• andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-10-14 14:42:36 -0300 Thumb picture

    ANDROMEDA (SHARE).✨💫🌠🌎🌙

    Até os alienígenas "se drogam" para ficarem "mais anabolizados".

    Essa galera "tá muito loka".🤪

    O combate será tenso!

    Principalmente com o protagonista atirando de olhos fechados.😣

    Bora sair daqui...

    ...pois esses alienígenas definitivamente estão "muito lokos"

    Meu piloto Salariano está bastante cansado. Essa raça é uma espécie anfíbia, ovíparos, vivem cerca de 40 anos e 90% dessa espécie são machos. Sua inteligência fazem deles cientistas e engenheiros de talentos. Responsáveis por criar a GENOFAGIA que quase dizimou os kroganos. 

    Eu também estava cansado até que algo me despertou...

    Nervoso, pergunta: "Tá olhando o que?"

    Respondo: "Senta aqui, negão. Não vou olhar...vou fazer". E a mão boba, onde foi parar? 😁

    MASS EFFECT: ANDROMEDA é um RPG de ação em terceira pessoa, lançado em 2015 sob fortes críticas pertinente as bizarras expressões faciais. A reclamação nesse ponto foi tão forte que precisaram refazer esse aspecto inteiro no game. Atualmente você não presenciará tais bizarrices ao mesmo nível do lançamento.

    O game se passa muito tempo após a trilogia original... então é como se fosse um recomeço para a série. A novidade é deixar o personagem em grandes áreas (praticamente um open world) para explorar. Esse aspecto também foi levemente criticado: alguns o consideram "vazio". Eu em particular considero "razoável" e traz essa vibe de explorar planetas aparentemente inabitáveis.

    Eu tive uma boa experiência com o game. Da mesma forma que ASSASSIN'S CREED é único em nos transpor para grandes eventos históricos, MASS EFFECT também consegue ser único em transpor o jogador para o espaço fazendo-nos sentir o "pica das galáxias".😁

    Facilmente um 8/10. 👍🏻

    Mass Effect Andromeda

    Platform: Playstation 4
    292 Players
    140 Check-ins

    21
  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-13 17:59:50 -0300 Thumb picture

    Modo Sobrevivência 25/40

    Metade da campanha já foi terminada e até agora poucos personagens morreram. Se continuar assim creio que vou conseguir terminar e assim continuar a história em The Banner Saga III...

    Algo ruim que ocorre aqui também quando o personagem morre é que ele acaba levando consigo o item do qual estava equipado, na certa é enterrado com ele. Apesar de que estou com um número até bom de itens não equipados é bem ruim quando além de perder o personagem o item vai junto...

    Me esqueci de dizer que nesse jogo também há conquistas mas não gosto de perder tempo com isso...

    The Banner Saga 2

    Platform: PC
    29 Players
    2 Check-ins

    12
  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-12 17:55:08 -0300 Thumb picture

    Modo Sobrevivência 20/40

    Uma coisa que ocorria na campanha e que também ocorre nesse modo sobrevivência é que em algumas batalhas você pode escolher continuar lutando para assim ganhar mais recompensas, contudo sempre que eu fazia isso na campanha dava merda pois os personagens sempre estavam feridos após uma luta e os novos inimigos que surgiam estavam bem dispostos...

    Por isso nesse modo sempre que os inimigos fogem e tenho a opção de persegui-los eu digo, "podem ir jovens", porque é muito arriscado fazer esse tipo de coisa no modo sobrevivência. Já perdi alguns personagens fortes e com isso além de ter que recrutar um novo ainda tem o tal funeral.

    Melhor um covarde vivo do que um herói morto...

    The Banner Saga 2

    Platform: PC
    29 Players
    2 Check-ins

    11
  • lendaryo Solivan Martins
    2019-10-11 22:08:45 -0300 Thumb picture

    Prelúdio do Confronto Final

    Finalmente em uma luta exaustiva pra caramba eu venci a Princesa Abissal!

    (Ela divide o tema de batalha com o tema do Deus Abissal de Etrian Odyssey 3, tanto por conta que o lugar aonde ela se encontra também é chamado de Templo do Abismo, mas não é o mesmo lugar)

    A princesa Abissal foi há antiga princesa do Reino de Lemuria (a ilha ao qual o jogador é convocado a explorar). Ela no caso é apenas um cadáver reanimado ao qual o próprio trono há obriga a permanecer viva.

