• bbl Bruno Lima
    2018-08-13 14:13:12 -0300 Thumb picture

    Chegaram os livros /o/

    Medium 576110 3309110367

    (Só de sacanagem o "A realidade em jogo" veio danificado, mas a Amazon vai mandar outro :) )

    9
    • Micro picture
      gus_sander · over 1 year ago · 2 pontos

      Ótimas aquisições!! Parecem ser muito bons, também amo livros relacionados a filosofia e, no caso de jogos, não consigo achar muitos, infelizmente.

      1 reply
  • bbl Bruno Lima
    2018-07-24 14:03:04 -0300 Thumb picture

    Livro

    Pessoal a um tempo atrás alguém compartilhou fotos de um livro sobre games e filosofia, mas não tenho certeza de quem (acho que pode ser o @kawens ) nem do titulo do livro...

    Mas aproveitando o post. Alguém sabe me recomendar livros sobre games e filosofia, ou games e psicologia...

    Ou livros de filosofia e psicologia que tenham uma leitura mais tranquila e dinâmica...

    São duas áreas que ando querendo estudar e conhecer, mas é sempre chato começar em um novo assunto com conteúdo maçante.

    11
  • 2017-02-01 02:35:48 -0200 Thumb picture

    Nietzsche em Dragon's Dogma

    Durante minhas lives de Dragon's Dogma (@anebarone aqui!), e sua DLC, conversamos bastante sobre como a lore do jogo lembra a teoria do Eterno Retorno, de Nietzsche.

    Um tempo depois achei bem bacana encontrar nas wikis que realmente o jogo foi inspirado na teoria, tanto que a música título chama Eternal Return. E ela termina te pedindo para "terminar o ciclo," sensação que é explorada durante o jogo todo, mesmo que você não entenda a letra das músicas ou saiba da filosofia que inspirou o DD.

    E os nomes dos músicos também me surpreenderam: Inon Zur e Audrey Ashburn, compositor e vocais que já conhecemos do Dragon Age, por exemplo! Os estilos das músicas título do DA e DD são bem semelhantes, aliás.

    Não contarei detalhes da história do jogo aqui, mas pra quem quer saber o que é e a tal teoria de Nietzsche, coloco aqui o aforisma 56 do livro Gaia Ciência. Vai fazer bastante sentido pra quem já jogou, imagino: 

    E se um dia ou uma noite um demônio se esgueirasse em tua mais solitária solidão e te dissesse: “Esta vida, assim como tu vives agora e como a viveste, terás de vivê-la ainda uma vez e ainda inúmeras vezes: e não haverá nela nada de novo, cada dor e cada prazer e cada pensamento e suspiro e tudo o que há de indivisivelmente pequeno e de grande em tua vida há de te retornar, e tudo na mesma ordem e seqüência – e do mesmo modo esta aranha e este luar entre as árvores, e do mesmo modo este instante e eu próprio. A eterna ampulheta da existência será sempre virada outra vez – e tu com ela, poeirinha da poeira!“ Não te lançarias ao chão e rangerias os dentes e amaldiçoarias o demônio que te falasses assim? Ou viveste alguma vez um instante descomunal, em que lhe responderías: “Tu és um deus e nunca ouvi nada mais divino!” Se esse pensamento adquirisse poder sobre ti, assim como tu és, ele te transformaria e talvez te triturasse: a pergunta diante de tudo e de cada coisa: “Quero isto ainda uma vez e inúmeras vezes?” pesaria como o mais pesado dos pesos sobre o teu agir! Ou, então, como terias de ficar de bem contigo e mesmo com a vida, para não desejar nada mais do que essa última, eterna confirmação e chancela?

    Dragon's Dogma: Dark Arisen

    Platform: PC
    119 Players
    138 Check-ins

    20
    • Micro picture
      niiinjaz · almost 3 years ago · 2 pontos

      Esse jogo pra min foi uns dos rpg que mais chamou minha atençao e tempo mesmo zerando 20 vez matando deimon 50 vez nao me cansei dele.

