• felipe_turesso Felipe Turesso
    2019-10-31 15:17:53 -0200 Thumb picture
    Post by felipe_turesso: <p>Vamos aproveitar o dia para se aventurar no univ

    Vamos aproveitar o dia para se aventurar no universo de The Witcher 2: Assassins of Kings! Este jogo é gigantesco e cheio de missões secundárias, além de possuir um enredo muito interessante. Divirtam-se com Geralt de Rívia!

    The Witcher 2: Assassins of Kings

    Platform: XBOX 360
    1004 Players
    135 Check-ins

    1
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-04-14 18:03:35 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: The Witcher 2: Assassins of Kings

    Zerado dia 14/04/17

    Mais de um ano depois de ter terminado o primeiro, eis que com muita felicidade eu termino The Witcher 2: Assassins of Kings - Enhanced Edition & Knuckles featuring Dante from the Devil May Cry series for Wii U 64. Hahahaha!

    A verdade é que há quase um ano atrás um amigo resolveu vender seu Xbox 360 baratinho e a segunda aventura do Geralt de Rivia meio que me fez ficar com o console. Eras depois acabei comprando o jogo numa promoção da Live e zerando no XONE!

    A jogatina começou a quase duas semanas, assim que terminei Quantum Break (como passou rápido!) e eu joguei o começo bem lentamente.

    Eu sempre vejo a média de tempo de um jogo pelo howlongtobeat.com e percebi que TW2 é 10 horas mais curto que seu antecessor, mas por algum motivo eu enfiei na cabeça que o jogo tinha 5 capítulos, e no início do capítulo 2 eu já estava achando que o jogo seria imenso!

    Passei uns dias no capítulo 1 perdendo pra uns monstros da quest principal e achando o Geralt um fraco. Foi muita frustração com um jogo tão bonito! A verdade é que nem estava tãããão difícil assim e que eu estava mais vacilando em equipar o personagem e muito focado em tentar matar.

    O capítulo 1 e o prólogo são muuuuuuito tranquilos. O prólogo é o que você já espera, linear e fácil. Já o capítulo 1 se passa numa vila pequenininha e numa florestinha que rapidamente decorei de cabeça.

    No capítulo 2, temos uma cidade bem grande e cheia de saídas e rotas que achei que nunca iria decorar, mas não só o fiz como finalmente deixei o Geralt forte e confiante pro combate, passei por missões incríveis e comecei a amar o enredo. Esse capítulo foi jogado do início ao fim ontem de tarde até o início da noite! Já o capítulo 3 eu fiz hoje da hora que acordei até o horário do almoço. Mais curto que o primeiro, se duvidar.

    A minha lombra de 5 capítulos foi desfeita a partir do momento que a estória estava parecendo se fechar e o bruxeiro estava ganhando vários níveis e habilidades, além de ficar bem fortinho. Cara, sério, esse jogo é SUPER CURTO! Dá até vontade de jogar novamente e pegar as outras rotas e fazer as decisões opostas.

    O jogo em si está bem mais atual que o Witcher 1, que eu também gosto muito, mas que também entendo porque tem gente que torce o nariz. Mas sinceramente, a série é bem recente, sendo que o primeiro é de 2007! Dá pra jogar tudo tranquilamente.

    Mas, bem, dá pra ver que a CD Projekt Red manteve as coisas pra quem gostou do primeiro mas ao mesmo tempo deu uma atualizada pro jogo ficar mais tranquilo, ao começar por ser em terceira pessoa, mais ou menos como Fable ou GTA, que seja.

    Os comandos são bem familiares a quem joga jogos de gênero semelhantes, sendo que você anda, gira a câmera com o outro analógico, trava a mira nos oponentes com um gatilho, troca de magia ao segurar o LB e usar um analógico na roleta tanto pra isso como para armas secundárias.

    Ao completar missões e ganhar níveis é permitido alocar um ponto em habilidades de algumas categorias: iniciante, que é mais preenchida no início do jogo e conta com habilidades e skills passivas mais simples; outra parte voltada para habilidade de witchers mesmo, como ataques mais fortes e mais vida; uma de alquimia, voltada a fazer poções e combinações e a última, voltada para melhorar seus Signs, as magias (não pus um ponto sequer nessas duas últimas).

    Cada capítulo se passa em um continente diferente, o que pode te deixar impossibilitado de terminar algumas sidequests.

    Mas ainda assim os personagens secundários sempre te seguem conforme o enredo fica cada vez mais intrigante.

    É interessante como o Geralt ficou forte graças a armas que criei ou achei na sorte, o que facilitou ainda mais um jogo que já era tranquilo. Resultado: um final fácil, mesmo morrendo algumas vezes em chefes e afins.

    Uma coisa muito legal é que as armas mudam conforme você as troca, assim como as roupas e até mesmo o cabelo do Geraldão. Não esperava esse nível de personalização nesse jogo e nem muitas outras coisas que sei que tem no 3, como hunts e escolhas de peso que resultam em bifurcações no enredo.

    Muita gente acredita que The Witcher 2 é um jogo de mundo aberto ou algo do tipo, mas a verdade é que ele é bem fechado e tenta dar essa impressão de liberdade, sendo que as cidades tem muros e outras limitações e até mesmo as poucas partes abertas tem formações rochosas, água, buracos e árvores, apesar de nada disso tirar o esplendor visual do jogo. Para efeito de comparação, é como na série Zelda no 64, mas sem cavalo.

