You aren't following vinicios_santana_3.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-23 23:38:23 -0300 Thumb picture

    I'M SO SAD.

    Pessoal, andei sumido aqui da rede, aconteceu algo terrível.

    Meu casamento já não ia bem e nessa semana, uma briga boba, gerou gritaria, violência e o término.

    Ainda estava esperançoso de voltarmos, mas nessa semana, minha esposa se revelou. E quer me deixar sem nada, mesmo sabendo que na divisão é 50/50.

    Nenhuma das reivindicações dela visava o bebê, apenas tirar meu conforto.

    Tudo movido a ciúmes de uma substituta que eu nem quero.

    Estou sem ânimo de fazer qualquer coisa, venho trabalhar só pra não ficar em casa.

    Não vou marcar nenhum jogo ou coisa do tipo, é só pro pessoal que me segue mesmo.

    16
    • Micro picture
      thecriticgames · about 8 hours ago · 3 pontos

      Caraca que sad :/ não sou otimista nem nada mas tenho aquele minimo de expectativa que as coisas se resolvam, talvez porque dois amigos meus passaram pela mesma coisa recentemente com suas respectivas esposas (com um deles chegando a dormir fora de casa e o outro procurando advogado por conta da separação de bens), e aparentemente sem mais nem nada ambos estão bens com suas patroas como se nada tivesse ocorrido (não que eu saiba os detalhes), mas enfim, na expectativa aqui de que a sua situação melhore fera :/

      6 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 7 hours ago · 3 pontos

      Que osso, cara, quando vi o título do seu post jurei que seria algo tipo sua tvbox ter queimado e talz, e não algo grave assim.

      Fico na torcida pra que sua situação melhore, seja com ela ou sem ela.

      4 replies
    • Micro picture
      jclove · about 8 hours ago · 2 pontos

      Puxa man, ai é pra abalar mesmo! Mas não tem mais conversa? Deixa um tempo pra patroa esfriar a cabeça, principalmente se não aconteceu traição de fato deve ter como reverter. Ela só deve ta querendo tudo por raiva, será que não passa não?

      Mas só to metendo a colher, manjo nada de relacionamentos.U_U

      Orando pela melhora da situação ai meu amigo!

      3 replies
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-17 22:00:54 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[631296]</p><p>Com a ajuda do amigo @avmnet
    Armored Warriors

    Platform: Arcade
    108 Players
    7 Check-ins

    Com a ajuda do amigo @avmnetto , consegui achar um emulador competente de Mame para a TV Box.

    Com isso, uma nova leva de jogos se abriu.

    Ainda no clima do Front Mission 3, me veio a mente um jogo que curtia bastante, mas não lembro de ter zerado.

    O jogo é Armored Warriors, com o mesmo clima do uso de mechas. para guerras, mas desta vez guerras interplanetárias além dos conflitos políticos.

    O jogo é no estilo consagrado nos arcades, beat' em up, nele podemos controlar um dos 4 personagens disponíveis, cada um com habilidades distintas, sendo uns rápidos e fracos, outros lentos e fortes, algo que muitos já estão familiarizados.

    O jogo permite um multiplay de até 3 jogadores, não sei por que esse número e ter 4 personagens.

    Um diferencial que agrega e muito ao jogo, é poder usar partes dos mechas derrotados, variando e muito o gameplay.

    Minha arma/parte favorita, é sem dúvidas o sabre laser, seus combos são mais eficientes, além de ter a opção de carregar o botão para um corte devastador.

    Também há a opção de se trocar as pernas e arma secundária, normalmente metralhadoras, bazukas e lança chamas, que têm uma certa quantidade de munição.

    Um detalhe que o personagem principal, Rash, lembra muito o Ryu do Street Fighter, é algo até normal, visto que o artista deve ter trabalhado também na série de luta, já que Armored Warriors também é da Capcom.

    Outra curiosidade, é que o mecha de Rash, aparece no jogo Marvel Vs Capcom, sendo pilotado por Jin Saotome.

    Isso ocorreu pois no seu jogo de origem, cyberbots fullmetal madness, Jim tinha a opção de controlar Blodia, o mecha de Rash.

    Um ponto negativo é que o jogo é muito difícil, um verdadeiro papa fichas, algumas vidas minhas não duraram nem 30 segundos, como joguei no emulador, com fichas infinitas, então não senti tanto o peso da dificuldade, mas imagino na época, iria gastar algumas dezenas de fichas.