      2 replies
    • Micro picture
      darlanfagundes · almost 3 years ago · 2 pontos

      Chamou minha atenção... o Eterno Retorno foi um divisor de águas em minha forma de enxergar a moral e a ética... me fez dizer um definitivo não a todas as religiões e formas encantadas de explicar o mundo e me deu a crueza necessária pra enxergar o que posso e devo mudar no mundo e em mim... Se existe um jogo com a idéia desse pensamento filosófico utilizada eu vou jogar...rsrsrs, vou ver como fazer isso aqui, obrigado pela dica!

      2 replies
    • Micro picture
      cptguapo · almost 3 years ago · 2 pontos

      Quer dizer que existem jogos com tais influências e profundidade? Já fiquei interessado... Vou ver se encaixo essa criança na minha lista de jogatinas.

      Valeu!

      1 reply
  • 2016-11-11 15:06:38 -0200 Thumb picture
    Post by hoorger: <p>E essas referências !!!!</p><p>Dentre outras ess

    E essas referências !!!!

    Dentre outras essa foi a melhor resumiu em poucas palavras uma das bases filosóficas do grande: Friedrich Nietzsche.

    The Witcher 3: Wild Hunt

    Platform: PC
    1061 Players
    673 Check-ins

    8
    • Micro picture
      hoorger · about 3 years ago · 2 pontos

      Cara tive que dar load pra ver esse dialogo outra vez...kkkkkkkk

    • Micro picture
      xualexandre · about 3 years ago · 1 ponto

      Hahahaha, eles vão fundo né, cada referência desse jogo é uma pérola.

  • luidao Max Wilson
    2016-09-30 22:01:15 -0300 Thumb picture

    Complexo de Infelicidade

    Vocês já tiveram a sensação que tudo que vocês fazem no presente pode não significar nada no futuro, que por mais que você tente, a vida te manda para baixo do tapete, que o sorriso que você faz por fora pode dizer tristeza por dentro, a sensação que você não tem com quem conversar, que a solidão é um reflexo de uma mente perturbada que não consegue encontrar seu lugar no mundo.

    Eu era uma criança alegre, feliz, sorridente, não tinha medo do mundo, vivia rindo em todo lugar, jogava com amigos e irmãos, que sempre tentava se enturmar;

    Mas o mundo simplesmente me chutou pra vala, e um jovem autista como eu começou a mudar seu pensamento, depois de várias chineladas, brigas dos pais, a escola que não me acolia, a péssima comunicação, a falta de amigos e o protecionismo extremo;

    Agora sou uma pessoa de 17 que é infeliz, não sorrir, rir de vez em quando, tenta esconder seu rosto, prefere ficar em casa, estudar em poucos dias, que não gosta de vegetais, que nunca aprendeu inglês direito, que tenta ao máximo não desagradar ninguém;

    E tudo isso foi causado pela opressão do mundo, se você acha que este mundo é maravilhoso, bonito, brilhante e justo, é porque ainda não acordou, abra sua mente e veja tudo ao seu redor, você acha mesmo que viver na terra é maravilhoso, não, aqui tudo está fadado a destruição, para você não ser como eu, acorde pro mundo, e respeite seus país, eles sabem o que é melhor pra você(s), ganhe confiança deles para ser livre, siga seus sonhos, não desiste do meio do caminho, não seja derrubado pela vida, e sempre tenha Deus e Jesus no coração.

    Bon vieno.

    11
    • Micro picture
      rafaelseiji · about 3 years ago · 4 pontos

      A vida é uma merda mesmo, pra todo mundo, vai da pessoa deixar isso ser mais forte que a sua força de vontade ou não... Se vc ta passando por dificuldade, seja forte, se as pessoas te excluem, foda-se, seja melhor que elas e se vire sozinho, a casa da gente é o melhor lugar do mundo, não tenha vergonha de só ficar em casa... Não deixe os seus problemas te vencerem. Seja mais forte e continue em frente, a vida é assim mesmo...

