• vinix Vinix
    2016-12-03 17:15:30 -0200 Thumb picture

    Eu to emocionado!!!

    Encheram tanto o saco da Capcom e Smash deve ter dado um tapa tão forte na cara da Capcom, que não só resolveram por o X no novo Marvel vs. Capcom como foi foco no trailer junto do Ryu.

    Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes

    Platform: Playstation
    7434 Players
    14 Check-ins

    3
  • anduzerandu Anderson Alves
    2016-11-19 20:22:26 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Mega Man Xtreme

    Zerado dia 18/11/16

    Saudades do Mega Man e ao mesmo tempo cansado de tanto jogo do robô azul, mas Xtreme de GBC foi a escolha quando eu não sabia o que começar, até porquê eu estava impossibilitado de continuar os outros que já venho jogando desde o post anterior a esse.

    MM Xtreme é um jogo muito legal e que segue uma ideia que alguns outros títulos do portátil já faziam: uma versão alternativa de jogos populares, como foi o caso de Donkey Kong Land. Não chega a ser um port, mas Xtreme carrega muitos elementos, incluindo as próprias fases, originais de Mega Man X e X2, enquanto adiciona ou faz certas mudanças.

    Algumas dessas mudanças incluem cenários mais curtos e chefes com fraquezas diferentes, como o Storm Eagle sendo fraco aos ataques do Spark Mandrill. Além do mais, o jogo só dispõe 4 estágios antes do clássico castelo do Sigma e um deles nem é do primeiro MMX.

    Os controles são bem funcionais (apesar de ter que usar "dois pra frente" pra usar o dash), e itens como os corações e partes da armadura estão basicamente no mesmo lugar do SNES, o que facilitou bastante a rápida aventura que não durou nem perto de 2 horas, mesmo com bastante morte.

    Senti que essa versão é mais difícil também, com inimigos que tomam pouco dano e causam muito. Alguns chefes continuam agindo mesmo tomando dano de armaduras a que são fracos e alguns ficam piscando um tempão, fazendo com que você tenha que esperar e esquivar de golpes até poder acertar o próximo ataque.

    O jogo é curto na primeira jogada, mas após o zeramento é desbloqueado um "modo hard", com 4 novas fases e seus chefes. Bem bizarro isso. Ao fechar esse modo, um modo "Xtreme" é aberto com todas as oito fases, mas não cheguei a jogá-lo.

    O enredo explica o porquê de estarmos revisitando essas áreas e destruindo inimigos do passado. Além disso, novos personagens foram adicionados, só pra incrementar a coisa e que dão as caras em cutscenes bem dramáticas. Alguns inimigos chegam a aparecer em partes de estágios para uma luta, sempre com diálogo e o que é bem legal.

    As limitações e misturas com o X2 tanto facilitam quanto dificultam a aventura (mas no geral facilitam mesmo). Inimigos como aquela aranha robótica do Sigma estão de volta, mas em compensação, aquele rosto do finalzão do MMX que tínhamos que ficar grudando nas paredes e atirando nos olhos e nariz não foi incluído, sendo substituído por outra coisa. O chefe final fixou ridiculamente fácil.

    Não fui atrás do hadouken e shoryuken, mas acredito que o jogo ficaria moleza demais.

    Uma coisa bem chata é ter que apertar start para abrir o menu sempre que queremos trocar de armadura, mas bem, limitações do GBC.

    Resumindo: mais uma vez essas versões de GBC me surpreendendo. Um jogo que praticamente caiu no esquecimento mas que é bem injustiçado. Na minha opinião, Mega Man Xtreme é muito superior ao Maverick Hunter do PSP. Um jogo bem dinâmico e que funciona muito bem. É quase o que chamam de "demake" do X e vale muito a pena.

    De bom: gráficos e animações muito bons, ainda mais nas cenas (lembra daquelas cenas com imagens de Oracle of Ages/Seasons? Pois é). Jogo muito bem fluído e feito da melhor maneira possível pro GBC, e que deu até vontade de comprar pro meu Game Boy Color. Controles responsivos. Mega Man como era e como deve ser.

    De ruim: limitações do próprio portátil, que mal dá pra julgar, como ter que parar o jogo pra trocar de armadura (algo que nunca fazia no SNES). Algumas mudanças, como alguns inimigos me pareceram um pouco estranhas, provavelmente por estar acostumado a versão original. A abertura do jogo é super devagar, sendo contada de tipo, quatro em quatro palavras.

    No geral o joguinho é muito bom, quase um mix de MMX com os Mega Man originais de NES (visualmente). Cheio de segredos e replay e melhor do que alguns outros jogos até mais modernos do Blue Bomber. Indispensável para fãs da série e simpatizantes de pixels, seja no GBC ou no 3DS.

