• andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2019-06-14 11:38:11 -0300 Thumb picture

    CAMADAS DO MEDO ūüĎĻ (SHARE)

    "Cada quadro que é pintado com sentimento é o retrato do artista." Oscar Wilde - O retrato de Dorian Gray

    A casa é acolhedora, apesar de triste e vazia.

    N√£o √© "joguim" de terror sem rel√Ęmpagos e trov√Ķes. ‚ėļÔłŹ

    LAYERS OF FEARS é um "survival horror" (terror), 1st person, investigativo, com mistério, puzzles e ligeira dose de point & click...

    √Č poss√≠vel observar os objetos em 3D, agregando pra hist√≥ria ou auxiliando nos puzzles.

    Nessa parte...de madrugada...pulei de susto nesses "caralhos de ratoeira". ūüėÖ

    Aparentemente a casa sofria de infestação de ratos (ou talvez algo mais grave tenha ocorrido por aqui na casa e com seus moradores.)

    Cozinha linda demais. Tirando os alimentos podres, n√£o me sinto ainda num game de terror.

    Nos detalhes vamos constituindo a história da casa e seus personagens. Sabemos aqui, por exemplo, a paixão do protagonista por arte em geral e sua dificuldade perante outras matérias.

    Foi aqui que "fudeu" minha experiência com o game e quase me fez desistir do game. Eu poderia seguir pro andar de cima da casa mas por alguma razão eu fui pro porão. Próximo check in explico...

    LAYERS OF FEAR √© uma¬† experi√™ncia de jogo √ļnica e imersiva onde cada decis√£o afeta a narrativa. Como na vida real, s√£o as portas que voc√™ abre, as mem√≥rias que voc√™ leva com voc√™ e as sombras que voc√™ explora que definir√£o quem voc√™ √©. Este pode ser nosso jogo, mas √© a sua jornada:

    Layers of Fear

    Platform: Playstation 4
    53 Players
    8 Check-ins

    30
    • Micro picture
      jesspras · 2 days ago · 2 pontos

      Morro de medo desse joguin

      3 replies
    • Micro picture
      ryou · 2 days ago · 2 pontos

      Gosto do minigame de adivinhar o jogo pelos títulos que tu usa. Esse foi fácil, mas o Uncharted não consegui.

      3 replies
    • Micro picture
      seufi · 2 days ago · 2 pontos

      "O retrato de Dorian Gray" - Taí um filme foda... e um filme 3x mais foda ainda!

      2 replies
  • anduzerandu Anderson Alves
    2018-12-30 02:12:25 -0200 Thumb picture

    Registro de finaliza√ß√Ķes: The Neverhood

    Zerado dia 29/12/18

    Eita felicidade em zerar em um só dia não apenas um jogão como foi com God of War como também uma pendência das mais chatas: The Neverhood. Chato primeiramente porque o jogo é tão antigo que passei vários dias no início do ano tentando fazê-lo rodar no Windows 10 e ou pelo menos no XP até finalmente desistir e jogar pelo SCUMN. Em segundo lugar porque ele é um point & click das antigas e como sabemos, esse tipo de jogo não é fácil.

    Eu conheci esse título depois de jogar Skullmonkey no PS1 e Armikrog. no Wii U. O primeiro é a sequência desse. O segundo, uma homenagem/cópia dele.

    O clássico cult The Neverhood (TN) foi ficando esquecido pelo tempo e não está disponível em plataformas como a Steam, o que dificulta ainda mais o trazer à tona e me feliz pular de alegria quando finalmente funcionou no meu notebook. Meia hora depois eu estava deixando pra lá com a promessa de voltar depois. 

    A verdade √© que esse jogo √© bem sem no√ß√£o, como muitos outros da √©poca. Al√©m do estilo diferent√£o (pros padr√Ķes de hoje em dia), a curta aventura conta com um n√ļmero exagerado de puzzles de l√≥gica duvidosa pra fazer a jogatina durar mais. Fazer qualquer puzzle √© motivo de comemora√ß√£o e na falta de paci√™ncia pra perder tempo vagando sem rumo, o walkthrough √© seu melhor amigo.

