• rafaelssn Rafael Nogueira
    2018-12-12 13:22:52 -0200 Thumb picture

    Novas aquisições #6

    Mais aquisições pra esse final de ano :-)

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Rise & Shine (Xbox One)

    Sei pouco sobre esse, só que é um indie de ação visualmente bonito, tô até ansioso pra jogar ele, gráficos assim me chamam a atenção.

    Ashen (Xbox One)

    Um souls-like de luta online, vi vídeos dele tempos atrás, mas parece ter evoluído bastante agora, parece outro jogo.

    Ryse: Son of Rome (Xbox One)

    Dizem ser um Gears of War na idade romana, me chamou a atenção desde seu anúncio, mas a Microsoft não parece ter botado muita fé nesse projeto desde então.

    Darksiders II Deathinitive Edition (Xbox One)

    Continuação do primeiro com o Morte como protagonista dessa vez, curiosamente essa versão lançou primeiro que a Warmestered Edition (remasterização do primeiro).

    Aparenta ser melhor em tudo em comparação ao primeiro, então é outro que estou ansioso pra jogar também.

    ----------------------------------------------------------------------------------

    É isso, queria baixar o Gears of War 4 também, mas o HD do Xbox não colabora.

    Veremos se esse ano fica só por isso, tomara que eu tô lotado de jogo pra zerar :-/

    32
    • Micro picture
      tiagodantas · over 1 year ago · 2 pontos

      Parabéns pelas aquisições!!
      Ryse quero muito jogar

    • Micro picture
      le · over 1 year ago · 2 pontos

      Esse Rise & Shine ei ganhei semana passada no Steamgifts, mas ainda não testei.

      Vou ver se jogo hoje.

    • Micro picture
      10controle · over 1 year ago · 2 pontos

      Rise & Shine é bem desafiador

  • 2017-07-18 21:17:07 -0300 Thumb picture

    Ryse de grátis

    Medium 452447 3309110367

    A única exigência pra pegar uma cópia gratuita da aventura da Crytek é baixá-lo no site da Game Sessions e jogá-lo por no mínimo 5 minutos:

    ► https://www.gamesessions.com/pt/Game/RyseSonOfRome

    Game Sessions é uma plataforma que permite os jogadores testarem os jogos de PC antes de decidir comprá-los -- as versões completas deles, mas com um tempo limite. Sabemos que nem todos os títulos têm demos, então a iniciativa aqui é muito positiva:  é melhor testar e ter certeza de investir o dinheiro pra não se arrepender depois (mesmo com o refund que já existe no mundo digital).

    Compartilhem por favor pois não sei quanto tempo essa promoção valerá!

    [@jvhazuki]

    Ryse: Son of Rome

    Platform: PC
    296 Players
    83 Check-ins

    7
  • anduzerandu Anderson Alves
    2016-11-15 18:11:08 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Ryse: Son of Rome

    Zerado dia 15/11/16

    O Xbox nunca foi lá muito de exclusivos, mas Ryse: Son of Rome sempre me deixou curioso. Lembro na época do lançamento e de ter jogado na vitrine das Lojas Americanas e ter achado o jogo bem bonito. Bom, tudo o que fosse nova geração me deixava curioso.

    Entrei num grupo de Xbox One de Brasília pra achar jogos usados e logo percebi que esse título era sempre bem fácil de achar, e por preço pequenos, de R$30 a R$40. Tudo bem que hoje em dia eu vejo que os jogos de Xone são bem baratos, mas esse foi além.

    O hype caiu um pouco, mas fui jogar pra fechar logo e trocar em outras coisas. Resultado: jogão!

    De cara, a nova geração mostra do que é capaz com um jogo de lançamento de console: sem serrilhados, iluminação incrível, sons limpos e jogo liso. R:SoR é MUITO bonito, dos jogos mais realistas que já tive o prazer de jogar e nesse quesito, fica atrás apenas do The Order: 1886 e por pouco.

    Mas infelizmente o jogo me desapontou um pouco já de cara com o breve tutorial. Isso porque você anda, fica batendo com um botão e quando um ícone aparece na cabeça do inimigo, você aperta RT para acionar uma sequência de QTE em que você deve apertar X ou Y de acordo com a cor que o personagem emana para assim finalizá-lo. É legal, é bonito e é cinematográfico, mas fazer isso com os primeiros cinco inimigos já deixa as batalhas lentas e meio repetitivas.

    Logo o enredo começa a entrar e a te situar no que acontece. As bonitas cinemáticas, que antes eram CG em jogos antigos, agora representam os gráficos e engine do jogo em si. Muito massa!

    Logo percebemos que o jogo é meio que um God of War com temática do filme 300 e visão estilo Gears of War. Deu até pra imaginar que aquele novo God of War siga mais ou menos a jogabilidade desse jogo.

