• santz Santz
    2019-03-11 09:19:51 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 328 - Bruxa feia comedora de meleca

     Depois de Super Mario 64, parti para um outro clássico do Nintendo 64 que todos elogiam e dizem ser melhor que o jogo do bigode e de fato é, claro, ele saiu 2 anos depois de Mario mostrar ao mundo como deve ser feito um jogo de plataforma em 3 dimensões. A história do jogo é simples. A bruxa Gruntilda rapta a pequena Tooty para roubar sua beleza. O irmão dela, Banjo e sua parceira Kazooie partem para a aventura em vários mundos interligados como no jogo do Mario 64. O humor do jogo é seu grande charme, onde Kazooie vai xingando todos que vem falar com ela e deixa os diálogos sempre divertidos.

     O jogo em si é muito bonito, com texturas bem aplicadas e mundos com muito mais detalhes e coisas para fazer. A trilha sonora também é marcante, com temas únicos e marcantes para cada etapa do jogo. O jogo meio que inaugura o gênero Colecatom (não sei como se escreve), onde em cada mundo temos que coletar várias paradas para abrir as fases seguintes. Cada mundo possui 100 notas, 10 peças de quebra-cabeças, 2 favos de mel, 5 Jinjos e várias outras coisas que variam de cada mundo. Banjo pode transformar em bichos com habilidade únicas por meio de magias do Mumbo. A abóbora é a mais sem graça. A fase do tabuleiro no final do jogo é uma droga, pois vai testar seu conhecimento adquirido durante todo o jogo, então, a não ser que você tenha anotado tudo feito um maluco ou seguir um guia, vai se ferrar bonito. No geral, é um jogo espetacular e viciante.

    Minhas conquistas:

    *Todas as notas musicais;
    *Todas as peças de quebra-cabeças;
    *Todos os Cheatos encontrados;
    *Todos os favos de mel coletados.

    Banjo-Kazooie

    Platform: N64
    4321 Players
    98 Check-ins

    38
    • Micro picture
      lukenakama · 8 months ago · 5 pontos

      7 pro gráfico e som de Banjo é sacanagem, a trilha sonora dele é uma das melhores do console.

      6 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 8 months ago · 2 pontos

      Comprei ele a uns 2 meses, ta na lista dos proximos serem jogados!

      1 reply
    • Micro picture
      lukenakama · 8 months ago · 2 pontos

      Ah, e dando uma pesquisada, o termo pra esse tipo de jogo é "Collect a thon" ou no termo abrasileirado "Coletaton"

      1 reply
  • santz Santz
    2018-05-15 15:50:57 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 308 - O revolucionário Mario 3D

     Apesar da franquia Mario ser a minha favorita nos games, eu ainda não havia jogado este jogo, que revolucionou o conceito de jogos 3D. Eu já havia zerado os 2 Super Mario Galaxy, mas já tinha um tempão e resolvi me aventurar nos jogos de plataforma em 3D, então nada melhor que este jogo maravilhoso. Peach foi raptada novamente por Bowser e devesmo vasculhar seu castelo atrás de pinturas mágicas que te teleportam para uma outra dimensão. O novo esquema do jogo é que em cada mundo, há diversas missões para fazer e conquistar as estrelas. Claro que, fominha como sou, fui atrás de todas :D

     O jogo é fenomenal e explora a exaustão o uso de saltos em ambientes 3D. O jogo tem uma dificuldade mediana, mas algumas estrelas requerem habilidades muito maduras, como o uso do salto para trás e quicar na parede. Aliás, eu achei a solução de ficar pulando para trás para executar um salto maior meio nada a ver, mas beleza. Algumas estrelas, eu precisei de um mapa ou detonado para pegar, mas no geral, consegui me virar bem, descobrindo os segredos e tal. Voar neste jogo te dá uma tremenda sensação de liberdade, mas o controle é uma droga. Lembrando que a câmera do jogo é terrível, pois a precisão dos seus pulos dependem de como a câmera está posicionada. Mas até hoje, sem sombra de dúvidas, é puta jogão. Recomendadíssimo.

    Minhas conquistas:

    *120 estrelas.

