• 2021-03-03 15:57:54 -0300 Thumb picture

    Qual Série da Square Enix Pode Ganhar um Remake?

    Medium 3854804 featured image

    Por bem ou por mau, Remakes/Remasters vieram para ficar. Depois que as empresas perceberam que existem fãs dispostos a pagar o mesmo preço - ou até mais - pelo relançamento de um jogo antigo, elas pisaram no acelerador com tudo. Diacho, eu sou um desses fãs loucos. Eu tenho seis Final Fantasies no meu PlayStation. Comprei o VII, VIII e IX para PS3 e depois comprei as versões remasterizadas para PS4. (Troféus é vida!)

    Square Enix, muito esperta, sabe que existem pessoas como eu e apostou todas as fichas em remasterizações e/ou remakes de jogos. Não é algo inédito para empresa, que já havia lançado inúmeras versões dos primeiros Final Fantasy para diversos consoles, como Wonderswan Color, GBA, PSP, Nintendo DS, Steam e também de Final Fantasy mais atuais, como a versão remaster de FFX/FFX-2. Ainda estou no aguardo de Final Fantasy XIII. (Eu gosto, ok? Me deixa.)

    Mas nem só de Final Fantasy vive Square Enix. Apesar de ter sobrevivido por conta deles. Last Remnant, um JRPG exclusivo de Xbox 360 e Windows chegou para alegrar a vida dos Sonystas com um remaster. O Star Ocean: First Departure, que já era um remake do primeiro jogo, recebeu um remaster para Switch e PS4 em 2019. Till the End of Time e The Last Hope, Star Oceans respectivamente de PS2 e PS3, também chegaram ao PS4 com um remaster.

    Recentemente, da série mais arborizada, tivemos Secret of Mana, Trials of Mana e o anunciado Legend of Mana. SaGa Frontier é um outro jogo da Square Enix que vai receber o tratamento HD (e caso seja bem sucedido, muito possivelmente SaGa Frontier 2). Sem contar Final Fantasy VII Remake que foi um sucesso de vendas, críticas e tem um horizonte iluminado pela frente. Final Fantasy VII Remake Intergrade para PS5 foi anunciado e vai nos entregar um episódio com a ninja mais querida da série, Yuffie Kisaragi.

    Provavelmente devem ter outras remasterizações perdidas por aí, mas acho que você entendeu o meu ponto. Não é de hoje que a Square Enix porta seus jogos para gerações modernas, e tudo indica que ela não pensa em parar. Com o recente anúncio da Forever Entertainment, a empresa polonesa entrou em um acordo com a Square Enix Japan (preste atenção na nacionalidade) para fazer o vários remakes de uma propriedade intelectual pertencente à desenvolvedora de JRPGs maravilhosos.

    Depois do anúncio começaram a brotar inúmeras especulações de quais jogos mereciam receber um remake. Dentre eles, certamente o icônico Chrono Trigger apareceu com maior frequência. Xenogears, Valkyrie Profile, Vagrant Story e até Legend of Dragoon (que nem é da Square, mas sim da Sony) foram um dos jogos especulados.

    Portanto, venho aqui, como fã, especulador amador e apostador fracassado nas horas vagas, dar os meus dois centavos em qual franquia eu considero possível receber o tratamento de remake ou ao menos, qual eu gostaria que recebesse.

    Antes de começar, vamos analisar e desmembrar minuciosamente o anúncio da Forever Entertainment:

    Create several remakes (criar vários remakes) - não sei em português, mas em inglês, a palavra several significa mais de 2, ou seja, no mínimo 3. Vou considerar que seja uma franquia que tenha no mínimo 3 jogos no catálogo.IP owned by Square Enix Japan (propriedade intelectual pertencente à Square Enix Japão) - isso, automaticamente, excluiria Square Enix Europe e todos os jogos da Eidos, como Tomb Raider, Legacy of Kain e Fear Effect.

    Meu acúmen de negócios e meu polonês não estão muito afiados, então não sei se essa leitura minuciosa é válida ou se eles descreveram Japão, mas na verdade estão considerando o catálogo da Square holding como um todo. Enfim, vamos partir para os jogos!

