• josealexandre José Alexandre
    2018-07-12 16:54:14 -0300 Thumb picture
    josealexandre checked-in to:
    Post by josealexandre: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>Um terror psi
    Among the Sleep

    Platform: PC
    133 Players
    22 Check-ins

    Finalizado!

    Um terror psicológico inovador,que definitivamente merece mais reconhecimento!

    Aqui controlamos uma criança que está presa em um pesadelo a procura de sua mãe desaparecida,mas esta viagem oculta mais mistérios e revelações do que aparenta,não se engane com a primeira impressão inocente e leve que o jogo transmite,a coisa vai ficando cada vez mais sombria a medida que progredimos.

    Não posso falar muito do enredo pois o game é curto,questão de 2h de gameplay, o que posso dizer é que os eventos aqui se passam depois do aniversário de 2 anos do protagonista e que contamos com a ajuda de um ursinho falante chamado Teddy, que é essencial para os momentos de tensão, e até nos transmite uma sensação de segurança,por não estarmos sozinhos nessa jornada.

    Em questões técnicas o jogo se sai muito bem,gostei da ambientação visual e sonora,extremamente bem feita para um jogo indie, aqui também é usada aquela tática de ''tensão no ar'', muitas vezes ocultando o inimigo mas sempre te deixando alerta,pois nunca se sabe quando o mesmo pode aparecer. 

    O jogo é bem intuitivo,consiste em explorar cenários coletando itens que serviriam para encontrar a mãe,quanto a jogabilidade,de fato fazemos tudo que uma criança sabe fazer,engatinhar,escalar lugares,andar e até correr,presenciei leves bugs em algumas partes de escalada,mas nada que prejudicasse a jogatina.

    A medida que avança,o jogo te dá algumas pistas do que está acontecendo ali,você provavelmente vai sacar antes mesmo de terminá-lo,mas isso não deixa o final menos surpreendente,você vai se colocar na pele do protagonista e imaginar tudo que ele passou ali e ao mesmo tempo interligar todos os fatos presenciados até então,o jogo ainda disponibiliza um prólogo de uns 20 minutos para tentar esclarecer melhor o que aconteceu antes de tudo aquilo.

    Recomendo que dê uma chance para o game,é curto,uma experiência diferente e ainda por cima vai te proporcionar bons sustos.

    Nota: 8,0

    10
    • Micro picture
      lipherus · 10 months ago · 3 pontos

      Parabéns! Acompanhei esse aí faz tempo pelo Sr. Alan na época do PC mierda. Lembro que ele é um mix criativo e... cruel.

      1 reply
  • 2016-08-22 12:54:07 -0300 Thumb picture

    ​Among the Sleep

    Medium 331969 3309110367

    Among the Sleep. Makson Lima indicou esse jogo no nosso último podcast, ouve lá: https://joystickterrivel.com.br/jtposcast04-bate-papo-maks…/

    -----------------------------------------------------------------------------------------

    Acompanhe nossas rede sociais:

    Facebook - Youtube - Twitter - Instagram - SITE

    Among the Sleep

    Platform: PC
    133 Players
    22 Check-ins

    2
  • maksonlima Makson Lima
    2014-11-10 11:12:48 -0200 Thumb picture
    Post by maksonlima: <p>#img#[12834]</p><p>Among the Sleep, o indie de t

    Among the Sleep, o indie de terror norueguês lançado em maio deste ano, recebeu um DLC grátis semana passada graças às doações sobressalentes de entusiastas do projeto via Kickstarter - na verdade, o strach goal para tal seria de 250 mil dólares e o total angariado foi pouco mais de 248 mil, portanto houve um arredondamento amigável entre as partes daí. 


    Intitulado The Prologue e recomendado pelos desenvolvedores a ser experimentado após a conclusão do jogo principal, o DLC resgata os melhores momentos da breve, porém ultra impactante, aventura principal e aprofunda a relação entre os pais do protagonista da história, um bebezinho de dois anos de idade.

    Caso você não esteja familiarizado com Among the Sleep, trata-se de um jogo de terror em primeira pessoa no qual assumimos o papel de um rebento durante seu aniversário de dois anos. O jogo dispara enquanto da cadeirinha de bebê posta à mesa, diante do bolo e de sua ávida (e meio assustadora) mãe, cujas carícias e frases de afeto são interrompidas por ásperas batidas a porta. Aqui fica claro o fato de estarmos lidando com uma mãe solteira, separada de um marido supostamente grosseiro, impedido de ver o filho em seu próprio aniversário.

    Como se trata de uma aventura breve - são cerca de duas horas para concluí-la - e sem grandes motivos para revisitá-la, acredito que muito do impacto está no teor surpresa, logo, caso haja interesse, embarque sem muito conhecimento de causa. As descobertas, muitas delas postas de forma implícitas nos cenários - desenhos em crayon do bebê e garrafas de bebida em lugares inapropriados, por exemplo - constituem grande parte da riqueza da impactante narrativa de Among the Sleep, afunilada em desfecho arrebatador.

    No entanto, o que mais me chamou atenção e o que faz deste um jogo verdadeiramente digno de menção, diz respeito à idiossincrasia de seus sistemas. Em pouco tempo nos controles do bebê, nos vemos reagindo e agindo como um: ver as coisas de uma posição pouco privilegiada, além de tornar tudo enorme e assustador, faz com que reajamos de acordo. Acredite, engatinhar pela sala escura de sua própria casa pode ser experiência das mais assustadoras - um barulho alto dentro do silêncio causará a espontânea reação de engatinhar imediatamente para debaixo do sofá, e isso é algo poderoso por si só.

    O DLC – The Prologue – continua tais premissas, dando ênfase a um jogo de gato e rato com o ser sobrenatural que vaga em busca do neném, e também àquelas que giram em torno da resolução de quebra-cabeças para as realizações dos atos: fechar a janela arremessando contra ela um par de botas, por exemplo, ou abrindo gavetas para escalar até a parte de cima da pia, ou empurrando uma cadeira para alcançar a maçaneta da porta e seguir adiante. A física é lidada como no ultrapassado esquema Half-Life 2 de ser, e isso não me agradou muito, já que seria legal sentir a dificuldade e o peso das coisas controlando o bebê ao segurá-las, chacoalhá-las ou arremessá-las. Quem fica de fora de fora dos breves minutos deste prólogo é o ursinho de pelúcia falante Teddy, que acompanha bravamente o neném pelos macabros cenários a serem explorados na trama principal.

    A parte mais interessante, no entanto, não traz relação com absolutamente nenhum dos fatores que tornam Among the Sleep relevante, mas sim a uma homenagem extremamente bela aos primeiros minutos do filme Anticristo, de Lars Von Trier. Imagino que isso por si só será o suficiente para chamar a atenção de alguns, enquanto outros, podem simplesmente deixar passar batido.

    masquehorror.tumblr.com

    0
  • tiozeca Tio Zeca
    2014-08-11 08:12:14 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...