• lendaryo Solivan Martins
    2020-01-17 11:33:44 -0200 Thumb picture
  • cyberwoo Diogo Batista
    2020-01-12 20:21:07 -0200 Thumb picture
  • jimmyramalho Jimmy
    2020-01-08 18:11:47 -0200 Thumb picture
    Post by jimmyramalho: <p><strong>Jogo finalizado n° 33<br></strong></p><p

    Jogo finalizado n° 33

    Alexi Lalas International Soccer é um game de futebol desenvolvido pela Z-Axis e lançado em 1999 para o Playstation 1.

    O jogo leva no título o nome do ex-futebolista, Alexi Lalas. Ele foi o primeiro estadunidense a jogar na primeira divisão italiana, participou da copa de 1994 representando é claro os Estados Unidos, além de representar a USMNT nas olimpíadas de 1996 e vencer a U.S. Open Cup em 2001 e a MLS Cup em 2002 pelo Los Angeles Galaxy.

    Gráficos

    O s gráficos são até que legais para época, a animação dos jogadores é boa e os cenários poderiam ser perfeitos se não fosse um detalhe... As imagens estáticas que colocaram nas arquibancadas são totalmente fora de proporção, se não for isso, a única explicação é que tem gigantes assistindo ao jogo.

    Som

    Os sons da partida em si são bons, apesar de não ter uma narração. A única coisa que senti falta foi das músicas no menu do jogo.

    Alexi Lalas International Soccer

    Platform: Playstation
    13 Players
    1 Check-in

    8
  • jimmyramalho Jimmy
    2020-01-08 05:59:00 -0200 Thumb picture
    Post by jimmyramalho: <p><strong>Jogo finalizado n° 32<br></strong></p><p

    Jogo finalizado n° 32

    ATV Racers é um jogo de corrida lançado em 2003 para Playstation 1 pela Miracle Designs.

    Jogabilidade

    No modo torneio, os jogadores escolhem um dos animais para correr. O torneio oferece três conjuntos diferentes de corridas de troféus; o cálice da cruz, o cálice das dunas e o cálice da rocha. Cada torneio consiste em 3 pistas diferentes, que são alteradas dependendo da taça em que o jogador está competindo. 

    Pra falar a verdade, o jogo poderia ser perfeito, porém tem aquele velho problema que praticamente todos os jogos de corrida tinham... Os carros são uma bosta pra controlar; parece que tem um campo magnético que te puxa para a lateral da pista.

    Gráficos

    Os gráfios são bem ruins na parte dos personagens, já os cenários são até relevantes, mas mesmo assim não chegam a ser o ideal para um jogo que já não tem uma boa jogabilidade.

    Som

    As músicas do jogo são sensacionais, realmente é o único quesito que salva na jogatina, acho que foi por isso que consegui me manter jogando. As músicas tem um som bem envolvente e animado, vale a pena conferir.

    ATV Racers

    Platform: Playstation
    4 Players
    1 Check-in

    9
    • Micro picture
      santz · 19 days ago · 1 ponto

      2003? Deveria ter sido algo muito melhor!

      1 reply
  • jimmyramalho Jimmy
    2020-01-06 04:56:09 -0200 Thumb picture
    Post by jimmyramalho: <p><strong></strong></p><p><strong>Jogo finalizado

    Jogo finalizado n° 31

    The King of Fighters '96 é um game lançado no ano de 1996 pela SNK. É o terceiro jogo da série The King of Fighters e o segundo da Saga Orochi.

    Enredo

    Competições preliminares foram realizadas em várias áreas do mundo e, entre as nove principais equipes, naturalmente, os competidores habituais estão ansiosos para testar suas habilidades em uma competição oficial.

    Desta vez, no entanto, há uma equipe entre eles que não pode deixar de levantar as sobrancelhas, composta por Geese Howard, Wolfgang Krauser e Mr. Big. Os três que tentaram conquistar o mundo agora são apenas meros competidores neste torneio. O objetivo deles é, talvez, acabar com os irmãos Bogard ou os discípulos do karatê Kyokugen? Se isso não bastasse para surpreender...

    Gráficos

    A primeira coisa que me vem a cabeça ao mencionar os gráficos são os cenários incríveis que o jogo possui. Podemos ver que as animações de fundo são bem melhores que as dos jogos anteriores.

    As cores do game são bem vibrantes e os pixels estão do jeito que eu gosto. Os gráficos são simplesmente incríveis e os sprites nem se fala!

    The King Of Fighters 96

    Platform: Playstation
    1093 Players
    5 Check-ins

    10
  • jimmyramalho Jimmy
    2020-01-04 01:46:16 -0200 Thumb picture
    Post by jimmyramalho: <p><strong>Jogo finalizado n° 30</strong></p><p>#im

    Jogo finalizado n° 30

    ATV Mania é um jogo de corrida de combate entre veículos lançado em 2003 pela Deibus.

