• wildwolf Rafael Trindade
    2018-10-04 10:16:49 -0300 Thumb picture
    17
    • Micro picture
      gus_sander · 5 meses atrás · 1 ponto

      Primeiro a surpresa do Ray Man e agora ele aaaaa <3

    • Micro picture
      jclove · 4 meses atrás · 1 ponto

      Ok, agora vou jogar isso.hehe

    • Micro picture
      xch_choram · 4 meses atrás · 1 ponto

      então é só skin?

      1 resposta
  • rodrigoarkade Rodrigo Pscheidt
    2018-08-29 10:25:50 -0300 Thumb picture

    Shovel Knight bombado!

    Ontem chegou minha cópia para review de Blade Strangers, game de luta 2D da Nicalis que tem como grande atrativo participações especiais de personagens de games indie famosos, como Shovel Knight, Cave Story e The Binding of Isaac.

    Sim, o Isaac está no game, chorão e cabeçudinho como tem de ser:

    Para um fighting game, Blade Strangers é bastante acessível: meia-luas e comandos mais elaborados são quase inúteis, o foco mesmo é nos combos simples e contra-ataques.

    Deixo abaixo uma partidinha minha jogando como Shovel Knight, sujeito que claramente usou esteroides para "ficar monstrão", haha:

    BIIIRL

    Acho que o jogo foi lançado ontem. Logo mais tem review no site. ;)

    Blade Strangers

    Plataforma: Playstation 4
    2 Jogadores

    9
    • Micro picture
      s7ephano · 6 meses atrás · 1 ponto

      Fiquei com dó da Helen tomar aquela pazada na orelha. KKKKKKKKKKK

  • 2018-08-28 21:17:24 -0300 Thumb picture

    Shovel Knight Showdown

    ...Shovel Knight Showdown, jogo de luta multiplayer, é anunciado pela Yacht Club Games.

    A Yacht Club Games anunciou Shovel Knight Showdown, último jogo (parte) previsto para Shovel Knight: Treasure Trove.

    Shovel Knight Showdown estará disponível de forma separada por 9,99 dólares ou como atualização gratuita para Shovel Knight: Treasure Trove no PS4, Xbox One, Switch, PS3, Xbox 360, Wii U, PC, Mac, Linux e Amazon FireTV. Infelizmente, o 3DS e PS Vita ficarão de fora.

    Shovel Knight Showdown permite que até quatro jogadores lutem entre si usando 16 diferentes personagens: Shovel Knight, Shield Knight, Black Knight, The Enchantress e mais. Há batalhas 1×1, assim como cada um por si com os quatro na tela. É possível também montar times e lutar contra a CPU em modos como Gem Clash, Showdown e mais.

    Por fim, haverá um Story Mode para cada personagem. O modo inclui um rival, vários oponentes, “um ou dois” minigames e, finalmente, um chefe final.

    Uma data de lançamento para Shovel Knight Showdown ainda não foi anunciada. Veja um gameplay do jogo logo acima.

    ==================

    PSXBRASIL.COM.BR

    ==================

    Shovel Knight: Plague of Shadows

    Plataforma: Playstation 4
    3 Jogadores
    1 Check-in

    19
    • Micro picture
      tsutomu · 6 meses atrás · 2 pontos

      achei o shovel knight minusculo depois de ver a semana inteira o sprite dele no rivals of aether kkkkkk

    • Micro picture
      lukenakama · 6 meses atrás · 2 pontos

      Carai Yacht, para de reciclar essa porra e faz uma franquia nova!

  • hazacc João Pedro
    2018-01-10 00:39:39 -0200 Thumb picture
    <p>Enrolando muito pra zerar logo o Specter of Torm - Alvanista

    Enrolando muito pra zerar logo o Specter of Torment. Fazer o que, a vida tem dessas, ainda mais quando se trata desse tipo de assunto.

