• farusantos Farley Santos
    2019-04-03 11:33:28 -0300 Thumb picture

    Impressões: Risk of Rain 2

    Risk of Rain 2 consegue trazer a atmosfera repleta de tensão e urgência em forma de roguelike para um mundo 3D. É divertido explorar estranhos locais de um mundo alienígena enquanto nos fortalecemos com inúmeros equipamentos inusitados, por mais que o perigo seja constante. As mecânicas em um ambiente 3D funcionam bem, no entanto ainda há espaço para várias melhorias nos controles, na clareza visual e no balanceamento da dificuldade — muitas dessas coisas devem ser alteradas durante o período de Acesso Antecipado. Mesmo assim, Risk of Rain 2 já prova ser um ótimo roguelike e tem tudo para ser ainda melhor que o primeiro.

    Impressões completas

    Risk of Rain 2

    Platform: PC
    1 Players
    1 Check-in

    5
  • speedhunter Renan Loiola
    2019-02-19 20:08:54 -0300 Thumb picture
    speedhunter checked-in to:
    Post by speedhunter: <p>Se eu pudesse eleger o roguelike mais difícil qu
    Rogue Legacy

    Platform: Playstation Vita
    130 Players
    65 Check-ins

    Se eu pudesse eleger o roguelike mais difícil que já joguei seria o Rogue Legacy. Ele é um excelente jogo e um dos melhores do seu gênero! Infelizmente a alta dificuldade e por ser procedural, é o tipo de jogo mais focado em um nicho. 

    Estou me divertindo muito por gostar de jogos desse estilo, mas é inegável que os produtores poderiam ter colocado níveis de dificuldade para atrair um público mais amplo.

    (Desculpem a qualidade da imagem...Tá sofrido! Pelo menos já consegui matar dois bosses...)

    16
    • Micro picture
      kleber7777 · 7 months ago · 2 pontos

      Eu entendo você. Quando joguei esse jogo, pensei que nunca iria conseguir terminar. O jogo é complicado sim. Leva bastante tempo. Mas com muita paciência, você vencerá também.
      Quanto ao público, eu já meio que aceitei que é um gênero de nicho. O grande público não tem tempo ou paciência pra terminar. E pelo jeito, alguns desenvolvedores aceitam isso.
      Mas penso como você, seria interessante opções nesses jogos que tornem esses jogos mais acessíveis a um publico maior.

      1 reply
    • Micro picture
      le · 7 months ago · 1 ponto

      Pô, que é isso. Esse é relativamente tranquilo. Só tem que morrer bastante mesmo, não tem jeito. Acho que, de difícil, só alguns dos chefes especiais mesmo.

      Mas níveis de dificuldade em um jogo desse iam matar o propósito. Roguelite tem que ser difícil mesmo, e você ir melhorando a cada reinício.

      3 replies
    • Micro picture
      santz · 7 months ago · 1 ponto

      Ele não é tão difícil assim. No começo é mais penoso, mas quando derrotei o boss 4, fui direto para o 5 o derrotei de boas.

      2 replies
  • farusantos Farley Santos
    2019-01-08 09:18:32 -0200 Thumb picture
    farusantos checked-in to:
    Post by farusantos: <p>Gosto muito de roguelikes e também aprecio cardg
    Slay the Spire

    Platform: PC
    20 Players
    14 Check-ins

    Gosto muito de roguelikes e também aprecio cardgames, sendo assim fazia um tempo que estava de olho em Slay the Spire. Joguei um pouco e gostei bastante do que vi.

    No jogo, controlamos um personagem que escala uma torre repleta de monstros e perigos. O combate é todo baseado em cartas, cada uma dela faz uma ação como atacar, defender ou executar uma técnica especial.

    A base do sistema de batalha é bem simples e a complexidade vem da sinergia das cartas e montagem de combinações poderosas. Em uma das minhas partidas, por exemplo, eu conseguia vários pontos de defesa facilmente ao utilizar uma carta que criava barreiras toda vez que eu atacava. Já outra estratégia que usei bastante foi me fortalecer por um único turno e em seguida usar uma técnica que enfraquecia e atacava todos os inimigos.