    O início da jogatina é sem muita introdução e logo você está numa sala, fazendo puzzles simples para aprender o básico da jogabilidade e conseguir progredir. Sidescroller com puzzles, nada mal!

    O problema é que quando você sai dessa casa (ou qualquer estabelecimento do jogo), a jogabilidade para andar pelo mapa fica em primeira pessoa. PRIMEIRA PESSOA!!

    Ma não espere a liberdade de jogos mais modernos. Lembre-se que o ano é 1996! Pessoas jogaram isso no Windows 95/98! Em primeira pessoa, clicar no meio da tela te faz andar em frente e nos cantos, virar para a próxima porta ou caminho disponível. Clique e assista à uma pequena cinemática do personagem andando até você ganhar o controle de volta para escolher o próximo passo.

    √Č um jogo relativamente lento. Tudo acontece meio devagar e rola uma necessidade de backtrack de vez em quando. Junte isso ao fato de ter que refazer a√ß√Ķes espec√≠ficas em certas partes para poder se locomover e o jogo logo fica mon√≥tono.

    Felizmente o jogo tem duas qualidades muito positivas: som e visuais. 

    A sonoplastia inteira √© muito boa, com m√ļsicas de primeira, dublagem e qualquer som relacionado a personagens, cen√°rios, objetos e a√ß√Ķes. Visualmente, o jogo √© feito 100% em stopmotion, o que me convence de primeira e rola v√°rias cinem√°ticas com um humor muito bobo, inteligente e criativo.

    Cadê os jogos com essa técnica e esse humor e mais casuais hoje em dia?

    O jogo ficou muito mais bonito do que eu imaginava na minha tela, mas algumas cinemáticas tem a resolução baixa e outras ficaram com uns pixels meio zoados, mas nada que deixasse os filmes ruins ou confusos.

    Até porque de confuso já basta o jogo em si. Tudo é muito aberto e você não sabe por onde começar e mesmo quando visita um lugar, muitas vezes você não sabe se deveria estar ali agora ou voltar depois ou mesmo se já fez tudo naquela casa e pode descartá-la pra sempre. Pra piorar, jogar TN basicamente exige papel e caneta pra anotar códigos bizarros que serão usados bem depois e caso você não faça isso, como eu não fiz, prepare-se para não só fazer backtracking como tentar lembrar onde no mapa você viu aquilo. Detonado? Não dá pois o jogo sempre gera símbolos aleatórios para os muitos puzzles que os tem.

    Em algumas situa√ß√Ķes, eu n√£o sabia como voltar ou se era sequer poss√≠vel. Em uma determinada parte, √© poss√≠vel morrer de vez e o jogo simplesmente acaba. Lembre-se de salvar regularmente!

    Resumindo: The Neverhood √© um jogo ok, que eu s√≥ joguei por sua relativa fama e por ter jogado Skullmonkeys. Se voc√™ √© jogador das antigas, j√° sabe o que imaginar, mas numa vers√£o mais tranquila e curta que jogos como Grim Fandango, por exemplo. Se voc√™ √© das gera√ß√Ķes mais atuais de jogos, n√£o acho que esse seja o tipo de jogo pra voc√™, ou ao menos n√£o o ideal para come√ßar os adventures. Agora que sei tudo do jogo, at√© rejogaria se fosse 15 anos atr√°s, principalmente pelas cinem√°ticas.

    De bom: visuais legais. Anima√ß√Ķes em stopmotion. Sonoplastia de primeira. √ďtimo senso de humor. Jogabilidade simples, sem invent√°rio e afins.

