• mastershadow mastershadow
    2017-10-09 15:20:07 -0300 Thumb picture
    mastershadow checked-in to:
    Post by mastershadow: <p>Esse game, é o tipo de jogo que nunca&nbsp; vou
    Parasite Eve II

    Platform: Playstation
    2889 Players
    57 Check-ins

    Esse game, é o tipo de jogo que nunca  vou enjoar,considero um dos melhores games do PS1, acho a jogabilidade extremamente viciante haha,já zerei no passado (la por 2003) 5 vezes,em todos os modos do game,inclusive o Nightmare Mode (O que seria um "Extreme Hard Mode " do game).

    Em 2014  eu fiquei com saudade e eu joguei mais uma vez, no Bounty Mode (Hard Mode).

    Agora novamente,deu saudades e resolvi jogar aos poucos,mas desta vez no PSP (Eu consegui importar e converter meu save do PS1,pro PSP).

    Estou jogando no Scavenger Mode,(o que seria o "Very Hard Mode" desse game, e parei em Dryfield.

    Não é minha prioridade,acelerar com esse game, mas vou jogando ele aos poucos, já que ainda não me decidi qual game vou começar a zerar depois da maratona de Metroid dos ultimos meses.

    22
    • Micro picture
      tony56 · over 1 year ago · 2 pontos

      Um dos meus games favoritos do PS1 <3
      Terminei em todos os modos num passado longínquo e tenho ele aqui na PSN, mas dei prioridade ao primeiro jogo dessa vez, pois quando tinha o PS1 tinha parado em 3/4 do Edifício Chrysler, após o fim do game.
      Voltando ao P2, leva um tempinho para se adaptar ao último modo, muitos monstros matam com apenas uma porrada, kkkkkk. Sem falar que o Boss Final quase não sente os ataques mais fortes, incluindo inferno, fica bem mais difícil porque ele não para um instante e a Aya só fica mais ágil no 3rd Birthday XD

      2 replies
    • Micro picture
      volstag · over 1 year ago · 1 ponto

      Esse jogo é perfeito mesmo, o primeiro também adoro.
      Já o terceiro fugiu muito, mas em matéria de grafico é super.

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · over 1 year ago · 1 ponto

      Eu prefiro o primeiro ma so 2 é muito bom tbm e tem um replay value gigante e cada vez mais difícil.hehe Confesso que nunca descobriria como fazer o true ending sem ajuda e aquela password...

      1 reply
  • pas_junior Paulo Júnior
    2016-06-19 20:50:22 -0300 Thumb picture

    Parasite Eve Sob o Microscópio

    Em 1998 a Squaresoft (hoje Square Enix) lançou Parasite Eve, uma mistura curiosa de elementos de jogos de RPG e de survival horror que faziam sucesso na época. É frequentemente lembrado pela representação da personagem principal, Aya Brea, uma detetive durona do departamento de polícia de Nova Iorque e o incrível ato de abertura onde a audiência de uma opera misteriosamente entra em combustão.

    O aspecto mais memorável do jogo para mim foi sua convoluta história de ficção científica. A antagonista, Eve, ganha seus poderes através de sua mitocôndria, que decidiu se rebelar e se libertar dos seus mestres humanos. Ela tem a habilidade de mutar, na gloriosa tradição dos monstros da biologia que dá errado nos videogames e até mesmo controlar as mitocôndrias dos outros. Mas quão plausíveis são as coisas que são apresentadas no jogo? Agora que sou um real e adulto cientista, eu pensei que seria divertido fazer essa viagem nostálgica e tentar descobrir.

    O que são mitocôndrias?

    Vou ser um nerd de biologia por um instante. Você vai ter que acreditar em mim que essa informação vai ser útil em breve. Mitocôndrias são o poço de energia das nossas células. Elas são os principais produtores de ATP, a molécula que é responsável por prover a maior parte da energia que o corpo precisa para fazer, bem, tudo. As mitocôndrias não são só isso, entretanto – elas estão envolvidas em muitos outros processos, incluindo velocidade de crescimento celular, como uma célula acaba sendo (pele vs coração, por exemplo) e morte celular. Concluindo, elas são organelas muito importantes (literalmente, pequenos órgãos. Organelas são para as células o que os órgãos são para nosso corpo).

