• 2019-07-16 14:55:21 -0300 Thumb picture

    Tales of Crestoria Trailer

    Jogadores mais, digamos, calejados, de RPG tendem a evitar jogos mobile, mas esse trailer do novo Tales of pra Android/IOS foi bem legal:

    Pensando em dar uma chance pro joguinho só pela genialidade do trailer, huahauhauha

    Esses skits de tales of são muito legais, tomara que o próximo Tales of Monster Hunter, digo, Tales of God eater, digo, Tales of Arise tenha pelo menos isso, né...

    by @manoelnsn

    Tales of Berseria

    Platform: PC
    104 Players
    51 Check-ins

    7
    • Micro picture
      slashgoodboy · 7 days ago · 2 pontos

      pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor pra switch por favor

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 6 days ago · 2 pontos

      Tales of Android, meh.

      2 replies
    • Micro picture
      docrow · 5 days ago · 2 pontos

      Então agora os jrpgs tão zoando os wrpgs por terem protagonistas marombentos huahua?

      1 reply
  • bbl Bruno Lima
    2019-06-23 19:51:40 -0300 Thumb picture

    Mas a vida... A Vida é uma caixinha de surpresas...

    Bom, eu tinha decidido dividir meu tempo entre 1 RPG e 1 jogo menor, como sempre comecei quebrando meus limites e pegando dois RPGS...

    Eu estava jogando Tales of Hearts R no meu Vita, e Tales Of Phantasia X no meu PSP...

    Meu vita aparenta estar com problemas, jogos do meio do nada travam e retornam ao menu. E meu PSP começou a desligar (e as vezes ligar) sozinho...

    Infelizmente to começando a achar que a solução vai ser comprar outros... Mas no momento não rola pois comprei um Switch xD...

    Ainda bem que o Switch deve chegar amanhã, e eu tenho RPG pra ele também :p

    4
    • Micro picture
      fernandovst · 29 days ago · 1 ponto

      Nunca consigo jogar dois RPGs juntos uaheuaheua. Mas ei, a versão de PSP do Tales of Phantasia teve tradução pro inglês? Que eu me lembre é só em japonês

      2 replies
    • Micro picture
      xch_choram · 29 days ago · 1 ponto

      Vish ruim em, ao menos vai poder focar no console novo XD.

  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2019-06-15 19:53:16 -0300 Thumb picture

    Alphen e Shionne, os protagonistas de Tales of Arise

    A Bandai Namco começou a revelar detalhes dos personagens e do mundo de seu próximo tales of

    Arise

    Do Planeta Dahna. Alphen é um jovem que veste uma mascara de ferro, ele perdeu a memória e sua capacidade de sentir dor. Encorajado por seu encontro com Shionne ele porta a Sword of Flame nas mãos e parte numa batalha pela libertação do povo de Rena.

    Shionne é do planeta de Rena. Uma garota amaldiçoada que causa intensa a dor a todos que a tocam. Ela une forças com Alphen por um motivo desconhecido e a favor de rebelião contra seu próprio povo.

    Tales of Arise chega em 2020 no PC, PS4 e XBOX One.

    26
    • Micro picture
      volstag · about 1 month ago · 1 ponto

      caramba, tá bonito demais os graficos!

    • Micro picture
      fonsaca · about 1 month ago · 1 ponto

      Visualmente a mudança na série está bem legal, Tales of é muito mais do mesmo desde sempre. Só tomara que no enredo não continue a velha dinâmica dos generais do mal e etcs. Sobre a jogabilidade ficar mais de ação ainda... bem, Tales of sempre puxou pro action. Se for algo diferente e não hack and slash somente, quem sabe...

    • Micro picture
      sannin · about 1 month ago · 1 ponto

      Espero que venha lindo assim mesmo. Imagina jogar isso em 4K 60fps.
      E capricharam na mina. Muito perfeita.

  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2019-06-13 14:46:10 -0300 Thumb picture

    Tales of Arise será um "renascimento" da série.

    A Famitsu conseguiu uma entrevista com Yusuke Tomizawa, produtor de Tales of Arise novo jogo, e renascimento da série da Bandai Namco.