    De ruim: puzzles enigm√°ticos demais as vezes. N√£o h√° dicas pra horas de aperto e voc√™ mal entende qual √© a est√≥ria e pra onde voc√™ est√° indo at√© os momentos finais do jogo. Dicas dos puzzles em lugares completamente sem no√ß√£o, como a resposta de um quebra-cabe√ßas de encher copos de vidro com l√≠quidos estar nas paredes de uma montanha e bem longe. Basicamente √© um mundo bem louco e voc√™ cria a l√≥gica de acordo com a experi√™ncia e n√£o de acordo como o mundo deles funciona. Jogabilidade dura e lenta e backtracking insuport√°vel em diversas ocasi√Ķes. Jogo indispon√≠vel em plataformas modernas.

    No geral, curti a experiência, mas não é o tipo de jogo que eu recomendaria jogar, mas no máximo conhecer. Os fãs adoram esse e odeiam a jogabilidade platformer sidescroller da sequência, então dá pra entender os motivos da existência do Armikrog. e como ele homenageia e copia TN sem dó nem piedade!

    The Neverhood

    Platform: PC
    45 Players
    3 Check-ins

    14
    • Micro picture
      filipessoa_ · 6 months ago · 3 pontos

      Parab√©ns! Caramba esse a√≠ eu n√£o conhecia mesmo rsrs Confesso que entendo perfeitamente bem essa frustra√ß√£o de jogar um game de puzzles onde as solu√ß√Ķes est√£o em lugares il√≥gicos (cof.. cof... The Night of the Rabbit... cof...) :-(

      6 replies
    • Micro picture
      rax · 6 months ago · 1 ponto

      Caraca só achou ok o game? Eu amei o game mas blz =\

      5 replies
  • anduzerandu Anderson Alves
    2018-12-13 18:27:51 -0200 Thumb picture

    Registro de finaliza√ß√Ķes: The Walking Dead - Season Two

    Zerado dia 13/12/18

    Eita que depois de anos eu finalmente volto a jogar outro jogo da Telltale Games, mais especificamente a continuação do The Walking Dead, que lembro que joguei no meu celular anterior (e terminei no notebook)

    Fim de semestre na escola e quaaaase de f√©rias, o povo j√° t√° recomendando levar coisas pra fazer e passar o tempo por l√° at√© ter√ßa-feira, nosso √ļltimo dia antes do recesso. Como ainda rola de fazer uma coisinha aqui e outra ali durante o expediente, eu optei por n√£o levar o 3DS e jogar no celular, algo mais discreto, e foi a√≠ que veio a ideia de continuar os jogos dessa produtora que vem passando por tanto drama para fechar a s√©rie de zumbis.

    Não vou mentir que jogos da TTG são meio cansativos e que depois de jogar dois (Wolf Among US e o TWD anterior) eu já tinha me saturado um pouco, mas ter dado um tempo valeu super a pena, tanto que fechei esse agora em 3 dias. Já os vários outros jogos deles (Minecraft Story, Borderlands, Batman, Game of Thrones etc, só deus sabe quando jogarei).

    TWD:S2 √© como os outros jogos desses devs: uma aventura/filme/est√≥ria interativa. Voc√™ assiste e l√™ mais do que propriamente joga, mas d√° mais certo do que com muitos outros at√© certo ponto, principalmente pelo fato de que suas a√ß√Ķes e escolhas tem resultados, podendo mudar um pouco a narrativa e at√© salvando ou matando personagens.

    As duas coisas que voc√™ vai perceber de cara no in√≠cio dessa segunda temporada s√£o: os visuais cativantes da s√©rie, em que nada √© rob√≥tico, os cen√°rios s√£o bem detalhados e os personagens tem muitas express√Ķes e √≥tima dublagem, e como a est√≥ria √© bem contada, te prendendo aos acontecimentos, te deixando curioso e com escolhas super dif√≠ceis de fazer.

    Definitivamente é uma aventura muito imersiva.

