• 2019-01-18 20:32:55 -0200 Thumb picture
  • ntampinha Natalia
    2018-12-28 22:05:47 -0200 Thumb picture

    “Os Primeiros” no mundo dos videogames

    Medium 3694111 featured image

    Hoje me surgiu uma curiosidade: qual foi o primeiro console criado no mundo? Eu tinha uma suposição (que por sinal, estava errada), mas decidi procurar a resposta definitiva para esta pergunta… E depois desta, me veio outra, e outra, e depois outra curiosidade; e aqui estou eu, compartilhando com vocês o que aprendi sobre “Os Primeiros” no mundo dos videogames.

    Separei 13 categorias para este artigo e tentarei ser breve nas descrições, para que o artigo não fique muito extenso. Espero que gostem das curiosidades!

    Está pronto para descobrir sobre “os primeiros”? Então, vamos dar um NEW GAME e começar o artigo...

    ✓ Primeiro console do mundo

    É datado de 1972 e se chama Magnavox Odyssey.

    Foi desenvolvida por Ralph Baer e é um console de jogos digital, embora tenha sido erroneamente definido como analógico, devido à incompreensão de seu projeto de hardware. Eis aqui o tatatatata...ravô do console que você está usando atualmente. Respeita o véio, hein!? (FONTE: 1)

    Primeiro console do Brasil

    É datado de 1977 e se chama Telejogo.

    Foi desenvolvida pela Ford (sim, a empresa de automóveis) numa parceria inusitada com a Philco. O console oferecia 3 jogos e custava em torno de 1,600 Cruzeiros (± R$1,150). Foi um grande sucesso na época e o console pioneiro no Brasil! (FONTE: 1)

    Primeiro console com cartuchos

    Datado de 1976 e se chama Fairchild Channel F.

    Foi produzido pela Fairchild Semiconductor e um sucesso estrondoso de vendas, levando a era dos consoles a um novo patamar e incentivando outras empresas a evoluírem e aderirem aos cartuchos. (FONTE: 1)

    ✓ Primeiro videogame fliperama

    Ao contrário do que muita gente pensa, os primeiros fliperamas não eram eletrônicos. O Pimball foi um pioneiro desta categoria e, apesar de contabilizar pontos, ter luzes e sons, sua jogabilidade era 100% mecânica…

    O primeiro fliperama a rodar um jogo eletrônico é datado de 1971 e se chama Galaxy Game (que era uma versão do jogo Spacewar!). Foi produzido por Bill Pitts e Hugh Tuck para ser um dos primeiros videogames operados por moedas do mundo. Entretanto, nunca chegou a ser comercializado, permaneceu como protótipo devido aos custos elevados de produção (um ano depois, foi criado o primeiro arcade comercial, o Computer Space). (FONTE: 1)

    ✓ Primeiro console portátil do mundo

    Datado de 1976 e se chama Mattel Auto Race.

    Foi produzido pela tão conhecida empresa de brinquedos Mattel e é creditada como sendo o primeiro jogo portátil inteiramente digital, apenas com eletrônica de estado sólido e sem componentes mecânicos. Carregava apenas um jogo, pré-instalado, mas foi um sucesso de vendas. (FONTE: 1)

    Primeiro console portátil com cartuchos

    Surgiu em 1979 e se chama Microvision.

    Foi lançado pela Milton Bradley Company e elevou os consoles portáteis a um novo nível. (FONTE: 1)

    Primeiro computador a rodar um jogo

    Devido à falta da documentação de muitos desses testes, é difícil de se determinar qual teria sido o primeiro jogo eletrônico criado e, consequentemente, qual foi o primeiro computador a rodá-lo. Dos projetos conhecidos, o computador mais antigo se chama Nimrod, datado de 1951, uma máquina feita sob encomenda pela Ferranti para o Festival da Grã-Bretanha, na qual se poderia jogar o jogo matemático Nim. (FONTE: 1)

    ✓ Primeiro computador a rodar um jogo online

    Foi lançado em 1976 e se chama Apple I.

    Este foi o primeiro produto da Apple e também foi o primeiro computador a rodar um jogo online de xadrez adaptado, que acompanhava o sistema Java Connect. A conta telefônica exorbitante e a linha ocupada eram os principais problemas da reprodução do jogo online. (FONTE: 1)

    Primeiro celular a rodar um jogo

    Foi lançado em 1994 e se chama Hagenuk MT-2000.