    Jogos Com Alta Probabilidade de Remake

    Front Mission

    Front Mission é um RPG tático maravilhoso da Square. O primeiro que joguei foi Front Mission 3 no PS1 e mesmo não sendo fã de temas sci-fi ou mechas, o jogo me fisgou rapidinho. A batalha em um grid isométrico é semelhante aos outros jogos de estratégia da época, mas o sistema onde nossos mechas - chamados de wanzers no universo Front Mission - tinham partes diferentes e quebráveis, nossa, era incrível! Arriscar se aproximar do inimigo, mas desferir um ataque corpo-a-corpo tinha suas vantagens. Ainda mais quando uma habilidade era aleatoriamente ativada. Mas ficar numa distância gigante dando tiros de snipers ou soltando mísseis era tão prazeroso quanto… menos quando um inimigo se aproximava de você tão rápido quanto um Gundam.

    A série brilhou até Front Mission 2089: Border of Madness, mas cagou feio em Front Mission Evolved e nem vou comentar de Left Alive, jogo stealth que se passa no universo da série e as semelhanças acabam aí. O primeiro Front Mission, lançado em 1995, recebeu um port para Nintendo DS em 2007. Já faz um bom tempo desde que essa série munida de intrigas políticas deu as caras e creio que seria uma ótima candidata para os remakes da Forever.

    Parasite Eve

    Para ser sincero, nem sei se eu gostaria de um remake desta série. O primeiro jogo foi lançado em 1998 e eu devo ter jogado um ou dois anos depois do lançamento. Eu só tinha 10 anos e assistir a cena inicial da ópera, onde todo mundo entra em combustão espontânea, me deixou traumatizado por um bom tempo.

    Mas brincadeiras à parte, o jogo é um RPG de ação com elementos macabros de survival horror. Jogar com Aya Brea, a policial mais casca grossa do universo, e caçar Eve era estar constantemente em alerta com a mão na boca para evitar o coração pulando pra fora. A antagonista conseguia transformar os bichos mais fofos nas criaturas mais bizarrolentas que eu já tinha visto. Os cenários sempre hostis, com uma música de fundo digna de uma formatura satânica e os passos da Aya ecoando pelo ambiente, ajudaram a me traumatizar ainda mais. Atualmente, os polígonos antiquados não assustam muita gente, e é exatamente um dos motivos pelo qual a série merece um remake.

    Porém, ao mesmo tempo que existe esperança para Parasite Eve, também existem impedimentos. No quesito esperança, Parasite Eve teve sua marca registrada pela Square Enix no Reino Unido em Fevereiro de 2019. Na época, muito se falava sobre um remaster ou port do jogo para gerações atuais, mas só o silêncio perdurou. Por outro lado, temos impedimentos. Parasite Eve é um romance sci-fi escrito por Hideaki Sena, uma doutora em farmacologia (por isso mitocôndria é o elemento mágico da série). Yoshinori Kitase e Tetsuya Nomura conversaram sobre um relançamento da série, mas informações não confirmadas (boatos) dizem que o relançamento atrasou devido aos direitos da série serem co-proprietários com Hideaki Sena.

    Enfim, existem altas chances de Parasite Eve ser uma das séries cotadas para o remake, sendo que ela possui três jogos, foi desenvolvida pela Square e mesmo abandonada, até hoje não foi esquecida.

    Jogos Com Baixa Probabilidade de Remake

    Drakengard

    A série que é um híbrido entre Dynasty Warriors e Ace Combat têm três jogos no seu catálogo e seria até irônico um remake pela Forever, pois fãs constantemente compararam a gameplay alada de Drakengard com Panzer Dragoon, um dos jogos que recebeu o remake pela Forever Entertainment.

    Para quem não sabe, Drakengard se passa no mesmo universo de NieR. Um dia tentei me aventurar e ler toda a lore, mas quase tive um derrame. Como você deve saber, o primeiro jogo da série NieR está passando por um remaster e sua data de lançamento está próxima, 23 de Abril. Intitulado NieR Replicant ver.1.22474487139…, o jogo da Square está sendo remasterizado em parceria com a Toylogic e monitoramento do diretor Yoko Taro.

