thecriticgames

O Bruce Wayne do Alvanista. "BY THE PEOPLE FOR THE PEOPLE"

Você não está seguindo thecriticgames.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • kipocalia Kipocalia
    2018-12-27 17:57:19 -0200 Thumb picture
    Thumb picture
    <p>O meu ps2 não está aceitando a mudança de config - Alvanista

    O meu ps2 não está aceitando a mudança de configuração das texturas (o chip de desbloqueio é o Thunder Pro II), todavia outras configurações ele está aceitando, como a da mudança de cabo. O que poderia ser?

    27
    • Micro picture
      gus_sander · 2 meses atrás · 2 pontos

      Não conheço bem esse chip, só o Matrix :/
      Republicando aqui pra ajudar.

    • Micro picture
      sergiotecnico · 2 meses atrás · 2 pontos

      Mudança de configuração das texturas? Do que se trata?

      18 respostas
    • Micro picture
      mastershadow · 1 mês atrás · 2 pontos

      E além do mais, só serve pra jogos de PS1

      1 resposta
  • 2018-12-11 12:20:04 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Retro Review | Resident Evil em sua sequencia promissora

    O primeiro Resident Evil foi um marco para o gênero de horror no mundo dos games sendo para aqueles que não conheceram jogos como Alone in the Dark o verdadeiro nascimento do gênero no mundo dos games, ainda que seja com toda a certeza o nascimento da vertente survival horror na qual o jogador se vê com recursos como munição e itens de cura mais limitados para lidar com as ameaças devendo gerenciá-los e economiza-los muito bem para sobreviver. O jogo fez uma dose tremenda de sucesso com sua trama e jogatina ambientada em uma mansão decrépita cheia de mortos-vivos e outras criaturas e recebeu um ano após seu lançamento um update o Director’s Cut que trouxe certos acréscimos como desculpa pelo atraso do segundo jogo, que fora lançado poucos meses depois no inicio de 1998.

    http://joystickterrivel.com.br/retro-review-reside...

    -----------------------------------------------------------------------------------------

    Acompanhe nossas rede sociais:

    Facebook - Youtube - Twitter - Instagram - SITE

    Resident Evil 2

    Plataforma: Playstation
    11056 Jogadores
    120 Check-ins

    12
  • 2018-12-13 18:37:57 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Brazil Game Awards 2018: confira a lista completa dos vencedores

    Foram divulgados, ontem (12), os vencedores do Brazil Game Awards 2018, premiação brasileira que buscou premiar os melhores jogos de 2018. Estavam elegíveis os jogos lançados entre 1 de janeiro e 25 de novembro. Os indicados e vencedores foram escolhidos por um júri independente de jornalistas do segmento dos games.

    http://joystickterrivel.com.br/brazil-game-awards-...

    -----------------------------------------------------------------------------------------

    Acompanhe nossas rede sociais:

    Facebook - Youtube - Twitter - Instagram - SITE

    Red Dead Redemption 2

    Plataforma: Playstation 4
    455 Jogadores
    173 Check-ins

    10
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2018-12-23 11:48:58 -0200 Thumb picture
    <p>EMFIM, minha critica de numero 400 feita para fe - Alvanista

    EMFIM, minha critica de numero 400 feita para fechar o ano junto do meu Know Your Demon de número 100 (e que técnica mente é o de numero 101 devido ao KYD do Dante do Devil May Cry). 

    Quis escolher um jogo especial para ser o de numero 400, e vendo que estou zerando jogos de NES e fazendo o Know Your Demon a gênese da franquia Shin Megami Tensei me pareceu uma escolha digna, ainda mais porque li os dois romances que ocorrem antes dele, e que escolha mais masoquista foi essa minha.

    Maldito RPG dificil e estressante e trabalhoso de se jogar esse primeiro Megami Tensei, estive jogando alguns RPGs e grindando com certa facilidade neles por simplesmente realizar tais treinos enquanto assisto alguma série simultaneamente o que me desestressava, foram 4 episódios apenas treinando pra poder enfrentar esse chefe maldito inicial e morrer da mesma forma, e o que veio posteriormente não foi menos frustrante do que esse inicio com respeito a treino e dificuldades, o jogo vale a pena pela curiosidade, mas se quiser jogar a série va para o collection/remake do mesmo de NES.

