• manoelnsn Manoel Nogueira
    2019-01-25 14:01:00 -0200 Thumb picture

    Resultados da formatação do PC

    No último episódio da minha epopeia com o meu computador, tava desconfiado de que os problemas dele(ao crashar navegadores, dar BSOD de Memory Management e de não abrir jogos que exigem uma alta quantidade de RAM) eram relacionados não a algum problema com os pentes de RAM... 

    Pois bem, fui formatar o PC e bem no meio do processo ocorreu um erro, coisa que não tinha acontecido nem quando meu notebook estava com o HD bichado. Daí a conclusão óbvia era problema de hardware e resolvi testar pente por pente, pra ver se algum deles estava defeituoso(aliás jurei que eles eram Kingstom, mas são Markvision, uma marca que nunca vi na vida) . E como resultado um dos pentes tava bichado sim, retirei ele e consegui formatar o computador normalmente e até agora nenhum dos problemas que estava dando aconteceu novamente(ter que comprar outro pente de RAM vai ser osso, mas seria pior ter que comprar dois, né...). 

    Queria agradecer a galera que me ajudou aqui na rede e pra não perder o costume, outra pequena dúvida: tinha salvo meus jogos da Steam em outro HD, mas agora depois da formatação eles não estão sendo reconhecidos. Alguns mais leves, como Ikaruga, funcionaram quando movi as pastas, mas a maioria começou a downloadar de novo... Será que não tem jeito mesmo? 

    Steam Bandits: Outpost

    Plataforma: PC
    1 Jogadores

    23
    • Micro picture
      _gustavo · 24 dias atrás · 2 pontos

      Entao cara, q bom q resolveu o problema, mesmo com a má noticia da memória bixada. Sobre os jogos, pior q agora vc precisa copiar um arquivo chamado de APPManifest tb, se não ele não funciona mover as pastas, se vc não copiou esse appmanifest, só baixando de novo mesmo

      3 respostas
    • Micro picture
      jclove · 24 dias atrás · 2 pontos

      To nessa batalha tbm. tentei com todas as forças acreditar que era virus ou problema de software ma é alguma peça bichada mesmo U_U

      2 respostas
    • Micro picture
      porlock · 24 dias atrás · 2 pontos

      o q diz se o jogo steam está ou não baixado, eh o arquivo .acf. ele fica se nao me engano em steam apps ou steam apps\common, da pasta da biblioteca...
      e se vc usar uma pasta de biblioteca q não seja o diretorio padrao do steam, vai ter q adicionar ele antes.

      1 resposta
  • gus_sander Gabriel Macêdo
    2018-07-28 00:41:41 -0300 Thumb picture

    |Off| PC - Confirmado problema da RAM

    Aconselhado pelo @porlock, decidi fazer mais alguns testes pela BIOS para confirmar de onde o problema poderia estar vindo. Fiz o teste na RAM e Placa Mãe e refiz em todas as outras peças. No fim, todas as peças, incluindo a placa mãe estão trabalhando corretamente, com exceção única e exclusivamente da RAM, que no teste apresentou nada mais que 1287 erros, com direito a travar todo o hardware depois de contabilizar todos esses erros (o teste não havia chegado nem a 50%).

    Depois disso fiquei temeroso, porque ao reiniciar o PC pelo estabilizador mesmo, o pc não lia o pen drive e entrava direto na BIOS que por sinal, não deixava o teclado utilizável. Não dava pra fazer nada. Depois de mais alguns reinícios e deixar o pc descansar por um tempo, tudo "voltou ao normal". Refiz o teste na motherboard, felizmente ainda estava tudo certo.

    Conclusão final: ao que tudo indica o problema é realmente, somente a RAM. Já fiz a compra da mesma e agora é só esperar chegar.

    Até lá, é tentar usar o celular e o nottzão de 12 anos que tem aqui pra tentar suprir a falta e necessidade e esperar que depois da ram, nada mais dê problema dele!

    33
    • Micro picture
      porlock · 7 meses atrás · 2 pontos

      shooooooowwww.. legal q conseguiu confirmar mesmo.
      agora eh esperar a memo nova... rsrs

      4 respostas
    • Micro picture
      wilford_fernandes · 7 meses atrás · 2 pontos

      é um alivio mto grande quando a gente descobre o problema ;p

      2 respostas
    • Micro picture
      mattfenrir · 7 meses atrás · 2 pontos

      Não esquece de colocar pasta térmica no processador! Se não no primeiro jogo ele vai pegar fogo XD

      1 resposta
  • gus_sander Gabriel Macêdo
    2018-07-27 00:06:06 -0300 Thumb picture

    |Off| PC com tela da morte. RESULTADO "FINAL"

    Bem, primeiramente gostaria de agradecer a todos que comentaram no meu post, dando-me ótimas dicas do que fazer pra tentar resolver o problema do meu PC. Muito obrigado a todos!