    Segundo Tomizawa, Arise já está em produção desde antes do anuncio do remaster de Vesperia, lançado no final de 2018/começo de 2019.

    Alguns trechos da entrevista seguem abaixo :

    "Enquanto estávamos analisando os principais apelos da série Tales Of, havia muitas partes que precisavam evoluir. Para expandir a marca daqui para frente, e também atrair a atenção de novos jogadores. Dito isto, estamos nos desafiando a criar algo que ouse recuar das convenções tradicionais da série, a fim de atrair mais jogadores." 

    "Provavelmente haverão alguns fãs, que ao assistirem ao trailer sentirão uma sensação de "desconforto", mas temos em mente o apelo principal da série, e os pontos a serem levados em conta, decidimos e planejamos nossos pontos de evolução com base nisso. Vamos explicar os detalhes de cada elemento em algum momento no futuro."

    "Com Tales of Arise, descartamos a engine dedicada que usamos até agora. A fim de obter iluminação e atmosfera ricas, acompanhadas de gráficos únicos, baseamos o jogo na Unreal Engine 4 enquanto desenvolvemos nossos próprios sombreadores completamente originais"

    "O desenvolvimento está sendo tratado inteiramente pela Bandai Namco Studios. Entre as nossos perceiros estão os funcionários de Tales of Berseria, e alguns deles até trabalharam em Tales of Phantasia. Temos pessoal novo e velho que ama a série e está trabalhando no jogo enquanto discute o “sucessão e evolução da tradição”."

    "O planeta em que o protagonista vive é Dahna, o planeta que flutua no céu é Rena. Dahna é um planeta naturalmente rico, mas equivale à Idade Média em nível cultural. Rena, por outro lado, é desenvolvida em ciência e artes mágicas, e invadiu Dahna 300 anos antes dos eventos deste jogo. Com sua esmagadora diferença de poder, Rena derrotou e escravizou o povo de Dahna. Isso continuou por 300 anos, que é onde nossa história começa."

    "O protagonista é de Dahna. Como superar o estado de opressão de seu povo é uma das direções que a história tomará. A armadura e o capacete do protagonista estão equipados devido às suas características físicas. Deve-se notar que ele tem mais do que apenas sua roupa de armadura, e vai mudar para várias outras de acordo com a situação."

    "A heroína é de Rena e é uma mulher confiante e atraente. Com a relação de poder entre Dahna e Rena, ela e o protagonista não são muito bons amigos no começo. Seu relacionamento começa em um ambiente onde as pessoas de Rena discriminam as pessoas de Dahna e, eventualmente, levam a um grande drama."

    "Na batalha, você pode desencadear várias ações de acordo com a situação. Há também elementos que aumentam o nível de habilidade através do uso prolongado."

    "Não posso dizer nada sobre data de lançamento ainda. Embora as coisas estejam completas até certo ponto, ainda há coisas que precisam ser aprimoradas, e há muitas seções, como batalhas e cenas que ainda precisam ser construídas."

    Tales of Arise foi anunciado para PC, PS4, XBOX One em 2020

    27
    • Micro picture
      slashgoodboy · about 1 month ago · 1 ponto

      Não sabia que tinha janela de lançamento.

    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 1 ponto

      "Provavelmente haverão alguns fãs, que ao assistirem ao trailer sentirão uma sensação de "desconforto", mas temos em mente o apelo principal da série, e os pontos a serem levados em conta, decidimos e planejamos nossos pontos de evolução com base nisso. Vamos explicar os detalhes de cada elemento em algum momento no futuro."

      Tá explicado a estranheza que eu senti. Tô começando a pensar uma coisa:
      https://youtu.be/c5ZRjdlLMEM

    • Micro picture
      zefie · about 1 month ago · 1 ponto

      O último que eu joguei foi o Zestiria, que foi uma das maiores experiências de amor e ódio que já passei. Eu adorei a história, a OST, os personagens, o jogo é bonito, as interações são ótimas... Mas a câmera é uma merda completa e o sistema de combate é um desgosto total.

      1 reply
  • palomaref Paloma Cristini
    2019-05-09 08:48:26 -0300 Thumb picture

    Minha Steam ♥

    Mozão me deu de presente o Tales of Symphonia pela Steam, me pegando totalmente de surpresa hahahaha.