    Morri muito e a cada continue testei os diferentes personagens, mas o que acabou agradando foi o Rash mesmo que é o mais balanceado.

    Apesar da dificuldade, é um jogo curto, 8 fases, e em menos de uma hora já o tinha finalizado.

    No geral é um ótimo jogo, gostei do enredo, mecânicas e ambientação, ainda mais por ter acabado de jogar Front Mission.

    Quero jogar e rejogar alguns clássicos dos arcades, de preferencia em multiplay com meu irmão ou algum amigo.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    20
    • Micro picture
      marlonildo · 6 days ago · 2 pontos

      Ae, conseguiu jogar rs
      Tbem curti mais a espada, e as pernas que pula nos inimigos

      2 replies
    • Micro picture
      avmnetto · 6 days ago · 2 pontos

      Fico feliz de ter colaborado para a abertura desse novo leque de opções para jogatina por aí, hehe! Armored Warriors é muito bom!

      1 reply
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-16 05:53:04 -0300 Thumb picture

    Problemas Gamers

    Fui marcado pelo amigo @avmnetto , achei esse desafio interessante, pois nos permite conhecer um pouco mais sobre nossos amigos aqui da rede.

    Regras:

    Marque a persona @desafio

    Marque pelo menos um amigo

    Marcando o @jclove, o @manoelnsn tenho certeza que já foi marcado, mas fica ai mais uma.

    Perguntas:

    1 - Sua prioridade, como você decide qual jogo da sua coleção vai jogar primeiro.

    Vou pelo hype que estou no momento, quando estava jogando os Resident Evils, fui jogando um atrás do outro, agora que finalizei Front mission 3, provavelmente jogue o Gun Hazard ou Armored Warriors, que não é Front Mission, mas tem mechas, além de ser beat and up, gênero que quero voltar a jogar com meu irmão. Knights of the Round, King of Dragon, Streets of Rage, os jogos da linha D&D, a lista é enorme, mas são jogos relativamente curtos, então vai me exigir menos que um RPG.

    2 - Você está no meio de um jogo e não está gostando, o que você faz? Pára ou continua?

    Quando o jogo não me agrada em nada, eu até excluo ele kkk.

    Agora por exemplo, Front Mission 3 estava extremamente massante, com uma barriga de quase 20 horas, segui jogando, apesar da historia fraquíssima naquele momento, por causa do ótimo gameplay e da fama que o jogo tinha, então esperava ser surpreendido no final, e de fato fui.

    3 - Você está no final do ano e sua meta pessoal está longe de se concluída , você corre para zerar mais rápido os games ou contínua o ritmo vagaroso?

    Minha meta é me divertir, não faço metas anuais por meu tempo ser meio corrido, então eu jogando, ou me divertindo ao menos 2 a 3 vezes por semana, já fico feliz. Nas semanas que só trabalho, fico até mais estressado.

    4 - Sua esposa, namorado (a) ou amigão quer que você jogue um game junto ele (a), mas você não gosta daquele jogo, o que você faz?

    Curioso pois minha esposa jogava sempre comigo, fosse boardgames ou ficava olhando e dando palpite enquanto eu jogava video game. Mas desde que o bebê nasceu, o foco dela mudou completamente, não a culpo, mas sinto falta de quando ela me chamava pra jogar Stone age (boardgame).

    5 - Vai sair uma continuação da sua franquia ou game favorito, porém faz um tempão que você jogou o game anterior e não lembra de muita coisa história, o que você faz? tenta relembrar rejogando, assistindo alguns vídeos e etc ou joga sem se importar?

    Nesse quesito eu tenho uma boa memória, ao ir jogando, vou lembrando dos fatos prévios, o mesmo ocorre com livros e filmes. Lendo as Crônicas de Artur, fatos ocorridos no livro 1 e citados no terceiro, vinham na minha mente como se tivesse acabado de ler.

    6 - Alguém vem pedir um jogo emprestado, o que você responde?

    Vai depender do nível de amizade que tenho com a pessoa, amigos próximos faço questão de emprestar, agora pessoas com pouco contato fico com o pé atrás, pois já perdi muitos jogos, livros , quadrinhos, etc,  que sempre voltavam com defeito ou mal tratados. ou simplesmente a pessoa não devolvia. Já emprestei um quadrinho por mais de um ano e a pessoa nem leu.

    7 - Aquele game que você está jogando está maravilhoso e você não consegue para de jogá-lo, o que você faz? você deixaria de tomar aquela cervejinha no bar, assistir um filme ou série e etc para continuar jogando?

