vinicios_santana

Ilustrador. https://www.instagram.com/vinicios.ink/ Quadrinista. http://alvanista.com/tag/hq-hunter

You aren't following vinicios_santana.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-19 05:58:36 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[660436]</p><p>Assim que acordo já estou at
    Final Fantasy VIII

    Platform: Playstation
    6520 Players
    197 Check-ins

    Assim que acordo já estou atrasado pra minha primeira missão como SeeD.

    Na saída da escola o diretor nos aguarda com instruções.

    Aparentemente vamos pegar um trem na cidade vizinha, cruzar um túnel submerso até o continente na cidade de Timber.

    Lá encontraremos um grupo que iremos auxiliar.

    Antes de sairmos o diretor me da uma lâmpada velha e fala para ter cuidado com ela.

    Assim que saio da escola (Garden) abro o menu e ativo a tal lâmpada.

    Eis que se inicia uma batalha com um demônio muito poderoso, mesmo estando 2 leveis abaixo de todos do grupo, levo uma surra.

    Volto pra sala de treinamento. Tinha lido por aqui que o nível dos monstros acompanha o nível do Squall, então o deixei morrer no treinamento e segui jogando apenas com 2 membros ativos no grupo, aproveitei para ouvir alguns podcasts enquanto upava às custas do T-Rexaur.

    Depois de muito tempo, Zell e Selphie acabaram ficando 10 níveis acima do Squall e me senti apto a derrotar o demônio da lâmpada. 

    Durmo para recuperar as energias e vou enfrentá-lo.

    Eis que o FDP subiu 10 níveis também e agora o Squall morre em 2 hits.

    kkkk rindo pra não chorar.

    Desisto dessa batalha e provável GF poderoso pro grupo e sigo para a cidade vizinha.

    Sem muita enrolação pego o trem.

    No trem o grupo parece mais cansado que o normal, quando de repente, todos apagam e caem no sono.

    Mudando de ambiente, estamos no meio de uma selva com um grupo de soldados:

    Laguna, Kiros e Ward

    Seguimos pelas trilhas até chegar no jipe que nos leva até ao quartel.

    Lá vamos num hotel onde os soldados vão pra descansar.

    Laguna gosta de uma moça que toca piano ali, mas tem vergonha de se declarar, após uma cena tragicômica, acaba que da tudo certo e a garotao chama para seu quarto para conversarem melhor.

    Inicialmente Laguna está muito tenso, mas no fim eles conversam bastante e marcam outros encontros.

    Os soldados são chamados para a residencial presidencial e a cena volta para o grupo de Squall que acaba de acordar.

    Aparentemente todos tiveram o mesmo sonho, com um grupo de soldados, Laguna, o hotel, a garota.

    ESTRANHO!

    O trem chega em Timber, lá nosso contato nos leva num vagão particular onde conheceremos os demais membros do grupo, além de receber detalhes da missão.

    O grupo não parece ser muito competente, nos apresentamos e temos de ir até o quarto da "princesa" líder do grupo para anunciar nossa presença.

    Seguimos pelo corredor e ao chegar no quarto da líder, é a garota que dançamos no baile.

    Quase como uma trama da Cinderela reencontramos aquela que parecia ser uma paquera de uma noite.

    Ela fica muito feliz ao me ver, mas logo explica a situação.

    Seu nome é Rinoa, líder desse grupo e querem nossa ajuda para enfrentar o presidente tirano da região.

    Grupo reunido, vamos discutir a missão para que fomos convocados.

    SEQUESTRAR O TREM DO PRESIDENTE!

    A missão é digna de filmes de espião, ficar lado a lado com o trem do presidente, pular para ele e desacoplar o vagão do presidente, depois colocar outro no lugar sem que percebam. É ou não é um filme do 007?

    Dadas as explicações, seguimos para a missão que é até mais fácil do que eu imaginava, mas mesmo assim ainda perdi duas vezes.

    A ação é muito boa nessa parte.

    Ao rebocar o vagão do presidente, Rinoa o confronta e faz suas exigências, mas não passava de um dublê, já era esperado que fizessem algo com o presidente.

    Então o dublê se mostra um monstro disfarçado e temos aqui mais uma boss fight, senhor falso presidente, tenho algo pra te falar..... EU TREINEI IGUAL O ROCKY BALBOA ENTÃO SE PREPARE.

    A luta é realmente muito fácil e logo termina, mas não da XP :(

    Recebemos informações que o verdadeiro presidente foi para Timber, onde usará a emissora de TV para um pronunciamento, mesmo Timber sendo uma cidade pequena, ela é a única que ainda emite ondas de rádio, todas as demais usam as informações via cabo, e isso explica por que queriam o controle da torre no começo do jogo, agora vai saber que tipo de sinal ele vai transmitir.

