vante

What is chivalry but taking a friend's cause to heart?

You aren't following vante.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • lukenakama Lucas
    2020-04-12 10:13:27 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Feliz páscoa :)

    Alguns devem saber que sou agnóstico, mas isso não me impede de aproveitar esse dia e desejar uma ótima páscoa para todos as pessoas do Alvanista.

    Tudo de bom pra vocês galera :]

    34
    • Micro picture
      reasel · about 2 months ago · 2 pontos

      feliz páscoa pra você e todo mundo do alva :)

      1 reply
    • Micro picture
      msvalle · about 2 months ago · 2 pontos

      Feliz Páscoa!

      1 reply
    • Micro picture
      _fernando · about 2 months ago · 2 pontos

      Feliz pascoa chapa.
      Eu tambem sou agnóstico, mas de qualquer jeito, acho o motivo do feriado algo bonito, e gosto como as pessoas se juntam mais nesse dia. E tem o lance da comida também, então tá bom kkkkkkk.

      1 reply
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2020-04-11 12:27:12 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Desafio semana musical 2.0 dia 6

    E seguimos para a reta final do @desafio feito a mim pelo @vante.

    Dia 6: Música que traga uma sensação de vitória

    Final Fantasy - Victory Fanfare

    O tema já é uma piada pronta para este dia. E teve vários remixes desta "Fantástica Fanfarra" ao longo dos anos.

    Resident Evil 2 - T-B The Platform

    O tema da batalha final contra Mr. X no RE 2 original e que tem um inicio bizarro fazendo parecer o tema de alguma coisa muito boa :v (um tema mó angelical) mas é um tema que m traz uma sensação de que "é chegada a hora da vitória" e um dos melhores temas dos Resident Evils clássicos para mim, alias, a trilha sonora dos jogos clássicos é boa demais bem melhor que as musicas dos remakes.

    The Last Guardian - Victorius

    Eu já citei por aqui o quanto acho esse tema forte, é simplesmente o tema de vitória com sentimento mais forte que já encontrei, parece o tema de alguém superando seus maiores obstáculos/inimigos rumo a vitória.

    Resident Evil 2

    Platform: Playstation
    11399 Players
    128 Check-ins

    18
  • 2020-04-11 16:37:21 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
  • felipefabricio felipefabricio25
    2020-04-10 17:01:31 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by felipefabricio: <p>Nossa, é abril! E agora que eu me toquei que eu

    Nossa, é abril! E agora que eu me toquei que eu não fiz o que eu faço todo fim de ano - pegar os jogos que eu zerei em 2019, compilar numa listinha bonitinha e fazer uma retrospectiva no Alva.

    bem, antes tarde do que nunca, é hora de corrigir isso

    Eu já fiz essa lista em 2015, em 2016, em 2017 e em 2018. E apesar de eu não ter feito a listinha de 2019, eu tenho todos os jogos salvos nessas imagens - eu tenho todos os que eu zerei em 2020 assim também, eu sempre salvo o jogo como imagem quando eu zero ele uheahueauhea

    Foi um ano bem simples, btw, eu basicamente fiquei jogando Smash o ano inteiro. Acho que eu já zerei coisas mais interessantes nessa quarentena em 2020.

    ah, eu tô sem software de edição de texto, então vai só a imagem sem texto esse ano - vamos lá, então, de qualquer forma!

    --

    Janeiro foi o mês que eu mais joguei coisa no ano, o que mostra que eu não fiz nada em 2019

    O ano começou comigo viajando sem internet, então eu baixei uma caramba de emuladores e me viciei em Pokémon Pinball - Ruby & Sapphire. O jogo é bem divertido, honestamente, e um desafio legal.

    Soccer estava disponível de graça no Switch Online e foi a primeira coisa que eu joguei depois de fazer minha assinatura. Foram bons trinta minutos de diversão goleando a Argentina.

    eu nem lembro se tem a Argentina no jogo, mas eu goleei alguém

    Fire Emblem Heroes é meu vício diário e aparece nessa lista todo ano desde 2017. Vai aparecer na de 2020 também.