    A baixa probabilidade que menciono aqui é dos jogos serem refeitos pela Forever. Se o remaster de NieR já está nas mãos de uma empresa, por que a Square colocaria outra na equação? Se NieR Replicant v.122 for tão bem sucedido como Automata, existem enormes chances de Drakengard receber o mesmo tratamento VIP, mas também com a Toylogic. Eu particularmente adoraria! Me diverti muito montando nos meus parceiros dragões e fazendo churrasco de trocentos inimigos. Mesmo que isso tenha me custado um rim.

    Dragon Quest

    No acordo entre a Forever e Square, foi dito que a empresa polonesa ficaria com mais de 50% do faturamento dos remakes. Pense comigo, você aceitaria um termo desses com uma das suas franquias carro-chefe?

    Dragon Quest é um dos JRPGs mais icônicos do mundo e imensamente famoso nas terras nipônicas. Sua antiga rivalidade com Final Fantasy deixava até Coca-Cola e Pepsi no chinelo. Os primeiros jogos da série receberam diversos remasters e ports para outros consoles, assim como os primeiros Final Fantasy. O primeiro Dragon Quest recebeu o seu mais recente port em 2019 para Switch, adaptando a versão mobile do jogo.

    Eu joguei do I ao IV no celular e se colocarmos lado a lado a versão de NES, os aprimoramentos são ótimos! Tem espaço para melhorias, receber um design mais moderno enquanto mantém a gameplay intacta? Claro. Mas vai? Como eu disse, não é impossível, mas bem improvável.

    Final Fantasy Crystal Chronicles

    Eu pensei em falar sobre os primeiros Final Fantasy. Mas se quiser saber minha opinião, é só copiar e colar as informações sobre Dragon Quest.

    Mas Crystal Chronicles não é um filho querido. Como um spin-off, ele é aquele primo distante que nós gostamos, mas não fazemos questão de encontrar sempre. A série tem seis jogos ao todo e foram lançados para os consoles da Nintendo. Dois deles com gêneros atípicos: My Life As a King é um jogo de simulação e construção de cidade (muito fofo, diga-se de passagem) e My Life as a Darklord é um tower defense.

    O primeiro jogo da série foi remasterizado e lançado em 2020 para os consoles e recebeu avaliações medianas da crítica especializada, mas abaixo da média do público geral. Infelizmente não consegui encontrar informações completas referente ao faturamento até então, mas de acordo com a Famitsu, na semana de lançamento foram vendidas quase 80,000 unidades no Japão.

    Com mais cinco jogos disponíveis para um remaster, pelo menos dois desses sendo do mesmo estilo que Crystal Chronicles, a Square pode ter tido um resultado bom, mas não o suficiente para dedicar seu time a outro remaster. Nessa ocasião, surge uma empresa terceira e oferece dar continuidade aos remasters, com uma divisão - quase nada justa - dos lucros. Será? Um grande devaneio de minha parte, mas como diria Justin Bieber, never say never.

    Jogos que Não São da Square Enix Japan, Mas Podem Receber Um Remake

    Na hipótese de que o anúncio da Forever Entertainment tenha mencionado Square Enix Japan apenas como um erro de digitação ou configurando a companhia como um todo, o papo muda completamente. Existem alguns jogos pertencentes à Square Enix Europe e os fãs acreditam ferrenhamente que podem ser remasterizados: Legacy of Kain, Fear Effect e Gex.

    Legacy of Kain e Gex eram ambos da Crystal Dynamics, que foi adquirida pela Eidos, que foi adquirida pela Square Enix e se tornou a Square Enix Europe. (É difícil acompanhar todas essas aquisições capitalistas). Fear Effect foi desenvolvido pela Kronos Digital Entertainment e publicado pela Eidos, que detém os direitos da série e consequentemente agora pertence à Square Enix.

    Legacy of Kain tem ao todo cinco jogos e um spin-off multiplayer. É um jogo de ação/aventura e os dois primeiros jogos empregavam a mecânica de mundo aberto como a série Zelda, e os três últimos foram mais lineares separados em capítulos. Confesso que joguei pouco em minha época, mas entendo o apelo dos fãs por um remaster e concordo que seria uma ótima opção.

