vante

What is chivalry but taking a friend's cause to heart?

You aren't following vante.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2020-08-09 23:11:16 -0300 Thumb picture
  • 2020-08-09 12:55:10 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Analisando o MAL do rax

    E aí galera, tudo bem? Espero que sim! Então, como vocês podem ver, saiu o nosso segundo (ou primeiro vídeo no caso) no canal dos Desocupados Capitais! Como podem ver, nosso vídeo nem demorou, parece que foi ontem que lançamos o primeiro vídeo no canal, então espero que se divirtam com o nosso conteúdo! E bem, hoje nós estamos falando sobre o My Anime List do mano Rax, analisando os seus animes e mangás favoritos de forma zuada e descontraída porque sim. Sem mais delongas, bora lá!

    Ashita no Joe

    Platform: SNES
    15 Players

    16
  • 2020-08-08 20:03:51 -0300 Thumb picture
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2020-08-08 19:06:22 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by thecriticgames: <p>#img#[728678]</p><p>Um upgrade ótimo em tudo por

    Um upgrade ótimo em tudo por meio de updates e por meio da própria DLC que enfia uma caralhada de novidades. Blasphemous evoluiu MUITO de qualidade com as mudanças e acréscimos e isso tudo de graça (como já havia sido estabelecido la na campanha do Kickstater). 

    Acrescentei informações envolvendo a DLC Stir of Dawn e os updates que o jogo teve desde seu lançamento e como isso melhorou o jogo e melhorou inclusive minha nota pra ele (que foi de 8.6 pra 9.3). Pra quem quiser saber de tais acréscimos só descer pro final da critica que no geral são ótimos (só o boss final da DLC que vai deixar a desejar um pouquinho).

    Blasfêmia!

    Review by: @thecriticgames

    A série Dark Souls e seus irmãos/primos "Souls Like" tal qual Demon's Souls e Bloodborne são jogos relativamente novos (Demon's...

    Keep Reading →
    29
    • Micro picture
      wcleyton · 1 day ago · 2 pontos

      Acho muito foda o carinho que a produtora está tendo com o game, o que faz aumentar meu hype em uma futura continuação

      1 reply
  • 2020-08-07 11:04:16 -0300 Thumb picture

    Arco de Ruby e Sapphire terminado!

    Enfim, chegou o último volume pra eu encerrar essa coisinha linda. Enfim, mais um arco encerrado desse mangá incrível! E o que eu tenho pra falar sobre?

    Olha, durante o começo eu achei ele bem mais fraco que o arco anterior Gold e Silver. O protagonista era bem único, acho que Ruby foi um personagem com um desenvolvimento excelente, mas isso se deu mais pros volumes finais. Já a Sapphire foi de longe a minha protagonista favorita dessa saga, exatamente por sem bem fora do padrão de protagonistas femininas. Ela se arrisca bem mais que o Ruby e achei uma personagem muito interessante também além de bem desenvolvida. O resto do elenco também foi muito bom. Wallace foi um personagem muito bem aproveitado desde sua apresentação até o final, Steven também foi um personagem bem icônico na saga, os líderes de ginásio foram muito bem utilizados, Archie e Maxie foram vilões bem ameaçadores, e a relação entre Ruby e Sapphire foi muito bem executada desde o primeiro volume.

    E sobre o arco em sí? Olha, durante uma boa parte eu estava achando ele meio fraco, mas um pouco antes da metade ele começa a engatar e vai às mil maravilhas até o final. O mistério que o Ruby guarda sobre a sua experiência com batalhas e tals é bem interessante e bem utilizada no seu desenvolvimento, já que ele meio que tenta negar o seu espírito de treinador durante a maior parte da jornada. Sapphire por outro lado é quase o oposto dele, aventureira, arriscada e bem mais focada no seu treinamento e uma personalidade bem mais "selvagem" eu diria (sem duplo sentido kkkkkkk). 

    A história é bem simples: Ruby e Sapphire fazem uma disputa que consiste em coletar todas as premiações dos concursos de Hoen, e coletar todas as insígnias da região. E durante a jornada de ambos, eles se encontram várias vezes no caminho e também se encontram com as equipes Aqua e Magma, dando um destaque bem forte para as equipes rivais. Na primeira metade existem alguns momentos muito marcantes, como a luta entre Norman e Ruby, o Wailord de Sapphire, entre outros. Mas quando ocorre a briga entre os protagonistas é onde o clímax acontece. Desse ponto pra frente o mangá vai até o final com várias cenas marcantes, e momentos bem inesperados para uma franquia como Pokémon. O final é bem marcante tabém, e eu considero como o momento do desnvolvimento máximo dos protagonistas, especialmente o Ruby, que reconhece todos os seus erros durante a jornada e corre para conserta-los, e a relação entre ele e Sapphire também é muito bem trabalhada. O final meio que foi uma falsa tragédia, e admito que gostei muito do plot twist do pokemon escondido do Ruby. Quem diria que logo AQUELE pokémon estaria em sua posse.