    Criticas e Know Your Demons agora somente ano que vem, é hora de merecidas férias do Alva e de um merecido aniversario pra mim (que é amanhã dia 24 XD). Té + pessoas e feliz natal a vocês.

    Toda grande franquia de RPGs tem seu inicio.

    Crítica por: @thecriticgames

    A franquia de 1001 ramificações Shin Megami Tensei é hoje muito famosa no meio gamer e adorada por fãs de RPG, tendo ramificaçõ...

    Continuar Lendo →
    32
    • Micro picture
      mateusfv · 2 meses atrás · 2 pontos

      Não é só o primeiro Megaten que n vale a pena perder o tempo jogando hohoho, cof cof shit journey cof cof, pelo todos os Megaten pré Nocturne são jogos bem problemáticos, o primeiro SMT é todo quebrado hsushsh, mas eu perdoo eles bem mais por ser em um período que a Atlus tava aprendendo ainda, agr qualquer coisa mal feita pós Nocturne tem que espancar que nem o Batman faz com a bandidagem e deixar a beira da morte hsushsh.

      Caramba aniversário na véspera do Natal pensa em um cara que nunca ganhou presente de natal ou de aniversário hsushsh

      5 respostas
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 meses atrás · 2 pontos

      Aniversário na véspera de natal? Quando tu era moleque devia odiar isso, ahuahua

      3 respostas
    • Micro picture
      filipessoa · 2 meses atrás · 2 pontos

      Olha sei que já falei mas digo de novo: feliz aniversário! (será que fui o primeiro dia a falar? :v) e meus parabéns pelo constante trabalho nas postagens do KYD e desenvolvendo as análises que sei muito bem o quanto são trabalhosas. Acredite se quiser mas o seu empenho me inspirou de várias formas, e só por isso eu já te agradeço imensamente. Tenha um Feliz Natal, Ano Novo e um descanso mais do que merecido ^^

      1 resposta
  • 2018-12-22 19:08:54 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Playstation 2: Emuladores + Coletânea Organizada de 8275 ROMs

    Mais um projeto que tenho a satisfação de compartilhar com todos!

    .

    Desvantagens em relação à famosa "Super Coleção 7784 Jogos":

    - Não tem menu com figurinha.

    - Não tem menu com musiquinha.

    - Só.

    .

    Vantagens:

    + Mais sistemas: TurboGrafx/PC-Engine, Game Boy (+Color), Game Gear, Game Boy Advance.

    + Mais jogos: coleções completas baseadas nos dats No-Intro.

    + Somente uma ROM para cada jogo (1G1R), sem jogos repetidos (jogos com traduções para o português tiveram as versões em inglês mantidas, para quem prefere jogar neste idioma.)

    + Todas as traduções completas, de outras línguas para o inglês, obtidas do site romhacking.net (até a presente data).

    + As melhores e mais úteis traduções para o português.

    + Alguns hacks interessantes.

    + Emuladores atualizados.

    .

    --- DESABAFO (leiam por consideração, façavôr) ---

    .

    Tá aí um projeto que me deu MUITO trabalho:

    - Baixar e aplicar os patches de tradução e hack me consumiram um tempo considerável (foram CENTENAS, tudo feito "no braço").

    - O emulador de GBA é um pouco complicado de se entender e usar no início. Muita gente tem dificuldade de fazer funcionar (inclusive eu tive muita), mas agora é só copiar e jogar!

    - Ainda falando em GBA, tive que fazer uma EXTENSA pesquisa para decidir quais jogos estariam na seleção, e também pensei bastante nas diretrizes que seguiria para incluir os títulos.

    - Tive que recompactar TUDO, para otimizar espaço e para que coubesse no DVD (precisei aprender um método ideal que relatei/compartilhei aqui).