    • Micro picture
      miss_dani · about 3 years ago · 3 pontos

      :( poxa @luidao, eu não sei pelo que você passou, mas eu também já sofri muito e perdi grande parte da minha alegria ao longo dos anos e atualmente estou em uma fase super complicada que as vezes é bem difícil se manter feliz e bem, como as pessoas esperam que você esteja. As vezes me sinto só, sem esperanças no futuro. Mas nessas horas temos que nos apegar à Deus, à vida e as pessoas que nos querem bem e ter fé que as coisas vão melhorar e poderemos voltar a sorrir, verdadeiramente...
      Tudo de bom pra ti rapazinho... que boas novas surjam em sua vida!! (em nossa, porque também estou precisando rsrs)

    • Micro picture
      katsuragi · about 3 years ago · 3 pontos

      Acontece com muita gente mesmo, tenha certeza que nao es o unico.
      Este ano tem sido o pior da minha vida e muitas coisas extremamente ruins tem acontecido. Eu ja pensei em desistir antes mas nao tive tanta vontade como cheguei a ter neste ano. Mas eu sou bem covarde ate pra isso.
      Eu era como voce quando pequeno. Me divertia e muito mas conforme fui crescendo, a vida me fez mudar. Nao estou infeliz com quem sou hoje e jamais estarei. Eu me sinto muito solitario por boa parte do tempo. Gosto de ficar sozinho mas ao mesmo tempo isso me deixa mal.
      Recebo muito suporte dos poucos amigos verdadeiros que tenho mas, na maior parte do tempo, sinto que nao sou digno da amizade deles e me vejo afastado do circulo social que considero tao importante.
      E uma coisa horrivel mas nada muda se nos nao fizermos algo nos mesmos. A vida, por mais ruim que ela e o mundo seja com alguns, ela vai continuar seguindo em frente mesmo se nos decidirmos nao mais fazer nada. Tudo avanca e nao devemos nos deixar ficar para tras.

      Jamais perca a Esperana. Nao se de ao Desespero.

      E, acima de tudo, tenha forca para construir seu Futuro. Muitos vao lhe dar a motivacao certa e nos aqui, somos parte da forca que voce pode usar se precisar.

      Voce nao esta sozinho!

  • diegomatias Diego Matias
    2016-04-12 13:33:00 -0300 Thumb picture

    Meus dois vídeos preferidos sobre Dark Souls

    Ok, todo mundo já sabe "Dark Souls é um jogo difícil e testa as habilidades e etc etc etc..."

    Pra mim o maior trunfo da franquia Souls foi se tornar relevante na geração atual de jogos feitos como entretenimento massivo. Enquanto Ubi, EA e Rockstar fazem entretenimento - não me entendam mal, eu sou fã das 3 publishers - a From Software foi na contramão e criou um game usando suas próprias influências e mecânicas pra se tornar influenciadora.

    O primeiro vídeo abaixo foi feito pelo jornalista George Weidman (https://twitter.com/superbunnyhop) e analisa o triumfo de Dark Souls como um jogo moderno que evoca qualidades clássicas pra desafiar e recompensar o jogador.

    Enquanto o primeiro vídeo tem mais de 2 anos, esse segundo vídeo saiu essa semana por conta do lançamento de Dark Souls III e propõe uma análise sobre os conceitos psicológicos e filosóficos da ~narrativa~ e mecânicas do jogo. É incrível.


    Dark Souls

    Platform: Playstation 3
    3139 Players
    622 Check-ins

    4
    • Micro picture
      shadowofheart · over 3 years ago · 2 pontos

      Adoro esses dois canais! Ótimas escolhas :)

  • ssa
    2016-02-11 13:53:30 -0200 Thumb picture

    Siga em frente

    Dever cumprido filho, você aprendeu a seguir em frente:

    É triste, mas um dia eles vão embora para sempre de nossas vidas, se você já perdeu os seus pais, sabe que é uma dor terrível, eu posso imaginar, os meus pais ainda estão vivos, mas imagino a dor de quem já perdeu seus entes queridos. 

