso e ainda inclui uma lista que as vezes até data tem, de outros jogos que também diz que finalizou (e quando eu escrevo "diz" é porque é só isso mesmo, ele diz e mais nada. Naaaaaada contra isso, por favor, só estou colocando o que noto na rede! Mas me pergunto, quem entra um belo dia na rede, faz o cadastro e pensa "ahhh, legal, uma rede de jogos, vou procurar sobre aquele jogo tal lá que vi falarem", e quando o cabra pesquisa o jogo, cai logo de cara em uma postagem assim, ele lê é claro, e no final deve se perguntar "Masoq???".

    Tem outro tipo também, o caçador de recompensas, é outro que a rede até mantem listas dos que mais ganham troféus, tá, meio que considero como o usuário do tipo acima, mas enquanto um chega e faz da rede um diário de datas de que jogo e quando finalizou, este aqui faz mais o tipo "olha pra mim, tô andando de bicicleta sem as mãos", calma, não me xinguem, não acho que existe postagem certa, muito menos que todas devem ser padronizadas, caaaalma, só penso que o foco deste tipo de postagem é incrivelmente sobre o usuário e não sobre o jogo, muito menos sobre a experiência, sobre o jogo ser legal ou não, curto ou não ou etc, apenas isso, e meu pensamento não é o correto, é apenas o MEU pensamento, e você aí com a mão cheia de pedras do banimento pode e deve pensar diferente, apenas respeite eu apontar esses diferentes tipos de postagem, como te respeito e não vou até sua postagem exigir que você faça prints ou diga o que pensa do jogo.

    "Tá, mas e aí cara, escreveu tudo isso e quer o que então?"
    Aí que tá, eu costumava entrar no alva e sair dando like em todas as postagens que apareciam, independente do conteúdo que estava postado, se tinha fotos e textos eu parava pra ler, se tinha um texto curto as vezes não perdia muito tempo, e acho que muitos podem fazer isso também, mas um belo dia me lembro de ter curtido algo, e quando rolei um pouco vi algo que não gostei, tinha alguma coisa que não vou lembrar pois já faz mais de um ano isso, mas era um conteúdo que envolvia teorias de conspiração e racismo, com certa exaltação por um cara que exalta gente errada e que está no poder, a questão é que eu ter curtido, na minha opinião, dá força a postagem do cara, faz ele achar que já que ele escreve aquelas merdas e tanta gente curte, ele está com razão.
    A partir daquele dia, passei a rolar mais devagar pelas postagens e só dar like no que realmente dizia respeito ao assunto principal da rede, jogos e as experiências ´proporcionadas por eles,  e claro, se vejo um post engraçado, ou de musica ou animes, e mesmo não sendo sobre jogos, não sou trouxa e nem babaca de ignorar, dou like, comento quando tenho algo a acrescentar, afinal, como já disse no começo do post (que não cabe mais imagens agora), não existe exatamente um padrão a ser seguido, e acho que tá tudo certo.
    Agora vem minha pergunta, quando você aí se depara com esses três tipos principais de postagens referentes a jogos, o que acha deles e qual te incentiva a jogar (ou não) ele também?
    Enfim, é isso, queria ler o que pensam sobre tudo isso.

    26
    • Micro picture
      luis_f · 10 days ago · 2 pontos

      Bom, entrei no Alvanista principalmente para ler reviews honestos, mesma prática na Steam. Costumo clicar no "curtir, dar vida, etc" apenas por preguiça de comentar. Costumo ler TUDO na minha timeline, apenas passo direto qualquer postagem que tenha um link para "fala, galera" (YouTube). Um preconceito meu, que vê a produção de vídeos como destruição do uso da nossa língua portuguesa.
      Costumo fazer rápidos check-ins expressando minha finalização em um jogo, principalmente para eu lembrar que o fiz, e para que a pessoa que ler apenas ter noção de que se o autor terminou uma aventura, há algum valor na obra citada. Muitas vezes não vejo necessidade de divagar sobre um título quando há vários e bons reviews aqui no site. Às vezes basta dizer dizer " um game estilo Metroid" e com certeza o leitor terá uma boa ideia do produto.
      P.S.: Contrário a você e muitos outros, nunca uso o termo "metroidvania", adoro a franquia vampiresca, até mais do que o excelente exclusivo da Nintendo, mas não vejo contribuição dele no termo. Ainda mais após ter terminado Symphony of the Night (PS1) e logo de cara ter achado muuuuito parecido com Metroid 3 ( Super NES).
      Enfim, gostei de sua divagação, soou bem "conversa de boteco" mesmo, quando após algumas doses, tentamos sintetizar ou achar nexo em algo!

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 9 days ago · 2 pontos

      O Grant é tão descartável que nem apareceu na série.

      1 reply
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-13 13:52:44 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>#img#[735309]Mais um dia normal no fim do mundo,
    Death Stranding

    Platform: Playstation 4
    509 Players
    169 Check-ins

    Mais um dia normal no fim do mundo, calmo como sempre deveria ser suportar e sobreviver numa situação caótica, pelo menos seria o menos traumatizante né.

    Esse foi um dia onde um Tornado "Temporal" (uma espécie de pico energético de energia Quiral) estava caminhando rumo a um certo lugar, e eu sem o BB... eis que descubro que ele está exatamente lá junto com o Deadman!!!!!