    O trono e ela são uma contra-medida criada para manter a Criatura final selada, mas depois de tantos anos o próprio monstro passou a controlar o cadáver já morto da princesa obrigando ela a defender seus interesses (guardar a unica arma capaz de por um fim a imortalidade dele). Ela é praticamente um Vampiro, mas o que a tornou nisso não é o mesmo método usado pela estranha relíquia "Olho Escarlate".

    Bom, existe duas formas diferentes de batalhar contra ela. Se vc escolher lutar de Dia, o movimento assinatura dela chamado "Regeneração dos Mortos-Vivos" vai ser possível detectar que a skill será usada.

    -Mas oq isso tem de tão importante?

    Se a skill ativar e você atacar ela nesse turno todo o dano causado vai curar ela 10X mais, ou seja, se vc causar 20,000 de dano no fim do turno ela vai recuperar 200,000.

    Se vc escolher lutar há Noite, você não vai saber em qual momento ela vai usar a "Regeneração dos Mortos-Vivos"

    No entanto essa parada é o menor de seus problemas. Ela possui muito HP, coisa de 160,000 e apesar de ser possível prever algum de seus movimentos o menor dos erros é hit kill no grupo inteiro. A batalha tem que ser terminada o mais rápido possível, porq próximo da morte ela se torna mais aleatória ainda já que ela tem uma especie de "memoria de elefante" se ela pular a fase de batalha pra tentar se curar, ela pode "passar" um dos moves q ela usaria naquele turno pra usar em 3 turnos há frente ou menos, advinha isso é praticamente impossível.

    Esse Boss também possui algo semelhante ao "Ragnarok" do Salvador em Etrian Odyssey IV. Ao passar do combate a Princesa vai começar a chamar Aparições/Fantasmas e quando ela completar 4 Fantasmas e vc n matar pelo menos 1 dessas aparições ela vai usar o "Condenação" e é instakill em todo mundo, dano impossível de ser evitado.

    Ai está o time. Eu pensei primeiro em tentar advinha os padrões dela, mas depois de tantas derrota ficava cada vez mais na cara que era impossível prever ela. Então oq foi que eu fiz?? Impedi ela de atacar, fazendo com que ela ficasse confusa ou petrificada (sim, o boss tem resistência há status, mas Lince sabe como trabalhar). Percebi que era possível fazer isso porq Uriel em um golpe de sorte conseguiu Petrificar ela com a skill da sua espada. 

    AGORA a batalha final vai finalmente acontecer! E no fim caso eu vença, vou revelar uma curiosidade foda pra caralho.

    Etrian Odyssey X

    Platform: Nintendo 3DS
    9 Players
    4 Check-ins

    11
  • farusantos Farley Santos
    2019-10-11 10:44:25 -0300 Thumb picture
    farusantos checked-in to:
    Post by farusantos: <p>MISTOVER é um RPG dungeon crawler que, em um pri
    MISTOVER

    Platform: PC
    1 Players
    1 Check-in

    MISTOVER é um RPG dungeon crawler que, em um primeiro momento, me pareceu uma mistura de Darkest Dungeon, Etrian Odyssey e conceitos de Mystery Dungeon. De fato ele pega muitos elementos desses jogos, no entanto consegue identidade própria.

    No jogo, o mundo foi tomado por uma estranha névoa que, segundo profecias, é um prenúncio do fim do mundo. Tal bruma trouxe consigo monstros e outros perigos, além de ser capaz também de contaminar comida e fazer as pessoas perderem a memória. No controle de um grupo de guerreiros, precisamos explorar regiões dentro da névoa a fim de encontrar uma maneira de dissipá-la e impedir a destruição do mundo. O detalhe é que há representação física do fim: um relógio mostra constantemente o quão longe estamos do fim do mundo, e ações no jogo podem fazer os ponteiros avançar ou retroceder.