    Gex era o mascote da Crystal Dynamics, um geco com roupagem inspirada em James Bond e Austin Powers. O réptil foi criado para competir diretamente com Mario e Sonic e sua jogabilidade era o tradicional jogo de plataforma em 3D. Não é difícil navegar pelo reddit e ver fãs clamando por esse remaster.

    Fear Effect tem uma procedência interessante com a Forever. Um estúdio francês, Sushee, jogou a ideia na Square sobre reviver o clássico e a empresa aceitou. Desenvolvida por Sushee, mas publicado pela Forever Entertainment, muitos acreditam que essa relação seja o suficiente para especular um remaster dos primeiros jogos. Que aliás, tecnicamente já existe. Fear Effect Reinvented é um remake do primeiro jogo e está sendo produzido pela própria Forever! Anunciado em Agosto de 2017, o jogo teve uma breve apresentação de gameplay, mas está sem notícias desde Outubro de 2019 quando a Forever disse estar reinventando o jogo. Faria sentido todo esse burburinho em um jogo que já está nas mãos da Forever?

    Concluindo, essas foram minhas hipóteses fundadas em pesquisas, muito empirismo como jogador e um toque de Nostradamus. Se eu fosse obrigado a apostar minhas economias, com certeza colocaria metade das minhas fichas em Parasite Eve e a outra em Front Mission, mas nunca se sabe, né? O legal é que caso eu acerte, é só eu linkar de volta para essa matéria e aproveitar meus cinco minutos de glória. Se eu errar, serei só mais um na multidão.

    27
    • Micro picture
      artigos · about 2 months ago · 2 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

      1 reply
    • Micro picture
      noyluiz · about 1 month ago · 2 pontos

      Não acho que vai ser da Eidos (minha aposta é Valkirye Profile ou Chrono)

      1 reply
    • Micro picture
      thiagoreis · about 1 month ago · 2 pontos

      Parasite Eve 🙏🏻🙏🏻🙏🏻

      1 reply
  • cyberwoo Diogo Batista
    2020-11-07 10:50:33 -0200 Thumb picture
  • 2020-11-03 22:05:49 -0200 Thumb picture

    DRAGON QUEST® XI S: Demo grátis na Steam

    Medium 744642 3309110367

    Previsto para ser lançado em 4 de dezembro, a demo para 10h grátis dará um vislumbre de como o jogo desenrolará, e , caso complete-a será recompensado com "Seed of Skill" x3 - bastante útil , caso posteriormente queira continuar a aventura no jogo completo. (Complete a demo antes de comprar o jogo,senão não ganhará o bônus caso conclua-a).

    https://store.steampowered.com/app/1295510/DRAGON_...

    Após 30 anos, a versão em anime tb ganhará uma continuação! s2

    Fiz um vídeo assim que conferi a notícia e nele tem um resuminho para relembrar a aventura do pequeno guerreiro, Fly!!!

    Dragon Quest XI

    Platform: Nintendo 3DS
    41 Players
    4 Check-ins

    24
    • Micro picture
      xch_choram · 6 months ago · 1 ponto

      rapaz eu vi gratis ali, o coração deu até aquela parada kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      rafael_mingato · 6 months ago · 1 ponto

      Eu não sei vocês, mas esse personagem da foto lembra muito o Androide N° 17. 🤔🤔

      3 replies
  • chronoxplay Santiago
    2020-08-22 15:30:35 -0300 Thumb picture
    chronoxplay checked-in to:
    Post by chronoxplay: <p><a href="https://youtu.be/LQQ5dkXrSAA"></a></p><
    Dragon Quest

    Platform: NES
    136 Players
    15 Check-ins

    Compartilhando a Playlist que fiz jogando o Dragon Quest I portado para Super Nintendo (SNES) com a legenda em inglês.