    Jogabilidade
    Esse é o típico game de corrida com a direção do carro muito ruim de controlar. A jogabilidade é bem pesada mas com muita luta você consegue finalizar, até por que os outros concorrentes são muito ruins. 

    A parte legal é que temos tipos de armas para acertar outros carros e garantir o primeiro lugar.

    Gráficos

    Os gráficos são bem legais, os cenários são muito bem desenhados, assim como as animações durante a corrida.

    Som

    A parte sonora é muito mal equilibrada, alguns sons ficaram muito altos e irritantes. As músicas dão uma equilibrada na nota, porém não são lá essas coisas.

    Declarações Finais

    Pra falar a verdade eu só finalizei esse jogo por que baixei pra ver do que se tratava e vi que era bem curto, então terminei ele só pra poder contar como mais um na lista de finalização.

    ATV Mania

    Platform: Playstation
    7 Players

    7
  • jimmyramalho Jimmy
    2020-01-03 20:24:16 -0200 Thumb picture
    Post by jimmyramalho: <p><strong>Jogo finalizado n° 29<br></strong></p><p

    Jogo finalizado n° 29

    Backstreet Billiards é um jogo de bilhar desenvolvido pela Argent e lançado para Playstation 1 em 1998.

    Jogabilidade

    O jogo é como qualquer outro jogo de bilhar existente, o que diferencia o game é o fato de apresentar os personagens dentro de um enredo como se fosse um anime.

    Um aspecto que me chamou muita atenção também foi a física do game, as bolas tem uma sincronia muito boa e isso deixa mais realista.

    Enredo

    Você assume o papel de um jogador de sinuca solitário que busca descobrir quem roubou o taco de sinuca cobiçado pelo falecido pai. Você conversará com personagens por toda a cidade, jogando diferentes jogos de sinuca para ganhar seu respeito e obter respostas para o mistério.

    Gráficos

    Os gráficos do jogo são muito bons para a época. As imagens de fundo são pré renderizadas e a mesa é 3D, porém tudo isso teve um equilíbrio bem legal.

    Som

    As músicas seguem uma linha de jazz muito bem feita. Eu não sou fã de jazz, mas tenho que reconhecer que as Soundtracks foram muito bem feitas.

    Backstreet Billiards

    Platform: Playstation
    17 Players

    11
    • Micro picture
      herics · 24 days ago · 2 pontos

      Poxa jogo de sinuca com enredo ^.^ inédito pra mim

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 21 days ago · 2 pontos

      Eu cheguei a jogar algum jogo de sinuca para o PS1, mas nada supera o Side Pocket do Super Nintendo.

      1 reply
  • jimmyramalho Jimmy
    2019-12-13 01:08:15 -0200 Thumb picture

    O Totem

    Jogo finalizado n° 27

    Igneous é um jogo indie de plataforma e foi lançado em 2009 pela DigiPen. O jogador assume o controle de um pequeno totem azul mágico do Tiki (um Deus da Polinésia), identificado apenas como o 'Totem'. O objetivo do jogo é escapar vivo de um vulcão em chamas.

    Jogabilidade

    O jogador começa cada etapa com um pequeno filme mostrando algum tipo de risco de lava ou outro dispositivo perseguindo o Totem. O Totem deve então rolar o mais rápido possível, o tempo todo o ambiente ao redor do jogador está explodindo e caindo aos pedaços. Estruturas explodindo arremessam pedaços de sua fundação no Totem e destroem o caminho à frente, e um fluxo sempre presente de magma se estende por trás do jogador.

    Para evitar esses riscos, o Totem pode optar por acelerar, diminuir a velocidade, virar à esquerda ou à direita e pular. O Totem é muito manobrável e, portanto, pode pular na parede o máximo de vezes possível em qualquer parte sólida do ambiente. Enquanto partes do seu caminho à frente podem ser destruídas, você ainda pode saltar de um pedaço voador de entulho para se salvar.

    Gráficos

    A parte gráfica do game é sensacional, a direção artística te puxa pra dentro da tela e te faz jogar até o fim. Os cenários são muito bem feitos, te fazem sentir a sensação de agonia e de ter que fugir para sobreviver.

    Som

    Eu nunca vi um game indie com Soundtracks tão boas como a de Igneous, são muito bem feitas e tem um toque meio tribal que faz a imersão ser ainda maior.

    Igneous

    Platform: PC
    2 Players

    14
  • jimmyramalho Jimmy
    2019-11-25 01:36:54 -0200 Thumb picture

    Acompanhado Por Si Mesmo

    Jogo finalizado n° 25

    The Company of Myself é um game indie de plataforma desenvolvido pela 2DArray e lançado em 2009. O jogo roda direto no navegador, então não custa nada ter essa experiência.

    Enredo

    O jogo conta a história de um homem que vive em um mundo verde e cheio de grama. Ele é o único humano, mas por que ele está sozinho é inexplicável. Havia uma mulher que o personagem principal amava profundamente. A história é contada através de um monólogo instigante, que revela que o mundo gramado e as ações do personagem são simbólicas. As entradas de texto que contam a história parecem ser as entradas do diário do protagonista. Essas entradas contam a história de como o protagonista está lutando para lidar com a perda e a culpa. O jogo é construído em torno da narrativa e até o design de níveis e os objetos do jogo fazem parte da narrativa. Ele matou a esposa e colocou o cadáver em uma caixa verde.

