• jduartesn Jéssica Duarte
    2020-07-04 16:18:10 -0300 Thumb picture
    Post by jduartesn: <p>Olá! Tudo bem? Para você que é fã de Street Figh

    Olá! Tudo bem? Para você que é fã de Street Fighter 2 e gosta de saber curiosidades sobre a franquia, aproveite o meu vídeo novo do canal! Espero que gostem do conteúdo! Obrigada, beijos! 😘😘

    1
  • 2020-06-22 17:26:54 -0300 Thumb picture

    Jogo de Gorila que poucos jogaram...

    Jogo de Gorila que poucos jogaram...ou será que nem todos conhecem? Bom, eu particularmente não conhecia esse clássico gorilês do Game Boy, CONFIRA NOSSA JOGATINA!

    Kong: The 8th Wonder of the World

    Platform: Gameboy Advance
    10 Players

    0
  • cyberwoo Diogo Batista
    2020-06-21 22:41:59 -0300 Thumb picture

    5 Jogos com Coop Local que você precisa Jogar

    Resgatei um vídeo bacana que produzi junto com colegas lá em 2017. Apesar do vídeo não ser recente, acredito que a dica continua valida, confiram!

    Metal Slug

    Platform: Sega Saturn
    115 Players
    2 Check-ins

    15
  • kahmundongo Karla Pinheiro
    2020-06-18 13:56:41 -0300 Thumb picture

    Um Dia/Um Game - Jogos Curtos, Porém Memoráveis

    Medium 3806966 featured image

    E se te restasse somente um dia para jogar qualquer coisa? Seja porque você vai ficar um tempo longe dos consoles devido alguma viagem, estudos ou por.. sei lá… o fim do mundo talvez? Er.. Nunca se sabe. De qualquer forma, você só pode escolher um game, mas entre tantos bons títulos disponíveis, seria muito provável que você começasse algum jogo mas não conseguisse terminá-lo, não usufruindo da experiência completa, entretanto, alguns games podem ser terminados em apenas um dia, alguns até em uma tarde, são games curtos porém com alguma história (ou intenção dela), para os aprofundar satisfatoriamente e com um bom uso da jogabilidade em prol da mesma.

    Pegue uns snacks, aquela água ou suco para matar a sede durante a jornada, se aconchegue bem no sofá e aproveite a experiência.

    Brothers: A Tale of Two Sons

    O game tem como subtítulo “Um Conto de Dois Filhos” não por acaso, nele jogamos com esses dois personagem e temos que nos reimaginar a cada instante, levando em conta com quem estamos jogando e o cenário em qual estamos no momento, pois se jogamos com o irmão mais velho somos mais fortes e hábeis para desafios físicos, já com o menor, nos tornamos mais úteis para puzzles, abrindo passagens para ambos ao se utilizar do nosso peso ou estatura. E o visual do game é realmente charmoso, apelando para um tom mais sóbrio e fantasioso.

    Prometendo a época uma jogabilidade um tanto incomum, ao nos fazer controlar durante todo o game, ambos os protagonistas ao mesmo tempo, Brothers, surpreende também entregando uma narrativa solida sobre perdas e amadurecimento durante o tempo que nos é oferecido por ele, entregando uma junção muito coesa e em determinado momento do jogo, genial, de como usar a jogabilidade proposta, em prol da sua história e do sentimento que se quer passar.

    Disponível para PC, Xbox 360 e One, Playstation 3 e 4, IOS, Android e Windows Phone.

    Trailer:

    Rime

    Pra quem gosta de direção de arte colorida e minimalista, Rime, se torna um prato cheio. O game é visualmente muito bonito, só devendo bastante na sua versão de Nintendo Switch onde não foi muito bem portado. E não é só de beleza que é feito Rime, em sua jornada cheia de exploração e puzzles, há espaço para uma interessante e tocante narrativa da qual é possível ir juntando as peças conforme nos aproximamos do seu fim, teorizando o que teria acontecido e sobre o que o game se trata.

    Rime tem em sua essência, beleza similar a seus visuais e design. Sua arte é minimalista, sua mensagem e história são minimalistas, mas como dizem, as vezes menos é mais e o jogo consegue trazer na delicadeza de pequenos grandes momentos, um bom exemplo desse feito.

    Disponível para PC, Xbox One, Playstation 4 e Nintendo Switch.

    Trailer:

    Inside

    Também minimalista, porém mais sombrio e introspectivo. Tem uma história e atmosfera única, mantendo sempre a tensão e a sua curiosidade e se mostrando cada vez mais bizarro conforme se avança ao nos entregar diversos momentos mind blowing, deixando a seu cargo interpretar o que está sendo mostrado em tela. Somado a isso, o jogo possui ótimos efeitos sonoros e uma das melhores coisas animadas em games do tipo em sua reta final.

