• 2019-04-15 22:50:55 -0300 Thumb picture

    Cuphead enriquecido com ferro e vitaminas!

    Medium 630818 3309110367

    Não que Cuphead precise de muitas razões para ser rejogado, mas além de estar prestes a chegar no Nintendo Switch o indie e debute do Studio MDHR também vai receber melhorias nas suas plataformas originais. O update programado pro dia 18 é inteiramente gratuito e consiste, entre outras coisas, de suporte ao português do Brasil, novas animações como as intros de cada personagem e uma das mais legais: a possibilidade de escolher entre o Cuphead ou Mugman jogando só e desde o início.

    http://studiomdhr.com/cuphead-is-coming-to-nintendo-switch-plus-new-free-content-for-everyone

    Cuphead é delicioso, remete aos desafios de gerações longínquas e eu só sosseguei até pegar todas as conquistas do Steam. Na torcida que essa atualização traga mais algumas, porém eu quero jogá-lo de cabo à rabo de novo independente disso.

    Fica aqui também o lembrete de quando o jogo apareceu no DaiBokém! no STAGE 3 - Cuphead & seu charme diabólico.

    [@jvhazuki]

    Cuphead

    Platform: PC
    509 Players
    197 Check-ins

    7
  • 2019-03-27 10:47:20 -0300 Thumb picture
    Post by jvhazuki: <p>Saiu mais um trailer de <em><strong>SteamWorld Q

    Saiu mais um trailer de SteamWorld Quest, curtinho mas que dá pra ver um pouco mais da jogabilidade. Saber se o sistema de card-based será tão bom, mas só por ser em turnos já é algo que me anima imensamente. Como falei no STAGE 17 lá no blog após terminar SteamWorld Dig eu tô doido pra conhecer os demais jogos da Image & Form, e embora esse aqui tenha sido anunciado até então só pro Switch eu tô aguardando ele no PC mesmo. 

    Mais alguém lembrou de Grand Knights History da Vanillaware? Isso foi outro ponto positivo pra mim.

    SteamWorld Dig

    Platform: PC
    240 Players
    41 Check-ins

    10
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-03-23 06:10:55 -0300 Thumb picture

    AI: The Somnium Files - Jogo sci-fi de investigação estilo anime!

    Isso parece promissor, um jogo com visual anime estilo sci-fi de investigação, com um clima sombrio e um serial killer a ser capturado. Me lembrou aquele B: The Beginning. Cara é isso que faltava no mundo dos jogos japoneses, um jogo com todo aquele clima de mistério e investigação. Como não fizeram isso antes? E tem alguns nomes de desenvolvedores japoneses famosos no elenco. Pena que não tem videos de gameplay, estou curioso para ver como isso vai funcionar.

    Página do jogo na Steam: https://store.steampowered.com/app/948740

    17
    • Micro picture
      jclove · 28 days ago · 2 pontos

      Parece bacana.provavelmente vai ser visual novel com elementos de investigaçao como as outras series famosas da spike chunsoft (danganronpa e zero escape). Eles nao xostumam decepcionar.

      3 replies
    • Micro picture
      _gustavo · 28 days ago · 2 pontos

      Acho o estilo de arte foda, mas o estilo de jogo me afasta totalmente, vejo um monte de anuncio foda no NicheGamer aí vou ver é VN ou coisa parecida.

    • Micro picture
      manoelnsn · 28 days ago · 1 ponto

      Parece interessante....

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-03-16 22:33:16 -0300 Thumb picture

    A.O.T. 2: Final Battle - REVEAL TRAILER

    Olha a expansão de Attack on Titan 2, que vai trazer toda a terceira temporada do anime para o jogo, isso sim que é expansão. Incluindo o que vai vir esse ano. Falando nisso mês que vem já temos a segunda parte da terceira temporada de Attack on Titan. Aliás esse é considerado o melhor arco do anime.

    Attack on Titan 2

    Platform: PC
    12 Players
    1 Check-in

    11
  • 2019-03-09 18:23:06 -0300 Thumb picture

    Xbox Game Pass não estaria a caminho do Nintendo Switch

    Não existem planos para algo do tipo, pelo menos em um futuro próximo.

    5
    • Micro picture
      otakuplaytm · about 1 month ago · 1 ponto

      seria da hora se tivesse como alugar jogos do xbox e jogar no switch

  • 2019-03-08 00:14:08 -0300 Thumb picture

    STAGE 14 - A última década dos "jogos de navinhas" (SHMUPs) // .VID

    Medium 622219 3309110367

    Com muito do seu sucesso visto graças a arcades clássicos como o de Space Invaders os SHMUPs, ou shoot 'em ups, continuam bastante  vivos. Esse é um STAGE para destacar algumas das suas interpretações e facetas mais interessantes entre 2009-2019.