    Com isso, minha biblioteca na Steam vai aumentando:

    Meus xodozinhos são lindos né? hahahahaha
    Quais vocês jogaram e quais mais me indicam que tenha somente para PC?

    Tales of Symphonia

    Platform: PC
    81 Players
    34 Check-ins

    12
  • rafaelssn Rafael Nogueira
    2019-02-27 11:49:21 -0300 Thumb picture
    Post by rafaelssn: <p>Por&nbsp;<a href="https://twitter.com/mkuid1x" t

    Medium 619783 3309110367

    Por もく

    Persona 5

    Platform: Playstation 3
    317 Players
    116 Check-ins

    21
    • Micro picture
      kipocalia · 5 months ago · 2 pontos

      Morgana é macho

  • 2018-12-30 07:24:13 -0200 Thumb picture

    Op japonesa de Tales of Vesperia

    Janeiro chegando e com ele a edição definitiva de Vesperia. Eis aqui a abertura da versão para PS3, trazendo a faixa Ring a Bell cantada por Bonnie Pink. 

    [@jvhazuki]

    Tales of Vesperia

    Platform: Playstation 3
    232 Players
    31 Check-ins

    8
  • lordlight Matheus Eduardo Light
    2018-10-24 23:42:09 -0200 Thumb picture
    Post by lordlight: <p>#img#[594124]</p><p>O fim de uma jornada de dual

    O fim de uma jornada de dualidade, sentimentos e sobretudo liberdade...

    Afinal porque os pássaros voam?

    Tales of Berseria

    Platform: PC
    104 Players
    51 Check-ins

    3
    • Micro picture
      rax · 9 months ago · 2 pontos

      Pq eles tem asas pra voar? UAHUSHAUHSUAH (foi mal se não era pra responder mas não consegui haha xDD.)

  • 2018-09-27 00:36:17 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 30 dias (Dia 20)

    Dia 20 do @desafio, bora começar logo que hoje tem muita coisa boa !

    Dia 20 - Gênero Favorito

    Eu definitivamente estava ansioso por esse dia, não só para falar do meu gênero favorito, mas também para recomendar diversos jogos que eu amo. Por isso sem enrolação, irei falar hoje de RPGS, mais especificamente os japoneses.

    Definitivamente, embarcar em qualquer RPG, não importando sua região do globo,  é uma tarefa árdua. Cada jogo desse gênero possui uma grande quantidade de conteúdo para ser explorado, não só relacionado a sua história. Mas o que me faz preferir-lo do que os outros é justamente esse ponto. Jogar um rpg é experienciar uma longa jornada, que quando bem feita, enche os olhos de qualquer jogador.

    Por isso, irei citar nesse textos vários jogos que eu adoro, do gênero, e que eu não pude falar nos outros dias do desafio ou não, por motivos de escolha única.

    Chrono Trigger :

    Com toda certeza, o magnum opus do gênero. Esse projeto é uma obra que já nasceu para dá certo, juntando os artistas mais competentes de sua área, um verdadeiro dream team, para conceber um game que entraria para história. Não só os designs, de Toriyama, são incríveis no jogo, cada elemento técnico é magistralmente feito. Desde o sistema de combate, divertidíssimo, até sua história, que tornou-se, assim como seu tema, atemporal.

    Trails of Cold Steel I e II :

    Um dos meus chamegos, já conhecia a série Sky, mas por falta de oportunidade nunca havia jogado, entretanto, com um PS3, dei uma chance para Cold Steel e descobri uma das séries mais incríveis do jrpgs. O primeiro capítulo, como já dito, pode ser arrastado e cansativo, contudo sua sequência é brilhante. Infelizmente, a apresentação do game não é das melhores, já que a empresa não tem tanta grana, entretanto todos os outros aspectos do jogo é feito com carinho e esforço.