    Inside, consegue ser muito bonito dentro do que lhe é proposto, sendo bem brutal quando quer, tanto pelas suas animações muito bem polidas quanto pelo seu visual macabro. Algo que é de bom tom ressaltar, pois o game no geral não poupa nas mortes, que são até bem gráficas, podendo causar desconforto para aqueles que são mais sensíveis a isso, para todos os outros, apenas joguem!

    Disponível para PC, Xbox One, Playstation 4 e Nintendo Switch.

    Trailer:

    What Remains of Edith Finch

    Ganhador da melhor narrativa no The Game Awards de 2017, What Remains of Edith Finch é um jogo de aventura em primeira pessoa, tendo a condução dos acontecimentos e a inserção dos textos em suas telas como um diferencial.

    O game é composto por mini histórias, cada uma contada de uma maneira diferente, tanto narrativamente quanto visualmente, cabendo alternar até a estética artística empregada, tendo o significado e a interpretação das coisas muitas vezes cabendo a você, pois cada história é abordada de um jeito. Podendo ser direto, lúdico, metafórico e até, poético.

    Atualmente disponível para PC, Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

    Trailer:

    Sayonara Wild Hearts

    Sayonara Wild Hearts, trás no cerne da sua belíssima direção artística, uma coletânea de referencias da cultura pop como Sailor Moon, F-Zero, Punch Out e tantas outras inspirações perceptíveis. O game tem a proposta de ser como um álbum de música Pop interativo, em que nós não só podemos escutá-lo como jogá-lo, sendo quase como se o nosso gameplay fosse a sua coreografia e com uma narrativa sutil, nos oferece a experiência de mergulhar no subconsciente para enfrentarmos o medo de lidar com a dor de se ter o coração partido.

    O jogo oferece uma mescla de mecânicas diferentes que mudam o tempo todo, para exigir novas habilidades logo em seguida, nunca ficando cansativo ou deixando diminuir seu ritmo. Somado a um excelente level design, que te faz experimentar diversos tipos de intensidades a todo instante. Sayonara Wild Hearts se torna um jogo neon psicodélico, mecanicamente eletrizante, artisticamente estonteante e surpreendentemente, tocante.

    Disponível para PC, Xbox One, Playstation 4, Nintendo Switch e IOS.

    Trailer:

    Todos os jogos acima, cada um à sua maneira, cumprem o requisito de ser fechado em si mesmo, oferecendo poucas, mas boas horas de jogatina, tanto em mecânicas quanto em narrativa, junto a um level design quase sempre bem equilibrado e de acordo com o tempo oferecido. Experiências únicas e completas, podendo ainda ficar na sua memória, por bastante tempo.

    Brothers: A Tale of Two Sons

    Platform: PC
    934 Players
    95 Check-ins

    46
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 23 days ago · 2 pontos

      Brothers e Rime...obras de arte ❤️

      1 reply
    • Micro picture
      artigos · 23 days ago · 1 ponto

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    • Micro picture
      arakisan · 23 days ago · 1 ponto

      Brothers: A Tale of Two Sons é um jogo dos que mais gostei de jogar. Sua simplicidade e gameplay condizem muito

  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2020-06-05 01:46:50 -0300 Thumb picture

    SEN-SA-CIO-NAL⭐⭐⭐⭐⭐

    Da mesma forma que é difícil ter bons games de suspense/terror, também encontramos a mesma dificuldade nos filmes. Eis que me deparo hoje com esse filmão, pra quem curte o estilo (tá passando no TELECINE PREMIUM):

    Pauline acaba de herdar uma casa de sua tia e então decide morar lá com suas duas filhas, Beth e Vera. Mas, logo na primeira noite, o lugar é atacado por violentos invasores e Pauline faz de tudo para proteger as crianças. Dezesseis anos depois, as meninas, agora já crescidas, voltam para a casa e se deparam com coisas estranhas...

    Me fez lembrar o game:

    A história de Remothered: Tormented Fathers é centrada em Rosemary Reed, uma mulher em seus 35 anos que visita a casa de um homem chamado Dr. Felton, afetado por uma doença de origem misteriosa. O objetivo de Rosemary é investigar o desaparecimento de Celeste, a filha do velho homem, que desapareceu em circunstâncias suspeitas demais para que fossem esquecidas. Mas quando a mulher revela suas verdadeiras intenções, um pesadelo começa.

    Rosemary se vê aprisionada dentro da casa e, para sobreviver, precisa usar o que estiver ao seu alcance para fugir do Dr. Felton. 

    Remothered: Tormented Fathers

    Platform: Playstation 4
    18 Players
    5 Check-ins

    24
    • Micro picture
      matsugaki · about 1 month ago · 2 pontos

      A casa do medo é EXCELENTE! 👏

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · about 1 month ago · 2 pontos

      Interessante tanto o filme quanto o jogo, é difícil de ter um filme atual de terror que me certo interesse, o ultimo que deu algum foi o remake do homem invisível que eu não vi ainda kk.