    ▼ https://daibokem.blogspot.com/2019/03/a-ultima-dec...

    [@jvhazuki]

    Space Invaders

    Platform: Arcade
    21 Players

    11
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-03-04 14:42:22 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Super One More Jump

    Zerado dia 03/03/19

    Finalmente eu terminei esse jogo! Estou há semanas jogando ele e mais outro e não estava conseguindo avançar em nenhum por um motivo ou outro, mas depois de bastante esforço e o descanso do carnaval, aqui estou eu, quase pronto a voltar aos jogos mais casuais haha.

    Super One More Jump é uma versão "powered-up" de um jogo originalmente lançado para mobile portado para o Switch.

    Apesar da simplicidade, o jogo é bem feitinho e me fez acreditar até pouco tempo atrás de se tratar de um jogo original pro console da Nintendo.

    Normalmente eu teria ignorado a existência de SOMJ, mas um amigo me indicou em uma sale da eshop (por apenas U$1) e eu acabei animando. Depois descobri que se trata de um jogo do mesmo estúdio de outro que curto muito: Death Squared! Baixei e logo comecei.

    SOMJ é um jogo de plataforma em que seu objetivo é chegar ao fim da fase pulando por plataformas e evitando obstáculos. Há apenas um comando: pular!

    O personagem anda (desliza) sozinho e ao se deparar com buracos, espinhos e mesmo qualquer outra cor numa plataforma, você deve pular. Simples assim.

    Os primeiros estágios são simplórios e costumam durar alguns segundos com um level design ridiculamente fácil e 2 ou 3 pulos óbvios, mas logo SOMJ se torna um monstro!

    Novas mecânicas são adicionadas com o passar das fases e logo você tem partes muito rápidas, partes que não poderá pular (pois ele fará isso automaticamente) e partes que demandam MUITO timing.

    De certa forma, o jogo me lembrou Super Meat Boy um bocado.

    O pulo, mecânica mais do que básica do jogo, funciona da seguinte maneira: pular de uma plataforma para outra a sua frente funciona como num jogo do Mario, como esperado. Mas se não houver nada para pousar, o seu personagem irá gravitar em um arco de volta à plataforma original, mas indo por baixo, como se fosse orbitar em volta dela, no maior estilo Mario Galaxy.

    Imagine duas plataforma grandes e um pequeno buraco entre elas. Pular esse espaço deve ser bem fácil, mas vamos pensar que você pulou antes de mais e caiu por entre o vão. Ao invés do personagem cair direto, ele irá orbitar (como se o pulo fizesse um grande "C" inverso) por baixo como se fosse ficar no lado inverso ao que você começou (de onde você pulou). As vezes é necessário fazer esse pulo, o que fica óbvio pela cor da plataforma, indicando que você poderá andar por lá. Outras vezes, fica óbvio que você não deve ir lá.

    Por outro lado, se existir uma parede ou teto "andável" no seu pulo, você seguirá por eles:

    No exemplo acima, a estrela verde é o ponto inicial e a roxa, o seu destino. Você pode pular a qualquer momento, mas as linhas verdes indicam onde você deveria pular e pra onde o personagem iria. Já as linhas vermelhas indicam alguns exemplo de como você morreria.

    Como eu já disse, a dificuldade aumenta bastante com o tempo. Logo você estará andando e descendo verticalmente, pulando loucamente, subindo e descendo o ritmo dos pulos e se confundindo e se matando sem parar.

    As vezes é necessário deixar seu personagem deslizar por certos elementos no chão, fazendo com que ele dê um pulão automaticamente e se você os pular, morrerá. mas porquê alguém os pularia? Porque tem outros que você tem que apertar o botão!

    Em outras situações, você será levando por plataformas que se movem e devem esperar a hora certa de pular. Isso se complica muito quando você tem vários pulos seguidos e uma plataforma do pulo que requer que você não aperte nada imediatamente, mas talvez 1 ou 2 segundos depois, seguindo por mais plataformas de rápidos pulos, de repente uma plataforma que anda sozinho no meio e mais outra seguida, mas na sequência você não pode esperar e enfim, o jogo exigirá muita percepção do cenário, tentativa e erro, paciência e como eu já disse, timing!

