• supermarkosbros マルコス・アントニオ
    2019-07-02 13:12:10 -0300 Thumb picture
    17
  • 2019-06-02 14:57:46 -0300 Thumb picture
    sergiosamsa checked-in to:
    Post by sergiosamsa: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>Que jogo baca
    What Remains of Edith Finch

    Platform: Playstation 4
    92 Players
    23 Check-ins

    Finalizado!

    Que jogo bacana! Joguei sem saber do que se tratava, apenas baixei e comecei, e que surpresa boa! Rápido e reflexivo. 

    Fiquei especialmente tocado pela narrativa pois, por coincidência, eu mesmo estou em uma pesquisa cansativa para remontar a árvore genealógica da minha família e parte da história por trás dela. 

    Meu avô materno, nascido em Portugal em 1917, veio para o Brasil e se suicidou em 1956. Isso gerou uma certa comoção misturada com rancor e minha avó meio que apagou a história dele entre a família, e muitas outras narrativas desapareceram nesse processo. Só eu agora é que tive a iniciativa de querer saber tudo e ir atrás das informações, bem no clima desse jogo, por isso fiquei um tanto fascinado.

    Absolutamente focado em história, ao mesmo tempo em que diverte com sua aparência fantástica, te coloca pra pensar nos próprios acontecimentos cotidianos familiares, como cada coisa se desenrola, para o bem e para o mal...  o único defeito é que é muito rápido. Eu gostaria de poder explorar mais as narrativas de alguns personagens, como o Sven, mas o pouco que o jogo entrega já me encantou e foi suficiente.

    Um ponto positivo para as representações das histórias é a diversidade de formas escolhidas para isso. Depois que passamos pela narrativa da Molly (a primeira) esperamos que todas as outras sigam a mesma mecânica, mas na realidade não é o que acontece, cada história se utiliza de recursos diferentes, o que dinamiza a experiência com cada personagem. Em termos gráficos, a história da morte de Bárbara (acima) foi a minha favorita. 

    E o final, apesar de meio previsível depois de um tempo jogando, é realmente instigante. Fiquei com o famoso "gosto de quero mais". 

     Preciso dizer que me identifiquei também com essa casa abarrotada de livros, parece aqui em casa, daqui a pouco os livros me expulsam de dentro e tomam conta, tem livro até na cozinha. Mas o que mais chamou minha atenção para a história do jogo (e para as nossas histórias no geral) foi o tanto de histórias alheias que consumimos, em livros, filmes, jogos (o que é muito bom), mas por vezes sabemos muito pouco das nossas próprias histórias, desde as mais antigas, para além dos bisavós, daquelas que nos fizeram chegar onde chegamos. É isso o que acontece com a família de Edith, eles leram tantos livros, tantas narrativas, mas as histórias da própria família foram seladas e sofreram tentativas de apagamento por parte da mãe dela, que foi mais ou menos o que aconteceu depois do meu avô.

      

    22
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 5 months ago · 2 pontos

      Wow ..tua casa é cheia de livros? Curioso manter essa cultura tendo em vista a tecnologia...(atualmente lemos muito via celular / PC).
      ...
      Esse game tá na lista...

      2 replies
    • Micro picture
      leopoldino · 4 months ago · 2 pontos

      Se procurar bem toda família acaba tendo uma boa história pra contar, talvez a sua dê um bom livro ou quem sabe um jogo.

      3 replies
  • supermarkosbros マルコス・アントニオ
    2019-05-31 16:16:57 -0300 Thumb picture

    PlayStation Plus mais caro a partir de agosto

    O plano de pagamento periódico de 1 mês do PlayStation Plus aumentará para R$ 25,90

    O plano de pagamento periódico de 3 meses do PlayStation Plus aumentará para R$ 64,90

    O plano de pagamento periódico de 12 meses do PlayStation Plus aumentará para R$ 149,90

    22
    • Micro picture
      gan0nd0rf · 5 months ago · 2 pontos

      Ainda sai mais barato que a plus us.

    • Micro picture
      jorgegt · 5 months ago · 2 pontos

      Acho que não vou renovar a minha.

    • Micro picture
      salvianosilva · 5 months ago · 2 pontos

      triste

  • 2019-04-27 08:08:22 -0300 Thumb picture

    [RUMOR] Jogos gratuitos da Plus de Maio

    Parece que a lista de jogos gratuitos de maio vazou na Ásia e no Japão:

    "PS Plus users who have an account in Asia will be able to enjoy The Witness and Metal Gear Survive as the free games for the next month. PS Plus Japan is slightly different with Metal Gear Survive and Darksiders: Warmastered Edition being the two games offered to subscribers."

    Sim, por aqui provavelmente teremos Metal Gear Survive e Darksiders Warmastered Editions.

    Metal Gear Survive

    Platform: Playstation 4
    35 Players
    7 Check-ins

    13
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 6 months ago · 2 pontos

      Por favor...no Brasil tem que ser diferente.