    - Precisei reunir instruções importantes sobre cada emulador, que não eram tão intuitivas a todo jogador. Elas estão no arquivo OBSERVACOES.TXT, o qual recomendo darem uma lida.

    .

    .

     - Alguns sistemas (ex.: Game Boy) exigiam um número máximo de caracteres para enxergar as ROMs, então tive que renomear bastante coisa.  Mesmo usando um programa como o Rename Expert, alguns nomes longos não se distinguiam de outros, exigindo renomear manualmente.

    - Para os que "aceitavam" os nomes longos (ex.: NES), estes não apareciam por completo... então também tive que renomear as traduções e hacks para que fosse exibidos de forma correta para o jogador.

    - Em outros casos (ex.: Master System) também havia um número máximo de ROMs por pasta e estas deveriam ficar no diretório raíz, então tive que dividir essas em quantidade compatível e colocá-las nos lugares corretos.

    - Por fim, estão achando que foi fácil fazer essa capinha linda que dá um apelo gráfico e deixa tudo mais bonito? Não, também demorou e me fez passar raiva. Mas fiz com carinho...

    .

    .

    Vamos aos links:

    Aqui

    .

    Já se você quiser a ISO e outros arquivos úteis:

    Download - Parte 01

    Download - Parte 02

    Observações

    .

    Esse projeto me incentivou a organizar coisas que até então estava adiando, e acabou influenciando em toda minha coleção pessoal.

    Não serve apenas para ser jogado no Playstation 2, mas em qualquer plataforma, já que as ROMs estão no tradicional formato .zip e podem ser acessadas através de um computador. Estão incluídos até mesmo emuladores para se jogar no PC (Windows).

    Dêem uma força curtindo, comentando e compartilhando!

    --------------------

    Aqui estão outros projetos meus, para quem ainda não viu:

    ImbNES (Emulador de NES para PS1 + ROMs)

    NeoGeo CD games + SNES soundtrack: Art of Fighting

    NeoGeo CD games + SNES soundtrack: Fatal Fury Special

    NeoGeo CD games + SNES soundtrack: Samurai Shodown

    --------------------

    131
  • 2018-12-21 17:10:43 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Know Your Demon #100 Messiah

    NOME: Messias

    ORIGEM: Religiões abraâmicas.

    PRIMEIRA APARIÇÃO: Persona 3 (Protagonista).

    LORE: Messias é um titulo utilizado normalmente para designar o salvador ou liberador de um grupo de pessoas, e esta presente ainda que não com a mesma designação em varias religiões, mas a palavra em si tem origem e maior importância nas religiões abraâmicas (religiões de origem semita com praticas originarias dos antigos israelitas que creem no Deus de Abraão/Javé como o Cristianismo, Judaísmo e Islamismo), mais especificamente no Judaísmo e na Bíblia Hebraica.

    Varias figuras já foram referidas com o titulo através da história, algumas por seus seguidores, outros profeticamente e outras se auto intitulando messias, dentre varias delas há por exemplo Simon Magus (um samaritano tido como Deus pelos simonianos), ou a figura do Mahdi nas escrituras islâmicas, assim como é o Buda para o Budismo sendo de igual importância para suas religiões como o Messias é nas religiões abraâmicas; ou ainda em outros movimentos não ligados as religiões abraâmicas como RasTafari Makonnen tido como um messias do Movimento Rastafári. 

    A figura no em tanto mais famosa a ser referido pelo título de Messias e que é aparentemente a inspiração por trás do Persona é Jesus de Nazareth, também referido pelo nome-título Cristo (que significa o ungido) um judeu da Galileia adorado e/ou tido como uma figura de grande importância em varias ramificações das religiões abraâmicas. A aparente inspiração do Persona em Jesus se  da por algumas decisões de design alegóricas ou não, o objeto situado nas costas de Messiah aparentemente representa a cruz onde o mesmo foi crucificado e seu corpo mecanizado seria uma referencia ao corpo mutilado de Jesus durante a crucificação (segundo a Wikia da saga Shin Megami Tensei).


