• anduzerandu Anderson Alves
    2019-05-02 22:21:24 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: River City - Tokyo Rumble

    Zerado dia 02/05/19

    Tá aí numa série que mal conheço: River City ou Kunio-kun ou sei lá o quê. Já um amigo meu, ama a coisa toda até não poder mais. Aparentemente por causa de alguma nostalgia ou sei lá.

    Fiquei curioso com esses beat'em ups e dei uma pesquisada há uns anos atrás só pra me desmotivar: existem MUITOS jogos na franquia. Muuuuitos. E vários aparentemente nem vieram pro ocidente e tal ou ninguém lembra que existem ou coisa do tipo. Imagine se existissem 40 Double Dragons entre NES e SNES! Não dá pra manter o controle de qual é qual, nem a motivação pra jogar todos.

    Vendo esse amigo jogar, achei o jogo desinteressante. Quer dizer, o visual simplista é maneiro, mas o gameplay me parecia meio sem sal, como um briga de rua para criancinhas. As perninhas e os bracinhos dos personagens sair muito curtos e os golpes não pareciam surtir muito efeito, não eram satisfatórios!

    Eras depois, animei quando vi um desses River City ser lançado pro PC. Não me recordo se era um jogo oficial ou alguma coisa feita por fãs, mas o fato é que o jogo suportava multiplayer de 4 pessoas simultâneas, e isso era muito importante numas jogatinas que conectávamos o computador de um amigo na TV e virávamos a noite. Qualquer multi offline e que pudesse ser baixado no Pirate Bay era.

    Eu mesmo recomendei o jogo, mesmo não curtindo muito a série, e o amigo do PC mesmo torcendo o nariz, acabou baixando pra gente.

    Jogamos uma hora daquele título e meu deus! A magia dos vídeos foi toda por ralo abaixo. O jogo era colorido e rodava numa resolução que permitia muitas coisas na tela, tanto cenário quanto personagens e movimentos de combate, mas que repetitivo! Fui ficando entediado e eles mesmo deram o "basta", mudando de jogo.

    Mais uns tempos depois, a publisher resolveu trazer um jogo da série do 3DS pro ocidente. Era River City: Tokyo Rumble. Por ser um jogo mais novo e eu amar meu portátil 3D, resolvi adicionar ele a lista para ser jogado, baixei e joguei o começo. Achei meio confuso o pouquíssimo que vi mas deixei lá. Bom, o alerta da pendência estava gritante! RC:TR estava aqui no meu bloco de notas do celular entre uns 15 jogos que comecei e não terminei, como o Just Cause também estava.

    Ainda juntando coragem para realmente jogar ou mesmo continuar alguns deles, a escolha da vez foi o briguinha de rua aí. Ter o de NES no serviço do Switch Online me fez ter mais vontade de conhecer um pouco da série, então voltei!

    Semana de prova no curso, eu sentado sem fazer nada e o howlongtobeat.com dizendo que a experiência leva 2 horas e meia. Opa!

    Tokyo Rumble é uma mistura de beat'em up com RPG. Há um enredo, que aparentemente continua o de um jogo anterior, e depois basta seguir pra onde o jogo te mandar.

    Na tela de cima é onde acontece toda a ação, onde você vê as ruas do Japão e todo o cenário, em 3D. Junto a isso estão os personagens, aqueles brigões de gangues de escola da terra do sol nascente, em 2D. E esse contraste ficou super legal!

    A tela de baixo mostra um "mapa" das províncias do jogo, como Shibuya e Shinjuku, entre outras. A província inicial, Ikebukuro, é onde está a sua escola em uma tela, um monte de comércio na outra e uma estação de metrô na outra. Você vai se uma localidade à outra só de sair da tela pela direita ou esquerda e se continuar andando em linha reta, voltará para a primeira.

    Mas ruas um monte de delinquentes sempre procurando briga. Você pode socar, chutar, fazer isso enquanto corre ou ainda enquanto pula. Demora um pouco pra finalizar um oponente e mais tarde percebi que o jogo meio que faz isso pra você poder treinar um combos e novas técnicas que aprender. E conforme você finaliza os caras, ganha experiência e assim, níveis. Quanto maior seu nível, maior seu dano (perceptível quando os números saem dos oponentes que você ataca) e resistência.

    A estória te indica sempre qual seu próximo passo, que também fica marcado no mapa da tela de baixo, como "parque alguma-coisa" em cima da província alvo. Se for a sua, basta andar pelas poucas telas até encontrar o dito cujo. Se estiver marcado em outra província, vá para a estação e pegue o trem pra lá.

    Novas províncias indicam inimigos diferentes, com temas diferenciados, como motociclistas ou mesmo garotas, mas também indica um nível de dificuldade mais alto do que a "fase" anterior.