    Pra quem conhece a s√©rie ou as HQs, vai encontrar situa√ß√Ķes e personagens parecidos aqui e ali, mas de uma forma muito positiva e, na minha opini√£o, muito mais interessante (n√£o que seja dif√≠cil ser mais interessante que o seriado, larguei na 6¬™ temporada).

    Vi gente dizendo que o primeiro jogo foi melhor e vi gente preferindo a esse, ent√£o acho que pode variar um pouco de gosto a gosto, mas vou dizer que a Season 2 foi bem mais interessante.

    Tudo bem que a primeira foi mais novidades e você pode chegar um pouco cansado aqui, sobretudo se jogar um seguido do outro. Além disso, a falta de personagens importantes do jogo anterior pode fazer algumas pessoas torcer o nariz.

    Por outro lado, esses personagens não estão mais aqui por um bom motivo e como a estória continuou de lá e depois dessas pessoas, deixa a coisa mais interessante. Além disso, a S1 mantém muitos dos clichês não só da série e da HQ, quanto da cultura zumbi como um todo, enquanto a S2 chega à um nível de interesse que sempre quis que a TV chegasse. Os dramas, escolhas e problemas encontrados são mais realistas  e te deixam mais dividido.

    A minha jogatina deve ter durado menos de 10 horas, mas calculei umas 2 horas ou quase isso para cada um dos 5 episódios do jogo. Pra quem não sabe, o jogo é lançado por partes até ser completado depois de um tempo, te dando tempo pra absorver as coisas e ansioso/curioso para o próximo sair, inclusive, é comum os jogos da TTG terem o primeiro episódio de graça pra você entender como funciona e te atiçar por mais.

    A estória começa bem bacana e logo caiu numa rápida chatisse que me fez lembrar o porquê de eu enjoar desses jogos, mas logo ele voltou a ser interessante (ainda no capítulo 1) e logo eu estava devorando o jogo.

    Basicamente a solitária Clementine encontra um novo grupo e tenta ganhar sua confiança. Mais tarde vamos conhecendo os personagens que acabam sendo bem mais interessantes do que podem parecer de cara e seus problemas. O grupo tem um grande problema em comum que estão tentando evitar e acabam indo para outros lugares, onde inclusive você encontrará personagens do jogo anterior. Gente morre, um ou outro entram pro time etc. 

    Eu nunca tinha gostado tanto de um grupo de personagens como aqui. Senti muito a morte dos que se foram e fiquei legitimamente abalado com o final da aventura.

    A progress√£o de TWD:S2 √© muito boa, mantendo tudo bem claro na sua cabe√ßa, sem confus√Ķes, e surpreendendo a todo tempo.¬†

    Algumas escolhas que fiz tiveram resultados bem piores do que eu imaginava, e acabei checkando no Youtube como as coisas poderiam ter sido diferentes. Foi aí que me decepcionei um pouco.

    Com exce√ß√£o de algumas escolhas do tipo "salve um dos dois", o resultado acabava sendo o mesmo, apesar de seguir caminhos levemente diferentes. Um exemplo disso foi um personagem que estava sobre um lago congelado com uma perna dentro d'√°gua com zumbis o seguindo. Eu tinha duas op√ß√Ķes: ir at√© ele e ajud√°-lo a sair de l√° ou ficar de longe atirando nos zumbis. Embora ele n√£o quisesse que eu chegasse perto, eu preferi ir at√© l√°.

    O que aconteceu: o gelo quebrou pra mim e ambos ficamos submersos. Um zumbi veio e o puxou pro fundo. 

    Na outra vers√£o, eu fico mas outra pessoa vai l√° e quebra o gelo e o personagem morre congelado.

    Resumindo: The Walking Dead - Season 2 √© uma √≥tima aventura interativa. √Č definitivamente a pedida perfeita pra jogar no celular, inclusive pra quem n√£o √© bom com videogames. Voc√™ joga um bocado, tanto fazendo escolhas quanto fazendo Quick Time Events e interagindo com os personagens e cen√°rios em determinadas partes. N√£o h√° a sensa√ß√£o de estar assistindo um v√≠deo, mas de estar jogando mesmo.