    Parte 1 - Encontrando a Primeira Loja que Vende Magic Key

    Parte 2 - Pegando a Armadura mais Forte

    Aqui finalmente salvamos a princesa (e já começamos a pegar ela kkkk), o que possibilitou pegar os 3 itens necessários para criar uma ponte de arco-íris para acessar a ilha do castelo do Dragonlord. Os 3 itens necessários são: Staff of Rain, obtido depois que provamos nossa força para o mago do norte entregando a Silver Harp; Stones of Sunlight, encontrado no castelo de Tantegel depois que encontramos a primeira loja que vende Magic Key (o mago devia ser sonâmbulo, depois que nos entrega o item ele vai logo dormir); e o último item é o Token of Erdrick, encontrado no meio de um ácido seguindo as coordenadas dita pelo mago da última cidade (temos que usar o amor da princesa para encontrar as coordenadas - Gwaelin's Love).

    Na verdade o terceiro item é o Raibow Drop obtido pela fusão do Staff of Rain e o Stones of Sunlight, mas esse item só pego no próximo vídeo.

    Parte 3 - Pegando a Arma mais Forte

    Na última parte da gameplay conseguimos utilizar os 3 itens para acessar o castelo do Dragonlord. Temos que ir no mago que expulsa a gente da dungeon e apresentar o Token of Erdrick. Ele reconhecerá a gente como descendente e vai utilizar o Staff of Rain e Stones of Sunlight para criar o Raibow Drop. Com o último item em mãos, temos que utilizá-lo na ponta a esquerda no norte da mesma ilha. Um ponte de arco-íris será criada dando acesso ao castelo do Dragonlord.

    O castelo possui caminhos falsos. O caminho verdadeiro está escondido e se encontra na sala do trono. Atrás do trono temos que usar o comando Search para revelar uma escada. Seguindo os corredores a esquerda vamos encontrar caminho para a área central que dá acesso ao baú com a espada mais forte do jogo - Sword of Erdrick. Depois de encontrar o caminho certo até de fato a sala do último chefe (tem uma parte que é um loop), podemos pegar mais um item para equipar - o Cursed Belt. Quando equipamos esse item, não conseguimos desequipar e nem mais entrar no castelo Tantegel, então não equipe ele se você ainda pretende passar lá para fazer um save.

    No último chefe temos a opção de se aliar a ele (não sei o que acontece se nos aliamos a ele). Depois que derrotamos as duas formas dele, temos que voltar para o castelo Tantegel e ver o fim dessa historia. A princesa pede para ela acompanhar a gente na jornada e rola uma espécie de casamento.

    Extra - Caçando MetalSlime

    Nesse vídeo mostro a localização do monstro que dá mais experiência - metal slime. Ele dá um total de 775 XP e demora um pouco para aparecer as lutas contra ele. Basicamente ele tem uma alta agilidade e defesa, tomando 1 de dano cada vez que acertamos um ataque nele, mas para aliviar o HP é curto em torno de 6.

    Deixo novamente a crítica abaixo que foi feita pelo @manoelnsn:
    http://alvanista.com/games/snes/dragon-quest-i-ii/reviews/695870-diga-nao-ao-anacronismo


    14
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 months ago · 2 pontos

      Metal slime vai ficar obsoleto rápido nos próximos jogos, aí tu vai conhecer as variantes dele, ahauhaua

      3 replies
    • Micro picture
      kalini · 8 months ago · 2 pontos

      Não sou lá fã de Dragon Quest, mas tive uma experiencia bem legal com ele, especialmente quando voce viaja na parte oeste do mapa.

      3 replies
  • 2020-04-14 21:08:18 -0300 Thumb picture

    Dragon quest Your story | Review

    Esse video é um review do filme Dragon quest your story disponivel na Netflix ლ(ಠ▃ಠლ)

    ⭐Se torne um apoiador do canal: https://apoia.se/madrugatina

    ⭐Compre na GOG: https://bit.ly/2icWL7n

    ⭐Fale com o Radnas (✌゚∀゚)★

    ⭐Facebook : http://on.fb.me/1bsuAp7 ☜═㋡

    ⭐Twitter: http://bit.ly/1b0Qvns ☜═㋡

    ⭐Alvanista: http://bit.ly/1i3LShz ☜═㋡

    ⭐Instagram: https://bit.ly/2qxixa4 ☜═㋡

    ⭐Grupo do canal no facebook: http://on.fb.me/1dabXMk ☜═㋡

    ⭐Discord: https://discord.gg/SBkSSyb ☜═㋡

    ⭐Steam: http://bit.ly/steamradnas ☜═㋡

    ★ =^.^= ★

    Obrigado por assistir manolos, são vocês que nos dão força para fazer os vídeos o/ Cliquem em gostei, se inscrevam no canal e adicionem os vídeos aos favoritos, isso nos ajuda demais *o* até a próxima o/