    Rinoa entra para o grupo e nos acompanhará.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    28
    • Micro picture
      mastershadow · 28 days ago · 4 pontos

      AI sim! jogão da porra,no inicio desse ano inclusive, eu comprei ele Original pro PS1 e zerei pela quarta vez.

      4 replies
    • Micro picture
      jcelove · 28 days ago · 4 pontos

      A partir dessa missao q a treta começa.hehe
      O Squall é pessimo no interpessoal mas vai se mostrando um lider competente em campo.

      O Diablos é bem dificil qdo o cid te da a lamp. Mas fica facil depois. Fui ate okhar nas webs mas o segredo é usar a propria arma dele, da draw na demi e usa pra reduzir ohp ai taca magias e limits q vence rapido. Ele é a gf q aprende a skill que elimina encontros aleatorios, muito util.

      Os sonhos/flashbacks. Interativos do Laguna começam confusos mas vao contando a historia dele (q apesar de tapado com MOLIERES é um protagonista bem mais carismaticos que o Squall) e é bem importante pra ainda mais confusa historia do jogo.

      INFORMAÇAO aqui Julinho: reza a lenda que o nome Laguna vem da. Sede do critorio da Squaresoft EA na epoca q ficava na praia de Laguna na Califórnia (o LLC q aparecia em todos is jogos da empresa no ps1)

      10 replies
    • Micro picture
      santz · 28 days ago · 3 pontos

      Mesmo jogando em português, não entendi nada a história do Laguna.

      5 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-15 03:29:12 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[659684]</p><p>De volta pra cidade, somos l
    Final Fantasy VIII

    Platform: Playstation
    6520 Players
    197 Check-ins

    De volta pra cidade, somos liberados e Seifer diz que só o atrapalhamos, Ai ai.

    Ele pega o carro e volta pra escola com sua ganguezinha, nos deixando a pé.

    Exploramos um pouco a cidade e saímos de volta pra escola.

    Lá vemos o diretor Cid conversando com nossa professora, falando sobre nosso desempenho e a irresponsabilidade de Seifer.

    Nesse diálogo da pra perceber certa corrupção de parte da escola, que lamenta não ter cobrado mais pelo serviço de defesa ter sido mais complicado.

    Seifer é oficialmente repreendido e se julga superior aos demais.

    No meio dessa lavação de roupa suja, um anuncio nos microfones fala para todos que foram na missão teste se dirigirem para um corredor, onde seriam chamados os aprovados.

    Squal, Zell e um cara aleatório são chamados.

    Os demais ficam putos.

    Há a cerimônia de aprovação, todos são honrados pelo diretor Cid. (Selphie também passou mas não foi chamada no corredor.)

    Na volta levamos uma salva de palmas meio irônicas de Seifer.

    Mas isso não nos abala, hoje é dia de comemorar.

    Trocamos o uniforme padrão por um específico dos soldados SeeD.

    E vamos para a comemoração.

    Na festa Squall faz seu papel de mala sem alça, ficando parado num pilastra, até que uma garota bonita do meio da pista o nota e da em cima dele de uma maneira bem criativa.

    PRESENCIEI O MEME

    Por fim eles dançam e rola uma química.

    A moça se despede e Squall volta ao modo chato de galocha.

    Quistis pede para que ele troque de roupa e a encontre depois do toque de recolher atrás do centro de treinamento.

    Né possível, ele é gostosão mesmo, até a professora. kkkk

    Finalmente a identidade visual que conheço kkkk

    Nos encontramos no local combinado e ela da uma dica de como derrotar o T-Rexaur, um T-rex bem difícil de matar. Seguimos nosso caminho pela sala de treinamento, mas mesmo seguindo sua indicação de equipar "Sleep" na arma, não surte efeito nenhum durante as lutas com o T-Rexaur. Não o derrotei, fugi e sei que perdi algo bom, voltarei depois com o grupo completo.

    No esconderijo atrás da área de treinamento tem um local romântico que o pessoal da aquela fugidinha.

    Por que essa mulher me trouxe aqui?

    Ela confessa que foi demitida e não será mais minha professora.

    Squall como sempre não ta nem ai. 

    Edit:  -Fui bem lembrado nos comentários que nesse momento a Quistis está praticamente se declarando pro Squall e ele manda ela falar com as paredes. -

    Saímos dali e na entrada da área de treinamento, uma mulher aleatória está sendo atacada por monstros, a salvamos e fica por isso mesmo.

    Volto pro alojamento. Agora como Seed, temos um quarto novo.

    Squall vai dormir e eu também, já estava tarde.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    30
    • Micro picture
      thejosephkorso · about 1 month ago · 3 pontos

      Rapaz, "mulher aleatória" foi ofensivo.
      Não quis mencionar a linda resposta em reação aos sentimentos de Quistis?
      Mandar falar com uma parede é um dos socões no estômago mais diretos que já recebi num video game. E olha que sempre joguei fighting games...

