• pyre Pyre
    2019-02-01 18:08:36 -0200 Thumb picture

    Assassin’s Creed Origins: Localização de todos os círculos de pedra

    Medium 3701353 featured image

    Assassin’s Creed: Origins está repleto de itens colecionáveis para você encontrar em suas aventuras por criptas empoeiradas e túmulos egípcios, no entanto, um dos mais difíceis são os Círculos de Pedra que estão espalhados pelo deserto.

    Somente após encontrar cada um dos Círculos de Pedra que você poderá completar a quest “Bayek’s Promise”, e desbloquear a conquista Stargazer. Mas se você deseja uma recompensa ainda maior não se preocupe, ao completar os Círculos você estará dando o primeiro passo para encontrar as Armadura Lendária dos Isu.

    Veja: Assassins Creed Origins: Localização de todos os círculos de pedra

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    1
  • 2018-03-12 14:48:51 -0300 Thumb picture
  • 2018-03-02 14:59:59 -0300 Thumb picture
  • 2018-01-09 14:25:03 -0200 Thumb picture

    ASSASSIN'S CREED: ORIGINS

    ...UBISOFT EXPLICA EM DETALHES AS NOVIDADES QUE O JOGO RECEBERÁ EM JANEIRO; CONTEÚDO GRATUITO E A PRIMEIRA EXPANSÃO.

    ----------------------------------------------------------------

    O texto abaixo foi publicado no site oficial do jogo.

    ----------------------------------------------------------------

    Esperamos que tenha aproveitado suas festas de fim de ano e lhe desejamos um ótimo 2018, de toda a equipe Assassin's Creed! Sem mais delongas, isto é o que chegará em Assassin's Creed® Origins em janeiro.

    -----------------------------

    Atualização de título

    -----------------------------

    Uma nova atualização de título será lançada em janeiro para adicionar mais conteúdo ao jogo. Você pode esperar pelo seguinte:

    Uma nova missão para comemorar a chegada da primeira expansão, Os Ocultos.

    Uma atualização dos itens obtíveis com Baús Heka para adicionar os itens dos pacotes Pesadelo, Primeira Civilização, Gladiador e Louco aos itens obtíveis.

    Uma nova opção de vender trajes a tecelões.

    ----------------

    Os Ocultos

    ----------------

    Janeiro marca a chegada da primeira grande expansão, Os Ocultos. Nessa expansão, Bayek e os Assassinos enfrentarão os romanos, que ocupam uma nova região no jogo.

    ------------------------------------------

    Você pode esperar pelo seguinte:

    ------------------------------------------

    Uma nova e ampla história para você vivenciar.

    Um aumento do limite de nível de 40 para 45.

    A expansão Os Ocultos será disponibilizada sem custo adicional para donos do Passe de Temporada.

    ------------------------------

    Provações dos Deuses

    ------------------------------

    Esperamos que uma das suas resoluções de Ano Novo para 2018 seja derrotar os três deuses, se ainda não os tiver derrotado! Você poderá enfrentar as três deidades novamente este mês.

    Anúbis - 9 a 16 de janeiro

    Sobek - 23 a 30 de janeiro

    -----------------------------------------------------------

    Atualizações da loja do jogo e do Ubisoft Club

    -----------------------------------------------------------

    Pacote Todo-poderoso – 16 de janeiro

    Pacote de For Honor – 30 de janeiro

    -----------------

    Ubisoft Club

    -----------------

    Traje Juramento da Guarda – 30 de janeiro

    Você pode obter este traje como uma recompensa do Ubisoft Club por 40 Unidades Uplay.

    Itens Arlequim e Fatiadora – Janeiro de 2018

    Boas notícias! Todos os jogadores poderão obter as antes exclusivas armas no Concurso de Criação da Comunidade como uma recompensa do Ubisoft Club!

    ============================

    FONTE: SITE OFICIAL | PSXBRASIL

    ============================

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    8
  • samuelsch03 Samuel Scheunemann
    2018-01-02 10:23:40 -0200 Thumb picture
    Post by samuelsch03: <p><strong>Aquele cross over que tu respeita.</stro

    Aquele cross over que tu respeita.

