• 2019-09-06 12:02:10 -0300 Thumb picture

    Questlog #4 - A guerra santa: magumbos vs coxas

    https://geekquest.org/2019/09/06/quest-log-004-a-g...

    Finalmente saiu o questlog/feedquest/foodtruck de nº 4, respondendo o feed da galera sobre os podcasts de Final fantasy VII e de Action RPG! Também falamos sobre as notícias mais relevantes nesse meio tempo, como o anúncio de Indivisible, um grande action rpg de turnos... Epa...

    Artigo:
    https://gamicus.gamepedia.com/Action_role-playing_video_games

    Indivisible

    Platform: PC
    41 Players
    15 Check-ins

    11
    • Micro picture
      _gustavo · 2 months ago · 3 pontos

      o/ Ouvirei

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 2 months ago · 2 pontos

      Ouvi mais cedo, do que lembro:

      Vagrant Story é um caso bastante peculiar. Convencionou-se chamar de action rpg por comodismo mas as batalhas sao um hibrido de turno e ação. Os elementos de rpg sao implementados de uma forma bastante diferente do comum. Nao tem xp e level up mas ashlay e suas armas evoluem, nao existem shops e o esquema de forja é uma coisa complexa ao extremo. É um dungeon crawler que precisava de classificaçao própria mesmo. As entrevistas do Matsuno sobre os bastidores sao bem legais.

      Monster hunter influenciou muita coisa e tem varios "clones" como god eater, dauntless, toukiden, e ate jogos como soul sacrifice e o proprio dark souls, que se assemelham em varios pontos com a serie da capcom apesar de terem mecanicas diferentes.
      A galera gosta de colocar ele no bolo dos arpgs pra facilitar.

      Ys é muito bom caras, o primeiro é basicão ate pela época mesmo e esquisito com o bump system , mas com o tempo acostuma e funciona bem. É curtinho tbm, em 5h ta terminando.
      É legal jogar o origin depois de ys 1 e 2 pq ele pega referencias diretas mesmo se passando 600 anos antes.

      1 reply
    • Micro picture
      emphighwind · 2 months ago · 2 pontos

      Agora que vi que você fizeram um site pro podcast, nice.

      O gameplay do YsI&II que tem na steam é melhor que os original lá dos anos 80, movimentação diagonal por exemplo que deixa o bump system mais agradável que os jogos originais de PC88.

      "O importante é a garota que você escolheu" consigo imaginar um podcast de Persona moderno/Ar Tonelico/Sakura Wars começando sério e de boa, porém aos poucos virando waifu wars. (anyway no Conception 2 foi a mina de cabelo azul sem kinkshame por favor, se eu fosse masoquista de jogar a dungeon final varias vezes eu tentaria harem ending), mas vou ser sincero a parte "dating sim" de Conception 2 é meio fraca também, alias mais fraca que o próprio combate, o jogo é realmente como o @jcelove comentou "na onda de persona", Monokuma não ter no 3DS é meme da eshop BR, na eshop americana tinha a DLC lá.

      Pelo visto o podcast de Legaia vai ser "divertido", infelizmente(ou felizmente né) não planejo jogar Legaia, mas estou ancioso por este podcast.

      Monster Hunter é "hunting game", este foi pelo menos o concenso que o povo usa quando saiu todos aqueles clones de MonHun pro PSP/Vita.

      Anime de Sakura Wars não é lá uma adaptação fiel dos primeiros jogos, começa parecido com 1 dai começa a divergir e coloca umas informações do 2 no meio, não cheguei a ver os OVAs, joguei o primeiro com .txt de tradução do gamefaqs do lado e o V, o foco era realmente a parte visual novel do jogo, apesar do gameplay SRPG estar lá, só começou a ficar interessante com as mudanças que surgiram do 3 que passa a usar distância ao invés de grade e evoluiu no que hoje é Valkyria Chronicles. Fiquei salgado inicialmente com a mudança pra action mais por ser a Sega e eu vi recentemente Valkyria Revolution acontecendo, além de Shining e Phantasy Star, porém agora que vi Yakuza virando RPG por turno com o protagonista fã de Dragon Quest, eu sinceramente achei uma troca justa. Não tenho esperança do resto da série ser localizada, mas quero bastante o remake de PS2 do 1 e o 3 localizados de alguma forma.

      Não quero entrar na discussão do que é e não é western RPG e JRPG, não acho que região deveria ser usado pra se referir ao gênero/estilo de jogo, porque tu pegar jogos como clones japonês de Wizardry fica estranho chamar de wrpg especialmente dos com arte mais anime.

      Força ai no TCC @the_muriel

      3 replies

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...