• 2018-05-04 22:26:04 -0300 Thumb picture

    Qual a verdadeira religião existente em Castlevania?

    Medium 3626098 featured image

    Ilustração de capa de Gustavo Doré para o livro Paradise Lost

    Todo mundo que já jogou um ou mais Castlevanias, especialmente os mais novos, sabe que os jogos possuem várias referências e elementos de diversas mitologias, mas qual delas corresponde à realidade do universo Castlevania?

    Arte de Kazuo-Sama

    A resposta curta é: vários, ou até mesmo todos.

    A resposta longa é: avaliando o funcionamento do conceito que origina Drácula, chamado de Chaos, pode-se estimar que as religiões funcionam através da fé. Ou seja, a existência, força e poder das entidades sobrenaturais só existe(e aumenta) dependendo de quantas pessoas acreditam neles, e quão profunda é sua fé. Um dos casos mais óbvios que se pode perceber isso é com o próprio Drácula, além daquilo que é fonte de seu poder, Chaos. Logo no icônico diálogo de Symphony Of The Night, Drácula revela que não é trazido à vida por vontade própria, mas sim através da vontade oculta no coração(leia-se espírito, ou subconsciente) dos humanos. O próprio Castlevania, apesar de ser intimamente ligado ao Vlad Tepes, é uma entidade diferente, pois em Portrait Of Ruin(Nintendo DS) a morte massificada de pessoas na Segunda Guerra Mundial é o suficiente pra fazer Castlevania aparecer, mesmo sem Drácula ter sido ressuscitado pela negra fé humana.

    O catolicismo/cristianismo foi a base inicial na qual a lore de Castlevania surgiu, principalmente pelo papel da Igreja em apoiar os Belmonts e repelir quaisquer criaturas surgidas das trevas. A eficácia da religião cristã se dá primeiramente pela famosa Holy Water, que nada mais é que um artefato popular entre as Igrejas, e é uma das armas mais efetivas contra qualquer tipo de criatura. A própria existência dos vampiros como uma antítese à criação divina também reforça o cristianismo em si, inclusive seus "familiars" são citados várias vezes na Bíblia, como abominações e espíritos malignos, hue. O reflexo oposto do cristianismo também aparece em Castlevania, na forma dos demônios de outros mundos que permeiam o castelo, ou de criaturas criadas pelos forgemasters que habitam a escuridão, alguns citados na Bíblia e outros até mesmo na Divina Comédia, de Dante Alighieri. Lúcifer, o grão-mestre da maldade, também faz parte dos demônios de Castlevania(mesmo na saga principal), no entando, se encontra em alguma hierarquia menor que a de Vlad, pois é ele quem possui o título de Maō, o Rei Demônio.

    Arte de Ayami Kojima

    Uma dúvida que resta é se as religiões ganham seu poder de acordo com a crença direta das pessoas nas religiões, ou se a vontade das pessoas no Bem ou no Mal são direcionadas para Deus(possivelmente) ou para Chaos, e a partir destas duas polaridades são divididas para as entidades que estão a serviço de ambos os conceitos morais e religiosos supremos no universo.

    Os cultos pagãos também têm aparição, especialmente a Ars Goetia, que provavelmente ganhou forma com os Templários, e alguns dos 72 demônios goetianos são inimigos dentro dos castelos, como Vassago, Buer, Glaysla Labolas e Malphas.

    Aqui, alguns Malphas e Gabriel Belmont

    Uma das religiões mais notáveis e sem dúvida importantes, principalmente na reta final do jogo, é o xintoísmo. Essa religião foca muito mais nas forças da natureza e nos fenômenos que rodeiam os humanos do que um ser que habita entre nós e nos guia objetivamente. Quem jogou o arco Sorrow(GameBoy Advance e Nintendo DS) sabem da existência do Hakuba Shrine, um templo xintoísta dedicado ao estudo da natureza mística do eclipse, cujos ensinamentos, em boa parte, pregam que o eclipse representa a metáfora de uma caverna na religião japonesa, caverna esta em que a deusa Amaterasu se escondeu da fúria de seu irmão Susanoo, assim contendo e evitando a fúria do deus. Em Castlevania, monges xintoístas são contatados pelas forças do bem(provavelmente pessoas ligadas à igreja e aos Belmonts) para realizar um ritual ligado ao eclipse, que corresponde à um eclipse da vida real, o Ciclo Saros 145(clique para mais informações).