    Fevereiro não teve nada, eu estava muito ocupado me viciando em Smash Ultimate. Aí teve Março.

    Em março eu só zerei Kirby - Star Allies mesmo. Apesar de ser relativamente curto, o jogo tem uma qualidade ótima, um loredump perfeito e um fanservice maravilhoso. E o postgame é incrível também. 

    Em Abril eu zerei umas coisas mais.

    The Firefighters é um jogo bem dificinho do SNES, relativamente obscuro, que eu tinha baixado no começo do ano na viagem e só fui zerar no meio de uma aula na faculdade. O jogo me recompensou falando que eu era um jogador ruim quando zerei.

    Deltarune é muito bom, tem um humor incrível, eu já tinha zerado em 2018, mas estava no Switch também e eu falei "por que não?"

    Em Maio...

    ... Apesar de ter jogado Smash feito um louco desde Janeiro - eu já estou com 720h jogadas, atualmente -, eu não tinha terminado o World of Light todo esse tempo. Aí eu terminei.

    nunca mais toquei nele

    SteamWorld Dig é um jogo que eu comprei numa promoção da eShop. Super divertido e relaxante, lembra muito Motherload, um clássico dos sites de jogos que eu adorava. Falam que a sequel é melhor ainda, quero comprar alguma hora.

    Em Junho...

    Persona 4 é maravilhoso. Se não fosse por um outro jogo que eu zerei depois, seria a melhor coisa que eu joguei em 2019. O humor do jogo é incrível, a história é empolgante, os personagens são maravilhosos, e eu ando cantando Your Affection até hoje.

    A maior crítica que eu tenho é que as dungeons são um pé no saco, mas pelo que joguei, P5 corrige isso e muito bem.

    your affection, your affection, taking pride from fear

    Ah, e uns amigos vieram aqui em casa pra gente estudar Redes de Computadores e a gente jogou Vs. Excitebike. É interessante.

    Julho era férias e eu fui gastar meu dinheiro na eShop. Aí...

    Super Mario Maker 2 é bem legal, bem interessante, mas eu não usei praticamente nada do criador de fases como eu achei que iria e eu nunca encontro ninguém no online, que foi um dos motivos de eu ter comprado o jogo. Os updates são bem interessantes, mas eles saem a cada seis meses.

    E aí, né... Fire Emblem - Three Houses.

    Todo mundo sabe que Fire Emblem é o meu vício. Que eu comprei um Switch pra isso e por Smash. E, bem...

    o jogo é incrível

    Tem suas falhas, óbvio - os mapas são meio meh, uma das rotas falta um pouco de resolução -, mas o jogo é sensacional. Provavelmente o melhor FE que eu já joguei. O worldbuilding é feito de maneira incrível, o melhor desde FE4, os personagens são muito bem escritos, a história é bem contada e empolgante, Garreg Mach é muito legal de se andar por aí, etc.

    saudades quando eu joguei Fates quando lançou e falei "ah, é legal, mas Radiant Dawn ainda é melhor pra mim" - não é mais UHEAHUEAUHAE

    Em Agosto eu ainda estava jogando três barracas sem parar. Aí, em Setembro...

    Eu me aproveitei que o Switch lançou os jogos de SNES pra assinantes e fui me divertir com Super Mario World 2 - Yoshi's Island. É um jogo sempre muito bom e fofinho. Foi o primeiro jogo que eu zerei na vida, aliás - e rezerar ele foi bem nostálgico uheahueahuea

    Mario Kart Tour é um gacha que até era bem divertido mas tava me enchendo o saco. O jogo é pouco generoso, tem uma curva de dificuldade sinceramente meio ridícula e os personagens atualmente são só skins. Desinstalei em dezembro e não joguei mais.