    Com relação ao PC, eu e um amigo meu passamos a tarde inteira tentando resolver os problemas e tentando encontrar o real foco da tela azul. Ao formatarmos, deu tudo certo até o momento em que fomos instalar o Windows, aqui dava tela azul independente de tudo.

    Seguindo a dica que alguns deram de analisar a memória, assim o fizemos. Foi feita a limpeza, e até a troca de slot (antes de testar na que estava antes), resultado: Tela azul. Decidimos abrir o cooler do processador para confirmar se havia ou não pasta térmica, e encontramos lá algo cinza, com uma consistência duvidosa. Certamente não é pasta (até onde eu e ele sabemos)! Quem o colocou certamente foi o cara que o consertou antes. Pretendo trocar essa coisa pela pasta no futuro, caso o PC ainda tenha chances de vida, mas o processador certamente não tem dedo nesse problema, já que o mesmo permanece frio e sem problema algum aparente.

    No fim, com uma análise que fizemos, nenhum dos outros componentes pode estar causando essa tela azul, senão a RAM, e confirmando assim o que vários de vocês tinham dito sobre o que poderia ser a fonte do problema.

    Bem, no fim, não custou tentarmos pra ver se poderíamos dar um jeito de alguma outra forma. Estou procurando uma memória RAM com preço acessível pra comprar pra fazermos o teste final (o problema não é nem a memória, é o frete que é mais caro que a memo em si). Se com uma nova memória RAM ele ainda não funcionar, eu desistirei; o jeito vai ser esperar um bom tempo até conseguir um novo PC.

    Com isso, encerro esse post. Certamente vou fazer uma atualização assim que a memória chegar e fizermos o teste no PC. Funcionando ou não, vou estar postando aqui. Novamente, agradeço a todos que me ajudaram com dicas, e compartilhando com todo mundo, vocês são demais!

    33
    • Micro picture
      natnitro · 7 meses atrás · 3 pontos

      O técnico de estimação dos meus pcs sempre diz que os problemas nas memórias costumam aparecer é no pc novo e depois disso, já não costumam dar problema nunca mais... kkkkk
      E isso costuma ser verdade mesmo e se a memória não tem defeito tipo trincados ou arranhões visíveis, as vezes basta passar um pouco de alcool isopropílico nelas pra tirar a sujeira acumulada nos conectores que já resolve...

      1 resposta
    • Micro picture
      porlock · 7 meses atrás · 2 pontos

      brother... a memoria tem como vc testar mesmo...
      baixa o hirens boot e grava num pendrive ou disco e de boot por ele...
      ai entra no programa memtestx86... ele vai te dizer com certeza se a memoria está ou não com problema...
      a principio, vc naum precisa comprar outra pra testar..

      9 respostas
    • Micro picture
      herbertviana · 7 meses atrás · 2 pontos

      Poxa, tomara que o problema realmente esteja na memória RAM.

      2 respostas
  • jonomaia João Gabriel Maia
    2018-06-08 02:33:03 -0300 Thumb picture

    Erros e negligências comuns na montagem e utilização do "PC GAMER"

    Medium 3636704 featured image

    ERROS COMUNS AO MONTAR SEU PC

    Este artigo tem a finalidade de informar e alertar os futuros gamers que venham aventurar-se no mundo do PC gaming e os já usuários sobre erros e negligências comuns que podem comprometer sua experiência ou vir a te dar dores de cabeça em um futuro próximo. A partir da experiência e dos erros passados cometidos por este que vos escreve, espero poder ajudar essa parcela dos jogadores que hoje volta a crescer e a ocupar espaço significativo nos olhos da grande indústria, tanto os novatos quanto os velhos de guerra.

    [DISCLAIMER: tenha em mente que algumas das dicas dadas ao longo do artigo devem ser lidas e realizadas com cuidado e sempre atento aos riscos. Consulte sempre os manuais e fóruns em caso de dúvidas e eventualidades. Sinta-se livre para comentar também]

    [D2: recomendação de softwares ao final do artigo]

    1 - Unidades de armazenamento – HDD e SSD.

