• anikabonny Anika Bonny
    2020-02-23 17:26:54 -0300 Thumb picture

    Battle Bruise (PC)

    JOGO BRASILEIRO

    Simples e casual, seu objetivo é apenas matar todo mundo que aparecer pela frente.
    Mas não se deixe enganar pela falta de complexidade do jogo, pois pilhas e pilhas de cadáveres começam a surgir pelo cenário, deixando-o totalmente irregular e dificultando sua mira e locomoção.

    Infelizmente Battle Bruise não possui nenhuma história de background para nos prender entre uma missão e outra, mas pode ter certeza que ele vai te prender na frente do pc como se tivesse. A dificuldade acentuada é o charme deste jogo, que certamente vai aquecer o coração dos jogadores hard core.

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/battle-bruise-pc/

    8
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-20 18:41:59 -0300 Thumb picture

    Skullgirls (PC)

    A lenda fala sobre um antigo artefato chamado Skull Heart, que pode realizar o desejo de qualquer mulher. Porém, se o coração dela for impuro, ela será corrompida e se transformará em um ser muito poderoso, com grande poder de destruição: uma skullgirl.

    Uma nova skullgirl surgiu. Quem irá derrotá-la para conseguir o Skull Heart?

    Um jogo de luta super frenético (fãs de Guilty Gear vão se adaptar muito rápido a mecânica), com personagens gostosas e diferentonas (se você não curte um fan service, passe longe) que possuem ataques que não só são super criativos mas também com bastante variedade para cada personagem.

    Plus: Ótima localização em português-br! 😉

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/skullgirls-pc/

    Skullgirls

    Platform: PC
    494 Players
    79 Check-ins

    17
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-18 17:37:24 -0300 Thumb picture

    missed messages. (PC)

    [JOGO GRATUITO NO STEAM]

    Em um dia normal de trabalho, enquanto você se esforça para não perder o foco, “goth gf’s iPhone” resolve te mandar memes… enquanto isso, sua colega de quarto May parece estar discutindo com sua mãe.
    Uma curta experiência sobre depressão, suicídio e decisões.

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/missed-messages/

    25
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-18 14:38:29 -0300 Thumb picture

    Coming Out on Top (PC)

    Mark Matthews está no último semestre da faculdade e resolve contar a seus colegas de apartamento que é gay.
    Sua amiga Penny desenvolveu um aplicativo de encontros e é aí que a história começa.

    Recheado de bom humor, você precisa lidar com sua rotina universitária e possíveis encontros que podem ocorrer.

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/coming-out-on-top-pc/

    22
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-17 10:43:11 -0300 Thumb picture

    Sky Racket (PC)

    Mais um ótimo jogo brasileiro para vcs conhecerem!

    Sky Racket é um jogo que mescla shmup com Arkanoid.

    Controle a RacketGirl ou o RacketBoy e salve a galáxia do terrível Korrg! Sua missão é rebate os tiros dos inimigos, fazendo com que eles voltem e os derrube.


    Review completo: https://nerdtrash.com.br/sky-racket-pc/

    17
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-16 16:06:59 -0300 Thumb picture

    Arcade Spirits (PC)

    Arcade Spirits é uma visual novel e dating sim cuja a história gira em torno de uma pessoa que começa a trabalhar em uma loja de arcades, e lá dentro conhece pessoas do meio gamer – cada uma com um perfil totalmente diferente – a pro player, a louca dos retro games, o viciado de uma máquina só…

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/arcade-spirits-pc/

    14
    • Micro picture
      msvalle · 7 days ago · 2 pontos

      Acabei de ver a notícia que esse jogo chega no PS4 em 1º de maio.

  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-14 12:08:32 -0200 Thumb picture

    Devious Dungeon (PC)

    Um antigo mal foi desperto nas profundezas das catacumbas do castelo do rei. Para conter esse mal, o rei enviou seus homens porém nenhum retornou com vida. A única pessoa capaz de impedir que uma tragédia aconteça é você!

    Devious Dungeon é um jogo de plataforma e roguelike, com visual e mecânicas simples mas bem divertido e desafiador!

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/devious-dungeon-pc/

    Devious Dungeon

    Platform: Playstation 4
    4 Players
    2 Check-ins

    14
  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-02-12 23:59:29 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Trine 2

    Zerado dia 12/02/20

    Quanto tempo fazia desde que joguei o primeiro Trine? Acho que comecei a saga lá em 2016, se não me engano. Como passa rápido! Foi um dos últimos jogos que joguei no meu Wii U, mas depois disso teve mais de um ano de Xbox One e mais de 2 com o PS4. Bizarro!

    O fato é que eu até curti a jogatina do primeiro com mais dois amigos, mas dei uma enjoada depois de insistir na aventura uma tarde inteira e Trine 2 eu só tenho no PS3, que por sua vez só tem um controle, então só deus sabia quando eu voltaria. Poderia ter comprado em plataformas atuais, mas já tinha gastado essa grana na época e os preços atuais não são muito convidativos.