    Dragon Quest V

    Platform: SNES
    280 Players
    16 Check-ins

    5
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2020-02-21 18:43:25 -0300 Thumb picture

    Desafio: Melhores armas dos games

    Fui desafiado pelo @lukenakama a citar os melhores armamentos dos jogos eletrônicos... Mas como sou um RPGzero miserável, decidi falar só de armas de RPG aqui, hauhaua

    Regras:

    1 - Fazer um Top 5 ou um Top 10 (ou menos ou mais) com as melhores Armas dos Games de acordo com a sua opinião!

    2 - Marque a persona @desafio

    3 - Marque uma galera!

    Todos que conheço já devem ter sido marcados, então quem ainda não fez, sinta-se à vontade pra participar!

    1 - Ultima Weapon - Final Fantasy VI

    Chamada de "Atma Weapon" nas versões de snes e ps1, Ultima weapon é uma espada recorrente na franquia Final Fantasy, porém só me lembro dela bem no VI mesmo, onde tu ganha a bichinha relativamente cedo, ela faz barulho de sabre de luz, é gigante (se comparada com sprite do personagem) e ainda causa um dano relacionado ao HP do usuário, ou seja: quanto mais HP, mais dano ela causa. Ela foi uma arma criada na "Guerra dos Magi" (a guerra que dizimou a o mundo de FFVI no passado, causando uma hecatombe que fez a humanidade regredir tecnologicamente em séculos) e refletia a magia do inimigo, daí essa aura bisonha que ela tem.

    2 - Erdrich's Sword - Dragon Quest 

    Chamada de Loto's Sword originalmente, ela é a arma mais icônica da franquia, àquela que só pode ser empunhada pelo verdadeiro herói. Apesar de ser a arma principal que rege a lenda do herói na trilogia inicial de Dragon Quest, a bichinha também faz aparições em outros jogos, como recentemente no XI, e é sempre retratada como uma arma de muito poder.

    3 - Monado - Xenoblade Chronicles

    Shulk é figurinha carimbada de Smash Bros, mas a galera desse party game que quer ser jogo de luta da Nintendo não deve saber é que essa espada peculiar dá ao portador a possibilidade de ver acontecimentos futuros, mesmo em batalha... Pena que o combate de Xenoblade seja tão ruim (se fosse turn based boladão igual Xenogears e Xenosaga seria duca), mas ainda assim Monado é uma arma do cacete!

    4 - Glancer Reviver - Valkyrie Profile

    Essa arma de nome estranho é uma espada motherfucker que a Lenneth consegue no final do game, pouco depois do final boss usar o Dragon Orb pra fazer um estrago do cacete (estrago que não afetou Lezard Valeth, afinal ele é Lezard Valeth). Ela tem todo um significado simbólico na trama, sendo proporcional à lança Gungnir do Odin (quiçá até mais poderosa) e em batalha ela permite à valquíria usar a extensão final do Nibelung Valesti, deixando o especial dela mais foda ainda!

    5 - Buster Sword - Final Fantasy VII

    Acha realmente que eu ia falar dessa lâmina de estilete com buraco? A minha escolha é na verdade essa:

    5 - Masamune - Chrono Trigger

    OK, Frog é legal, mas sempre que me lembro da Masamune ou me vem na cabeça aquela MERDA ABSURDA que fizeram com ela naquela abominação cujo nome não deve ser dito do PS1 ou naquele espeto de churrasco vegano gigante do Zéfirote, então lá vai uma espada do caralho de verdade:

    5 - The Black Sword - Ultima VII

    A Black Sword é uma espada disponível na expansão "Forge of Virtue" e é uma espada feita de um material raro em Britannia que possui um demônio selado nela. É interessante o método que tu tem que criar a espada, é usando uma forja mesmo, e em seguida indo até um espelho onde tem um capiroto full pistola por ter sido aprisionado e soltá-lo... Pra prendê-lo novamente na sua espada, ahuahauhaua