    Super Mario 64

    Platform: N64
    15066 Players
    201 Check-ins

    56
    • Micro picture
      porlock · over 1 year ago · 6 pontos

      depois q vc completa as 120 estrelas, habilita o canhao do lado de fora do castelo, q te atira pro telhado.. la vc encontra o yoshi, q te da 99 vidas...
      agora pra q 99 vidas depois de ter completado as 120 estrelas???????

      4 replies
    • Micro picture
      llopes · over 1 year ago · 4 pontos

      vc é um brincalhão de dar 6 estrelas pra gráficos deste que saiu em 1996!

      6 replies
    • Micro picture
      marlonfonseca · over 1 year ago · 3 pontos

      Muito amor por esse jogo

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2018-05-01 20:21:36 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Super Lucky's Tale

    Zerado dia 01/05/18

    Assim que estava terminando de jogar os jogos exclusivos e outros que eu tinha no Xbox One e pensando em trocá-lo no PS4. eis que a Microsoft vem com um novo título de interesse: Super Lucky's Tale, um jogo de plataforma 3D com um protagonista super bacana!

    Pensei várias vezes em manter o console por mais um tempo só por causa do jogo, mas por outro lado, eu só conhecia o que eu vi numa E3 ou sei lá e meia dúzia de screenshots (e já estava convencido). Além disso, seu preço não me pareceu muito interessante para um jogo de qualidade duvidosa.

    Depois descobri que SLT também foi lançado pro PC (felizmente) e pude passar trocar o PS4 em paz. Mas no final das contas, o que me chamou a atenção mesmo foi um doido ou outro do Alvanista falando que ele seria melhor que Super Mario Odyssey! Não é possível!

    Vendo os requisitos básicos pra rodar o jogo e não manjando nada disso, o pouco que eu entendo me confirmou que não funcionaria no meu notebook, mas um dia acabei procurando uma versão pirata e quem diria que funcionou e bem? Pluguei o controle de Xbox 360 e ficou ótimo!

    No calor do momento, o simples teste do hardware foi um pouco longe e logo eu estava terminando o primeiro mundo e jogando o segundo até a metade! Vi que eram apenas 4 e, se não fosse tarde da noite, teria ido até o final!

    Uns dois dias depois, voltei ao jogo, mas não tinha nenhum save. Tinha pesquisado e descoberto que o jogo salva automático entre as fases, mas aparentemente ter usado Alt+F4 ao invés de voltar ao menu principal antes anulou isso completamente.

    O jogo em si lembra bastante Crash Bandicoot e com certeza a série, assim como outros jogos da época que todos amavam o gênero, foi uma grande influência pra raposa Lucky. Você tem mundos que agem como HUDs onde as entradas das fases ficam dispostas, porém, há uma certa ordem a ser jogada e o próximo estágio só se abre quando você terminar a última que foi aberta.

    A jogabilidade é a mais simples possível: você anda/corre com o analógico, dá uma girada/girada com o X (e as vezes segura algumas coisas com esse mesmo botão) e pula com o A (em trampolins você vai mais alto se segurar o botão). LT ou RT fazem com que você cave em partes de terra e ande por baixo da terra, geralmente usado para coletar moedas enterradas.

    A questão de atacar girando é bem ao estilo do Raccoon Mario (3D Land) e a forma como ele se move pelas fases lembra bastante a do Cat Mario (3D World). Já o personagem em si é tipo o Conker do N64 com a personalidade do Tails.

    Cada mundo tem cerca de 4-5 fases e um chefe. Todas as fases tem os 4 mesmos desafios de coleta:

    -Terminar a fase (o único obrigatório);

    -Um desafio escondido, que geralmente é uma entrada secreta com um minigame ou algo do tipo;

    -Coletar no mínimo 300 moedas;

    -Coletar as letras L, U, C, K e Y (como na série Donkey Kong).

    Na porta dos cenários ficam marcados quais desses desafios você completou e vale muito a pena ir atrás de todos antes de prosseguir pra próxima. Por quê? As fases são curtas e o nível de dificuldade é baixo e isso faz você aproveitar muito mais o seu tempo de jogo, Além disso, há bastante coisa meio escondida e explorar e conhecer tudo o que o jogo proporciona é muito divertido, coisa que não acontece em todo jogo.

    Conforme você faz tudo, poderá trocar estátuas que ficam em todos os mundos que vão desde uma de pedra com o vilão daquela parte, passando por bronze e prata de outros personagens até chegar na de ouro, com o modelo do Lucky.