    Há mais de um ano eu acabei comprando o 3 numa promoção bem boa no PS4, mas queria fechar esse antes de convidar a galera. O problema é que recentemente rolou uma jogatina e éramos apenas 3 e o Smash já tinha dado o que tinha que dar. Trine 3 veio ao salvamento! Já essa semana, resolvi jogar logo o 3 até o final pra fechar na sequência antes da próxima jogatina com eles!

    Pra quem não conhece, Trine 2, assim como o seu antecessor, é um jogo de plataforma com puzzle em que você controla três personagens: um cavaleiro, um mago e uma arqueira, trocando entre eles conforme for a necessidade de usar de suas habilidades específicas para passar de obstáculos. A ideia basicamente sempre me lembra de Lost Vikings, mas aqui as coisas são diferentes.

    Primeiro que os personagens são trocados assumindo o lugar de onde o anterior estava, como se você fosse um feiticeiro que pudesse assumir a forma desejada quando quisesse, ou um Ditto, haha. Durantes as cinemáticas eles conversam e interagem, por isso eu sempre achei esquisito esse esquema de "se transformar" nos outros. O que eles estão fazendo enquanto não estão sendo controlados? Acho que vale um pouco de imaginação ou licença poética aí.

    Outras diferenças incluem o fato de que o jogo é focado em progresso contínuo e dificilmente você fica preso num quebra-cabeça. Além disso, o óbvio: os visuais, que são tridimensionais (embora o jogo seja tecnicamente 2D em jogabilidade).

    A aventura começa com um enredo clichezão e com a apresentação dos 3 protagonistas e suas habilidades, um por um:

    -O cavaleiro é focado em combate com sua espada e pode quebrar partes do cenário, tanto com seus ataques normais quanto lançando um martelo pra onde você mirar com o R3;

    -O mago é o cara que cria e move coisas no cenário. Ele pode criar cubos pra você escalar ou bloquear armadilhas da fase, tábuas que podem servir como ponte e mesmo puxar ou realocar objetos distantes ou pesados do cenário;

    -A arqueira é focada em ataques a distância (duh) e em sua agilidade, podendo atirar cordas e sair balançando por aí ou alcançando lugares altos ao maior estilo homem-aranha.

    Em resumo, o cavaleiro só é legal quando a fase te obrigar a lutar. O mago eu nem curti ao menos que tivesse que criar objetos pra chegar aos lugares e a arqueira é rápida e ótima pra sair pulando pela fase.

    As fases seguem uma após a outra, como foi no primeiro jogo e em Nine Parchments, mas há checkpoints aqui e ali pra quem quiser dar uma pausa.

    A primeira coisa que se nota é o visual de T2. É bacana, cheio de luz e me lembra um pouco a época do PSP. Lendo sobre o jogo online, vi que muita gente acha ele lindo, o que eu pessoalmente discordo. Quer dizer, é bonitinho (e as imagens do post muitas vezes podem fazer propaganda enganosa), mas ele exagera um pouco em algumas coisas, sobretudo os efeitos de luz e tal. O jogo é um verdadeiro festival psicodélico de cores, ótimo pra família tradicional hippie, mas isso também tira um pouco a identidade da maioria dos estágios, além de esconder um pouco elementos importantes das fases, como checkpoints e alavancas, que muitas vezes só vi porque passava nas suas frentes na sorte e aparecia o ícone rapidamente.

    Ainda achei que todo esse exagero não envelheceu sempre bem e chegava mais a incomodar em determinadas partes.

    Uma coisa que deve ser levada em relação a Trine, é que mesmo com mais jogadores, todos podem trocar de personagem como bem quiserem, inclusive todos podem jogar com a mesma classe, o que eu sempre achei que meio que matava a parte legal da ideia. O que dá pra fazer é cada um se obrigar a ficar apenas com um, mas além de certas partes te obrigarem a trocar para poder avançar (tipo escolher a arqueira para se balançar com o gancho e poder chegar ao seu destino), não curto muito a ideia de me forçar a fazer algo que já poderia ser do jogo.

    Outra coisa que não curto é a confusão de gêneros que Trine é e como tudo é meio esquisito na jogabilidade, como se nada fosse satisfatório e quando parece que você pegou o espírito, as coisas mudam.

    Em certos momentos você está andando e pulando plataformas, depois tem uma batalha contra orcs que você só tem que ficar apertando o botão sem pensar. Daqui a pouco você tem que empilhar umas coisas para alcançar um local alto. Depois você tem que fazer um puzzle que realmente exige algum pensamento.