    Em batalha ela é a melhor arma do jogo, pois além de ser bem forte pode soltar magias de fogo de graça, matar inimigos poderosos com suas mandingas de capeta e ainda faz piadas... Quer arma melhor que essa? huahauhaua

    Ultima VII: The Black Gate

    Platform: PC
    31 Players
    7 Check-ins

    35
    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · about 1 year ago · 3 pontos

      HP % era uma das props da Ultima do 6, principal fonte de dano dela era Lv a ponto que no Lv 99 o usuário mais fraco de Ultima a Terra que tem innate STR sem Esper bônus mais baixo dos chars tem o damage roll mais baixo na possível em 10002 ou seja vai sempre causar damage cap.

      E Buster é bem ruim mesmo, por causa do sistema de Limit Break muitas armas do FF7 dão menos da metade do dano de arma early da era SNES em comparação o 7 tem ultimates bem poderosas.

      A espada do Hero DQ1 nem era grandes coisa, a coisa mais absurda é a armadura dele que era tão forte e stackava tantos bônus que nunca outro DQ teve uma com efeito similar, eles separam os efeitos dela em skills e em items impossíveis de se ter no mesmo party member.

      Masamune do Frog é situacional pro efeito dela de quebrar a defesa dos inimigos que ele tem na plot e a única arma que ele tem pro late-game já que o upgrade dela na quest do Cyrus torna ela na melhor arma.

      E Mastermune do Chrono Cross é bem forte, ela tem uma propriedade bem interessante de auto crit qualquer inimigo que tenha uma tipagem se tornando mais forte que o Rainbow Swallow.

      E Chrono Cross é um dos melhores JRPGs, você que é fresco.

      11 replies
    • Micro picture
      lukenakama · about 1 year ago · 2 pontos

      Nunca joguei Xanablade mas adoro usar o Monado no Smash Bros devia ter lembrado dela kkkkkkkkkkkkkkk
      Por mais que tenha sido uma menção piada, eu gosto da Masamune de Chrono Trigger kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Ela ainda pertence ao melhor personagem do jogo, o Frog...

      10 replies
    • Micro picture
      mastermune · about 1 year ago · 2 pontos

      MASTERMUNE DO CHRONO CROSS, AUHEUHAEUHAEUAHEUAHEA!!!

      1 reply
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2020-01-03 11:48:13 -0200 Thumb picture

    Dragon Quest XII está em produção, mas vai demorar chegar

    A Square Enix confirmou que a produção de Dragon Quest XII já foi iniciada. Em uma mensagem de ano novo, Yuji Horii, o criador da franquia, disse para a Famitsu que o jogo já está sendo desenvolvido, mas que demorará um bom tempo para ser lançado.

    No ano passado, lançamos o longa Dragon Quest: Your Story e também a versão de Switch de Dragon Quest XI. Além disso, lançamos Dragon Quest Walk para celulares e anunciamos as adaptações para games de Dragon Quest: The Adventure of Dai. Agora, 33 anos depois do primeiro jogo, estou extremamente feliz em dizer que somos capazes de enfrentar novos desafios tais como a produção de Dragon Quest XII. Para todos os fãs que apoiaram Dragon Quest até agora e para todos os que trabalharam na franquia, obrigado. Apesar de não saber até quando continuarei nisso, quero trabalhar o máximo possível durante um pouco mais de tempo. Que este ano possa ser fantástico para todos.

    Além do que disse na mensagem de ano novo, existem algumas coisas das quais não posso falar, mas quanto a Dragon Quest XII, ainda falta algum tempo. No entanto, poderão ser alcançadas algumas coisas antes disso. Por favor, me apoiem este ano’

    Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age

    Platform: PC
    47 Players
    42 Check-ins

    22
    • Micro picture
      tiagodantas · over 1 year ago · 2 pontos

      E eu querendo os DQs antigos saíssem na Steam XD

  • 2019-11-03 13:26:34 -0200 Thumb picture

    Planilha de traduções de RPG atualizada (3.11.19)

    Medium 668689 3309110367

    Aventureiros,

    Nova atualização da nossa planilha disponível e com ela alcançamos a marca de 458 projetos de tradução -- em sua maioria prontos para serem jogados. Hoje porém eu destaco um dos jogos mais importantes da minha vida como fã de RPGs: Dragon Quest III!