    De bom: a est√≥ria √© excelente, como foram todas as minhas experi√™ncias com a Telltale at√© o momento. Visual muito bonito, com cen√°rios detalhados e cheios de coisas para interagir. Progress√£o muito boa de tudo. Imers√£o incr√≠vel (o jogo at√© recomenda jogar de fones para aumentar isso, mas infelizmente n√£o deu pra mim). Dramas interessantes e sem lengas lengas e enrola√ß√Ķes que tive perto do final da S1.

    De ruim: pensando no conto como um todo, qual o objetivo de tudo? Pra onde estamos indo? O grupo constantemente fala em chegar numa cidade (que nem na série) onde terá de tudo, inclusive segurança, mas a sensação é que o problema sempre está no momento e eles não progridem ou não planejaram o futuro. Pois é, esse lance de eles serem azarados de sempre acontecer algo me incomoda um pouco. Achei que o jogo poderia ter mais puzzles. Algumas mortes são forçadas. Várias escolhas e resultados são a mais pura ilusão, então melhor acreditar que teve sim uma grande consequência.

    No geral, amei o jogo, embora ele n√£o tenha l√° o melhor desfecho (que espero que exista no final do √ļltimo jogo), pois parece que joguei, joguei e joguei pra chegar em lugar nenhum, s√≥ ver gente morrendo (mais uma vez, como na s√©rie). Infelizmente a S3 n√£o roda no meu celular, pois trocaram de engine, mas fiquei t√£o contente que vou tentar zerar mais um Telltale nos √ļltimos dias de servi√ßo. Dicas?

    The Walking Dead: Season Two

    Platform: Android
    7 Players
    1 Check-in

    13
    • Micro picture
      msvalle · 6 months ago · 2 pontos

      Falam muito bem de Tales from the Borderlands, que apesar de ter, ainda não joguei, pois essa farsa de consequências (além da engine envelhecida) me afastaram de vez da Telltale. E olha que ainda tenho também o da Michonne para jogar...

      1 reply
  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-08-13 11:48:47 -0300 Thumb picture

    MILAGRE (CHECK OUT)

    Sim, é um milagre. Estou fazendo CHECK OUT...

    Bora seguindo com os momentos finais e explosivos de TALES FROM THE BORDERLANDS...

    Nem adianta fazer pergunta difícil sobre "que diabos é isso"?

    O que posso dizer é que esse momento de ESCOLHER SUA EQUIPE é bem legal.

    Nem todos poderão estar à escolha dependendo de como foi sua progressão... A minha equipe ficou essa galera ae!

    Bora juntar os segredos partidos...

    ... e partir pro combate final ( bastante insano e divertido) 

    √Č sempre bom ter pelo menos uma SAPAT√ÉO na equipe: elas levam ao p√© da letra o sentido de "BRIGA" (briga √© com elas mesmo)...

    Ent√£o...escolha com carinho a sua equipe.

    E desfrute do final épico (se tu considerar o início e fim desse capítulo).

    Finalizo com 3 de 5 op√ß√Ķes de acordo com a maioria... Segue trailer:

    https://www.youtube.com/watch?time_continue=60&v=_...

    Deixar um vídeo que representa as sapatas...para descontrair.


    Tales from the Borderlands

    Platform: Playstation 4
    298 Players
    102 Check-ins

    40
    • Micro picture
      igor_park · 10 months ago · 3 pontos

      Melhor jogo da Telltale.

    • Micro picture
      fabiorsodre · 10 months ago · 2 pontos

      Kkkkkkkkkkk sapatão é forte!

      5 replies
    • Micro picture
      jcelove · 10 months ago · 2 pontos

      Puxa, demorou hein?hehe Mas parabéns pelo check out. A parte da batalha final desse é exageradamente épica.hehe

      1 reply
  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-07-12 17:57:48 -0300 Thumb picture

    CHECK IN EDUCACIONAL (SHARE)

    Crianças... nada de drogas, ok?