    Há uns anos atrás e, até hoje para alguns, o HD não parecia ter muita importância quando o assunto é Gaming, afinal, estes apenas tem a finalidade de armazenar dados, não é mesmo?

    Certo e errado. Sim, o HD é essencialmente responsável pelo armazenamento e transferência de dados através dos dispositivos conectados no PC. Porém, um HD de procedência ruim ou lento demais pode sim vir a ser um fator de perda de desempenho em jogos, especialmente quando o assunto é STUTTERING – ou microstuttering – as pequenas travadas que ocorrem durante o jogo em momentos chave.

    O stuttering em si é algo que pode ser causado por outros fatores também, mas no caso do HD, este acontece comumente em jogos que dependem massivamente do carregamento de texturas novas a todo momento – jogos em mundo aberto por exemplo. Estes jogos, para não sobrecarregar a memória física instalada com informações que podem ser manuseadas por outros meios, carregam diretamente do HD algumas das texturas que compõe o cenário ou então são pré-programados para utilizarem o arquivo de paginação do sistema – Memória virtual – para funcões similares e diminuir o uso da RAM.

    Por estes fatores, jogos como PUBG, Forza Horizon e outros Open Worlds podem ter desempenhos muito superiores quando instalados em um SSD, melhorando não só os tempos de carregamento mas também reduzindo drasticamente os stuttering.

    DICA: Caso o SSD não seja uma opção viável pelo seu espaço de armazenamento limitado, busque por um HD com um número maior de rotações – 7200 rpm por exemplo – e uma taxa de transferência maior. Outra alternativa são os “SSHD”, díscos rigidos híbridos que tem uma performance consideravelmente superior.

    2 – Placa-Mãe.

     A placa-mãe, como o nome sugere é o componente que permite a comunicação e funcionamento em sincronia de todos os demais. Ainda que, no caso do PC gaming, a placa de vídeo e o processador sejam os maiores limitadores, a placa mãe pode vir a ter um papel importante no desempenho destes, principalmente ao discutirmos o famoso “Overclocking”.

    No caso do processador, uma placa mãe que esteja a operar muito próximo do limite das suas especificações técnicas – como o TDP máximo informado nesta e no CPU – ou então tenha problemas de superaquecimento pode reduzir consideravelmente a performance do chip para não ultrapassar o limite seguro de operação.

    Quando o assunto é Overclocking, esse é um fator ainda mais problemático, pois os problemas acima podem ser levados ao extremo, até mesmo no caso do “turbo boost” - uma feature de overclock automático oferecido em grande parte dos processadores, pois este apenas poderá chegar limite estabelecido se as margens térmicas do CPU e placa-mãe permitirem.

    DICA: Não é preciso gastar demais, não também não economize demais. Busque por uma placa que mantenha uma margem de TDP segura do TDP máximo exigido pelo processador e que tenha boa reputação em análises e fóruns. Em casos de overclock, busque uma que possua um Power Phase maior – como 8 + 2) por exemplo – pois esse diminui o stress causado por maiores voltagens que terá de suportar.

    3 - Fontes:

    Este é outro fator que pode ser compreendido em conjunto com o anterior, pois, se a placa-mãe é o cérebro, a fonte é o coração. As fontes, de modo geral, possuem uma curva de desempenho. Nesta, é notável que operam melhor num meio termo, ou seja, com uma margem segura do limite anunciado.

    Se tal limite é frequentemente alcançando, isso pode gerar consideravel instabilidade no sistema, pelo fato de que qualquer oscilação comprometerá todo o conjunto. Uma boa fonte, portanto, além da segurança que pode proporcionar ao seu pc – pois muitas possuem proteção contra mudanças bruscas e picos de energia – são fundamentais para o funcionamento ideal do restante dos componentes.

    Placas de vídeo e seus overclocks automáticos também podem ser afetados, pois, essa feature que é implementada em muitos produtos da Nvidia por exemplo, alcançam números maiores dependendo da margem de energia e resfriamento que tem a disposição.

    DICA: Sempre busque uma fonte que ultrapasse com certa margem o consumo total de sua máquina. Os cálculos do quando seu PC utilizará e qual fonte recomendada podem ser feitos aqui:

    http://www.coolermaster.com/power-supply-calculato...

    Os selos de bronze, platinum e etc ajudam a ter uma ideia da qualidade e eficiencia do produto.

    4 - Refrigeração adequada:

    Como dito em alguns dos exemplos desse artigo, o aquecimento excessivo em alguns componentes é um fator limitador quando discutimos a performance máxima destes. A refrigeração do sistema então deve ser feita de forma consciente e planejada para obter maior eficiência. O ideal é que o gabinete possua espaço para as ventoinhas produzirem um fluxo constante de entrada e saída de ar, ou seja, jogar o ar frio para dentro e o ar quente para fora.

