• ysmechoes Ismael Muniz
    2020-03-15 22:55:27 -0300 Thumb picture

    "Fun is infinite with Sega Enterprises!"

    Com certeza essa é umas das ost mais bizarra dos jogos, mas por alguma razão eu gosto de ouvir ela kkkkkkk

    Sonic CD

    Platform: Sega CD
    726 Players
    19 Check-ins

    4
    • Micro picture
      babysoma · 20 days ago · 2 pontos

      ESSA OST É MUITO PERFEITA
      PARECE ATÉ COISA DO FRONT 242

  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-03-13 23:23:35 -0300 Thumb picture

    O Sorriso do Lagarto

    @fonsaca, finalmente cheguei no tal segundo desafio que você falou! O bicho era forte mesmo! Hehe... Depois de andar um bocado cheguei numa espécie de balsa que ia deslizando por um local que mais lembrava um esgoto e do nada surgiu um monstro gigantesco deslizando nas águas!

    Quase todos os seus ataques eram de longa distância e como ele sempre estava se movimentando era bem complicado acertá-lo devido a mira desse jogo não ter travamento. Gastei todos os meus itens de cura, usei a invocação duas vezes e desperdicei um único item que eu tinha que ressuscitava. 

    Ao menos acho que cheguei perto de derrotá-lo pois consegui destruir parte da carcaça que cobria o que seria o rosto de criatura. Sim, no final perdi e agora vou subir pelo menos um nível até ousar enfrentá-lo novamente.

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    28
  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-03-11 12:56:26 -0300 Thumb picture

    Soul of a Blacksmith

    Continuando minha aventura em Phantasy Star nessa missão o objetivo de N.I.N.A. era coletar alguns materiais para um armeio, acho que o termo é esse. A princípio eu achei que iria demorar pois ele não deu muitas pistas de onde encontrar os materiais...

    Por isso fui seguindo a dungeon desde o início e logo no comecinho achei um dos materiais. O segundo consegui derrotando o primeiro desafio novamente e o terceiro estava logo na entrada das cavernas. Depois disso todas as missões acabaram. E sabem o que isso significa?

    Que finalmente me encontrarei com o segundo desafio!

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    15
  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-03-08 18:09:00 -0300 Thumb picture

    Black Paper

    O cabaré tá é grande nas dungeons. Vencer os monstros nesse jogo é moleza porque a maioria é bem lerda e meio burra, agora lutar contra outros hunters é um desafio porque eles se defendem dos ataques e também são rápidos.

    Foi a primeira vez que tive que usar todos os meus itens de cura nas batalhas e ainda voltar para a nave para me reabastecer. Uma coisa chata aqui é que o jogo só salva quando você dá quit, o que faz voltar ao menu principal, e se fizer isso no meio de uma missão tem que começar ela tudo de novo...

    Que tal resolver isso numa partida de xadrez?

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    19
  • tassio Tassio Pinheiro
    2020-03-07 14:01:53 -0300 Thumb picture
    tassio checked-in to:
    Post by tassio: <p>Desafio: 3 jogos do ano que nasci</p><p>O @lucht
    Alex Kidd in Miracle World

    Platform: Master System
    3225 Players
    58 Check-ins

    Desafio: 3 jogos do ano que nasci

    O @luchta me marcou nesse @desafio.

    Olha... o mais famoso e que todos vão conhecer é esse aqui kkkk *(O de 1990 é o da memória do Master System, o jogo originalmente é de 86 sim)

    E aí, fuçando um pouco aqui... recorrendo aos fliperamas de 86 (porque se for depender de console em 86... g-zuis x_x), achei esses também:


    Detalhe que, Enduro Racer (ou Super MotoCross) no MASTER SYSTEM, é de 1987 e eu gosto bastante, sempre joguei. Esse do fliperama achei uma boa surpresa aqui, e me recordo vagamente desse jogo fazendo uma ponta em algum filme que passou no cinema em casa do SBT

    E mais esse outro aqui:


    Só jogo da SEGA em 86 kkkk

    Aí vou marcar a @kipocalia, o @hyuga, @onai_onai, @fredson, @barbarabai, @le, @mastershadow

    Um monte de gente aí, bora revelar a idade kkkkkkk

    20
    • Micro picture
      onai_onai · 28 days ago · 1 ponto

      Alex Kidd é legal demais!

    • Micro picture
      kipocalia · 28 days ago · 1 ponto

      Huehuehue, era pra eu ter feito ontem, mas tive que dormir pra acordar cedo e ir no cinema assistir o Sonic

  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-03-06 13:33:46 -0300 Thumb picture

    Waterfall Tears

    Devido a problemas técnicos vi aqui que já fazia quase um mês que eu não jogava esse jogo. Essa última missão eu até já tinha completado e salvo os screenshots mas não deu pra postar aqui. Agora, o que é que diabos eu estava fazendo mesmo?

