• 2017-08-09 10:45:57 -0300 Thumb picture

    Magnavox Odyssey: O primeiro console caseiro da história

    Medium 3525465 featured image

    O engenheiro Ralph Baer foi incumbido de criar a melhor televisão do mundo, então, inspirado nos jogos interativos dos computadores mainframe, ele começou a trabalhar num aparelho que iria se conectar na TV e interagir com ela através de jogos. Depois de muitos anos de trabalho, em 1968, o protótipo do aparelho estava pronto, chamado de Brown Box. A máquina criava pontos luminosos na tela e poderia ser controlados através de 2 paddles presos em duas caixas de madeira. Após a demonstração, a empresa Magnavox concordou em produzir o console e assinou um contrato com o engenheiro. Após alguns ajustes para baratear o aparelho, em agosto de 1972, é lançado o primeiro console da história, o Magnavox Odyssey.

     O console poderia se conectar a qualquer televisão da época e era capaz de criar até 3 objetos luminosos na tela. Um deles é grande, controlado pelo player 1, um comprido para o player 2, e um terceiro bem menor, que interagia com outros players, ou seja, ele rebatia nos jogadores quando encostava nele. Para criar esse terceiro objeto, você poderia escolher os jogos através dos cartões numerados, que podem ou não criar o ponto, dependendo do jogo. Esses cartões funcionavam como jumper, que iria fazer a ligação eletrônica do videogame e assim criar o terceiro objeto. O console é muito bonito, com o design preto e branco com algumas partes em madeira, dando um visual luxuoso.

     O controle é uma caixa retangular com 3 controles que giram nas laterais, onde um controla o seu objeto na vertical, outro na horizontal e um menor controla o terceiro objeto luminoso em alguns jogos. Havia também um botão de reset na parte superior, que resetava a posição de todos os blocos da tela. O controle havia um fio grosso que se conectava na parte traseira do console e poderia ser destacado, com isso, pode-se comprar um outro controle caso um deles dê algum problema. O design do controle seguia o mesmo padrão do console, com carcaça branca e algumas partes marrom, para simular a madeira. Ele deveria ser colocado sobre uma superfície plana para ficar melhor de controlar.

     Foram lançados junto do console 12 cartões de jogos e mais 6 cartões a serem vendidos separadamente. Como o console só gerava 3 pontos luminosos na tela, junto de cada jogo, vinha uma película de acetato que deveria ficar sobre a tela da televisão, dando uma melhor percepção do jogo. Havia também um manual de instruções explicando como funciona cada jogo, assim como cartas de baralho, dados, tabelas e outros itens que permitiam jogos mais elaborados. Alguns jogos necessitavam apenas da película, outros precisavam desses itens, mas no geral, nada impedia o livre controle dos jogadores da tela, pois a única física presente era do terceiro bloco. O console foi vendido a aproximadamente US$100 na época.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    40
    • Micro picture
      manoelnsn · over 2 years ago · 4 pontos

      Muito bom o artigo!

      1 reply
    • Micro picture
      old_gamer · over 2 years ago · 4 pontos

      Imagina, para jogar vc teria que colocar um película na tela da tv para gerar um plano de fundo, além de muito imaginação!
      Por isso que coleciono a partir da segunda geração, minha imaginação não é tão grande assim!

      5 replies
    • Micro picture
      jack234 · over 2 years ago · 3 pontos

      Mto bom! O primogênito dos consoles atuais!

      2 replies
  • gameblast GameBlast
    2015-01-05 14:01:46 -0200 Thumb picture

    Ralph Baer, o pai dos consoles

    Medium 45758 3309110367

    Em 7 de outubro de 2014, perdemos uma grande personalidade. Ralph Baer foi pioneiro para a indústria gamer, criador do Brown Box e Magnavox Odyssey. Que tal relembrar um pouco da história deste homem que deu início ao universo que atualmente tanto admiramos? Confira nossa matéria!

    @jrobsonjr

    17
  • 2014-12-18 00:14:38 -0200 Thumb picture
  • 2014-12-09 14:10:26 -0200 Thumb picture

    Pai dos videogames, Ralph Baer, morre aos 92 anos

    Medium 2931762 featured image

    O engenheiro alemão Ralph H. Baer, responsável pela criação do Magnavox Odyssey – o primeiro console de todos os tempos -, além de brinquedos como o Genius, faleceu neste último sábado (6) aos 92 anos em sua casa no estado de New Hampshire, nos Estados Unidos. As informações são do jornal The New York Times.

    Baer, que havia se mudado para os EUA com sua família em 1938 fugindo do regime nazista, desenvolveu diversos protótipos entre os anos de 1967 e 1969 de aparelhos que permitiam jogar games na televisão. Ao lado de Bill Harrison e Bill Rusch, licenciou um destes protótipos para a Magnavox, que o lançou como o Odyssey em 1972.

    O inventor foi condecorado pelo presidente George W. Bush com a Medalha Nacional de Tecnologia no ano de 2006, foi homenageado na Game Developers Conference em 2008 e entrou no Hall da Fama do National Inventors em 2010.

    Baer deixa três filhos (James, Mark e Nancy) e quatro netos. Nos resta apenas agradecer pelo invento que evoluiu tanto e faz nossas vidas mais felizes.

    Fonte: Save Game

    14
  • vgscomcerveja Videogames com Cerveja
    2014-12-08 21:23:38 -0200 Thumb picture

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...