    Jogabilidade

    O jogo é um jogo de plataformas com distorção no tempo, onde o objetivo em cada nível é alcançar a saída. Todas as suas ações até você pressionar o botão Espaço estão sendo gravadas. Assim que você redefine o relógio, o nível recomeça, exceto agora que há um duplo fantasma de você correndo, reencenando sua primeira jogada. Pressione espaço novamente e adicione outro à mistura, este também se movendo de acordo com as etapas que você definiu. Alguns níveis restringirão o número de "cópias" de você mesmo. Você pode pular essas iterações para alcançar lugares que não poderia alcançar anteriormente. O jogo possui 20 níveis com dificuldade crescente e você leva em torno de 10 minutos para finalizar.

    Gráficos

    Pra ser sincero os gráficos são muito básicos e com a qualidade não tão legal, a direção artística também é um pouco fraca, porém ele como a maioria dos jogos indies nos pega pelo emocional.

    The Company of Myself

    Platform: PC
    12 Players

    11
  • jimmyramalho Jimmy
    2019-11-15 16:52:54 -0200 Thumb picture

    SUPER HOT SUPER SUPER HOT SUPER HOT HOT

    Jogo finalizado n° 24

    SUPERHOT é um jogo independente de FPS, desenvolvido e publicado pela Superhot Team e lançado em 2016 para PC.

    Enredo

    O jogador reproduz uma versão ficcional de si mesmo diante do prompt do DOS, recebendo uma mensagem de um amigo que oferece uma cópia supostamente vazada de um novo jogo chamado superhot.exe, alegando que a única maneira de acessá-lo é com um crack. O lançamento do jogo empurra o jogador imediatamente para uma série de níveis aparentemente desconectados por diferentes pontos de vista, todos baseados em matar hostis. Após uma falha que ocorre no jogo, o amigo do jogador envia uma versão atualizada do arquivo .exe, que corrige as falhas.

    À medida que o jogador e seu amigo jogam no superhot.exe, fica aparente que a presença do jogador no jogo é monitorada por quem é responsável pelo jogo, referindo-se a si mesmo como um sistema, e exige que eles parem de jogar por vários métodos, como ameaças que mostram a residência do jogador e alteram as mensagens do jogador. À medida que o jogador passa por mais e mais níveis, cada um aparentemente focado em locais específicos, os avisos do sistema se tornam mais ameaçadores, dizendo que o jogador não tem conhecimento das consequências de suas ações, forçando o jogador a caminhar até sua própria casa no jogo e ao personagem do jogador no jogo, uma figura usando capacete de VR e se metendo na inconsciência. Ao fazer isso, o "jogo" falha e o personagem do jogador acorda com um grave ferimento na cabeça. Posteriormente, o sistema avisa o jogador mais uma vez para parar de usar o Superhot e força o jogador a sair completamente do jogo.

    Inevitavelmente, o jogador iniciará o Superhot novamente, e o sistema admite a insistência do jogador em continuar jogando, incentivando-o a jogar cada vez mais. Agora, sob o domínio do sistema, o jogador começa um tumulto pelas ruas da cidade, cortando inimigos para se aproximar cada vez mais de um enorme laboratório que abriga o próprio sistema. Lá, ele orienta o jogador a fazer o upload para o núcleo, enquanto vários inimigos tentam parar o jogador. Uma vez feito, o jogador se torna parte do núcleo, juntando inúmeras outras mentes absorvidas pelo próprio núcleo em uma mente transumana. O núcleo força o jogador a atirar em seu corpo / personagem original, finalmente fazendo-o um com Superhot.

    Jogabilidade

    Superhot coloca o jogador em um ambiente minimalista , matando atacantes hostis que estão tentando matá-lo. As armas apanhadas pelo jogador têm munição limitada, exigindo que o jogador confie em derrotar os inimigos para obter mais munição ou em matar corpo a corpo. Dar um único golpe em uma bala inimiga mata o jogador, exigindo que ele reinicie o nível. Embora a mecânica do jogo seja típica da maioria dos FPS, o tempo progride normalmente quando o jogador move ou dispara uma arma, caso contrário o tempo é lento. Isso dá ao jogador a oportunidade de alterar suas ações para evitar o caminho das balas ou avaliar melhor sua situação atual.

    Gráficos

    O jogo é apresentado em um estilo de arte minimalista, com inimigos em vermelho e armas em preto, em contraste com o ambiente branco e cinza.

    Os gráficos são simples e eu não pediria muito mais do jogo, achei a qualidade artística muito interessante e inovadora, até por que os jogos precisam sair um pouco do padrão também.

    SUPERHOT

    Platform: PC
    97 Players
    15 Check-ins

    6

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...