• 2020-10-17 20:57:31 -0300 Thumb picture

    Playstation 5 terá suporte ao Remote Play

    Medium 741834 3309110367

    O Remote Play, ferramenta que permite você jogar os jogos Playstation em diferentes plataformas, como smartphones, tablets, notebooks e até no portátil Playstation Vita. Agora, uma nova atualização fez várias mudanças na ferramenta. A primeira delas é que o Remote Play mudou seu nome de "PS4 Remote Play" para "PS Remote Play". A versão do app para dispositivos Android vai deixar de dar suporte aos Androids 5 e 6, e focará apenas no Android 7. Mas a principal novidade dessa atualização é que o Remote Play ganhará suporte ao Playstation 5, tanto que a tela vai sofrer um redesign, assim como as configurações dos botões do PS4 e do PS5.

    Fontehttps://www.theenemy.com.br/playstation/servico-remote-play-do-playstation-atualiza-visual-e-ganha-suporte-ao-ps5

    6
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-12-12 17:30:34 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Shovel Knight: King of Cards

    Zerado dia 12/12/19

    Versão do Vita aparentemente não está cadastrada no Alvanista!

    Depois de comprar Shovel Knight bem perto do lançamento lá pra 2014 no meu Wii U, eu fiquei muito feliz em saber que o jogo receberia 3 expansões gratuitas com o tempo, até porque esse era um dos jogos mais antecipados pra mim e que felizmente cumpriu muito bem o prometido. Anos depois, mais especificamente em 2017, joguei as duas primeiras DLCs: Plague of Shadows e, pouco depois, Specter of Torment.

    Cara, como esses jogos são bem feitos! O capricho é surreal! Valeu muito bem os 30 e poucos reais que paguei na época, embora eu tenha na verdade jogado esses DLCs no 3DS pirateado, pois meu Wii U já foi vendido há muito tempo. 

    Enquanto isso, King of Cards, a última DLC, vinha sendo adiado de tempos em tempos. Anunciavam pra tal mês e depois de muita espera, anunciavam pra muitos meses depois. E infelizmente isso aconteceu várias vezes e eu até acabei desapegando do hype e deixando pra lá.

    Séculos depois, a Yacht Club Games resolve finalmente dar uma data final e ainda incluíram mais um jogo no pacote, que meio que funciona como um Super Smash Bros. no universo dessa franquia. Bem legal!

    O dia chegou sorrateiramente e eu deixei umas coisas de lado pra jogar logo King of Cards (KoC), pois a espera foi muito longa! Com pouco tempo de jogo descobri que essa era possivelmente a aventura mais longa de todo o pacote e bom, fez sentido. São 3 mundos com muitas fases, coletáveis e tanta coisa pra fazer que...meu deus!

    KoC, assim como os seus irmãos, conta com um protagonista diferente: King Knight, que era um vilão na aventura principal, do Shovel Knight. E, mais uma vez, com um personagem diferente vem mecânicas diferentes. Dessa vez, a jogabilidade é mais balanceada e mais no nível do protagonista da série, sendo mil vezes mais fácil de jogar que o Plague Knight e menos overpower que o Specter Knight.

    A produtora chegou a afirmar que a jogabilidade de KoC foi influenciada pela série Wario Land, em que o personagem corre e dá ombrada nos inimigos, e é bem isso mesmo, mas com algumas coisinhas a mais que deixam tudo mais interessante. E você TEM que dominar essa mecânica que é mandatória para conseguir terminar a aventura como se deve.

    É importante saber que usar a ombrada em inimigos ou objetos causa dano à eles e te joga pra cima, como se fosse um segundo pulo. Quando o personagem estiver caindo desse "segundo pulo", ele gira no ar, e isso conta como um ataque e te joga pra cima mais uma vez assim que você acertar alguma coisa, como o mesmo inimigo, balas de canhão, velas nas paredes etc.

    Em teoria, você pode dar uma ombrada num inimigo, depois descer rodando em cima dele e ficar quicando e causando dano infinitamente. Mas a maioria morre com dois hits ou tem alguma forma de impedir que você fique causando dano infinitamente. Se você jogou Shovel Knight e lembra do ataque da pá pra baixo, deve saber como os inimigos evitam que você fique quicando.

    A mecânica vai além no caso de você dar a ombrada, cair rodando e quicar em alguma coisa, pois se você assim o fizer, poderá dar mais uma ombrada no ar e se acertar alguma coisa, como uma parede ou inimigo novamente, começará a cair girando e poderá quicar e assim por diante. 