    Journey

    Platform: Playstation 3
    4053 Players
    165 Check-ins

    81
    • Micro picture
      mrigonati · almost 4 years ago · 5 pontos

      Nossa, eu comecei lendo pensando que era uma piada aí depois bateu a bad :/ não consigo nem imaginar como vou reagir quando isso acontecer, mas é a vida...

      1 reply
    • Micro picture
      daviner15 · almost 4 years ago · 2 pontos

      UAU. E eu pensando que era uma piada...

      1 reply
    • Micro picture
      game_zone · almost 4 years ago · 2 pontos

      se e loco, ja perdi muito familiar ainda tenho pai e mae quando for baguio e loco !! apenas de eu morar apenas com minha mae !! tenso demais

      1 reply
  • 2015-04-06 20:17:29 -0300 Thumb picture

    #01 - O Deus Que Falhou

    Metallica - The God That Failed

    Para começar de fato com a Persona, gostaria de compartilhar a história por trás dessa música.

    James Alan Hetfield (vocalista/guitarrista) foi criado em uma família altamente religiosa, devota da "Ciência Cristã", para aqueles que não sabem é uma religião relativamente nova, que nasceu em Boston - Massachusetts em 1866, que prega/acredita na cura divina, ou na cura cristã, negando qualquer forma de tratamento científico desenvolvido pelo homem.

    Isso gerou diversas situações constrangedoras em sua infância, começando pela escola aonde ele era o "diferente", não podia ir as aulas sobre o corpo humano ou a qualquer aula que explicasse como o corpo humano funcionava, porque segundo sua mãe, não existia motivo para ele apreender como se "curar" se Jesus faria tudo por eles.

    James diz que coisas normais que seus amigos faziam como ir a médicos ou tomar remédios lhe eram negadas, que coisas do senso comum como: "se você quebrar um braço, você o engessa", não eram permitidas dentro de sua religião.

    Futuramente sua Mãe desenvolveu um Câncer e recusava o tratamento, acreditando que Jesus a salvaria, não os remédios ou a medicina algo que seu alinhamento religioso propagava.

    Com 16 anos James viu sua mãe falecer devido ao Câncer, o que causou grande abalo em sua crença e o questionamento sobre o que é religião e o que era Deus.

    Segundo James, sua infância foi alienada e podada devido a essas delimitações religiosas, um sentimento de raiva/angústia que Hetfield carregou por muito tempo até se expressar em diversas músicas.

    The God That Failed  foi a forma de Hetfield expor a falha de Deus, a forma dele transcrever toda a raiva e tristeza que sentia pela morte de sua mãe, a música fala muito mais sobre como pessoas se alienam a religião do que necessariamente contra ela.

    (Trecho da música)

    "I see faith in your eyes
    Never you hear the discouraging lies
    I hear faith in your cries
    Broken is the promise, betrayal
    The healing hand held back by the deepened nail
    Follow the god that failed"

    (Trecho Traduzido)

    "Eu vejo fé em seus olhos
    Você nunca ouviu as mentiras desanimadoras
    E ouço fé em seus gritos
    Quebrada é a promessa, traição
    A mão curadora presa pelo prego enterrado
    Siga o deus que falhou"

    Futuramente Hetifield alega em entrevistas que hoje compreende as qualidades de sua antiga religião, mas que vê as coisas de uma forma diferente, hoje como um adulto pode discernir o que quer acreditar e entender melhor as crenças, hoje ele vê a ciência, médicos e remédios como uma forma, uma possibilidade que Deus deu para o ser humano se cuidar.

    James em outra entrevista da uma resposta em relação ao que essa música pode aparentar ser, e que não sigfinica que o Metallica seja descrente de Deus, mas que apenas era uma mensagem, algo pessoal.