    Com a vida conturbada e cheia de afazeres, raramente tenho visto meus amigos,então não desperdiço as oportunidades de nos reunirmos, seja pra jogar video game, boardgame ou só pra colocar a conversa em dia.

    Caso queira muito jogar o jogo, jogo quando voltar do evento, de madrugada, enquanto a família dorme.  Fiz muito isso com os Residents.

    8 - Nas próximas semanas vai ter alguns lançamentos que você quer muito jogar, porém só vai poder escolher apenas um, qual seu critério para escolher.

    Ultimamente não tenho comprado nada, reforma, filho, esposa, contas.

    Acabei desistindo de acompanhar os lançamentos, 200 reais por mês com jogos, pra falar o mínimo, era um valor que me faz muita falta nas contas mensais.

    Por isso acabei adquirindo uma TV Box e estou jogando emuladores.

    Tenho investido mais em quadrinhos e livros, mas com sabedoria, escolhendo bem qual comprar ou não; e mesmo assim ainda há discussões em casa sobre a necessidade ou desperdício do dinheiro com essas "futilidades".

    9 - Depois de comprar ou pegar o game na live ou na plus, quanto tempo um game já ficou parado até você inventar de jogá-lo?

    (Levando em conta jogos físicos, nunca tive live ou plus.)

    Quando comprava jogos, raramente comprava mais de um por vez e sempre que comprava 1, assim que chegava já jogava até o fim,  mas já ocorreu de comprar jogos pra completar coleção que nunca foram jogados. Vendi a coleção, e só agora, quase 2 anos depois, que fui tirando o atraso, um bom  exemplo são os Castlevanias de GBA, comprei os 3 na época, assim que chegaram, peguei o Harmony of Dissonance e joguei dias a fio, até fazer 100%, depois fui jogando outras coisas pra não emendar um Metroidvania atrás do outro, vendi a coleção no começo do ano passado e só no final do mesmo ano que fui finalizar o Circle of the moon, já o Aria of Sorrow, está na espera até hoje.

    Gostei muito de responder essas perguntas, foi um descobrimento até pra mim. Espero que gostem, lerei todas as que for vendo na timeline. Abraços.

    Dungeons & Dragons: Shadow Over Mystara

    Platform: Arcade
    328 Players
    6 Check-ins

    24
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 days ago · 3 pontos

      Valeu por me marcar, jovem! Farei o meu ainda hoje!

      Quanto as suas respostas, já esperava algo do tipo pelo tempo que a gente proseia. Realmente as prioridades da vida mudam e a gente não pode mais continuar gastando 200 conto com jogo no lançamento(300, se for um Nintendo). Mas o importante é continuar jogando a a TVbox vai te permitir muita, mas muita coisa legal.

      Se a gente morasse mais perto, te emprestava meu 3DS com prazer, ele tá paradaço aqui

      E como o @jclove disse, jogue o Aria of Sorrow :D

      2 replies
    • Micro picture
      jclove · 8 days ago · 2 pontos

      Bem bacana. Eu tava afinzao de jogar o gunhazard pra valer, mas na tela touch do celular nao rola.hehe
      Tem q jogar pra se divertir mesmo. Esse lance de terminar jogo ruim por obrigaçao é coisa de profissional da area XD

      Valw a marcaçao, depois vejo se faço. Algumas respostas minhas seriam bem parecidas.

      Podia pegar o aria ai nesaa tv box...deixou de jogar o melhor castlevania do Gba.

      3 replies
    • Micro picture
      santz · 8 days ago · 2 pontos

      Você está igual eu na questão de comprar jogos do lançamento. Emuladores é saída, pois gastar 200 conto em um jogo atualmente é muita grana.

      1 reply
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-15 23:11:34 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[630819]</p><p>A batalha segue tensa, os so
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    A batalha segue tensa, os soldados de Lukav são todos daquele modelo maior, mais resistentes e mais poderosos.

    Lukav usa seu kamehameha com frequência e cada tiro dele leva uma parte dos meus wanzers embora.

    Percebi tardiamente que Lukav mirava constantemente em Kazuki, uma rixa pessoal ou só o RNG ? Nunca saberemos kkkk

    Me aproveitando dessa obsessão de Lukav, deixei 2 unidades enfrentando os seus soldados, enquanto me aproximava pela lateral com Marcos (tanker).

    Kazuki ficou servindo apenas de distração, um alvo ambulante, eu só me preocupava em manter o HP do corpo sempre acima da metade.