    Há bastante violência e combate a todo tempo contra inimigos que atacam diferente ou mesmo em partes que devemos jogar lanças ou usar balestras para atirar em alvos distantes. Apesar de tudo, o jogo segue mesmo uma linha mais realista, sendo que o personagem não é tão rápido para se lançar em oponentes próximos e depende muito de contra-ataques, sobretudo quando há muitos dos selvagens ao seu redor.

    A curta aventura, que tem 8 capítulos e eu julgo que demore 1 hora cada, não conta com inimigos fantasiosos e gigantes como em outros similares e tem poucos chefes, a maioria voltada a saber atacar, defender e esquivar na hora certa, mas mesmo quando perdi a paciência, checkpoints constantes mantiveram o jogo sempre contínuo, fácil e longe de frustrante.

    O combate também não muda muito, já que, embora exista a possibilidade de aumentar seus status usando pontos adquiridos por matar, a arma e tudo mais continua sendo sempre a mesma, só mais forte (mas os inimigos também ficam mais fortes).

    Pra completar, Ryse é bem linear, com muitos corredores ligados por hordas de inimigos e batalhas parecidas e mesmo quando eu ficava sem saber pra onde ir, o jogo marca depois de um tempo o seu alvo.

    Os comandos são simples: usar a espada com X, bater com o escudo e quebrar defesas com o Y, esquivar com B e contra-atacar com A. O gatilho inicia a sequência de morte do inimigo, LT segura lanças para serem jogadas e o RB deixa os inimigos bem lentos e você super rápido, muito bom para o caso de ter muitos inimigos chatos ao seu redor.

    Cada direção do d-pad equipa uma habilidade passiva, que é ativada ao finalizar um oponente, incluindo recuperar uma parcela do HP, recuperar da barra que ativa o poder acima mencionado, ganhar bônus de XP e outro que nem usei que deve ser bônus força ou algo assim. A experiência ganhada pode ser trocada para melhorar várias habilidades, incluindo todos esses bônus.

    O jogo recomenda atacar com o timing certo, assim como contra-atacar e mesmo executar um inimigo com os QTE. Quanto mais você demorar pensando em qual botão apertar nessas sequências, menor será a sua "nota" e menor o seu bônus.

    Resumindo: Ryse: Son of Rome é um jogo muito bonito, ainda mais se você parar para prestar atenção nos cenários, detalhes e mesmo na boca dos oponentes falando durante o jogo. É um jogo curto, mas também repetitivo e pouco inovador. Ainda assim, muito melhor do que imaginei.

    De bom: lindo. Muito funcional em suas mecânicas e afins, não sendo um jogo quebrado. Mesmo nas partes de finalização, não é um filme que é passado, podendo inclusive rotacionar a câmera para ver. Cada capítulo conta com cenários diferentes e muito bonitos e ainda com inimigos novos, que ajudam bastante na questão da repetitividade e pro caso de você achar que já pegou o jeito do jogo. Enredo meio clichê de filmes tipo Gladiador, mas ainda assim muito interessante e até com algumas particularidades bacanas. Personagens humanos.

    De ruim: repetitivo e linear. Como o jogo é claro em relação a sua duração e pelo interesse na estória, dois dias pra jogar me pareceu muito, mas o resultado é matar inimigo atrás de inimigo de formas similar. NPCs menos importantes, como um cidadão que conversou comigo no final do jogo, são menos trabalhados e tão robóticos quanto NPCs da geração passada. Alguns pequenos bugs, como inimigos que morrem e ficam com a cintura para baixo enterrados no chão e congelas como se estivessem vivos ou em partes que tenho que matar a todos e mesmo ao terminar, o objetivo não sem completa. Conquistas bizarras, tipo, você mata o chefe do capítulo e ganha uma por matá-lo e outra junta por fechar o capítulo. Sabe, uma não existe sem a outra! No final inclusive foram quatro!

    No geral eu gostei muito do jogo e adoraria ver um God of War com esses gráficos e cenários. O jogo fecha muito bem, mas acho que seria interessante a existência de outro Ryse, talvez em outro país ou numa época diferente. Infelizmente acho que o fator replay seja inexistente nesse jogo, mas a experiência valeu muito a pena (gostaria que alguns amigos pudessem jogá-lo). Pra quem curte coisas do gênero ou do tema, vale muito a pena.

    Ryse: Son of Rome

    Platform: Xbox One
    1515 Players
    111 Check-ins

    9
    • Micro picture
      darleysantos676 · over 3 years ago · 2 pontos

      É curioso esses casos de jogo bom com ausência ou pouco fator replay! Você fica se lamentando, mas ao mesmo tempo não pode dizer que o jogo é ruim ou medíocre.