    Em Outubro...

    civão

    Sid Meier's Civilization V já foi meu jogo favorito, é meu jogo com mais horas na Steam e é sempre um prazer de jogar. Uma madrugada aí, lá pelas 1 da manhã, eu tava com sono e decidi pegar a Rússia pra dar uma volta. Fui terminar a partida lá pelas seis.

    aliás, eu comprei Civ VI completo ontem, tá massa

    Em Novembro eu não joguei nada de muito novo, acho que eu fui terminar a Golden Deers por aí em 3H. Em Dezembro... jogos mobile.

    Nirvana é um jogo onde você tem que viver várias vezes e fazer várias escolhas. É bem legal, mas fica meio repetitivo depois de um tempo. Não cheguei a fazer nenhum final bom, o que eu até queria.

    aí no final do ano eu novamente estava viajando sem internet - só que ao invés de ficar no emulador, eu fiquei jogando New Star Soccer sem parar. Criei o melhor jogador do mundo nas categorias de base do Paraná Clube.

    --

    E foi isso pra 2019. 17 jogos zerados, o que é bem menos que a maioria dos anos - e isso que tem muito jogo questionável aí nessa lista. Talvez eu deveria ter incluído uns Mario Party que eu joguei também mas acabei não colocando UHEAHUAEHUHAE

    Enfim, pra 2020 eu ainda ando jogando bastante coisa no Switch, principalmente nesse período de quarentena. Já terminei BotW, ARMS (era o free trial do Switch Online), Mario Kart 8, e atualmente ando jogando Civ VI e Owlboy.

    é isso, mesmo

    espero jogar Silksong ou P5S esse ano, mas eu preciso que eles lancem pra isso UEAHUAEHUHUEA - ou HL Alyx, mas pra isso eu preciso de um VR.

    obrigado quem leu, ou quem não leu, sei lá, valeu da mesma forma HUEAHUAEUHEHUA

    Fiquem com Your Affection, e até mais!

    Fire Emblem: Three Houses

    Platform: Nintendo Switch
    105 Players
    38 Check-ins

    20
    • Micro picture
      vante · about 2 months ago · 1 ponto

      Boa lista mano! Mas a pergunta que não quer calar é: Como vai o harém dos Narcians? Huahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua

    • Micro picture
      rax · about 2 months ago · 1 ponto

      Lista bakana mesmo n sendo muito grande.

      E olha,na minha opinião em questão de ser "mais completo" considero o 5 tecnicamente melhor dos 3 ultimos personas (3,4 e 5.)É o mais longo de todos os personas,mas em contrapartida é BEM envolvente o game e concerta algumas coisas dos outras que pode irritar (tipo as dungeons,skip nos diálogos se quiser,etc.)

      2 replies
    • Micro picture
      igor_park · about 2 months ago · 1 ponto

      Até agora também não fiz minha também seu post me lembro disso

  • jcelove José Carlos
    2020-04-10 12:55:42 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Da série: Comerciais japa que nunca veríamos no ocidente

    O pessoal do Kamiya dizia na época que queriam fazer de Dante uma espécia de James Bond sobrenatural...ai deu pra entender.hehe

    Devil May Cry

    Platform: Playstation 2
    4694 Players
    33 Check-ins

    32
    • Micro picture
      vante · about 2 months ago · 2 pontos

      E ele fica cercado de garotas bonitas que tentam matar ele...

      IRONIC

      2 replies
  • 2020-04-09 21:13:54 -0300 Thumb picture

    Semelhanças entre personagens de franquias diferentes: O Retorno

    Eu tinha começado esse quadro já faz algum tempo, mas fiquei alguns meses sem postar nada dele (desde a comparação entre Trunks e Crono) e hoje eu resolvi voltar com esse quadro porque sim! Não me lembro de todo mundo que eu marcava, mas eu lembro que era o @caramatur, o @lukenakama, e mais um povo aí. Enfim, se quiserem ser marcados é só deixar nos comentários aí blz. E hoje vamos comparar dois personagens de duas franquias da Capcom que são bem mais parecidas do que muitos acham, Megaman X e Devil May Cry, e os personagens em comparação são Axl (o personagem favorito do @hard_frolics hauhauhauahuahua) e o Nero (o personagem que ninguém gostava antes de Devil May Cry 5).