    Se você for como eu, a dificuldade poderá subir um pouco, pois cada estágio conta com 3 coletáveis, tipo as moedas grandes da série New Mario Bros. Essas moedas as vezes exigem que você dê um pulo arriscado numa parte que você poderia simplesmente seguir direto e até que saia do seu caminho lógico alcançando um lugar meio secreto ou mesmo pulando a linha de chegada e arriscando a sua chance de finalmente passar da fase para mais umas partes de plataforma extras.

    Coletáveis só são salvos se você passar de fase, estão se morrer depois de pegar os 3, se prepare para fazer tudo de novo. Isso me fez coletar uma ou outra algumas vezes, terminar a fase e depois voltar só pra focar em um. Além disso, não há checkpoint e nenhum cenário e você sempre retorna ao começo por morrer, um dos pontos fracos do jogo e que remete bastante ao primeiro Bit Trip Runner.

    Além de contar pra parte complecionista do jogo, esses coletáveis servem como moeda e poderão ser usados para adquirir diferentes personagens pros muitos diferentes estilos visuais do jogo. Tudo isso é apenas estética, mas cada estilo poderá se adequar melhor a cada jogador ou mesmo te ajudar a visualizar e passar de uma fase.

    Esses estilos visuais lembram bastante outros consoles, como visual mais NES, SNES, Atari, Genesis etc. Os muitos personagens ficam separados pelo estilo visual escolhido, ou seja, no "estilo NES" você tem cerca de 10 personagens exclusivos, no "estilo SNES", outros 10 e assim por diante. Todos eles são bem pequenos, mas tem cores e deixam rastros diferentes, o que, mais uma vez, pode te agradar mais e ajudar a visualizar melhor no meio de fases mais rápidas e complexas.

    Particularmente eu sempre deixei tudo no Random, estilo e personagens.


    Para quem gostar do jogo e quiser mais conteúdo, poderá abrir outros modos, como um infinito, um circuito que fica mudando os obstáculos, um de desafios, em que as fases são grandes e desafiadoras e mesmo o modo multiplayer (aberto desde sempre).

    No caso do modo de 2 a 4 jogadores, todo mundo joga com o mesmo personagem simultaneamente, mas cada um fica responsável por pular enquanto ele estiver correndo por uma cor de chão. Esse modo é bem legal e as fases até onde joguei, cerca de 2/3 até agora, são mais fáceis, mas a dependência dos amigos fazerem a coisa certa e se coordenarem dificultam bastante as coisas.

    Prepare-se para xingar o amigo lerdão!

    Resumindo: Super One More Jump foi uma surpresa muito agradável, principalmente por não ser um jogo de renome e ter custado tão pouco. Um jogo que me viciou muito, me deu um bom desafio, bastante conteúdo (que talvez eu nunca cumpra completamente) e uma simplicidade bacana. E apesar de não ser um jogo perfeito, eu já recomendaria baixar pelo menos a demo pra qualquer um!

    De bom: visual muito bom e o trabalho em bits bem caprichado e carismático. Músicas legais. Muito conteúdo. Modo campanha e mais um bocado extra. Muitos estilos visuais para escolher. Modo multiplayer. Jogabilidade simples, de apenas um botão. Um ótimo desafio em tempos de jogos tão fáceis. Gosto do contador de mortes. Passei o jogo todo nas 20-30 em cada fase ou bem menos, mas em uma cheguei a 180. Na penúltima fase somei umas 1700!

    De ruim: achei o hit detection ruim em algumas partes, sobretudo na fase 95, a penúltima, que basicamente exigia pulos em frames específicos muito constantemente e me prendeu nela por mais de uma semana de muita frustração e o que eu considero level design ruim. A falta de checkpoint, sobretudo no final, deixou o jogo cansativo e meio sem sentido. Em fases finais, a velocidade era rápida e o visual do jogo ficou meio embaçado, sendo meio difícil focar em elementos do jogo e mesmo identificar alguns pulos específicos demais e por conta disso ainda, eu sentia a visão cansada depois da jogatina (como se eu precisasse usar óculos). Muita pouca variedade na trilha sonora, já que deve ter só umas 5 músicas (felizmente há a possibilidade de desativá-las, assim como demais sons e vibração, o que me ajudou a manter a calma na penúltima fase). Depois de zerar, o jogo sequer sobe créditos ou te dá qualquer coisa.

    No geral, é um jogo bom, mas também é só mais um indie no mundo. Ótimo passatempo simples e mais uma boa opção multiplayer. Pelo preço que paguei, recomendo sem medo!