    Ao chegar próximo de Lukavi com Marcos, notei sua fraqueza, ele é muito fraco contra ataques físicos, além de de não ter uma arma corpo-a-corpo eficiente.

    Marcos foi feito desde o começo focado no mellee, então seus golpes eram devastadores e possuía a maior vida de todas as unidades, com Lukav e sem kamehameha fora da jogada, foi questão de tempo derrotar seus soldados.

    Ao evacuarmos a ilha, Alisa fica para trás, ela leva o gerador para mais fundo através dos elevadores.

    A bomba explode, destruído a célula isolada da cidade e levando apenas uma vida querida, Alisa.

    Todos ficam muito tristes e sem palavras, mas uma mensagem deixada por Alisa, explica seus motivos e acalma os ânimos do grupo.

    Cópia da carta pra que tiver curioso.

    Me desculpe, Kazuki e Emma.

    Alguém tinha que ficar a fim de remover MIDAS deste mundo.

    Eu sei que Emma teria ficado para trás se eu não tivesse mentido para todos vocês.

    Eu ganhei uma família quando eu vim para o Japão.

    Eu estava muito feliz.

    Mas você esteve sozinha.

    Todo esse tempo, Emma.

    É a sua vez de ser feliz.

    Isso me fez tão feliz em ver você de novo, Emma.

    Eu estava muito envergonhada para pedir desculpas.

    Eu sinto Muito.

    Me sinto um pouco sozinha pensando que nunca vou ver qualquer um de vocês novamente.

    Por favor, não fique triste.

    Essa foi a minha decisão.

    Kazuki, por favor, cuide bem de Emma.

    Obrigado a todos.

    Adeus.

    Esse momento me tirou lágrimas, todo o arco final foi realmente bem feito e agora entendo porque, apesar de toda enrolação no meio, Front mission 3 tem a fama de melhor da série.

    Na casa branca, o presidente da USN em uma reunião com o presidente japonês Sasaki, tudo não tinha passado de um plano da USN e OCU de aumentar seu poderio militar, mas concordam em culpar a DHZ e Lukav, é fácil por a culpa em quem morreu.

    Eles fazem uma coletiva de imprensa para "explicar" o ocorrido.

    Em outro local, um ônibus espacial emerge aos céus, do espaço ele muda o curso para o espaço aéreo da USN, ele é abordado por caças, mas de dentro dele saem wanzers que pulam com jatos nos ombros, que os levam até o local onde está sendo realizado a coletiva.

    Os wanzer são nada mais, nada menos, que o grupo de Kazuki, que invade o casarão e enfrenta a policia.

    Com a guarda derrotada, eles entram, com wanzer e tudo, Emma sai de seu veículo e acalma a imprensa, não se trata de um ataque, mas sim uma intervenção, Emma espoe a verdade e esperasse que a justiça seja feita.

    Sasaki não aceita bem ser desmascarado e pega um wanzer da policia e parte pra cima de Kazuki, que resiste aos tiros e revida com um soco poderoso, que incapacita o wanzer de sasaki.

    Cerca de um ano depois, Kazuki e Emma viajam para a terra natal da moça, onde têm lembranças de Alisa e planejam viver juntos.

    Fim.

    Como foi dito muitas vezes durante essa série de check-ins, Front mission 3 enrrola muito na história, terminei com quase 45 horas, mas senti que fatos e missões importantes, são cerca de 25 horas, quase metade do jogo é uma barriga enorme onde Kazuki persegue Lukav e vai caindo de armadilha em armadilha.

    Mas o gameplay competente e viciante nos faz relevar esses momentos, os personagens vão ganhando profundidade e seus problemas pessoas se tornam meus problemas também.

    Quando a história engata, ela vai fundo e nos faz ficarmos tensos a cada reviravolta do destino.

    Front mission 3 merece a fama que tem e posso dizer com felicidade, que é realmente um dos melhores do gênero, seja por sua história madura ou por seu gameplay robusto.

    Agradeço a todos que acompanharam mais essa série, forte abraço e fiquem com a minha pontuação final e uma arte feita há alguns anos, onde eu sou um piloto de wanzers.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    18
    • Micro picture
      jclove · 8 days ago · 2 pontos

      Ae, ja emendou o final!
      A histiria do jogo é muito boa, o q cabsa é essa mania de trpg de enrolar colicabdo tricentas batalhas wgatecer no meio. Como eke tem 2 rotas seria bem menos cansativo se cada uma fosse mais direta e levasse umas 20h, mas o dmfinal compensa.
      Ficou bacana a selfie dentro do Wanzer ^^

      4 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 8 days ago · 2 pontos

      Jogão da porra mesmo e um dos melhores do gênero que joguei, parabéns pro finalizar essa obra prima do PS1!