    O Haegenuk MT-2000 era um celular GSM que trazia o game Tetris pré-instalado. Mas, apesar de dar o pontapé inicial nos jogos mobile, o celular não teve muito sucesso no mercado e, por isso, não há muitos detalhes dele por aí. (FONTE: 1)

    Primeiro console com cd-rom

    É datado de 1987 e chama-se PC Engine (ou TurboGrafx-16).

    Foi produzido pela NEC e Hudson Soft, e além do CD, recebeu outros dois upgrades: o PC-Engine CD-ROM², que proporcionava músicas digitais, vozes e animações de melhor qualidade; e o Arcade Card, um cartão de memória que aumentava a memória RAM e permitia a leitura de jogos mais complexos. (FONTE: 1)

    Primeiro console a rodar jogos 3D

    O pioneiro da categoria 3D data de 1990 e é o queridinho de muita gente, o Super Nintendo.

    Sim, isso mesmo! Produzido pela Nintendo, o SNES foi o primeiro console a perseguir a ideia de gráficos 3D, quando a empresa decidiu criar um chip próprio chamado “Super FX” que vinha dentro de cada cartucho de Star Fox. Com este chip o Super Nintendo era capaz de criar polígonos simples, formas geométricas coloridas, porém sem texturas. Nos fliperamas os jogos 3D já eram mais comuns, porém, a ideia de converter um jogo 3D para um console doméstico não parecia possível até a Nintendo fazê-lo. (FONTE: 1)

    https://2.bp.blogspot.com/-CYph_7miAfI/XCa-wPfVOoI/A...(img)

    ✓ Primeiro console a rodar jogos em nuvem

    É datado de 2010 e se chama MicroConsole.

    Foi criado pela OnLive, a primeira empresa a oferecer serviço comercial de jogos em nuvem. O MicroConsole era capaz de ser conectado em um televisor e diretamente com os servidores, para que fosse possível usar os serviços sem a necessidade de um computador… A Onlive foi comprada e fechada pela Sony em 2015. que usou as patentes do serviço em seus próprios produtos (PlayStation). (FONTE: 1 / 2)

    https://3.bp.blogspot.com/-P8HFXqchdEI/XCa-vwZz_WI/A...(img)

    Primeiro console a usar sensor de movimento

    Inicialmente, pensei que o primeiro console a usar sensor de movimentos era o Wii, entretanto, um coleguinha nos comentários me apresentou o verdadeiro pioneiro da ferramenta: o Mega Drive. Em 1993 foi lançado o Sega Activator, um periférico que, ligado ao console, funciona como um controle sensorial por infravermelho. O Activator foi considerado complicado de usar para usuários iniciantes e, atualmente, é raro de se encontrar. Com o tempo o periférico acabou caindo no esquecimento, e acredito que seja por isso que não encontrei nada sobre ele em minha pesquisa, mas adorei saber de sua existência e de pesquisar mais sobre ele. (FONTE: 1 / 2)

    https://1.bp.blogspot.com/-4Y7eaTzwgG0/XCbY0omOXVI/A...(img)

    Espero que tenham gostado das curiosidades!! Acho interessante observar como os videogames evoluíram, tanto em gráfico quanto em hardware... Se souberem de alguma outra informação interessante, compartilhe a informação aí nos comentários :).

    Me despeço agora, porque esse é o fim do jogo...

    74
    • Micro picture
      darlanfagundes · 4 months ago · 4 pontos

      Segue a persona @historia_dos_games que sempre tá rolando muita informação bacana lá!

      2 replies
    • Micro picture
      le · 4 months ago · 3 pontos

      É... Mais ou menos.

      O PC Engine teve CD-ROM lá em 1988.

      Sobre sensor de movimento, o Mega teve o Activator lá em 1993 (não sei se teve outro antes).

      Quanto aos jogos com polígonos 3D, antes mesmo do Super FX tivemos Hard Drivin' e Race Drivin' (que inclusive foi lançado também pro SNES).