    Sim...tu sentir√° uma alegria moment√Ęnea mas...

    Logo em seguida lhe levará à lugares obscuros...

    Arruinar√° suas rela√ß√Ķes familiares e outras em geral...

    Seu destino ser√° a solid√£o e o isolamento da realidade...

    Não pense que você tem o controle...

    ...porque s√£o as drogas que lhe controlam (sem contar que tu paga um mico danado, n√£o?)

    Faça brincadeiras sadias ao ar livre...

    Desenhe...pinte...e borde (nuss, que gay).

    Mas sem drogas, ok? Você é muito mais que isso...

    The Awesome Adventures of Captain Spirit

    Platform: Playstation 4
    60 Players
    9 Check-ins

    59
    • Micro picture
      rshadowss · 11 months ago · 5 pontos

      PROERD é o programa, PROERD é a solução, lutando contra as drogas, ensinando a dizer não!
      Le√£o do PROERD aprova esse check-in

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 11 months ago · 5 pontos

      winners don't use drugs

      3 replies
    • Micro picture
      cacotives · 11 months ago · 4 pontos

      Pelo que vejo por a√≠ eu sou o √ļnico que n√£o fiz Proerd. :(

      4 replies
  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-07-05 17:38:09 -0300 Thumb picture

    CHECK IN (SHARE)

    Seguindo no CAP√ćTULO 4 - PLANO DE FUGA BRAVO. Mas mano... como resistir esses olhinhos "√† l√° GATO DE BOTAS?"

    "Sapat√£o" em games? ADORO!

    LEATHERFACE? kkkkkkk

    ARMAGEDON? kkkkk

    E aqui a aventura esquenta...de volta onde tudo começou: HYPERION!

    Sem contratempos a viagem não teria graça...

    "BEST MECHANIC EVER". Luxo demais ter isso vagando pelo espaço... OBS: você escolhe o que escrever.

    Wow... o cenário é "grandim"!

    Botando em ordem os √ļltimos detalhes do plano...

    Quem ser√° que conseguiu sair? Sairam de l√° vivos? Todos? Enfim, pr√≥ximo¬† CHECK IN: CAP√ćTULO 5 - A CRIPTA DO VIAJANTE...

    SEGUE TRAILER: 

    Tales from the Borderlands

    Platform: Playstation 4
    298 Players
    102 Check-ins

    39
  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-06-12 12:02:14 -0300 Thumb picture

    MORCEGÃO (CHECK IN)

    Começando (TELLTALE)...

    TEM LUA CHEIA? "CHECK"

    TEM BAD GUYS? "CHECK"

    TEM HOMEM SEXY FANTASIADO? "CHECK"

    TEM CONFUSÃO? "CHECK"

    GATINHA EM PERIGO? "MEOOOWWWW"

    PLAYBOYZÃO GATO E RICO? "CHECK"

    CARRIM PRA PEGAR GERAL? "CHECK"

    PLAYBOY MANSION? "CHECK"

    COMPUTADORZIM pra acessar X-TUBE? "CHECK"

    Bem...todos os ingredientes BATMAN estão ae. Bora ver se é bom mesmo (sou suspeito pois curto todos TELLTALES...onde ainda não vi um superar o clássico WALKING DEAD SEASON 1). SEGUE TRAILER:

    Obs: mais à noite faço IMAGEM 2 / DIA 2...