      1 reply
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-15 21:48:14 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[630784]</p><p>De um dos galpões do porto u
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    De um dos galpões do porto uma estrutura leva um navio-tanque até a água, o usaremos para ir até Okinawa, a cidade artificial.

    Uma vez em Okinawa, descobrimos que MIDAS, a bomba com capacidade de destruir toda a cidade, está escondida no subterrâneo, mais especificamente, dentro do gerador da cidade.

    Traçamos uma rota para essa missão, mas para entrar na cidade, é preciso passar por uma ponte que está fortemente protegida.

    O pai de de Kazuki, Isao, dirige o navio tanque em direção doa barreira, um modo de distrair sua atenção enquanto o nosso grupo ataca.

    Derrotando essa linha de defesa, chegamos até a área residencial, onde Jared e Lukav nos aguardavam para uma armadilha (como sempre).

    Jared fica com a missão de nos deter, enquanto Lukav se locomove até o subterrâneo para armar MIDAS.

    Jared é bem poderoso, ele possui um wanzer bem potente e maior que os demais, mas é um wanzer feito para ataques a distância, quebrando sua arma principal, é só ficar bem próximo que ele não será problema.

    Derrotando-os, seguimos para o subsolo e somos recepcionados por mais capangas.

    Mais batalhas e descemos mais um nível.

    Aqui é a sala do gerador, MIDAS se encontra na nossa frente, dentro do gerador, ao tentar desligá-la, percebesse que foi colocada de modo a não conseguir desligá-la sem que tudo exploda.

    O grupo se divide, Kazuki ficará e irá impedir Lukav, enquanto Ryogo liderará um grupo que irá evacuar o bloco da cidade, pois caso a bomba exploda, toda aquela parte da cidade pode ser consumida.

    Isao e Kazuki seguem para a sala de controle, mas o caminho está obstruído por Jerad.

    Essa foi a missão mais demorada de todas, devo ter ficado uma hora ou mais somente nela, tudo por causa do chão que se locomove a cada final de turno, o que atrasa bastante, cheguei próximo de Jerad praticamente sem munição e o derrotei no último tiro.

    Finalmente chegamos na sala de controle e ativamos o desmembramento da célula daquela região da cidade, algumas explosões ocorrem nas ruas e todo o seguimento é levado para o mar.

    Enquanto isso o grupo de Ryogo enfrenta um grupo de desertores do exército, que fugiria num navio, pegamos o navio para nós e o usamos para evacuar os civis.

    Isao e Alisa discutem sobre alguém ter que ficar e desarmar a bomba, pois se alguém não ficar para atrasá-las todos morrerão, a discussão é interrompida por Lukav que sequestra Alisa e ataca seu pai.

    Kazuki fica impaciente pois seu pai e irmã estão demorando a se encontrarem com o resto do grupo, ele recebe uma ligação de seu pai, aparentemente muito ferido, avisando sobre o sequestro.

    Kazuki sendo estressado como é, quer ir pra lá na mesma hora, mas é impedido por Ryogo, pois não daria tempo de fazer todo o percurso a pé e ele seria morto na explosão.

    Ryogo pede para que Kazuki confie nele pois ele tem um plano.

    Lukav está na sala do gerador se vangloriando para Alisa, quando uma parede é destruída e de lá surge um navio-tanque, dele saem Ryogo e companhia, seu plano deu certo.

    Lukav ainda arrogante, diz que a bomba já foi armada e não se pode voltar atras, enquanto ele faz seu discurso, é atingindo pelas costas por um wanzer do exército, esse ataque da tempo para que Alisa fuja e volte para a segurança do seu grupo.

    Todos ficam surpresos ao verem que se trata do pai de Kazuki, mas logo a surpresa se torna horror quando Lukav o arremessa contra a parede e ativa sua arma especial, kamehameha!, que mata (aparentemente) o pai de Kazuki.

    Lukav está muito irritado e chama seus soldados, ele quer nossas vidas como pagamento pela insolência de ter o atacado.

    A batalha final continua no próximo check-in.