      1 reply
    • Micro picture
      rh · 4 months ago · 2 pontos

      Excelente artigo!
      O meu avô tinha esse Telejogo, só que vinha com o cartucho daquele jogo de tênis. Acho que é o Pong, ou algum derivado dele.
      Tive o prazer de acompanhar a evolução dos games por ter o Super Nintendo e o Nintendo Wii. Senti na pele os games que eu jogava quando criança virarem algo ultra realístico. Imagina como serão os games nos próximos dez anos? (esse também é um excelente tema...)

      E, por favor, não se despeça... tome aqui este humilde presente e siga com mais uma vida: https://pngimage.net/wp-content/uploads/2018/06/1up-mushroom-png-3.png

      2 replies
  • o_mestre_dos_bits O Mestre dos Bits
    2018-10-11 18:02:02 -0300 Thumb picture

    E se os consoles fossem monstros?

    Medium 3678278 featured image

     O artista Tino Valentin teve a brilhante idéia de retratar os consoles mais famosos do mercado como se eles fossem diferentes espécies de monstros (não deixam de ser monstros, mas do entretenimento, que sugam nosso dinheiro e tempo). O resultado dessas obras de arte você confere abaixo:

     Acompanhe mais do trabalho de Tino no Instagram dele:  (https://instagram.com/tino_copic?utm_source=ig_pro...

    66
    • Micro picture
      juray · 6 months ago · 3 pontos

      A pessoa que desenhou deve ter fumado uma parada muito louca pra ter essa criatividade... uahauhaha!

    • Micro picture
      rcukierti · 6 months ago · 3 pontos

      Melhor esconder isso antes que algum programa de governo use pra demonizar o s jogos mais uma vez

    • Micro picture
      lipherus · 6 months ago · 2 pontos

      Se alguém fizer um jogo que coloque esses desenhos como inimigos seria uma redundância universal?

  • geekgalatico Wellington
    2018-10-08 13:04:27 -0300 Thumb picture

    Coleção de Games

    Medium 3677524 featured image

    Olá Pessoal!!!

    Venho hoje compartilhar um sonho de criança que hoje em dia pode-se realizar.

    Todos nós amantes de vídeo games, principalmente os mais velhos que tiveram consoles como (mega-drive, master-system, Nintendo, Dynavision, ou até como eu que tive um Atari 2600) uma hora pensamos como seria bom ter os consoles que jogamos quando criança.

    No meu caso vai um pouco além, sou fascinado pelo mundo dos games dês de sempre, lembro de jogar Doom e Wolfeistein em um pentium 286 que eu tinha, 

    A um tempo eu venho pensando em começar uma coleção de consoles, pois eu já tinha meu xbox one s, meu xbox 360 arcade elite, e um nintendo 64 que ganhei de um amigo, então no mês de julho minha namorada comprou na olx um mega drive 3 na caixa para me dar de aniversário, e isso alavancou minha vontade de colecionar, games no geral. Depois disso comprei um sega CD e um nintedo wii.

    Qual a razão do Post então.

    Gostaria que vocês me ajudassem em uma enquete sobre meu próximo console pois infelizmente no brasil consoles antigos são caríssimos e estou em dúvida entre:

    Dreamcast

    Sega Saturn

    Game Cube

    Agradeço a todos dês de já! e se alguém já coleciona deixa ai nos comentários ou manda uma mensagem vamos trocar umas idéias.  

    38
    • Micro picture
      le · 7 months ago · 3 pontos

      Olha, o Dreamcast é o mais complicado de emular. Então, eu iria com ele.

      Por outro lado, também é o que teve mais jogos portados pra outros sistemas. Então, acaba não tendo tanta coisa exclusiva assim atualmente.

      9 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 7 months ago · 3 pontos

      Eu coleciono também, tenho Saturn e Dreamcast,mas no seu caso compraria o Saturn primeiro, o Cube vc joga no WII mesmo,por retrocompatibilidade e ainda rodando ISOS do HD.

      Saturn tem mais exclusivos,o Dreamcast tem ports melhores de Jogos de PS1 e poucos exclusivos, mas sei la,ambos valem a pena, eu comprei meu Dreamcast em 2013 e o Saturn em 2014,e tem muita coisa pra jogar no Saturn ainda,mas no Dream eu praticamente ja joguei tudo que queria, agora uso mais pra jogar Marvel Vs Capcom 2 com meu irmão,pois essa é a melhor versão.