    Curiosidade(SPOILERS DE PERSONA 3): Messiah é de facto o Ultimate Persona do protagonista de Persona 3, sendo obtido exclusivamente através da fusão de seu persona inicial e deu falso Ultimate Persona, Orpheus e Thanatos respectivamente carregando na aparência elementos de ambos, como a face de Orpheus e os caixões de Thanatos. O persona também reflete o papel do protagonista na história como a figura a se sacrificar para salvar os outros, e os caixões que o mesmo herdou de Thanatos são um aparente signo da morte ligada ao mesmo, embora com Thanatos estes denotem a morte comum com Messias seu significado é o da morte pacifica.

    Duas de suas skills fazem aparente ligação com Jesus de Nazaré, uma delas é a Absorb Pierce, uma técnica anti-fisica que absorve ataques do tipo como lanças e flechadas (em referencia a perfuração do corpo de Jesus pela Lança de Longinus/do Destino), a outra é a Enduring Soul que faz com que o personagem ressuscite após a morte (em referencia a ressurreição de Jesus).

    OBS: Por conta da exorbitante quantidade de filmes, séries e materiais religiosos ou nãos que abordam a figura de Jesus de Nazaré a seção de Aparições em Outras Mídias é um tanto desnecessária creio eu, então a deixei de fora desse KYD.

    by @thecriticgames

    Shin Megami Tensei: Persona 3 FES

    Plataforma: Playstation 2
    995 Jogadores
    175 Check-ins

    22
    • Micro picture
      l_am_thou · 2 meses atrás · 1 ponto

      O ultimo KYD do ano.

  • hard_frolics David Waters
    2018-12-21 22:01:40 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    E segue o Trampo com Last Mission!

    Ja está saindo mais uma track, na verdade a primeira faixa concreta pro projeto:

    Conceito dos NPCs também definido:

    Lembrando que os conceitos são meu, criei 'Proie' e 'James', mas quem batizou James e criou o restante dos personagens foi o @thecriticgames!

    ...Falando em 'James', quero manter ele com a versão mais colorida, a versão monocromática é legal, mas bem, tenho minhas metas bem definidas:

    Agora é criar e desenhar a pixel art pros outros personagens e começar a planejar Stages e outros inimigos :D

    Espero que curtam o/

    25
    • Micro picture
      herbertviana · 2 meses atrás · 3 pontos

      Aguardando a nova track 😄

    • Micro picture
      thecriticgames · 2 meses atrás · 2 pontos

      Eu demorei pra perceber que o Chapelier era o Chapeleiro kkk alias o nome dele vem do Chapeleiro Maluco de Alice no País das Maravilhas, o capacete de Mettol ja é um Easter Egg pronto de mm. A própósito ainda bem que deixei as descrições visuais por conta sua, imaginei que o melhor seria o de jovens urbanos descolados de um mundo cyberpunk, mais ou menos como o character design ta msm.

      1 resposta
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2018-12-20 17:24:26 -0200 Thumb picture

    FÉRIAS DO ALVANISTA

    Vou estar até domingo postando o ultimo KYD e a ultima critica do ano, pra fechar com chave de ouro e um dia antes do meu aniversario, depois devo estar retornando a atividade só dia 25 de Janeiro ou por volta disso, mas estarei aqui da likes e comentarios em posts alheios como de costume.

    Barbie Vacation Adventure

    Plataforma: SNES
    27 Jogadores

    25
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2018-12-17 18:51:09 -0200 Thumb picture

    Os 5 melhores jogos de 2018 segundo eu mesmo!

    Fui marcado nesse desafio por @hard_frolics e bem, ta na hora de cumpri-lo, mas a ideia são de jogos jogados em 2018, não sendo necessariamente lançamentos desse ano.

    Regras simples:

    1 - Mencionar a persona @desafio

    2 - Fazer sua lista de melhores jogos que você zerou em 2.018 (Lembrando que não precisa ser lançamento desse ano) [Regra pessoal, só vou colocar jogos que zerei pela primeira vez na vida]

    3 - Marque pelo menos dois amigos

    Vou marcar o ausente do @mateusfv e sempre presente @manoelnsn e o @vinicios_santana_3 no caso de um dos dois primeiros já tenham realizado o desafio.