    Persona 5 :

    Escolhi para o texto o quinto game da franquia, mas, se servir de dica, jogue os outros,não o primeiro,o coitado envelheceu bem mal. Persona 5 é uma obra magnífica, o tempo de espera desde o seu predecessor valeu a pena, o game é magnífico com seu design, que expeli estilo, personagens cativantes e um dos melhores sistemas de combates que já tive a oportunidade de jogar. (e Waifus)

    Odin Sphere Leifthrasir :

    Vanillaware é um estúdio pequeníssimo e possui um dos design artísticos mais belos. Cada obra produzida do estúdio é, no mínimo, belíssima, os sprites são feitos com uma técnica de animação que impressiona até com seus títulos antigos. Inicialmente, Odin Sphere saiu para ps2, mas em 2016 a atlus decidiu relançar-lo em um remaster estupendo, o remaster não veio só com um tratamento de texturas. Ele adicionou novas mecânicas, como um sistema de craft e um árvore de habilidades passivas e ativas. Fiquem de olho em 13 sentinels: aegis rim, próximo jogo do estúdio.

    Xenogears :

    Xenogears é um título ambicioso, feito pelo time que hoje compõe o Monolith Soft, o game foca em uma história complicada com muita referência à filosofia, religião e MECHAS. O maior ponto positivo desse jogo é como ele consegue por temas tão profundos e desenvolve-los de forma caprichosa. Para os negativos, diria que fica com o pouco desenvolvimento de alguns personagens do seu grupo e o disco 2, que, por questões financeiras, foi apressado.

    Tales of Vesperia e Berseria :

    Vesperia e Beseria estão em um conflito eterno quando penso em um Tales of favorito. Como um produto, Vesperia é melhor, ele possui mais conteúdo, como missões, side-quests e personagens.

    Berseria pega no meu ponto fraco, uma história bem contada, é fato o quanto de atenção o game mais recente dá para o seu conteúdo narrativo.

    Entretanto, os dois possuem um excelente cast de personagens, sendo Velvet e Yuri ótimos protagonistas, e ótimas skits.

    Breath of Fire III e IV :

    BoF é uma franquia que amo, e que infelizmente está abandonada, capcom precisa reviver essa franquia com um jogo decente rápido (desculpa, fãs de dragon quarter).

    BoF III traz um sistema inovador para as transformações de Ryu, nele o jogador fundi gemas que concede atributos e formas diferentes para o dragão, uma história bem contada e personagens carismáticos.

    BoF IV por outro lado, simplifica o sistema de dragão, mas possui uma narrativa um pouco superior e gráficos suberbos, para a época.

    Kingdom Hearts (série) :

    Quem diria que juntar FF e Disney daria tão certo. Acredito que o grande sucesso da série se deve ao fato de que Nomura e sua equipe entendeu como respeita os momentos Disney e os momentos "jrpgs". Sora é um personagem que podia muito bem participar de uma animação da Disney, contudo está inserido em algo bem maior. Uma dica, joguei KH nem que seja o II, o meu favorito.

    A seguir segue outros jrpgs que merecem ser jogados :

    Ni no kuni, Valkyria Chronicles (os de estratégia), Resonance of Fate, Disgaea, Fire Emblem, Outros Tales of (Abyss, Xillia 1 e 2), Xenoblade Chronicles, The Last Story, Pokemon, Devil Survivor, Radiant Historia, Legend of Legaia, Muramasa : The Demon Blade, Dragon's Crown, Grandia I e II, Final Fantasy IV.

    Textão grande e merecido. Espero ter passado toda minha empolgação por jogar essas obras incríveis durante o meu texto.

    Dias anteriores : Dia 1 , Dia 2, Dia 3,Dia 4, Dia 5, Dia 6, Dia 7, Dia 8,Dia 9,Dia 10,Dia 11,Dia 13,Dia 14,Dia 15,Dia 16,Dia 17,Dia 18,Dia 19

    3
    • Micro picture
      gus_sander · 10 months ago · 2 pontos

      RPGs são, sem dúvidas um dos meus gêneros favoritos de games, juntamente com os indie da vida. Chrono Trigger foi o jogo que mais me marcou na vida kkk, tanto que hoje o considero como o melhor jogo que já joguei! Os outros citados da lista, como o Breath of Fire, já joguei, mas não cheguei a finalizar. O Xenogears e os Tales of da vida, ainda pretendo continuar jogando e ver o que dá hehe. O Xenogears só cheguei perto de jogar mesmo, mas ainda não o fiz de verdade.

  • 2018-09-12 19:41:45 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...