    Chegar até esse lugar foi bem difícil, porém, eu tinha duas tirolesas que passavam um pouco perto, então suavizou um pouco o trabalho que eu teria pra escalar, mas não dava pra enxergar nada.
    Pra piorar, o tornado me pegou e fui arrastado no tempo.

    Encarar esse cara de novo, depois do sufoco que foi na primeira vez, vishhh, eu tava já esperando uma bela surra do Clifford a qualquer momento mesmo.

    E lá estava eu, em plena Silent Hill, ou Segunda Guerra Mundial numa versão do além, o visual do lugar é sensacional, entrar nos esgotos foi tenso, ter que achar o Deadman e o BB, que também foram sugados, ou seja, uma batalha e o perigo deles serem pegos, era tudo o que eu precisava mesmo.

    Encontrei os dois, peguei o BB de volta, agora sim posso focar na luta!

    Com as melhorias de equipamento que eu conquistei, a luta foi bem mais tranquila, mesmo assim morri duas vezes antes de conseguir planejar melhor como lutar contra ele e as caveiras encrenqueiras dele.

    Qualquer imagem que tirei do fim da batalha e do regresso pro mundo real seria muito spoiler, mas é um conteúdo extremamente importante da história, saber que esses mundos (ou praias como dizem no jogo) são uma espécie de "outro lado" individual de cada pessoa, e que são interligados com uma força maior que tem uma praia que abrange a todas as outras é bem interessante, e no caso dessas praias "silent hill"s da vida, seria a de pessoas que morreram de maneira tão ruim, que acabam refletindo vivencias ruins da pessoa, e ela fica lá repetindo eternamente seus piores pesadelos, sensacional.

    É incrível como cada lugar é único nesse jogo, e pode passar batido se o jogador só correr pra fazer as entregas e não explorar.

    Conhecer o Hearthman e sua história triste e bizarra também é excepcional, da dó do que rola com ele, a cada personagem que conhecemos a gente percebe o quanto é importante nesse mundo, mesmo não sendo ninguém importante, se é que vocês entendem, o Sam não é cientista, nem presidente, nem inventou algo que pode revolucionar, ele é só um entregador, mesmo assim ele é quem muda o mundo de pouco em pouco.

    24
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-11 18:11:40 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>Takeu Pariu!!! Eles estão irreconhecíveis nesse
    Marvel's Guardians of the Galaxy: The Telltale Series

    Platform: Playstation 4
    47 Players
    21 Check-ins

    Takeu Pariu!!! Eles estão irreconhecíveis nesse video mano!!!!!!!!

    19
    • Micro picture
      jcelove · 13 days ago · 3 pontos

      Esse clip é zoeira demais.hehe fazia parte da promoçao de um dos 2 filmes.

      chamar o David Hasselhof foi genial

      4 replies
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-11 15:08:51 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>Mais dois jogos de Graça ae povo.</p><p>#img#[73
    Where the Water Tastes Like Wine

    Platform: PC
    9 Players
    1 Check-in

    Mais dois jogos de Graça ae povo.

    https://www.epicgames.com/store/en-US/product/wher...

    https://www.epicgames.com/store/en-US/product/rail...

    21
    • Micro picture
      lgd · 13 days ago · 2 pontos

      Peguei o do trenzinho, o outro achei interessante para não tem legenda em português :(

  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-09-11 14:53:01 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in to:
    Post by volstag: <p>Só pra não passar em branco... mas minha postage
    Fall Guys: Ultimate Knockout

    Platform: Playstation 4
    53 Players
    20 Check-ins

    Só pra não passar em branco... mas minha postagem é sobre os personagens com derrame.

    Sim, nunca aconteceu comigo, mas já vi uns personagens que dão a impressão de que quebraram a coluna, e o jogador não consegue as vezes nem pular.

    Afinal, é só um joguinho bobo pra galera passar o tempo... mas que é engraçado é.

    E vocês, já viram bugs malucos? teve uma vez que os ovinhos coletados por um time caiam pra fora do mapa, e os outros dois funcionavam normalmente.

    Bom, diferente da galera, eu não ligo muito pra jogatina online, ainda mais quando vira um repeteco eterno onde passa a ser tão sem sentido continuar jogando, como se você fosse á praia nas férias, mas invés de curtir a agua, ficasse trancado dentro da casa jogando baralho com alguém e não saísse nem pra ir dar uma volta na rua.

    E é por isso que acabei jogando pouco, cada dia menos, e já faz um bom tempo que nem lembro que o jogo existe.

    21
    • Micro picture
      augus · 13 days ago · 2 pontos

      O meu bonequinho já teve diversas vezes esse derrame, o coitado desmonta e fica lá estático no chão, da uma certa pena. Sobre a repetitividade, outubro chega a season 2 e com ela novos fases.
      Vendo os check-in aqui da galera de PS4 percebi que no console você tem seu nome, no pc é Fall_Guys_XXXX (sendo X um número qualquer) e existe casos de outros players com seu número.
      Sobre a parte da praia, fiquei ofendido, achei muito parecido com o que acontecia comigo, peço remoção do post agora. (brinks :p)

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 12 days ago · 2 pontos

      😂😂😂😂
      Coluna quebrada...
      😂😂😂😂

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...