    Infelizmente não achei que KoC exigiu muito do uso extremo da mecânica e sempre era algo relativamente fácil de fazer, ou no máximo exigia que eu ficasse quicando sem parar em cima de algo em movimento. E isso mesmo na hora de coletar os 3 selos de cada estágio, que geralmente estavam mais escondidos em paredes falsas do que exigiam alguma habilidade para coletá-los.

    Definitivamente eu fiquei bem esperto à dificuldade que a série poderia cobrar depois de Plague of Shadows, que demorei a me acostumar no início e que alguns conhecidos inclusive desistiram de zerar.

    Outra grande diferença do jogo e que o faz durar mil vezes mais é a introdução ao jogo de cartas Joustus, que meio que funciona como o Gwent em The Witcher ou aquele do Final Fantasy VIII.

    O jogo é bem opcional, mas pela curiosidade e pelo fato de que tenho certeza que o desenvolvimento do jogo demorou também por causa dele, acabei indo ver de qual era. Além disso, tem fases nos mapas totalmente dedicadas ao jogo e que você, que gosta de ver tudo bonitinho, vai morrer agoniado se não as terminar.

    O jogo é esquisito no começo, mas depois fica bem óbvio, depois fica tenso de novo com todas as possibilidades, estratégias e as surras que eu estava tomando. Basicamente, Joustus consiste em um tabuleiro de poucos espaços, de 4 a 9 (as vezes até mais). Alguns desses espaços tem jóias verdes, e isso também varia de desafiante pra desafiante.

    Você escolha uma das 3 cartas na sua mão (o baralho só pode ter 16) e a põe num espaço vazio (não pode ter pedra) ou a usa contra outra carta, sua ou do oponente. O jogo acaba quando todos os espaço da mesa estiverem ocupados e o jogador com mais cartas em cima das pedrinhas vence.

    Veja na imagem acima. É um jogo de 9 espaços. O jogo acaba assim que todos eles forem preenchidos.

    É o meu turno, visto pela medalha estar ao lado do meu avatar. Normalmente eu teria 3 cartas, mas vamos fingir que só são essas duas aí. Eu posso colocar qualquer uma das duas em qualquer um dos espaços vazio, o que não afetaria a disposição das cartas que já estão em jogo, então vamos tentar mexer nas coisas de forma que me dê alguma vantagem. Ah, lembre-se de olhar as cartas do oponente e tentar adiantar seus movimentos.

    A carta do dragão pode empurrar pra cima ou pra baixo, então eu poderia empurrar aquele meu besouro em jogo pra cima ou pra baixo e tomar o seu lugar Para baixo tiraria o besouro do tabuleiro, mas criaria uma parede que impediria que outras cartas fossem empurradas pra baixo (para fora do tabuleiro) naquela posição. Poderia ainda empurrar o esqueleto pra cima, o que também empurraria o cavalo do oponente pra fora. Ou poderia deixar o esqueleto e empurrar apenas o cavalo vermelho.

    Já na terceira coluna, eu não poderia mexer na formação das cartas, pois o dragão tem uma seta pra cima e o slime pra baixo e você nunca pode usar uma seta onde tem uma pro lado oposto (o dragão impede que eu empurre pra baixo e o slime impede que eu mexa pra cima).

    Quando alguém ganha, escolhe uma das cartas em jogo do oponente e a pega para si e no seu caso, ainda recebe uma grana e um dos 135 selos do jogo (tem 3 em cada fase e mais um bocado de missões assim).

    Conforme você avança no jogo, acha carta pelas fases e coleta outras bacanas de oponentes, mas o jogo fica bem tenso. Beeeeem tenso. Alguns oponentes me venceram inúmeras vezes e roubaram muitas cartas minhas, o que só piora meu baralho e deixa as cosias mais difíceis. Felizmente depois eu descobri que tem como comprar todas as cartas, ou apenas algumas específicas, de volta.

    Depois de um tempo já haviam cartas de nível maior, com mecânicas diferentes, como bombas que explodem a carta ao lado, setas de nível maior que podem ser empurradas contra setas de nível inferior opostas e mais um bocado de coisas.