    Se me lembro bem eu tinha que investigar um curioso caso em que vários hunters estavam desaparecendo e assim que desço para a dungeon sou recebido a paus e pedras, na verdade era tiro mesmo. 

    Aqui você usa o menu enquanto joga e nisso eu tinha que correr e me curar ao mesmo tempo, complicado. No final descobri que uma andróide tinha pirado e estava juntando uns hunters para lutar ao lado dela. Engraçado que a irmã gêmea dela é boazinha...

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    16
    • Micro picture
      pauloaquino · 28 days ago · 1 ponto

      Ainda tenho na cabeça as garotas de azul que parecem as aeromoças do filme O Quinto Elemento...

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-03-05 01:41:21 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Sonic Forces

    Zerado dia 04/03/20

    Não curto pular a ordem que os jogos foram lançados, mas no caso de Sonic a bagunça está instaurada. Nos últimos anos tentei dar uma consertada nisso, mas os títulos de Wii e da geração Xbox 360 eu estou devendo quase todos, enquanto jogos mais atuais, como os de Wii U e até uns de 3DS eu já terminei.

    O lance é que você pode dizer que Sonic é uma série bem "whatever" em continuidade e que isso importa tanto quanto de um Final Fantasy pra outro, e é verdade. Eu só tento manter os jogos que obviamente continuam de um pro outro em ordem, como foi os casos com os Rush ou Boom e será com Black Knight e Secret Rings algum dia.

    Como não sou lá o maior fã da série (curtia um bocado na pré-adolescência os Adventure no Dreamcast), estava dando um tempo e jogando pingado. Zerei o Mania ano passado e nem lembro qual joguei antes dele, mas sei que ainda tem um bocado. Ao mesmo tempo os jogos são muito parecidos e a jogabilidade nunca me apetece muito, sobretudo nos jogos 3D, que sempre são mega frustrantes (ainda estou traumatizado por causa do Adventure 2 e Heroes).

    Assim como Kirby, parece que sempre que jogo um Sonic, um novo é anunciado e logo eu estou vários jogos atrasado.

    Da última vez foi Sonic Forces, mais um jogo 3D com cara de genérico que foi anunciado junto com o Mania! Claro que a galera pirou no jogo 2D e alguns, assim como eu, ficaram curiosos pela nova entrada 3D da série. Eu, pessoalmente, sentia que a SEGA estava colocando as coisas de volta aos trilhos e que ambos mereciam atenção.

    Tempos depois, Mania fez muito sucesso e Forces meio que bombou. Não fez feio como Boom: Rise of Lyric, mas era justamente o que eu temia: mais um Sonic genérico. Lembro que cheguei a ver uns vídeos explicando porque o jogo era fraco etc.

    O lance é que eu sabia que jogaria um dia. E como sempre, mantive a esperança, pois visualmente o jogo era agradável e o pouco que tinha visto da jogabilidade, parecia ok!

    Eu queria Forces e queria barato e felizmente a PS Plus finalmente o incluiu como jogo do mês de graça pros assinantes. Eu geralmente não assino e nem teria assinado por conta deles (já perdi jogos maiores por não assinar recentemente), mas como eu ainda tinha duas semanas por conta de um mês que peguei pra poder jogar The Division 2 com os amigos, aproveitei a chance.

    O jogo se abre com uma cinemática bonita e tal com os vilões e tal e assim, do nada, você está jogando com o Sonic nas Green Hill Zones da vida. Eu achei isso esquisito demais, mas depois fez sentido a maneira como foi escolhida essa apresentação.

    A jogabilidade e os cenários até então me lembram um bocado Generations e Unleashed, respectivamente, mas não há nada de errado.

    Depois Sonic toma uma surra para vários vilões clássicos, como Metal Sonic, Shadow, Zavok (Lost World) e Chaos! Cara, eu fiquei bem feliz de ver o Chaos sendo lembrado!

    Daí o plot segue com o fato de que Sonic desapareceu e muitos temem que tenha morrido. Dr Eggman toma o mundo e fica um verdadeiro caos. Essa é a desculpa usada para uma das maiores novidades da série: customização!

    Sonic Forces te faz criar um personagem que represente os seus gostos e meio que o torne um protagonista (daqueles mudos nas conversas).

    Você pode escolher um animal, como lobo, coelho, ouriço, pássaro etc. Além disso, escolher entre uma grande variedade de olhos, vozes, cores de diversas partes do corpo e afins. Geralmente eu faço personagens bizarros, mas aqui tentei fazer algo diferente, mas que fizesse sentido. Foquei em um animal diferente e com cores que se sobressaíssem dentro os tantos personagens do jogo (ele junta gente de tudo quanto é Sonic, um verdadeiro fanservice).

