• 2019-02-19 00:33:31 -0300 Thumb picture
  • luis_carlosblj Luis Carlos Bernardes
    2019-02-04 21:27:04 -0200 Thumb picture
    36
  • 2019-01-22 08:17:38 -0200 Thumb picture

    Extra Turn 5.1 - Piratas, deuses nórdicos e crianças superdotadas

    Medium 612154 3309110367

    2019 está entre nós e o podcast sobre RPGs do DaiBokém! também, e para o primeiro do ano falo sobre God of War (PS4) como um título de ação do gênero, as primeiras horas com EarthBound (SNES) além do álbum do OCReMix dedicado a Skies of Arcadia, Persona "R" (!?) e mais.

    ▼ https://daibokem.blogspot.com/2019/01/extra-turn-5...

    [@jvhazuki]

    Skies of Arcadia

    Platform: Dreamcast
    437 Players
    38 Check-ins

    7
  • 2019-01-05 11:42:03 -0200 Thumb picture

    NO CRYING UNTIL THE ENDING

    Mas pode chorar com esse vídeo sim! Eu gosto tanto desse comercial live action e a música usada que me empolgo para começar a continuação de Mother, ou iniciar Earthbound no meu SNES Mini. 

    EarthBound

    Platform: SNES
    1433 Players
    220 Check-ins

    8
  • santz Santz
    2018-12-28 14:33:47 -0200 Thumb picture

    Jogo finalizado nº: 323 - RPG de NES com músicas FODAS!

     A série Mother é uma das que mais tinha curiosidade de conhecer, então, como de costume, fui para o primeiro jogo da série, que nasceu lá no Famicom. Logo de cara, me deparei com uma música de abertura sensacional e logo quando sai da casa, ouvi a trilha do mapa e é outra música foda. No decorrer do jogo, vários ambientes possuem trilha sonora fantástica, sendo a minha preferida, o tema do trem. Que beleza. Preferi jogar essa versão de NES do que a versão de GBA que tem tradução PT-BR por causa da música e valeu muito a pena. Tirando a música e os gráficos, que são bem simpáticos e diferentes dos que tínhamos na época, o jogo peca em todo resto.

     A dificuldade do jogo é bastante alta, até mesmo no começo, pois demora você pegar um parceiro para te ajudar nos combates. Com exceção do último integrante, todos os personagens que entram para a sua equipe, começam no LV 1 e é um saco ter que ficar lutando até que eles alcancem um level decente. O enredo não faz muito sentido e a forma que é contada também deixa a coisa bastante confusa. Por fim, eu não entendi nada da história. Além disso, tive que recorrer ao detonado constantemente. A jogabilidade lembra Dragon Quest, com menu de falar, checar, etc., algo bem ultrapassado para a época. Acabei gastando várias horas no jogo por que tinha que parar para upar toda hora. É um jogo bem legal e vale total a pena para curtir uma música foda no NES, mas serviu apenas para me preparar para o grandioso Earthbound.

    Mother

    Platform: NES
    233 Players
    49 Check-ins

    36
    • Micro picture
      darlanfagundes · 8 months ago · 2 pontos

      Hehehhee...esse é o que mais gosto da série inteirinha!

      1 reply
    • Micro picture
      kipocalia · 8 months ago · 2 pontos

      Entre os jogos da série mother, o que menos gostei foi esse. É muito facil tu fazer alguma coisa errada., se perder...

      1 reply
  • pauloaquino Paulo Aquino
    2018-10-18 18:39:36 -0300 Thumb picture

    Earthbound

    Eu fiz uma pesquisa sobre esse jogo e agora estou mais impressionado com ele do que antes. 

    Como é possível que um jogo que parece, em algumas coisas, com Persona, pelas questões maduras que aborda, e pelo aspecto sombrio do roteiro (elaborado, por sinal); ter um visual que parece Snoopy e Charlie Brown? Lembram do Snoopy? 

    OK, Earthbound não cita as cartas do tarô, mas tem algumas coisas sombrias. 

    E aquela sociedade secreta que tem no jogo? 

    Pior é aquele "coisa ruim" que é aquele chefe final, que perturbador aquilo!... 

    EarthBound

    Platform: SNES
    1433 Players
    220 Check-ins

    6
    • Micro picture
      onai_onai · 10 months ago · 1 ponto

      Ainda não joguei essa série...