    Pelo caminho, vamos fortalecendo o herói com relíquias com habilidades passivas (eu peguei uma que criava cinco pontos de escudo ao utilizar três ataques no mesmo turno) e novas cartas. Um mapa que muda sempre, vários personagens diferentes e muita variedade de habilidades e cartas trazem variedade às partidas.

    Gostei bastante do que joguei, é bem viciante, principalmente os combates mais complicados. Só não curti muito a direção de arte, parece um pouco amadora, porém os sistemas compensam esse detalhe. De qualquer maneira vou continuar jogando até ele sair do Acesso Antecipado no final de janeiro.

    7
  • farusantos Farley Santos
    2018-12-30 17:48:28 -0200 Thumb picture
    farusantos checked-in to:
    Post by farusantos: <p>Gosto bastante de roguelikes e nas minhas pesqui
    Dungreed

    Platform: PC
    1 Players
    1 Check-in

    Gosto bastante de roguelikes e nas minhas pesquisas descobri Dungreed. Aproveitei a sale do Steam e comprei, gostei bastante :)

    No jogo, uma cidade foi engolida por um calabouço (!) e como um guerreiro precisamos explorar o local em busca dos habitantes "raptados".

    Na prática, é um jogo de ação e plataforma com várias armas e equipamentos diferentes. Como é de costume, a disposição dos mapas é gerada proceduralmente e cada partida é bem distinta da outra. Dungreed está mais pra roguelite, pois muitas coisas são mantidas entre as partidas, como o nível do personagem (o que permite melhorar alguns atributos), parte do dinheiro e até equipamentos.

    É mais simples que outros roguelikes, mas não deixa de ser bem legal. Por sorte não parece impossivelmente difícil, por mais que já apanhei bastante, haha

    6
  • farusantos Farley Santos
    2018-11-09 20:11:30 -0200 Thumb picture
    farusantos checked-in to:
    Post by farusantos: <p>Depois de muito tempo, voltei a jogar Monolith.
    Monolith

    Platform: PC
    2 Players
    1 Check-in

    Depois de muito tempo, voltei a jogar Monolith. Ele é um misto de roguelike, dungeon crawler e shoot'em up — ou seja, meus gêneros favoritos no mesmo lugar, haha

    Um detalhe importante é que ele tem toques de bullet hell, ou seja, inúmeros projéteis na tela. Para piorar, o tempo de invencibilidade da nave é beeeem curtinho. Isso faz com que o jogo seja muito muito difícil, no entanto esse é o charme do jogo. Tem uns upgrades e armas espalhadas nas fases, mas o que faz diferença mesmo é a habilidade.

    Meu objetivo agora é ver o final verdadeiro do jogo. Já perdi a conta de quantas vezes morri para o último chefe verdadeiro (a batalha contra ele é um bullet hell dos brabos), contudo eu estou chegando cada vez mais perto — na última tentativa faltou só um pedacinho da barra de vida.

    Uma hora eu consigo, minha habilidade tá melhorando :) E recomendo demais Monolith, é mais um desses indies excelentes meio desconhecidos.

    7
    • Micro picture
      mattfenrir · 11 months ago · 2 pontos

      Acho indies mais difíceis que jogos "oficiais" kkkkk

      1 reply
  • game_zone Dante Gaze
    2018-08-30 02:19:55 -0300 Thumb picture
    Post by game_zone: <p>https://www.youtube.com/watch?v=BKomL46jQB8</p><

    Muito bom esse RPG no estilo DarkSouls ou propriamente dito, os metroidvanias da vida que ultimamente esta saindo, e um game bem interessante comparado a alguns, em particular nao posso comentar pois seria spooiler, mas vale muito a pena conferir esse grande game !!

    2
  • anduzerandu Anderson Alves
    2018-08-21 10:12:30 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Quest of Dungeons

    Zerado dia 20/08/18

    Esse jogo saiu pra Switch há algum tempo e sempre via um amigo jogando, o que me deixou intrigado. Um dia, vagando pela eshop, descubro que ele tem demo e fui correndo ver do que se tratava. Um dungeon crawler rogue-like muito bacana e uma ótima combinação de gêneros que venho amando mais do que nunca graças a Enter the Gungeon e outras coisinhas.