    Mega Man Xtreme

    Platform: Gameboy Color
    426 Players
    18 Check-ins

    12
    • Micro picture
      santz · almost 3 years ago · 2 pontos

      Mano, também bateu aquela saudade de jogar com o robozinho azul, eis que descubro o Mega Man X Hard Type e fiquei maravilhado, um jogo muito bem feito, com todas as fases remodeladas para ficar mais difícil.

      1 reply
  • 2016-07-01 16:54:27 -0300 Thumb picture

    Pokémon X | Y, Pokémon Omega Ruby | Alpha Sapphire

    ...Shaymin está sendo distribuído.

    Ele vem através do Mistery Gift, pela opção da Internet. A distribuição vai até dia 24 de julho.

    @u3marcos

    Pokemon X

    Platform: Nintendo 3DS
    3519 Players
    675 Check-ins

    10
    • Micro picture
      xbinho · about 3 years ago · 3 pontos

  • 2016-06-27 19:32:49 -0300 Thumb picture

    MEGAMAN X - História

    Medium 3344539 featured image

    "O Jornal do Dr. Cain"

    No diário pessoal do Doutor Cain observaremos os fatos relevantes que levaram ao incidente de Megaman X!

    De acordo com o Jornal, Dr. Cain (Arqueólogo), estudando sobre registros de fósseis antigos relacionados com plantas mesozóicas, descobriu acidentalmente uma instalação robótica que havia sido operada muito antigamente por um designer de Robôs chamado Dr. Thomas Light.

    Vasculhando essas ruinas encontrou uma grande cápsula que na mesma continha um robô altamente avançado, até então desconhecido por todos, nessa cápsula havia o seguinte recado:

    ATENÇÃO:

    "X" é o primeiro de uma nova geração de robôs que contêm um recurso inovador, a capacidade de pensar, sentir e tomar suas próprias decisões. Portanto essa capacidade pode ser muito perigosa se X quebrasse a primeira regra da robótica "UM ROBÔ NUNCA DEVE PREJUDICAR UM SER HUMANO, se isso acontecesse os resultados seriam desastrosos e temo que nenhuma força na terra poderá pará-lo. Aproximadamente 30 anos eram necessários para confiarmos a sua segurança e infelizmente eu não viverei para ver isso e não tenho ninguém para levar meu trabalho adiante. Devido à isso, decidi selá-lo nessa cápsula que ficará testando a sua confiabilidade durante todo esse tempo, por favor, não abra essa cápsula antes que esse teste seja concluído.

    "X" possui grandes riscos, mas também grandes possibilidades, e eu só posso esperar o melhor.

    18 DE SETEMBRO DE 20XX

    T. LIGHT

    Dr. Cain, fascinado pela inteligência de Dr. Thomas Light, após conclusão do teste decidiu abrir a cápsula e totalmente interessado na tecnologia começou a replicar robôs semelhantes ao projeto X, chamados "Reploids" com a intenção de ajudar as pessoas, logo a tecnologia se expandiu e a reprodução desse robôs chamados reploids foram em massa no mundo todo.

    Por motivos desconhecidos alguns desses reploids começaram a quebrar a regra de não machucar os humanos, denominados estes de "Mavericks", e logo foi criado um esquadrão denominado "Caçadores de Maverick (Maverick Hunters)", para acabar com qualquer ameaça relacionada até então a este defeito dos reploids.

    Sigma um reploid avançado foi designado a liderança dos Maverick Hunters, fazendo assim com que a paz seja reinada durante muito tempo.

    Um dia, Sigma com suas próprias ambições de aniquilar a raça humana se juntou ao outros reploids membros dos Maverick Hunters, para se tornarem Mavericks, ou seja, queriam tramar a guerra contra a humanidade.

    X, por natureza, era um pacifista e não poderia ficar observando de braços cruzados, e então sob liderança do mais novo líder dos Maverick Hunters, Zero, resolveram acabar de vez com as ambições de Sigma e dos outros Reploids traidores.

    Mega Man X

    Platform: SNES
    10569 Players
    203 Check-ins

    10
  • 2016-05-25 21:37:43 -0300 Thumb picture
  • 2016-04-22 18:09:29 -0300 Thumb picture

    TEKKEN X STREET FIGHTER

    ...HARADA ADMITE QUE JOGO ESTÁ COM SEU DESENVOLVIMENTO PARALISADO

    Tekken x Street Fighter não está mais com o seu desenvolvimento em andamento, admitiu o diretor da série Tekken, Katsuhiro Harada, ao site GameSpot.