    Não perca o próximo episódio de Dragon Ball Z, Lukav morre.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    15
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-13 20:50:15 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[630361]</p><p>O grupo chega na base que pa
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    O grupo chega na base que passarão a usar, aqui Alisa se mostra uma grande estrategista militar, ela prevê uma emboscada e faz um contra plano, no qual nós iriamos surpreender o inimigo que nos atacaria pelo porto.

    Kuroi lidera a equipe que atacaria pelo porto e fica surpreso com a interferência do grupo de Kazuki e mais surpreso ainda de serem derrotados mais uma vez.

    De volta a base, planejamos um ataque nas forças do exército, antes que eles se reúnam para nos atacar. Serão dois grupos de ataque e Ryogo deseja liderar um deles, talvez para impressionar as garotas da equipe.

    A batalha ocorre em cima de uma ponte, onde nossas forças impedem que recursos, armamentos e soldados cheguem ao ponto de encontro do exército.

    Já na cidade, o grupo de Kazuki enfrenta mais uma vez Kuroi, que aguarda em vão pelos reforços, mas mesmo assim é uma batalha muito difícil pela grande quantidade de inimigos e helicópteros.

    Em seguida voltamos pra base e algo curioso ocorre, o exército pede uma trégua pois Lukav se rebelou e os está atacando, eles aceitam a trégua, meio a contra gosto e em seguida vamos interceptar o local onde estariam as tropas de Lukav, mas não há ninguém lá.

    Eis que do oceano surge um submarino anfíbio, que solta wanzers de seu interior e desdobra pernas mecânica que o permitem andar em terra firme.

    Rosavia lidera a equipe, é uma batalha difícil pois os submarinos têm um grande dano, além da grande resistência das unidades. Precisei refazer a missão por um deslize, não perdi todas as unidades, mas estava sem armamento e sem itens que os recuperasse, logo, não podia atacar e nunca venceria.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    18
    • Micro picture
      jclove · 10 days ago · 2 pontos

      Agora ja ta mais perto!! Hehe a campanha do 3 é gigante vei.XD

      3 replies
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-11 22:21:43 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[629990]</p><p>Retornei para a batalha cont
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    Retornei para a batalha contra Lukav e dessa vez consegui derrotar Liu.

    Foi um momento triste, ele se rasteja tentando dar um fim nos números imaginários ( super humanos artificiais), Liu diz que enquanto Lukav e os demais viverem, não haverá paz, ele questiona por que Kazuki fica no seu caminho, e realmente, Lukav só escapou por conta da choradeira de Kazuki.

    Voltamos pra cidade, o pessoal sai pra se distrair num bar enquanto Dennis fica para tras para pensar nos planos futuros.

    Ele recebe um e-mail de seus superiores falando que as cientistas devem ser eliminadas para que o conhecimento de como fazer MIDAS não caia em mãos erradas.

    Ele fica realmente abalado, não que trair seu país, mas também não quer trair seus amigos.

    Dennis fala do ocorrido para Marcus e diz que não vai matar nem Emma nem Alisa.

    Os demais não sabem sobre esse e-mail.

    O grupo está em constante perseguição e acreditam que se voltarem pro Japão, terão algum tipo de apoio do pai de Kazuki, que é um dos chefes militares.

    Para voltarem pro Japão, precisamos de um navio e vamos até um cemitério de navios, em busca de algum funcional.

    De fato haviam navios funcionais, mas eles eram guardados por um soldado aposentado que se intitulava dono do local.

    Logo as forças do exército nos encontraram e atacam sem discernir aliado de inimigo, chegando a abater o wanzer do velhinho.

    Vencendo a batalha, o velho vendo que o defendemos, ele se solidariza e nos cede um navio, com a condição que ele o pilote.

    Com o navio, cruzamos a faixa de oceano até o Japão, mas no meio do caminho somos surpreendidos por navios e helicópteros inimigos que não querem que cheguemos até o Japão.

    Aqui é recomendadíssimo o uso de mísseis ou outras armas de longo alcance.

    As hordas de inimigos continuam chegando, até que elas fogem de um porta-aviões japonês,achando que seríamos atacados, somos surpreendidos ao ver que ele havia sido mandado pelo pai de Kazuki para nos escoltar até ele.

    Já no Japão, Kazuki não está feliz com o reencontro com o pai.

    Há toda uma briga de família onde Kazuki culpa o pai dele amar mais o país que seus filhos, mas não é verdade, Isao fez de tudo para proteger Emma e Alisa das autoridades e ainda o faz.

