2015-06-17 16:59:00 -0300 2015-06-17 16:59:00 -0300

Indie vs AAA

Boa Tarde Pessoas Batutas !

Um gênero que vem crescendo muito na indústria de games nos últimos anos é o de jogos independentes. Graças aos meios de distribuição online de jogos digitais, cada vez mais desenvolvedores estão tendo a chance de criar seu próprio jogo sem precisar da ajuda financeira de empresas maiores.

Por terem um custo de produção bem mais baixo do que o de um AAA, os jogos Indies geralmente têm a liberdade de arriscar mais, seja no gameplay, no enredo ou até mesmo na arte. Por isso, os jogos Indies têm conquistado o coração de cada vez mais pessoas, (inclusive o deste que vos escreve <3) e tomado uma boa parcela do mercado, forçando grandes empresas como a Microsoft, a Sony e a Nintendo, a investir nesse tipo de jogo para seus consoles.

Porém, por não ter todo o apoio financeiro de um AAA, um jogo independente dificilmente terá gráficos ultra realistas  ou o nível de produção e complexidade de um Triple A.

Outro fator que pesa é que dificilmente você terá a cópia física de um jogo independente, que são na grande maioria, lançados digitalmente. Como muita gente gosta de ter o jogo na caixa, acabam optando por um AAA na hora de comprar.

E você leitor, o que acha de toda essa história ? Assim como eu, é apaixonado por indie games ? Ou prefere jogos mais complexos e com gráficos ultra realistas ?

Deixe sua opinião nos comentários !

@doctorlarry

PS : Quando me refiro a "Indie" no texto, estou me referindo ao estilo de jogo mais arriscado e geralmente mais simples, apostando na criatividade e inovação, e não ao processo de desenvolvimento em que necessariamente deve ser "independente".

Super Meat Boy

Platform: PC
3719 Players
154 Check-ins

45
  • Micro picture
    montanaro · over 4 years ago · 6 pontos

    Só não chamaria de "gênero" para não confundir uma coisa com outra. Ser Indie ou ser AAA é muito mais uma questão de lógica de produção do que algo de linguagem. Claro que uma coisa influencia na outra, mas... bom, vcs me entenderam, né?

    Acho que o mercado está, cada vez mais, migrando para o digital. Os jogos lançados exclusivamente nesse sistema só estão sendo coerentes com a sua lógica de baixo custo. Afinal, não é possível cobrar o mesmo preço de uma cópia impressa de uma AAA e se cobrar o valor proporcional, a mídia não se paga. Mas não acho isso ruim. Tendência de mercado é isso mesmo e acho que ambos os sistemas de produção - e todas as variantes entre eles, como jogos menores, mas produzidos por grandes companhias, a exemplo de Child of Light - podem coexistir em sintonia, sem competir, mas se complementando.

    3 replies
  • Micro picture
    juninhonash · over 4 years ago · 3 pontos

    Aliás, ótimo texto.

    1 reply
  • Micro picture
    matheusps92 · over 4 years ago · 3 pontos

    Tem muito jogo indie que eu adoro, e acho que alguns deles batem de frente com muito AAA. O problema, pelo menos pra mim, é que eu não consigo mergulhar no mundo da maioria desses jogos. A maioria deles não me dá a sensação de que existe um mundo pra ser explorado, mas sim de que é apenas um jogo divertido pra matar tempo. Como eles não suprem as minhas necessidades eu intercalo eles com algum jogo "maior" pra compensar isso. E outra coisa, também acho que esses jogos do tipo plataforma/puzzle com gráfico 16 bits já estão saturando o mercado, convenhamos que muitas desenvolvedoras indies não estão mais inovando como antigamente.

    2 replies
  • Micro picture
    laumiramos · over 4 years ago · 3 pontos

    Pow ww oOooo Powww oooo Poww, sou "meio" suspeito para comentar nesse post, claro, estou falando dos Indies, por que simplesmente os amos.

    Mas acho que sempre os AAA vão ficar em evidencia BEM mais que os indies, que para serem reconhecidos precisam de um tempo, princialmente se não for um sequencia que já tenha feito sucesso.

    Mas graças a Deus que grandes empresas como microsoft, valve, ubi (tem outras tbm) Viram os indies com outros olhos e resolveram investir.

    Gosto muito dos indies por eles terem mais liberdade de seus criadores e que muitas vezes chega a ser até uma "autobiografia" e com isso fazem coisas que realmente nos tocam até por que parecem que já passamos por algo assim, não que os jogos AAA não transitam isso, mas, o grande prazer que é pegar um game que você nem nunca ouviu falar, mas, curtia sua arte, designer, historia ou o que seja, está jogando lá de boa, e aquele joguinho que você não esperava nada, tem surpreende absurdamente, é uma sensação incrível fora a experiencia.