    Super One More Jump

    Platform: Nintendo Switch
    2 Players

    13
    • Micro picture
      rafa9000 · about 1 month ago · 2 pontos

      To jogando esse jogo tb!! Puta jogo viciante e baum e ao mesmo tempo enervante, pulta merda! Principalmente porque eu tenho a mania de querer pegar os 3 cristas/caveiras/coisas nas fases, então tento o maximo possivel passar delas pegando todos eles. To chegando a marca de quase mil mortes ja, parado no meio do mundo 4.

      3 replies
    • Micro picture
      anduzerandu · about 1 month ago · 2 pontos

      Na metade mesmo do jogo, aí onde você tá, é onde eu comecei a ter algumas dificuldades, mas no sexto e sétimo ficou sério. Mas com bastante paciência, dá pra se acostumar, mas o último é cruel em algumas fases hehe

  • 2019-03-02 20:41:53 -0300 Thumb picture

    O Direct sobre Pokémon Sword & Shield

    Para quem não assistiu a transmissão do último dia 27 eis aí o vídeo completo com a revelação da 8ª geração de Pokémon. Pokémon Sword & Pokémon Shield serão lançados ainda esse ano exclusivamente ao Nintendo Switch

    Enquanto eu ainda aguarde novidades, ou o que as versões e a região de Galar farão de diferente, eu já fiquei empolgado em ver que os encontros aleatórios estão de volta. Sinceramente acho que isso adiciona uma particularidade à franquia, ou a emoção de você não saber quem irá encontrar; a ideia de ver todos os monstros perambulando como em GO é legal, mas acredito que funcionaria de maneira ainda melhor se o escopo e mundo fossem ainda maiores.

    Quero juntar umas ideias a respeito dos novos RPGs, mas parece que uma galera ficou decepcionada com a revelação. Acho muito difícil que a Game Freak mude radicalmente Pokémon, e eu até gostaria que ela ousasse mais em alguns aspectos; também acho que é cedo para darmos um veredito de que as coisas serão exatamente como antes. O caminho trilhado por Sun & Moon por exemplo, ainda que totalmente reconhecível, foi ao meu ver positivo.

    E vocês, o que acharam?

    [@jvhazuki]

    Pokémon Sun

    Platform: Nintendo 3DS
    358 Players
    276 Check-ins

    5
    • Micro picture
      blinkn · about 2 months ago · 2 pontos

      queria uma versão pra 3ds tbm :(

      1 reply
  • 2019-02-26 21:54:47 -0300 Thumb picture

    SEGURA CORAÇÃO DE TREINADOR!

    Medium 619694 3309110367

    Amanhã às 11 da manhã (horário de Brasília) a Nintendo vai realizar um Direct para falar sobre a franquia e com todos os indícios, a exemplo das três pokébolas na imagem, será sobre a próxima geração exclusiva no Switch. Estou desesperado desde já, mas se não bastasse isso eu tô lançando um rumor aqui de que os próximos jogos poderão nos permitir viajar por mais de uma região. O motivo? Os vídeos publicados no canal oficial de Pokémon sugerem isso...

    Essa ideia sempre fora do meu feitio e a última vez que pudemos fazer isso foi em Gold & Silver, quando após concluir a campanha era possível visitar a Kanto dos jogos originais (de uma maneira mas simplificada, mas ainda assim). 

    OH MY GOD! Será?!

    [@jvhazuki]

    Pokemon Ultra Sun

    Platform: Nintendo 3DS
    114 Players
    56 Check-ins

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 4 pontos

      Se der pra visitar várias regiões vai ser uma jogada de mestre e até vou jogar meu dinheiro na tela, hauhaua

    • Micro picture
      mbizonsp · about 2 months ago · 2 pontos

      Nintendo leve todo meu dinheiro embora!!!

    • Micro picture
      xch_choram · about 2 months ago · 2 pontos

      Não brinca com nossos corações não kkk, se bem que os videos são do anime isso não me deixa tão animado.

  • sam99 Samuel Barbosa Hernandes
    2019-02-26 11:57:36 -0300 Thumb picture

    Nova artwork do Final Fantasy XII: The Zodiac Age

    Square Enix liberou uma nova artwork do Final Fantasy XII: The Zodiac Age feita pelo Isamu Kamikokuryo.

    Versão editada por mim abaixo, como seria uma capa com essa art 

    Game será lançado para Xbox One e Switch no dia 30 de abril de 2019.
    Confira também o novo trailer do game:

    Final Fantasy XII: The Zodiac Age

    Platform: Playstation 4
    214 Players
    65 Check-ins

    7
    • Micro picture
      speedhunter · about 2 months ago · 2 pontos

      Linda artwork! Encontrei ela em 4K *-*

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...