    • Micro picture
      jcelove · 10 months ago · 1 ponto

      A série Mother toda é assim. O criador/roteirista é um comediante/escritor famoso no Japão e fez questão de colocar essas temáticas mais sérias dentro da caixinha feliz que o jogo aparenta ser. O que vc citou é só uma pequena parte.hehe

  • 2017-10-05 16:02:47 -0300 Thumb picture
  • engayzando celle
    2017-06-01 10:22:06 -0300 Thumb picture

    Earthbound nosso de cada dia

    Medium 3497509 featured image

    Vocês já amaram um jogo antes mesmo de nunca o terem jogado? Bem, isso foi o que eu senti desde o primeiro momento em que soube da série Mother, fiquei sabendo da existência da mesma há uns três anos atrás a partir de um "top 10 jogos com histórias mais obscuras" (ou algo do tipo, não me lembro bem) no youtube, eu fiquei muito intrigada com a trilogia e com a história por trás dela e dali nasceu minha fascinação pelo jogo. Só tive a oportunidade de jogar um dos jogos da trilogia pela primeira vez esse ano (isso após três anos só lendo coisas sobre o jogo) e comecei a aventura com Mother 3. Embora ele tenha sido o terceiro e o último a ser lançado, decidi que ele seria o primeiro pelo simples motivo dele não ter uma ligação tão direta com os dois primeiros jogos (embora tudo o que tenha acontecido em Mother 3 tenha sido consequências de coisas que aconteceram em Mother 1 e 2), óbvio que os títulos antecessores tiveram um papel fundamental pra que Mother 3 pudesse acontexer, mas o jogo trás consigo algo único e diferente que só jogando dá pra entender. Depois de um mês após ter finalizado Mother 3, resolvi jogar Mother 1. Eu achei não ficaria tão presa ao jogo como fiquei com o terceito jogo da série Earthbound, mas eu realmente não sei o que tem nessa trilogia que me faz ficar tão fissurada no jogo a ponto de não querer parar de jogar até me dar fome ou sono. Eu ainda não joguei Mother 2, mas espero conseguir jogá-lo ainda esse ano, mas posso afirmar com absoluta certeza que eu me apaixonarei pelo jogo assim como aconteceu de forma tão natural com Mother 1 e 3.

    Agora eu gostaria de lhes dizer o que acho que torna a trilogia tão especial: Os 3 jogos foram lançados em épocas onde jogos de rpg medievais e outros estilos de jogos que hoje em dia são considerados genéricos, ainda estavam em alta (talvez por isso a série tenha fracassado miseravelmente quando saiu do Japão, as pessoas ainda estranhavam qualquer tipo de jogo que viesse com propostas diferentes daquelas com as quais eles já estavam acostumados a ver), a série Earthbound inovou todas as vezes nunca desapontando aqueles que viviam ansiosos por um novo jogo com novos personagens mas com aquela mesma essência única que até hoje só Mother tem. Mother 1,2 e 3 nos trouxe humor, personagens carismáticos, enredo simples que ao mesmo tempo conseguiu ser fascinante, um pouco de obscuridade (não se enganem com a aparência fofa da série, ela tem um teor bem pesado) e nem preciso falar da trilha sonora, né? É uma combinação simples e que pode tornar um jogo simples em uma aventuera do CARALH*! Shigesato Itoi errou feio em não dar continuidade à série, ele fez o fim do mundo acontecer dentro do enredo do jogo, então ele poderia ter feito mais uma vez uma infinidade de coisas para uma sequência de Mother 3, Earthbound é um mundinho de múltiplas possibilidades e Shigesato e a Nintendo com certeza negligenciaram uma de suas mais belas criações (o que não me surpreende tanto vindo da Nintendo que basicamente tem reputação de jogar bons personagens e bons jogos no lixo). Por parte da Nintendo, Earthbound é algo para se deixar no passado, mas isso definitivamente não é o que a maioria das pessoas pensam, Mother falhou no passado, mas hoje em dia seria um sucesso e afirmo isso sem um pingo de dúvida. A fanbase da série cresceu muito ao passar dos anos e o que não falta é fã querendo uma sequência da nossa queridinha e jogos de sucesso sendo feitos com inspiração em Mother (Undertale, OFF, Lisa, etc.), e inclusive, uma equipe de produtores independentes têm trabalhado duro fazendo um jogo não oficial de Mother 4 (os desenvolvedores mudarão o nome do jogo pra que não haja qualquer problema de direitos autorais), o jogo está ficando muito bonito e deve ser lançado ainda esse ano, admito que minhas expectativas estão altas. O que podemoa fazer por agora é torcer pra que o jogo seja um sucesso (espero que seja um tapão na cara da Nintendo) e esperar que o Travis (personagem protagonista de mother 4) salve o mundo como seus amigos de tempos diferentes, Ninten, Ness e Lucas fizeram, receberemos esse jogo de braços abertos.

    Mother 4 (Trailer):

    0
  • darknana Tayna Tavares
    2017-01-03 09:01:50 -0200 Thumb picture

    Boatos: Mother 3 pode chegar Nintendo Switch

    De acordo com o boato, Mother 3 vai chegar para o Switch no segundo semestre de 2017, e será feito um anunciamento oficial da Nintendo no dia 11 de janeiro. Ainda não se sabe se o nome será alterado, como no caso de Mother que foi para Earthbound Beginnings quando foi lançado para o Wii U em 2015

    Fonte: Retrogamer Blog

    Mother 3

    Platform: Gameboy Advance
    496 Players
    131 Check-ins

    4
  • 2016-12-18 03:35:35 -0200 Thumb picture
    7
    • Micro picture
      santosmurilo · over 2 years ago · 2 pontos

      Ouço falarem muito desse jogo mas nunca joguei. É tudo isso que dizem? Vale msm a pena?

      1 reply

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...