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    2
  • renanmotta Renan M. Sampaio Motta
    2017-12-29 16:38:31 -0200 Thumb picture

    POR QUE EU ESTOU JOGANDO ISSO?

    Medium 3582231 featured image

    A indústria de jogos é bastante recheada e sempre nos vemos num mar de opções, às vezes perdidos no que escolher para jogar. Mas é claro, isso só acontecerá com o “gamer” verdadeiro. Aquele que está aberto a todas as experiências do mercado, ou à maioria delas.

    Agora imagina que você tenha escolhido um jogo e começou a testá-lo. E depois de algumas horas de gameplay, você percebe que a experiência não está satisfatória, seja ela por qual motivo for.

    Com esse contexto, a pergunta que mais me fiz esse ano foi: Por que eu estou jogando isso?

    Durante toda a parte da minha vida eu tive um comportamento: se começo um jogo, eu tenho que zerá-lo. E pior do que isso, de uns tempos para cá, eu me vi engajado em zerar jogos para apenas cumprir metas. Com isso, gastei muitas horas com jogos que não me divertiam nem um pouco. Que não fariam a menor diferença na minha experiência de jogador.

    É como se você se flagelasse e ficasse rindo para os que estão em volta, se enganando de que está gostando daquilo.

    Normalmente um jogo se torna maçante por não lhe trazer novos desafios. Por não colocar o jogador na zona do desconforto, fazendo-o ter que aprender novas mecânicas ou encarando novas situações. Dificilmente um jogo se tornará chato porque a história não agrada, mas sim porque seu gameplay se tornou repetitivo, sem criatividade, sem inspiração. Essa é a base de todo game: ser minimamente interessante quanto mecânica, quanto gameplay.

    Dentro dessa questão, fica muito presente também a relação entre Experiência de jogo X Tempo de jogo. Não quero me estender nisso, pois farei um artigo somente para esse ponto. Mas, de fato, é uma das questões mais vigentes dentro do problema que estou discutindo aqui. Muitos jogos prolongam seu gameplay e esticam essa experiência até que ela rasgue, não sustente a jogatina. Basicamente é ai que entra a repetitividade sem criatividade.

    Então tomei uma decisão que no início fora difícil; largar um jogo. Passei a ter a força de desistir de um produto. É triste quando isso acontece, mas é mais louvável largá-lo a ter que zerar apenas para chegar numa quantidade X de jogos zerados na vida. Até porque esses números não querem dizer nada. Se alguém zerou 100 ou 200 jogos durante a vida, não faz dessa pessoa especial. Obviamente, ela terá bastante bagagem para ter uma boa análise de um produto, mas não é necessário terminar um jogo se ele não está te agradando. Simplesmente jogá-lo já é uma forma de acrescentar bagagem.

    Esse ponto da diversão é o mais básico do vídeo game. O jogo tem que te divertir, entreter, e isso se traduz em todos os sentidos. Entreter, por exemplo, pode estar relacionado a consumir um drama pesado que vai te deixar mal, mas que você gostou da experiência; ela te divertiu porque tem um bom roteiro ou suas mecânicas são favoráveis.

    Enfim, nós estamos acumulados de jogos para jogarmos e por que é que temos que ficar presos numa experiência enfadonha? Joguem aquilo que lhes agrada, dentro de toda a variedade. E claro, muitas vezes podemos não gostar de algo por não estarmos preparados para o produto. Mas creio que isso seja fácil de se identificar.

    Me digam nos comentários algum jogo que lhe irritou bastante, se mostrou desinteressante, mas que você foi guerreiro e o zerou. Diga também se você joga para se divertir ou fica buscando metas, querendo zerar o máximo de jogos possíveis.