    Amaterasu e Susanoo

    Como a religião prega que o eclipse simboliza a calmaria de uma fúria, os monges e padres fazem um ritual, escondendo o Castlevania de Drácula entre algum plano que é aberto, metaforicamente, pelo eclipse, assim aplacando o mal localizado dentro do Castelo, e impedindo que a vontade ímpia de Drácula se catalise e se manifeste na Terra novamente. O budismo também conta com uma participação especial deveras sutil em Castlevania, e ela se manifesta em Aria Of Sorrow, na luta de Soma Cruz contra o Chaos. Há toda uma metáfora que explica como o ciclo da Samsara se relaciona com a estética e a funcionalidade de Chaos nesta luta, de acordo com a teoria de um fã nos fóruns globais de Castlevania(Que inclusive podemos traduzir e adaptar aqui pra persona, se os leitores desejarem). 

    Samsara, a roda da vida

    E aí, o que acham? Concordam, ou acham que só há uma religião predominante em Castlevania?

    Feed Vampírico @volstag , @matsugaki , @ralyson , @vinicios_santana_3 , @mateusfv , @elionazio , @thecriticgames , @ggreed , @zak_yagami

    Quer ficar sabendo sobre novas postagens ? Comente em qualquer postagem da persona que te colocaremos no Feed Vampírico :D 


    Não se esqueçam também de dar uma passada na nossa Central de postagens! estaremos atualizando ela constantemente e ali você pode ver todas as postagens sobre a historia, a mitologia as inspirações, personagens e curiosidades da franquia Castlevania, conteúdo criado e editado com muito carinho aqui pela gente, para que você fã de Castlevania tenha acesso mais fácil a informações da franquia, e o melhor, aqui no Alvanista e em português ;)

    Castlevania: Aria of Sorrow

    Platform: Gameboy Advance
    2939 Players
    165 Check-ins

    62
    • Micro picture
      volstag · over 1 year ago · 4 pontos

      Esses caras não desenham... esses caras simplesmente humilham!!
      AS mitologias são mistas, acredito que talvez porque o primeiro Castlevania, em sua simplicidade incluía os grandes monstros do cinema, a Múmia, Criatura da Lagoa Negra, Frankenstein, Medusa e etc... depois quando foram começar a elaborar os outros jogos da franquia, se depararam com o fato da Medusa ser da mitologia grega por exemplo, e ai resolveram explorar essa mistura propositalmente.
      Em outras palavras, acredito que hoje é essa mistura fantástica, talvez por causa de um acidente de planejamento inicial manja? mas a verdade é que pra mim é perfeito como é.

      5 replies
    • Micro picture
      artigos · over 1 year ago · 4 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

      3 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · over 1 year ago · 3 pontos

      BELZEBÚ

  • mozaoniel Moisaniel Filho
    2018-03-01 16:33:56 -0300 Thumb picture

    O retrato da religião em Final Fantasy X

    Pode não parecer, mas jogos também costumam retratar ou buscar inspirações na história, sobretudo com temas mais específicos como temas políticos, sociais, psicológicos e até mesmo religiosos.

    Final Fantasy é uma saga antiga e bem conhecida, que também, vez ou outra, utiliza a história e a religião na estrutura de seus jogos, neste caso mais específico o jogo Final Fantasy X fez isso muito bem, implementando discussões, debates e reflexões acerca da religião católica (inclusive outras também) em quase toda a sua história.

