• jockos Marlon Santos
    2018-11-23 00:10:00 -0200 Thumb picture

    Aproveitando descontinho na Steam

    Medium 599508 3309110367

    não tenho Red Dead Redemption 2, mas vou jogar Wild Guns Reload por menos de $15 conto....  aaoo... aí siimm

    Wild Guns Reloaded

    Platform: PC
    14 Players
    9 Check-ins

    2
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2018-08-09 17:38:12 -0300 Thumb picture
    37
    • Micro picture
      deletado999999 · 11 months ago · 3 pontos

      A física parece que tá mais pra Max Payne do que pra GTA. #tomara

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · 11 months ago · 2 pontos

      Espero bastante de RDR 2, o primeiro é de longe o melhor jogo da Rockstar, o segundo tá me parecendo ótimo :v

      7 replies
    • Micro picture
      luandewitt · 11 months ago · 2 pontos

      Eles mexeram bastante na RAGE, parece que agora completaram todas as lacunas que a engine tinha com relação a física, combate e tudo mais.

      1 reply
  • 2014-08-20 14:18:56 -0300 Thumb picture

    Hard West

    Conceito: RPG tático em turno com elementos de exploração e aventura, com temática de velho oeste bizarro.

    Data de Lançamento: Agosto, 2015.

    Link: http://kck.st/1okkVv2

    15
    • Micro picture
      silviolcf · almost 5 years ago · 0 pontos

      Esse vai ser foda!

    • Micro picture
      fredacp · almost 5 years ago · 0 pontos

      Esse, realmente parece ser muito foda, vou ajudar!!

      Valeu por republicar @tah, senão não ia ver. ;D

    • Micro picture
      tah · almost 5 years ago · 0 pontos

      <3

  • brunnom Brunno Nost
    2014-06-20 18:43:20 -0300 Thumb picture

    De volta às origens do bangue bangue

    Salve salve pessoal!! Fiz a review de um jogo que poucos conhecem, mas foi um dos primeiros ambientados no Velho Oeste. Que Red Dead Redemption que nada, hj no canal é Highnoon!

    Se gostar do vídeo, se inscreve lá =)

    1
  • bakujirou Rafael P. Alexander
    2014-05-15 00:10:45 -0300 Thumb picture
    bakujirou checked-in to:
    Post by bakujirou: <p>Terra árida e duras batalhas contra os monstros<
    Dillon's Rolling Western: The Last Ranger

    Platform: Nintendo 3DS
    57 Players
    22 Check-ins

    Terra árida e duras batalhas contra os monstros

    Holas, buenas noches. Desta vez, resolvi postar acerca de Dillon's Rolling Western The Last Ranger, já que aproveitei para jogar bastante nele nestas últimas semanas.

    Eu já conhecia algumas das novidades que foram adicionadas neste jogo recente de Dillon's, apresentadas no main stage 1, mas não conhecia mais nada além do que estava apresentado neste stage. Depois de algumas sessões de jogo, comecei a entender o que o The Last Ranger era tão querido, entre o nicho de jogadores que eu conheci.

    A jogabilidade dele fica mais fluida e, aparentemente, a mobilidade no terreno pareceu parcialmente mais veloz, comparando com a forma em que controlava o Dillon no primeiro título. O que me lembra de mencionar é a nova opção de controle alternativo, onde você alterna o controle de um destro para um canhoto, coisa que não era visto no primeiro jogo. Também preciso mencionar que a nova aventura, trouxe novos tipos de inimigos, recurso de streetpass no jogo (que lhe mostra o seu card pessoal com dados do progresso de seu game e outras infos adicionais), novas habilidades (dentro e fora da batalha), um punhado de itens novos para coletar. O gameplay durante as seções ficou bem diferente. Por exemplo, se você tinha obrigação de encontrar todos os Dens no mapa enquanto faz a rotineira patrulha antes dos ataques dentro do primeiro jogo da franquia, agora, no The Last Ranger, você tem a chance de fazer uma ronda noturna pós-batalhas, permitindo-lhe que possa explorar todo o mapa do stage sem preocupações com o limite de tempo ou apenas para que você possa realizar um reconhecimento no terreno, evitando perder muito tempo para poder visitar os principais pontos do mapa. Além disso, as entradas para as Minas que foram disponibilizadas no game, possibilita uma versão mais curta de jogo, uma forma mais descontraída para aliviar o stress entre as stages mais importantes que precisa completar para avançar no jogo.