    • Micro picture
      geekgalatico · 7 months ago · 3 pontos

      GALERA AGRADEÇO A TODOS , ATÉ O MOMENTO, E JA ME DECIDI, VOU COMPRAR PRIMEIRO O GAME CUBE. POIS A BIBLIOTECA DE GAMES DELE ME CATIVOU BASTANTE, E MEU PRIMEIRO GAME NELE VAI SER O "BIOHAZARD" LOGO POSTO FOTOS DO CONSOLE AQUI

      3 replies
  • 2018-09-29 17:22:20 -0300 Blank user

    Lista Atualizada:

    Lista de vendas com anúncios no ML Atualizados. Minha cota de anúncios gratuitos por ano acabou, logo estes preços são finais a não ser que o comprador queira fechar por depósito.

    Confiram sempre região e descrição dos jogos antes de comprar...

    Valores sem considerar frete (que é por conta do comprador).

    Phillips Odyssey:

    3-in-1 - R$42,00


    NES:

    Roundball 2-on-2 Challenge - R$40,00

    Ninja Gaiden - R$90,00

    Teenage Mutant Ninja Turtles II The Arcade Game - R$110,00

    Star Trek 25th Anniversary - R$75,00

    Robocop - R$54,00

    Double Dragon - R$85,00

    Gauntlet - R$25,00

    The Simpsons: Bart Vs. The World - R$55,00

    Life Force - R$75,00

    MD:

    Ms. Pac-Man - R$55,00

    32X:

    DOOM - R$120,00

    Mortal Kombat II - R$100,00

    SNES:

    Fire Emblem: Monshou No Nazo - R$32,00

    Dragon Quest VI - R$21,00

    Romancing SaGa - R$24,00

    Albert Odyssey - R$28,00

    Dragon Quest V - R$28,00

    Romancing SaGa 2 - R$28,00

    Last Bible III - R$45,00

    N64:

    Mario Story - R$52,00

    PS1:

    Tekken - R$38,00

    Tekken 2 - R$44,00


    PS2:

    Final Fantasy X-2 - R$45,00

    Disgaea Hour Of Darkness - R$70,00

    Mega Man X Collection - R$80,00

    Grand Turismo 4 Prologue - R$90,00

    The Billiard - R$35,00

    Naruto Uzumaki Chronicles - R$40,00

    Evergrace - R$70,00

    PS3:

    Batman Arkham Asylum Goty - R$27,00

    Resistance 3 - R$20,00

    Darksector - R$25,00

    Wii U:

    Disney Infinity 2.0 (Só Disco) - R$20,00

    Batman Arkham City Armored Edition - R$30,00

    Batman Arkham Origin - R$25,00

    GBA:

    Donkey Kong Country - R$90,00

    PSP:

    Monster Hunter Freedom 2 - R$30,00

    Twisted Metal Head-on - R$25,00

    Need For Speed Most Wanted 5-1-0 - R$30,00

    Gta Vice City Stories - R$37,00

    Gta Liberty City Stories - R$37,00

    Spider-man 3 - R$35,00

    Daxter - R$20,00

    Half-Minute Hero - R$100,00

    3DS:

    Adventure Time Explore The Dungeon Because I Dont Know - R$30,00

    PC:

    Criatura Crunch: O Monstro - Coleção Super Games Folha - R$9,00

    Consoles:

    PC-Engine + 1 Controle + 3 Jogos - R$680,00

    Acessórios:

    Portal Do Poder Wireless Skylanders Spyros Adventure (Ps3) - R$20,00

    Portal Do Poder Bluetooth E Usb Skylanders Battle (iOS/Wii U) - R$20,00

    Mangás:

    Coleção Senhor Dos Espinhos (ibara No Oh) 1 Ao 6 - R$35,00

    Livros:

    The Untamed Scoundrel (Epic Tales From Adventure Time) - R$13,00

    A Brief History Of The Samurai - R$10,00

    A Brief History Of The Celts - R$10,00

    1
  • gus_sander Gabriel Macêdo
    2018-08-16 17:50:33 -0300 Thumb picture
    Post by gus_sander: <p>Mesmo sabendo que as ROMs nunca vão desaparecer

    Mesmo sabendo que as ROMs nunca vão desaparecer de verdade, mesmo com a Nintendo continuando "a proteger agressivamente sua propriedade intelectual", resolvi começar a fazer minhas romsets de forma a manter tudo guardado aqui. 