      Essa história de casa mal assombrada me fez lembrar de Fatal Frame, pena que série acabou ficando exclusiva da Nintendo a partir do IV e foi ficando cada vez mais ação, oque é bizarro pro estilo de jogo dele kk

  • kaeldreset Kael
    2020-05-27 21:26:23 -0300 Thumb picture

    Os prováveis jogos de estreia no PS5

    Segue lista completa dos jogos que chegarão primeiro no PS5.

    Comenta o que vc está com boas expectativas! Quero ver esse Dragon Age 4. 

    3
  • 2020-04-10 19:46:31 -0300 Thumb picture
    Post by fellipeoutz: <p>Projeto Gamer Fora da Caixa 🕹🧠</p><p><br>Conteúd

    Medium 700164 3309110367

    Projeto Gamer Fora da Caixa 🕹🧠


    Conteúdo voltado para o desenvolvimento do gamer além dos jogos.

    Sempre fui gamer e sei da dificuldade que muitos sentem em conciliar o jogo com a produtividade.

    A falta de clareza somado aos poucos resultados, muitas vezes faz aquele cara que curte jogar, ter uma vida abaixo de seu potencial por acabar se apegando demais aos games enquanto negligencia o jogo mais importante que é a sua vida pessoal.

    Houve um período da minha vida em que eu também era enquadrado nesse perfil, mas tudo mudou há alguns anos quando eu passei a me interessar por desenvolvimento pessoal e a ter acesso a conteúdos de valor, tais como livros, palestras, treinamentos e imersões, que me ajudaram a construir minha mentalidade e consequentemente transformar meus resultados.

    No decorrer de meus estudos identifiquei muitos pontos em comum entre os desafios dos jogos e as atitudes necessárias para se atingir bons resultados na vida real, e como os gamers já possuem uma série de habilidades importantes para alcançar o sucesso pessoal.

    Descobri também que é possível utilizar os próprios elementos dos jogos na vida real para ter mais motivação em busca dos objetivos com pessoais com técnicas como a gamificação. Área que venho me dedicando desde então.

    Pensando nisso, criei o Projeto Gamer Fora da Caixa, onde uso o universo dos games como base para compartilhar conhecimento de valor e mostrar tudo aquilo que utilizo em minha vida para ser mais produtivo e conciliar o hobby de jogar com meus objetivos pessoais da melhor maneira, assim ajudando outros gamers a desenvolver uma mentalidade forte e evoluir da mesma forma.

    Os formatos do conteúdo são em lives, vídeos, texto, imagens.. nas principais redes sociais.

    Se você também é um gamer fora da caixa que possui objetivos fora do jogo, acredito que vai se identificar com os conteúdos. Te convido a acompanhar o projeto, pois vem bastante novidade por aí..

    insta/tiktok: fellipeoutz

    twitch: gamerforadacaixa

    Vamos Jogar Fora da Caixa! 🕹🧠

    1
  • cyberwoo Diogo Batista
    2020-04-08 13:19:14 -0300 Thumb picture

    Meus Pecados Gamísticos | Edição: RPG

    Depois de ter perdido 60% do texto por conta de um problema no PC, enfim terminei a minha lista de pecados gamísticos Edição: RPG.

    https://www.arquivosdowoo.com.br/2020/04/08/os-me...

    Lunar Silver Star Story

    Platform: Sega Saturn
    51 Players

    14
  • gamer_reis game_reis
    2020-04-05 15:48:34 -0300 Thumb picture

    Quais jogos estão jogando mais nessa quarentena ?

    Eae galera tudo bem com vocês  ???
    Quais jogos estão jogando mais nessa quarentena ???

    Se inscreva no canal e me siga no Instagram. 

    Youtube: Gamer Reis
    Instagram: Gamer Reis

    RAGE 2

    Platform: PC
    26 Players
    12 Check-ins

    23
  • gamer_reis game_reis
    2020-04-04 03:03:59 -0300 Thumb picture

    Terceiro vídeo no Canal

    Galera, bom dia, boa tarde e boa noite, mais um vídeo no canal, quem poder deixar sua critica, se o vídeo ta legal, ta muito grande, muito curto, som ta baixo ou ta alto, ira me ajudar muito com a opinião de vocês. Se poder deixar uma curtida, se inscrever no canal para dar aquela força. Obrigado !!!

    Video: 

    RAGE 2

    Platform: PC
    26 Players
    12 Check-ins

    10
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 3 months ago · 2 pontos

      O vídeo tá foda.

      Sempre ouço / leio que RAGE 1 é mais interessante que o 2... procede?

      Nunca joguei nenhum ainda...😬

      6 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...