    Lançado originalmente no final dos anos 80 para o Famicom o terceiro capítulo de uma das mais clássicas franquias de RPG do Japão (e mundo) recebeu um remake para o Super Famicom (SNES) em 1996 que, infelizmente, não foi localizado oficialmente dado ao fechamento da divisão americana da Enix. Em comparação ao original a melhoria gráfica é um destaque óbvio, principalmente porque DQIII se baseou nos visuais de DQVI e também por ter sido um dos últimos jogos lançados ao console da Nintendo -- utilizando assim todo o seu poderio. Apesar de tê-lo conhecido no Game Boy Color eu creio que a versão do SNES é a melhor pois além das óbvias melhorias gráficas ele não deixa de trazer um enorme mundo explorável de maneira não linear -- algo que me pegou de calças arriadas no portátil --, e um sistema de criação de grupo que permite definir a profissão de cada membro.

    Esse vídeo do Clan of the Grey Wolf sobre DQIII é excelente:

    Além dele temos outros destaques como...

    * Bahamut Lagoon (SNES), INGLÊS

    Borderlands (PC), PORTUGUÊS

    * Chrono Trigger (versão pirata para NES), INGLÊS

    * Dragon Quest VI: Maboroshi no Daichi (SNES), INGLÊS

    * Dungeon Siege III (PC), PORTUGUÊS

    * Fallout 3 (PC), PORTUGUÊS

    * Marvel Ultimate Alliance (PC), PORTUGUÊS

    Rockman EXE 4.5: Real Operation (GBA), INGLÊS

    The Elder Scrolls IV: Oblivion (PC), PORTUGUÊS

    * The Witcher: Enhanced Edition (PC), PORTUGUÊS

    Link da planilha:

    https://docs.google.com/spreadsheets/d/1WXlPiCOFLO...

    Obs.: as adições recentes ficam destacadas em verde no arquivo do Google Drive, sempre. Também há projetos e jogos que não são RPGs mas considero interessantes aos fãs do gênero. 

    Marcando hoje a galera do @grindingcast caso queiram me ajudar a divulgar a planilha a outros fãs do gênero.

    Join the party!

    [@jvhazuki]

    Dragon Quest III

    Platform: SNES
    303 Players
    41 Check-ins

    32
    • Micro picture
      xch_choram · over 1 year ago · 3 pontos

      Ah tem uns interessante, ainda mais saber que tão traduzindo o Samurai Shodown RPG, espero que terminem logo :D

      3 replies
    • Micro picture
      ivothehedgehog · about 1 year ago · 3 pontos

      Existe uma tradução do Dragon Quest I+II em português, ela foi lançada na mesma época que a versão inglês até.

      1 reply
    • Micro picture
      lordsearj · over 1 year ago · 2 pontos

      Mas essa tradução de Dragon Quest III é português ou inglês?

      1 reply
  • ryou Rodrigo Santos
    2019-07-12 21:34:14 -0300 Thumb picture

    Jogo cadastrado!

    Como a busca não funciona mais pra jogos novos, ta aí o link. Nenhuma novidade, apenas o cadastro de um remake pra Android chupado do DS.

    Com isso consegui todos do I ao VI usando aquele saldo de pesquisas do Google. Alguém sabe por que diabos não tem o VII pra Android? Até o VIII está lá! LOL

    Dragon Quest VI

    Platform: Android
    3 Players

    14
    • Micro picture
      manoelnsn · almost 2 years ago · 1 ponto

      Porque o VII é uma merda e ninguém se importa, ahuahuha

      2 replies
    • Micro picture
      tricolor · almost 2 years ago · 1 ponto

      Oi Ryou, to frequentando aqui só pra inflar meu backlog, mas o que tá acontencendo com a busca aqui?

      1 reply
  • zetsubou Phasma
    2019-05-12 21:14:41 -0300 Thumb picture
    17
    • Micro picture
      darlanfagundes · almost 2 years ago · 1 ponto

      'Sopre o cartucho'...hehehehee

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...