    Para mais, só clicar

    https://t.co/JHieBJgmV6

    Final Fantasy X

    Platform: Playstation 2
    6892 Players
    67 Check-ins

    3
  • vaojogar Vão Jogar!
    2017-10-04 15:37:11 -0300 Thumb picture

    Projeto de lei pode proibir jogos que "profanem símbolos religiosos"

    Videogames também são afetados pelas polêmicas referentes a arte das últimas semanas.

    Nos acompanhe também pelo Telegram, acesse https://t.me/vaojogar e inscreva-se!

    Far Cry 5

    Platform: Playstation 4
    223 Players
    85 Check-ins

    35
    • Micro picture
      dgplayer · about 2 years ago · 6 pontos

      tenho nada contra os jogos usarem de temas religiosos e símbolos(inclusive um dos meus jogos favoritos persona 3 usa muito disso) desde que tenham respeito por as pessoas adeptas aquela religião(ou seja não menos presar os adeptos a tal religião), seria realmente uma pena eles bloquearem jogos devido a isso não sei para que insistem tanto em mexer com nossos jogos enquanto tem muita coisa mais importante a se tratar como a educação a impunidade e a saúde

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 2 years ago · 4 pontos

      Meu xx!
      Desde quando RELIGIÃO tornou-se "intocável'?
      Agora filmes de terror ou games não podem flertar com o assunto?
      Mas ter seitas por ae que inclusive aniquilam um monte (atualmente até veio à tona um caso atual...)
      https://www.youtube.com/watch?v=SZrr-hsWThA
      OU religiosos malditos que catam dinheiro dos menos favorecidos... ah isso pode...
      https://www.youtube.com/watch?v=9r2OmEPmUA8
      ---

      Acho mais válido fazer uma "CPI DA RELIGIÃO"...
      ---

    • Micro picture
      natnitro · about 2 years ago · 4 pontos

      Tomara que esse projeto não passe mesmo, até porque já tem lei que cuida disso que inclui até um capítulo inteiro do código penal que trata de crimes contra sentimento religioso e afins. O problema maior ai é se isso passar e eles usarem a lei pra criar a mesma censura que era na idade media, onde até uma simples crítica já era crime e, pior ainda, se resolverem achar que são a única religião de verdade e puxarem a brasa só pra sardinha deles e se esquecerem de propósito que cultos africanos como candomblé, umbanda e cia, além das tradições indígenas também são religiões que merecem tanto respeito quanto a deles...

  • luidao Max Wilson
    2017-07-13 16:20:05 -0300 Thumb picture

    A vida de um agnóstico deísta

    É complicado ter deixado a religião, mas foi uma escolha que eu decidir fazer, ainda acredito em deus, mas não da mesma forma que no cristianismo ou qualquer outra religião, prefiro ser uma pessoa cética e questionar sempre as coisas, se eu estiver errado no futuro eu irei encarar as consequências.

    Sou um deísta, tenho a minha própria visão de deus, mas sem qualquer religião, ou seja, agnóstico.

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · over 2 years ago · 3 pontos

      Eu sou agnóstico ateu mesmo, não consigo imaginar que exista um ser transcendental tenha criado o nosso mundo e seja onipotente, onisciente e onipotente. Respeito quem acredita, mas não consigo pensar como eles.

    • Micro picture
      kipocalia · over 2 years ago · 3 pontos

      Sei como é, não creio em verdade absoluta, mas creio em energias.

      1 reply
    • Micro picture
      costadelli · over 2 years ago · 2 pontos

      Olha, já frequentei centro espírita quando criança, fiz primeira comunhão, fui a igrejas evangélicas, mas... não me identifico com nada que as religiões que conheci pregam como sendo Deus, bíblia, diabo, vida após a morte, nem nada do tipo de nenhuma delas. Demorou bastante pra eu me entender com a "minha própria" religião especialmente por causa da minha vó, que é católica daquelas bem fervorosas e pq eu achava que não era normal não acreditar em deus e que eu seria condenada de alguma forma por isso. Eu realmente não acredito em Deus como eles descrevem e pode até soar meio tenso dependendo de quem leia, por isso evito discutir religião com quem é fanático religioso ou não consegue ter o mínimo de respeito com opiniões diferentes. Cada um tem a sua e acredita no que lhe cabe melhor, nenhuma é melhor ou pior que a outra. É bem pessoal.