      13 replies
    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 3 pontos

      A mina tem uma dança toda romântica com o cara e ele nem aí.

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 month ago · 2 pontos

      "Aquele eterno meme" 😅😅😅

      1 reply
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-12 22:25:00 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[659165]</p><p>Volto pro salão principal, o
    Final Fantasy VIII

    Platform: Playstation
    6520 Players
    197 Check-ins

    Volto pro salão principal, onde a professora Quistis me aguarda já pra uma missão de campo.

    Iremos junto de mais 3 grupos compostos de 3 pessoas cada, dar suporte pra uma ilha que foi invadida.

    Mas cadê o restante do meu grupo?

    Tão logo pergunto, já tenho a resposta, Zell um carinha soltando socos no ar e fazendo movimentos acrobáticos se apresenta. Ele é bem humorado, contratando com o mal humor de Squall.

    Nessa missão Quistis não irá batalhar, ficando apenas como suporte, em vez disso colocou nosso rival, Seifer no grupo, e o pior, ele ainda é o líder.

    Vamos até a garagem, onde seguimos numa van até a cidade ao lado, onde pegaremos um barco que nos levará até a ilha.

    Esse grupo está bem chato, Squall e Seifer se estressando toda hora e Zell sendo chamado de pirralho e perdendo a cabeça toda hora.

    Mas de tudo, a arrogância de Seifer é o pior, cara se acha demais.

    Chegando na ilha, Seifer parece gostar de matar pessoas e parte na frente sempre impaciente.

    Vamos até a praça central, local onde deveríamos manter posição, notamos uma torre de comunicação e partimos pra lá, meio a contra gosto, mas pra não abandonar o "líder" da equipe sedento por sangue.

    O caminho até a torre está repleto de monstros além dos soldados, no primeiro boss da área, Seifer exige dar o último golpe para ganhar mais experiência que os demais, cara chato hem.

    Perto da entrada da torre, enquanto investigávamos, Seifer sai correndo em disparada, pra matar mais soldados.

    Enquanto isso uma garota atrapalhada de outro grupo nos alcança.

    Seu nome é Selphie, ela tem um recado pro líder do grupo que curiosamente não está presente, ela entra pro grupo e entramos na torre em busca de Seifer.

    Subindo o elevador, chegamos no topo, onde um soldado e seu major estão consertando a torre de comunicação.

    Chegamos, mas não a tempo de impedir sua ativação.

    Enfrentamos o major e seu subordinado.

    Ao derrotá-los, um grande animal surge, ele rondava o topo da torre.

    Mais um boss.

    O chefe não é difícil, mas a batalha é demorada.

    Ao derrotá-lo temos a notícia que Selphie trazia, foi ordenado retirada às 19 horas, e faltam apenas 30 minutos para chegar até na praia.

    Seifer, que até então não ajudou em nenhuma batalha, sai correndo nos deixando para trás. FDP

    O major ainda tinha um ás na manga, ele ativa um robô aracnoide.

    A batalha contra ele é complicada, sempre que estava perto de derrotá-lo ele curava todo o dano, fiquei nessa batalha por uns 15 minutos, até perceber que tínhamos de fugir quando ele começava a se curar.

    Com o tempo limitadíssimo seguimos voltando o caminho e lutando novamente com o aracnoide algumas vezes, que nos segue por todo o caminho até a praia.

    Chegando em cima da hora, Quistis metralha a criatura com uma arma acoplada no barco e da fim a ela de uma vez por todas.

    Agora voltaremos para o continente.

    Bom, é isso, até o próximo chek-in.

    37
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 2 pontos

      Cara, o Zell é engraçado demais! Acho legal ele.

      5 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 month ago · 2 pontos

      Agora já esqueceram a escolinha...😁😁😁
      ...
      O negócio está ficando bom...
      ...

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Depois dessa missao querola a graduaçao do squall e zell.ela era famosa pq vinha nas demos do jogo.

      Eucurto bastante o zell. Acho q aideiaeramesmo fazer ym contrastecomo jeito caladaodo squall. Ele fala sem pensar o tempo todo é tipo o junpei em persona 3. A galera costuma detestar.hehe

      O Seifer apesar de ser um cadete tbm tinha mais tempo e prestigio na garden isso junto com a personalidade arrogante dele o fazia se sentir superior por idso ignora as ordensnamissao e

      4 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-11 21:49:32 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>Antes de iniciar o check-in, farei uma indicação
    Final Fantasy VIII

    Platform: Playstation
    6520 Players
    197 Check-ins

    Antes de iniciar o check-in, farei uma indicação.

    Tinha acabado de assistir, Granblue Fantasy, que inicialmente é bacana, mas no fim não recomendo, enfim, após assistir essa decepção, a Netflix me sugeriu Final Fantasy XIV Dad of Light.