    Pois é, nada gigante como Skyrim, mas ainda assim com bastante conteúdo, cavernas e sidequests.

    Eles mantiveram uma coisa que eu não gostava no 1, de o personagem ter duas espadas, uma para humanos e outra para monstros, mas até que ficou legal aqui. Quando inimigos surgem, Geralt puxa a espada sozinho, mas em algumas situações (acredito de já ter a espada em mãos, eu lutei com a espada errada e meus oponentes não perdiam vida nenhuma!

    O tutorial, opcional, te ensina mil coisa e parece exagerado, mas logo você vê que muita coisa é simples e natural enquanto outras são bem inúteis, como as próprias armas secundárias e armadilhas, sempre difíceis de serem usados para obter um resultado relevante. 

    Por outro lado, as magias são ainda mais importantes que o jogo anterior, sobretudo a de controlar inimigos e deixá-los contra os seus companheiros, já que o jogo tem várias partes de batalhas contra muito capangas e nessas batalhas o desafio é maior (lembrando ainda que eu não melhorei as minhas magias).

    A magia que fica no chão e detém o inimigo por uns segundos também se provou mais prática e eficaz que qualquer armadilha.

    A magia de bola de fogo não me foi nada útil, pois acertava e não continuava a queimar e tirar HP dos caras, mas enfim, tenho certeza que tudo isso pode melhorar pra alguém que invista mais na mágica do jogo.

    Algumas das mudanças do jogo, incluem, além da câmera melhorada, roupas e armas que mudam esteticamente e o uso do controle mil vezes melhor que o clique do mouse:

    -Possibilidade de bloquear, dar parry e contra-atacar os ataques dos oponentes;

    -Muitas cutscenes que contam muito bem o enredo. As cinemáticas ao estilo de pinturas infelizmente foram substituídas por desenhos estilo Cartoon Network/jogo indie (volte três imagens acima);

    -Um jogo mais linear e que raramente você se perde, pois há marcadores de destino de missão no mapa constantemente (mesmo que não mostrem como chegar, apenas onde chegar);

    -A mecânica de meditação foi mantida, que serve para passar o tempo no jogo, preparar poções e tomá-las, basicamente. Pois é, queria recuperar seu HP tomando uma poção no meio da batalha? Esqueça! Em compensação o Geralt regenera sua vida com o tempo, coisa que resolveria a maior parte das dificuldades do Witcher 1.

    Resumindo: The Witcher 2: Assassins of Kings é um jogão excepcional, e que é quase dado na Steam de tão barato. O jogo é bem completo e tem uma estória incrível e que me prendeu MUITO! Bizarramente o jogo não é muito falado, quase como se não existisse e infelizmente foi exclusivo de console pro Xbox 360, o que deu uma limitada na sua popularização. A aventura é bem curtinha, mas é muito satisfatória e imersiva. Um dos poucos jogos que dá uma grande vontade de recomeçar e que já me deixou muito ansioso para começar o 3.

    De bom: Jogo bonito e muito bem trabalhado em cada detalhe. Bandeiras voando, peças das tendas se mexendo com o vento, personagens que não são robóticos e continuam a agir mesmo em diálogos coçando os ombros, gesticulando e etc. Definitivamente um trabalho feito com grande carinho e que nem toda empresa faria (na verdade, a minoria). O jogo é mais linear do que eu imaginava, mas ainda te dá muitas opções para seguir a aventura ou como terminar uma quest. Há ainda um bocado de histórias secundárias que cheguei a fazer um bocado. Parecem até missão principal. Personagens muito bons, sobretudo o próprio Geralt. Muitos outros voltaram, como a Triss, Zoltan e Dandelion, além de várias menções a personagens tanto do anterior quanto do 3! Jogo imersivo e divertido, que te gruda na frente da TV, principalmente do capítulo 2 pra frente. Grande gama de armas e equipamentos para comprar e principalmente criar.

    De ruim: algumas texturas que se carregam só na hora, mesmo em cutscenes. Pra desviar de ataques você tem que esquivar bem antes pois é comum te acertarem durante esse ato. Venenos, queimaduras e sangramentos matam o Geralt muito fácil. Impossibilidade de usar poções de cura nas batalhas. Setas que apontam o objetivo mas que em algumas partes você simplesmente não sabe como chegar lá. O jogo tem vários checkpoints, mas as vezes você morre e volta muito antes de ter feito várias coisa, o que meio que te obriga a dar uma salvada depois de qualquer coisa de relativa importância. O jogo bugou umas duas vezes comigo, me impossibilitando de continua-lo e tendo que fechar e abrir de novo.

    No geral, o jogo é excelente e por ser pouco defeituoso e com poucas partes a se reclamar e ainda ser tão curto, se não merecer um 10, é quase isso, Estou super empolgado pelo 3 e digo mais: gostou do Wild Hunt?Jogue o Assassins of Kings!

    The Witcher 2: Assassins of Kings

    Platform: XBOX 360
    1004 Players
    135 Check-ins

    4
  • btoner Bruno Tiago
    2013-12-04 20:43:37 -0200 Thumb picture
    btoner checked-in to:
    Post by btoner: <p> Pronto para recomeçar este brilhante RPG, e
    The Witcher 2: Assassins of Kings

    Platform: XBOX 360
    1004 Players
    135 Check-ins

    Pronto para recomeçar este brilhante RPG, enquanto se espera pelo Wild Hunt :D

    4

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...