  • luidao Max Wilson
    2017-05-02 23:13:43 -0300 Thumb picture

    Meus motivos para questionar a religião (e me tornar ateu)

    1- O Dinheiro é a raiz de tudo

    Eu pensava que religião se tratava de encontrar a espiritualidade, mas parece que ela está sendo usada basicamente para alavancar dinheiro, pastores ricos que pregam de maneira egoísta, pensando apenas nos bens matérias, ignorando completamente a necessidade do individuo.

    2- Incoerências bíblicas e logica 0

    A bíblia possui várias incoerências, que praticamente fazem dela algo banal e ilógico, quase nada lá tem efeito pratico, e muitos versículos mostram coisas totalmente diferentes com relação a deus (e abomina o assassinato mas pede para um ciclano matar beltrano), coisas como a cobra falante, o diluvio mundial, o ressuscitamento dentre várias outras incoerências.

    3- A minha religião é a certa

    Como vocês sabem existem várias religiões, com ensinamentos muito diferentes, não existe um consenso entre qual é realmente o certo, se só existe uma certa porque tem tantas outras que provavelmente também estão certas, afinal se a religião abomina a descriminação, porque ela repudia as outras?!

    4- Provas Ilusórias

    Não existe provas que o que tem na bíblia de fato aconteceu, até porque a igreja católica pegou apenas os versículos que ela achava interessante e queimou todo o resto, coisas como todo o gênesis, os milagres de Jejus, o inferno, o mar partido em dois, absolutamente nada tem comprovação cientifica, apenas especulações, isso me faz pensar que a evolução pode está certa.

    5- Nada mudou

    Depois que Jejus morreu, ressuscitou e depois foi embora, o que mudou no mundo?, NADA, na verdade o mundo piorou cada vez mais, com guerras, conflitos, crises, mortes, miséria, absolutamente nada ficou melhor, tudo ficou a mesma coisa e não parece existir futuro na humanidade.

    10
    • Micro picture
      jessicagdsantos · over 2 years ago · 6 pontos

      1 - Tua crença não deve ser espelhada nesses falsos profetas. Isso tem em muitas denominações 2 - Leis do Velho Testamento não valem desde que Jesus veio, dessa forma se vc lê uma lei que manda matar fulano ou sacrificar animal e etc... Isso não vale mais pra gentios. As demais coisas depende da sua fé em crer que é possível. Vc nunca teve uma experiência não explicada pela ciência? Algo ilógico mesmo... Caso não, talvez seja isso que te faça questionar essas coisas na bíblia. 3 - Sua fé não tem que achar que sua religião é a melhor e a certa. Se te faz bem e isso não afeta o próximo, viva tranquilo. Afinal nós nunca saberemos essa resposta. 4 - Quase a mesma coisa que a 2. Além disso acrescento que tbm não há como provar que é mentira kkk ou seja, paradoxo? 5 - O ser humano é uma bosta mesmo. Vc n deve perder sua fé por causa das merdas desse mundo, nem responsabilizar as más escolhas dos outros porque Deus quis assim ou porque Deus n faz nada. Livre arbítrio :)