  • fallen_rocker Victor Andrade
    2016-01-02 10:40:08 -0200 Thumb picture

    Troca - Venda / Jogos Xbox One

    Bem pessoal, estou negociando alguns jogos de Xone. Todos em perfeito estado, e com DLC`s sem uso. Em caso de venda por Sedex envio  no momento do deposito em conta do valor do game e envio, ok ?  Abraço ! Keep Gaming ! (Sou de Belo Horizonte, mas sempre realizei trocas por sedex, e tenho referencias)

    > Dead Rising 3 - Apocalypse Edition (DLC`s inclusas) R$60,00

    > Ryse R$50,00

    > Killer Instinct - Combo Breaker Pack R$35,00

    6
    • Micro picture
      fallen_rocker · over 4 years ago · 1 ponto

      @trocavenda Pode ajudar por favor ?

      1 reply
    • Micro picture
      ticianavalle · over 4 years ago · 1 ponto

      @fallen_rocker quero o Ryse!! Me adiciona pra combinarmos? Meu WhatsApp: 11 983862782

      1 reply
    • Micro picture
      ferreiraces · over 4 years ago · 1 ponto

      Me interesso pelo Dead Rising 3 - Apocalypse Edition (DLC`s inclusas).
      Só confirmando, o voucher das DLCs não foi usado, ainda é válido, certo? Vê o valor do frete para mim, CEP 91920-000

      6 replies
  • angolas Daniel Pacheco
    2015-06-12 13:36:09 -0300 Thumb picture
    angolas checked-in to:
    Post by angolas: <p>Angollas Silvinus Maximus Primeirus volta às are
    Ryse: Son of Rome

    Platform: Xbox One
    1515 Players
    111 Check-ins

    Angollas Silvinus Maximus Primeirus volta às arenas!

    7
    • Micro picture
      sulivan · about 5 years ago · 1 ponto

      Badass

  • niveabarbosa Nívea Targaryen
    2014-10-10 17:39:34 -0300 Thumb picture

    Uau quanta diferença!

    Mais um video da serie: Diferenças absurdas que NINGUEM vê!

    Ryse: Son of Rome

    Platform: PC
    296 Players
    83 Check-ins

    69
    • Micro picture
      nathankennedy · almost 6 years ago · 0 pontos

      a única diferente que vi é que no PC tem mais fumaça o-o'

    • Micro picture
      gakuma · almost 6 years ago · 0 pontos

      Vai se perceber diferença usando o suporte 4k, caso contrário, diferença nenhuma mesmo... E em custo benefício, se bobear, vale mais a pena pegar o Xone mesmo...

    • Micro picture
      chicablu1 · almost 6 years ago · 0 pontos

      a unica diferença absurda que existe entre esse jogo nessas duas plataformas é o preço do download digital da live para a Steam , de resto me poupe

  • 2014-10-10 14:18:41 -0300 Thumb picture

    Compilação de Fails [09/10]

    Forza Horizon 2 - Não, não é por aí...

    Destiny (Sim, está escrito errado no vídeo) - Flutuando... girando... girando...

    Ryse: Son of Rome - Twister... girando... girando...

    Ryse: Son of Rome

    Platform: Xbox One
    1515 Players
    111 Check-ins

    3
  • xualexandre Alexandre Schwarzenegger
    2014-09-30 08:07:16 -0300 Thumb picture
    21
  • comboinfinito Combo Infinito
    2014-09-04 11:14:57 -0300 Thumb picture
    5
    • Micro picture
      leohirano · almost 6 years ago · 0 pontos

      aqui ta pouco inferior ao recomedado

    • Micro picture
      startgamerz · almost 6 years ago · 0 pontos

      No minimo vai tem que ter um pc da nasa, ae sim todos podem jogar.

  • comboinfinito Combo Infinito
    2014-08-26 16:21:41 -0300 Thumb picture
    7
    • Micro picture
      michaeldmelo · almost 6 years ago · 0 pontos

      Concordo em parte, só que novas IPs não surgem assim do dia para a noite, mas ao contrário da Sony vende realidade e não sonhos, PS4 jogos top só em 2015, essa é a diferença.

    • Micro picture
      comboinfinito · almost 6 years ago · 0 pontos

      Isso é verdade, a Microsoft conseguiu entregar 2014 com bons exclusivos, mesmo que alguns deles escapem dela. Mas é essa a ideia, dar nossa opinião pra vocês concordarem ou discordarem, na boa =)!

    • Micro picture
      gradash · almost 6 years ago · 0 pontos

      O problema da Microsoft tem um nome, mas eu esqueci pois ele foi demitido mesmo depois de falar merda ahsuAHSuhASuhUAHSuhAS

      O Spencer agora sabe das coisas, mas assumiu a pouco tempo e até colocar a casa em ordem vai ser um problema, vide matar a ideia de multimedia.

      Mas a parte mais interessante, o PS3 começou tão horrível como o XONE começou, com a mesma ideia de central de média, e olhe o final? Será interessante se isto acontecer com o XONE e já está na hora da Sony começar a perder, os Sonystas estão muito chatos.

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...