    O resultado final do meu personagem foi um coelho alaranjado e ficou bem mais bacana do que pode soar. Na verdade eu fui mexendo de cor em cor até sair algo bonito e deu muito certo!

    Em seguida você vai estar jogando com a sua criação e aprendendo suas mecânicas. Ele usa um gancho para balançar em certos objetos e usa uma arma que você pode trocar e equipar conforme desbloqueia outras novas. De começo eu tinha um lança-chamas muito bom pra matar muitos inimigos na tela e à distância, mas acabei testando muitos outros, como uma furadeira e outra que lançava projéteis.

    Logo o enredo vai se aprofundando e você vai estar jogando com outros personagens, como o Sonic clássico, pequenininho e gordinho da época do Mega Drive! Quem jogou Generations meio que já sabe o que esperar: fases mais lentas, mais plataforma, planejamento e tal. É bem interessante essa jogabilidade um pouco mais cuidadosa, mas quando você fica indo e vindo do Sonic moderno pro clássico em certas fases, percebe que o ritmo do jogo é meio confuso.

    O Sonic moderno é uma loucura de velocidade em fases que você mais assiste do que joga e com aqueles espíritos do Sonic Colors, fica uma loucura total de velocidade e mil inimigos morrendo em algo que parece um Musou. De repente o estágio seguinte é com o Sonic clássico e chega a ficar tedioso, embora a jogabilidade seja muito mais como videos games devem ser.

    Terminando um cenário você desbloqueia mil e um apetrechos pra equipar no seu personagem criado, por  pura estética. Chapéus, óculos, camisetas, luvas, acessórios e mais. Com Rank S em cada estágio você desbloqueia o dobro de coisas! A grande maioria eu ignorava, mas acabei botando um monte de coisas no meu coelho e logo ele estava irreconhecível!

    Em relação as fases, você as escolhe num globo e há a possibilidade de voltar nelas quando quiser, até pra conseguir Ranks melhores e conseguir as roupas que faltarem ou entrar nas pontuações mundiais (inclusive há um achievement pra isso).

    Além das fases da campanha, que se abrem conforme você termina a anterior, há ainda missões opcionais e acesso ao guarda-roupas do seu personagem e aos objetivos opcionais a serem feitos pelas fases, inclusive desafios diários.

    Quando você terminar o jogo, terá passado por 30 níveis. A maioria deles é super curto e fácil. Alguns são apenas pra chefe também. Como o jogo não tem sistema de vidas, você pode morrer a vontade e voltar ao último checkpoint (mas o tempo continua contando e seu Rank caindo). Basicamente, zerar Sonic Force é só uma questão de tempo. 4 horas, pra ser mais específico, pois foi o tempo que fiquei a tarde sentado em frente à TV jogando a aventura do início ao fim.

    Eu não me senti exatamente jogando Sonic em Forces. Mesmo com toda a velocidade, depois de um tempo parece só um jogo genérico qualquer, com cinemáticas muito bonitas e trilha sonora maneira. Eu senti que esse título tem todo o enredo, piadas e personagens que um moleque de 12 anos curtiria, e não há nada de errado com isso, na minha opinião. 

    Eu que tenho mais do que o dobro disso e já joguei um bocado de Sonic, tenho que admitir que a experiência foi até relaxante, principalmente com o histórico de frustração de final dos jogos 3D do ouriço azul. Talvez os estágios não tenham sido lá muito memoráveis e a estética levemente soviética não tenha me atraído, mas acho que tivemos dois Sonic de uma vez e que essa metade aqui tenha sido mesmo voltada pra nova geração e que um moleque de 12 anos se divertiria com isso sim. 

    Inclusive o fato do outro jogo da Plus ser Shadow of the Colossus só reforça que tentara agradar à dois perfis de jogadores.

    Pro meu gosto, Forces é um jogo ok, nem fede, nem cheira. De certa forma, acho que eles acertaram sim.

    Resumindo: Sonic Forces é só mais um jogo do Sonic, mas com visuais melhores, um enredo do que poderia se rum desenho do ouriço em alguns episódios e de jogabilidade funcional, coisa rara pros jogos 3D do azulão. Acredito que Forces seja um jogo bem infanto-juvenil e definitivamente não focado no público que eu faço parte. É o tipo de jogo que vários dos meus alunos gritariam de felicidade em ver tanta velocidade e música upbeat acontecendo.

    De bom: gráficos muito bonitos 90% do jogo, ao ponto de eu ter achado estranho ver meu protagonista em uma CG e então perceber que na verdade era uma cutscene feita na engine do jogo. Jogabilidade apesar de eu me confundir um pouco com os botões de uso dos espíritos, uso da arma e habilidades que você só pode usar com a barra delas cheia. Fanservice bacana, com vários personagens de vários jogos da série. Há motivos pra um rejogar. Trilha sonora muito boa.