    Os dois novatos de Megaman X e Devil May Cry respectivamente. As semelhanças já começam por aí, ambos são jovens, novatos, usam pistola, tem uma habilidade que se difere dos protagonistas anteriores, e tem o  esquema de cores em seus uniformes: vermelho e azul escuro. Sério, se o Dante e o Vergil trocassem de cores, dava pra fazer um comparativo só do visual dessas duas franquias. Mas será que ficamos só no visuais ou eles tem mais em comum? Vamos descobrir! E já aviso que spoilers VÃO aparecer daqui pra frente sobre ambas as franquias.

    Começando por Axl, ele é um dos primeiros reploids produzidos na nova geração de reploids, e ele participava de um grupo que combatia o crime no submundo, até o grupo se corromper, e assim o abandonou e acabou se unindo aos marverick hunters após conhecer Zero durante uma fuga. Axl então entrou pro novo time, embora nem o X nem o Zero estavam lá muito empolgados pra recebe-lo já que ele era parcialmente responsável por uma nova guerra. Alx tende a ser impulsivo e às vezes desastrado, o que fazia com que os outros dois tivessem que salva-lo algumas vezes, mas no fim Axl consegue provar o seu valor e em X7 ele é o responsável por dar um fim definitivo (por enquanto) ao Sigma, que tomou um tiro dele na hora de fazer o esquema de sempre de se esconder em outro corpo (e sim, ele aparece no X8, mas neste é armação do Lumine). Após isso Alx continuou a fazer parte do time dos marverick hunters e ajudou X e Zero novamente durante os eventos de X8, sendo o mais racional do grupo em alguns momentos da aventura.

    Não foi muito falado sobre o passado de Nero, a não ser duas coisas: ele era órfão e sua atual esposa Kyrie e o irmão dela Credo eram sua família. No começo de Devil May Cry 4, Nero faz parte da Ordem da Espada, que é uma ceita que glorifica os feitos de Sparda (pai de Dante e Vergil). Nero fingia ter um braço quebrado pra não expor seu lado demoníaco, mas durante uma "reza" Dante aparece no meio do local e mata vários integrantes da ordem, até que inevitavelmente ele e Nero se confrontam. Nero acaba tendo uma pseudo vitória sobre Dante, mas o mesmo fala pra ele não confiar na sua ordem antes de desaparecer. Após isso, a cidade onde eles estão é atacada e Nero acaba por fazer a festa matando vários demônios pelo caminho. Durante sua jornada, Nero acaba descobrindo que sua ordem é a responsável pelos incidentes envolvendo demônios no local e parte para tentar impedi-los de continuar. No caminho, Nero recupera a Yamato, a espada de Vergil e novamente confronta Dante, que dessa vez leva ele a sério e acaba derrotando o garoto, mas deixa ele com a espada de seu falecido irmão, porém, em sua luta contra o líder da Ordem da Espada, Nero é derrotado e aprisionado. Com isso, sobra pro Dante fazer tudo e no final ele consegue libertar Nero, que por sua vez, consegue derrotar seu antigo líder e salvar sua atual esposa. Após isso, Dante deixa a Yamato com ele, o que resulta nos eventos de DMC5, em que Nero perde seu braço e vai atrás de vingança contra Urizen que posteriormente se revela como seu pai Vergil. Dante parte para enfrentar seu irmão, enquanto Nero não sabe ao certo o que fazer após a revelação de sua paternidade, mas decide ir atrás dos dois e impede que eles matem um ao outro, sendo vitorioso na luta contra seu pai. No final Dante e Vergil partem para o inferno para fechar o portal criado e deixam a segurança do mundo nas mãos de Nero.