    • Micro picture
      gustavobarbosa94 · 6 months ago · 2 pontos

      Esperava melhores agora que não tem mais os de ps3/vita, metal gear survive quero nem de graça. Tomara que seja um rumor falso. Torcendo por um mês louco igual aquele que teve Bloodborne+Ratchet and Clank.

  • 2019-04-11 12:33:53 -0300 Thumb picture

    Aquela dúvida

    Galere, surgiu uma dúvida aqui sobre renovação e período inativo na PS PLUS.

    Depois de muito estudo, dedicação e noites insones de escrita, eu consegui uma bolsa de estudos para realizar parte da minha pesquisa de doutorado na Universidade de Coimbra, em Portugal (Yaaay, comemoração, fogos, essa coisa toda). Minha Plus está pra vencer no próximo mês e não vai valer eu renovar por mais um ano, sendo que em poucos meses estarei embarcando e só volto em meados de 2020. (Sim, um ano sem meu querido filho PS4, mas por uma excelente causa) 

    Minha assinatura vence agora no final de maio, talvez eu renove por um mês ou dois só pra dar conta do tempinho que ainda terei por aqui antes de ir, e depois só vou renovar quando voltar em 2020. A minha dúvida é: ao desativar minha Plus agora, quando eu voltar e reativar minha assinatura no próximo ano, todos os jogos que eu "ganhei" na PLUS e que estão na minha biblioteca continuarão lá ou eu vou perder tudo, tudo, tudo? E os meus saves que estavam na armazenagem da Plus? Alguém sabe como ficam essas coisas?

    Agradeço quem souber...

    23
    • Micro picture
      farusantos · 6 months ago · 2 pontos

      Sim, todos os jogos que você recebeu da Plus continuam na sua conta, basta você voltar a assinar para conseguir acessar de novo.

      Já os dados na nuvem têm um prazo de validade, parece que eles ficam no servidores da Sony por até seis meses sem assinatura.

      3 replies
  • 2019-04-02 12:28:43 -0300 Thumb picture
    24
    • Micro picture
      zandryx · 7 months ago · 5 pontos

      Sdds quando abria a pagina de jogos gratuitos da plus e tinham 6+ icones p clicar T___T

      1 reply
  • 2019-03-15 00:03:08 -0300 Thumb picture
    sergiosamsa checked-in to:
    Post by sergiosamsa: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>Comecei gosta
    The Witness

    Platform: Playstation 4
    130 Players
    17 Check-ins

    Finalizado!

    Comecei gostando muito do jogo e da proposta dele, de verdade. Mas depois, por volta do painel 220 foi ficando tudo muito repetitivo.

    Depois desses mais de 200 puzzles você já começa a procurar atalhos.

    O jogo possui cerca de 650, mas não é necessário passar por todos para finalizá-lo, metade deles já basta para liberar os caminhos até o fim, então começamos a prestar atenção para não perder tempo com puzzles que não levariam a lugar algum.

    Em certos momentos a dificuldade dos puzzles chega a ser desafiadora e o que acaba pesando mais é o nosso cansaço diante de tanto puzzle. Sabe aqueles jogos de celular com níveis sem fim? Pois então, a minha sensação foi mais ou menos essa no final das contas.

    Não sei se há a necessidade de o jogo ser grande desse jeito, mas a proposta não deixa de ser interessante. Se ele fosse bem menor e não fizesse a gente gastar tanto tempo em puzzles fáceis e jogassem logo puzzles médios e difíceis e deixassem o jogo mais curto, talvez fosse menos enjoativo.

    A ausência de uma linha narrativa também acaba tirando um pouco a nossa curiosidade para seguir adiante, pois é tudo muito disperso e no fim das contas não tem nada. Achei o final bem decepcionante.

    De certa forma, acredito que a história que o game quer contar é, na realidade, uma espécie de passeio pela própria concepção filosófica de “epifania”. Não tem como negar, o game investe muito nesses momentos de “eureka!”, e toda a questão da epifania envolve a percepção do início e do fim como uma coisa só, um ciclo. Na base, o fim da epifania é você descobrir o seu início, a linha inicial de algo e chegar a uma conclusão. E quando o jogo termina daquele jeito a única coisa que eu consigo pensar é isso mesmo. É quase como se fosse uma teoria do conhecimento, de como é desencadeado o processo de aprendizado e replicação de resultado na nossa cabeça. É, eu sei, viajei jogando isso. Esse moço entende meu desespero.

    Sendo assim, se você vai começar o jogo achando “ah, deixa eu pegar esse joguinho de puzzle aqui pra me distrair porque não estou afim de começar nenhum jogo específico agora, só relaxar",  esquece, vai jogar Tetris, fazer ioga, arranje um jardim zen daqueles com pedrinha, areinha e pazinha pra ficar mexendo pra lá e pra cá porque The Witness vai te tirar do sério em alguns momentos, até você sentir alguma dor de cabeça e achar o caminho certo pra concluir o puzzle.