    Se bem que falar de raciocínio aqui é mais estranho ainda. É como se o jogo fosse pensando para ser jogado de no mínimo 2 pessoas, pois em determinadas partes você tem que fazer duas coisas quase que simultâneas e os poderes dos personagens parecem serem incapazes de conseguirem tal feito. Os puzzles não são bem feitos, lógicos e as liberdades da jogabilidade do jogo te deixam ainda mais confuso. Logo você vai estar erguendo um cubo com seus poderem, tentando fazer ele ficar num local para afastar uma porta e usando um pedaço de pau como alavanca nele. Sabe aquela certeza que aquele jeito bizarro não é o certo mas vamos ver no que dá?  Pois é.

    Cheguei a olhar na internet umas vezes algumas partes e o vídeo que eu vi não esclarecia nada, é como se você tivesse que inventar qualquer coisa e é isso que eles estavam fazendo.

    O exemplo mais recente foi no penúltimo capítulo de T2. Havia na minha direita uma rampa de gelo que me impossibilitava de subir sem escorregar. No lado esquerdo, barris explosivos e chamas e um botão para repor os barris. Em cima uma bola com espinhos.

    Tentei de tudo para escalar a subida. Os barris desciam rápido e não davam tempo de os colocar lá com o mago e sair pisando. As chamas os explodiam. Grudei um deles nos espinhos e me balancei com a corda da arqueira, mas a subida era muito grande. Fiquei até com preguiça de ver na internet.

    Sabe qual a minha solução? A mesma de algumas outras partes: com o mago, crie dois objetos empilhados, como duas caixas ou duas tábuas. Fique em cima deles. Use a habilidade de controlar e mova o objeto de baixo. Voe cuidadosamente até o seu destino.

    Não gosto de me repetir, mas eu realmente odeio como esse jogo meio que manda um "faz o que quiser" com os puzzles. Me sinto roubando o tempo quase todo, senão com a sensação de que não deveria ser daquele jeito.

    Resumindo: Trine 2 é um jogo fraco, ainda mais tendo em vista que você jogou o primeiro. É uma estória bobinha e mais do mesmo. Acredito que a experiência seja melhor mesmo com mais dois amigos (e mais rápida), mas definitivamente não é lá grande coisa graças à sua repetitividade e falta de carisma.

    De bom: personagens de jogabilidade diferentes e com motivos pra usar cada um. Algumas partes das fases são bonitas (geralmente partes sem nada e que você passa correndo). Árvore de habilidades.

    De ruim: puzzles sem graça. Jogabilidade desengonçada. Difícil visualizar as coisas quase sempre. Repetitivo. Muitas vezes o jogo parece não ter um jeito certo de resolver nada e você inventa o que der. Armadilhas bizarras e que você nem vê quando espinhos te acertam, só vê o personagem tomando dano ou morrendo "do nada". Odeio que quando um personagem morre, você não pode o usar até achar um checkpoint ou morrer. Imagine uma luta contra um chefe, o cavaleiro morre, a arqueira não dá conta de atacar por ser lenta e fraca na bagunça e o mago sequer ataca. O jeito é se matar (só pra ver o guerreiro morrer com apenas um golpe logo em seguida). O humor é bestinha. Genérico, gritava por uma revolucionada como o 3 parece ser.

    No geral, Trine 2 é um passatempo que eu recomendaria pra quem tem mais dois amigos e querem uma aventura mais casual, psicodélica e cooperativa e esteja sem mais opções, o que hoje em dia é improvável. Acredito que se você jogou o 1, não tem porque jogar esse e vice-versa. Possivelmente os jogos da série mais atuais valham mais a pena, mas se você insiste em jogar T2, não pague mais do que R$15! Completamente passável.

    Trine 2

    Platform: Playstation 3
    679 Players
    42 Check-ins

    29
    • Micro picture
      gennosuke6 · 11 days ago · 2 pontos

      Boa! o/

    • Micro picture
      hyuga · 10 days ago · 2 pontos

      talvez seja um dos poucos puzzles que eu gostei e platinei e parabéns

      1 reply
    • Micro picture
      noblenexus · 11 days ago · 1 ponto

      Eu gostei mais do primeiro jogo, achei o segundo longo demais pelo que ele oferece, tanto é que as fases finais eu acelerei o máximo que deu pq já tava meio desanimado

      2 replies
  • pedrostt Pedro Augusto S T
    2020-02-12 19:25:56 -0200 Thumb picture
    Post by pedrostt: <p>Bora jogar Hollow Knight Juntos???</p>

    Bora jogar Hollow Knight Juntos???

    Hollow Knight

    Platform: PC
    292 Players
    213 Check-ins

    0
  • anikabonny Anika Bonny
    2020-02-07 01:37:17 -0200 Thumb picture

    Crowd Simulator (PC)

    Como o próprio nome sugere, Crowd Simulator é um simulador de multidões.

    A ideia desse jogo é muito legal, cada fase é uma missão específica que você deve concluir: sair no trem lotado, correr para pegar o ônibus, entrar no elevador, bater nos ladrões de ovelhas…

    Review completo: https://nerdtrash.com.br/crowd-simulator-pc/

    2

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...