    Tive de me guiar pelas datas de minhas criticas porque foram muitos jogos. E deixarei-as linkadas nos títulos dos games.

    ------------------------------------------------------------------------------------------

    Antes de iniciar, duas menções honrosas, a primeira vai para Mega Man 11, que foi um jogo bacana, foi um retorno bacana do heroi, podia ser melhor? Podia, mas foi valido. O segundo vai pra Resident Evil 3: Nemesis, que não figura na lista no merecido 2º lugar por conta de eu ja te-lo jogado varias e varias vezes antes, mas rejoga-lo e rezera-lo é sempre tão bom quanto da primeira vez.

    5 - Outlast II

    Sou fã de jogos de horror, e fazia tempos que uma saga não me deixava com tanto cagaço e desconforto como a saga Outlast. Um jogo que consegue simplesmente me fazer ter medo de virar cada corredor é seu segundo titulo que foi zerado aqui em casa em meio a berros meus e de testemunhas oculares.

    É um jogo bem feitissimo e que honra, e também supera seu predecessor, embora va cagar no exato mesmo ponto que o primeiro e com muito mais força, as revelações de plot.

    4 - Odallus: the Dark Call

    Um jogo BR com homenagem a Castlevania, Ghost'n Goblins e com pitadas de Lovecraft e Conan o Barbaro, isso é Odallus.

    Foi um jogo que adorei desde a primeira vez que vi o trailer, e um dos únicos jogos da minha vida com o qual gastei grana com algo tão supérfluo como uma skin (tem uma skin do Firebrand do Demon's Crest, é a porra do melhor jogo de SNES eu não podia deixar passar). O jogo é desafiante, repleto de secrets bem escondidos mas não impossiveis de achar e que são bem maneiros, e traz ainda o que poucas obras com tais inspirações trazem, uma narrativa carregada de pessimismo.

    3 - Darkest Dungeon

    Se a lista fosse dos meus jogos favoritos do ano esse daqui tava em primeiro, DD bebe de fontes Lovecraftianas pra fazer um dungeon crawler tenso com manipulação de recursos pra se manter vivo e que tem uma narrativa incrível.

    Alem da parte de manipulação de recursos o jogo te faz administrar uma cidade que deve ser evoluída para melhor preparar sua party, é um jogo que pode ser deveras estressante, eu mesmo apaguei dois saves por ter me visto em situações impossíveis de prosseguir, e quase fiz o mesmo com o terceiro. Depois de decepções como o Call of Cthulhu de PS4 Darkest Dungeon é a lembrança tenra de que Lovecraft recebeu um produto a altura de seu legado.

    2 - Tales of Phantasia

    RPGs, principalmente jRPGs independente da qualidade são uma das coisas mais cansativas ja desenvolvida pela humanidade (eu mesmo estou neste exato momento me matando pra tentar zerar um destes jRPGs pra ser a critica de numero 400!!) ainda sim devo ser masoquista por jogar o gênero e por ter uma lista repleta deles. Tales of Phantasia, é o jogo mais importante da rede e joguei-o a pedido do @santsz (ou do mateusfv, nunca lembro de certo) e é simplesmente o jRPG mais potente do SNES, é absurdo tecnologicamente, e assim como a saga Tales e a saga Dragon Quest um jRPG que trata temas batidos e cliches, MAAAAAASSS da melhor forma possível, é quase uma bíblia do meu lema com respeito a produções "O mais importante de toda obra é a sua execução" e mesmo assim tem uma reviravolta impressionante e totalmente anti-cliche ao final que te pega desprevenido.

    1 -  God of War

    Aqui não teve muitos adereços, foi o primeiro jogo meu de PS4, e O PRIMEIRO GOD OF WAR QUE EU CURTI AAAAAAAAAEEEEHOOO.