    Letra da Música "The God That Failed" Completa

    Segue Links das entrevistas com Hetfield:

    Entrevista em texto dada para a revista Classic Rock, em Julho de 2009

    (a entrevista começa aos 2:10 de vídeo)

    Tudo que foi escrito aqui foi baseado em 2 Biografias do Metallica.

    - "Metallica: All That Matters"

    - "Metallica - A Biografia"

    E em entrevistas realizadas com James Alan Hetfield.

    Música: The God That Failed

    Banda: Metallica

    Álbum: Black Album/Metallica

    Ano: 1991

    Se você gostou por favor fale ai embaixo o que achou, deixei aberto o envio de mensagens para a Persona, assim você pode mandar sugestões de músicas, histórias interessantes por trás delas e etc.

    Talvez até se candidatar a ajudar a Persona crescer, na realidade qualquer coisa que quiser mandar será lido e respondido!

    Obrigado a todos e abraços!

    Marcando os interessados =]

    @setzer_eduardo @laisangel @camillaport @aryel @liamvinibr @neilsonthrash80 @felipezu @laumiramos @reinaldo_cardial @julio777 @jaquearan @rafael_mingato @metroidgamer @juninhonash @rofer32 @donab @guee @vantore @jan @igorsantos @xualexandre @montanaro @anne @elionazio @fredson @nathik3 @tinahorta @barbarabai @ryu1908 @heavenhitman @rafael_mingato @danilodlaker @rockysilvabr @r2d2 @mostardinha2 @ticianavalle @elionazio @victorlemes @flaviometal @crauzus456 @_gustavo @matheusps92 @thehylian @pizzaduds @maironw @kallel_rafa @fabioskora @nyatroll @marklan @jrcld @flaviometal @tierry @semioticista @akromvaleth @felipe_scar @bahalord @alluny @doctorlarry

    Os que quiserem deixar de ser marcados por favor me avise e os que quiserem ser marcados também!

    Guitar Hero: Metallica

    Platform: Playstation 3
    430 Players
    20 Check-ins

    84
    • Micro picture
      pizzaduds · over 4 years ago · 4 pontos

      Muito foda a postagem. Já conhecia a história (Metallica é uma das minhas bandas favoritas)
      Acho muito válido você analisar músicas do Metallica, mesmo algumas pessoas dizendo que Megadeth é melhor melodicamente, as letras do Metallica são infinitamente superiores na minha humilde opinião. Continue assim :D

      1 reply
    • Micro picture
      fabioskora · over 4 years ago · 3 pontos

      Ótimo post, gosto do Metallica, mas não conheço muito a historia deles. No caso da religião, muitas vezes o conceito é bom, mas é aplicado de forma extrema e opressiva, radicalizando tudo. Acho a musica, uma das melhores formas de mostrar o que sentimos.
      Valeu por me marcar.

      1 reply
    • Micro picture
      jaquearan · over 4 years ago · 3 pontos

      Excelente post, me deu vontade de ouvir Metallica, já que faz tempo que não ouço. Já estou esperando o próximo post hehehehe

      2 replies
  • 2015-02-26 01:48:00 -0300 Thumb picture

    DLCs vs Mais-Valia

    Medium 3007330 featured image

    Aproveitando o assunto da semana, o vídeo da Ubisoft em que ela pede para que as pessoas parem de reclamar, vamos falar porque eles estão certos, um pouco sobre o funcionamento do capitalismo e de quebra como a teoria da Mais-Valia de Marx não existe.

    O que é a Mais-Valia?

    A mais-valia é uma falácia das mais cômicas e pretensiosas. Alguns digam que Marx foi honesto ao desenvolver esta teoria... -sqn

    Segundo a teoria da Mais-Valia, o lucro do modelo capitalista esta em um excedente de trabalho, fica a disposição do empregador. Hipoteticamente, um trabalhador que exerça 8 horas de carga horária, recebe apenas 1 hora e seu excedente constitui o lucro, logo ele é explorado. Nesta perspectiva Marx não considera o obvio; as mercadorias não são vendidas ao mesmo tempo em que são produzidas. Portanto devem ser estocadas e depois vendidas. Assim, não existem meios para que o valor do volume produzido seja pago, ao ritmo que são produzidas. Logo o empregador não explora seus funcionários, mas os ajuda, fornecendo renda adiantada dos bens por eles produzidos, antes que sejam totalmente vendidas.