    A primeira jogatina de um nível pode levar alguns minutos, visto que eu sempre fui atrás de tudo. Ainda assim, sempre foi bem tranquilo e nada perto da dificuldade de outros jogos do mesmo gênero. Normalmente a minha dificuldade maior era em completar o desafio das 300 moedas, pois alguns cenários são bem pão-duros com elas ou eu esquecia de matar inimigos e coletar as que eles derrubavam. Outros fases você chega a coletar o dobro do necessário, vai entender...

    Nos casos raros que cheguei no final e perdi algo e tive que jogar fases uma segunda vez, elas não pareciam durar um minuto de tão curtas, como em Mario 3D Land.

    Fora os níveis normais, os mundos tem desafios extras opcionais (puzzles) que são abertos depois de algum progresso. Um deles é de arrastar estátuas por espaços limitados e encaixá-las em posições específicas. O outro consiste em controlar a raposinha por uma visão aérea dentro de uma bola por um tabuleiro com espinhos e buracos para que colete todas as moedas e chegue a saída.

    Essas e outras fases ajudam bastante a sair um pouco da mesmice, embora eu não tenha achado o jogo repetitivo em nenhum momento, pois as fases são bem diferentes entre si.

    Cada mundo tem uma temática própria: aquele de grama bonitinho clássico com uns gigantes de pedra, um de fazenda e máquina, um do deserto e um assombrado com lava. Há um quinto mundo que é DLC, esse baseado em praia e música, com menos fases e um outro chefe adicional. Esse DLC tem aluns dos maiores desafios do jogo, incluindo uns puzzles bem chatinhos e um chefe final mais difícil que o normal.

    Uma coisa que não entendi em nenhum desses mundos é que eles incluem moedas e outras coisas que somam pra sua "conta bancária", mas pra quê? Quer dizer, nas fases, há a medalha de fazer o desafio de 300 moedas, mas ficar pegando essas coisas fora delas não fizeram sentido pra mim. De primeira achei que era pra incentivar a exploração de cada mundo, mas quando voltado de um estágio, todas estão de volta!

    Terminei SLT com mais de 11.000 de dinheiro, que não serve pra nada.

    Resumindo: Super Lucky's Tale é uma ótima aposta pra quem gosta de 3D platforming. O jogo é carismático, colorido e divertido. Apesar da pouco dificuldade, a experiência ainda é compensadora e cada fase é uma aventura muito bacana. É o tipo de coisa que está em falta hoje em dia. Não, ele não se compara a qualidade de Mario Odyssey (que tá mais pra collect-a-ton), mas é sim bom título em sua própria categoria.

    De bom: colorido e bonito e até os vilões são carismáticos e sempre aparecem pelas fases. Trilha sonora muito bacana. Jogabilidade simples e precisa. Nível de dificuldade certo para o gênero, não sendo idiota como em Kirby Epic Yarn nem difícil como em jogos da época 8 ou 6-bits. Ótimo pra qualquer idade. Português como opção de idioma.

    De ruim: algumas fases meio que não tem checkpoint e você morre perto de ter as 300 moedas, tendo que coletá-las novamente. Não é possível mover a câmera completamente ou nada sequer em algumas partes, e as vezes não parece haver um motivo em certas ocasiões. Poderiam haver desafios mais difíceis opcionais e que não fossem os malditos puzzles de mover estátuas.

    No geral, gostei bastante do jogo e chega a ser uma pena que joguei a versão pirata, sem conquistas. Pra quem gosta do gênero, vale muito  a pena a experiência completa, que deve levar uns 2 dias de jogatina regular, ou pouco tempo se for só pra zerar mesmo. Ótima experiência, só não vale o dinheiro pedido mesmo.

    Super Lucky's Tale

    Platform: PC
    26 Players
    13 Check-ins

    20
    • Micro picture
      mattfenrir · about 1 year ago · 2 pontos

      Ótimo review! Me interessei por esse jogo fofinho <3

  • 2017-11-01 12:49:14 -0200 Thumb picture

    Super Mario 3D World (Wii U) - Primeiras Impressões - BardoInsano

    Tenho jogado recentemente, então convido vocês a conhecerem minhas primeiras impressões neste jogo!