    Pela imagem de capa imaginei que fosse algum tipo de documentário, ao iniciar os episódios percebo ser um dorama.

    A trama é bem desnecessária, tudo se resolveria com uma conversa entre os familiares, mas como o esteriótipo japonês é ser fechado quanto aos sentimentos, o filho que sentia falta do amor do pai, resolve viciar ele num MMO e ficar amigo dele no jogo.

    Falando assim não parece atrativo,  mas o que prende é justamente o lado humano dos episódios, aos poucos você vai se apegando aos personagens e no final está chorando junto, típico dos doramas.

    Fica a recomendação.

    Agora sem mais delonga, vamos para o ckeck-in.

    Faz mais de um ano que adquiri um TV Box android e estou tirando o atraso dos clássicos que perdi no passado.

    Final Fantasy VIII consegue ser mais amado e odiado que seu predecessor, aliás, a impressão é que todo Final Fantasy é amado e odiado.

    Enfim, iria direto para o 9, o qual já estou familiarizado e até gosto dele, mas pensei que se caso o 8 fosse realmente pior que o 9, eu não o jogaria mais, então resolvi seguir a sequência mesmo.

    É desnecessário falar como a abertura do 8 é foda, seja pela música, qualidade das CGs incríveis para a época, ou pela luta empolgante de gunblades.

    Se por acaso você não estava na Terra durante o início dos anos 2000 ou se quer apenas relembrar, dê uma olhada nessa abertura, falarei dela novamente logo mais.

    Começamos o jogo numa enfermaria com um corte na cara, então os fatos ocorridos na abertura não são só uma cena massa, são eventos aleatórios de diversas linhas do tempo.

    Somos Squall, um estudante dessa escola de soldados e por mais incrível que parece, toda aquela batalha no começo, era um treinamento, ele lutava contra Seifer, que aparentemente não vai muito com a cara do protagonista.

    Quistis, minha professora, vem ver como estão as coisas e me apressa pra voltar pra aula.

    Na sala descubro que vai ter uma prova de campo, droga não estudei e acabei de sair do coma, tô ferrado. kkkkk

    Num computador na minha mesa, fico uns 30 minutos lendo os tutoriais do jogo.

    O "interessante" é que constantemente os mesmos tutoriais são explicados pela professora, então pra que perdi meu tempo?

    Equipo os GFs Shiva e chochochowal (Quetzalcoatl) e agora estou pronto para ir na tal prova. A professora estará me esperando no portão da escola.

    Saindo pelos corredores, esbarro numa novata perdida, então a levo pra conhecer a escola, (como se eu soubesse de alguma coisa, acabei de sair do coma)

    No meio do caminho ganho umas cartas de "Yu-gi-oh" , descemos o elevador até o hall principal onde tem um mapa que vai ajudar a garota ( e a eu também ) a se localizar nessa escola bizarra projetada pelo Oscar Niemeyer.

    Vou direto pra portaria, no meio do caminho tenho minha primeira batalha de Yu-gi-oh, mas sinceramente não tô querendo jogar card game, quero jogar rpg.

    Então, ( depois de uma derrota humilhante e perder minha melhor carta) vou até o portão onde a professora me espera, já de roupa trocada.

    Quistis explica onde e como será a missão, "Caverna de Fogo ao Leste daqui".

    Saindo da escola, agora no world map, sigo a estrada, obviamente indo na direção oposta da indicada, tenho minhas primeiras batalhas, (lennnntas demais)

    Falar um pouco do sistema de batalhas, como dito elas são lentas, e nem é culpa do ATB, esse jogo tem a "brilhante" ideia de que não possuímos magias, nem matérias, nem porcaria nenhum, em vez disso, temos que roubar dos monstros os itens de magia para só depois poder usar, e esses itens acabam, logo, eventualmente vai ter que coletar novamente, mas ao fazer essa coleta se perde muito tempo e é atacado no processo, uma batalha que poderia durar 2 turnos, dura 3 ou 4 e levamos danos desnecessários, SE por exemplo fosse uma habilidade passiva, como no Breath of fire 4, onde atacamos e coletamos os itens, ai sim seria menos irritante, mas enfim, que mecânica "genial".

    Chego na outra cidade e a exploro completamente, até perceber que estou perdido. kkkkk

    Volto e procuro a tal caverna fora da estrada, finalmente a acho a 30 cm da maldita escola.

    "Ao Leste daqui" não é uma boa dica quando não se tem uma bússola e quando pode rotacionar a vontade a câmera.

    Na entrada da caverna há dois vigias que vão avaliar meu desempenho de acordo com o tempo que eu escolher, receoso de escolher 10 minutos e não ser o suficiente, escolho 20 e curiosamente termino a missão em 12.

    A missão consiste em atravessar a caverna vulcânica, enfrentando os inimigos e no final derrotar e recrutar um poderoso GF, Infrit.