    "Quando desenvolvemos jogos de luta, tentamos manter a comunidade em mente, assim como o público em geral que quer experimentar esses jogos", explica Harada. "Mas no momento em relação aos jogos de luta, você tem Street Fighter V que acabou de er lançado - um monte de gente o está jogando - e há um grande público esperando por Tekken 7".

    "Não queremos dividir essas comunidades, então um bom momento para lançar Tekken x Street Fighter é algo que se tornou difícil recentemente. Então está paralisado no momento", esclareceu Harada.

    Tekken x Street Fighter foi anunciado junto com Street Fighter x Tekken em 2012. Harada disse que não tivemos novidades do jogo por "diversas razões". Uma delas foi o lançamento do próprio jogo da Capcom, que inclusive quando saiu não foi exatamente o que ele esperavam.

    Harada comentou novamente que o desenvolvimento de Tekken x Street Fighter aconteceu. Os personagens estavam decididos há muito tempo, e os modelos poligonais, movimentos e sistemas também estão prontos. Resta agora saber se algum dia esse projeto será retirado da gaveta ou permanecerá lá para sempre.

    ===========================

    FONTE: GAMESPOT | PSXBRASIL

    ===========================

    4
  • pauloe Paulo Emilio
    2016-04-05 12:02:56 -0300 Thumb picture
    14
    • Micro picture
      bartd3 · over 3 years ago · 2 pontos

      ai confundi qualquer pessoa kkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      santz · over 3 years ago · 1 ponto

      Eu já adotei o esquema do PlayStation como padrão. Mesmo que esteja A, 2, B, será sempre O

  • jefferson_loki Jefferson
    2016-02-28 01:12:53 -0300 Thumb picture
  • anduzerandu Anderson Alves
    2016-02-08 13:41:52 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações - F-Zero X

    Zerado dia 07/02/16

    Depois de tanto Smash Bros. U na sexta e sábado com os amigos, domingo foi o dia de mudarmos um pouco as coisas e felizmente alguém surgiu com a ideia de curtir um F-Zero X, de N64.

    Para a minha surpresa, a experiência foi super viciante e durou por horas e horas!

    Bom, não tem segredo, F-Zero é a série de corrida da Nintendo original do SNES que deu as caras ainda no GBA, Gamecube e claro, no Nintendo 64 (Arcade também), e ainda inspirou outros, como os FAST (da Shin'en) e Wipeouts.

    Um dos diferenciais da série são: corridas em altíssima velocidade (por volta de 1000km/h), dificuldade alta e a possibilidade de destruir sua nave, seja acumulando dano com as batidas nas paredes, seja usando muito turbo (ele gasta sua barra de energia) ou simplesmente caindo pra fora da pista, o que nem sempre é possível, mas acaba acontecendo conforme as copas avançam e os circuitos ficam ainda mais traidores.

    Felizmente o framerate é super estável, mesmo com a grande quantidade de naves ou no multiplayer, os comandos são muito bem responsivos e as texturas de tudo são bem simples (mas não toscos). Tudo isso contribui muito bem para entender o que está acontecendo, mesmo na primeira jogatina em cada fase.

    Uma coisa bem legal também é que são muitos personagens (com suas naves próprias) a serem escolhidos e desbloqueados. No final, a gama de veículos é bem grande, e cada um com seus próprios atributos. Engraçado que nem sempre escolher uma nave com atributos "A" ajuda. Em circuitos com bastante retas finas, uma nave com menor controle em curvas acaba se mantendo muito bem, enquanto uma com bom controle se joga pra fora com qualquer toque.

    Essas naves são todas bem equilibradas também. Mesmo liberando novas, nenhuma vai humilhar os veículos básicos. Eu mesmo acabei trocando bem pouco assim que achei uma legal.

    Ainda sobre as naves, antes de cada corrida você determina com um ponteiro em uma barra se quer priorizar a velocidade máxima ou a aceleração do seu veículo. Por default o jogo deixa no meio, mas dependendo da pista é bom priorizar um ou outro.

    Resumindo: F-Zero X é um baita jogo! Corridas frenéticas com curvas mortais, túneis e loops loucos! Divertido e viciante e uma ótima pedida pra jogar sozinho ou com mais três amigos sem se preocupar.

    De bom: o jogo é rápido, mas não é tão difícil de jogar ou frustrante como outros do gênero. Com os comandos simples e responsivos, é até possível jogar sem sequer bater nas paredes, principalmente se você for bem familiarizado com o jogo. São várias copas e vários níveis, personagens e fases a serem abertas. Design simples que faz a coisa fluir muito bem, bem charmoso. Não é difícil como o Maximum Velocity de GBA, um trauma pessoal. Uma das últimas fases do jogo é a Rainbow Road do Mario Kart 64! Não esperava essa!