      6 replies
    • Micro picture
      diegolvf · over 2 years ago · 3 pontos

      Cara sinceramente meu conhecimento sobre religião é bem limitado. Na verdade, eu nunca segui nenhum tipo de religião por vontade própria, quando eu era criança eu ia há igreja por causa da minha mãe ou por convite de amigos, mas eu nunca fui por vontade própria. Hoje em dia depois de fazer esse mesmos questionamentos que você está fazendo agora, eu passei a meio que me considerar agnóstico teísta.
      Um agnóstico teísta é aquele que admite que não tem conhecimento que comprove a existência de Deus, mas acredita que Deus existe ou admite a possibilidade de que ele possa existir. Portanto eu vou tentar dar a minha visão e opinião sobre o assunto.
      1 - A situação que vc descreveu nada mais é do que falta de caráter e isso tem em todo lugar, não só em igrejas. Eu trabalhei +/- 01 ano e meio em uma igreja evangélica e tive a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas de um caráter absurdamente honesto, mas também conheci um monte de gente que estava lá só pelo dinheiro ou status social.
      2 - Eu não tenho o hábito de ler a bíblia, mas discordo quando você fala que a bíblia é algo banal ou ilógico. Pode ser que pra você, assim como para mim ela não faça tanto sentido, mas posso garantir que existem pessoas que mudaram os seus hábitos simplesmente por seguir o que está escrito nela. Além do mais a Bíblia, pelo pouco que sei é um livro interpretativo, então você lê alguma passagem, interpreta o que aquela passagem diz e aplica na sua vida. tudo depende como você interpreta o que está escrito nela.
      3 - Nesse ponto eu concordo com vc e talvez seja a que me deixa mais puto. Esse é um dos grandes motivos para eu não possuir uma religião específica. Quando eu entro em qualquer lugar ou igreja e alguém começa a comparar uma religião com a outra fazendo piadinha ou criticando os costumes de outra religião, eu meio que já perco interesse. A impressão que tenho é que para algumas pessoas igreja e até mesmo política é como um time de futebol, você escolhe uma igreja ou partido político e vai ter que viver cegamente seguindo aquelas crenças.
      4 - Se é verdade ou não, eu não sei, mas eu já vi um monte de programas de televisão dizendo que o dilúvio poderia sim ter acontecido, dentre outras coisas descritas na Bíblia. Mas concordo que existam coisas que são meio difíceis de serem explicadas.
      5- O mundo só piorou por causa do homem e não por causa de qualquer tipo de deus ou divindade. Na minha opinião quem mata, estupra, rouba é ganancioso é o homem e para justificar esse tipo de comportamento acabam usando a religião como desculpa. No Brasil, por exemplo, as Igrejas exercem um papel social muito forte através de projetos sociais. Pode parecer pouco, mas pra quem precisa é muito.

    • Micro picture
      santz · over 2 years ago · 2 pontos

      O ponto 5 eu tenho que discordar completamente. Quem entende a mensagem que Jesus quis passar através de sua breve vida, muda completamente o modo de se viver, e é justamente essa a ideia que a Palavra quer passar. Os feitos de Jesus durante sua jornada pode até ser tudo inventada, mas a mensagem possui uma grande mudança para toda a humanidade.

  • 2017-04-01 17:33:11 -0300 Thumb picture

    Bible Fight (Game Online)

    Para animar seu sábado, que tal meter porrada em Jesus com os golpes da própria...Maria? Isso mesmo, tem jogo pra todo gosto, pode ser ofensivo para alguns, continue com cuidado...

    http://www.adultswim.com/games/web/bible-fight (O game é feito no defunto Flash, portanto pode não funcionar em algumas configurações de navegadores)

    Bible Fight

    Platform: PC
    8 Players

    2
  • pauloe Paulo Emilio
    2016-02-28 04:36:21 -0300 Thumb picture

    Que massa!

    Tinha assistido esse episódio há muito tempo atrás, quando criança ainda. Não lembrava da profundidade que o mesmo tinha. Deu até vontade de assistir essa serie animada toda outra vez.

    X-Men: Mutant Apocalypse

    Platform: SNES
    4190 Players
    31 Check-ins

    21
    • Micro picture
      seufi · almost 4 years ago · 5 pontos

      "O mosteiro é cimento e pedra. A fundação que Deus construiu em nossos corações jamais será destruída.". Sem dúvida o resumo do episódio, uma referência clara ao momento que Jesus diz que se destruído, o templo dele em 3 dias estará de pé.... Não o de pedra, mas o templo no coração dos homens!