    Batman - The Telltale Series

    Platform: Playstation 4
    280 Players
    83 Check-ins

    32
    • Micro picture
      rafaelseiji · about 1 year ago · 2 pontos

      Tbm gosto de telltale mas ainda nao tive saco pra jogar esse, achei muito parado em comparação aos outros

      1 reply
    • Micro picture
      jailsonbraga · about 1 year ago · 2 pontos

      Passei reto pelo post at√© que li ‚ÄúTem homem sexy fantasiado? Check‚ÄĚ e pensei:

      Aposto que é o André... voltei só pra provar que estava certo... xD

      6 replies
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2018-06-10 02:03:08 -0300 Thumb picture

    JOGO GRATIS Professor Neely And The Death Ray Of Doom

    Medium 3637468 featured image

    Fuçando a internet, me deparei com esse jogo, e ele é (ou está) grátis, 
    O que mais surpreende é o tamanho, 17 Megas só, você descompacta e sai jogando, sem muita enrolação.

    LINK PRA DOWNLOAD AQUI NO ICH.IO DO CRIADOR DO JOGO.

    Full Throttle

    Platform: PC
    1362 Players
    34 Check-ins

    15
    • Micro picture
      jcelove · about 1 year ago · 2 pontos

      Parece ser bem na pegada dos adventures da LA mesmo. bacana.

  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-05-19 12:12:34 -0300 Thumb picture

    CHECK IN (SHARE).

    Continuo contando a história (o game inteiro é praticamente um flashback). Mas a pergunta que não quer calar... quem é o sequestrador?

    Seguindo nesse curioso laboratório no meio da floresta. Será que pode tocar nessas coisas voadoras e coloridas? A escolha é sua...o risco também!

    Confiar ou n√£o no √ļnico habitante do laborat√≥rio abandonado? A escolha √© sua tamb√©m (apesar de que gostaria que suas decis√Ķes tomassem MAIORES propor√ß√Ķes na altera√ß√£o da trama).

    Pausa pra deliciosa customização (achei bacana e curioso esse modo num game TELLTALE).

    E o que será que o cobiçado artefato irá revelar?

    N√£o vou spoilar, claro. Mas que matariam por ele, ...ah isso sim!

    CORRE! Bem divertida essa fuga com os rob√īs...

    "E.T. ... minha casa..."

    E assim finalizo o CAP. 3, com todas as escolhas igual à maioria dos outros jogadores.

    Bora pro CAP. 4 - PLANO DE FUGA BRAVO.

    SEGUE TRAILER:

    Tales from the Borderlands

    Platform: Playstation 4
    298 Players
    102 Check-ins

    31
    • Micro picture
      fredson · about 1 year ago · 3 pontos

      Você joga muitos de uma vez, heim?

      1 reply
  • andre_andricopoulos Andr√© Zanetti Andricopoulos
    2018-04-21 11:47:42 -0300 Thumb picture

    CHECK IN (SHARE)

    Vamos seguindo EPIS√ďDIO 3 - PEGANDO CARONA...

    J√° come√ßa com muita a√ß√£o e decis√Ķes √† tomar.

    √Č um barato ter o controle desse pequeno rob√ī (√† esquerda).

    Por falar em rob√īs, somos apresentados √† um(a) super simp√°tico(a)!

    Mas também outra personagem nem tão simpática assim... O nome dessa belezura? VALLORY!

    Olha GORTYS ae novamente (parece um papagaio pois não para de falar, kkkkk). Sua inocência perante o mundo rende muitas risadas...

    A pequena GORTYS d√° vontade de agarrar...e n√£o largar mais!

    Pausa para PERSONALIZAÇÃO e gastar DIN-DIN (cash) $$$$

    E por que não também uma boa e velha partida de RPG?

    Bora seguir para o fim desse episódio...

    SEGUE TRAILER:

    Tales from the Borderlands

    Platform: Playstation 4
    298 Players
    102 Check-ins

    36
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 year ago · 2 pontos

      H√° tempos que n√£o vejo um D20.

      1 reply
    • Micro picture
      zefie · about 1 year ago · 2 pontos

      Melhor Telltale!

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 1 year ago · 2 pontos

      Ainda bem qu curtiu a Gortys (como não, né?^^) ela tem participação importante no final. que é o mais épico da telltale até gora.hehe

      3 replies

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...