    Infelizmente, estou extremamente limitado no quesito hardware, já que o PC está pseudo morto e nem seu HD nem o Note que tenho em casa é confiável para armazenar arquivos assim, já que podem morrer a qualquer momento. 

    Ainda assim, bastante limitado a Pen Drives e nuvem, ainda consegui fazer backup de diversas ROMs de consoles. Os únicos que faltam é justamente por falta de espaço para armazená-los, que são os jogos de 

    - Gamecube;

    - Wii e Wii U;

    - Nintendo DS e 3DS.

    Bem grandinhos por sinal.

    Minha vontade de fazer esses packs dos jogos dos consoles (de novo, já que tinha um antes, bem menor, mas perdi) é justamente porque vai ficar complicado achar certos títulos daqui pra frente livres na net. Os sites que ainda disponibilizarem ROMs certamente não vão ter muitas das que ainda vemos hoje.

    Espero que até conseguir um HD externo ou um PC melhor, certos títulos desses consoles não já tenham se perdido no Limbo.

    54
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 months ago · 4 pontos

      Bom saber, quando precisar de alguma rom em particular, te procuro, ahuahuahua

      14 replies
    • Micro picture
      rax · 8 months ago · 2 pontos

      opa se eu quiser uma rom de Gamecube já sei quem procurar haha.Boa sorte ai õ/

      2 replies
    • Micro picture
      fabiorsodre · 8 months ago · 2 pontos

      O que eu tenho é uma boa biblioteca de nes, mega Drive e game boy advanced. Tenho de outras plataformas, mas não são grandes.

      3 replies
  • 2018-06-07 10:36:24 -0300 Thumb picture

    Expansão “Summerset”, de ESOnline, já está disponível para consoles

    Sua nova aventura em Elder Scrolls começa agora, na incrível ilha de Summerset – o lar ancestral dos Altos Elfos – vista pela primeira vez em um jogo desde The Elder Scrolls: Arena, de 1994.

    http://joystickterrivel.com.br/expansao-summerset-...

    -----------------------------------------------------------------------------------------

    Acompanhe nossas rede sociais:

    Facebook - Youtube - Twitter - Instagram - SITE

    The Elder Scrolls Online

    Platform: Xbox One
    111 Players
    33 Check-ins

    3
  • bbl Bruno Lima
    2018-04-13 22:46:48 -0300 Thumb picture

    Soluções criativas na sorte para problemas sem relação...

    Então, o pessoal que me conhece a um tempo deve saber que eu coleciono revistas antigas de games e PC, principalmente de PC com jogos do final dos 80 ao final dos 90.

    O que algumas pessoas não sabem, é que organizar e manter revistas não é algo tão simples... deixa-las em pé nas prateleiras pode ser um sufoco, torcendo-as, assim como atrapalhar o manusear delas (se tiverem muitas revistas, é muito peso, e retirar / recolocar revistas pode se tornar difícil, e até arriscado com o famoso "perder capa".

    Conversei por um tempo com algumas pessoas sobre armazenamento deste tipo (inclusive pessoas que trabalharam com bibliotecas) e a maioria disse para usar caixas de papelão normais, ou aquelas pastas plásticas. o problema era, caixa de papelão não é algo minimamente durável em uma casa com muita poeira e umidade, e pastas plasticas acomodam poucas edições, são muito maleáveis e assim acabam saindo caras...

    Quando ao acaso estou passando em uma loja daquelas que vende de tudo da minha cidade e pá:

    Arquivo fácil, uma pasta para arquivo morto, daquele material que é tipo um papelão de plastico, tem é bem maior que uma pasta de plastico normal, mais firme, e custa 50 centavos mais caro que uma pasta normal na minha cidade...

    Resultado:

    OK, agora vocês estão pensando no titulo dessa publicação e falando "Ok, mas isso faz sentido no contexto"... Bom, então voltemos a uma das minhas ultimas publicações por aqui, onde eu falava da minha nova organização dos meus consoles:

    Basicamente, eu deixava todos os meus consoles nas prateleiras em volta da TV: Resultado, nem tudo ficava ligado, mas todos os cabos ficavam espalhados, e todos ficavam tomando poeira.