    Você percebe a necessidade de sair brigando por aí pra ganhar dinheiro e níveis, mas não se preocupe, os oponentes vem em abundância e mesmo depois de brigar um bocado e finalizar a todos, basta ir para a próxima tela ou voltar pra anterior pra ver novas caras (ou respawn).

    Mais pra frente, os inimigos começam a dar bastante dano, então é recomendável parar nas lojas e mercados para comprar itens de recuperação de vida e equipamentos pra você e parceiros que você estiver usando!

    Resumindo: River City: Tokyo Rumble me surpreendeu um pouco. O gameplay fica divertido com o tempos e conforme você ganha mais habilidades, o visual é cativante e o sistema de level up e equipamentos é uma boa adição a o gênero. Você aprende a gostar do jogo e a achar que os beat'em ups comuns poderiam ter mais elementos desse tipo. Originalmente ele custa U$30, o que não faz o menor sentido, mas valeu a pena jogar, sem dúvidas.

    De bom: visual e personagens carismáticos. Trilha sonora muito legal. Grande quantidade de coisas pra desbloquear, como golpes, e de missões paralelas para serem feitas. Distritos com suas particularidades. Possibilidade de salvar seu progresso e impossibilidade de dar Game Over. New Game+ carrega todos os avanços do personagem. Modo multiplayer de luta ou esporte para até 4 jogadores locais. Você pode usar de itens do chão e do cenário para lutar.

    De ruim: pra quem não ligar muito pro enredo ou imersão nesse tipo de jogo, ele pode parecer meio raso e repetitivo, o que ele meio que é de qualquer jeito. Muita coisa na resolução baixa da tela do 3DS as vezes incomoda um pouco os olhos (tanto que há um comando com o botão R que deixa a câmera mais próxima do personagem, limitando mais sua visibilidade (o jogo fica lindo assim). Apertar o botão L muda a câmera e deixa a visão mais bidimensional, mas o framerate cai bastante. O jogo acaba da mesma forma que começa: meio do nada e sem recomenda quase que nenhuma, apesar das batalhas contra os chefes serem maneirinhas.

    No geral, curti a rápida experiência e até recomendaria pra quem já é fã da série, do gênero ou de cultura japonesa do tipo. Vale lembrar que o jogo exige um pouco de imersão e interesse para dar certo. Já se a pergunta for "vale U$30?", a minha resposta será não.

    River City: Tokyo Rumble

    Platform: Nintendo 3DS
    12 Players

    18
    • Micro picture
      jcelove · 6 months ago · 2 pontos

      Da uma olhada no rival Showdown q saiu depois tbm no 3ds. Ele tem o mesmo esquemao classico da serie mas sem os minigames e com eventos q mudam dependendo da hora como em shenmue e yakuza. Os graficos sao bem mais baca

      3 replies
    • Micro picture
      spider · 6 months ago · 2 pontos

      Acho que é o registro mais longo da série que eu já vi, parabéns!! Só joguei o do NES e esses tempos so que sabia das sequências.

  • 2019-03-19 01:57:04 -0300 Thumb picture
    Post by jvhazuki: <p>Deu até vontade de jogar<em> <strong>Harvest Moo

    Medium 624546 3309110367

    Deu até vontade de jogar Harvest Moon. Coisa linda criada pelo Watt!

    Harvest Moon

    Platform: SNES
    1400 Players
    33 Check-ins

    11
    • Micro picture
      sannin · 7 months ago · 2 pontos

      Perfect

  • lendaryo Solivan Martins
    2017-07-27 22:23:01 -0300 Thumb picture
    Post by lendaryo: <p>#img#[456304]</p><p><strong><em>Nenhuma Loli res

    Nenhuma Loli resiste ao corpo sensual de um trabalhador Rural.

    Rune Factory 3: A Fantasy Harvest Moon

    Platform: Nintendo DS
    238 Players
    49 Check-ins

    17
  • lendaryo Solivan Martins
    2017-07-20 21:16:26 -0300 Thumb picture
    51
    • Micro picture
      tiagotrigger · about 2 years ago · 4 pontos

      Eu não entendia inglês na época. Ele pode ter falado isso e eu nem saberia, kkkk.

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · about 2 years ago · 3 pontos

      vesh!hehe

    • Micro picture
      hanzy · about 2 years ago · 2 pontos

      Ashuashuashuadhuashh

  • lendaryo Solivan Martins
    2017-07-02 13:56:34 -0300 Thumb picture

    Tentando fazer o IMPENSÁVEL

    Não é como se todo mundo gostasse de elfas de cabelos vermelhos, reservadas e anti-sociais, não é verdade?!?

    Alguém tem alguma dica pra começar bem nesse jogo? E principalmente sobre as sementes mágicas. Espero que algum Sensei experiente se manifeste.