    • Micro picture
      riki_samejima · almost 4 years ago · 2 pontos

      X-men, Spiderman, Superman e Batman(temporada 1 e 2), foram as melhores animações baseadas em heróis dos anos 90.

    • Micro picture
      zuppao · almost 4 years ago · 2 pontos

      comecei assistir no Netflix mo empolgadao...
      dai tiraram 2 temporadas..... que saco =@

  • 2015-06-20 16:54:17 -0300 Thumb picture

    Chrono Trigger reconta a história da Bíblia?

    O cara do vídeo tem a teoria de que Chrono, o personagem principal, é uma releitura de Jesus:

    Não vou escrever minha opinião sobre isso para evitar ofender a crença de alguém. Então, deixo o vídeo aí para quem quiser assistir e refletir sobre o jogo.

    PS.: se você tiver dificuldade para entender alguma parte do vídeo devido ao inglês, me dê um toque nos comentários e eu te ajudo.

    Chrono Trigger

    Platform: SNES
    13428 Players
    427 Check-ins

    10
    • Micro picture
      guilhermearrud · over 4 years ago · 2 pontos

      Já tinha visto, amo esse canal a maioria dos videos dele são extremamente interessantes, adoro o que explica rosalina e os videos que explicam a história de five night at freedys, sou muito fã desse canal <3 recomendo muito

    • Micro picture
      darleysantos676 · over 4 years ago · 1 ponto

      Bem, se O Hobbit é uma alusão ao cristianismo então... kkk

  • 2015-04-06 20:17:29 -0300 Thumb picture

    #01 - O Deus Que Falhou

    Metallica - The God That Failed

    Para começar de fato com a Persona, gostaria de compartilhar a história por trás dessa música.

    James Alan Hetfield (vocalista/guitarrista) foi criado em uma família altamente religiosa, devota da "Ciência Cristã", para aqueles que não sabem é uma religião relativamente nova, que nasceu em Boston - Massachusetts em 1866, que prega/acredita na cura divina, ou na cura cristã, negando qualquer forma de tratamento científico desenvolvido pelo homem.

    Isso gerou diversas situações constrangedoras em sua infância, começando pela escola aonde ele era o "diferente", não podia ir as aulas sobre o corpo humano ou a qualquer aula que explicasse como o corpo humano funcionava, porque segundo sua mãe, não existia motivo para ele apreender como se "curar" se Jesus faria tudo por eles.

    James diz que coisas normais que seus amigos faziam como ir a médicos ou tomar remédios lhe eram negadas, que coisas do senso comum como: "se você quebrar um braço, você o engessa", não eram permitidas dentro de sua religião.

    Futuramente sua Mãe desenvolveu um Câncer e recusava o tratamento, acreditando que Jesus a salvaria, não os remédios ou a medicina algo que seu alinhamento religioso propagava.

    Com 16 anos James viu sua mãe falecer devido ao Câncer, o que causou grande abalo em sua crença e o questionamento sobre o que é religião e o que era Deus.

    Segundo James, sua infância foi alienada e podada devido a essas delimitações religiosas, um sentimento de raiva/angústia que Hetfield carregou por muito tempo até se expressar em diversas músicas.

    The God That Failed  foi a forma de Hetfield expor a falha de Deus, a forma dele transcrever toda a raiva e tristeza que sentia pela morte de sua mãe, a música fala muito mais sobre como pessoas se alienam a religião do que necessariamente contra ela.