    No geral uma saga muito interessante e uma ótima adição para a jornada!

    Pokemon Sapphire Version

    Platform: Gameboy Advance
    3890 Players
    34 Check-ins

    14
    • Micro picture
      diego_lacuna · 3 days ago · 2 pontos

      completei também, mas vai demorar um pouco pra eu ler, tô no começo da Gold & Silver, agora é esperar a FireRed/Leaf Green (sim também tem mangá dos remakes hehe).

      1 reply
    • Micro picture
      xch_choram · 2 days ago · 2 pontos

      Até agora foi uma das Sagas mais fracas(eu li por scan as próximas já) pra mim, não que seja ruim mais a historia que vai so crescendo e se juntando até o gold e silver foi muito legal e essa historia mais isolada foi meio desanimador. Mas agora vai ter a historia do Fire Red que volta com o Red a Yellow, ai depois com o Emerald que eu tbm não gosto muito.

      Tenho que voltar pra ler o Diamond, da vontade de comprar os mangas, a tradução das scans é tem cada falha que rapaz... eu ainda não entendo como eles traduziram "I see" em "ja vejo" e continuaram fazer isso por 30 volumes kkkk

      1 reply
  • rax
    2020-08-06 22:11:57 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    rax checked-in to:
    Post by rax: <p>Da série do famoso canal da sua Netflix TV "érip
    OFF

    Platform: PC
    50 Players
    11 Check-ins

    Da série do famoso canal da sua Netflix TV "éripegistica": "piscou o olho eo raquix já zerou outro éripegê e você não sabia."

    Errr...uhhh...bem tava jogando esse jogo esses dias e terminei só agora o game.

    Eu ainda to digerindo o que caraleos foi isso que eu zerei.

    Alguns memes pra exemplificar minha experiência com o jogo:

    É poisé eu tive uma experiência e tanto com esse jogo.

    Bom né não me perguntem o porque raios mas me lembrei esses dias um video que vi no Canal do Core das Antigas fazendo uma analise desse jogo obscuro de RPG maker a uns 4 anos (vi nessa êpoca mesmo que eu me lembre...antes do canal dele virar canal de Undertale e Five Nights at Freedy praticamente.)

    Aproveitei e fui jogar esses dias e olha,eu fiquei meio relutante em fazer esse check-in mas esse jogo é simplesmente um daqueles jogos obscuros de RPG maker que você dificilmente vai encontrar por ai atoa em uma "pesquisa" de meia hora no Google de RPGs feitos no RPG maker (mais precisamente feito pelo RPG maker de 2003 o game) ai achei uma boa compartilhar com a galera daqui do Alvanista,e K7,esse jogo é simplesmente uma Hidden gem no meio de tanto jogo meia boca que tem por ai de RPG maker.

    Fiquei até surpreso que alguém gostou do game e ainda fez crítica desse RPG de Turno bizarro aqui no Alvanista.

    Eu não pretendo fazer uma analise desse jogo mas vou comentar um pouco do que me incomodou mas umas observações.

    Teve umas 3 coisas que me incomodou  no game mas não acho que estragou o jogo sinceramente.

    -Não tem praticamente NENHUMA dificuldade no game em nenhuma das lutas,nem mesmo o final boss,e a UNICA que eu tive dificuldade foi no meio do jogo em uma Boss Fight bem demorada mesmo estando forte no game.Achei bem WTF isso e poderia ter colocado no final boss sinceramente.

    -Mini game FDP que você é OBRIGADO a passar e simplesmente não é divertido de fazer (por min poderia ter tirado.)

    -Umas 2 Dungeons bem chatas mesmo lá pra mais da metade do game,mas que com paciência da pra passar.

    Do que me surpreendeu:

    O game ser bem feito e ser bem original em narrativa,arte (a arte desse jogo me arrisco a dizer que é a melhor coisa pois cumpre com o objetivo do jogo,de ser bizarro e impactar com o jogador envolvido na narrativa e temas macabros que o jogo lida),junto com a trilha sonora que foi inspirado no compositor Akira Yamaoka (o cara que fiz a trilha sonora dos 4 primeiros Silent Hills) e ser original na forma como o game aborda os temas.