    De ruim: pouca variedade de chefes, sendo que um ou outro eu nem enfrentei, como o próprio Chaos (nem sei o que aconteceu com ele). O jogo se joga por si mesmo em diversas partes e você não sabe nem se o analógico que você está segurando faz mesmo alguma diferença. algumas dessas partes poderiam incluir comando sim, como ativar a corda que balança o personagem, coisa que ele faz sozinho. QTE servem como Elite Beat Agents e o personagem vai executar a ação mesmo errando, mas quanto mais perto do timing perfeito, maior a sua pontuação, que conta pro seu Rank. O jogo pouco inova e o lance do personagem original é bem besta (fora que jogar com ele nem é muito legal). Level design muito simples e previsível. Muito foco em velocidade e quase nada em exploração. O DLC gratuito só acrescenta mais três fases curtinhas. O vilão original parece tanto com outros do passado que eu jurava que era um personagem que estava retornando.

    No geral, é um jogo simplório, mas divertido. De um lado de uma das séries mais famosas de video game que não é exatamente voltada aos jogadores mais antigos dela. Repito: jogar ou não Forces não faz diferença, mas tenho certeza que o jogo tem seu público. Jogo ok.

    Sonic Forces

    Platform: Playstation 4
    96 Players
    19 Check-ins

    30
    • Micro picture
      topogigio999 · about 1 month ago · 2 pontos

      Ótima análise, irei experimentar...

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 month ago · 2 pontos

      Achei super divertido e as notas no lançamento bastante injustas...

  • supernovas SUPERNOVAS
    2020-02-19 15:39:10 -0300 Thumb picture

    E NINJA GAIDEN DE MASTER SYSTEM, VOCÊ CONHECE?

    OUÇA O PODCAST GRATUITAMENTE: https://supernovas.com.br/podcast/e-ninja-gaiden-p...

    Atenção! Se você gostou deste podcast e deseja que continuemos o trabalho, compartilhe este post (aqui no alvanista mesmo). Isso faz MUITA DIFERENÇA e garante que continuemos o conteúdo retrô!

    Estamos no Spotify, iTunes, Google Podcasts, Pocket Casts, Cast Box Deezer e muitas outras plataformas agregadoras de podcast. Basta procurar por "Supernovas" e se inscrever!

    Ninja Gaiden

    Platform: Master System
    456 Players
    7 Check-ins

    13
  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-02-11 19:48:50 -0200 Thumb picture

    The Grave's Butler

    Nessa missão N.I.N.A. deveria ajudar uma jovem a encontrar seu irmão desaparecido. Apesar de algumas missões serem meio bestinhas ao menos está dando pra juntar dinheiro e ganhar experiência, visto que fazer ambas as coisas apenas andando a esmo pelo planeta é bem demorado.

    Depois de muito vasculharmos por aí acabamos encontrando várias mensagens deixadas pelo jovem e no final descobrimos que ele acabou sendo morto. Tudo indica que ele sabia algo a respeito da grande explosão.

    Alguns NPCs não estão nem aí pra você nesse jogo...

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    19
    • Micro picture
      ersatzgott · about 2 months ago · 1 ponto

      PSO tem um modo história completinho de se jogar offline ou é igual o Dragon Quest X que começa offline e vira MMO depois de umas horas?

      2 replies
    • Micro picture
      fonsaca · about 2 months ago · 1 ponto

      Logo, logo... um chefão da pesada! Espero que se de bem contra ele, hehehe!

      1 reply
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 1 ponto

      Esse jogo parece ter uma grande variedade de cenários, ou é só impressão minha?

      1 reply
  • onai_onai Cristiano Santos
    2020-02-09 17:07:54 -0200 Thumb picture

    Secret Delivery

    O objetivo aqui era deixar uma misteriosa caixa num local das cavernas e ir embora, sem fazer perguntas. Misterioso não? No caminho encontrei alguns androides e como eu não sabia ao certo onde deixar e com quem exatamente deixar, só tinha conhecimento de um código secreto, acabei enfrentando eles. Foram lutas meio complicadas por sinal.

    Você joga offline mas quando vê os NPCs andando pea dungeon tem a sensação de que está jogando online. Depois de muito andar, praticamente sem rumo, encontrei uma androide caída no chão, entreguei a caixa a ela e para minha surpresa era uma que havia me ajudado em uma missão passada.

    É a segunda vez que vejo a coitada da Elenor caída no chão, creio que ela deva ter problemas em seu giroscópio ou na rebimboca da parafuseta, visto que ela também é um androide...

    Phantasy Star Online Episode I & II

    Platform: Gamecube
    126 Players
    2 Check-ins

    17
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 1 ponto

      A B2 tá com as options de Gradius?

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...