    Curioso que ele fala comigo, elogiando ou xingando meu desempenho.

    Terminado o teste, voltamos pra escola e Quistis diz para eu ir colocar o uniforme da escola, (aaahhh meu pai) imagino que esteja nos dormitórios e é pra lá que sigo, e num é que eu estava certo?

    Troquei de roupa e salvei.

    Estou passando por uma situação complicada e tem dia que simplesmente não tenho cabeça pra jogar nada, vou postando os check-ins na medida que for jogando.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    32
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Boa sorte com esse trambolho, ahuahua

      E melhoras no seu dia a dia, espero que tudo se resolva

      1 reply
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 2 pontos

      Ainda pretendo finalizar esse Final Fantasy.

      3 replies
    • Micro picture
      mastermune · about 1 month ago · 2 pontos

      Boa mano, Tu progrediu bem no FF 8. O Sistema de Draw eu achei legal também, mas prolonga muuuuito as batalhas se tu for estocar as magias duma vez. Eu recomendo que tu dê draw nas magias dos bosses, eles sempre tem alguma novidade e alguns tem Summons.

      O Dad of Light é tipo igual os doramas normais, geralmente os atores também são inexpressivos, kkkkkk!

      Mas o legal é que ele foi baseado em fatos reais, realmente o que ocorre na série, ocorreu com um filho e um pai lá que se deram bem num jogo xD. Os Japas não costumam mesmo ter muito contato acalorado igual um Br tem, e o FF lá no Japão é o MMO queridinho da galera xD

      4 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-11 20:44:41 -0300 Thumb picture

    VENDA CAMARADA

    Olá pessoal do Alva, da última vez que fiz uma venda camarada, a esposa estava grávida e estava recolhendo fundo da minha coleção para poder cuidar dela e do bebê.

    Anos se passaram desde então e cá estou eu, divorciado, e cheio de contas, então invoco mais uma vez o @trocavenda pra ver se saio do vermelho e fico pelo menos no laranja.

    Enfim, selecionei 2 itens bem legais e ambos com o preço bem acessível.

    https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1316693828-amiibo-toon-link-smash-bros-usado-_JM

    https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1316695930-amiibo-wolf-link-usado-_JM

    Estou a disposição para qualquer dúvidas, abraços.

    Super Smash Bros

    Platform: Nintendo Switch
    273 Players
    86 Check-ins

    63
    • Micro picture
      reasel · about 1 month ago · 2 pontos

      bem foda a midna

      1 reply
    • Micro picture
      thiones · about 1 month ago · 2 pontos

      Poxa cara, que pena. Já passei por fase é sei que é ruim. Pra mim não rola comprar, mas tô compartilhando pra ajudar

      1 reply
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 2 pontos

      Vou compartilhar pra ajudar...

      1 reply
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-08 23:06:23 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[658480]</p><p>Stage 6.</p><p>Estamos no de
    Kid Dracula (Akumajō Special: Boku Dracula-kun)

    Platform: NES
    67 Players
    12 Check-ins

    Stage 6.

    Estamos no deserto, seguimos por uma fase até tranquila, matando escaravelhos e cactus, até entrarmos numa pirâmide, onde temos de correr de bolas gigantes a lá Indiana Jones e usar bastante o Upside down para andar no teto evitando espinhos.

    Essa fase foi realmente boa.

    O boss, Tutankhamen, é um busto de faraó com duas mãos flutuantes, vá usando o Spread Fireball para acertá-lo antes que solte bolhas de sabão contra nós. ( whaaat?)

    Stage 7.

    Seguindo o tema egípcio, a próxima fase começa ainda no deserto, mas logo subimos num pequeno disco voador que nos leva para o INFERNO, kkkk não um local cheio de fogo e sofrimento, mas sim um trecho de elevador dentro do que parece ser um disco voador.

    O canal do Master Alucard já criticou essa atrocidade, vale a pena ver o video:

    Aqui fica o meu relato:

    As plataformas sobem rápido demais, você bate a cabeça ao pular muito perto delas, ao parar para atirar nos inimigos, você com certeza vai perder a próxima plataforma, e adivinhem, tudo te derruba, fazendo voltar no começo.

    Quando você acha que já está seguro, começam a atirar foguetes contra você.

    Felizmente, terminado essa parte, vamos para o boss, Garamoth.

    Demorei a pegar o truque contra ele, você deve ficar a meia distancia dele, para quando for investir contra você, tenha espaço para correr e atacar ao mesmo tempo, usando Spread Fireball, eventualmente ele vai lançar um raio de fogo, basta abaixar.

    Terminado esse confronto, Garamoth foge, prometendo vingança.

    Detalhe, se morrer nesse boss, você vai subir toda a torre novamente.

    É ou não é um inferno?

    Graças aos céus existe o bondoso save state, mas acreditem, até com ele eu queria atirar o controle contra a TV.