    A Realidade

    A falha desta teoria da Mais-Valia tá no valor do trabalho, onde segundo Marx o valor dos produtos vem dos custos da produção e do tempo decorrido, influenciando supostamente no valor dos produtos, repercutindo no valor do trabalho. Obviamente o valor do produto não vem destes valores, mas de uma série de fatores subjetivos (oferta e demanda). Segundo esta perspectiva, cada consumidor possui um conjunto de valores subjetivos, que influenciam em seu consumo. Portanto mesmo todo tempo e custo empregue na produção não serão capazes de garantir sua venda. Eles podem estagnar nas lojas, caindo de preço, ou se tornarem supervalorizados. Assim o empregador não tem garantias de sua venda, nem do retorno do capital investido, o que indica que o lucro capitalista não depende do custo nem do tempo, mas do valor subjetivo que é dado às mercadorias. Como podem perceber, a teoria da Mais-Valia de Marx está completamente fora e não condiz com a realidade.

    Porque a Ubisoft tem razão?

    Pra quem é manjado dos paranauês percebe que o apresentador responde cagando usando a mais-valia: "se a gente dedica tempo, se a gente dedica pessoal, essa galera também precisa ser remunerada"

    Mas sabemos que ele usa isso como sensacionalismo, apelo emocional (como é em todas as tentativas de validar a maioria das teorias de Marx, aliás). A simples verdade é que se existe esse mercado crescente de DLCs é porque existe um consumo crescente. E como toda empresa a Ubisoft vai agradar seus "fregueses", seus clientes. Ao contrário de uma padaria que o dono conhece todos os fregueses que todas as manhãs compram seu pão, é impossível pra Ubisoft (ou qualquer empresa de games) conhecer todos os seus clientes. Então como eles fazem pra saber quais produtos agradam seus clientes? Pelo número de vendas.

    No final das contas, apesar de muitos reclamarem, de muitos não comprarem a real é que a maioria acaba comprando as DLCs e sem questionar, e é pra esses, os verdadeiros cliantes/consumidores que a atenção da Ubisoft tá voltada.

    Sendo assim é inútil reclamar, como o apresentador explica no vídeo, DLC é um pequeno conteúdo a mais, uma customização; e Extenção é um conteúdo a mais, ambos não são necessários no jogo original.

    [Bônus]

    E se você é o tipo de cara socialista, marxista ou anticapitalista nem direito de reclamar tem, já que pela mais-valia o preço das DLCs deve levar em consideração que "se a gente dedica tempo, se a gente dedica pessoal, essa galera também precisa ser remunerada" -huehue

    Bem é isso aí pessoal, opinem (sem ser hater), e até o próximo artigo!

    Far Cry 4

    Platform: Playstation 4
    1027 Players
    235 Check-ins

    4
  • andreycout Andrey Coutinho
    2015-01-28 03:37:02 -0200 Thumb picture

    Socrates Jones adicionado ao Alva

    Adicionei esse joguinho de browser maravilhoso ao Alva! Recomendo extremamente pra quem gosta de Filosofia, da série Phoenix Wright e principalmente para os que, como eu, gostam dos dois ao mesmo tempo.

    http://www.kongregate.com/games/chiefwakamakamu/socrates-jones-pro-philosopher/

    Socrates Jones: Pro Philosopher

    Platform: PC
    4 Players
    1 Check-in

    2
    • Micro picture
      pyro · almost 5 years ago · 2 pontos

      Quais os critérios pra adicionar um jogo de navegador aqui? :v

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...