    Vou me focar em três principais alegações e eventos do jogo: se humanos podem ter combustão espontânea pela atividade mitocondrial, a origem das mitocôndrias como explicado no jogo e o potencial para as mitocôndrias se rebelarem e tomarem controle das nossas ações.

    Combustão espontânea humana pode ser causada pela atividade mitocondrial?

    Eve tem a habilidade de fazer seres vivos entrarem em combustão à sua volta. No jogo isto é explicado como ela tendo controle da mitocôndria dela. Dr Klamp, o cientista vilão que está do lado da Eve, diz que ela está essencialmente comandando a s mitocôndrias a se tornarem hiperativas. Eu vou deixar o dr Klamp falar por si mesmo, “Uma tremenda quantidade de energia seria gerada e liberada. Derretendo um humano a uma poça de fluído seria uma tarefa simples...”.

    Obrigado pela explicação, Klamp. Infelizmente, eu não acho que está certo. Verdade, produção de calor é um efeito colateral da produção de ATP. E independentemente disso as mitocôndrias estão envolvidas em um processo chamado termogênese, que como você pode ter imaginado pelo nome, é o termo para como o corpo produz calor. Então pode uma mitocôndria produzir calor suficiente para deixar um corpo em chamas? Muito improvável. É preciso uma tremenda quantidade de energia para queimar um corpo humano. Crematórios precisam de chamas de mais de 800 graus celsius por algumas horas para reduzir um corpo a cinzas. Mas espere, ouço você dizer, nós só estamos nos importando com a ignição. Sim, nós todos temos gordura e gás metano mas o corpo humano também é em grande parte água. Isto representa uma grande barreira, já que a água age como um destruidor de calor e vai absorver muito da energia produzida pelas mitocôndrias.

    Resposta: Não.

    As mitocôndrias são seres separados de nós?

    Parasite Eve alega que as mitocôndrias são seus próprios organismos e que através das ações da Eve eles “vão... ser LIVRES da nossa tirania”. O jogo faz alusão à teoria de que nossos ancestrais unicelulares fizeram uma tomada hostil do pior tipo e engoliram algumas bactérias, que foram forçadas a se tornarem escravas produtoras de energia. Através de bilhões de anos, estas bactérias teriam se tornado o que hoje chamamos de mitocôndrias. Para dizer pouco, esta alegação parece um pouco exagerada. Células colonialistas? É mesmo possível? Bem, toda a evidencia que temos por enquanto sugere que sim, na verdade.

    Mitocôndrias tem seu próprio DNA. Isto pode parecer pouco interessante até você considerar que nenhuma outra organela tem seu próprio DNA. Isto é por que elas não deviam ter DNA próprio; o seu devia suprir eles com todas as instruções de que precisam. Quando cientistas olharam de perto para o DNA mitocondrial, eles encontraram outras coisas bem surpreendentes. O DNA humano é envolvido usando proteínas de uma maneira bem intrincada para caber nos núcleos das células. DNA bacterial geralmente fica lá ‘pelado. Adivinhe como é o DNA mitocondrial? As mitocôndrias também podem fazer as próprias proteínas delas usando maquinário celular que, novamente, lembra aquele das bactérias.

    Resposta: Elas muito certamente começaram como organismos separados mas hoje precisamos delas tanto quanto gatos precisam de seus pelos.

    As mitocôndrias podem se rebelar e nos tornar em seus escravos?

    “Humanos só serviram para nos transportar... transportar-nos para o tempo em que as mitocôndrias se tornarão livres novamente. Mas você vê, o veículo não é mais necessário. De agora em diante, as mitocôndrias vão se tornar seres humanos e vão MANDAR nesta terra!”.

    À primeira vista, pode parecer absurdo creditar vontades a uma organela. É bom para uma história um inimigo microscópico dentro de nossas células, planejando nos tomar e ganhar controle de nosso corpo e mente mas é indubitavelmente material de ficção científica. Mesmo se mantivermos que eles não são tanto organelas mas parasitas bacteriais, a ideia é ridícula; Certo...?