    Não achei o jogo ruim, só poderia ser menor. Gosto muito de puzzles, mas quando o jogo acaba me lembrando mais esses joguinhos de celular de níveis eternos eu não curto muito.

    22
    • Micro picture
      filipessoa · 7 months ago · 2 pontos

      Parabéns! Pôxa eu achava que o game possuia uma linha narrativa firme tipo a de Portal que também é um jogo cheio de puzzles mas tem um enredo a ser seguido... não que eu tenha desistido de jogar este The Witness sóa cabei fiquei menos empolgado :-(

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 7 months ago · 2 pontos

      São só elogios...
      Eu quem não tenho paciência pra games somente PUZZLES...

    • Micro picture
      majimbuu · 5 months ago · 1 ponto

      Eu amo puzzles e digo uma coisa: esse game é um dos melhores do gênero da história. O conceito é simples, só que muitíssimo bem executado, o que torna alguns puzzles muito difíceis. Não dá pra negar que são muito criativos também. O level design é primoroso, pois você sempre pode desviar algum puzzle pra ir resolver outro mais fácil, e a progressão é bem fluída.

      Sobre as críticas, concordo em relação à duração do game. Poderia ser mais curto. Também adiciono outra crítica: ausência de mapa.

      Sobre a dificuldade de alguns puzzles e o final, eu discordo. Acho bem legal essa narrativa abstrata e acho que os puzzles mais fáceis sempre servem para a cruva de aprendizagem.

  • 2019-03-07 13:55:30 -0300 Thumb picture
    sergiosamsa checked-in to:
    Post by sergiosamsa: <p><strong>Iniciado.</strong></p><p>#img#[622114]</
    The Witness

    Platform: Playstation 4
    130 Players
    17 Check-ins

    Iniciado.

    Eu já tinha ouvido falar desse jogo há muito tempo, e sempre tive curiosidade em jogar. Os puzzles são uma de minhas partes favoritas nos games, e o que dizer de um jogo que é feito basicamente de puzzles e nada mais? Pra mim, perfeito.

    Em "The Witness" surgimos em uma ilha misteriosa, repleta de ruínas em um cenário que simula diversos ambientes. Temos um deserto, florestas, pântanos, uma montanha, construções em árvores e instalações subterrâneas. Não sabemos quem é esse personagem.

    O acesso à essas áreas é liberado aos poucos, partindo da resolução dos puzzles. Ao final de cada "sessão" de puzzles um mecanismo é ativado, liberando um raio laser que aponta na direção de uma construção no topo do ponto mais alto do mapa.

    Claro, já dei um pulo lá pra ver o que tem.

    Ainda não entendi o que significa essa estrutura e essas estátuas, mas claramente faz parte do objetivo do jogo você ir montando uma possível história (e que, acho, tem cara de ser meio triste, mas não sei, vamos ver).

    Os puzzles vão de simples ao mais complicado. Observação é a palavra-chave para quem quer passar por eles. O ambiente, sombras, objetos, elementos do cenário, enfim, qualquer coisa pode acabar oferecendo a dica necessária para resolver os enigmas. Alguns são bem desafiadores e, depois de muito pensar e observar, quando você se dá conta da resolução, você se sente O SUPER GÊNIO. A sensação de epifania é mágica. 

    A jogabilidade é bem simples, assim como os gráficos, que são bem coloridos e bonitos para a proposta. Desde o início eu tenho aquela sensação de déjà-vu, e acho que isso se deve, em grande medida, ao fato de "The Witness" me lembrar bastante da experiência que eu tive jogando "Myst" na adolescência, no PC. A proposta de ambos me parece muito semelhante. Inclusive as capas dão essa sensação. Vejam uma das capas de "The Witness":

    E uma das capas de "Myst":

    Os pressupostos são parecidos: uma ilha e muitos enigmas, mas "Myst" é mais complexo por focar muito na história, em comparação com "The Witness" que até agora parece, basicamente, puzzles sem conexão com algo maior. Ainda tenho muito o que explorar no mapa, até então encontrei um único arquivo de áudio, com uma dica de resolução de puzzle que pede interpretação do que você escuta. De resto, a narrativa é silenciosa e pede uma leitura mais aberta de nossa parte. Estou gostando bastante, vamos ver como andarei. Completei, até agora, 104 painéis, e segundo fiquei sabendo, são mais de 600, então tem chão pela frente ainda...

    16
  • 2019-03-06 14:13:28 -0300 Thumb picture

    [PS PLUS] Jogos Gratuitos de MARÇO Disponíveis

    Os jogos de VITA e PS3 do mês passado continuam disponíveis para quem ainda não baixou.

    9
  • 2019-02-06 08:51:55 -0200 Thumb picture
    11
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 3 pontos

      Puta merda...quanta porcaria (assim...nada me interessa)

    • Micro picture
      saraivajr · 8 months ago · 2 pontos

      Esse mês tá difícil...

    • Micro picture
      warbraz · 8 months ago · 2 pontos

      Triste

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...