    The Last of Us

    Platform: Playstation 3
    11507 Players
    1152 Check-ins

    64
    • Micro picture
      marlonfonseca · over 1 year ago · 6 pontos

      A galera que me conhece sabe que sou um zerador frenético. Mas a minha meta é me tornar um jogador mais completo a cada dia, com novas experiências e variação de estilo, consoles, sagas. Coisa pessoal mesmo. Mas diversão é e sempre será acima de tudo o principal e não me canso de falar isso. Quando vejo que estou extrapolando dos limites eu paro e puxo o freio de mão. Não vejo problema algum em abandonar um jogo por não gostar dele mas ainda não tive a serenidade e maturidade de fazê-lo quando simplesmente por algum motivo não consigo superar um desafio. Fica uma sensação de "derrota" que a vida real já me proporcionou muito e não gosto de experimentar nos jogos (isso até está para virar uma postagem mas numa pegada bem humorada em breve). Mas a parada aqui ainda é pessoal também. Mas cada um experimenta o hobby da forma que melhor se enquadra no seu estilo: há o zerador, o platinador/conquistador, o compleicionalista, o casual, etc. Todos são plenamente aceitáveis e nenhum é superior ao outro. A única regra possível é o de tornar os jogos um hobby saudável e divertido.

    • Micro picture
      bohmgahrem · over 1 year ago · 4 pontos

      se eu for fazer uma lista de jogos que abandonei

      pegando o mais recente, Mafia 3..significa que seja por qual experiência o jogo quer passar, ela se tornou linear. um jogo é divertido porque você está aprendendo, você aprende encontrando padrões, se você entende que tudo que há para aprender já foi aprendido, o jogo acabou, por isso jogos de luta perduram tanto, por isso esse novo zelda é um modelo a ser seguido, uma verdadeira aula de design, fazendo a industria entender a real diferença entre puzzle e problema.

    • Micro picture
      annalynn · over 1 year ago · 4 pontos

      De um modo geral sempre prefiro finalizar os jogos q eu começo tb, assim como conseguir as conquistas que muitos tem, pois isso me dá a sensação de q estou aproveitando o jogo ao máximo, fazendo tudo q ele pode me proporcionar. Mas de uns tempos pra cá passei a deixar de jogar algum jogo justamente quando ele me causa mais frustração do q diversão. Não me sinto mal com isso, muito pelo contrário, assim posso dedicar meu tempo a jogos q me deixam mais feliz.
      Bom, o único jogo q me ocorre agora q me irritou mas que mesmo assim finalizei é o Schein, um jogo de plataforma com uma ideia até q boa, mas q acabou me deixando de saco cheio, não via a hora de terminar :p

  • 2017-12-20 13:06:38 -0200 Thumb picture

    ASSASSIN'S CREED: ORIGINS

    ...QUEST TEMATIZADA COM FINAL FANTASY XV ESTÁ DISPONÍVEL; DETALHES.

    Uma quest crossover com Final Fantasy XV está disponível em Assassin's Creed: Origins.

    Chamada de “A Gift from the Gods” (Um Presente dos Deuses), os jogadores receberão três itens especiais ao completá-la.

    ==========================

    FONTE: RESETERAPSXBRASIL

    ==========================

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    12
  • 2017-12-08 12:33:33 -0200 Thumb picture

    Ubisoft + Iron Studios = Action Figure irado de AC Origins

    Réplica de 18 cm do protagonista Bayek chega ao varejo em fevereiro de 2018 por R$369,99, mas já pode ser visto em primeira mão na Comic Con Experience (CCXP), evento de cultura geek que acontece em São Paulo de hoje (7) a 10 de dezembro

    http://joystickterrivel.com.br/ubisoft-iron-studio...

    -----------------------------------------------------------------------------------------

    Acompanhe nossas rede sociais:

    Facebook - Youtube - Twitter - Instagram - SITE

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    6
  • 2017-12-04 15:53:32 -0200 Thumb picture
  • 2017-11-22 13:24:27 -0200 Thumb picture

    ASSASSIN'S CREED: ORIGINS

    ...EVENTO IN-GAME TEMPORÁRIO TRIALS OF THE GODS É ATUALIZADO COM O DESAFIO DE SOBEK; VEJA O TRAILER E JÁ DISPONÍVEL ATÉ 28 DE NOVEMBRO.

    Assassin's Creed Origins

    Platform: Playstation 4
    346 Players
    159 Check-ins

    9

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...