    Eu cheguei num oponente num campeonato que mesmo o vencendo, a bandeirinha não subia, como se a gente nunca tivesse batalhado. Isso impediu meu avanço no progresso dos campeonatos e eu acabei deixando de lado, apesar que ainda joguei Joustus aqui e ali contra NPCs pela diversão e recompensa. Acredito que o problema é um bug do jogo, que foi lançado recentemente e nem tem patches e um amigo disse que o problema é eu estar pirateando no Vita, mas a versão é baixada diretamente da Sony, então acho que realmente é algo do jogo. Ainda bem que isso não me impediu de continuar a campanha!

    De inovação o jogo conta a estória de vários personagens secundários da série que vão se juntando ao King Knight para ajudá-lo no reinado que tenta criar.

    A maior parte desses caras estão em fases no mapa que só podem ser acessadas pagando um certo número de selos, então trate de procurá-los! Essas fases incluem sempre alguma habilidade secundária e se baseiam em usar apenas elas, como um treinamento/tutorial. Completando os rápidos estágios, você ganha a habilidade e mais um tripulante no seu navio voador, que geralmente vai ter alguma serventia, como vender melhorias, itens opcionais e até boosters de cartas de Joustus!

    Pelo mapa temos ainda, além dos estágios comuns, estágios de coleta de dinheiro (que é tão abundante em KoC, e casas de jogo de cartas, personagens andando pra lá e pra cá ao maior estilo daqueles de Super Mario Bros 3. Esses inimigos incluem tanto aqueles esquisitões que já existiam da mesma forma no jogo base quanto outros chefes da série, como Polar Knight, Mole Knight e Treasure Knight, por exemplo, que basicamente não tem papel nenhum na aventura, enquanto outros, tipo o Propeller Knight, são vilões importantes.

    Resumindo: Shovel Knight: King of Cards é um jogo muito bom e um ótimo fechamento para o jogo. Além de muito mais conteúdo que o convencional, o jogo ainda traz extras e mais muitos motivos para jogar Shovel Knight. Somando os quatro jogos (e excluindo o Showdown, que ainda não joguei), você tem jogo e coisas demais pra fazer, meu deus! Pra quem quiser jogar mais normalmente e só zerar, o desafio é perfeito e o enredo surpreendentemente bom. Mas vale dizer que a experiência é muito melhor jogada na ordem de lançamento, ou pelo menos depois de fechar o jogo base Shovel Knight (Shovel of Hope).

    De bom: visual excelente. Trilha sonora incrível. Jogabilidade perfeita. Muito conteúdo, de fases comuns, fases de objetivos diferentes e desafios extras. Muitos desbloqueáveis, desde roupas que te dão habilidades passivas e podem ajudar na sua jornada ou em partes específicas quanto armas e demais melhorias, mesmo que estéticas no seu navio. Joguinho Joustus muito maneiro e que já dá vontade de adaptar fisicamente e jogar com amigos (e que felizmente é opcional pra quem não tiver interesse nesse tipo de coisa). Cada estágio tem uma temática e mecânica original, incrível.

    De ruim: achei alguns poucos checkpoints bizarramente longe e depois de você fazer vários desafios chatos (tipo, "pra que fazer isso de novo?"). Bug no segundo campeonato de cartas me impediu de continuar pros próximos. Batalhas contras chefes no mapa não te recompensam e nem sei pra que existem.

    No geral, amei a expansão como amei tudo relacionado a Shovel Knight até o momento. Por um lado fico feliz em ter tido pausas entre cada título para não enjoar, mas por outro, acabei esquecendo um bocado de coisas e deixando detalhes passar, com certeza. Mas vou dizer, esse é o momento perfeito para começar (ou terminar) a série!

    Shovel Knight: King of Cards

    Platform: Nintendo 3DS
    3 Players
    1 Check-in

    19
  • vaojogar Vão Jogar!
    2019-02-05 08:40:19 -0200 Thumb picture
  • wild_dark_shadow Nuno Gomes
    2019-01-03 17:06:50 -0200 Thumb picture

    PlayStation Plus - Janeiro 2019

    Medium 3695415 featured image

    Mais um ano a começar e com novos jogos de oferta no PlayStation Plus.

    As primeiras ofertas do ano até se podem considerar boas, principalmente pelo Zone of the Enders para PS3, sendo que será um dos últimos jogos oferecidos para a plataforma ante do final das ofertas em Março.