    Tem jogos mais complexos, mas, que são muito interessante e gostosos de se jogar como por exemplo Braid, jogos com uma atmosfera belíssima e misteriosa como Limbo, uma aventuras que realmente te cativa como A Story About My Uncle, ou a freneticidade de NOT A HERO ou o drama cheio de assuntos polinêmicos que foi passado para o game PAPO & Yo de uma forma maravilhosa e inúmeros outros.
    Tudo bem que um jogo AAA você pode levar horas para finalizar o que muita gente curte isso é lhe dá prazer, muita gente reclama (Esse jogo é muito curto) dos jogos indies, mas, isso é normal geralmente jogos indies são curtos os motivos acho que todos já sabem (até por que pra que falar algo que você nem ao menos teve o minimo de curiosidade para pesquisar).

    Mas jogos AAA e INDIES estão ai aos montes para serem jogados, sentidos e lhes proporcionar experiencias, isso que importa, ^^

    É sempre bom dar chance as coisas, mesmo que você não goste, as vezes podem lhe surpreender, não custa nada tentar ^^

    Está jogando aquele AAA que você sempre quis e não quer gastar muito agora comprando outro, com o pouquinho que você tem, pesquisa um pouco atrás de indie que lhe chame atenção e compra, até por que geralmente é baratinho e divirta-se ^^

    INDIES2

    4 replies
  • Micro picture
    juninhonash · over 4 years ago · 4 pontos

    Bom, nem todo game indie é necessariamente simples, exceto graficamente. Porque o que não falta é AAA com "puzzles" ridículos como Uncharted ou Resident Evil (não necessariamente sendo ruins). Mas eu acho que indies são sim, um passo à frente. O mercado se mostra cada vez mais "marrom e cinza" e cada vez mais repetitivo e os indies vem refrescando nossas mentes com ideias novas como Chroma Squad que é um RPG tático de Super Sentai, Shovel Knight que é um jogo de plataforma desafiador e super divertido e o mesmo vale pra outros como Freedom Planet.

    Eu dou ultimamente muito mais moral pra indies do que pra AAA pela diversão, apesar de ter um PC foda, em plena Summer Sale comprei 30 jogos e uns 20 eram indie porque simplesmente divertem muito mais, eles não perdem o foco do videogame ser algo a te acrescentar diversão e não toneladas de QTE que te iludem jogar um filme.

    2 replies
  • Micro picture
    doctorlarry · over 4 years ago · 2 pontos

    Eu sou apaixonado por jogos indies hahaha
    Pela inovação, pela criatividade, pela ousadia, pela diversão... Qualidades que são difíceis de se achar num Triple A hoje em dia. Mas o principal motivo de eu consumir mais indies do que AAAs é a "facilidade"; tanto o tamanho quanto o preço são sempre menores, assim posso comprar e fazer o download de vários :D
    Mas não posso negar que a experiência de jogar um Triple A é sempre mais envolvente...

  • Micro picture
    _gustavo · over 4 years ago · 2 pontos

    Eu gosto de muios indies, inclusive nessa sale comprei e aproveitei muito mais deles do que dos AAAs até agora, eu só acho que alguns produtores de indie extrapolam em formulas que ja estão extremamente saturadas, como jogos de sobrevivencia, ou do estilo minecraft (tanto em graficos como em estilo de jogo ) mas tem games indie com ideias muito boas e bem exceutadas, como Rogue Legacy, OlliOlli, Hotline Miami, outro jogo muito legal que eu comprei nessa sale da steam foi mercenary kings

    1 reply
  • Micro picture
    zybes · over 4 years ago · 2 pontos

    Tenho a impressão que comprei mais indies que AAA nessa summersale da steam.

    Os indies tiraram os gráficos pixelados do limbo e eu sou grato por isso pq adoro jogos pixelados!

    3 replies
  • Micro picture
    mrsancini · over 4 years ago · 2 pontos

    Se o jogo é bom, o jogo é bom, não importando se é indie ou AAA

    1 reply
  • Micro picture
    pizzaduds · over 4 years ago · 2 pontos

    Sem contar que nos jogos indies, os desenvolvedores costumam serem bem mais gente boa. (Estou olhando para vocês, Jonatan Söderström e Dennis Wedin)

    1 reply
  • Micro picture
    avmunico · over 4 years ago · 2 pontos

    Eu curto um bom jogo, independe da sua classificação, mas... na maioria curto mais grandes produções, uma hora ou outra sai um indie legal. Mas não concordo que é isso tudo como estão vendendo por ai...

  • Micro picture
    talk_to_the_hand · over 4 years ago · 1 ponto

    Me desculpe se alguém havia me pedido pra ser marcado, mas só consegui me lembrar do @laumiramos HAUAHHAUAH
    Se mais alguém quer ser marcado nos posts é só pedir nesse comentário que eu vou anotar :D

    1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...