    Ele fala que Lukav ainda têm planos com o governo japonês.

    Aqui descobrimos que Lukav ainda vive.

    Lukavi sabe os planos pra fazer uma nova MIDAS e a fará para o governo japonês.

    Isao sabe que os filhos estão em perigo, mesmo no Japão, então chama um de seus homens e o manda levar o grupo para se esconder num antigo observatório.

    Os governantes aparecem logo depois e questionam a lealdade de Isao.

    Não demora o grupo de Kazuki é cercado no observatório.

    Kuroi fica com a missão de matar os "rebeldes".

    Essa batalha é bem difícil, a maioria das unidades possui uma habilidade que é instant kill, uma pancada dada com o escudo.

    Perdi o primeiro encontro e na segunda tentativa tive mais cautela e consegui derrotá-los.

    Ali já não é mais seguro e nos dirigimos até uma base militar de aliados, chamados de 8ª divisão, mais uma vez somos seguidos e atacados.

    Defendemos a base, enquanto os soldados da 8ª divisão, se realocam em outra base para que possamos planejar um plano contra a JDF.

    De volta a sala dos Governantes, Sasaki se revela o verdadeiro vilão por trás de todos os planos de dominação global, revela que não gosta muito de Lukav e planeja o descartar assim que ele concluir a bomba.

    Sasaki também  repreende Kuroi pela sua incompetência em matar uns "moleques" e o encaminha para uma última tentativa.

    Kuroi está furioso e sedento por nossa morte.

    Algo me diz que os próximos episódios serão tensos.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    17
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-09 21:42:08 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[629560]</p><p>Com a locomotiva, seguimos a
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    Com a locomotiva, seguimos até a embaixada que está protegida pelos homens de Bal, os derrotamos e entramos na embaixada.

    Lá Kazuki e Emma finalmente encontram Alisa, mas logo Lukav e Bal frustram o reencontro. 

    Agora tudo fica claro, Lukav é o humano artificial perfeito e Emma e Alisa também são e haviam sido sequestradas pelos cientistas que se afeiçoaram por elas, minha teoria de que Emma era uma desse humanos artificiais se confirmou, só não imaginava que Alisa também fosse.

    Lukav foge com as garotas, desafiando seu criador Bal.

    Lukav sai pela janela, em cima do punho de seu wanzer.

    Temos que sair da embaixada agora, mas ela ficou cheia de soldados de Bal, liderados por Liu, essa batalha é difícil por conta dos espaço estreito,mas com um pouco de paciência logo se resolve.

    Buscamos um esconderijo e lá, Yun encontra na internet, informações de movimentações de tropas e logo associamos aos homens de Lukav.

    Nos dirigimos até lá, chegamos numa base militar abandonada que serve de esconderijo para Lukav.

    Bal e Liu também aparecem, mas são atacados pelos homens de Lukav.

    Ele se considera superior e não teme Kazuki, tanto que o desafia a entrar e o enfrentar, isso se conseguir passar por suas defesas.

    Conseguimos e seguimos para dentro do galpão, mesmo tendo cara de armadilha.

    E de fato era uma armadilha, Lukav nos aguardava com mais soldados.

    A batalha segue frenética e consigo derrotar Lukav, eu como jogador, ansiava por esse momento.

    Mas algo acontece.

    Liu, o líder de defesa de Bal, não havia morrido na última batalha e aparece, atira contra Lukav, que cai num buraco, espero que tenha morrido.

    Mas ele também deseja a morte dos humanos artificiais e segue na direção de Emma e Elisa.

    Devemos impedi-lo de chegar próximo delas.

    Eu falho e elas morrem, dando gameover, realmente me pegou desprevenido esse combate, só me resta realizar toda a batalha contra Lukav novamente.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    18
    • Micro picture
      jclove · 14 days ago · 2 pontos

      Eita, agora acho que ta na reta final. Se me lembro o Wanzer do Lukav na ultima batalha tem uma arma chata danada U_U

      5 replies
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-07 21:20:56 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana_3 checked-in to:
    Post by vinicios_santana_3: <p>#img#[629057]</p><p>Chegamos no castelo que o ex
    Front Mission 3

    Platform: Playstation
    435 Players
    62 Check-ins

    Chegamos no castelo que o exército usa como base, devemos proteger os engenheiros, até que construam as pontes, que nos permitirão entrar na base.

    A base está bem protegida e temos uma batalha desafiadora.