    Vamos então ver os jogos oferecidos este mês:

    Steep - PS4

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 07/10

    Tempo estimado: +25h (dependente das skills)

    Guia

    Portal Knights - PS4

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 03/10

    Tempo estimado: 15-30h

    Guia

    Zone of the Enders HD Collection - PS3

    Dados sobre a Platina

    - Zone of the Enders HD

    Dificuldade estimada: 05/10

    Tempo estimado: 10h

    Guia

    - Zone of the Enders the 2nd Runner HD

    Dificuldade estimada: 05/10

    Tempo estimado: +10h 

    Guia

    Amplitude - PS3 (com a possibilidade de adquirir a versão PS4 gratuita depois de adquirida a de PS3)

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 06/10

    Tempo estimado: 10-25h (dependente das skills)

    Guia

    Fallen Legion: Flames of Rebellion - PSVita/PS4

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: Unk.

    Tempo estimado: Unk.

    Guia Listagem

    Super Mutant Alien Assault - PSVita

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: Unk.

    Tempo estimado: Unk.

    Guia Listagem

    Dogchild - PS4 (extra nas stores PT e ES)

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: 02/10

    Tempo estimado: 3-4h

    Guia

    Steep

    Platform: Playstation 4
    89 Players
    15 Check-ins

    19
  • wild_dark_shadow Nuno Gomes
    2018-12-04 14:54:53 -0200 Thumb picture

    PlayStation Plus - Dezembro 2018

    Medium 3688996 featured image

    Soma - PlayStation 4

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: 02/10

    Tempo estimado: 7-10h

    Guia

    ____________________________________________________________________

    Onrush - PlayStation 4

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 04/10

    Tempo estimado: 15-20h

    Guia

    ____________________________________________________________________

    Steredenn  - PlayStation 3

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: N/A

    Tempo estimado: N/A

    Guia (Steam)

    ____________________________________________________________________

    Steins;Gate - PlayStation 3

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 02/10

    Tempo estimado: 3-50h

    Guia

    ____________________________________________________________________

    Iconoclasts - PlayStation 4 / PlayStation Vita

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: 06/10

    Tempo estimado: +25h

    Guia

    ____________________________________________________________________

    Papers Please - PlayStation Vita

    Dados sobre o 100%

    Dificuldade estimada: 02/10

    Tempo estimado: 2-4h

    Guia

    ____________________________________________________________________

    Bónus (PT/ES)

    O Mundo de Nubla - PlayStation 4

    Dados sobre a Platina

    Dificuldade estimada: 01/10

    Tempo estimado: -30min

    Guia

    20
    • Micro picture
      zandryx · almost 2 years ago · 3 pontos

      Mundo de nubla ta saindo na plus Portuguesa é?
      Vou ver se consigo fazer uma conta p pegar ele rsrs

      3 replies
    • Micro picture
      0blivion · almost 2 years ago · 2 pontos

      Não consegui achar o iconoclasts pra ps4, até tem mas tá com valor de 60 reais =[

      4 replies
    • Micro picture
      wild_dark_shadow · almost 2 years ago · 1 ponto
  • vaojogar Vão Jogar!
    2018-12-04 09:20:36 -0200 Thumb picture

    Jogos gratuitos da PlayStation Plus - Dezembro de 2018

    Soma e Onrush são os destaques de final de ano da Sony para os assinantes da PlayStation Plus.

    Nos acompanhe também pelo Telegram, acesse https://t.me/vaojogar e inscreva-se!

    SOMA

    Platform: Playstation 4
    145 Players
    21 Check-ins

    6
  • vaojogar Vão Jogar!
    2018-11-06 09:03:16 -0200 Thumb picture
  • vaojogar Vão Jogar!
    2018-10-02 08:35:57 -0300 Thumb picture
  • vaojogar Vão Jogar!
    2018-08-07 08:05:39 -0300 Thumb picture

    Jogos gratuitos da PlayStation Plus - Agosto de 2018

    Mafiosos e maníacos assassinos são os destaques do mês para os assinantes da PlayStation Plus.

    Nos acompanhe também pelo Telegram, acesse https://t.me/vaojogar e inscreva-se!

    Mafia III

    Platform: Playstation 4
    413 Players
    124 Check-ins

    9
  • vaojogar Vão Jogar!
    2018-07-03 08:18:38 -0300 Thumb picture
    10
    • Micro picture
      topogigio999 · over 2 years ago · 2 pontos

      Até que enfim jogarei esse game =)

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...