    A estrutura da aventura é dividida em missões. Nelas, montamos um grupo de até cinco heróis e exploramos calabouços a fim de executar missões. As áreas são escuras e a luz vai acabando aos poucos, sendo assim precisamos ativar plantas luminosas especiais para não ficar no breu completo. Além disso, cada passo nos labirintos consome comida, e quando os suprimentos acabam os personagens perdem vida continuamente. Como é de praxe, as áreas estão repletas de obstáculos, armadilhas e monstros, o que dificulta a exploração. Cada classe tem uma habilidade que ajuda no momento de desbravar: a paladina consegue destruir certos obstáculos, o ronin é capaz de se mover por vários espaços de uma única vez, o grim reaper detecta itens próximos, e assim por diante. O desafio, então, é conseguir executar os objetivos e encontrar a saída antes que a comida e a luz acabem. Para mim a atmosfera é bem tensa e foram vários os momentos em que escapei por um triz.

    O combate é por turnos e tem forte aspecto estratégico. Os heróis e monstros ficam organizados em uma área de espaços 9 x 9 e a posição define os ataques que podem ser executados. Muitas das técnicas movimentam os personagens pelos espaços, logo quebrar a formação do inimigo é uma boa estratégia para deixar os combates mais tranquilos — e, naturalmente, os heróis também estão sucetíveis a tais condições. A formação do nosso grupo afeta outras coisas: certas organizações dão bônus de status para os heróis e é possível ativar ataques em conjunto caso certos guerreiros estejam em posições específicas. O jogo tem oito classes variadas e gostei da variedade de mecânicas, pois cada uma tem funções e particularidades de jogo bem distintas. Até o momento eu achei as batalhas difíceis, pois os monstros são bem fortes e ágeis, no entanto é muito recompensador quando a estratégia que eu pensei funciona certinho. Mas imagino que algumas coisas estão desreguladas, como a taxa de acerto dos heróis (eles erram bastante, mesmo que o menu indique 95% de acerto), nos fóruns do Steam a desenvolvedora já disse estar ciente e promete ajustes.

    Fora dos calabouços, administramos nossos recursos e heróis em uma cidade. A variedade de customização dos heróis é bem ampla e cada classe tem inúmeros ataques e habilidades para aprender. Equipamentos podem ser melhorados por meio de fusão e liberação de aspectos especiais. Atributos gerais, como quantidade máxima de comida e luz, podem ser melhorados em um laboratório. Enfim, existem vários sistemas interessantes espalhados na vila de MISTOVER.

    Tecnicamente é um jogo bonito, com gráficos 2D bem desenhados e com estilo único (por mais que lembra um pouco Darkest Dungeon). A ambientação é acertada na forma de ambientes escuros e detalhados — de fato traz a sensação de fim do mundo iminente. Momentos chave contam com dublagem em japonês e ajuda a trazer personalidade às pessoas desse mundo. Já a música me incomodou um pouco por ser simples e repetitiva.

    No fim, tô gostando bastante de MISTOVER. Se gosta de RPGs e dungeon crawlers, ele é uma ótima opção :)

    14
    • Micro picture
      kleber7777 · 3 days ago · 2 pontos

      Bacana ver que Darkest Dungeon virou referência para vários jogos que surgiram recentemente. Que venham mais.

    • Micro picture
      onai_onai · 2 days ago · 2 pontos

      Que doideira! Gostei da mistura e do conceito!

  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-10 17:40:05 -0300 Thumb picture

    Modo Sobrevivência 15/40

    Seguindo a campanha já estou chegando na metade mas infelizmente três personagens já morreram. Uma coisa legal nesse modo é que a cada batalha sempre se ganha um item, ao menos não preciso gastar pontos de reputação com isso...

    Aqui é possível também resetar uma batalha, caso tenha dado merda, mas há um limite para isso. Devido a esse fato não resetei nenhuma, vou deixar esses pontos para as últimas batalhas mesmo, isso se for necessário...

    Dá uma certa tristeza quando perco algum personagem forte...

    The Banner Saga 2

    Platform: PC
    29 Players
    2 Check-ins

    11
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2019-10-10 11:18:43 -0300 Thumb picture

    ANDROMEDA (SHARE).✨💫🌠🌎🌙

    Continuando a exploração no planeta rico em flora...🌺

    e fauna.😼

    No Man's Sky? 🦖

    Desbravando mais o planeta...

    Isso é, se os bichinhos de No Man's Sky permitirem.

    ZAP em ação (fuçando cada canto e fornecendo dados para pesquisa e futuras análises)🤖

    Um desperdício não colocar o jogador no controle da nave e também dessa perseguição em particular...

    Chegamos na base inimiga.