    3
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2017-11-28 11:38:45 -0200 Thumb picture
  • 2017-10-16 06:57:43 -0200 Thumb picture
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-09-24 09:44:10 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Shovel Knight: Specter of Torment

    Zerado dia 23/09/17

    Fico muito feliz que tenha conseguido "alcançar" esses jogos tão rapidamente. Na época do Shovel Knight eu o joguei bastante por dias, e a experiência frustrante com Plague of Shadows me desmotivou um pouco em relação aos DLC, que achei que seriam todos apenas uma skin diferente pelos mesmos estágios. Quando eu descobri que sairia esse Specter of Shadows, a preguiça falou mais alto e eu fiquei imaginando mais várias horas do mesmo jogo que eu já teria terminado. De onde eu tiro essas coisas?

    Meu colega do trabalho tava tão excitado com SK que começou a jogar e assistir vídeos e ver notícias relacionada o dia inteiro e o Anderson aqui acabou descobrindo que esses jogos são sim bem diferentes (ainda mais o SoT) e que tava na hora de jogá-los antes do terceiro DLC, do King Knight, sair.

    Mais uma vez, o jogo segue a mesma lógica dos anteriores, sendo um platformer sidescroller pixelado que muito me lembra jogos como Castlevania, Mega Man e afins.

    A chave desses jogos é o controle e domínio das mecânicas. Shovel Knight usa sua pá como pula-pula, Plague Knight usa as explosões de suas poções para o lançar pelos ares e Specter Knight corta seus alvos diagonalmente enquanto voa naquela direção.

    Esse é um personagem excepcionalmente ágil e versátil. Ele escala paredes com os pés e sai cortando tudo pela tela, passando as telas muito rápido e dificilmente falhando perante os desafios das fases.

    A mecânica de corte nos ares é a mais legal do jogo. Quando você pula, uma mira indicativa de direção aparece sobre o alvo mais próximo. Se você estiver mais alto que o alvo, você fará um corte transversal diagonal, indo para baixo. Estando mais baixo, como na maioria das vezes, você cortará diagonalmente pra cima, sendo jogado para esse lado.

    Em inimigos no chão, Specter Knight (SpK) acaba quicando quando ataca. Essa situação é muito útil em lutas contra chefes e inimigos mais fortes, pois basta você atacar, esperar seu personagem ser jogado pra cima e atacar novamente e ficar infinitamente. Como o golpe meio que segue os inimigos graças a essa questão de mira, basta ficar se movendo pra perto e atacando como louco. As lutas contra os bosses acabam sendo bem rápidas e fáceis. 

    Não é atoa que a aventura durou apenas 3h20min.

    Outras diferenças incluem o fato de que SpK destrói blocos ao pular. Se você andar por cima dos blocos de areia do jogo ou atacar, tudo é normal, mas se pular, o bloco se esfarela e quando cair, pode ficar sem chão. Até os segredos nas paredes podem ser abertos com uma escalada seguida de um pulo no lugar certo!

    Além disso, SpK vive em uma fortaleza com várias criaturas das trevas. Seu objetivo mesmo no enredo é sair pelos mapas e recrutar membros para a ordem da vilã. Esses membros são os caras mais fortes desses lugares, ou seja, os próprios chefes, que sempre arranjam um motivo para batalhar antes de ceder.

    Nessa fortaleza, você faz as coisas de sempre, como comprar upgrades, armaduras e tudo mais, porém, a questão de escolher cenários para jogar é diferente. Em SoT você anda até um espelho e escolher a fase com base na foto do chefe, ao invés do clássico estilo do Super Mario Bros. 3 dos jogos anteriores.

    Resumindo: Shovel Knight: Specter of Torment leva os jogos da série a outro nível. É um jogo mais rápido e radical, mais ou menos como Mega Man X fez com os MM originais. Apesar de ser bem mais fácil que os anteriores, ele pode até ser o mais divertido, com todas as cambalhotas e manobras que fazemos batendo em inimigos e cortando por elementos que nos levam a outras alturas e por cima da buracos. Ser levemente mais fácil também ajuda na questão de que você está jogando Shovel Knight quase que pela terceira vez.

