• anikabonny Anika Bonny
    2021-02-09 02:09:40 -0200 Thumb picture

    Rift Wizard (PC)

    Totalmente inspirado em jogos retrô, Rift Wizard é um roguelike misturado com estratégia no qual você controla um mago e deve passar por 25 fases para conseguir destruir o seu rival.

    Análise completa: https://bit.ly/2N6alNg

    14
  • 2021-01-09 00:17:59 -0200 Thumb picture

    Jogo de graça na Epic Games Store (08/01 - 14/01)

    Medium 755105 3309110367

    A Epic Games está disponibilizando de graça na Epic Games Store, a partir desta sexta-feira (08/01), o jogo Crying Suns.

    Publicado pela Humble Games (Void Bastards e Ikenfell), Crying Suns é um rogue-lite com elementos de RPG tático ambientado no espaço, inspirado em várias obras do gênero sci-fi como Duna, Fundação e Battlestar Galactica.

    O jogo ficará de graça até o dia 14 de Janeiro. O próximo jogo será Star Wars Battlefront 2 - Celebration Edition.

    15
  • farusantos Farley Santos
    2020-09-08 13:04:32 -0300 Thumb picture

    Análise: Star Renegades

    Star Renegades oferece uma interessante e visualmente bela experiência de RPG e roguelike. A batalha por turnos é sua melhor característica, por causa da presença do notável sistema de manipulação de linha do tempo repleto de nuances. Além disso, a grande variedade de heróis, técnicas e equipamentos oferece muitas opções na hora de montar as táticas — dominar os recursos é essencial, pois a dificuldade é acentuada. Como roguelike, o jogo deixa a desejar com exploração com poucos eventos e estrutura limitada, o que traz sensação de repetição. Mesmo assim, vale muito a pena jogar Star Renegades para experimentar seu excelente combate.

    Análise completa

    Star Renegades

    Platform: PC
    7 Players
    3 Check-ins

    9
    • Micro picture
      _gustavo · 6 months ago · 1 ponto

      Adorei o sistema de "Behemots" é identico aos de Middle-Earth

      1 reply
  • farusantos Farley Santos
    2020-06-19 15:58:09 -0300 Thumb picture

    Análise: West of Dead

    Ação estilosa e tiroteios altamente estratégicos são os maiores destaques de West of Dead. Os confrontos do jogo exigem domínio de diferentes armas, assim como uso tático dos elementos do cenário, em batalhas intensas e muito divertidas. A ambientação, que mistura a temática de Velho Oeste e elementos sobrenaturais, é ímpar ao empregar iluminação de forte contraste, o que resulta em um mundo impactante e sombrio. Como roguelike o jogo é competente, no entanto uma sensação de repetição pode aparecer a longo prazo por causa da variedade limitada de conteúdo. Mesmo assim, West of Dead é uma experiência única e que vale a pena ser conferida.

    Análise completa

    West of Dead

    Platform: PC
    7 Players
    1 Check-in

    14
  • farusantos Farley Santos
    2020-03-25 15:17:53 -0300 Thumb picture

    Análise: One Step From Eden

    One Step From Eden é um engenhoso roguelike que mistura bem ação e estratégia. O seu sistema de combate empolga ao exigir destreza, observação e pensamento tático ágil do jogador. Muitas opções de feitiços e melhorias incentivam a experimentação constante, e heróis com estilos de jogo diferente ajudam a trazer diversidade às partidas. A velocidade frenética e a quantidade de elementos nas batalhas faz com que o título seja difícil, mas melhorar continuamente faz parte da experiência, por mais que alguns picos de dificuldade atrapalhem um pouco. Além disso, a longo prazo a variedade limitada de conteúdo começa a pesar, mesmo com os elementos procedurais. No fim, One Step From Eden se prova um ótimo título de ação capaz de prender por horas com suas ótimas mecânicas.

    Análise completa

    One Step From Eden

    Platform: PC
    7 Players
    2 Check-ins

    10
  • farusantos Farley Santos
    2020-03-04 21:15:13 -0300 Thumb picture
    farusantos checked-in to:
    Post by farusantos: <p>Curse of the Dead Gods é um roguelite dungeon cr
    Curse of the Dead Gods

    Platform: PC
    4 Players
    1 Check-in

    Curse of the Dead Gods é um roguelite dungeon crawler que foi lançado em Acesso Antecipado.

    No jogo, controlamos um aventureiro que explora ruínas em busca de riquezas e poder. Porém, assim que ele adentra o local, é afligido por uma maldição que só piora conforme ele avança.