    Escolher um bom gabinete também pode contribuir significativamente para tal. Algumas das dicas são: torres que possuem a fonte posicionada na parte de baixo, pois esta não estará recebendo o ar quente a todo momento já que a tendência do ar quente é subir. Entradas de ar frontais ou laterais para instalar as ventoinhas que jogarão o ar frio para dentro e saidas de ar superiores e traseiras para a exalação do ar quente.

    Sobre as ventoinhas, procure sempre se atentar ao “fluxo maximo de ar” anunciado e não necessariamente a velocidade de rotação. Busque também prestar atenção na direção do fluxo indicado no produto na hora da instalação.

    O mesmo vale para placas de vídeo e processadores. Placas em modelos “mini” ou com menos ventoinhas dissiparão menos calor e podem diminuir os limites da mesma. Para processadores, os coolers padrão geralmente possuem eficiência consideravelmente baixa, algo que pode ser compensado por coolers avulsos de maior qualidade – e até tamanho, pois possuem mais área para dissipar o calor.

    5 – Equilíbrio é a chave.

    Este é um tópico que pode ser associado a todo o resto. A ideia do equilíbrio é montar um setup que não possua tamanha disparidade entre seus componente, pois isso diminuirá a chance de ocasionais problemas de performance grandes.

    O desempenho da placa de vídeo deve equiparar-se, de certa forma, ao do processador, a quantidade de memória instalada deve ser suficiente para suportar os jogos aos quais os outros dois estarão a par de jogar e assim por diante, pois, se não, em quase todas as situações haverá algum fator deficitário – o famoso “Bottleneck” (“gargalo”).

    Alguns jogos exigem mais da GPU, jogos online geralmente se utilizam mais dos CPU, jogos de mundo aberto se utilizam de mais memória de vídeo e RAM. É sempre mais eficiente montar um sistema que esteja a par de desempenho que um que apenas terá um bom desempenho em algumas ocasiões.

    DICA: para medir de forma simplificada a quantidade de bottleneck de sua configuração, acesse o link: http://thebottlenecker.com/

    6 – Configurando o Software e o Hardware

    O principal diferenciador da plataforma do PC é a liberdade de poder configurar da melhor forma de acordo com suas preferencias seus programas e hardware para levar ao máximo posivel a performance disponível.

    Mas para isso, é preciso gastar um tempo xeretando em todas as opções que o sistema operacional, os jogos e a BIOS oferece. Então vamos por parte:

    o Windows (seja qual for a versão) é, no final das contas a principal plataforma para gaming pela convencionalidade, compatibilidade e o número de apps e programas disponíveis. Porém, muitas features inseridas no sistema acabam por limitar a experiência se não configurados adequadamente. Um exemplo são os perfis de energia e performance que podem ser encontrados no painel de controle. Nas configurações avançadas de cada perfil podem ser encontradas opções de desligamento automático de portas USB (que pode ocasionalmente dificultar o uso de algumas das entradas), limite de uso do CPU e desligamento automático do HD que é recomendado que seja desativado para evitar a constante mudança de estado do disco.

    Há também um grande conjunto de tarefas que podem ser desabilitados para reduzir o uso de recursos como serviços de telemetria, cortana e outros. Uma ferramenta que auxilia neste passo é o Ultimate Windows Tweaker, disponivel em: http://www.thewindowsclub.com/ultimate-windows-tweaker-4-windows-10

    Com relação direta ao hardware, as mudanças devem ser feitas na BIOS, que é o sistema da placa-mãe acessado ao pressionar a tecla DEL ou DELETE durante o processo de boot do PC. Aos já familiarizados com tal, algumas alterações que podem aprimorar a performance de modo geral é o desligamento de features de economia de energia como C1E state e Cool n’ quiet para o CPU, o ajuste dos timings das memórias de acordo com as especificações de fábrica do seu kit de RAM e assim por diante.

    O último passo são os softwares de gerenciamento da NVIDIA e AMD disponíveis nos drivers. Nestes, é possível escolher as prioridades na renderização do jogo – Qualidade ou Desempenho – economia de energia, forçar o desligamento de opões como sincronização vertical ou o inverso – ativar efeitos como Antialiasing em jogos que não o possuem por padrão – e até mesmo resoluções personalizadas. No caso da NVIDIA, a opção de “shader cache” é um setting que se utiliza diretamente do HD para armazenar momentaneamente shaders e reutiliza-los quando necessário.