    Infelizmente, no dia que fui comprar esse jogo, a promoção terminou e decidi esperar mais um tempo e pesquisar mais sobre ele. Lembrei que seria muito bom jogar no Vita, mas infelizmente também, ele não saiu pra plataforma, mas saiu pro 3DS e PC e eu nunca tinha ouvido falar.

    Deus salve a freeshop, mesmo com a experiência não sendo tão bacana no portátil 3D (sim, conseguiram deixar o jogo mais simplório do mundo levemente mais feio).

    O meu amor por QoD veio com a sua jogabilidade e sistema de combate. Qualquer ação gasta um turno: andar, atacar, se curar, quebrar um objeto do cenário, conjurar uma magia etc. O mapa do jogo funciona como um grid, mais ou menos como era nos jogos principais da franquia Pokémon, e todos os personagens na sala executam suas ações ao mesmo tempo (ou seja, assim que você fizer alguma coisa).

    Basicamente, se você andar em direção à um inimigo, ele também andará em sua direção ao mesmo tempo, assim como outros que possam estar por perto (a maioria deles só ataca corpo-a-corpo, estilo Fire Emblem). Mas vale lembrar que outros atacam de longe, então é bom pensar um pouco antes de sair executando qualquer ação e ficar tomando dano de graça.

    Um bom exemplo é jogar de mago, que lança bolas de fogo que podem queimar o inimigo. Como nesse caso você ataca de longe, caso o inimigo pegue fogo, basta fugir dele já que ele nunca te alcançará (ninguém executa duas ações num só turno) e perderá vida a cada espaço que andar ao invés de ir bater de frente.

    Outra forma de ver essa simples jogabilidade é imagina você e um inimigo com dois espaços vazios entre vocês. Você anda na direção dele, ele anda na sua. Agora vocês dois ocupam os espaços anteriormente vazios. Nada acontece até você agir. Se você atacar, ele também atacará, visto que:

    -A prioridade dos inimigos é sempre chegar ao seu lado.

    -Estando ao seu lado, a prioridade se torna atacar.

    -Se você atacar junto a ele, a sua ação tem preferência, ou seja, se o ataque for mortal, você não receberá dano.

    Já no caso da imagem acima, com apenas um espaço, se você se mover, o inimigo atacará, já que a sua ação tem prioridade, ocupando o espaço e já estando adjacente para o inimigo poder atacar.

    A coisa toda se complica com a aparição de inimigos que atacam a distância e os chefes. Ah, os chefes. É rápido ficar forte em cada andar que você se encontrar, mas os chefes dificilmente ficam tranquilos de se batalhar graças a grandes barras de HP, muita força e magias que podem te queimar, congelar etc.

    Por outro lado, você também se fortalece com o sistema de level up com a experiência ganhada matando inimigos e fazendo as rápidas sidequests, sistema de equipamento e aprendizado de skills com os livros que achamos aleatoriamente pelas salas de cada andar, comum pouco de sorte.

    Vale lembrar que esse é um jogo que se cria aleatoriamente, então você pode dar sorte de achar muito equipamento, ficar rico e causar mudanças de status nos monstros como também pode descer uma escada e já sair numa sala de um chefe abusivamente forte e que acabará com todo o seu progresso.

    Vale saber que em QoD, morrer significa perder completamente o progresso da sua run. Dinheiro, equipamentos, magias, mapa. Você volta sempre à estaca zero, o que pode ser frustrante, principalmente quando você está no quinto ou sexto andar quando as dungeons tem sempre 7.

    A dica que eu dou é sempre ter paciência, sobretudo ao abrir uma sala desconhecida e ver o melhor jeito de abordar o que quer que esteja lá. Além disso, coletar tudo e vender o mais rápido possível já que seu inventário é muito limitado (36 coisas, se eu estiver certo) e constantemente se enche. Saber o que comprar também é essencial já que as vezes encontramos itens que custam quase que seu dinheiro inteiro e só melhoram seus status em 3, 4. Com o constante drop de itens melhores, vale a pena guardar seu dinheiro para itens que melhorem 15, 20 e que custam basicamente o mesmo, embora nem sempre apareçam na loja.