    Em cada partida, precisamos explorar salas interconectadas com perigos e inimigos. Boa parte das armadilhas só podem ser vistas quando a tocha está ativa, logo iluminação é algo importante. O combate em tempo real é ágil e focado entre intercalar ataques com a arma principal e com a secundária, que consome pontos de fôlego. Além disso, é possível esquivar de ataques com um movimento de rolamento e anular dano com uma defesa — todos os pontos de fôlego são recuperados caso essas habilidades sejam ativadas momentos antes do ataque atingir o herói.

     maldição é um ponto central de Curse of the Dead Gods. Um medidor de corrupção é aumentado ao avançar de uma sala para outra ou ao ser atingido por ataques de inimigos específicos, e quando ele é completamente preenchido uma nova maldição entra em ação. As maldições são efeitos persistentes, normalmente negativos, que influenciam a jogabilidade de alguma maneira, como armadilhas que se ativam sozinhas, perder dinheiro ao ser atingido, aparecimento de áreas completamente escuras e mais. Matar inimigos em sequência rapidamente aumenta o medidor de combo, que aumenta a quantidade de dinheiro recebida.

    O herói se fortalece com diferentes tipos de armas (como martelos imensos, facas venenosas ou lanças) e melhorias de atributos. Algumas dessas melhorias podem ser obtidas em altares ao custo de ouro ou vida. e um pouco de corrupção. Sendo assim, é importante saber dosar como gastar os recursos disponíveis para se fortalecer. Há também habilidades passivas que podem ser liberadas entre as partidas, e é possível equipar até três delas.
    Mesmo estando em Antecipado, Curse of the Dead Gods já apresenta alto grau de polimento (já virou norma jogos nesse estado). Particularmente, gostei do conjunto de mecânicas que envolvem iluminação dos cenários e gerenciamento cuidadoso da vida, dinheiro e corrupção. O combate é simples e frenético, sendo que diferentes armas possibilitam outras opções de combo — saber balancear os pontos de fôlego entre ataque e esquiva é essencial para sobreviver. Só achei a mecânica de corrupção punitiva demais: a barra enche muito rápido e é impossível reduzi-la, o que torna as partidas complicadas rapidamente. Imagino que o balanceamento vai ser melhorado com o passar do tempo. Outro problema é a pequena quantidade de conteúdo, vi os mesmos inimigos e salas inúmeras vezes durante as partidas.

    Se gosta de roguelites e dungeon crawlers de ação, Curse of the Dead Gods é uma ótima opção. Torço para que o jogo melhore ainda mais durante o período de Acesso Antecipado :)

    14
  • farusantos Farley Santos
    2020-02-27 07:50:06 -0300 Thumb picture

    Primeiras impressões: ScourgeBringer

    Andamento ágil e ação empolgante são as melhores características de ScourgeBringer. O jogo se destaca ao oferecer uma aventura de ação 2D acelerada e com movimentação com poucas limitações: é possível fazer sequências de ataques impressionantes no ar enquanto realizamos acrobacias. As mecânicas são fáceis de entender, mas inimigos agressivos e diferentes arenas deixam as partidas complicadas — parte da graça é justamente dominar os sistemas e sair ileso, sendo que melhorias permanentes ajudam a trazer uma sensação de progresso entre as tentativas. O jogo está em Acesso Antecipado e já apresenta bom grau de polimento, porém a variedade de conteúdo é reduzida, o que deve mudar durante o desenvolvimento. No fim, SourgeBringer é muito divertido e já vale a pena ser conferido.

    Impressões completas

    ScourgeBringer

    Platform: PC
    6 Players

    12
    • Micro picture
      hilquias · about 1 year ago · 2 pontos

      tá na minha lista esse

  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-26 14:57:11 -0300 Thumb picture

    ToeJam & Earl: Back in the Groove (Xbox One)

    Back in the Groove é a união do que há de melhor do primeiro e segundo jogo da franquia ToeJam & Earl!
    ToeJam, Earl e suas amigas (sim, o jogo conta com novos personagens!) estavam viajando pelo espaço, quando “acidentalmente” Earl pressiona um botão escrito “não aperte”… e então a nave que estavam explode e todas as suas peças vão parar no planeta Terra.
    Seu objetivo é encontrar as peças da nave, numa aventura ao melhor estilo roguelike, exatamente como no primeiro jogo!

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/toejam-earl-back-in-the-groove-xbox-one/

    ToeJam & Earl: Back in the Groove

    Platform: Xbox One
    5 Players
    2 Check-ins

    18
    • Micro picture
      hilquias · about 1 year ago · 2 pontos

      vou dar uma olhada, ganhei no twitch prime e não me chamou muta atenção

      2 replies
    • Micro picture
      lgd · about 1 year ago · 1 ponto

      Este é o que foi feito por fãs?

      3 replies
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-14 12:08:32 -0200 Thumb picture

    Devious Dungeon (PC)

    Um antigo mal foi desperto nas profundezas das catacumbas do castelo do rei. Para conter esse mal, o rei enviou seus homens porém nenhum retornou com vida. A única pessoa capaz de impedir que uma tragédia aconteça é você!

    Devious Dungeon é um jogo de plataforma e roguelike, com visual e mecânicas simples mas bem divertido e desafiador!

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/devious-dungeon-pc/

    Devious Dungeon

    Platform: Playstation 4
    4 Players
    2 Check-ins

    14
  • 2020-01-14 13:53:06 -0200 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...