    De bom: visual muito bom típico da série, assim como a trilha sonora e cinemáticas. Muitas mecânicas novas, como o corte com mira automática, escalar paredes por algum tempo e surfar por corrimãos com a sua foice. As fases, inclusive, são bem diferentes, aparentemente por serem de uma época anterior ao herói da pá. Enredo bacana, com flashbacks e jogabilidade diferente de épocas do passado distante, mas ainda prefiro a estória do Plague Knight. Várias armaduras, habilidade e magias. Esses te fazem atacar mais rápido e até não morrer no caso de cair em buracos e espinhos. Gostei de coletar caveiras para desbloquear habilidades, pois elas sempre te dão algum desafio para serem alcançadas.

    De ruim: sistema de escolha de fase escolhendo ícones num espelho bem simplório, meio que uma regressão diante dos anteriores, mas até bate com o tema do SpK. Escalar paredes as vezes é chato, pois você sobe sem querer, espera ele cair e aperta pro lado pra já cair andando, mas ele começa a subir novamente. Odeio essas mecânicas "grudentas" de alguns jogos.

    No geral, amei a experiência e já estou pronto para jogar o jogo do King Knight. Vale muito a pena jogar, mas sempre depois do jogo original pra evitar spoilers. Fico na torcida por mais jogos relacionados ao universo desses jogos no futuro!

    Shovel Knight: Specter of Torment

    Plataforma: Nintendo 3DS
    12 Jogadores

    8
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-09-17 15:46:56 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Shovel Knight: Plague of Shadows

    Zerado dia 17/09/17

    Joguei Shovel Knight uns anos atrás, logo assim que lançou no Wii U na época. Eu AMEI o jogo. É um jogo tão caprichado e nostálgico e que mostra que não é apenas o visual pixelado que deixa o jogo como antigamente, mas sim um trabalho muito além do visual.

    Cheguei a iniciar Plague of Shadows, mas ter acabado de fechar SK e a dificuldade astronômica das mecânicas do Plague Knight me travaram logo no início. EU fiquei achando que era o mesmo jogo, mas com outro personagem. E sempre achei estranho que era com esse personagem.

    Eis que depois sai outro DLC com outra aventura e personagem e a Yacht Club Games já vai lançar mais um.

    Quase comprei esse jogo no Switch, apesar do terrível preço, mas quando lembrei que ele existe no 3DS, não deu outra. Comecei ontem e já terminei hoje. 4 horas e 20 minutos de jogo.

    De início, o jogo ficou bem legal no portátil da Nintendo e não deve a nada a experiência que tive no Wii U, apesar de preferir jogá-lo na TV. Entretanto, o efeito 3D é muito bacana e compensa a jogatina na tela menor. Ah, é um jogo propositalmente pixelado. Fica bom até se você jogar no display do microondas.

    PoS segue mesmo pelos mesmos estágios do Shovel Knight, mas com algumas adaptações, mecânicas e um enredo muito legal (na minha opinião, melhor do que do jogo principal). A aventura continua sendo de plataforma sidescroller, com um mapa ao estilo de Super Mario Bros. 3. Você escolhe o estágio, enfrenta seus obstáculos e mecânicas exclusivas, acha segredos por paredes falsas e luta contra um chefe no final, mais ou menos como em Mega Man. Tem muita influência do Blue Bomber nesses jogos.

    No caso do SK, sua pá funciona como uma espada ao atacar diretamente ou como o pula pula do Tio Patinhas em seu jogo, tanto para atacar por cima quanto para alcançar lugares mais altos.