    Stage 8.

    Já começamos no céu e não há tempo para respirar pois é daquelas fases que andam, seguimos pulando de nuvem em e passando por navio flutuantes, até chegar num grande navio cheio de robôs e um grande raio laser da morte, passando por tudo isso, chegamos no boss, Giant Robot.

    Um robô que ocupa toda a altura da tela, ataca com seus braços elásticos.

    O ponto fraco é a cabeça, basta usar o Upside down, grudar no teto e soltar bolas de fogo o mais rápido possível.

    Stage 9.

    Esse é um stage diferente, é mais um boss rush, começamos enfrentando Fire Dragon, um cão encapetado que salta pelo cenário cagando fogo, tentei todos os tipos de tiro, sem resultado, até recorrer ao youtube e ver o óbvio, Ice Shot concentrado.

    Atira, pula e torce pra ele não aparecer em cima de você.

    Assim que acaba a batalha, nada de descanso, seguimos por um caminho cheio de espinhos e que o teto vai caindo e cheio de inimigos pra te atrasar. Já falei que os espinhos são insta kill?

    Chegando no topo, mais um boss, Robot Head , a cabeça de um robô gigante, que flutua e cai na fase como uma furadeira.

    Esse é fácil, da pra passar sem levar dano, fique num canto, ele vai te atacar, corra, volte e o ataque enquanto está no chão.

    Terminado, adivinhe?

    Outro boss, dessa vez Garamoth em busca da sua vingança e pra derradeira batalha final.

    Um detalhe importante, você o enfrenta com a mesma vida desde que enfrentou o cão e se morrer no último boss, volta lá no cão.

    Sem recuperar energia, sem checkpoints, sem moleza.

    Fuck this shit!

    Garamoth vai ficar soltando raios das mãos, fique em baixo dele até ele abrir a boca, atire umas duas bolas simples de fogo e dê um passo pro lado que ele vai te cuspir fogo, detalhe, cuidado com os raios ao esquivar.

    Simples né? O problema é fazer isso 45721584 mil vezes, acertando tão pouco por vez, a luta dura muito, isso contando que passe de primeira.

    E tudo deve ser milimetricamente cronometrado, apertou 3 vezes o botão de golpe, se ferrou, andou um pouco a menos pro lado, se ferrou, andou um pouco a mais, se ferrou.

    hahahahaha rindo pra não chorar.

    Quem termina isso sem qualquer tipo de ajuda externa, merece um prêmio.

    Pra completar, quem traduziu a rom achou que ninguém iria ter a paciência de chegar até aqui e simplesmente não traduziu o final, baseado na animação que se segue, o Draculinha ou Alucard, toma de Garamoth o lugar de rei demônio, senta no trono e fim.

    Inicialmente adorei o jogo, bem inventivo e com uma dificuldade justa, do meio pra frente, esqueça tudo isso, virou um teste de masoquismo onde os desenvolvedores te chamam de covarde e cospem na sua cara.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    24
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Caraca homi, ele parecia tão maneiro...já não sei se quero voltar pra ver esses infernos ai.hehe. Mas o Nes é danado pra essas coisas. Dificil ter um jogo justo 100% do tempo, ou já começa no hardcore do mal ou da esse tipo de trollada de subir a dificuldade qdo vc ja criou apego XD

      Essa imagem do elevador estática lembra um metroid.

      O Galamoth realmente vem diferentão, mas essa teoria do Alucard é canon pra mim agora hehe

      2 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-06 20:28:18 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[658098]</p><p>Stage 4.</p><p>Depois da fas
    Kid Dracula (Akumajō Special: Boku Dracula-kun)

    Platform: NES
    67 Players
    12 Check-ins

    Stage 4.

    Depois da fase de água, eis que vem uma pior, fase no gelo.

    O que mais detesto nessas fases é chão liso.

    Normalmente ao correr e tentar parar, o chão de gelo retarda um pouco a freada. Mas nesse, literalmente parado, você começa a escorregar pro lado, morri algumas vezes assim na beira de precipícios, sem falar nas mini plataformas e espinhos.

    Algumas partes é necessário usar o morcego para passar, o que também não é lá muito bom, pois o morcego não segue uma trajetória reta, em vez disso, ele vai fazendo um pequeno arco para a direção que você pressionou.

    Incrível como uma fase tão curta, pode dar tanta dor de cabeça.

    Ao finalmente sair das cavernas, o boss,Mr. Dragon, um dragão serpente ao estilo Rondo of Blood, que vai serpenteando pela plataforma e eventualmente quebrando pedaços da mesma.

    Curiosamente, ficando no canto direito, ele não me atacou nenhuma vez. Seria um ponto cego ou apenas sorte no RNG?

    Ao terminar a fase, recebo, Ice Shot, como o nome pode sugerir, congela os inimigos e possibilita usá-los como plataformas.