    Pra fechar, recomendo personagens que ataquem de longe, como o arqueiro ou principalmente o mago: matam fácil, tem skills roubadas, se mantém em segurança e causam mudanças de status. O mago basicamente quebra esse jogo depois da minha experiência como Warrior.

    Resumindo: Quest of Dungeons é um excelente dungeon crawler com os elementos mais aleatórios possíveis. É um jogo bem simples e fácil de entender, mas chega a ser difícil aqui e ali, principalmente por conta de descuido. Sobretudo, um charme e que você pode largar o console a qualquer momento já que as ações são executadas assim que você fizer algo.

    De bom: simples. Trilha sonora muito boa. Jogabilidade bacana. Nível de desafio muito bom, e é possível deixar mais fácil ou difícil. Duas dungeons de 7 andares para você fazer e a possibilidade de criar outra do tamanho e dificuldade que quiser. 5 Classes de personagens, incluindo a menina do Crypt of the Necrodancer. Streetpass exclusivo ao 3DS, que envia seu personagem para um amigo tentar matá-lo em algum andar. O jogo permite salvar e sair caso você precise por qualquer motivo.

    De ruim: pode ser frustrante morrer no final para um elemento surpresa inesperado. Falta do efeito 3D. Embora cada andar seja diferente, faltou um elemento mais épico, sobretudo nos chefes finais. Achei que faltou alguma premiação por fechar a aventura.

    No geral, é um jogo bacana, que deveria ter em mais plataformas! Somando as duas dungeons, foram cerca de 3 horas, mas cheguei a perder algumas vezes, chuto que joguei umas 6 no total. Simples e divertido, recomendo. Deu até pra jogar em pequenos intervalos no trabalho sem se preocupar em pausar, lembrar de enredo ou e jogabilidade!

    Quest of Dungeons

    Platform: Nintendo 3DS
    2 Players

    22
    • Micro picture
      filipessoa · about 1 year ago · 2 pontos

      Parabéns! Esse dá pra jogar pra descontrair um pouco kk

  • game_zone Dante Gaze
    2018-05-29 18:53:01 -0300 Thumb picture
    Post by game_zone: <p>MOONLIGHTER</p><p>NOVO RPG ROGUELIKE COM AVENTUR

    MOONLIGHTER

    NOVO RPG ROGUELIKE COM AVENTURA E AÇÃO

    ASSUMIMOS O PAPEL DE WILL, O ULTIMO DA SUA FAMILIA E VENDEDOR E UMA LOJA DE ITENS !! 

    UM GAME BEM DIFERENTE DO HABITUAL, AQUI TEMOS QUE PROGREDIR VENDENDOR ITENS E DANDO UPDGRADE NA CIDADE E NA LOJA, GAME TOTALMENTE INOVADOR, LANÇADO HOJE PARA 

    PS4, XBOX ONE E PC, PARA SWITCH AINDA NAO TEM UMA PREVISAO DEFINIDA DO LANÇAMENTO DO GAME !!

    BORA CONFERIR NOSSA GAMEPLAY !!

    DEIXE NOSSO LIKE GENTE E SE INSCREVA 

    Moonlighter

    Platform: PC
    54 Players
    15 Check-ins

    1
  • game_zone Dante Gaze
    2018-04-30 19:44:23 -0300 Thumb picture
    Post by game_zone: <p>#img#[545694]</p><p>FALA PESSOAL, JOGAMOS UM GAM

    FALA PESSOAL, JOGAMOS UM GAME COM MUITAS REFERENCIAS A ZELDA !! O THE SWORDS OF DITTO, BORA CONFERIR NO CANAL

    1
  • raiden Raiden
    2018-03-25 00:36:51 -0300 Thumb picture

    Xenon Valkyrie+ (Xbox One)!!!

    Não achei o jogo cadastrado em nenhuma plataforma (mas já enviei o pedido) então vai assim mesmo. O jogo é mais um daqueles roguelike com elementos de rpg hardcore!! Adorei isso aqui, sempre curti o gênero e a trilha sonora tá sensacional!!! Recomendo muito, ainda mais por conta do preço na Live!! ^^

    12

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...