    De ruim: são poucas copas. O replay fica por conta de jogar em níveis mais altos, o que é meio tenso e até cansativo. Quero mais pistas! Dificuldade pode ficar meio tensa pra quem não curte muito jogo de corrida ou não está familiarizado com títulos em altíssima velocidade, principalmente em níveis maiores.

    No geral é um baita jogo, e que mesmo agora ainda tenho muita vontade de jogar novamente. Infelizmente não possui o jogo na época, de verdade! Vale a pena jogar e terminar, nem que seja no menor nível, já que as corridas duram em média 1 minuto e meio! Pena que muita gente só conhece o Capt. Falcon pelo Smash Bros.

    F-Zero X

    Platform: N64
    1421 Players
    13 Check-ins

    3
  • anduzerandu Anderson Alves
    2015-09-24 10:31:46 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações - Megaman: Maverick Hunter X

    Zerado dia 24/09/15

    Depois do Patapon, passei alguns jogos pro PSP e resolvi jogar esse só porquê Megaman X é um dos jogos que mais terminei na minha vida e sendo assim, saberia que ia ser um playthrough bem rápido.

    As diferenças entre MMHX e o original MX são muitas e poucas ao mesmo tempo. A maior diferença é mesmo no quesito gráfico e nos novos modelos 3D.

    Mesmo com algumas diferenças estéticas nas fases e reformulações das mesmas, ainda assim me senti super familiarizado com tudo, incluindo os comandos, ainda super responsivos.

    Ainda é super divertido sair atirando e matando mil robôs no cenário, coletando segredos e derrotando chefes para assim usar seus poderes e derrotar os próximos. Os cenários 3D com bastante noção de profundidade acabou funcionando muito bem, principalmente para o chão e eventuais objetos no fundo.

    Todos os personagens são modulados em 3D também, e isso também deu muito certo, algo que eu acreditei que ficaria tosco. No final das contas, o jogo é bonito (muitas coisas, como robôs maiores, tem gráficos semelhantes a série Megaman Legends). O que eu achei mais feinho ainda foi o cabeçudo do X, mas só quando eu realmente focava a visão nele. Nada de mais.

    Outras adições bem mais ou menos foram os filmes (abertura, início do jogo, zeramento, desbloqueáveis...) e as vozes durante o jogo.  Os filmes, em anime, são bem feitos e em ótima qualidade, isso eu tenho que concordar, mas a dublagem (ao menos pra mim) é horrível! Não nas cinemáticas, mas no jogo em si. Acrescentaram conversas dubladas naquele inglês bem Ben10 adolescente que chega a ser nojento. Além do mais, a cada tiro que você dá com as armas secundárias, X faz questão de gritar o nome daquele poder. "Homing torpedo. Romin torpidoouu. Romin torpidoouu." Um saco!

    Além de tudo isso, as localizações da armadura branca do Dr. Light foram trocadas, embora ainda estejam nas mesmas fases, você não pega as botas na fase do pinguim, e assim por diante. É esquisito porquê mantive a mesma ordem de sempre pra jogar e depois tive que voltar nos estágios (fiquei um tempo jogando sem dash).

    Resumindo: Megaman Maverick Hunter X é muito bom, uma boa evolução do título original do SNES. Quem amava como eu, deve dar uma chance. Esqueça de Megaman X7 e X8.

    As fases foram levemente reformuladas, ainda mais nos estágios do Sigma, onde a primeira parte tinha um bocado de plataformas se movendo para você subir até o topo. Essa parte foi jogada pro fim desse parte, ou até pra outra, sei lá.

    As reações dos chefes também mudaram um pouco em relação ao tomar dano de armas que são fracos. Ficou mais óbvio principalmente contra os que não demonstravam muito, como o polvo e a águia. Em compensação, a reação de alguns, como a toupeira, ficou diabólica! Ao invés de ficar lá tomando golpes até a morte, o cara apela mesmo!

    O último chefe também ganhou um upgrade que não me permite mais usar o meu macetão de ficar na pontinha da mão atirando sem tomar dano. Na verdade, ficou até difícil.

    É um jogo curto como sempre e super interessante, ainda mais pelas novas descobertas e reformulações. E ainda conta desbloqueáveis, tipo jogar com Vile depois de terminar. Bacana pra quem quer mais ou um futuro replay. Muito bom mesmo e vou dar uma chance pro Megaman Powered Up também. Pena que nunca fizeram o mesmo com o 7, de Super Nintendo.

    Mega Man Maverick Hunter X

    Platform: PSP
    1356 Players
    99 Check-ins

    4
    • Micro picture
      hilquias · almost 4 years ago · 2 pontos

      tbm planejo comprar esse na ps store no vita

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...