    Stage 5.

    A próxima fase é no perímetro urbano, uma cidade moderna, o que ferra com toda a cronologia, mas por se tratar de uma sátira, o gameplay supera a lógica.

    A fase está cheia de inimigos curiosos, alienígenas, gorilas a lá King Kong, além de uma sátira ao Homem Aranha.

    Alguns pulos são bem distantes, então, pra evitar uma queda, é melhor usar o morcego.

    A segunda metade da fase se passa no metrô no teto do trem, aqui se bobear, a fase te atropela, além dos inimigos chatos que lançam bumerangues e uma cópia barata de Jason.

    O boss é um corta clima sem igual, uma versão diminuta da estátua da liberdade, faz uma espécie de quiz show, aqui a tradução deveria brilhar, mas só traduziram metade das perguntas, as demais ficando numa mistura bizarra de kanjis, números e glitchs. Save state me salvou nessa.

    Por fim recebemos mais uma habilidade, Upside down, que inverte a gravidade por alguns segundos, nos permitindo andar no teto.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    20
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Pior q fase de agua, so de gelo...ja desisti.hehe
      Esse lance da fase contemporânea é facil de resolver, Alucard deu uma viajadinha no tempo depois voltou.XD

      1 reply
    • Micro picture
      gennosuke6 · about 1 month ago · 2 pontos

      Esse joguinho parece ser bacana demais. Nunca joguei ele. =O

      2 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-04 21:42:14 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[657720]</p><p>Stage 2</p><p>Uma fase que s
    Kid Dracula (Akumajō Special: Boku Dracula-kun)

    Platform: NES
    67 Players
    12 Check-ins

    Stage 2

    Uma fase que se passa no céu, pulando entre nuvens e trilhos, me lembrou bastante Megaman.

    A magia Spread Fireball foi muito útil, tanto para matar os inimigos por conta de sua área de ação, quanto pro boss.

    Falando no boss, enfrentamos Mr. Chicken, literalmente uma galinha gigante, que taca seus filhotes como armas kkkk.

    A batalha é bem simples, esquive de suas investidas enquanto carrega o poder Spread Fireball e ao soltá-lo, os projéteis irão seguir o inimigo mais próximo.

    Ao terminar a fase, mais um poder, Exploding Fireball. Em tese mais forte que Spread, mas o alcance da outra é maior, então quase não usei a Explosiva.

    Stage 3

    Toda fase na água carrega a maldição de ser chata, e essa não foge a regra, apesar de simples, espinhos no teto e buracos sem fundo, vão tirar algumas vidas.

    Não nadamos como em Super Mario, em vez disso a gravidade do pulo fica mais leve, como em Megaman, então se leva um tempo até acostumar com a nova física. Mas assim que se acostuma, já se está no fim da fase.

    O boss, Bubble Octopus, um polvo dentro de uma bolha gigante, não da muito trabalho, esquivar e abusar mais uma vez da magia Spread Fireball.

    Ao terminar a fase, mais um poder, Bat Morph, nos transforma num morcego e podemos voar, alcançando lugares distantes, o problema é que a magia dura apenas 5 segundos, então não há tempo a perder.

    As fases foram bem curtinhas e divertidas de se jogar, tirando alguns buracos e plataformas que exigiam pulos perfeitamente calculados, foi relativamente tranquilo.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    30
    • Micro picture
      thiones · about 1 month ago · 3 pontos

      O galamoth aparece a primeira vez nesse jogo hehe

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Esse jogo parece ser bem carismático

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Fase aquática é sempre estressante, pena que é padrão em jogo desse tipo. Falei que tinha ido até a "quarta fase" mas acho que não passei da segunda olhando agora XD

      4 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-03 06:04:39 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[657308]</p><p>Depois de ter jogado&nbsp;<a
    Kid Dracula (Akumajō Special: Boku Dracula-kun)

    Platform: NES
    67 Players
    12 Check-ins

    Depois de ter jogado Jackie Chan do Nes, o amigo @jcelove me lembrou dessa pérola, spinoff da série Castlevania.

    O auto-proclamado Príncipe Demônio, Kid Dracula, acordou após um grande período de tempo dormindo, somente para descobrir que a criatura maléfica Garamoth, o desafiou. Kid Dracula então decide destruí-lo.

    Trecho da história tirada da Wikipédia, mas nada disso aparece no jogo, só no manual, pra mim, a cabeça de dinossauro tinha roubado a lua. hahahaha

    Jogamos com Kid Drácula, que muitos dizem ser a versão criança de Alucard.

    Como dito no texto acima, acordamos no meio da noite, com a imagem de uma cabeça gigante no céu nos desafiando, de imediato partimos para o castelo.

    Stage 1

    Esse é sem sombra de dúvidas uma representação simplificada do castelo de Dracula do Castlevania 1 de Nes.