    Conclusão:

    Somando todas as dicas e com tempo e dedicação para buscar e pesquisar a mais informações e tutoriais em fóruns e vídeos, é possível melhorar consideravelmente sua máquina ou então montar a ideal diminuindo o máximo as falhas e compromentimentos.

    DICAS DE SOFTWARES:

    DFX Audio Enhancer: aumentar o volume para além do limite que o sistema permite.

    HWMonitor: Monitoramento de temperaturas e clocks do hardware.

    Coretemp: Monitoramento da temperatura do CPU de forma mais compacta.

    CPU-z: Informação completa das especificações do hardware.

    IBT AVX: Stress tester para CPU – ideal para testar estabilidade de overclocks rapidamente.

    NovaBench: app de benchmark para medir desempenho do PC de forma simplificada .

    MSI AfterBurner: monitoramento e overclock de GPU.

    Glary Utilities: limpeza do sistema e uma diversidade de recursos diversos.

    Ultimate Windows Tweaker 4: ideal para modificar e aprimorar o Windows para melhor performance.

    53
  • 2016-02-09 09:04:32 -0200 Thumb picture
  • 2016-01-20 09:05:16 -0200 Thumb picture

    @jack234 - Venda

    @jack234 está vendendo um kit com duas memórias RAM para desktop de 4Gb cada por R$380,00  R$350,00:

    Trata-se de um Kingston Hyper Beast de 2400 Mhz DDR3 cuja especificação é a KHX24C11T3K2/8X.

    O produto é novo: a placa-mãe dele não reconheceu, então pedimos que os interessados certifiquem-se que sua placa-mãe e processador são compatíveis.

    Postado por @kyle

    Dance Dance Revolution 3rd Mix

    Plataforma: Playstation
    89 Jogadores

    7
  • slashgoodboy Vitor Benício
    2014-02-27 09:11:39 -0300 Thumb picture
    <p><a href="http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- - Alvanista

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-528089603-m...

    OU

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-541774462-m...

    Ajudem-me, PC gamer's

    6
    • Micro picture
      rozen · quase 5 anos atrás · 0 pontos

      Eu não manjo dessas turbinas, compartilhando pra ver se alguém sabe.

    • Micro picture
      gradash · quase 5 anos atrás · 0 pontos

      Vai fazer overclock? Resposta sim, pega a Vegance, resposta não, pega a G.Skill

    • Micro picture
      joebasilio · quase 5 anos atrás · 0 pontos

      @gradash engraçado sempre vi dizerem o contrário, mas como desconheço totalmente G.Skill não faço a minima ideia se é verdade ou não.
      Eu aconselho a G.Skill claro creio eu que sua placa aceite 2400.

  • manimbrasiltec Manim Brasil Tec.
    2013-07-26 18:40:34 -0300 Thumb picture

    PS4 terá menos de 70% de memória para jogos diz site

    Um rumor pubicado pelo site Eurogamer diz que o Playstation 4 que tem 8GB de memória DDR total, tem um espaço de 3.5GB reservado apenas para o sistema operacional. Isso significa que apenas 4.5GB estariam disponíveis para os jogos.

    Algumas fontes disseram ao site que 1 GB reserva de RAM está lá apenas como "memória flexível" que pode "ser usada pelo sistema operacional quando precisar" fazendo 5.5GB potencialmente disponível.

    Documentos internos da Sony sugerem que 4.5GB é a "quantidade de memória garantida disponível" para jogos, mas este 1GB adicional pode ser usado pelos desenvolvedores para aumentar os gráficos ou dar uma "melhorada" em certos elementos do jogo desde que não seja necessário pelo OS.

    Os kits de desenvolvimento do Playstation 4 contêm um esquema de memória que oferece opções normais e grandes. O normal tem 4.5GB e o grande aumenta o número até 5.25GB.

    Para criar uma comparação o site disse que o Xbox One vai reservar apenas 3GB de RAM para seu sistema operacional e que ambos possuem duas "CPU Jaguar que soa como um nível muito mais alto e desproporcional de RAM do que podemos esperar".

    Essa carga na RAM servirá para permitir ao sistema que dê suporte a recursos como trocar entre jogos rapidamente e ao vivo e também rodar outros aplicativos na interface do aparelho.

    Até o momento o espaço de RAM do console da Sony ainda não foi confirmado oficialmente, e não há nenhum comentário feito pela empresa sobre este assunto.

    0

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...