    Tem umas bizarrices que na êpoca (2008) que esse jogou lançou não se tinha direito e vi em poquissimos jogos e em alguns detalhes interessantes como a perspectiva de uma boss fight mudar,bagunçar o "save" do jogo enganando o jogador e entre outros detalhes.

    Não pretendo me estender muito pois é um game que da pra zerar em umas 4 horas se acabar "lesmando" no jogo e OFF é um daqueles jogos que merece ser jogado como uma experiência diferenciada no meio de tanto RPG feito nas coxas infelizmente e até hoje muita gente desconhece o game.

    E na minha opinião da uma surra em muito RPG meia boca triple AAA por ai,falo mesmo.

    Tive uma experiência estranha/bizarra/wtf/awesome e meio pertubadora com o game mas no final me surpreendeu positivamente.

    Ah e só pra vocês terem ideia da bizarrice do game,o jogo (mesmo que indiretamente pois ele não está na equipe que desenvolveu o game) o Suda51 tava no forum que participou indiretamente com o game apoiando.

    Resumindo: Suda51 é um desenvolvedor de jogos japonêses e ele só faz jogo bizarro fora do padrão.E ele tava lá no meio indiretamente de OFF.

    É.

    Enfim concluindo,OFF é uma otimo jogo que tecnicamente falando admito que ta longe de ser perfeito mas consegui ser uma obra de arte ao mesmo tempo em alguns aspectos+ temas delicados abordados e com certeza impacta o jogador de uma forma ou de outra que seria simplesmente impossível replicar o game se fosse lançado por uma empresa AAA de RPGs.

    Ah e já aviso:

    Se você é um daqueles tipos de jogadores que fica tipo,BEM emotivo jogando....err...eu recomendo evitar esse game.

    De uma  forma ou de outra você pode acabar se sentindo um bosta quando for jogar até zerar o game (tem um motivo do porquê eu to falando isso mas não falo por questões de spoilers.)

    Pra quem quer jogar um RPG um tanto diferenciado,eu recomendo com avisos.

    Dei Nota 10 pro jogo apesar dos pesares.

    Review do Core pra quem quer ter uma idéia um pouco mais aprofundado do jogo além da minha opinião/experiência retratada nesse check-in.

    Prints da Zerada:

    Bem é isso.

    Ainda to digerindo esse jogo todo mas....err....bora pro próximo jogo...

    17
    • Micro picture
      vante · 3 days ago · 2 pontos

      Dessa vez nem deu pra piscar kkkkkkkkk. Deve ser um joguinho beeeeem peculiar esse.

      1 reply
  • 2020-08-05 18:35:25 -0300 Thumb picture

    Semelhanças entre personagens de franquias diferentes pt. 8

    E depois de outro hiato meio longo, voltamos hoje com o nosso quadro de semelhanças entre personagens de franquias diferentes, e dessa vez na verdade teve um motivo pra demora que é a falta de algumas ideias, já que eu já tinha uns planos de comparar certos personagens, mas preciso me adentrar um pouco mais nas suas respectivas franquias para tal. Mas depois de pensar um bocado, me lembrei de uma boa galera pra comparar. Marcando as personas @manoelnsn, @lukenakama e @caramatur. E hoje analisaremos Ban, o pecado da ganância de Nanatsu no Taizai e Grimmjow, o Espada nº 6 de Bleach. 


    Acho que dessa vez é bem mais fácil identificar as semelhanças entre os dois, não só pela aparência (já que eles são quase iguais), mas quem conhece as duas obras sabe bem o que esperar. Vão ter spoilers de ambas as séries, vale ressaltar, então sem mais delongas, bora lá!

    Ban é um dos integrantes dos 7 Pecados Capitais, grupo liderado por seu rival e melhor amigo Melidoas. Ban se uniu ao grupo após ter perdido Elaine a sua amada, que o tornou imortal antes de morrer, e após ser condenado à morte, e ter sido executado inúmeras vezes, Meliodas o recrutou para seu grupo. Ban passou a fazer parte do grupo a participou em várias missões, até o grupo ter se desmanchado em decorrência de uma falsa acusação, e novamente Ban foi pego, mas sua imortalidade o impediu de morrer. Após se reunir com Meliodas, ambos fazem uma jornada para provar a inocência dos Pecados Capitais. Ambos se enfrentam algumas vezes, pois Ban sempre deu prioridade para suas próprias vontades, ao invés do grupo, e após concluirem sua jornada, Ban se distancia do grupo para cumprir com seu objetivo inicial que sempre foi trazer Elaine de volta à vida, mas após um tempo, ele retorna para o grupo.