    É impossível fans da franquia não esboçarem um sorriso ao jogar essa fase.

    Kid Drácula é bem ágil e nesse momento inicial ataca com bolas de fogo para frente e para cima, o que ajudou demais durante todo o caminho.

    Subindo as escadarias clássicas, chegamos na sala do trono, onde outrora ou no futuro, haveriam combates mortais entre Drácula e caçadores da família Belmont.

    Dessa vez guarda dois fantasmas, pai e filho, que são o primeiro boss do jogo.

    Ghost Child / Parent são relativamente simples, basta tomar cuidado com os projéteis e quando o fantasma pular por cima de você, atacar com bolas de fogo para cima algumas vezes e depois correr para o lado.

    Ao derrotá-los, ganhamos um upgrade de habilidades, Spread Fireball, agora podemos concentrar a magia de fogo e soltar uma espiral de fogo.

    Passamos por um mini-game bônus antes de irmos pro próximo stage.

    Escolher um caminho e torcer para que cheguemos até o fim dele.

    Joguei essa primeira fase e já estou maravilhado, o humor do jogo me cativou, além do gameplay gostoso de se jogar e que venha o próximo desafio.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    26
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Caraca, como é simpatico esse jogo, so de ver da vontade de jogar.
      NUNCA tinha pensado em ser o alucard criança, nao combina com a personalidafe deprê dele mas seria bacana se fosse canon.
      Li em algum lugar q esse primeiro chefe do ku klux klan com suastica na testa foi um dos motivos de nao çocalizarem o jogo na epoca.hehe

      8 replies
    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 2 pontos

      Gasparzinho nazista.

      1 reply
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2019-09-02 21:58:43 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in to:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[657259]</p><p>Recentemente voltei a usar o
    Castle Crashers

    Platform: PC
    3498 Players
    234 Check-ins

    Recentemente voltei a usar o Steam e o jogo responsável por isso é o jogo título deste check-in. Castle Crashers.

    Eu conheci o jogo há 10 anos atrás, na época do lançamento para o PS3. Joguei algumas missões mas foi só. Como o video game não era meu, não tive como continuar a jogar.

    Muita coisa se passou desde então, fiquei sem Pc por muito tempo, 2300 dias sem entrar na Steam.

    Quando num papo despretensioso com um amigo ilustrador, ele me fala que estava jogando com seu filho, mostrei uma arte que tinha feito pra um desafio aqui do Alvanista, ele ficou animado e fez uma também de seu personagem favorito. 

    As artes podem ser conferidas abaixo, o cavaleiro de Gelo feito por mim, e o cavaleiro vermelho, feito pelo amigo Hebert.

    Empolgado e com um notebook capenga, reativo minha conta da Steam e consigo comprar o jogo num preço camarada, joguei algumas missões e marcamos de na nossa próxima folga, tirar o dia pra jogar. E meus amigos, jogamos e jogamos, parando apenas para almoçar, lanchar, ir no banheiro.

    As horas se passaram e no fim do dia, tínhamos terminado o jogo. Cada um plenamente dominando as habilidades de seu personagem favorito.

    A trama é praticamente decorativa, 4 princesas são sequestradas por um rei maluco e cabe a nós, Cavaleiros honrados, resgatá-las.

    Inicialmente estão disponíveis 4 cavaleiros com cores distintas.

    O Azul tem habilidades com gelo.

    O Laranja, fogo.

    O vermelho com poderes elétricos.

    E o Verde, solta fumaças envenenadas.

    Mas, eventualmente se libera uma vasta opção de personagens.

    Seguimos quebrando tudo, numa mecânica divertidíssima, cheia de combos, armas diferentes e companheiros animais que provém alguns bônus.

    Ao derrotar os inimigos, vamos ganhando XP e ao subir de nível, subimos status que nos deixam mais fortes, velozes e proporciona novas magias, mas tudo vai depender de como você vai distribuir os pontos.

    Outro aspecto positivo do jogo é seu bom humor, que aliado aos sprites desenhados cheios de carisma, arrancam risadas durante a jogatina.

    Castle Crashers é realmente viciante e fica mais divertido ainda, ao se jogar com amigos, recomendo demais para quem por ventura ainda não tenha jogado e também seja um amante dos clássicos Beat n' ups.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    23
    • Micro picture
      jokenpo · about 1 month ago · 2 pontos

      o desenho que vc fez é bem parecida com a do jogo se vc não fala que tu tinha feito eu nem saberia kkk

      3 replies
    • Micro picture
      yabuki · about 1 month ago · 2 pontos

      Adoro esse game também, com alguém pra jogar fica maravilhoso mesmo. É a propósito, tua arte fico muito massa

      4 replies
    • Micro picture
      noblenexus · about 1 month ago · 2 pontos

      A melhor parte é duelar pela princesa de vestido laranja rsrsrsrs

      3 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...