    Vamos considerar o ciclo de vida do Dicrocoelium dendriticum, uma espécie de minhoca parasítica mais comumente encontrada em ovelhas, gado e outros mamíferos de pastoreio. Ela começa jovem em caracóis, depois é encontrada em formigas e chega à idade adulta em ovelhas. A transmissão dos caracóis para as formigas é simples: em uma tentativa de se livrar das minhocas imaturas, os caracóis excretam o limo deles, que as formigas usam como forma de hidratante. Mas como o D. dentriticum chega às ovelhas? As ovelhas normalmente não comem formigas por que elas comem o topo do mato enquanto as ovelhas ficam mais perto do solo. Acontece que o D. dentriticum migra para um centro de nervos debaixo do esôfago das formigas e ganha controle desses nervos. Quando a noite chega, o parasita faz a formiga subir ao topo da lâmina de mato onde ela fica até ser comida pelo animal de pastoreio. Se a formiga não é comida ao amanhecer, ela desce (ela não gosta de luz solar) mas repete a missão suicida toda noite.


    A história do D. dentriticum é incomum mas de maneira nenhuma única. Por exemplo, há o Toxoplasma gondii, que faz ratos hospedeiros acharem o cheiro de gatos atrativo e o Galactosoum, que é mencionado em Resident Evil 4 e causa peixes infectados nadarem perto da superfície da água e piscar o baixo-ventre, ações que o fazem mais visível para as aves que os comem.

    Já ficou paranoico? Enquanto as histórias acima são interessantes e são ótimas para conversação em festas (...só eu, então?), nós não temos realmente nada a temer das mitocôndrias. A maneira em que esses parasitas afeta seus hospedeiros vem de milhões de anos de evolução. As mitocôndrias estão com a gente por bilhões de anos e se houvesse uma pressão seletiva favorecendo mitocôndrias parasíticas, nós provavelmente não estaríamos especulando agora sobre isso. Na verdade, nós estaríamos vivendo isso. Dito isto, em muitas maneiras, as mitocôndrias já estão no comando por que não viveríamos sem elas. Mas por outro lado elas também não podem viver sem nós – desde que se tornaram parte de nossas células, as mitocôndrias perderam muitos dos genes essenciais para a vida e contam com nosso DNA para compensar por essa deficiência.

    Resposta: Apenas em ficção científica, embora há parasitas por aí que podem fazer incríveis truques mentais Jedi.

    Fonte.

    Parasite Eve

    Platform: Playstation
    3181 Players
    110 Check-ins

    10
    • Micro picture
      ramonex · almost 3 years ago · 1 ponto

      Ue?! Cê é LV2? e tem ótimas postagens (não que eu esteja ti limitado, muitos que aqui estão e ainda por cima antigos usuários postam pouquíssimas coisa boa detalhada desse jeito é raro), você merece ser reconhecido. Bem - vindo ao alvanista lugar de gente bacana, haters, poser, panacas dos videogame(coisa normal de seres humanos toda rede social tem, mais aqui tem muitoo!!).

    • Micro picture
      barbarabai · almost 3 years ago · 1 ponto

      Meu jogo preferido ever <3

  • 2016-03-01 21:17:57 -0300 Thumb picture

    Post Relâmpago #2 - Aya Brea

    Medium 255437 3309110367

    Confira aqui os melhores cosplays da Aya Brea!
    http://www.unidospelosgames.com/cosplay/post-relam...
    Interessado em ver um bom cosplay do seu jogo/personagem favorito? Mande uma mensagem dizendo qual o jogo/personagem e me esforçarei para atendê-los \o/

    C/c @katyzinhaz, @unidospelosgames_upg, @cosplayshd@cosplay, @alvanime2, @danilojoker, @ralphdro, @maria_luiza@rodrigoansem, @vantore, @anne, @lleogame, @bruhnobody

    Gostaria de ser marcado para receber sempre as atualizações? Deixe seu nome nos comentários o/

    The 3rd Birthday

    Platform: PSP
    866 Players
    93 Check-ins

    16
    • Micro picture
      rodrigoansem · over 3 years ago · 2 pontos

      Aya Brea <3 :3

    • Micro picture
      toniptv · over 3 years ago · 2 pontos

      dlç!

    • Micro picture
      ralphdro · over 3 years ago · 2 pontos

      *---* Cosplays com qualidade incrível!!!
      Nunca joguei, mas é uma das minha personagens favoritas XD
      Incrível!!!!

  • 2016-03-01 21:15:12 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...