    No quesito do áudio do jogo, não tenho o que reclamar. Comparando com o primeiro jogo, este apresenta uma melhor diversidade de músicas e, do começo ao fim, jogo sempre com o som ligado para poder apreciar as soundtracks. O quesito gráfico não pecou, existe uma diversidade maior de tipos de cenários reproduzidos de um típico cenário Western, foram adicionadas muito mais scenes computadorizadas que dão mais vida ao conteúdo da trama do jogo (e junto com eles, trouxe as duels- minigames únicos e rápidos - , que podem ser destravados realizando determinadas ações). Não meramente digo que eu consigo avaliar ou prestar atenção a trabalhos em design, mas neste game, realmente parei alguns momentos apenas observando o cénario enquanto jogava, para poder admirar como foi realizado o trabalho do design no jogo.

    Enfim, a dificuldade foi bem regrada neste jogo, achei simplesmente cativante. Quando você repete uma ou duas vezes o mesmo stage, você percebe como funciona o padrão dos ataques na vila e começa a pensar numa forma mais eficiente para trabalhar equilibrando as towers que estão presentes, um npc que pode ou não ser recrutado para ajudá-lo e o uso do próprio Dillon para acabar com a raça dos grocks que surgem no mapa. Este é um dos principais motivos que me leva a gostar deste game, além de outros fatores.

    . (esta particularmente foi a parte mais relevante, quando eu seleciono jogos para a compra ou para fazer um gameplay.)

    Ah sim, esqueci de mencionar. Nesta semana consegui chegar no final do jogo, depois de completar o último Main Stage. Só falta completar a browser/catálago de itens presentes no game e o acesso ao stage especial que foi liberado. Mas, acho que isso eu deixarei para completar outro dia. Tenho vários outros games na minha lista de espera para serem finalizados. >P

    1
  • bakujirou Rafael P. Alexander
    2014-04-23 22:40:47 -0300 Thumb picture

    A voz do vento e o calor do deserto

    Holas, buenas noches. Como estou retomando as postagens sobre jogos, vou falar um pouco mais dele, partindo de como eu tomei conhecimento dele...

    Dillon's Rolling Western é um game lançado para o 3DS, apenas em sua forma digital (em outras palavras, only Nintendo 3DS eShop), em 22/02/2012. Naquela época, sequer sabia como usar o recurso eShop de meu console, então apenas navegava naquele eShop e favoritava alguns games de interesse e este foi um deles.

    Desde então, se passou mais de um ano, desde que o jogo lançou... E eu fiquei entretido jogando Pokemon Black2, Paper Mario Sticker Star e o Sonic Generations (3DS). Dias depois, navegando na lista de favoritos no eShop (e com sorte, com créditos sobrando) encontro o Dillon's favoritado ao lado de vários outros títulos. Eu sempre quis saber como seria um game de western que tem um tatu estampado nele, dei uma chance e depois de ver videos, comprei e comecei a jogá-lo.

    A minha descrição para o jogo, a primeira vista era viciante, fácil para  controlar e revela um personagem que fala pouco e transforma suas ações em palavras. O jogo mescla elementos de Defense Tower (traduz-se como Plants VS Zombies, um jogo bem famoso deste genero) e Action (o mais próximo que encontro como exemplo é the Legend of Zelda ou Secret of Mana, onde voce deve enfrentar os inimigos no meio do mapa) deixando-o bem interessante. 