    A nova arrumação traz, o que eu posso deixar sempre ligado na captura e switches (HDMI e componente), nas prateleiras, consoles antigos guardados e quando for utiliza-los passo pelo DVR.

    Mas com isso crio um problema de onde guardar os consoles antigos organizados e...

    Adivinhem...

    A maioria dos meus consoles antigos cabem com cabos (e as vezes controles, dependendo do console e quantos controles) dentro destes mesmos arquivos, que podem ser organizados facilmente nas minhas estantes...

    Acredito que até o momento os únicos que não couberam foram o Game Cube e o Master System modelo 1...

    Para quem tiver interesse, é o Arquivo Fácil da NovaOnda Polibras, o tamanho desta que eu estou usando é: 

    Medida Interna: 355x133x252mm consideradas de Vinco a Vinco
    Medida Externa: 360x135x252mm

    Existem outras marcas, materiais e tamanhos. Aqui na cidade cada uma custa R$4,00. No ML achei entre R$3 e R$6 cada.

    17
  • jessicagdsantos Jessica Gonçalves Dos Santos
    2018-01-07 12:53:04 -0200 Thumb picture

    DESAFIO: 1 console/ 1 jogo

    REGRA: Citar apenas um jogo por console que você já teve ou possui.

    @desafio criado pelo @hard_frolics ? Ou foi pelo @danilodlaker ? Ou pelo @joanan_van_dort ?

    Tô vendo o pessoal marcando esses caras como criadores, e não sei quem realmente criou hauahhauhauhuah Mas vamos lá citar um jogo por console que já tive/tenho:

    Atari genérico (até hoje não sei que videogame era. Eu era muito pequena, mas lembro bem de jogar jogos do Atari nele mas, obviamente, não era um Atari mesmo). – Frogger

    NES genérico (Dynavision) – Mappy

    NES – Mario Bros 3

    SNES – Chrono Trigger (a vá)

    Nintendo 64 – Goldeneye 007

    Game Boy Color - Pokémon Gold 

    Nintendo 3DS – Luigi’s Mansion: Dark Moon

    Playstation 1 – Final Fantasy VIII

    Playstation 2 – GTA San Andreas

    Playstation 3 – The Last of Us

    Playstation 4 – Horizon Zero Dawn

    Mappy

    Platform: NES
    85 Players
    1 Check-in

    42
  • pauloe Paulo Emilio
    2018-01-05 19:07:31 -0200 Thumb picture

    Um console, um jogo

    Aqui estou eu, fazendo esse @desafio criado pelo @danilodlaker e a @miss_dani me "obrigou" a fazer (brinks).

    O desafio consiste em escolher, para cada console que você jogou, apenas um jogo.

    Então, vamos ver o que vem por aí?!

    NES: Crystalis

    Nunca vi ninguém falar desse jogo aqui, e sim, é o meu jogo favorito de NES, além de ser um dos melhores action RPG que joguei. Vou contar um pouco do plot do jogo aqui, que vai que alguém se interessa. :v

    A história se passa em mundo pós-apocalíptico, no ano de 2097, cem anos depois de uma guerra termonuclear global, que reverteu a civilização para uma existência primitiva e medieval, povoada de criaturas mutantes. Os sobreviventes da destruição construíram uma "Torre" flutuante para evitar futuros cataclismos, pois seus ocupantes teriam o poder de governar o mundo devido aos sistemas de armas da Torre. Um homem conhecido como Imperador Draygon, no entanto, reviveu os modos proibidos da ciência e os combinou com magia. Com essas habilidades, ele controla o último poder militar restante do mundo e procura conquistar o que sobrou do planeta tentando entrar na Torre.

    O protagonista desperta sem memória, mas é guiado por quatro sábios, e vai descobrindo gradualmente que o mundo está afundando em tumulto devido à influência destrutiva do Império Draygonia. Confiado com a Espada do Vento, ele procura ajudar a Mesia, outro sobrevivente de seu tempo, e combinar as quatro espadas elementais, a do vento, na qual a gente já começa com ela, do fogo, da água e do trovão, juntas formam a espada lendária, Crystalis.  eles devem derrotar Draygon antes de usar a Torre para alcançar seu objetivo.