    Apesar da saga praticamente inteira colecionar notas altíssimas comigo eu nunca gostei muito de nenhum jogo, gostei sim um tanto de Gow 3 e do Ghost of Sparta, mas acho outros títulos como o primeiro Gow e o Ascension alguns dos hack'n slashs mais chatos da minha vida, e tive que zerar o primeiro duas vezes.

    Agora esse episódio foi uma surpresa maravilhosa, sendo um game que pra mim dentro de sua ideia e proposta não tinha forma alguma de ser melhor, se inspiraram na mitologia nórdica e trataram sua mitologia e mundo até então de forma maravilhosa e orquestral, falaram que iam se inspirar em uma narrativa mais emocionante a la Last of Us, e logico, torci o nariz com duvidas de cliches básicos dessas promessas como, fazer Kratos chorar ou morrer, felizmente fizeram tudo mais contido como deveria ser, a evolução do antigo Kratos para o Kratos atual soa de forma é natural, com o sanguinário anti-heroi sendo quase o mesmo cara de antes, sem sorrisos ou expressões de emoção muito fora do personagem, o que combina com um deus bárbaro anti-social, é dessa forma que ele sorri e chora, não sorrindo e não chorando, e de quebra trouxe sistema de combate que mais curti num hack'n slahs na minha vida.

    Até +

    Tales of Phantasia

    Plataforma: SNES
    966 Jogadores
    119 Check-ins

    33
    • Micro picture
      mateusfv · 2 meses atrás · 3 pontos

      Talvez seja a lista de com jogos mais recentes que vi até agr hsushsh, na realidade eu n to ausente, eu to aqui mais só observo, n escrevo nada pq escrever textos longos no celular é complicado hsushsh.

      O @hard_frolics tbm me marcou pra fazer esse, mas como já disse pra ele desde o começo do ano planejo fazer um top 10 não do dos melhores como tbm dos piores hsushsh (esse vou me divertir fazendo), 5 jogos acho muito pouco e se fizesse esse ia dar spoiler pra essa minha lista hsushsh, quem sabe eu já comece a escrever ela a partir de hj, já que acho difícil de algo mudar nela hsushsh

      1 resposta
    • Micro picture
      hard_frolics · 2 meses atrás · 2 pontos

      Quero ver se ainda da tempo de zerar 'Odallus' esse ano, mas se pah nem vai rolar... e olhe que sou amigo do Danilo hsuahsuahsa

      2 respostas
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 meses atrás · 2 pontos

      Eu não acho JRPGs cansativos, afinal... Só jogo eles, praticamente, hauhauha

      Tales of Phantasia é legal, um dia pegue a versão PS1 pra jogar, que tem bem mais coisa(como melhorias no Chester e a melhor personagem pra se jogar no game: Suzu), apesar de ser mais fácil, o que pode ser bom pra ti, já que vai te exigir menos tempo, hehe

      Quanto ao desafio, valeu pro lembrar de mim. Eu já comecei a fazer ele a uns dias: http://alvanista.com/manoelnsn/posts/3691464-os-5-melhores-games-de-2018-por-eu-mesmo-5

      Comecei porque vou fazer ele em etapas, haja preguiça, hauahuaha

      3 respostas
  • hard_frolics David Waters
    2018-12-17 14:44:44 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Ombre e James estilo GBC tr00

    Agora por recomendação a fins de teste do @thecriticgames, eu fiz os personagens com apenas 3 cores + transparência totalmente fiel ao GBC, sem somar duas sprites pra obter mais cores:

    Espero que gostem desses ultimos conceitos, pois creio que a partir de agora meu rendimento vai cair e muito, assim como eu parei de fazer musica eletronica em 2013 quando entrei em depressão... obrigado a todos que acompanharam meus conceitos e ideias até aqui...

    28
    • Micro picture
      gradash · 2 meses atrás · 4 pontos

      Não reduz não, manda bala e continua que tá ficando maneiro.

    • Micro picture
      thecriticgames · 2 meses atrás · 2 pontos

      Acho que ficaram melhores do que o sprite com a paleta mais variada.

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...