    Ok, começamos pelo fato de ambos os novatos terem uma origem um tanto similar: os dois faziam parte de uma organização do mal, ambos a abandonaram e tiveram de enfrenta-la pelo bem do mundo e tals, mas ambos tem um temperamento bem explosivo, o que não ajudou muito inicialmente pela sua inexperiência, e ambos acabaram se lascando e precisaram da ajuda dos veteranos pra se salvarem, mas no fim do dia os dois conseguiram provar seu valor e derrotaram o inimigo principal com muito estilo. E após serem introduzidos, Axl e Nero se tornaram bem mais maduros (especialmente o primeiro), mas nenhum dos dois deixou de ser um tanto afobados (especialmente o Nero) em combate. A questão é que ambos possuem defeitos bem visíveis, mas eles conseguem sempre superar suas fraquezas, com ou sem ajuda de seus amigos mais experientes.

    E é isso, espero que tenham gostado! Vou ficando por aqui, comentem aí o que acharam, um grande abraço e até a próxima!

    Mega Man X8

    Platform: Playstation 2
    2309 Players
    7 Check-ins

    23
  • 2020-04-09 08:37:38 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by humor_com_cafe: <p>#img#[699484]</p>

    48
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2020-04-08 23:16:27 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Desafio semana musical 2.0 dia 5

    O @desafio proposto ao min pelo @vante continua com seus devidos atrasos.

    Dia 5: Música mais animada

    Skullmonekys - Worm Graveyard

    Desde a proposta deste desafio eu tinha em mente de citar essa musica neste dia, jamais joguei Skullmonkeys mas por um acaso ouvi a soundtrack e desde sempre me afeiçoei nessa merda bizarra XD, li toda a "trilogia" de 6 livros do Guia do Mochileiro das Galaxias e a música caiu como uma luva de 3 dedos para a leitura devido ao tom alucinógeno e extravagante de ambas. Sem contar que "Cemitério de Minhocas" é um nome extravagante o suficiente por si só.


    Hero Senki Project Olympus - Battle Theme

    Um dos jogos de minha infância, um jogo bem obscuro de Kamen Rider, Ultraman e Gundam que finalmente após anos estou zerando e que sempre teve esse tema de batalha maneirissimo que tambem tocava na abertura que sempre achei maneirissima também, é um jogo maneirissimo.

    Crash Twinsanity - Totem Hokum

    Por ultimo mais não menos importante o melhor titulo subestimado do Crash justamente por vir depois de bombas como Wrath of Cortex e Nitro Kart.  A música acapella e as dublagens cômicas de Cortex são os melhores elementos desse jogo pois elas simplesmente INFECTAM tudo no jogo ditando o ritmo de piadas e humor da coisa, porem, entender bem inglês é essencial aqui.

    Crash Twinsanity

    Platform: Playstation 2
    1435 Players
    37 Check-ins

    21
  • 2020-04-07 23:23:52 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Desafio semana musical 2.0 (Dia 7)

    Dia 1: Melhor tema de Intro

    Dia 2: Tema de seleção de personagens

    Dia 3: Tema de fase inicial

    Dia 4: Música mais calma

    Dia 5: Música mais animada

    Dia 6: Música que traga uma sensação de vitória

    Dia 7: Tema de finalização (créditos)

    3-Battlefield 3 

    2-Bayonetta


    1-Red Dead Redemption 2


    8
  • ysmechoes Ismael Muniz
    2020-04-07 22:32:52 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Yume e no Position

    Essa música faz parte de um album chamado Nesshou!! Street Fighter II,  que nada mais é que uma coletânea de várias músicas de Street Fghter II cantandas. E a cantora dessa música é a Miyamae Maki

    Street Fighter II: The World Warrior

    Platform: Arcade
    728 Players
    5 Check-ins

    15
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...