    Por fim, a jogabilidade e gráficos bons pra época e a trilha sonora é excelentemente nostálgica. Recomendo pra quem é fã do gênero.

    Menções honrosas: Super Mario Bros 3, Contra, Mega Man II, Duck Tales e The Legend of Zelda.

    SNES: Chrono Trigger

    Esse aqui foi uma escolha difícil, pois gosto por igual desse e do Final Fantasy VI. As duas histórias são incríveis, possuem uma ótima trilha, e são um dos melhores J-RPGs de todos os tempos, porém, um tem um vilão épico e o outro tem uma equipe épica tanto de personagens quanto de projetistas, aí fui pela quantidade.

    Se ainda não jogou isso aqui, por favor, para de ler agora e vai lá curtir esse negócio maravilhoso.

    Menções honrosas: Final Fantasy VI, The Legend of Zelda: A Link to the Past, Super Metroid, Mega Man X e Goofy Troop (até isso aqui foi difícil...).

    Master System: Sonic The Hedgehog

    Acho que esse não foi uma grande surpresa. Não joguei tanta coisa no Master, mas os que joguei foram bem marcantes.

    Esse aqui só de ouvir a música da primeira fase dá vontade de chorar, joguei muito com meu amigo de infância, daquela forma de, quem morrer ou passar de fase passa o controle.

    Enfim, tenho ótimas recordações desse joguinho aqui que considero demais.

    Menções honrosas: Michael Jackson's Moonwalker, Alex Kidd In Miracle World, California Games, Wonder Boy III e Prince of Persia.

    N64: GoldenEye 007

    Também não joguei muita coisa no 64, mas GoldenEye, foi uma das melhores experiências multiplayer que tive em locadora. Era muito massa juntar a galera e jogar umas 3 horas seguidas disso aqui depois de assistir Yu Yu Hakusho na Manchete.

    Menções honrosas: The Legend of Zelda: Ocarina of Time, Super Mario 64,  Mario Kart 64, Super Smash Bros e Banjo-Kazooie.

    Playstation: Castlevania: Symphony of the Night

    Foi o Castlevania que me fez gostar de Castlevania. Não preciso falar muito desse jogo, pois vocês já conhecem bastante.

    Acho que é um dos jogos mais rejogados por pessoas que eu conheço, tem gente até hoje tentando descobrir uma nova porcentagem do jogo. Isso aqui marcou uma geração, com certeza ele tá no top da lista de muita gente também.

    Ah! E ele possui uma das frases mais famosas dos jogos de todos os tempos, que está na imagem aí acima.

    Menções honrosas: Metal Gear Solid, Final Fantasy Tactics, Crash Bandicoot 3, Harvest Moon: Back to Nature e Resident Evil 2.

    Playstation 2: Metal Gear Solid 3: Snake Eater ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Pense numa perfeição? Pensou? Pronto, eu sei que você imaginou esse jogo, eu sei.

    Agora falando sério (aquilo foi sério), personagens marcantes, ótimos vilões, boss battles incríveis, trilha sonora maravilhosa,  jogabilidade perfeitinha e um stealth gostoso de jogar. Acho que é considerado um dos melhores gráficos da plataforma também. Apesar de não possuir CGs, as cutscenes possuem uma qualidade cinematográfica da porra! Kojima, Kojimou.

    O jogo também possui um dos finais/boss battle mais marcantes dos jogos pra mim... Boss. <3

    Menções honrosas: Final Fantasy X, Shadow of Colossus, God of War II, GTA: San Andreas e Persona 3.

    Wii: No More Heroes 2

    Esse aqui já foi uma surpresa pra mim, não imaginei que eu fosse gostar tanto desse jogo, gosto muito do primeiro também, mas o 2... <3 

    Also, nunca vi ninguém falando desse jogo aqui também, então vou contar um pouco da história do primeiro jogo, que nem Crystalis, pra ver se alguém se interessa pela saga.