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Inscreva-se: http://goo.gl/kbGcAe

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Confira nossas Redes:

    Facebook: http://facebook.com/bardoinsano

    Alvanista: http://alvanista.com/bardoinsano

    Twitter: http://twitter.com/bardoinsano

    Instagram: http://instagram.com/bardoinsano

    Canal: http://youtube.com/bardoinsano

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Importe seus jogos do Play-Asia e ajude o canal! (Link Afiliado):

    http://goo.gl/XWkq9B

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Eu possuo uma licença para utilizar conteúdo da Nintendo neste vídeo, através do programa Nintendo Creators Program. Este vídeo não é patrocinado ou endossado pela Nintendo, no entanto qualquer receita gerada com anúncios por este vídeo será dividida com a Nintendo.

    Super Mario 3D World

    Platform: Wii U
    1798 Players
    286 Check-ins

    4
  • 2017-09-06 12:10:28 -0300 Thumb picture
    20
    • Micro picture
      mardones · about 2 years ago · 5 pontos

      Sabia que Bubsy 3D tava no topo. Kkkk

    • Micro picture
      fonsaca · about 2 years ago · 3 pontos

      Bubsy 3D, eu pirava nesse jogo. Mas sim, ele é uma droga, kkkkkk!
      Em defesa dele, tem o que já diz no texto: ele foi pioneiro e não foi um Crash ou Mario (jogo de grande produção).
      Sonic Boom algumas pessoas falam bem da jogabilidade, vou experimentar pra ver. Já o design, sim, eu torço o nariz.
      Sonic 2006 é uma zueira e sofri jogando-o (acho que só zerei pq paguei 100 conto no disco), mas o mal foi o acabamento mesmo. Algumas fases do "Sonic normal", quase são boas. Kkkkk!

    • Micro picture
      gusgeek · about 2 years ago · 2 pontos

      Bubsy 3D em primeiro?!?! Algo de errado não está certo!!

  • 2017-06-30 12:38:28 -0300 Thumb picture

    LISTA | OS 10 MELHORES GAMES DE PLATAFORMA 3D

    Em comemoração ao lançamento de Crash Bandicoot: N.Sane Trilogy, vamos fazer a nostálgica lista dos melhores games de plataforma 3D.
    Bora dar uns pulos com nossos mascotes favoritos!

    Link: http://nosbastidores.com.br/lista-os-10-melhores-g...

    Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

    Platform: Playstation 4
    513 Players
    114 Check-ins

    17
    • Micro picture
      gusgeek · over 2 years ago · 3 pontos

      Excelente lista!! :D

  • santz Santz
    2017-04-19 09:42:56 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 247 - O nascimento de um mascote para o PS1

     Este jogo icônico veio com o nosso primeiro Play 1 e jogamos bastante o jogo, mas a falta de um Memory Card e o CD arranhando, nos fizeram largar o jogo. Recentemente, no emulador de Android, eu peguei este clássico para zerar. Mais um para a minha lista infinita de séries a zerar. Um jogo que conseguiu trazer toda a essência de um jogo clássico de plataforma para o universo 3D, com obstáculos, inimigos e dificuldade na medida certa. O jogo foi pensado para jogar com o direcional, então não arrisque jogar usando um analógico, dica suprema.

     O primeiro jogo tem pouca variedade de ambientes, mas de longe, o mais marcante é o da ponte, mano, quem pensou naquilo? Genial. No geral, a ambientação do jogo é foda, a trilha sonora deixa a desejar um pouco, não são muito empolgantes, assim como a história, mas isso nem deveria ser um fator importante mesmo. Pra mim, o jogo conseguiu vencer o tempo, apesar dos gráficos, mas isso será resolvido em breve com o remaster que esta vindo ai.

    Crash Bandicoot

    Platform: Playstation
    15458 Players
    129 Check-ins

    29
    • Micro picture
      jack234 · over 2 years ago · 3 pontos

      Mto bom o Crash! Curti demais qdo joguei! De fato acertaram a mão no mascote.

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · over 2 years ago · 2 pontos

      Esse jogo é 10 (pra mim e na época)
      ...
      Hj em dia talvez cairia para 9...