    Com a base tomada, temos agora uma certa vantagem e a usaremos para atacar a capital, mas para evitar armadilhas, Emma formula um plano, onde Wanzer falsos iriam chamar a atenção dos satélites e limpar o caminho para a capital.

    Mas durante a execução do plano, um avião espião, fotografa o grupo desembarcando os wanzers infláveis. O avião é rapidamente abatido e para que a informação não vaze, vamos até os destroços para matar os sobreviventes.

    Foi uma parte bem interessante, onde controlamos apenas os pilotos.

    Mais uma vez devo separar meu grupo em 2, Emma irá ficar próximos aos wanzers infláveis e garantir que os inimigos não escapem, os atacando de surpresa.

    Já Kazuki liderará o ataque à capital.

    Tudo estava saindo como o planejado, até que o grupo de mercenários acha estranho não ver kazuki e os outros e imaginam que eles atacariam a capital e abandonam seu posto, partindo para interceptar o grupo de Kazuki.

    A batalha é difícil, mas conseguimos eliminar os mercenários.

    De volta ao grupo de Emma, quando se dirigiam para a capital, para ajudar Kazuki, encontram no meio do caminho, reforços do exército que iriam para a cidade, Emma decide atacá-los, mesmo em menor número, para que assim a tomada da cidade não seja dificultada.

    A batalha é dura e ao terminar, mas reforços do exército se aproximam, nos deixando cercados.

    Na cidade Kazuki fica surpreso, o exército não evacuou os civis, em vez disso os usa como escudo. Irritada a piloto de helicóptero, Liang Hua, resolve ela mesma evacuar os civis, mesmo sendo de uma nação inimiga eles não tem culpa da guerra.

    Após a batalha no centro da cidade, kazuki recebe informações de que Emma está em perigo, ele solicita uma unidade para resgatá-la, mas o chefe dos rebeldes não permite pois iria enfraquecer o ataque à capital.

    Kazuki fica furioso pois não teria como salvá-la a tempo, mas com a ajuda de Liang e seu helicóptero, Kazuki e seu grupo,chegam aos limites da cidade a tempo de resgatar Emma.

    De volta à capital somos surpreendidos por Rudolf e Rebbeca que querem vingança por seu grupo de mercenários.

    Eles estão bem mais poderosos e perigosos,sendo a batalha mais difícil que tive até agora.

    Mantendo distancias estratégicas, consigo derrotá-los e Dennis aproveita para "pegar emprestado" uma locomotiva do exército,que nos levará até o próximo ponto da missão.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    19
    • Micro picture
      mastershadow · 16 days ago · 2 pontos

      Adorava matar esses robos gigantes parecendo uma aranha haha

      1 reply
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2019-04-06 07:04:10 -0300 Thumb picture

    Laucher TV Box

    Aos amigos que possuem TV Box, ou mesmo celular android e queiram mudar o tema principal, acompanhem esse post.

    Minha TV Box vinha com uma interface padrão, que, apesar de ter uma imagem do Homem de Ferro, logo enjoou.

    Procurei na internet por vários apps de mudança de Laucher ou Temas, sem ter sucesso algum, pois a maioria não era compatível com o aparelho, deixando muitas vezes a imagem deitada, como se minha TV fosse um celular gigante.

    Estava quase desistindo da opções free e estava até cogitando comprar um modelo pago que tinha me despertado interesse, SimpleBox Android TV BOX launcher home screen.

    Mas caso ele também não fosse compatível, teria jogado dinheiro no lixo.

    Numa última tentativa, vi um vídeo intitulado como:

    BEST ANDROID TV BOX LAUNCHER 2018

    Um título bem chamativo rs.

    E qual a minha surpresa ao ver que era um app muito semelhante à versão paga que tinha me gerado interesse, que eu poderia escolher livremente o wallpaper ( essa era minha intenção desde o começo ).

    Instalei o app, baixei um wallpaper que aprecio e limpei a área de trabalho, deixando somente o essencial, resultando numa tela minimalista com uma bela arte.

    A única ressalva, é que, diferente do  SimpleBox, que é totalmente compatível com as setas do controle remoto, o Microsoft Launcher, nessa tela inicial, permite apenas a função mouse do controle remoto. Mas não é um problema para caso tenha um mouse conectado, ou um mini teclado sem fio.

    Estou muito satisfeito e fica aqui minha indicação.

    Abaixo o link para download do app

    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.microsoft.launcher&hl=pt_BR

    Iron Man

    Platform: Playstation 3
    28 Players
    1 Check-in

    17
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...