    (Trecho da música)

    "I see faith in your eyes
    Never you hear the discouraging lies
    I hear faith in your cries
    Broken is the promise, betrayal
    The healing hand held back by the deepened nail
    Follow the god that failed"

    (Trecho Traduzido)

    "Eu vejo fé em seus olhos
    Você nunca ouviu as mentiras desanimadoras
    E ouço fé em seus gritos
    Quebrada é a promessa, traição
    A mão curadora presa pelo prego enterrado
    Siga o deus que falhou"

    Futuramente Hetifield alega em entrevistas que hoje compreende as qualidades de sua antiga religião, mas que vê as coisas de uma forma diferente, hoje como um adulto pode discernir o que quer acreditar e entender melhor as crenças, hoje ele vê a ciência, médicos e remédios como uma forma, uma possibilidade que Deus deu para o ser humano se cuidar.

    James em outra entrevista da uma resposta em relação ao que essa música pode aparentar ser, e que não sigfinica que o Metallica seja descrente de Deus, mas que apenas era uma mensagem, algo pessoal.

    Letra da Música "The God That Failed" Completa

    Segue Links das entrevistas com Hetfield:

    Entrevista em texto dada para a revista Classic Rock, em Julho de 2009

    (a entrevista começa aos 2:10 de vídeo)

    Tudo que foi escrito aqui foi baseado em 2 Biografias do Metallica.

    - "Metallica: All That Matters"

    - "Metallica - A Biografia"

    E em entrevistas realizadas com James Alan Hetfield.

    Música: The God That Failed

    Banda: Metallica

    Álbum: Black Album/Metallica

    Ano: 1991

    Se você gostou por favor fale ai embaixo o que achou, deixei aberto o envio de mensagens para a Persona, assim você pode mandar sugestões de músicas, histórias interessantes por trás delas e etc.

    Talvez até se candidatar a ajudar a Persona crescer, na realidade qualquer coisa que quiser mandar será lido e respondido!

    Obrigado a todos e abraços!

    Marcando os interessados =]

    @setzer_eduardo @laisangel @camillaport @aryel @liamvinibr @neilsonthrash80 @felipezu @laumiramos @reinaldo_cardial @julio777 @jaquearan @rafael_mingato @metroidgamer @juninhonash @rofer32 @donab @guee @vantore @jan @igorsantos @xualexandre @montanaro @anne @elionazio @fredson @nathik3 @tinahorta @barbarabai @ryu1908 @heavenhitman @rafael_mingato @danilodlaker @rockysilvabr @r2d2 @mostardinha2 @ticianavalle @elionazio @victorlemes @flaviometal @crauzus456 @_gustavo @matheusps92 @thehylian @pizzaduds @maironw @kallel_rafa @fabioskora @nyatroll @marklan @jrcld @flaviometal @tierry @semioticista @akromvaleth @felipe_scar @bahalord @alluny @doctorlarry

    Os que quiserem deixar de ser marcados por favor me avise e os que quiserem ser marcados também!

    Guitar Hero: Metallica

    Platform: Playstation 3
    430 Players
    20 Check-ins

    84
    • Micro picture
      pizzaduds · over 4 years ago · 4 pontos

      Muito foda a postagem. Já conhecia a história (Metallica é uma das minhas bandas favoritas)
      Acho muito válido você analisar músicas do Metallica, mesmo algumas pessoas dizendo que Megadeth é melhor melodicamente, as letras do Metallica são infinitamente superiores na minha humilde opinião. Continue assim :D

      1 reply
    • Micro picture
      fabioskora · over 4 years ago · 3 pontos

      Ótimo post, gosto do Metallica, mas não conheço muito a historia deles. No caso da religião, muitas vezes o conceito é bom, mas é aplicado de forma extrema e opressiva, radicalizando tudo. Acho a musica, uma das melhores formas de mostrar o que sentimos.
      Valeu por me marcar.

      1 reply
    • Micro picture
      jaquearan · over 4 years ago · 3 pontos

      Excelente post, me deu vontade de ouvir Metallica, já que faz tempo que não ouço. Já estou esperando o próximo post hehehehe

      2 replies
  • evertomblak Evertom Blak
    2013-08-23 08:21:01 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...