    No More Heroes conta a história de Travis Touchdown, um nerd/"otakuzão" que vive na cidade fictícia de Santa Destroy. O protagonista possui uma katana com laser, que é bem irada, que ganhou na internet por ser um membro de um clube. Em um momento se da conta que não tem dinheiro para pagar suas dívidas e resolve acabar com suas mágoas em um bar, no qual conhece uma mulher que não me lembro o nome, desculpem. Ela traz uma oportunidade de ele mudar de vida, transformando-o em um assassino, chegando ao número 11 da lista de melhores assassinos da cidade, e deve enfrentar a todos se quiser chegar ao primeiro lugar. Legal que cada assassino tem seu próprio estilo de luta, personalidade e armas.

    A jogabilidade é bem simples, desferir pancadas de todos os tipos nos inimigos, para depois realizar uma “finalização” por meio de movimentos no seu wiimote. Acho que ele tem uma versão melhorada pra PS3, mas não joguei. :v

    Menções honrosas: Super Mario Galaxy 2, The Legends of Zelda: Twilight Princess, Donkey Kong Country Returns, Xenoblade Chronicles e Mario Kart Wii.

    Xbox 360: Super Street Fighter IV

    Um jogo de luta na lista! Mas foi difícil, quase ponho Alan Wake no lugar. Outra coisa que quase fez eu mudar de opinião, foi a questão do controle do Xbox, pois não acho que não é bom pra jogar jogos de luta, e não tinha dinheiro na época pra comprar um de arcade... Me fodi, me fodi, mas acabei me acostumando com o controle, e foram momentos legais de jogatinas nas casa alheia.

    Menções honrosas: Alan Wake, Forza Motorsport 4, Rayman Origins, Gears of War e Halo 3.

    Playstation 3: The Last of Us

    Pensei bastante também nesse, pois Red Dead Redemption é outro jogo que PQP! Mas alguma coisa me disse que tinha que ser esse. :v

    Momentos de tensão, emoção, terror, suspense tudo muito bem feito. Os gráficos são lindos fazendo jus a despedida do PS3 daquela geração de consoles. A ambientação localizada em um mundo pós-apocalíptico bem imersiva, eu pelo menos me sentia dentro daquele lugar, conseguia sentir muito bem toda a tensão de algumas partes devido a isso.

    História muito boa, personagens maravilhosos, que quase chorei e sentir dor por eles em alguns momentos. Enfim, jogão!

    Menções honrosas: Red Dead Redemption, Metal Gear Solid 4, God of War III, Dark Douls e Journey.

    PC: Counter-Strike 1.6

    Em 2004 deu uma doida em mim e em meu primo e decidimos montar uma LAN House. Acontece que nos primeiros meses, nosso negócio não estava indo muito bem, vinha pouca gente e tal. Aí 2 meses depois, tivemos a ideia de por um jogo, e foi esse aqui que escolhi. Só digo uma coisa, sucesso! 

    Outro que devo muito é o Ragnarök que pensei em por na lista, pois alguns meses depois coloquei ele na LAN e também foi um grande acerto, mas CS foi o chama da galera na época.

    Menções honrosas: Ragnarök Online, Warcraft III, Half-Life 2, Portal 2 e The Elder Scrolls V: Skyrim.

    Lista terminada, tem alguns outros consoles que gostaria de por aqui, como o Arcade, porém, parece que só podem 10 imagens por postagem, mas fica aqui minha escolha, The King of Fighters '97.

    Para fazer o @desafio escolho a @bethdps, @leandro2litros e a galera ativa no novo Discord do Alva: @daniel5fg, @sugarbae, @edknight, @martnelli, @felipefabricio, @marciodesaf, @sonicsalies, @zefie, @laisangel...

    The Last of Us

    Platform: Playstation 3
    11418 Players
    1136 Check-ins

    37
    • Micro picture
      vianna · over 1 year ago · 3 pontos

      Uma senhora lista! Não conhecia o Crystalis, valeu pela dica

      1 reply
    • Micro picture
      miss_dani · over 1 year ago · 3 pontos

      Ahahaha... ^-^ Mas que legal que você fez a lista! Muito boa! The Last of Us é realmente um belo jogo! Ohhhh... e eu queria muito jogar esse Metal Gear do PS2... quem sabe um dia! *-*

      2 replies
    • Micro picture
      deathcorps · over 1 year ago · 2 pontos

      Ouvi dizer e cheguei a assistir meus speedrunners favoritos jogando esse Crystalis, parece ser um dos jogos dos anos 80 que mais é jogável pra alguém mais novo junto com Sweet Home.

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...