    Em PoS, Plague Knight (PK) ataca jogando um número limitado de bombas por vez nos inimigos. Essas bombas são pequenas, rolam um pouco no chão e explodem depois de algum tempo ou quando colidem em inimigos os obstáculos que não sejam cenário. Isso te obriga a pular e jogá-las para que alcancem alvos mais longe.

    O jogo gira todo em torno dessas bombas.

    No jogo original você usava dinheiro para comprar armaduras e algumas habilidades, mas aqui você o usa para comprar bombas, pólvora, detonador etc. Não que sua munição acabe, mas  você "monta a sua arma" como quiser, modificando sua força, o tempo para explodir, seus efeitos e tudo mais. Você personaliza seus golpes por três categorias e pode fazer isso a qualquer momento apertando select e equipando o que você quiser na categoria que quiser.

    O desafio desse jogo está na administração dessas bombas e como usá-las. Pra ser mais direto, como sobreviver a buracos e outras partes.

    Mais uma vez, o SK quicava por inimigos em cima de buracos, mas esses inimigos foram retirados aqui e pelos buracos você deve segurar seu ataque e o soltar, te lançando para bem longe. Algumas partes tem buracos bem longos e uma escada no meio e você deve se jogar, soltar a bomba e muitas vezes dar o segundo pulo e tentar se agarrar a ela. Não é fácil!

    Um amigo do serviço gostou muito do jogo original, mas desistiu no primeiro buraco desse jogo aqui.

    O jogo fica bem mais fácil depois, assim que você se acostuma com sua física e consegue bombas e habilidades melhores. Um exemplo é um efeito de bomba que você equipa e quando se explode pra voar, PK cai lentamente, te dando bastante tempo pra pensar e agir.

    Apesar dessas coisas, o jogo não é muito difícil, mas tem o desafio que sempre achei que faltou em SK e talvez ainda mais variedade. 

    Muitas não foram quase alteradas e as explosões de suas bombas acabam facilitando bastante. Um exemplo claro são os chefes, que morrem super rápido.

    Algumas habilidades te deixam bem versátil, como atacando um inimigo que está diagonalmente acima ou pela parede.

    Achei muito legal também que o jogo meio que acontece ao mesmo tempo da estória de SK e dá explicação para essa aventura, inclusive o fato de PK estar atacando seus companheiros.

    Resumindo: Shovel Knight: Plague of Shadows acabou sendo muito melhor do que eu imaginei na primeira jogatina, 3 anos atrás, e mantém o altíssimo nível de qualidade das produções da Yacht Club Games. Uma grande experiência que me faz querer ter um jogo diferente pra cada boss do jogo.

    De bom: visual e trilha sonora excelentes e simplesmente um dos jogos mais divertidos e bem feitos do gênero, mesmo que o original talvez seja melhor ou que pelo menos deva ser jogado antes. Muitas fases, chefes e habilidades diferentes pra abrir e comprar. Muitos segredos e coletáveis que dão um ótimo replay pro jogo. Grande variedade de ataques com as múltiplas combinações de poções. Humor de primeira, assim como o enredo, que chega a ser romântico. Inclui a opção de jogar em português BR.

    De ruim: mecânicas bem diferentes e difíceis de pegar no início, como os grandes pulos com explosões. Matar alguns inimigos pode ser frustrantes, como os que voam, passam rápido ou defendem, pois você depende também das suas poções. Acho que o jogo poderia ter mais níveis diferentes do jogo principal, como os outros DLCs são/serão.

    No geral, curti demais e me arrependo de não ter dado uma segunda chance antes. Eu realmente tinha achado que eles tinham estragado SK com um DLC tosco, mas ele chega a ser melhor de algumas formas. Recomendadíssimo pra jogar depois de Shovel Knight!

    Shovel Knight: Plague of Shadows

    Plataforma: Nintendo 3DS
    12 Jogadores
    1 Check-in

    9
  • vaojogar Vão Jogar!
    2017-09-01 13:34:10 -0300 Thumb picture
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2017-05-08 15:55:20 -0300 Thumb picture

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...