• gabizerah Gabriela Parisi Ramos
    2016-05-17 18:17:54 -0300 Thumb picture

    ​Aprendendo inglês com games

    Medium 3319958 featured image

    Leciono inglês há mais de 5 anos. Para contextualizar as aulas e atrair a atenção do aluno, utilizamos vários tipos de recursos, especialmente audiovisuais, como filmes, música e vídeos, que podem auxiliar em várias habilidades, tais como listening (escuta), reading (leitura) e vocabulário e, consequentemente, a conversação e escrita também melhorarão, já que consistem na reprodução daquilo que lemos e ouvimos. Aliás, admito que aprendi inglês através de games e, principalmente, música. Porém, infelizmente, poucos reconhecem o potencial dos games como ferramenta de aprendizagem. Neste artigo, pretendo dar algumas pequenas dicas para quem já estuda ou pretende estudar inglês e como, além da diversão, os jogos podem te ajudar a canalizar melhor este conhecimento. Nada aprofundado, já aviso, mas espero que ao menos seja o suficiente para que passe a ver os games que gosta, e os que não gosta também, com outros olhos :).

    Antes de tudo, acho legal deixar claro que não importa em qual nível você esteja, é importante sentir-se confortável com a língua. Acostumar os ouvidos/olhos a escutar/ler em inglês já é um caminho para adquirir fluência. Um passo é alterar o idioma de seu console, PC, smartphone, tablet etc. Quanto mais fizer parte do dia-a-dia, mais fácil será o aprendizado. Dito isso, vamos às dicas:

    ..................................................................................................................................................

    1. Newbie/fácil

    Para começar, atenha-se a jogos com poucos diálogos. Conseguindo identificar, no mínimo, contexto e vocabulário, será muito mais fácil de entender a história e as missões.

    Recomendo: The Sims, Mirror's Edge, série Resident Evil, The Legend of Zelda

    ..................................................................................................................................................

    2. Nível médio/intermediário

    Uma vez que esteja acostumado(a) com certo tipo de vocabulário, é hora de expandi-lo. Além disso, é também hora de aumentar o ritmo e a complexidade dos diálogos, além de promover interdisciplinaridade e mostrar diferenças culturais.

    Recomendo: RPG em geral, séries Call of Duty e Battlefield, Red Dead Redemption, Dead Space, Bioshock Infinite. Jogos multiplayer também são uma boa pedida.

    ..................................................................................................................................................

    3. Nível difícil/avançado

    Agora o bicho pega! Neste nível, você provavelmente já terá boas habilidades de listening e reading. Que tal colocá-las à prova em jogos com diálogos mais densos e corridos, com carregada variação de sotaque, gírias e expressões idiomáticas, bem próximos à realidade?

    Então, recomendo: GTA V, Far Cry 3 - sendo que ambos também são ótimos para aprender direções - e World of Warcraft.

    Para um desafio ainda maior, desligue as legendas.

    ..................................................................................................................................................

    4. Nível técnico

    Pequenos enunciados também são fundamentais! Exemplo: sabe quando sua personagem passa perto de algum item específico e aparece na tela algo como "Press B to pick (insira o item)". Suponha que a frase seja "Hold X to pick ammo", e você não sabe o que é "ammo". Caso já saiba o que quer dizer "hold", associando-se imagem + instrução + contexto é possível identificar o significado da palavra desconhecida. Esta dica vale não apenas para games, mas também para livros, filmes, séries etc.

    E aí, qual a sua relação com o inglês? Os games já te ajudaram a aprender e/ou melhorar seu conhecimento?

    81
    • Micro picture
      kevinryman · almost 3 years ago · 4 pontos

      Parabenizo-a pelo artigo, mas discordo totalmente de um jogo recomendado, na primeira dica. Resident Evil.

      Pelo seus outros artigos, creio que não me rotulará de fanboy da franquia. Seria muita hipocrisia de sua parte(vulgo apaixonada por games) querer passar uma mensagem de como você se sente perante julgamento alheio e ao mesmo tempo rotular alguém de fanboy; justamente por discordar de algum item de seu artigo. Foi só uma ressalva. Como disse antes: creio que não me rotulará e verá minha crítica como construtiva.

      Bom, vamos à ela: eu não sei qual o seu nível de intimidade com a franquia. Independente disso, eu acho totalmente errado julgar o jogo como de fácil entendimento, e para iniciantes. Primeiro, porquê: se você falasse isso, no artigo, que ao menos mencionasse como de fácil entendimento, as cenas de corte, e não generalizar toda a história da franquia. Eu concordaria com você. Agora à partir do momento que generalizou, eu já discordo. Porque a franquia, principalmente os jogos clássicos, tem files riquíssimos em conteúdo, que julgo eu, ser até de nível avançado/técnico.

      1 reply
    • Micro picture
      zuppao · almost 3 years ago · 3 pontos

      @victorlemes..... olha ai.. =D

      11 replies
    • Micro picture
      santz · almost 3 years ago · 3 pontos

      Também aprendi inglês com os games, em especial o LoZ A Link to the Past e Secret of Evermore. Esse segundo é um caso mais interessante, pois é um RPG completo e complexo, mas como eu era muito criança, saia apertando X igual um maluco para pular o diálogo. Eis que teve um momento que não sabia mais o que fazer e perguntei ao meu irmão, então ele me disse: "Leia o que as pessoas estão dizendo e se vira ai". Foi dito e feito, peguntei ele o que significava tal palavra e consegui destravar. Desde então, sempre leio os diálogos em todos os games.

      3 replies

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...