      2 replies
    • Micro picture
      ederpezawm · over 2 years ago · 2 pontos

      Kkkkk, é aquela fase da ponte, o cenário é muito bonito.

      1 reply
  • shadowofheart Rodrigo
    2016-03-10 16:13:10 -0300 Thumb picture

    O retorno de um gênero amado!

    Vendo o gameplay bateu aquela saudade de jogar plataformas 3D no estilo Crash, Spyro, Ratchet, Jak & Daxter, etc. 

    Ficaria feliz se mais jogos desse estilo saíssem. Talvez isso aconteça quando a geração que cresceu jogando o gênero começar a produzir indies no estilo, mais ou menos o que acontece agora com a galera nostalgica por plataforma 2D/Metroidvania.

    P.S.: Os gráficos estão LINDOS!

    Ratchet & Clank

    Platform: Playstation 4
    614 Players
    180 Check-ins

    13
    • Micro picture
      igor_park · over 3 years ago · 2 pontos

      Já joguei o 1,2 o 3(no PS2 e PS3),All For One,Crack In Time, Deadlocked, ainda irei jogar esse, é uma franquia foda.

      2 replies
    • Micro picture
      tdmd · over 3 years ago · 2 pontos

      Esse vai ser meu primeiro. Nunca dei bola pra R&C mas esse ta tão bonito que fica difícil resistir aos seus charmes!! haha

  • 2015-07-12 12:20:13 -0300 Thumb picture

    A importância de Yooka-Laylee

    Medium 3112522 featured image

    Eu cresci com o playstation one, um console que ficou marcado para muitos pelo seus grandiosos J-RPG, mas para mim foi o console dos grandes jogos de plataforma, era a 5ª geração onde o 3D começava a se tornar uma realidade, um novo tipo de gameplay chegava, a exploração num cenário tridimensional era uma experiência maravilhosa.

    Pegar cada gema, resgatar cada ovo de dragão, era uma experiência difícil e prazerosa, além dos variados desafios espalhados pelas fases e sidequests além de um elenco de personagens secundários fenomenal incluindo Hunter não presente na foto acima, além da série Spyro tinhamos o querido Crash da Naughty que mesclava o gameplay em 3D e 2 D de forma perfeita, com fases detalhadas e desafiantes com um arqui vilão carismático como o Neo-Cortex, além de várias outras franquias como Gex e Oddworld, todas divindo o mesmo estilo, mas com diferenças que a tornavam únicas, o 64 também tinha suas franquias do gênero com qualidade, mas infelizmente não joguei os clássicos do console.

    O PS2 elevou as possibilidades do gênero, com novas franquias, mundos abertos sem loading, e mostrou que o gênero continuava forte, o PS2 foi a casa de muitos games do gênero e a 6ª geração em geral mostrou que a gameplay criada na 5ª geração podia ser expandida.

    Mas a partir da 7ª geração se viu uma queda nos jogos de plataforma 3D de grande orçamento, poucos grandes games do gênero saíram, as thirds não investiam muito no gênero, poucas first party arriscavam, e quando chegou a 8ª geração quando se pensou que tudo estava perdido surgiu Yooka Laylee então voltamos ao título qual a importância de Yooka Laylee?

    A resposta é clara, a força que ele obteve no Kickstarter pode ajudar a outras empresas a perceber que o gênero está vivo e a comunidade tem interesse nele, que queremos jogos com mascotes e que o gênero merece atenção que não vem sido dada, espero que Yooka Laylee obtenha sucesso, para que podemos ver mais jogos do gênero voltando com tudo.

    Spyro: Year of the Dragon

    Platform: Playstation
    1130 Players
    16 Check-ins

    24
    • Micro picture
      andrexdl23 · over 4 years ago · 4 pontos

      Plataforma 3D retornando com louvor!!!

      Mal posso esperar para inciar a faculdade de game design. Caso de certo, podem ter certeza que daqui a 6 anos os jogos de Plataforma 3D vão voltar, definitivamente!

      6 replies
    • Micro picture
      missingno · over 4 years ago · 2 pontos

      tbm espero

    • Micro picture
      kess · over 1 year ago · 2 pontos

      Nintendo 64 foi muito mais plataforma 3D... Os de Playstation são raros! Ainda assim, Yooka Laylee é uma boa nova, e espero que seja o começo de uma retomada desse estilo.

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...