    A trilha sonora do jogo também me agrada muito, por mais que seja bem limitada, sempre traz uma boa ambientação no clima western (uma destas tracks do jogo é exaustivamente repetitiva, mas não me incomoda muito, por sinal, deve ser porque todo deserto é bem quieto e com pouca variedade de sons mesmo, hmmm...).

    A parte gráfica nunca foi muito o meu forte para fazer análises ou comparativos. Os personagens (maior parte dos NPCs) são retratados em caricaturas 2D todos de animais distintos e caricatos, como exemplo, um crocodilo medroso,  uma alpaca inteligente e devoradora de livros, entre vários outros. O cenário onde a ação toda se desenrola é feita em melhor estilo de desenho 3D, retrata bastante os famosos canyons estadunidenses, a árida forma das planicies, a areia voando pelo ar, os pequenos riachos e leitos de água.

    A resposta dos controles, como já foi mencionado, é bem intuitivo, basta apenas memorizar o que os ícones da tela fazem e o que precisa fazer para Dillon realizar um movimento específico, o ponto fraco que lembro onde ele foi um pouco criticado foi a falta de opção para jogadores canhotos (inverter a mão destra dominante para jogar com os buttons A, B, X, Y como direcionais no lugar do Circle Pad). Ainda falando na parte de jogabilidade, não posso deixar de comentar sobre a presença das Torres de observação e as Torres com armamento características destes jogos do genero defense tower são importantes, mas elas nada servirão se voce apenas ficar passeando pelo mapa sem fazer nada. A CPI do jogo testa a sua forma de raciocínio e de pensamento estratégico para saber exatamente onde e quando precisa deslocar Dillon pelo mapa e começar a exterminar os inimigos, não se surpreenda que, mesmo achando o game fácil, ele não o surpreenda, eu mesmo sendo experiente em jogos, tive que refazer algumas vezes a mesma Stage por conta do número grande de inimigos que surgem na tela.

    Mesmo se tratando de um jogo de curta duração (totaliza 10 Stages e em cada stage se divide em 3 seções de ataques dos inimigos), o jogo traz um sistema de recompensa por finalizar um stage em menor tempo e completando todas as Quests (sidequests) dos NPCs; sem contar nos segredos escondidos nos cenários, os Heart Pieces e um catálogo de todos os itens presentes no jogo, incentivando o jogador a repetir as seções de gameplay para conseguir completar o game como um todo (o máximo possivel de pontuação e obter todos os itens disponiveis no game).

    Muitos poucos games me prenderam tanto a atenção quanto este. Somente Okami (PS2), a franquia PMD (Pokémon Mystery Dungeon, GBA-NDS-3DS), Ar Tonelico (PS2), Paper Mario (N64 principalmente) e tLoZ (the Legend of Zelda: vários consoles, excepto pelos jogos de GC, NDS, Wii).

    Dillon's Rolling Western teve uma continuação, entitulado de The Last Ranger, lançado em 11/04/14. Este jogo mais recente traz vários recursos novos, mas ainda não tenho como fazer uma análise dele no momento, ainda não conheci muito o que ele pode trazer, por falta de tempo e disposição para jogá-lo.

    Dillon's Rolling Western

    Platform: Nintendo 3DS
    192 Players
    21 Check-ins

    1
  • montanaro Paulo Roberto Montanaro
    2014-01-16 14:57:37 -0200 Thumb picture

    [Mais ou menos OFF] - Quadrinhos interativos em HTML5

    Pra quem curte quadrinhos, interatividade, Western ou quem está curioso, olha que bacana essa HQ interativa feita em HTML5:

    http://www.nevermindthebullets.com/?fbid=Q_C3WUrySsW

    23
    • Micro picture
      jonatasbermudes · over 5 years ago · 0 pontos

      Nossa, cara. Que demais! O mundo precisa ver isso! :D

    • Micro picture
      raiden · over 5 years ago · 0 pontos

      Que show! Curti o carregando! kkkkk

    • Micro picture
      raiden · over 5 years ago · 0 pontos

      Cara! Como eu amo quadrinhos! E isso aqui tá demais!

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...