    Rune Factory 3: A Fantasy Harvest Moon

    Platform: Nintendo DS
    238 Players
    49 Check-ins

    22
    • Micro picture
      sakuroikazuki · over 2 years ago · 2 pontos

      Ahhh, esse Rune Factory foi o que mais joguei, uma pena meu DSi ter morrido e eu perdi tudo. Eu lembro pouca coisa pra poder ajudar =/
      BTW, pra te contrariar, eu ia me casar com a Pia, porque prefiro cabelos rosa =)

      1 reply
    • Micro picture
      dgplayer · almost 2 years ago · 1 ponto

      na minha primeira jogatina eu tava querendo casar com a pia mas infelizmente o meu hd queimou.... deve ser o destino me impedindo de casar com alguém que não seja a raven

  • 2017-05-16 14:26:18 -0300 Thumb picture

    Harvest Moon: Light of Hope

    ...Natsume anuncia Harvest Moon: Light of Hope para Switch e PS4.

    Em uma nota divulgada para a imprensa, a Natsume Inc. em parceria com a Rising Star Games anunciou que mais um novo jogo da série Harvest Moon será lançado: Harvest Moon: Light of Hope.

    Este então confirmado para PS4, Steam e Nintendo Switch.

    É a primeira vez que o jogo será lançado para a Steam e também pro Switch, ambas as versões poderão ser testadas durante a E3 de 2017 no South Hall.

    De acordo com a empresa, o jogo terá um estilo semelhante ao Snes, homenageando os 20 anos da franquia, onde você começa a partir de uma viagem onde seu barco quebra ao ser atingido, e uma tempestade o leva para um vilarejo onde você começará a reconstruir o que a tempestade destruiu.

    De acordo com Hiro Maekawa, Presidente e CEO da Natsume, "Harvest Moon: Light of House será um jogo à parte de outros jogos da franquia, incluindo uma história robusta e mais profunda".

    Ele ainda afirmou que;

     "Queríamos criar um jogo no estilo SNES, nostálgico e com personagens além de eventos mais profundos, e estamos empolgados em ver os fãs jogarem durante a E3".

    ============================

    Fonte: Press Release | Switch Brasil

    ============================

    @u3marcos

    Harvest Moon

    Platform: SNES
    1400 Players
    33 Check-ins

    19
    • Micro picture
      startgamerz · over 2 years ago · 3 pontos

      Aeeee Harvest Moon O/

    • Micro picture
      hilquias · over 2 years ago · 2 pontos

      quero ver as waifu

    • Micro picture
      lodos123 · over 2 years ago · 2 pontos

      feliz demais

  • rodrigoarkade Rodrigo Pscheidt
    2017-01-14 20:24:35 -0200 Thumb picture

    Análise no ar: Wild Guns Reloaded

    Correndo o risco de queimar meu filme e meu contato com a Natsume, publiquei um review honesto (até demais) de Wild Guns Reloaded hoje.

    Link na imagem:

    Galera da nostalgia que curtia o jogo no Super Nintendo, sugiro que leiam antes de saírem desembolsando 29 FUCKIN' DÓLARES nesta nova versão do game.

    Aqui não tem rabo preso com ninguém. A gente perde o contato, mas manda a real pros leitores! ;)

    Wild Guns Reloaded

    Platform: Playstation 4
    23 Players
    1 Check-in

    12
    • Micro picture
      artoriasblack · almost 3 years ago · 1 ponto

      ou seja: melhor reviver o game por emulação mesmo

    • Micro picture
      neophytu · almost 3 years ago · 1 ponto

      Ou esperar uma promoção...

  • 2016-10-10 12:51:54 -0300 Thumb picture

    Se a Natsume tem Harvest Moon, a Marvelous tem...

    Medium 350583 3309110367

    A verdade é que você tem duas opções de vida no campo pela visão nipônica: Story of Seasons, da Marvelous, e o mais clássico que é Harvest Moon da Natsume (cujo próximo título da série é Skytree Village).

    [@jvhazuki | Arte: Digital Trends]

    Harvest Moon: The Tale of Two Towns

    Platform: Nintendo 3DS
    193 Players
    2 Check-ins

    3
  • 2016-10-07 12:10:08 -0300 Thumb picture
    10
  • 2016-08-28 20:19:00 -0300 Thumb picture

    Se a Natsume tem Harvest Moon: Skytree Village...

    ... a Marvelous e XSEED têm Story of Seasons: Trio of Towns

    É engraçado ver essa separação dos jogos desde o rompimento entre a Natsume e Marvelous, mas talvez quem sai ganhando são os fãs de simulação?

    Mesmo com gráficos mais simples, que lembram até os do DS, eu achei Story of Seasons mais simpático que o estilo que vem sendo aplicado nos últimos Harvest Moon. Por falar em HMa Natsume está se aliando é a NIS America para garantir mais de uma edição especial ao lançamento norte-americano de Skytree.

    [@jvhazuki]

    Story of Seasons

    Platform: Nintendo 3DS
    122 Players
    19 Check-ins

    3

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...