    Coisas esquisitas estão rolando...

    Pressinto que "vai dar merda"...

    MASS EFFECT: ANDROMEDA é um RPG de ação em terceira pessoa, lançado em 2015 sob fortes críticas pertinente as bizarras expressões faciais. A reclamação nesse ponto foi tão forte que precisaram refazer esse aspecto inteiro no game. Atualmente você não presenciará tais bizarrices ao mesmo nível do lançamento.

    O game se passa muito tempo após a trilogia original... então é como se fosse um recomeço para a série. A novidade é deixar o personagem em grandes áreas (praticamente um open world) para explorar. Esse aspecto também foi levemente criticado: alguns o consideram "vazio". Eu em particular considero "razoável" e traz essa vibe de explorar planetas aparentemente inabitáveis.

    Eu tive uma boa experiência com o game. Da mesma forma que ASSASSIN'S CREED é único em nos transpor para grandes eventos históricos, MASS EFFECT também consegue ser único em transpor o jogador para o espaço fazendo-nos sentir o "pica das galáxias".😁

    Facilmente um 8/10. 👍🏻

    Mass Effect Andromeda

    Platform: Playstation 4
    292 Players
    140 Check-ins

    20
  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-09 20:14:00 -0300 Thumb picture

    De volta a Viper Manor

    Eita já fazia dez dias que eu não jogava Chrono Cross! Eu estava muito empolgado jogando The Banner Saga II e alguns jogos do saudoso Master System. Bem, vamos lá. Antes de procurar a cura para a substância que envenenou Kid resolvi dar mais uma volta em Viper Manor...

    Em Termina consegui outro personagem, um lutador de luta livre, mas esqueci o nome dele. Há outros personagens nessa cidade mas ainda não sei como pegá-los. Na mansão vi outros caminhos por onde eu poderia ter entrado e consegui uma nova personagem também, dessa vez uma cientista.

    Agora sem demora vamos logo ajudar a Kid!

    Chrono Cross

    Platform: Playstation
    5258 Players
    154 Check-ins

    31
    • Micro picture
      fonsaca · 4 days ago · 1 ponto

      Nossa, esse lutchador eu nem lembrava... hahaha!

      2 replies
    • Micro picture
      santz · 4 days ago · 1 ponto

      Eu também deixava o lutador na minha equipe. Você sabia que tem um outro trajeto para a história sem precisa salvar a Kid? Não lembro o que tem que fazer, mas você vai recrutar outro personagem ao invés da Ryzler (acho que esse é o nome).

      1 reply
  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-09 09:37:14 -0300 Thumb picture

    Modo Sobrevivência 10/40

    Vamos lá, as batalhas não estão tão difíceis mas é bem tenso jogar prestando bastante atenção pra não deixar nenhum personagem morrer, afinal quando morre os pontos que você gastou evoluindo ele não são recuperados, até certo ponto...

    Perdi minha primeira personagem e lá vai eu gastar mais pontos pra colocar outro no time. Depois disso descobri que dá pra fazer um funeral para o personagem que morreu, gastando também pontos de reputação. Tudo tem que pagar nesse jogo...

    Porém quando se gasta pontos para fazer o funeral recebe-se mais pontos em troca, menos mal. E quando mais forte ter sido o personagem mais caro é o funeral, em compensação maiores são as recompensas!

    The Banner Saga 2

    Platform: PC
    29 Players
    2 Check-ins

    17
  • onai_onai Cristiano Santos
    2019-10-08 07:49:13 -0300 Thumb picture

    Modo Sobrevivência 5/40

    Antes de começar de fato o The Banner Saga III resolvi dar uma olhada nesse modo sobrevivência. Eu não esperava muita coisa, porém tive uma agradável surpresa ao ver que esse modo é bem interessante!

    O Modo Sobrevivência consiste em se vencer quarenta batalhas utilizando variados personagens. A princípio os seis primeiros você pode recrutar de graça mas para conseguir os outros é necessário gastar pontos de reputação. E outra coisa, se alguém é derrotado em batalha não fica ferido, morre de vez!

    Estou utilizando o mesmo esquema que fiz até agora, em um grupo de seis coloco três gigantes e três raças pequenas. Vamos lá se chego até o final...

    The Banner Saga 2

    Platform: PC
    29 Players
    2 Check-ins

    12

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...