    Grimmjow Jaegerjaquez (nomezin complicado né) fazia parte da elite de Aizend, sendo o 6º Espada do Hueco Mundo. Grimmjow foi inicialmente apresentado após Ulquiorra, o 4º Espada, não ter matado Ichigo Kurosaki quando teve a oportunidade, e Grimmjow se irritou com a atitude de Ulquiorra e decidiu matar Ichigo por conta própria. Em seu duelo ele teve uma vitória brutal sobre o protagonista, mas foi impedido de mata-lo. Ele perdeu um braço como punição pela sua insubordinação e quando reecontrou Ichigo acabou sendo quase morto devido a uma interrupção na luta, mas após ela, ele teve seu braço recuperado e esperou pela sua oportunidade de revanche. Assim que reecontrou Ichigo, os dois se recuperaram antes do confronto se iniciar, e após isso ambos travaram um duelo feroz e muito equilibrado entre eles. Grimmjow conseguiu desferir inúmeros golpes mortais contra Ichigo, mas o mesmo conseguiu virar a luta, quando ambos os combatentes estavam praticamente acabados. Grimmjow conseguiu sobreviver ao confronto, mas só retornou a aparecer durante a Guerra Sangrenta dos Mil Anos, onde passou a ajudar os Shinigamis contra a invasão quincy no Hueco. Embora temporária, sua aliança com Kisuke Urahara garantiu algumas vitórias decisivas na luta contra os quincys. Ele se uniu novamente aos shinigamis quando Shunsui Kyoraku fez uma cooperação para deter Tokinada que pretendia substituir o rei das almas e dominar tanto o Hueco Mundo quanto a Soul Society. Grimmjow ainda pretende ter sua revanche contra Ichigo Kurosaki.

    Na história de ambos os personagens, é até difícil achar alguma semelhança entre eles. No entanto, as atitudes tanto de Grimmjow quanto de Ban se mostraram muito semelhantes. São dois anti-heróis que participam de uma afiliação poderosa, sempre priorizam suas próprias vontades, possuem pavio curto, e ambos possuem rivalidade com os protagonistas de suas obras, o que gerou uma cicatriz em ambos os personagens causadas pelos respectivos protagonistas. Mas o detalhe que mais me empolga sobre esses dois é que eles são os "predadores naturais" do personagem principal de suas obras. Meliodas tende a ser um pervertido, mas ao mesmo tempo um herói que se se preocupa e possui uma visão de um guerreiro valente, enquanto Ban é quase o oposto. Bandido, anti-herói, preguiçoso e que não se importa de como é visto pelos outros. Já Ichigo é um guerreiro que luta para proteger seus amigos e tende a não ceder para seus impulsos de se tornar mais forte pelo prazer em lutar, enquanto Grimmjow se entregou completamente ao seu prazer pelo combate. Ambos os personagens possuem muitas semelhanças com os seus rivais, mas as motivações e formas de agir são exatamente o que os tornam praticamente opostos um do outro.

    E assim termino essa análise de hoje! Espero que tenham gostado, comentem aí o que acharam, vou ficando por aqui, um grande abraço e até a próxima!

    Bleach: The 3rd Phantom

    Platform: Nintendo DS
    134 Players
    12 Check-ins

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · 4 days ago · 2 pontos

      Conheço ambos também, e só esteticamente se parecem bastante, ahuahua

      5 replies
    • Micro picture
      santz · 4 days ago · 2 pontos

      O Grimmjow jakjak não curte uma pedofilia.

      3 replies
  • 2020-08-05 07:40:17 -0300 Thumb picture
  • rax
    2020-08-04 20:08:01 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    como zerar fogo emblema 3 casinhas god mode

    Speedrunner de "éripegê" é tudo maluko,vei...

    o maluko antes e depois da proeza.

    Fire Emblem: Three Houses

    Platform: Nintendo Switch
    113 Players
    39 Check-ins

    17
  • 2020-08-04 17:21:23 -0300 Thumb picture
    35
    • Micro picture
      mateusfv · 5 days ago · 3 pontos

      Ia estender a falação nas lutas de 5min pra 15 kk

      3 replies
    • Micro picture
      ersatzgott · 6 days ago · 2 pontos

      HUHAUHAUHAUHU

    • Micro picture
      carlospenajr · 6 days ago · 2 pontos

      O melhor é que ele ta segurando a xicara com o dedo mindinho levantado, no melhor estilo inglês XD

      6 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...